Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Etufor vai fiscalizar transportes escolares

escolar

Nesta terça-feira, a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) iniciará uma operação de fiscalização em transportes escolares, que vai se estender até sexta-feira.
A ação, em caráter educativo, ocorrerá nos horários de chegada e de saída dos alunos.

Serão fiscalizados os itens que os veículos devem conter, obrigatoriamente: cintos de segurança em número correspondente ao de passageiros sentados; fecho interno de segurança nas portas; luz de freio elevada; faixa horizontal pintada ou película auto-adesiva não removível, na cor amarela, com 40cm de largura, à meia altura (em toda a extensão das partes laterais e traseiras da carroçaria), identificada como ESCOLAR em cor preta.

De acordo com a Etufor, será feito ainda um levantamento sobre os condutores que atuam com ajudante e observada a quantidade de alunos transportada por veículo.

 

SINE/IDT sob ameaça de esvaziamento

234 14

Um grupo de servidores do SINE/IDT está denunciando, em carta aberta, o sucateamento do órgão por meio da precarização das relações de trabalho. Há denúncia de que o corte de 25% do custeio atingirá em cheio as atividades do SINE/IDT. O órgão estará inviável. Confira:

Fortaleza, 09 de fevereiro de 2015.
Carta aberta aos funcionários e demais colaboradores do IDT

Não obstante a valorosa marca que o SINE/CE-IDT tem ao longo dos anos impresso na sociedade no tocante à formulação e desenvolvimento das políticas públicas de trabalho e renda, a trajetória desta instituição vem sendo penalizada por um crescente quadro de sucateamento da sua rede de atendimento, precarização do trabalho e por contradições legais, trabalhistas e administrativas que atingem seus empregados no cotidiano de trabalho causando incertezas, angustias e medo.

A recente deliberação por parte do Governo do Estado do Ceará acerca do corte de 25% das despesas com custeio na gestão das OS’s (exceto educação e saúde), provocará um déficit orçamentário no Instituto de Desenvolvimento do Trabalho jamais vivenciado desde a sua criação, em 1998. Este fato obrigou a atual diretoria, à formulação de um pacote emergencial de medidas de contenção financeira, capaz de resistir à cruel e drástica supressão de recursos. Na realidade, convêm alertar que na prática, a redução imposta pelo Governo do Estado inviabilizará o Instituto, não havendo plano ou solução razoável apresentada até aqui que amenize os impactos negativos desta proposição, com a devida sustentabilidade que somos merecedores.

Repudiamos qualquer medida que implique em mais afunilamento das condições de trabalho e em demissão de funcionários, pelo simples fato de que já sobrevivemos no limite do que poderíamos e merecíamos, resistindo como heróis às adversidades cada vez mais desafiadoras, cumprindo metas com superávit e desempenhando sem capitular, o nosso papel na sociedade de sobretudo, e a despeito das outras ações, atender com dedicação e qualidade ao trabalhador desempregado.

Atingir o IDT é ferir de morte as ações do sistema público de emprego. É desmerecer a história do programa SINE do Ministério do Trabalho e Emprego, tão bem executado no Ceará, e motivo de inspiração para os outros estados.

Dessa forma, a FETRACE e a OLT conclamam a todos para uma assembléia geral nesta terça-feira, dia 10 de fevereiro, às 16 horas, no estacionamento da matriz na Avenida da Universidade nº. 2596 – Benfica, a fim de debatermos acerca da realidade acima exposta e criamos coletivamente estratégias de combate ao fim do instituto e dos nossos próprios empregos.

Precisamos estar fortes e unidos ! Esperamos por vocês !!!

Titulares

Isaias Nogueira Lima (Isaias)
Maria Elizeuda Lobo (Eli)
Pedro Edmilson Frota (Pedro Frota)

Suplentes
Francisco José Menezes Albuquerque (Franzé)
Maria Anacleta dos Santos (Anacleta)
José Arimatéia Fernandes Lobo (Arimatéia)

MME admite campanha para racionalizar uso de energia e prorrogação do horário de verão

“O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, disse hoje (9) que o governo não terá problema para promover uma campanha de racionalização do consumo de energia elétrica, se isso for necessário em função falta de chuva. Pesquisa do Instituto Datafolha divulgada nesta segunda-feira mostrou que 65% dos entrevistados em todo o país apoiariam a adoção imediata do racionamento de energia.

“Se tivermos a necessidade, em função de ritmo hidrológico, não teremos nenhum problema em fazê-lo. Mas continuamos trabalhando firme para termos alternativa de energia vinda do Norte, do Sul e do Sudeste para podermos abastecer a nossa ponta de carga [suprir necessidade no horário de maior consumo]”, disse o ministro.

Ele adiantou que técnicos do governo federal vão analisar amanhã (10) a possibilidade de prorrogação do horário de verão. Segundo o ministro, uma reunião para decidir o tema está marcada para quinta-feira (12), mas o governo recebeu estudos adicionais e avaliará os efeitos que a medida poderá ter para a economia de energia.

“Não há definição. Estamos analisando os efeitos que isso pode ter do ponto de vista da economia de ponta de carga, já que, do ponto de vista energético, meio que se anula neste período de março a abril”, disse Braga. O horário de verão começou no dia 19 de outubro para os estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e acabaria no dia 22 de fevereiro.”

(Agência Brasil)

Bancos fecham durante o Carnaval

As agências bancárias vão fechar as portas para o público na segunda-feira (16) e na terça-feira (17) de Carnaval e só reabrirão, a partir das 11 horas da quarta-feira de cinzas (18), horário local. A informação é da Federação Brasileira de Bancos (Febrabran)

As contas de consumo (água, energia, telefone e etc.) e carnês que tiverem marcados essas datas para o vencimento, poderão ser pagas no primeiro dia útil após o feriado (18/02), sem acréscimo. Outras transações financeiras poderão ser realizadas através do internet banking e caixas eletrônicos, normalmente.

 

Quem vai comandar o time do Ceará?

182 1

evandroleitao

Há torcedores do time do Ceará preocupados com a nova missão que o seu presidente, o deputado estadual Evandro Leitão (PDT), acaba de assumir:  vai ser o líder do governador Camilo Santana na Assembleia.

Alguns temem que Leitão não tenha mais tempo para cumprir suas tarefas como presidente do clube.

foto robinson de castro

A preocupação não é de graça. O vice-presidente do Ceará e também diretor de futebol é Robinson de Castro, também ocupa cargo público. Ele é secretário do Desenvolvimento Econômico.

Com os dois principais dirigentes do clube mergulhados em tarefas políticas, há quem fique apreensivo e querendo saber se eles darão conta das tarefas, que não são poucas.

Prefeito de Sobral entrega a 18ª Unidade de Saúde

postoot

Os moradores do bairro Alto do Cristo, de Sobral (Zona Norte), já estão sendo atendidos por um novo Centro de Saúde da Família, que recebeu o nome de “Maria Florêncio de Assis Romão”. Essa é a 18ª Unidade de Saúde inaugurada pelo prefeito Clodoveu Arruda (PT), dentro do programa de ampliação e melhoria do Sistema de Saúde do Município.

Com uma área construída de 369,37 m², o investimento total na unidade foi de R$ 858.901,24, sendo R$ 613.901,24 investidos nas obras, com recursos do Governo Federal (R$ 408.000,00) e do Município (R$ 205.901,24), e R$ 245.000,00 na compra de equipamentos e material para a unidade.

A Unidade atenderá a 7.457 pessoas e conta com duas equipes do Programa Saúde da Família (PSF), composta por 2 médico; 3 enfermeiros; 1 gerente; 3 auxiliares de enfermagem; 11 agentes comunitários de saúde; 1 dentista, 1 atendente do consultório dentário e 4 Agentes Administrativos.

(Blog de Sobral)

Balança comercial tem déficit de US$ 25 milhões na primeira semana de fevereiro

“A balança comercial – diferença entre exportações e importações – iniciou fevereiro com déficit de US$ 25 milhões, divulgou há pouco o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Na semana passada, o país exportou US$ 3,678 bilhões e importou US$ 3,703 bilhões.

O resultado elevou para US$ 3,199 bilhões o déficit acumulado em 2015. Apesar desse desempenho, o déficit da balança comercial caiu 44,6% em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2014, o indicador registrava resultado negativo de US$ 5,771 bilhões até a primeira semana de fevereiro.

O déficit da balança comercial está caindo porque as importações estão recuando mais do que as exportações. No ano, as importações somam US$ 20,781 bilhões, recuo de 14,7% pela média diária. As vendas externas somam US$ 17,382 bilhões, com retração de 6,4% também pela média diária.

Na comparação entre fevereiro de 2015 e fevereiro de 2014, os produtos básicos lideram o recuo das exportações, com retração de 9%, motivada principalmente pela queda no preço das commodities – bens agrícolas e minerais com cotação internacional. A queda é puxada por soja (em grão e farelo), carne bovina, carne suína e minério de ferro.”

(Agência Brasil)

 

Prefeito Roberto Cláudio inaugura quadra poliesportiva e mostra que é “bola cheia”

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=A4NTc-sQlj4[/youtube]

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros) entregou, no fim de semana, a quadra poliesportiva do Poço da Draga. Roberto Cláudio, aliás, aproveitou para bater uma bolinha com os jovens e provar que está bem fisicamente.

O prefeito, acredite, fez até gol, como mostra esse vídeo enviado por Mauro Silva, leitor do Blog.

DETALHE – Bom lembrar que o prefeito fez cirurgia de redução de estômago.

“Mulheres do Ceará com Dilma” repudia escolha de Dra. Silvana para Comissão de Direitos Humanos

164 3

Membros do Movimento “Mulheres do Ceará com Dilma” estiveram, nesta segunda-feira, na Assembléia Legislativa. Ali, junto à presidência da Casa, o grupo divulgou um manifesto repudiando a indicação da deputada estadual Dra. Silvana (PMDB) para presidir a Comissão de Direitos Humanos. O documento considera um “total desrespeito ao Estado laico, a deputada se utilizar da religião e da figura de Deus para disseminar no plenário, para o povo e para a imprensa, suas ideias homofóbicas, a intolerância e a representação simbólica da violência contra a livre orientação sexual, ignorando que a liberdade e a dignidade da pessoa são bens jurídicos protegidos como cláusula pétrea em nossa Constituição.”. Confira o manifesto:

Por um Ceará sem Homofobia

Mulheres do Ceará, pertencentes a diversos movimentos sociais do nosso Estado e que defendem os valores e princípios que constituem o ideário dos direitos humanos, vêem manifestar seu repúdio contra a nomeação para a Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, da deputada fundamentalista e homofóbica Silvana Oliveira, conhecida por sua afirmação de que “Deus não admite casamento gay, acabou com Sodoma por causa disso”.

Com total desrespeito ao Estado laico, a deputada se utiliza da religião e da figura de Deus para disseminar no plenário, para o povo e para a imprensa, suas ideias homofóbicas, a intolerância e a representação simbólica da violência contra a livre orientação sexual, ignorando que a liberdade e a dignidade da pessoa são bens jurídicos protegidos como cláusula pétrea em nossa Constituição.

O Movimento Feminista sempre se colocou como espaço de resistência, especialmente em contraposição ao crescimento de ideias conservadoras e discriminatórias e ao lado dos demais movimentos sociais forjou e forja a luta pela democracia e pelo reconhecimento e consagração dos direitos humanos em todas as suas dimensões.

A discordância de setores conservadores com os avanços dos direitos humanos em nosso país, e até mesmo expressões públicas de suas ideias, são aceitáveis na democracia que tanto lutamos para construir. Porém, que conservadores e fundamentalistas lancem mão dos espaços institucionais constituídos para a defesa desses direitos, tão caros ao povo cearense e brasileiro, como pretende fazer a deputada, é inaceitável, porque jogam para fazer gol contra.

Os direitos humanos têm a dimensão de proteger a todos, indistintamente, mas tem uma carga de proteção especial às potenciais vítimas de preconceito e discriminação, como as mulheres, os negros, os deficientes, os pobres e a população LGBTT. Por suas declarações e atitudes, a deputada Silvana caminha na contramão de tudo isso, portanto não tem legitimidade para presidir a CDDH da Assembleia, cujo papel seria repelir e corrigir a ela própria.

Apelamos ao presidente da Assembleia Legislativa, aos demais parlamentares, bem como a toda sociedade cearense a combater qualquer prática marcada pelos diversos tipos de preconceito e discriminação, intoleráveis em uma Nação que se pretende democrática e igualitária.

* Mulheres do Ceará com Dilma: por um mundo sem racismo, sem machismo e sem homofobia.

José Guimarães – “Quem quer impeachment de Dilma não é afeito à democracia” e teme Lula

112 2

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=LFhYqVu-HJQ[/youtube]

O líder do Governo na Câmara dos Deputados, José Nobre Guimarães (PT), afirmou, nesta segunda-feira que quem defende impeachment da presidente Dlma Rousseff são aqueles não afeitos à democracia. O parlamentar reagiu assim ao ser indagado sobre articulações da oposição querendo impeachment baseado na onda de corrupção registrada na Petrobras.

Guimarães garante que tudo está sendo apurado no governo petista, ao contrário de um passado onde FHC era o “engavetador maior da República”. Para ele, quem age dessa forma quer privatizar a Petrobras e teme a volta de Lula, o que pode ocorrer em 2018.

Indagado sobre a queda da popularidade de Dilma, conforme pesquisa Datafolha, José Guimarães considerou resultado de um momento de dificuldade vivido pelo País.

As academias brasileiras precisam repensar seus desígnios

Com om título “Eleição acadêmica, as crítricas e om presente”, eis artigo que o imortal João Soares Neto manda para o Blog. Ele aborda a peleja, que ocorrerá nesta terça-feira pela vaga aberta com a morte de Artur Eduardo Benevides, om “Príncipe dos poetas cearenses”. Confira:

Neste próximo dia 10, a Academia Cearense de Letras, a mais antiga das academias brasileiras, realizará sessão eleitoral para preencher a vaga aberta com a perda do grande poeta, ensaísta, professor e cidadão Artur Eduardo Benevides. São quatro os candidatos.

Esta introdução serve apenas para analisar artigo de Mário Sérgio Conti, jornalista e escritor, sob o título “Conformismo e coonestação”, publicado em 28 de novembro de 2014, em que critica a Academia Brasileira de Letras, a maior e a mais bem aquinhoada em nomes e prendas.

Ele começa dizendo: “A desimportância da Academia Brasileira de Letras emudeceria até Lobão (refere-se ao cantor, grifo meu). Ninguém liga para ela, exceto os 40 autoproclamados imortais. Que eles desfrutem em sossego do privilégio de se fantasiarem de fardão pela eternidade afora”.

Uma primeira observação: por que Mário Sergio Conti não emudeceu. Se ninguém liga para ela, qual o sentido e a razão de seu artigo tão candente?

Ele argui, em seguida: “A Academia é um clube cujos sócios, em graus variados de senectude, se reúnem para tomar chá e trocar dois dedos de prosa acerca de seus sublimes antecessores”. Não precisa ter lido Freud, Jung ou Melanie Klein, para ver réstias de ressentimento explícito em cada frase do articulista.

Ele continua: “É perda de tempo criticar a Academia. Não importa que ela sobreviva à sombra do Estado. Que jamais tenha emitido um sussurro contra a censura e os outros paus-de-arara na vida cultural”. E aduz: Que cultive a mediocridade literária (Nélida Pinõn, Murilo Melo Filho etc.) e a bajulação de poderosos (Fernando Henrique Cardoso, Marco Maciel etc.). Ninguém liga”.

Claro que alguém liga. Ele próprio, Conti, está ligando e dando cavaco. Qual a razão desse seu artigo grave?

Mais lá na frente, passo para evitar detalhes menores, ele se contradiz, ao afirmar: “A Academia só deixa de ser inócua quando nela entra um poeta de verdade. Isso é chato porque as más companhias têm influência e a instituição os diminui individualmente: todos os ratos são pardos no Petit Trianon” (nome da sede da ABL).

Ele está falando do poeta Ferreira Gullar e acrescenta texto do próprio vate maranhense: “A Academia já fez tudo para eu entrar lá, e eu digo: não. Jamais entrarei para a Academia… Como eu não tenho cabeça acadêmica, como não é a minha, não vou entrar lá”.

Parêntesis meu: Ferreira Gullar entrou na ABL em dezembro do ano passado.

Sem esquecer que havia elogiado Gullar (poeta de verdade, ele disse), mais a frente, muda de ideia e o ataca: “Nem sempre conseguiu o que buscava. Seus poemas são às vezes discursivos ou demagógicos; o credo stalinista o fez tropeçar; seus versos perderam voltagem com a passagem do tempo”. Em seguida, elogia: “O resultado final, porém, é largamente positivo. Pelo que sua poesia tem de inventividade formal e insubmissão”.

Como se vê, há um “morde e assopra” no escrito de Mário Sérgio Conti sobre a entrada na ABL de Ferreira Gullar, o autor, entre outros, do “Poema Sujo”.

Como afirmou Tchekhov, escritor russo: “De inveja fica-se estrábico”. Por outro lado, está claro que as academias brasileiras, sejam de letras, ciências e artes, precisam repensar seus desígnios. Mudar e evoluir, ter a coragem de ajustar-se ao tempo em que vivem, às mudanças definitivas dos processos anacrônicos de escolhas de novos candidatos (por que não um debate entre os candidatos? por que não uma prova de conteúdo?), dos seus modelos de gestão em que só o presidente faz tudo. Isto não é desrespeitar a tradição, mas ter coerência com o tempo em que se vive.

Sem menosprezar a tradição e os costumes, incorporar o que há de saudável e lógico nestes tempos em que antigo passa a ser tudo aquilo substituído pela voragem da inovação. A senectude, a que se refere Conti, não é a idade dos componentes, mas a permanência de métodos e ações que já não mais fazem sentido e pouco produzem resultados efetivos.

* João Soares Neto,

Da Academia Cearense de Letras. 

VAMOS NÓS – Disputam a vaga de imortal da Academia Cearense de Letras o médico e poeta Ernani Rocha, as professoras Vera Albuquerque e Révia Herculano e o desembargador Durval Aires Filho.

Eu vou voltar – Aílton Lopes, do PSOL, pode estar nas paradas eleitorais de 2016

eleições 2014 debate tv diário 0928 aílton lopes

Candidato ao Governo do Estado pelo PSOL em 2014, o sindicalista Aílton Lopes pode voltar ao cenário eleitoral em 2016 postulante cadeira de vereador ou até a Prefeitura de Fortaleza. É o que ele vem admitindo, mas fazendo questão de deixar claro que seu partido dará a última palavra.

Aílton, na ultima peleja pelo voto, ficou conhecido por dois aspectos: bom de debate, conseguindo jogar no fundo do ringue candidatos experientes ao Governo; e por ter veiculado, em sua propaganda eleitoral, um beijo gay.

Gabinete de Camilo promete celeridade nas pendências da área da Polícia Militar

O presidente da Associação de Praças da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (Aspramece), Pedro Queiroz, deu entrada no protocolo do Palácio da Abolição, no dia 22 de janeiro último, num requerimento que versa sobre a finalização do ato de reserva aos policiais e bombeiros militares que já cumpriram a sua missão.

No dia 5 de fevereiro, a entidade recebeu resposta de Élcio Batista, chefe de gabinete do governador Camilo Santana. Eis o teor: “O gabinete já se encontra esforçado em resolver pendências citadas o mais breve possível”.

O requerimento da Aspramece solicitou a instalação de uma força-tarefa no Gabinete do Governador para dar celeridade aos processos relativos a reserva remunerada, reforma, reversão a ativa e outras questões.

Confira o teor da resposta:

rfequeri

Cine-Teatro São Luiz terá programação oficial em 100 dias

215 1

Guilherme-Sampaio-Vereador

Dentro de 100 dias, o Cine-Teatro São Luiz, segundo o titular da Secretaria da Cultura do Estado, Guilherme Sampaio, ganhará programação oficial. Ou seja, filmes e espetáculos. O equipamento foi reinaugurado com pompa, em dezembro último, pelo então governador Cid Gomes (Pros).

A torcida é para que Guilherme, de fato, realize um bom trabalho à frente de uma pasta que sempre foi tratada como secundária nas gestões passadas.

Ninguém quer ver se concretizar na prática a fala do professor Gilmar de Carvalho de que o novo secretário entenderia mais de educação, até por ser dono de creche.

Roberto Cláudio tem dois novos secretários

julobrizzi

A Prefeitura de Fortaleza divulgou há pouco dois novos secretários da gestão Roberto Cláudio. O primeiro é o pedetista Júlio Brizzi, ex-delegado do Trabalho, que assume a Coordenadoria Política da Juventude. O segundo é Marcelo Pinheiro, ex-Aje e Fecomércio, que passa a dirigir a Agência de Fiscalização do Município (Agefis).

VAMOS NÓS – Boa sorte aos dois secretários. O PDT tem sido bastante prestigiado nos governos Camilo Santana e Roberto Cláudio. Coincidência?

Caucaia faz prevenção contra dengue e chikugunia

A Secretaria de Saúde de Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza) vem intensificado as ações contra a dengue com o uso do fumacê. A ordem é prevenir contra o mosquito Aedes aegypti em fase de voo, no período de transmissão.

O trabalho, de acordo com a assessoria de imprensa do município, ocorre nos bairros com a confirmação dos primeiros casos de dengue. Também está sendo realizado a inspeção aos domicílios, com orientação para os cuidados contra dengue e consequentemente a febre Chikungunya.

 

OAB/CE faz balanço da mobilização pró-Reforma Política

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=nbUK_Twck8k[/youtube]

A CNBB , OAB e outras entidades dos movimentos sociais prosseguem campanha para coletar assinaturas em favor de um projeto de iniciativa popular peal Reforma Política. O presidente da OAB do Ceará, Valdetário Monteiro, fez um balanço desse trabalho para o Blog nesta segunda-feira.

Valdetário considera que a Reforma Política é a mãe de todas as reformas tão reivindicadas pela população.

Petrobras altera manual que trata sobre contratações

“Despacho publicado no Diário Oficial da União de hoje (9) pela gerência executiva da Petrobras informa a alteração em um item do documento que, desde o dia 2 de fevereiro, serve como meio de orientação nas contratações da estatal. Na revisão do Manual da Petrobras, foi acrescido trecho informando que a estatal e empresas fornecedoras de bens ou prestadoras de serviços devem respeitar as disposições contidas no Código de Ética do Sistema Petrobras, no Guia de Conduta da empresa e na Política de Responsabilidade Social. Dessa forma, a estatal tenta aperfeiçoar as regras para a celebração de contratos, a fim de evitar problemas como os investigados pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal.

O manual define competências, autorizações, regras e limites para licitações e contratações feitas pela estatal. Ele cita situações e requisitos necessários para a inclusão de aditivos nos contratos originais, além de definir as regras para a prestação de serviços, bem como para acordos – comerciais, sigilosos, de apoio logístico e de transferência de tecnologia, entre outros. Além disso, esclarece quais são as normas aplicáveis a contratos de locação, de arrendamento e de patrocínio.

Em relação às avaliações e controles feitos pela empresa, o manual informa que as unidades devem, conforme suas necessidades, estabelecer procedimentos de controle interno sobre os processos de contratação de bens e serviços, além de fazer avaliações periódicas nesses controles. Outro ponto ao qual o manual lança luz é relativo à aplicação de sanções administrativas a empresas que, em meio às negociações com a Petrobras, pratiquem atos ilícitos lesivos ou atos que causem prejuízo à estatal.”

(Agência Brasil)

E o Sinduscon participou da reunião do Fórum do Parque do Cocó

Posto_policial_no_Parque_do_coco_em_Fortaleza (1)

O Ministério Público Federal realizou, na última semana, reunião do Fórum Permanente pela Implantação do Parque Ecológico do Cocó e reuniu cerca de 20 entidades públicas e privadas. No grupo, estavam representantes da Federação das Indústrias do Ceará e do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado, o que foi bem recebido por demais integrantes.

No encontro, foram estabelecidos cinco eixos para serem tratados nas reuniões: caracterização de ecossistemas, poligonal, tipologias de unidades de conservação, questão financeira e jurídica. Nessa reunião, foram resolvidas as primeiras linhas que poderão levar à tomada de decisão, com vistas a sugerir, em comunhão com os diversos setores púbicos e privados, o modelo de gestão ambiental capaz de conferir proteção aos ecossistemas que integram a região do Cocó.

* A torcida é para que o Cocó saia ganhando. Acima de todo e qualquer interesse.

 

O silêncio de Ciro Gomes e a refinaria cancelada

273 1

Com o título “Ciro, por que te calas?”, eis artigo do publicitário e poeta Ricardo Alcântara. Ele cobra uma posição do ex-governador e ex-ministro Ciro Gomes sobre o caso do cancelamento da refinaria do Ceará. “Ciro, que nunca economizou gramática para defender o que lhe convém, não fez, até este momento, nenhuma menção ao episódio.”, cutuca o articulista. Confira:

Certas atitudes devem ser tomadas, mesmo quando é sabido seu efeito modesto. Do episódio recente – cancelamento da instalação de uma refinaria no Ceará – nada mais eloquente do que o silencio de alguns personagens. Ciro Gomes é um deles.

Ciro é, dos políticos cearenses, o de maior projeção. Lidera o grupo político de maior expressão no Ceará de hoje. Fizeram eleitos por ele e seus aliados o governador do Estado e o prefeito da Capital. No Ceará de hoje, se elege para o que bem quiser. Sua força não decorre apenas do que mantém preso a seus cordões, mas também da boa expectativa que a população tem sobre ele. Uma liderança que resulta mais de seu esforço individual e de um senso de oportunidade que desconhece limites.

Poder. Ele é bom nisso. No Ceará, sua família entrou para o clube em meados da década de 70 e nunca mais se afastou: são 40 anos à sombra frondosa. No plano nacional, correu riscos calculados e deles sempre resultou acumulação de força.

Ciro sempre esteve comprometido com a causa da refinaria que, em plena atividade de sua cadeia produtiva, faria crescer em mais de 30% o PIB cearense. Cancelada a obra, cala-se a liderança estadual de maior peso e popularidade. Por que?

É sabido: um dos gargalos de produtividade da Petrobras está no número insuficiente de refinarias. E, ainda: a descentralização das unidades de refino ampliaria em muito a contribuição da empresa, estatal, ao desenvolvimento equilibrado do país.

Pois Ciro, que nunca economizou gramática para defender o que lhe convém, não fez, até este momento, nenhuma menção ao episódio. Se concorda, ou pelo menos compreende, as razões do governo federal, tenha a coragem de nos pedir paciência. Mas não. Age como se a coisa não fosse com ele. Mas é: foi para eleger os seus (e os dela) que a presidente Dilma assegurou a obra em palanque, reiterando Lula. E os investimentos feitos pelo estado antes e durante o governo de seu irmão? Nada.

Que se dê, de barato, a omissão de seu irmão: Cid Gomes é ministro da Educação. Suas responsabilidades institucionais tornariam onerosa a confissão de seu desagrado. Discordo, por desproporção, do argumento, mas é real sua dificuldade.
Mas, e o Ciro? Seus desafetos aproveitam a injustificável omissão para acusá-lo de pagar com silencio pelos proventos polpudos de seu novo emprego na CSN. Teriam colocado em sua boca (dizem) as coisas que tornam dóceis os críticos mais ferozes.

O fato é que desde 1982, quando pela primeira vez elegemos um governador pelo voto direto, nunca houvera tamanha demonstração de subalternidade das forças políticas estaduais às imposições discriminatórias dos que operam em Brasília.
Conclusão: se o Ceará não tem prestígio, seus caciques passam bem, obrigado!

* Ricardo Alcântara,

Publicitário e poeta.