Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Mensalão – Roberto Jefferson já está no presídio

“O ex-deputado Roberto Jefferson, do PTB fluminense, condenado na Ação Penal 470, o processo do mensalão, já chegou ao Presídio Ary Franco, em Água Santa, porta de entrada do sistema penitenciário do Rio de Janeiro. De lá, Jefferson segue para a Unidade de Pronto Atendimento de Bangu, onde será submetido a exames que vão definir para qual presídio ele será enviado para o cumprimento da pena de sete anos e 14 dias em regime semiaberto. Roberto Jefferson foi o delator do esquema do mensalão.

Ele recebeu o mandado de prisão expedido pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) , ministro Joaquim Barbosa, por volta das 12h20, em casa, no município de Levy Gasparian, na região centro-sul fluminense. Dali, em um veículo da Polícia Federal Jefferson foi diretamente para o Instituto Médico-Legal (IML) no Rio de Janeiro, onde foi submetido a exame de corpo de delito.

Do IML, ele seguiu para o presídio de Água Santa, acompanhado de seu advogado Marcos Pedreira Pinheiro de Lemos.”

(Agência Brasil)

Funceme prevê período chuvoso irregular no Ceará

67 1

chvuasol

“A probabilidade de o período chuvoso durante o inverno (entre março e maio de 2014) ter precipitações abaixo da média histórica é de 40%. O número permanece igual ao da última previsão da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), realizada no dia 22 de janeiro. O prognóstico oficial, que teve algumas mudanças, foi divulgada na manhã desta segunda-feira, 24, na sede da Defesa Civil do Estado.

As chances de chuva dentro da média histórica passaram de 35% para 40%. De acordo com o presidente da fundação, Eduardo Sávio Martins, a alteração não deve trazer muitas esperanças. “Ainda que algumas regiões apresentem estas melhoras, a média para o Estado é baixa”, pondera.

Quanto às chances de ter um trimestre com chuvas acima da média, o percentual caiu de 25% para 20%. A previsão é feita após diagnóstico dos campos atmosféricos e oceânicos de grande escala. Nas previsões, a Funceme analisa os índices isolados e não considera a soma entre diferentes categorias.

É provável que, na região Centro-Sul cearense, as chuvas permaneçam abaixo da média, segundo os dados coletados pela Funceme. Nos Sertões de Inhamuns, a tendência é que a quantidade de chuvas fique em torno da média. No entanto, a fundação reitera que, para a região, a média significa quantidade de chuvas muito baixa. A média de precipitações no período apresentado (março a maio) no Ceará é de 480,2 milímetros.

O número de açudes com volume inferior aos 30% passou de 112 para 111, com dois açudes de volume superior aos 90%, em Morada Nova (açude Curral Velho) e Pacatuba (açude Gavião). Os dados são do monitoramento dos reservatórios feito pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). Assim como em janeiro deste ano, na consulta atual não há nenhum açude sangrando.

(POVO Online)

Tarifas de ligações locais e interurbanos de fixo para celular devem reduzir 13%

62 1

“As tarifas das ligações locais e interurbanas de telefone fixo para celular vão cair, em média, 13% a partir de março, informou nesta segunda-feira a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A mudança nos preços decorre da redução das tarifas de remuneração das redes móveis, que vem sendo conduzida pela agência. No fim do ano passado, a Anatel já havia determinado que os valores de referência do Valor de Uso de Rede Móvel (VU-M) teriam uma redução de 25% a partir de 24 de fevereiro deste ano.

Com isso, o preço médio das ligações locais de fixo para móvel cairá de R$ 0,45 para R$ 0,39. Já o preço médio das chamadas interurbanas de fixo para celular, com o DDD começando com o mesmo dígito (como 61 e 62, por exemplo) passará de R$ 0,93 para R$ 0,80. As demais ligações interurbanas entre fixo e móvel vão diminuir de R$ 1,05 para R$ 0,92.

A expectativa da Anatel é que os novos valores gerem uma economia anual para os consumidores da ordem de R$ 2,1 bilhões. A agência também prevê novas quedas de valores para 2015.”

(Portal Terra)

Há um Camilo no caminho de Eunício Oliveira?

79 2

camiloeun

Com o título “E aí, Eunício: vai encarar?”, eis artigo do poeta e publicitário Ricardo Alcântara. Ele aborda o desejo do senador Eunício Oliveira, presidente regional do PMDB, de querer disputar o Governo. Eunício sabe que seu partido pesa na propaganda eleitoral e surge no horizonte Camilo Santana, petista com jeitão de Ferreira Gomes. Confira:

Quando Eunício Oliveira recusou o ministério oferecido pela presidente Dilma, o ministro obteve ali a oportunidade de que tanto precisava para estabelecer no mercado eleitoral a premissa de que será candidato. O gesto mexeu com o cenário.

Lá se vai gorda fatia do tempo de propaganda eleitoral e fica o Partido dos Ferreira Gomes (PFG) ainda mais precisado de aliança com o PT para manter favoritismo na disputa. A boa notícia é que deseja o mesmo a maioria dos petistas que decidem.

O Pros, motel da hora para o pernoite governista, tem pouco tempo de televisão para a campanha. O PT tem mais. E tem o casamento estável da máquina pública com o movimento social. E tem Dilma. E tem Lula. E tem o Brasil do pleno emprego.

A conjuntura dá pertinência ao balão de ensaio que coloca a possibilidade de ser um filiado do PT indicado candidato com apoio do próprio governador. Tratar-se-ia de Camilo Santana, cuja militância no PT é, digamos assim, quase metafórica.

Sua candidatura sanaria os problemas ‘tempo de televisão’ e ‘apoio federal’, ambos decisivos para que um governo de popularidade mediana eleja um sucessor de sua confiança. O PT ocuparia posição privilegiada na chapa e o Pros faria o senador.

Assim, ficariam livres de outro problema: o constrangimento de ter José Guimarães candidato ao senado, pois não há só cuecas guardadas naquele armário. Há rumor de alopração no Banco do Nordeste e um irmão preso por ordem da corte suprema.

A candidatura de Camilo, afinal um petista, fragiliza a premissa de neutralidade do governo federal onde houver mais de um candidato da base aliada – tese fácil, mas execução difícil quando há candidato petista autorizado pelo comando nacional.

Mesmo rifado na vaga ao Senado, Guimarães ocuparia ainda a alcova do Abolição – ele aceita, nem precisa pedir duas vezes. Mas até onde Camilo é possibilidade real ou manobra para intimidar Eunício Oliveira? Sabem lá eles e poucos mais.

* Ricardo Alcântara,

Poeta e publicitário.

Em sua mostra “Cinema e sua Pluralidade”, o Sesc exibirá “Incêndios”

O Sesc vai exibir, nesta terça-feira, o filme “Incêndios”, como parte da mostra “O Cinema e sua Pluralidade”, que traz exibições de importantes filmes produzidos e dirigidos em diferentes países.

A exibição ocorrerá às 18h30min, na Sala de Vídeo da Unidade Fortaleza do Sesc, com entrada gratuita. A classificação indicativa é de 14 anos.

Enredo

No enredo de “Incêndios”, o drama dos irmãos Jeanne e Simon que acabam de perder a mãe, Nawal Marwan. E à procura do testamento, seguem numa jornada em busca do passado da mãe, o que os levam até a Palestina.

SERVIÇO

Sala de Vídeo da Unidade Fortaleza –  Rua Clarindo de Queiroz, 1740 – Centro.

Informações: (85) 3452.9090

Vice do PT de Fortaleza diz que candidatura própria no partido é “uma falsa polêmica”

66 2

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=1ewgf5OMnCE&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

A candidatura própria do Partido dos Trabalhadores é uma falas polêmica. Quem afirma é o vice-presidente do PT de Fortaleza, Davi Barros. Ligado ao grupo do deputado federal José Guimarães, Davi Barros diz estar convicto de que o partido sairá unificado e com a perspectiva de ter o candidato ao Senado.

Sobre Guimarães e possível onda de desgastes por questões como dólares na cueca e ter o irmão, José Genoíno, condenado no Mensalão, Davi Barros afirma que tudo isso será superado.

Por uma economia criativa no Polo Cultural do Benfica

126 1

Com o título “Polo criativo do Benfica”, eis artigo do arquiteto Joaquim Cartaxo.  Ele bate na tecla de que o bairro Benfica, com sua proximidade com o Centro, precisa ganhar vida cultural permanente, a partir de investimentos na chamada economia criativa. Confira:

Em Fortaleza, a avenida da Universidade reúne a maior quantidade de equipamentos culturais públicos da cidade: reitoria da Universidade Federal do Ceará, Auditório Castelo Branco, Rádio e Imprensa Universitária, Museu de Arte, cursos de Comunicação Social, de Letras, de Biblioteconomia, de Arquitetura e Urbanismo, centros de Língua Inglesa, Francesa e Alemã, Casa Amarela (cinema), Teatro Universitário, Faculdade de Direito.

Além dessa concentração, essa avenida interliga os bairros Benfica e Centro antigo onde se encontra outro conjunto de equipamentos de valor histórico e cultural significativo.

A quantidade de equipamentos e a proximidade com o Centro credenciam o Benfica como polo portador de elevado potencial para o desenvolvimento de um programa de atividades culturais permanentes de natureza acadêmica, popular e portes variados, capaz de gerar oportunidades socioeconômicas e fortalecer atividades privadas que se realizam em bares, restaurantes, cafés, livrarias, lojas e similares do bairro.

Um caminho para organizar essas oportunidades é a economia criativa com seus ativos intangíveis e simbólicos organizados em um núcleo cultural que congrega as denominadas “indústrias criativas de arte e cultura” cuja criatividade fortalece a economia tradicional.

Desenhar e implantar um programa cultural e econômico para um Benfica Criativo requer parceria público-privada com ativa participação da sociedade; integração e articulação dos sujeitos políticos e sociais, garantindo a diversidade; realização de todas conexões possíveis entre local e global, entre passado e futuro; adoção de cultura diferenciadora que interage com os setores econômicos e, ao mesmo tempo, favorece a formação de um ambiente criativo; priorização de educação, capacitação e investimento em tecnologias; estabelecimento de uma gestão criativa com objetivos e metas claros, realizáveis no médio e longo prazos.

* Joaquim Cartaxo

cartaxo@hurb.com.br 

Arquiteto, urbanista e secretario de formação política do PT/CE.

Secretaria Estadual da Pesca diz que estiagem causa problemas para a piscicultura

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=uvhRYn-lExQ&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

A Secretaria da Pesca e Aquicultura do Ceará vai firmar acordo de cooperação técnica com o setor da pesca do Pará. Isso na área da entrada e saída de pescado, envolvendo a área tributária.

O titular da pasta, Francisco Sales, dá detalhes, adiantando um dado: a piscicultura cearense vem sofrendo por causa da estiagem.

O que é que a Fanor tem?

Vem aí o I Seminário de Áreas da Fanor (Bairro Dunas). Ocorrerá a partir desta terça-feira, às 19 horas, no auditório I, da Instituição. O objetivo é apresentar para a comunidade seus cursos e sua atuação no mercado.

O seminário se estenderá até quarta-feira debatendo ainda temas como Gerenciamento de Projetos, Logística, Gestão de Pessoas, Finanças e Gestão Empresarial.

É aberto ao público.

Roberto Pessoa gira o Interior posando de candidato. A quê mesmo?

98 2

O presidente de honra do PR e ex-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, visitou a Região do Cariri no fim de semana. Manteve uma série de reuniões com as bases do partido. Com ele, o ex-deputado federal Iranildo Pereira.

No giro interiorano, eles visitaram cerca de 10 municípios do Cariri Oeste e mais os municípios de Brejo Santo e Abaiara, que integram o Cariri Leste. Roberto Pessoa e Iranildo Pereira devem visitar ainda as cidades de Antonina do Norte, Campos Sales, Araripe, Potengi, Assaré, Altaneira, Tarrafas, Santana do Cariri e Nova Olinda.

Roberto Pessoa diz que está como pré-candidato a deputado estadual. Por enquanto.

CREA do Ceará implantará Inspetoria Regional em São Gonçalo do Amarante

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=Pa9rFvpWelk[/youtube]

O CREA do Ceará investe na expansão de suas inspetorias no Estado. Segundo o presidente da entidade, Vitor Frota, a próxima investida ocorrerá em São Gonçalo do Amarante (Região Metropolitana de Fortaleza).

De acordo com Vitor Frota, será a quinta inspetoria em sua gestão.

Oi Futuro entrega espaço lúdico para criançada de Ocara

Cerca de 200 crianças e jovens de Ocara (CE), entre sete e 12 anos de idade, têm um novo espaço de lazer e entretenimento para expressar a criatividade a partir do que foi assimilado na oficina de desenhos e cores realizada no município. O espaço lúdico montado no anexo da Escola Fundamental Sebastião Freire, que recebeu uma nova roupagem, será inaugurado no dia 26, e contará com a presença de representantes da prefeitura e da Secretaria Municipal de Educação.

A iniciativa faz parte das atividades do projeto “Navegando na Hora do Jogo”, desenvolvido pela ONG Instituto da Infância (IFAN), com apoio do Oi Futuro através do programa Oi Novos Brasis. Segundo a Oi Futuro, é na nova ambientação que crianças e jovens exercitam o que aprenderam nas aulas de desenho e pintura. A parede de cada sala é livre para se por em prática a imaginação. Uma estampa do cotidiano vivido por eles colore o ambiente e jogos socioeducativos como tabuleiro, fantoches, bonecas e brinquedos diversos também são oferecidos gratuitamente.

O espaço que abriga todas as outras atividades do “Navegando na Hora do Jogo” funciona como terapia, em que a criança usa a brincadeira para elaborar questões afetivas do seu convívio que vão surgindo ao longo de seu desenvolvimento.

 

Uma questão de memória

110 1

inácio arruda

O senador Inácio Arruda (PCdoB) deu entrevista, nesta manhã, ao programa Paulo Oliveira (Rádio Verdes Mares AM). Ao ser indagado por Tom Barros sobre o porquê de ser contra a redução da maioridade penal – de 18 para 16 anos, reagiu se sentindo incomodado.

Tom Barros chegou a criticar o governo federal que não resolve, por exemplo, o problema previdenciário e tem dinheiro para bancar porto em Cuba.

Foi o bastante para Inácio, discordando, recomendasse?

– Esqueça isso, esqueça isso!

Tom voltou a reagir: “Esquecer como, senador?

Copa 2014 – A juventude precisa dimensionar a importância do evento

68 1

Com o título “Vai ter Copa”, eis artigo do vereador petista Acrísio Sena, que pode ser lido no O POVO desta segunda-feira. Ele comenta as manifestações populares contra a Copa do Mundo como uma espécie de crescimento político da juventude. “Os jovens aumentaram seu espírito crítico – isto é positivo – mas não conseguem dimensionar a importância deste evento. Copa não é novidade”, diz Acrísio. Confira:

Tenho acompanhado com preocupação as manifestações contra a realização da Copa. É preciso recuperar e comparar dados para verificar o que isto significa. Minha história pessoal dá pistas de como as mudanças recentes na história do Brasil ajudaram a pintar este quadro. Filho de família de operários, enfrentei dificuldades comuns às pessoas de baixa renda. Preocupado com a desigualdade social, me vinculei aos partidos de esquerda e lutas sociais. Como fundador e presidente da CUT-CE vivi de perto reivindicações por melhores condições de vida nas décadas de 1980/1990.

Umas das principais bandeiras do movimento sindical à época era o  salário mínimo de U$S 100. No governo FHC, o mínimo correspondia a US$ 70. Hoje, com os governos do PT, equivale a US$ 300. A pauta do desemprego era constante. Hoje, a taxa das seis maiores regiões metropolitanas caiu para 5,4% na média de 2013, a menor marca da série histórica da Pesquisa Mensal de Emprego do IBGE. Antes, universidade para trabalhador era um luxo. Hoje, são milhões em cursos superiores. São jovens com acesso à universidade, ganhando salários melhores e consumindo com qualidade. Milhões saíram das classes C e D para a classe média.

As manifestações contra a Copa, contraditoriamente, são fruto deste crescimento. Os jovens aumentaram seu espírito crítico – isto é positivo – mas não conseguem dimensionar a importância deste evento. Copa não é novidade. O Brasil já sediou o evento em 1950. E realizar uma Copa não significa reduzir investimentos ou dar as costas para problemas sociais. Em 2013, os recursos destinados à educação e à saúde cresceram. Em 2014, isso deve se repetir. Só em 2011 e 2012, o governo repassou a estados e municípios R$ 92 bilhões.

 

O Brasil não irá gastar menos por causa da Copa. Ao contrário, vai gastar. O fato é que o Brasil tem vários problemas. Mas que não foram causados e nem serão resolvidos pela Copa. E se o evento serviu para alertar e mobilizar a população em relação às suas carências, a Copa marcou mais um gol de placa. Até porque, independentemente do evento, haverá ganhos para a população. Basta verificar que cerca de 70% dos investimentos são em infraestrutura, mobilidade urbana, serviços e formação de mão-de-obra.

Além disso, o turismo cresceu 5,6% em 2013, acima da média mundial. É evidente o alinhamento político dos discursos: em sua maioria, quem se apresenta contra a Copa, é contra o Mais Médicos e o Bolsa Família. Por mais que uns não queiram a Copa, nem as Olimpíadas, são conquistas do povo. Quem vos fala é aquele jovem dos anos 1980/1990, que não teve, nem de longe, o direito sequer de sonhar com tal possibilidade.

Acrísio Sena

opiniao@opovo.com.br

Vereador do PT em Fortaleza.

Cid toca atabaque?

cidggo

Tudo é Carnaval – Cid e o prefeito de Sobral, Clodoveu Arruda. 

Depois de mergulhar em adutora em Itapipoca, no começo deste ano, o governador Cid Gomes caiu no samba em sua terra, Sobral. No trio elétrico de Armandinho, que se apresentou no Pré-Carnaval desse município, Cid não resistiu: subiu no trio elétrico, tocou atabaque e ainda cantou uma musica baiana.

(Com Blog Sobral de Prima)

BNB lança seu programa de demissão voluntária

aryjoel

O presidente do Banco do Nordeste do Brasil, Ary Joel, lançou, nesta manhã de segunda-feira, em Brasília, o Programa de Incentivo ao Desligamento (PID) do banco, uma espécie de “demissão voluntária”.

O programa estará disponível para quem estiver com 30 anos de contribuição junto a Capef (caixa de previdência do BNB) e 35 anos de contribuição para o INSS.

Esse PID do BNB oferece oito salários brutos e 40% do FGTS para quem aderir.

Detalhe: Não é obrigatório.

Agnelo Queiroz adora tapioca

agneloo

Da Coluna Radar, da Veja Online, nesta segunda-feira:

“O governador Agnelo Queiroz, do Distrito Federal, sabe como poucos o mal que uma tapioca pode fazer, desde que seu sucessor no Ministério do Esporte, Orlando Silva, ficou marcado por usar o cartão corporativo do governo federal para comprar a iguaria, em 2008.

Mas o episódio é passado, e Agnelo continua fazendo questão de ter tapioca à mesa. E o carrinho de supermercado da residência oficial mostra suas preferências.

Em fevereiro, governo Agnelo está gastando 652 reais para comprar trinta quilos de tapioca. E, se quiser, tem cobertura. Outros 288 reais já foram empenhados para abastecer a despensa com 144 embalagens de dois litros de sorvete de: tapioca, lógico.”

Carro e prédio da Secretaria da Saúde de Baturité são alvos de incêndio

carro-incendiado-baturite

“A Polícia de Baturité investiga a participação de manifestantes em ação que ocorreu na noite deste domingo, 23. Segundo o Quartel de Polícia da cidade, um carro da Secretaria da Saúde de Baturité pegou fogo e o prédio da Secretaria também foi alvo de incêndio, mas as chamas foram logo controladas.

Neste momento, ocorre um protesto contra o prefeito Bosco Cigano (Pros) em frente à Câmara dos Vereadores. Funcionários reclamam da falta de pagamentos dos salários, que já estão atrasados há cinco meses. Segundo eles, o Prefeito prometeu regularizar a situação nesta terça-feira, mas, em uma entrevista em rádio local, Bosco Cigano informou que o pagamento só sairia na quinta-feira, o que revoltou os funcionários.

“Não aceitamos mais ele na Prefeitura. Disse que iria pagar amanhã e depois diz que só será quinta-feira. Estamos revoltados com esse atraso”, relata a varredora de rua Roseane Gregório.

Segundo ela, os servidores estão desde 8 horas em frente à Câmara dos Vereadores, onde devem ser recebidos pelos parlamentares.”

( O POVO Online)