Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Ministro cearense abre série “Debates Grandes Nomes”

foto francisco teixeira ministro

O ministro Francisco Teixeira (Integração Nacional) abrirá, nesta segunda-feira, a série de entrevistas da 9ª edição do Debates Grandes Nomes, uma promoção do Grupo de Comunicação O POVO. A entrevista vai ao ar das 11 às 13 horas pela Rádio O POVO/CBN (FM 95,5) e pelo portal O POVO Online (www.opovo.com.br).

Francisco Teixeira será entrevistado por Erivaldo Carvalho, editor adjunto do Núcleo de Conjuntura, Cliff Villar, executivo de projetos especiais do O POVO, Teresa Fernandes, repórter do Núcleo de Negócios, e Bruno Pontes, repórter de Conjuntura. A mediação será feita por Plínio Bortolotti, diretor institucional do Grupo de Comunicação O POVO.

Entre os temas a serem discutidos com o ministro da Integração estão convivência com a seca, desenvolvimento regional, irrigação e transposição do rio São Francisco.

Camilo cumpre agenda no TCU

camilosantanana

O governador eleito Camilo Santana (PT) cumprirá agenda, nesta segunda-feira, em Brasília. Segundo sua assessoria de imprensa, ao meio-dia, ele estará no Tribunal de Contas da União (TCU). Deve prestigiar encontro nacional de presidentes de tribunais estaduais de contas, mas também tratar de projetos do interesse do Estado.

Na última semana, o TCU divulgou ter encontrado irregularidades em 12 obras no Ceará. Os problemas vão de “fiscalização superficial” até superfaturamento. Os dados fazem parte do relatório de fiscalização de obras feito pela Corte, conhecido como “Fiscobrás“. Entre as obras apontadas, o Cinturão das Águas. A obra é feita em parceria com o Ministério da Integração Nacional. Também foram apontados problemas nas obras da Linha Sul do Metrofor.

Camilo permanecerá todo este dia em Brasília, pois tem na agenda outros contatos ministeriais, de acordo com assessores.

Cine Ceará – A festa do cinema em Fortaleza

deborahomenage

A solenidade de abertura do 24º Cine Ceará, no Teatro José de Alencar, foi das mais concorridas. Sob comando de Wolney Oliveira, o evento, que se estenderá até sábado, reuniu atores, cineastas, produtores e empresários, além de gente da área política e da academia.

O ponto alto foi a entrega do troféu Eusélio Oliveira para a atriz Deborah Secco. Ela recebeu a comenda das mãos do vice-reitor da UFC, Henry Campos, sob olhares do diretor do Cine Ceará, Wolney Oliveira.

(Fotos – Chico Gadelha)

Lixo “decora” grandes avenidas de Fortaleza – Domingos Olímpio é uma delas

lixoxooxxo

Virou moda despejo de lixo e entulhos nos canteiros e calçadas das grandes avenidas de Fortaleza. Nesta manhã de segunda-feira, vários pontos da avenida Domingos Olímpio ganharam essa triste decoração.

Uma prova absurda de que o cidadão ainda não tomou consciência de que o lixo jogado na rua é o mesmo que retorna para sua casa em forma de doença.

(Foto – Paulo MOska)

Com apoio de vereadores e prefeito, Salmito articula chapa única

foto salnmito e acrísio cmfor 141112 ciro saboya

O vereador José do Carmo (PSL) deve se reunir nesta terça-feira (18) com aliados para decidir se continua na disputa pela presidência da Câmara Municipal de Fortaleza no biênio 2015-16. Vereadores defendem a formação de chapa única tendo como candidato a presidente Salmito Filho (Pros), que retorna nesta terça-feira à Casa como favorito.

A candidatura de Salmito foi lançada na noite de sexta-feira, após reunião dele com os sete vereadores do Pros e o prefeito Roberto Cláudio (Pros). Na manhã seguinte, Salmito procurou José do Carmo, atual vice-presidente da Câmara.

“Foi uma conversa muito boa. Ele ainda não deu definição, pediu um tempo, mas se colocou à disposição para construir uma eleição consensual”, disse Salmito ontem.

“Como não sou dono da minha vontade, como foi um grupo que me lançou, não posso simplesmente retirar a candidatura. A priori, vou concorrer, mas vai depender da decisão do grupo”, afirmou ontem José do Carmo, que disse estar trabalhando na candidatura a presidente há um ano e meio.

Unidade com Salmito

Salmito vai pedir exoneração hoje do cargo de secretário municipal do Turismo e voltar amanhã para a Câmara, que já presidiu no biênio 2009-10. No dia do retorno de Salmito ao Legislativo, os líderes partidários vão se reunir para discutir, entre outras coisas, a possibilidade de formação de chapa consensual para a eleição de próxima mesa diretora.

“Todos os líderes com quem conversei estão irmanados na tese da chapa de unidade”, disse Acrísio Sena (PT), ele também ex-presidente da Casa. “Nessa atual conjuntura, um ex-presidente como o Salmito tem muito peso para construir essa unidade”.

Para Adail Junior (Pros), que pretendia ser candidato pelo Pros e retirou o nome em favor de Salmito, a experiência do colega no comando da Casa facilita a adesão inclusive de apoiadores da candidatura de José do Carmo. “Até o fim da semana chegaremos ao consenso. O Salmito contempla todos nós do Pros e muitos do outro grupo”.

Salmito também tem a preferência de Carlos Mesquita (PMDB), outro ex-presidente. “O Zé do Carmo é um grande vereador, mas a gente tem de ter discernimento na hora de avançar e de recuar”. Para John Monteiro (PTdoB), Salmito “bate recorde em atender vereador” e, por isso, terá maioria na eleição.

(O POVO)

Economia japonesa entra em recessão após queda do PIB

“A economia japonesa entrou em recessão depois de uma queda entre julho e setembro, segundo dados oficiais divulgados hoje (17), tornando quase inevitável que o primeiro-ministro Shinzo Abe suspenda o plano de aumento de impostos e avance para eleições antecipadas.

O Produto Interno Bruto do país diminuiu 0,4%, a uma taxa anual de 1,6%, mostrando como o aumento de impostos em abril freou o crescimento, representando forte golpe para o primeiro-ministro, que se comprometeu em elevar a economia nacional.

Esses valores aumentam a probabilidade de que Abe, que pode convocar eleições antecipadas no próximo mês, atrase o plano para aumentar o imposto sobre o consumo para 10% no próximo ano. A subida de 5% para 8% do imposto no início deste ano pode ter travado o crescimento.”

(Agência Brasil)

Ciclo Carnavalesco em Fortaleza terá 300 apresentações em diferentes espaços

robrtoclaudiooo

Da Coluna Vertical, no O POVO desta segunda-feira (17):

Nesta segunda-feira, a Prefeitura de Fortaleza, por meio do prefeito Roberto Cláudio (Pros) e do secretário da Cultura, Magela Lima, lançará, em caráter de consulta pública, os editais para os blocos de rua e para as agremiações que desfilam na avenida Domingos Olímpio. O Ciclo Carnavalesco de 2015 já tem data: vai de 12 de janeiro a 17 de fevereiro e, apenas via edital, fomentará 300 apresentações nos mais diferentes espaços públicos da cidade.

Uma novidade para 2015: os proponentes poderão fracionar parte de suas apresentações entre os períodos do Pré-Carnaval e do Carnaval propriamente dito, sem prejuízo algum na futura prestação de contas.

Com isso, a Prefeitura quer incrementar ainda mais o diálogo entre esses dois momentos já consolidados do período carnavalesco.

Outra: a categoria dos blocos de uma saída, voltada para grupos estreantes, passa a contemplar 30 proponentes. E nesta semana também sai a lista das atrações do Réveillon. Além de Daniela Mercury, não será surpresa de trouxer Tiaguinho, Bruno e Marrone e O Rappa.

Vereadores visitarão Centro de Formação Olímpica nesta segunda-feira

foto ferruccio e leonelzinho

Vereadores de Fortaleza visitarão, nesta segunda-feira, a partir das 10 horas, as instalações do Centro de Formação Olímpica (CFO), que está em construção em frente a Arena Castelão. A estrutura será utilizada nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, no próximo ano.

O vereador Leonelzinho Alencar (PTdoB), integrante da Comissão de Educação, Cultura, Desporto e Lazer da Câmara Municipal, disse que o convite foi feito pelo secretário estadual de Grandes Eventos, Ferruccio Feitosa.

Localizado em uma área de 85.922,12 metros quadrados, sendo 45.117,87 metros quadrados de área construída, o CFO deverá estar concluído nos próximos meses para treinamentos e competições de 26 modalidades. O investimento é de R$ 226,8 milhões, com recursos do Governo Federal e contrapartida do Governo do Estado.

(Foto – Divulgação)

PT quer nova Constituinte, revela Diassis Diniz

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=2JmQAMBwRY0&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O presidente do Partido dos Trabalhadores do Ceará, Francisco de Assis Diniz, o Diassis Diniz, afirmou, nesta segunda-feira, que o PT Nacional quer uma nova Constituinte para votar a Reforma Política.

O objetivo é que essa reforma possa coibir principalmente os financiamentos de campanha e dar um basta aos escândalos como os que revelam a Operação Lava-Jato.

Sobre a política local, o dirigente ressaltou que “é hora de olhar para a frente”, ao comentar da participação do partido no futuro Governo Camilo Santana (PT).

Países da UE debatem novas sanções à Rússia devido à crise na Ucrânia

“Os ministros dos negócios estrangeiros da União Europeia (UE) debatem nesta segunda-feira (17) a possibilidade de ampliar a lista de russos e ucranianos que sofreram sanções devido à sua responsabilidade na crise do Leste da Ucrânia, e também de aplicar novas sanções econômicas à Rússia. O Conselho de Ministros do Exterior da UE, que se reúne em Bruxelas, na Bélgica, será o primeiro presidido pela nova chefe da diplomacia comunitária, a italiana Federica Mogherini, que propôs um debate sobre a crise.

A Organização para a Segurança e Cooperação na Europa alertou que nos últimos dias tem aumentado o número de veículos, equipamentos militares e tropas procedentes da Rússia no Leste da Ucrânia, controlado por separatistas pró-russos, uma tendência confirmada pela Organização do Tratado do Atlântico Norte.

Nesse contexto, os ministros vão discutir a possibilidade de aplicar novas sanções aos russos e ucranianos envolvidos na crise, além de medidas restritivas em relação à península da Crimeia, anexada pela Rússia, incluindo sanções econômicas suplementares.”

(Agência Brasil)

Mostra aborda disseminação do uso do tabaco e seu controle no país

Com o intuito de disseminar informações sobre a prevenção do câncer, o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca) e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) abrem nesta segunda-feira (17), no Rio de Janeiro, a exposição O Controle do Tabaco no Brasil: Uma Trajetória.

A exposição estará aberta ao público até 3 de dezembro, no Colégio Pedro II, de Duque de Caxias, Baixada Fluminense. Será possível ver como a produção e o consumo de cigarros foram incentivados pela indústria, e também entender as ações de saúde pública voltadas para o seu controle.

A iniciativa faz parte do projeto História do Câncer – Atores, Cenários e Políticas Públicas, fruto de parceria entre o Inca e a Fiocruz, que produz conhecimento histórico sobre a trajetória do controle do câncer no Brasil.

Além da exposição, estão agendadas palestras aos alunos dos ensinos fundamental e médio e professores do Colégio Pedro II sobre o tema. Na terça-feira (18), o Centro de Estudos sobre Tabaco e Saúde da Fiocruz apresentará as principais estratégias da indústria do tabaco para conquistar o público jovem.

Fechando o ciclo de palestras na quarta-feira (19), historiadores do projeto História do Câncer: Atores, Cenários e Políticas Públicas, da Casa de Oswaldo Cruz, falarão sobre a trajetória do tabaco e do cigarro no Brasil, destacando aspectos históricos curiosos, relacionados à indústria e à saúde pública.

(Agência Brasil)

Icasa deverá ter melhor desempenho que América/RN e Bragantino

Com base nos resultados das últimas três rodadas e em uma projeção das próximas três partidas dos seis times que ainda tentam escapar do rebaixamento para a Série C, o Icasa possui a segunda melhor perspectiva de bons resultados. A primeira é o ABC/RN e as últimas são o Paraná e o Bragantino/SP. Apesar da perspectiva ruim, o time paranaense escapará do rebaixamento com uma vitória nos três jogos que ainda faltam, pois é o melhor colocado entre os clubes “desesperados”.

Assim como ABC e Oeste/SP, o Icasa possui dois jogos em seu estádio (Romeirão), contra o Paraná e o Boa Esporte, e um fora, diante do Vasco. Já o Bragantino atuará em Bragança Paulista contra o Paraná, mas jogará fora diante do Atlético/GO e ABC. Difícil também é a situação do América, que terá que buscar resultados fora de casa contra a Ponte Preta e o Paraná, além de ter que vencer em casa o Náutico. O problema é que a partida considerada mais fácil do Paraná, para assegurar a permanência da Série B, é diante do América/RN.

Fora da zona de rebaixamento, Oeste e ABC devem garantir suas permanências com dois jogos em casa. Enquanto o time paulista vem de bons resultados, a equipe potiguar mantém um bom número de vitórias. O primeiro confronto do ABC é contra o Ceará, na terça-feira (18), em Natal.

DETALHE 1 – Na realidade, os adversários do Icasa contra o rebaixamento são o América/RN e o Bragantino/SP, diante do fraco desempenho das duas equipes nos últimos jogos.

DETALHE 2 – O Luverdense, último adversário do Ceará nesta temporada, ainda possui poucas chances de rebaixamento. Em três jogos, o time de Mato Grosso precisa de um empate.

As oportunidades tecnológicas para o Ceará

Em artigo enviado ao Blog, o professor Ivan Oliveira destaca o Ceará como vitrine para atrair as grandes empresas de TI do mundo. Confira:

O Estado do Ceará foi o primeiro a colocar em pleno funcionamento a Zona de Processamento e Exportação do Brasil (ZPE Ceará), localizada no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), entre São Gonçalo do Amarante e Caucaia. Como bem falou o governador Cid Gomes na inauguração, “essa área alfandegária, com todas as repartições que atuam nas áreas de exportação e importação inaladas, como Receita Federal, Anvisa e Sefaz. Essa obra vai ter um extraordinária benefício para o Ceará” e “com essa obra temos a possibilidade de implantar nesse espaço, empresas voltadas para a produção de bens de exportação”.

Agora nascerá mais oportunidades para a região com o Projeto de Lei do Senado nº 764, de 2011, de autoria da Senadora Lídice da Mata, que “altera a Lei nº 11.508, de 20 de julho de 2007, que “dispõe sobre o regime tributário, cambial e administrativo das Zonas de Processamento de Exportação, e dá outras providências”. Particularmente, destacamos a abertura do mercado para as empresas prestadoras de serviços, especialmente das áreas de Tecnologia da Informação (TI) e call centers, que poderão exercer atividades em áreas aprovadas pelo programa brasileiro de Zonas de Processamento de Exportação (ZPEs).

Pela velocidade das discussões nas comissões do senado federal e os discursos dos seus relatores, esta proposta deverá ser aprovada ainda neste ano pelo Congresso Nacional e não existe nenhuma da presidente da república quanto ao seu sancionamnto. É o que prevê o deputado federal Devanir Ribeiro (PT-SP), relator do Projeto de Lei 5957/2013, que reformula a legislação das ZPEs.

A inclusão dos serviços de TI está prevista na alteração do Art. 18. da Lei nº 11.508/2008, qual seja: “Art. 18. Somente poderá instalar-se em ZPE a pessoa jurídica que assuma o compromisso de auferir e manter, por ano-calendário, receita bruta decorrente de exportação para o exterior de, no mínimo, 60% (sessenta por cento) de sua receita bruta total de venda de bens e serviços, facultado ao Poder Executivo reduzir esse percentual para até 50% (cinquenta por cento) no caso de pessoa jurídica que exerça preponderantemente as atividades de desenvolvimento de software ou de prestação de serviços de tecnologia da informação.”

Esta mudança de regime diferenciado de tributação colocará o Ceará, especialmente o município de São Gonçalo do Amarante, na vitrine para atrair as grandes empresas de TI do mundo, sobretudo, para implantação de data centers e call centers na ZPE Ceará.

Não é de hoje que o Ceará atrai investimentos para a implantação de data centers no Estado. Basta lembrar do projeto de lei aprovado no último dia do ano legislativo em 2012 (21 de dezembro) e a LEI Nº 10.001/2013 sancionada pelo atual prefeito, Roberto Cláudio, no final do mês de fevereiro de 2013, que regimentava a desafetação do terreno de 9 mil metros quadrados para implantação do Centro Tecnológico da Telebras na Praia do Futuro.

Esta LEI Nº 10.001/2013 prever uma contrapartida da Telebras devido à cessão de terreno na praia do futura para montar seu polo de tecnologia, ancorar seus os cabos submarinos e construir um centro de dados (datacenter).

Já passaram mais de 20 meses e nada de Centro Tecnológico da Telebras na Praia do Futuro, nem sinal para implantação do datacenter corporativo da empresa pública (Telebras).

Enquanto isso nossa vizinha, Maracanaú, está em processo de implantação do 4º Data Center da empresa Ascenty no qual segue o mesmo padrão de qualidade e segurança das suas outras unidades (Campinas, Jundiaí e Hortolândia).

Como enunciado pela empresa no seu sítio na internet, o data center da Região Metropolitana de Fortaleza, situado no município de Maracanaú, é um marco para a região do nordeste. Segundo eles, o Data Center de Fortaleza representa a revolução desse serviço para a região e proporciona um ambiente capaz de oferecer redundância em todos os sistemas, desde energia, climatização e redes. (vide http://www.ascenty.com/data-center/fortaleza)

Aproveito para mencionar algumas medidas importantes. Este Data Center da empresa Ascenty em Maracanaú tem 9.500 metros quadrados de área total e 4.500 metros quadrados de piso elevado para TI.

Perceba que a área deste empreendimento é similar ao terreno de 9 mil metros quadrados, desafetado na Praia do Futuro para implantação do Centro Tecnológico da Telebras, a 700 metros do mar na altura da barraca Croco Beach.

Outro aspecto importante é o volume de investimento que está previsto em 120 milhões, enquanto que, em 2012, a expectativa seria um investimento inicial de R$ 60 milhões pela Telebras. O empreendimento incluía Estação de Ancoragem de Cabos Submersos, Estação Satelital e Data Center Internacional.

Enfim, nossa cidade (Fortaleza) tem as melhores condições do ponto de vista de interconectividade mundial para os investimentos desta natureza e precisamos valorizar a existência da LEI Nº 10.001/2013 que só espera, há quase 20 (vinte) meses, pela a consagração do Termo de Cooperação Técnica entre a Prefeitura Municipal de Fortaleza e a Telebras.

Em breve, o município de São Gonçalo do Amarante também terá as melhores condições tributárias com a Nova Lei das ZPEs e abrirá o mercado para as empresas prestadoras de serviços, especialmente das áreas de Tecnologia da Informação (TI) e call centers, que são empreendimentos “limpos” com a característica benéfica para a produção e implantação de tecnologias verdes, sobretudo, pela disponibilidade da matriz energética das terras amarantinas que podem explorar Energia Solar, Energia das Ondas, Energia Eólica, Biocombustíveis, Tecnologia de Construção, Transporte, entre outros setores.

Por fim, vale lembrar que o Marco Civil da Internet despertou a necessidade de grandes provedores de conteúdos para a implantação de Data Centers no Brasil. Quem sabe o Ceará não ganha data centers do Yahoo, Amazon, Twitter, Microsoft, Netflix, Google, Facebook, etc. Teremos as melhores condições do país; seja em Fortaleza com a melhor infraestrutura de conectividade, ou em São Gonçalo do Amarante com as melhores condições tributárias com a Nova Lei das ZPEs.

Tremor de terra é registrado no interior do Ceará

101 1

Moradores de Coreaú presenciaram um tremor de terra durante a madrugada deste domingo (16). De acordo com a Polícia Militar do município, o caso foi registrado por volta das 2h30min e ocorreu rapidamente.

Conforme o soldado Almeida, ninguém solicitou ajuda à Polícia. “Sentimos o tremor quando a porta de vidro (da unidade militar) vibrou”, contou o militar.

(O POVO Online)

Brasil não tem onde estocar 50 milhões de toneladas de grãos

A Companhia Nacional de Abastecimento (CRA) estima que a produção da safra de grãos 2014/2015 pode chegar a 200 milhões de toneladas. O problema é que não há como o país armazenar 25% dessa produção, o que acarretará um prejuízo de cerca de R$ 9 bilhões.

Para o senador Eduardo Fleury (DEM-GO), incentivos fiscais para que os produtores construam armazéns em suas propriedades desafogariam o tráfego de grandes veículos nas rodovias brasileiras, além de baratear os produtos, que não seriam deslocados para secagem.

Atualmente, 75% dos armazéns pertencem à iniciativa privada. Os estados de Goiás e Mato Grosso são os que mais sofrem com o armazenamento da produção de grãos.

(com informações da Rádio Senado)

Receita libera nesta segunda-feira o penúltimo lote do Imposto de Renda

O dinheiro do penúltimo lote regular de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2014 será depositado nesta segunda-feira (17) na rede bancária. De acordo com a Receita Federal, estão na lista 2.146.926 contribuintes, totalizando mais de R$ 2,3 bilhões. No lote, foram incluídos também contribuintes liberados da malha fina das declarações entregues entre os anos 2008 e 2013.

Dos quase R$ 2,4 bilhões totais, R$ 84.723.702 referem-se aos contribuintes atendidos pelo Estatuto do Idoso e contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

Pelas normas da Receita, a restituição fica disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate no prazo, deverá requerê-la pela internet, usando o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001, nas capitais e 0800-729-0001 nas demais localidades. O número 0800-729-0088 é disponibilizado especialmente para pessoas com deficiência auditiva. Nesse contato, o contribuinte pede o agendamento do crédito em conta-corrente ou em poupança, em seu nome, em qualquer banco.

(Agência Brasil)

Nordestinos repudiam preconceito

189 1

Em artigo no O POVO deste domingo, o psicanalista Valton de Miranda Leitão compara o preconceito contra nordestinos nas redes sociais a fatos da história. Confira:

As redes sociais no Brasil estão repletas de mensagens odientas e preconceituosas contra negros, pobres, homossexuais, mas agora principalmente após a decisão da eleição presidencial, contra nordestinos.

Essa prática irracional não é nova no mundo e sempre foi alimentada pelo mais virulento ódio e não poucas vezes descambou para estúpida crueldade. Nessas circunstâncias existem dois movimentos que caminham paralelos alimentando a virulência. O primeiro é uma divisão na personalidade e o segundo é uma cisão dentro do grupo social ou coletividade. Na primeira situação o objeto do ódio é o diferente e na segunda é o grupo considerado inimigo, o alvo da destrutividade. A origem disso é a divisão maniqueísta entre bem e mal, feio e belo, limpo e sujo, superior e inferior, vermelho e azul. Tal dispositivo foi bem expresso por Bush na época da destruição das torres gêmeas, quando disse que os EUA representavam o bem e que iria destruir o eixo do mal. Isso é a repetição de um processo que a história registra através dos tempos, desde quando as raças humanas surgiram, apresentando diferentes colorações de pele.

A Idade Média e a Renascença foram marcadas pela mais brutal repressão, tanto na inquisição que matou mais de cinco milhões de mulheres consideradas bruxas, quanto na luta entre católicos e protestantes, que resultou no sangrento massacre de São Bartolomeu, em Paris, no ano de 1572. O processo político sempre teve uma dimensão teológica, servindo de nutriente para alimentar o ódio entre grupos ou nações rivais. O inimigo é categoria onipresente em todas as formas de funcionamento político, seja entre nações ou no interior de uma mesma nação.

O holocausto judeu na Alemanha nazista é o exemplo mais abrangente na modernidade desse tipo de ira narcísica que resultou na demonização daquele povo. O judeu foi naquela época considerado por eminentes antropólogos da ideologia nazi, como tendo estrutura cerebral lombrosiana e o nariz caracteristicamente torto, evidenciando sua degeneração corporal e mental. Freud chamou esse antagonismo de uma raça contra outra, ou de uma parte de uma sociedade contra a outra de narcisismo da pequena diferença, por exemplo, quando o alemão do sul despreza o alemão do norte, ou o espanhol despreza o português.

O carioca-paulista Euclídes da Cunha escreveu Os Sertões, e pontuou o fato de que na cruenta luta que levou ao massacre de Canudos, ser o sertanejo, sobretudo um forte, que enfrenta a adversidade, vencendo a inclemência da terrível canícula. Contraditoriamente, Euclídes tinha forte preconceito contra o movimento liderado pelo Conselheiro e na época, somente Machado de Assis veio em defesa daqueles miseráveis oprimidos.

O escritor húngaro, Sandor Marai escreveu sobre o tema no livro “O Veredito”, no qual mostra a incrível capacidade de estrategista do sertanejo nordestino. Além disso, muitos autores têm demonstrado que o Nordeste é uma espécie de celeiro, exportador de talentos para o Brasil e para o mundo. Não gosto de tais contraposições, mas a harmonia é alcançada na contradição.

Dilma: investigação da Petrobras mudará para sempre o país

131 3

foto dilma austrália

A presidente Dilma Rousseff disse que as investigações sobre o escândalo envolvendo a Petrobras mudará, de forma definitiva, as relações entre sociedade, Estado e empresas no Brasil. Segundo ela, este não é o primeiro escândalo do tipo no país, mas o primeiro a ser investigado, o que mudará “para sempre” o país no que se refere ao combate à impunidade, até porque, ressaltou, há possibilidades de que a origem do atual escândalo seja justamente os escândalos anteriores que não foram investigados.

As declarações foram feitas na madrugada deste domingo (16), na Austrália, após a presidente ter participado da Sessão Plenária da Cúpula do G20. “A grande diferença dessa questão é o fato dela estar colocada à luz do sol, porque esse não é, de fato, e eu tenho certeza disso, o primeiro escândalo. Agora, ele é o primeiro escândalo investigado, o que é diferente. Isso eu acho que mudará para sempre as relações entre a sociedade brasileira, o Estado brasileiro e as empresas privadas”, disse.

Dilma Rousseff destacou o fato de, pela primeira vez em sua história, o Brasil trata de forma “absolutamente aberta” um caso dessa dimensão. “Há aí uma diferença substantiva, e eu acho que isso pode de fato mudar o país para sempre, no sentido que vai se acabar com a impunidade. Esta é, para mim, a característica principal dessa investigação. É mostrar que ela não é algo engavetável”, ressaltou.

(Agência Brasil)