Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

V Semana de Jornalismo da UFC – Blog integra programação do evento

debate tv jangadeiro érico firmo

Érico Firmo, colunista de Política do O POVO, no programa.

O Programa de Educação Tutorial de Comunicação Social da UFC (PETCom) vai promover, a partir de segunda-feira, no Centro de Humanidades II – no Auditório Rachel de Queiroz, a V Semana de Jornalismo da UFC. O evento se estenderá até quinta-feira, trazendo como tema “Jornalismo Político em Ano de Eleições”.

Na, segunda-feira, às 18 horas, Heitor Férrer (PDT), Kézya Diniz (Política com K) e Lucirene Maciel (Assessoria de Comunicação da Prefeitura) compõem a mesa inaugural “Cobertura de Eleições”, mediada pela jornalista Letícia Amaral (UFC TV), trazendo a perspectiva de quem faz a cobertura e de quem é personagem central nesta produção de conteúdo.

Na terça-feira, às 9 horas, terá início o Ciclo de Jornalismo Especializado, que, a partir deste ano, acontecerá simultaneamente à programação da Semana de Jornalismo. A primeira oficina terá como tema Empreendedorismo, sendo ministrada por Rafael Luiz Azevedo (Tribuna do Ceará), idealizador da marca Verminosos por Futebol, e Izakeline Ribeiro (O POVO), autora do Blog Sabores da Cidade. Às 18 horas, a segunda mesa da V Semana de Jornalismo UFC traz o tema “Jornalismo Opinativo na Política”, contando com a presença dos jornalistas Érico Firmo (O POVO), Edison Silva(Diário do Nordeste), Wanderley Filho (Tribuna do Ceará), com mediação de Ronaldo Salgado (UFC).

Na quarta-feira, às 9 horas, a oficina Jornalismo Cultural será facilitada por Dellano Rios (Diário do Nordeste) e Luciano Almeida, dando continuidade ao Ciclo de Jornalismo Especializado. Às 18 horas, os vereadores João Alfredo (PSOL), Acrísio Sena (PT) e Eliomar de Lima (Blog do Eliomar e do Grupo de Comunicação O POVO) compõem a mesa “Política e Mídias Sociais”, sendo mediada pelo professor Jamil Marques (UFC).

No dia 10 de abril, quinta-feira, às 9 horas, a oficina Jornalismo Alternativo encerra o Ciclo de Jornalismo Especializado, sendo ministrada pelos integrantes do Coletivo Nigéria. Às 18 horas, a mesa “Cobertura Alternativa” fecha a V Semana de Jornalismo da UFC, composta por Preto Zézé (CUFA), Raquel Dantas (Intervozes), Roger Pires (Nigéria) e Gualter George (O POVO). A Semana de Jornalismo é um evento tradicional no calendário da Universidade.

Prefeita nomeia vereador sob alvo de cassação para a Secretária da Saúde

A prefeita Mônica Aguiar (Pros), de Camocim (Litoral Oeste) está sendo questionada pelo advogado Marcos Coelho, líder da oposição na cidade, por ter nomeado para titular da Secretaria Municipal da Saúde o vereador Nilson do Hospital (Pros).

O problema é que Nilson se mantém como vereador, à base de recurso junto ao Tribunal Regional Eleitoral. Ele é acusado de não ter deixado, no período das desincompatibilizações, função que ocupava no Conselho Municipal de Saúde. Nilson do Hospital nega as acusações.

“Isso é um deboche à moralidade pública!”, desabafa o advogado Marcos Coelho, que acusa o vereador de ter usado o Hospital Murilo Aguiar , em época de eleição, para conquistar votos.

CNBB diz que golpe foi “erro histórico”

135 1

cnbbbb

“No momento em que são lembrados os 50 anos do Golpe Militar, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) fez mea culpa e declarou que o golpe apoiado por lideranças eclesiásticas foi um “erro histórico” e que nem todos os danos do regime militar foram devidamente reparados. “Se é verdade que, no início, setores da igreja apoiaram as movimentações que resultaram na chamada “revolução” com vistas a combater o comunismo, também é verdade que a igreja não se omitiu diante da repressão tão logo constatou que os métodos usados pelos novos detentores do poder não respeitavam a dignidade da pessoa humana e seus direitos.”

Segundo nota, as gerações pós-ditadura devem se manter atuantes na defesa da democracia. A entidade cita a Comissão da Verdade, criada pelo governo para apurar as violações aos direitos humanos, como instrumento para “pagar essa dívida histórica” com as vítimas do regime. “Aos poucos, a igreja foi percebendo que a finalidade desse movimento, desse golpe, que foi para preservar o país do comunismo, foi tomando outra direção. Tortura, arbitrariedade, repressão a todas as formas de expressão”, afirmou Raymundo Damasceno, presidente da CNBB.”

(Com Agências)

Vigário-geral da Arquidiocese assume Paróquia de Lourdes

152 1

joaojorge

Saiu o nome do novo pároco da Igreja de Nossa Senhora de Lourdes (Dunas, em substituição ao falecido Padre Dourado. Chama-se padre João Jorge Correa, que é o vigário-geral da Arquidiocese.

Conhecemos João Jorge, um religioso de sermão dos mais preparados e de um sermão primoroso. Até hoje, deixa saudades na Paróquia de Santo Afonso, da Parquelândia. Ele estava na Igreja do Carmo.

PDT pode questionar posse de Adail Carneiro em favor de Evandro Leitão

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Jz9rytbQrIw&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O PDT estuda requerer mandato que era de Patrícia Saboya, hoje conselheira do Tribunal de Contas do Estado, e que acabou ocupado, na Assembleia Legislativa, por Adail Carneiro (PHS). Isso, porque Adail deixou o PDT.

O suplente Evandro Leitão afirma que, apesar do pouco tempo a ser cumprido no mandato, quer a vaga. Ele admite questionar a posse de Adail Carneiro.

Chile registra novo terremoto

“O terremoto, de magnitude 6,2 na escala Richter, sacudiu, ontem à noite, o Norte do Chile, mas não houve alerta de tsunami. Na terça-feira, a região foi afetada por um sismo de 8,2. De acordo com o Serviço Sismológico da Universidade do Chile, o movimento dessa noite teve o epicentro localizado a 63 quilômetros (km) a sudoeste de Iquique, a 31,8 km de profundidade.

O Gabinete Nacional de Emergência (Onemi) informou que não houve vítimas, danos ou problemas nos serviços básicos após o tremor. De acordo com o Serviço Hidrográfico e Oceanográfico da Marinha (Shoa), o sismo não reúne condições para gerar um tsunami na costa chilena.

Depois do terremoto de 8,2 de terça-feira, foram registrados mais de 264 abalos no Norte do Chile, dos quais cerca de 30 sentidos pela população. Nas regiões de Arica, Parinacota e Tarapacá ainda há milhares de pessoas sem eletricidade ou água potável.”

(Agência Brasil)

Interrogação sem precedentes

Da Coluna Política, no O POVO desta sexta-feira (4), pelo jornalista Érico Firmo:

Ficou para esta sexta-feira (4) o anúncio da decisão de Cid Gomes (Pros) sobre renunciar ou não ao Governo do Estado. O cenário parecia preparado para sua saída. Desde a véspera, reuniões com aliados estratégicos, eventos agendados, medidas encaminhadas, gestos calculados, tudo parecia ter sido planejado cuidadosamente para construir o efeito simbólico da despedida. Ou, pelo menos, para levar todo mundo a pensar assim. De modo que permanecia outra dúvida: amanhã, quem será o governador do Ceará? Será o vice-governador Domingos Filho (Pros)? Ou o deputado Zezinho Albuquerque (Pros)? Ou o desembargador Luiz Gerardo Brígido? Ou Cid Gomes mesmo? Como, aliás, acreditavam e defendiam seus interlocutores mais próximos.

O Ceará nunca passou por tal situação, de anoitecer sem saber quem seria o governador no dia seguinte, salvo em momentos em que os dirigentes foram apeados do poder pela força, como na queda da oligarquia Accioly ou na revolução de 1930. Muito da dúvida sobre a saída ou não de Cid reside, justamente, na definição sobre sua sucessão imediata. Domingos Filho se tornou personagem estratégico nesse jogo, pois herdaria o governo no momento-chave da definição e com pretensões indisfarçadas de ser o candidato. Embora permaneça como o líder da aliança, Cid perde capacidade de conduzir o processo fora do Palácio da Abolição. Para que o cenário não saia completamente de seu controle, precisa amarrar muito bem a saída.

Vários outros governadores renunciaram por motivos eleitorais – Raul Barbosa, Paulo Sarasate, Virgílio Távora duas vezes, Adauto Bezerra, Tasso Jereissati, para ficar no período pós-Vargas, renunciaram. Mas em todos os casos os respectivos vices assumiram, conforme já era esperado. Pelo que transparece das conversas, o comandante político dos Inhamuns é visto como autônomo demais – talvez estranho demais às raízes sobralenses do grupo.

Já quando Ciro renunciou para virar ministro da Fazenda, em setembro de 1994, já se sabia que assumiria interinamente o desembargador Adalberto Barros Leal. Na ocasião, o vice, Lúcio Alcântara, e o presidente da Assembleia, Chico Aguiar, eram candidatos. Agora, porém, impera a dúvida, que deve ser sanada nesta sexta-feira.

Ministro dos Esportes visita o Ceará e participa de jantar com PCdoB

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=csOLnlev-Os&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, cumprirá agenda em Fortaleza, na próxima segunda-feira. Ele visitará o canteiro de orbas do futuro centro Olímpico do Nordeste, vizinho ao Estádio Castelão, e lançará nova fase do Projeto Segundo Tempo.

Aldo Rebelo também terá um compromisso com o pCdoB, segundo informa para o Blog o presidente estadual da legenda, Luís Carlos Paes.

Empreender no Interior

Da Coluna Vertical, no O POVO desta sexta-feira (4):

O Seminário Empreender 2014, que leva capacitação para microempresários do Interior com apoio do Sebrae, terá inicio na terça-feira (8), em Itapipoca. Uma novidade: em Juazeiro do Norte, O POVO e a Fundação Demócrito Rocha, promotores do evento, firmaram parceria com a Faculdade Leão Sampaio. Também são parceiras no interior do Estado a Faculdade CDL, a Faculdade do Vale do Jaguaribe, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) e o Centec.

Após Itapipoca, o seminário seguirá para Quixadá (10/4), Sobral (15/4), Limoeiro do Norte (22/4), Juazeiro do Norte (29/4), Iguatu (7/5), Crateús (8/5), e Tauá (9/5). Os dois últimos encontros serão em Fortaleza, nos dias 29 e 30 de maio, com oficinas e palestras.

HGF divulga nota sobre atendimento de Cid Gomes. Ele tem síndrome vasovagal

O Hospital Geral de Fortaleza divulgou nota sobre o atendimento prestado ao governador Cid Gomes nessa noite de quinta-feira. Cid passou mal durante solenidade de inauguração da Policlínica de Limoeiro do Norte. Diz a nota:

O Hospital Geral de Fortaleza (HGF) informa que o paciente Cid Ferreira Gomes teve na noite desta quinta- feira (03/04) uma indisposição (síndrome vasovagal) motivada por uma queda de pressão arterial.

A equipe médica informa ainda que o paciente realizou exames de rotina que não revelaram nenhuma anormalidade. O paciente já recebeu alta.

Assessoria de Imprensa do HGF.

* Saiba o que é Síndrome vasovagal aqui.

Heitor Férrer diz que metade dos deputados acredita em renúncia de Cid Gomes nesta sexta-feira

179 1

foto heitor ferrer

Para o deputado Heitor Férrer (PDT), Cid Gomes deve renunciar ao mandato de governador nesta sexta-feira (4). Segundo o deputado, o Legislativo Estadual está completamente dividido quanto à renúncia ou não do governador, que abriria mão do mandato para favorecer uma candidatura do irmão Ciro Gomes ao Senado.

“Faço parte da metade que acredita nessa renúncia. Os Ferreira Gomes não estão acostumados a ficar sem mandato”, comentou Heitor Férrer, que disputará a reeleição à Assembleia Legislativa.

Termina nesta sexta-feira o prazo para matrícula no Sisutec

Nesta sexta-feira (4) termina o prazo para os selecionados na segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) fazerem a matrícula na instituição de ensino em que foram aprovados. Os candidatos devem verificar na instituição o local, horário e os procedimentos para a matrícula.

O resultado da segunda chamada pode ser conferido no boletim do candidato, disponível no site do programa e nas instituições participantes.

Quem não foi selecionado em nenhuma das chamadas poderá se inscrever, entre os dias 7 e 13 de abril, no site, para as vagas que não foram ocupadas. Nessa fase é exigida apenas a conclusão do ensino médio.

O próximo processo seletivo do Sisutec será feito no segundo semestre deste ano. Criado no ano passado, o Sisutec é um sistema informatizado em que instituições públicas e privadas de ensino superior e de educação profissional e tecnológica oferecem vagas gratuitas em cursos técnicos na forma subsequente para candidatos que fizeram a prova do Exame Nacional do Ensino Médio.

(Agência Brasil)

Pedidos de CPMIs têm números suficientes de assinaturas

Os dois requerimentos para criação de comissões parlamentares mistas de inquérito (CPMIs), protocolados na quarta-feira (2) e nessa quinta-feira (3) pela oposição e por partidos governistas, respectivamente, têm número suficiente de assinaturas de deputados para que sejam instaladas.  A Secretaria-Geral da Mesa da Câmara conferiu as assinaturas e confirmou a existência de 209 assinaturas válidas no requerimento dos governistas e 244 no da oposição.

Os requerimentos são parecidos, mas o da maioria governista é mais abrangente e propõe, além da investigação da compra da Refinaria de Pasadena, das obras do metrô de São Paulo e no Distrito Federal e do contrato entre a Petrobras e o Porto de Suape para a construção da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. O requerimento da maioria oposicionista pede a investigação de irregularidades envolvendo a Petrobras entre 2005 a 2014 (Refinaria de Pasadena), o lançamento de plataformas inacabadas, pagamento de propina a funcionários e o superfaturamento na construção de refinarias.

Tanto no requerimento dos oposicionistas como dos governistas existem assinaturas de deputados de quase todos os partidos com representação na Câmara. No pedido dos governistas, assinaram deputados de 18 dos 21 partidos com assento no Parlamento. Já no requerimento da oposição assinaram deputados de 20 partidos. A bancada do PSOL, composta de três deputados, assinou os dois requerimentos. No requerimento da oposição não tem nenhum petista e no governista não tem assinaturas de deputados do PTdoB, do PV e do PMN.

Dois deputados do DEM assinaram o requerimento dos governistas e 22 assinaram o da oposição. Apenas um deputado do PSDB assinou a CPMI governista, enquanto que 43 assinaram o pedido da oposição. No PMDB, 38 deputados assinaram o requerimento da oposição e oito assinaram o dos governistas. Praticamente todos os deputados da oposição assinaram o próprio pedido da CPMI. Enquanto que muitos dos deputados da base governista preferiram assinar o requerimento da oposição e deixar de lado o dos aliados do governo.

(Agência Brasil)

Em meio à pressão sobre renúncia, Cid Gomes passa mal em cima de palanque

159 2

cid gomes em limoeiro

Na madrugada desta sexta-feira (4), o Hospital Geral de Fortaleza (HGF) emitiu nota sobre o estado de saúde de Cid Gomes. Diz o comunicado: “O HGF informa que o paciente Cid Ferreira Gomes teve na noite dessa quinta- feira (3) uma indisposição (síndrome vasovagal) motivada por uma queda de pressão arterial. A equipe médica informa ainda que o paciente realizou exames de rotina que não revelaram nenhuma anormalidade. O paciente já recebeu alta”.

Meia-noite desta sexta-feira, o governador Cid Gomes foi atendido no Hospital Geral de Fortaleza. Cid voltou de helicóptero de Limoeiro direto para o HGF.

Em Limoeiro do Norte, onde participou de inauguração de policlínica regional, Cid Gomes passou mal durante a solenidade enquanto falava no palco. Ele disse que estava um pouco tonto, pediu água e tomou alguns goles. Nessa hora, Ciro ficou próximo do irmão. O governador retornou à fala por mais alguns segundos, quando agachou-se no palco. Abatido e muito suado, Cid não conseguiu prosseguir, deu boa noite e saiu amparado pelo irmão e pelos que estavam perto deles. Na saída, já dentro do veículo, Ciro irritou-se com cinegrafistas de televisão que estavam no local. No momento em que passou mal, Cid respondia a uma professora da Universidade Estadual do Ceará (UECE), que realizava protesto com outros professores no local.

(O POVO Online)

ATUALIZAÇÃO (6h04min) – A Assessoria de Imprensa do Governador informou que Cid Gomes já se encontra em sua residência, onde descansa.

Juiz autoriza importação de remédio derivado da maconha

“O juiz Bruno César Bandeira Apolinário, da 3ª Vara Federal do Distrito Federal, autorizou uma mãe a importar um remédio com princípio ativo do canabidiol, uma das substâncias derivadas da maconha. O medicamento não tem venda permitida no Brasil, e é importado ilegalmente por Katiele Fischer para tratar crises convulsivas da filha, de 5 anos.

Com base na melhora da menina com o tratamento alternativo e com o aval dos médicos, o magistrado decidiu proibir a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de impedir a importação do medicamento. Mas destaca que a decisão só vale para o caso específico.

Na decisão, o juiz ressaltou que ao liberar o uso do canabidiol para a menina, não está fazendo apologia ao uso terapêutico da maconha ou à liberação para qualquer fim, no Brasil. “Neste momento, pelos progressos que a autora [menina] tem apresentado com o uso da substância, com uma sensível melhora na qualidade de vida, seria absolutamente desumano negar-lhe a proteção requerida”,afirmou.

Katiele Fischer é mãe de uma menina de 5 anos, que nasceu com uma doença rara, denominada encefalopatia epiléptica infantil. Desde os primeiros anos de vida, a criança tem dificuldades no desenvolvimento motor, evoluindo com retardo mental. Esgotados os tratamentos convencionais, com indicação médica, os pais recorreram a um tratamento alternativo com uso do canabidiol, substância extraída da planta Cannabis sativa, popularmente conhecida como maconha.

Luizianne Lins vai deixar cargo de conselheira do BNDES e postular mandato

123 1

luiziannees

A ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, está se desincompatibilizando de cargo no Conselho Fiscal do BNDES e deve disputar cadeira de deputada federal pelo PT. A informação é do seu ex-assessor político Waldemir Catanho.

Luizianne, no entanto, segundo pesquisas, tem nome em condições de postular o Governo pelo seu partido, mas a maioria já sinalizou que quer manter a aliança política com o Pros do governador Cid Gomes. Nesta tarde de quinta-feira, em entrevista ao Blog, José Guimarães, do Campo Majoritário, reiterou esse desejo.

(Com O POVO Online)