Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Imprensa estrangeira destaca a polarização na disputa presidencial

A eleição presidencial no Brasil voltou a ser destaque na imprensa internacional hoje (7), dia de primeiro turno. Portais de notícias de diversos países tratam da polarização entre eleitores e abordam expectativas para o pleito. O desempenho do candidato do PSL, Jair Bolsonaro, nas últimas pesquisas eleitorais também é amplamente citado na cobertura.

O jornal espanhol El País diz que a frustração de brasileiros com políticos e soluções extremas contra a violência e a corrupção movem eleitores de Bolsonaro, citado como ultraconservador. O periódico destaca ainda o desempenho de Fernando Haddad, do PT, no Nordeste, e afirma que “a terra de candidato de Lula confia em seu sucessor”.

A edição do The New York Times relata todo o “drama” da eleição presidencial no Brasil este ano, com destaque para a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o atentado à faca contra Jair Bolsonaro e o movimento organizado de mulheres contra o candidato do PSL. O jornal cita ainda a possibilidade de definição do chefe de Estado em primeiro e em segundo turno.

O jornal argentino Clarín estampa os últimos resultados das pesquisas Datafolha e Ibope e diz que Bolsonaro amplia a diferença em relação a Haddad na reta final do pleito. O periódico traz dados como a lista completa de candidatos à disputa presidencial, total de brasileiros aptos a votar e horário estimado para o resultado do primeiro turno – 20h.

O italiano Corriere della Sera, por meio da reportagem Do lixo de TV à cédula. A onda Bolsonaro no Brasil traça uma linha do tempo do candidato do PSL na corrida presidencial – desde sua participação em programas de humor, respondendo a temas polêmicos como educação sexual, racismo e direitos das mulheres, à “possível futuro líder do Brasil”.

(Agência Brasil)

Capitão Wagner deve ser o mais votado para a Câmara dos Deputados, apostam militantes do Pros

272 1

O Capitão Wagner, presidente estadual do PROS, votou acompanhado do candidato ao Senado pela legenda, Eduardo Girão. Foi numa seção do Colégio Júlio Braga, no bairro João XXIII.

O partido e a militância dizem ter trabalhado para que Wagner saia deste pleito como o deputado federal mais votado no Ceará. Ele, bom lembrar, foi o mais votado para deputado estadual, quando era do PR.

(Foto – WhtsApp)

FHC lamenta falta de unidade entre candidatos de centro

206 1

Após votar em São Paulo, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso declarou hoje (7) voto no PSDB e criticou os adversários políticos da legenda. Também lamentou o fracasso da tentativa dele em unir os candidatos de centro à Presidência da República. Segundo ele, preocupa um país polarizado.

“Votei nos candidatos do PSDB. Daqui por diante o importante é obedecer a Constituição e buscar explicar ao povo o que cada um pensa e como será possível fazer. Sem demagogia nem sectarismo. Não sou operador político. Digo o que penso e respeito as diferenças.”

Há cinco dias, Fernando Henrique propôs uma espécie de aliança entre os candidatos de centro. Mas a sugestão dele não obteve êxito porque os candidatos não se dispuseram a abrir mão da corrida presidencial em apoio ao nome de Geraldo Alckmin (PSDB).

“É o que acredito, o que penso, se os demais não querem, o que vou a fazer?”, disse FHC sobre sua proposta após votar em São Paulo.

(Agência Brasil com Agência EFE/Foto Reuters)

Partido Novo de João Amôedo pode apoiar Bolsonaro no 2º turno

O candidato à presidência pelo partido Novo, o empresário João Amoêdo, disse que não vê “possibilidade de apoiar o PT” em um eventual segundo turno. Já um provável apoio ao adversário do PSL, Jair Bolsonaro, segundo ele, será definido pelo partido a partir da análise do seu programa de governo.

“O que vai definir qualquer decisão é a pauta de trabalho. A gente precisa entender um pouco mais as ideias do Bolsonaro“, disse Amoêdo, após votar na Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB), na zona sul carioca. Ele chegou ao local às 10h acompanhado da mãe e de duas das três filhas.

Ao fim da campanha, a avaliação do candidato sobre o desempenho do partido é positivo. “Na promissora eleição já despontamos como uma força política. Nas pesquisas, ficamos à frente de candidatos tradicionais e de partidos que estão há muito tempo gastando dinheiro público. Tudo isso mostra o desejo da população de renovação”, afirmou o candidato, acrescentando que tem expectativa de receber mais votos do que o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin.

(Veja)

Marina Silva vota e pede para que vote contra a polarização

A candidata à Presidência da República da Rede, Marina Silva, votou hoje (7) às 9h40min, horário do Acre (11h40min, horário de Brasília), na sede do Incra, em Rio Branco. Acompanhada do marido Fábio e de uma das irmãs, ela reiterou que o “Brasil não precisa ficar entre a cruz da corrupção e a espada da violência”.

Marina Silva afirmou que, em 2014, as eleições foram atingidas pelas denúncias de corrupção e uso de caixa 2. Ao citar o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-Rio) e o atentado contra o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, ela, disse que a ameaça este ano está concentrada na violência.

Confiante de que irá para o segundo turno das eleições, Marina Silva não disse quem pode vir a apoiar. De acordo com ela, esse tipo de decisão só deve ser anunciada depois de proclamado o resultado das urnas pela Justiça Eleitoral.

De Rio Branco, Marina Silva segue para Brasília, onde passará o resto do dia e a noite. A assessoria de imprensa da candidata informou que ela pretende conceder entrevista coletiva no comitê de campanha, na aérea central de Brasília, após a divulgação do resultado eleitoral.

Polarização

Marina Silva, nas redes sociais, pediu que os eleitores usem o coração na hora de votar e deixem de lado qualquer sentimento que incentive a polarização de forças na política. “O Brasil clama para que a gente pare com essa polarização que nos trouxe para o fundo do poço. Neste domingo, eu peço o voto do seu coração.”

(Agência Brasil/Foto – Folhapress)

Cientista político diz que Brasil vai precisar ser pacificado

O professor universitário Osmar de Sá Pontes comenta para o Blob do Eliomar o que o brasileiro poderá esperar do cenário político. Ele avalia que o Brasil vai precisar de paz e união, pois são muitos os problemas a serem enfrentados.

Osmar de Sá Pontes também falou sobre tema que sempre é alvo de polêmicas: as reformas, em especial, a Previdenciária.

General Theophilo vota tendo a família ao seu lado

O General Theophilo (PSDB), candidato a governador, votou nesta manhã de domingo. Com ele, sua mulher e a candidata a vice, Emília Pessoa.

Ele votou na Faculdade Farias Brito. Não, com ele não havia militantes. O senador Tasso Jereissati, avalista da postulação, não estava nessa ocasião.

Indagado sobre o possível resultado da eleição, disse: “Faço aqui as minhas palavras do senador Tasso – eleição se vence nas urnas e não em pesquisa. Vamos para o segundo turno.”

O candidato disse que  “o corpo a corpo que tivemos com o eleitor nesse processo eleitoral é um legado positivo, que vou levar no intuito de trabalhar por uma política mais séria, honesta, voltada para servir o povo do Ceará e não para sermos servidos”.

(Foto – Divulgação)

Candidato a deputado estadual sofre atentado a bala no Rio Grande do Norte

A Polícia do Rio Grande do Norte está investigando o atentado a bala sofrido por Givaldo Melo, candidato a deputado estadual pelo Partido Verde (PV) no Rio Grande do Norte. A tentativa de homicídio ocorreu, na noite de sábado, após ele realizar um comício em Natal (RN).

Segundo a Polícia, Melo estava nos conjuntos Nova Natal e Nordelândia, localizados na zona Norte, fazendo um evento político e, ao término, foi embora com sua equipe em seu carro.

Ao chegar nas imediações da BR-101, o veículo foi abordado por dois homens que estavam armados em uma motocicleta. A dupla começou a atirar contra o veículo e depois fugiu.

Álvaro Dias vota e lamenta que sistema político privilegie apenas alguns em detrimento de outros

O candidato do Pode à Presidência da República, Alvaro Dias, votou na manhã de hoje (7), no Colégio Mãe de Deus, em Londrina, no Paraná. Após a votação, ele concedeu uma entrevista coletiva em que se disse preocupado com a desigualdade acentuada no país e que se apresenta de modo mais claro durante as eleições.

Segundo o candidato, a forma como se faz política no Brasil privilegia apenas alguns em detrimento de outros. De acordo com ele, a campanha é “antidemocrática, desonesta e injusta”, porque nem todos os candidatos têm as mesmas oportunidades para participar de entrevistas e debates.

Com um discurso de quem demonstra não ter confiança que irá para o segundo turno, Alvaro Dias afirmou que o país deve entrar em uma nova etapa. “Iniciar um tempo que é possível fazer muito mais e colocando na cadeia quem rouba.”

O vídeo do candidato concedendo entrevista coletiva foi divulgado no perfil pessoal dele no Facebook.

(Agencia Brasil)

Camilo vota em Barbalha tendo ao lado Cid Gomes

Camilo, ao lado da família, e do candidato ao Senado pelo PDT, Cid Gomes.

O governador Camilo Santana (PT) votou em seção eleitoral na cidade de Barbalha (Região do Cariri),por volta de meio-dia. Com ele, a primeira-dama estdaual, Onélia Leite, filhos e o candidato ao Senado pelo PDT, Cid Gomes.

“Meu sentimento hoje é de gratidão e esperança. Gratidão pelo apoio que tenho recebido dos meus irmãos e irmãs cearenses ao longo desses três anos e nove meses de Governo. E esperança de continuarmos, juntos, construindo um Ceará cada vez mais forte, mais justo e mais humano”, disse Camilo Santana, após votar no Colégio Bom Jesus, no distrito do Caldas.

Em seguida, Camilo Santana e Cid Gomes foram para Sobral, na Região Norte, para o voto do candidato ao Senado.

(Foto – Leitor do Blog)

Trenzinho da Emancipação circula por Fortaleza apregoando o “#eleNao #nemNinguem”

 

Como faz em toda eleição, o Movimento Crítica Radical circula, por zonas eleitorais de Fortaleza, difundindo a campanha  #eleNão #nemNinguém! EMANCIPAÇÃO JÁ!

O objetivo é protestar contra o sistema político do País que, segundo militantes, não muda o quadro estrutural do País, que permanece sob domínio do Capitalismo.

O trenzinho saiu da Praça João Gentil e cumpriu, até agora, o seguinte roteiro: Avenida Treze de Maio, Colégio Santo Inácio, Assembleia Legislativa, BNB Clube, Colégio Batista, Náutico, Leste Oeste, Pirambu, retornando pela Theberge, Bezerra de Menezes até o Benfica.

(Foto – Divulgação)

Como denunciar irregularidades na hora da votação

No primeiro turno das eleições neste domingo (7), há vários caminhos para os eleitores denunciarem irregularidades, como, por exemplo, compra de votos, transporte irregular de eleitores e boca de urna. Bom destacar que a votação vai até as 17 horas.

Veja como denunciar uma irregularidade:

– Segundo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o presidente da seção eleitoral é a maior autoridade da seção de votação. É dele a responsabilidade de manter a ordem no recinto, dispondo da força pública quando necessário. Ao presenciar qualquer fato estranho na hora da votação, o cidadão deverá informar o fato imediatamente ao presidente da mesa receptora de votos, que é, na ausência do juiz eleitoral, a autoridade superior. O presidente da mesa, então, comunicará o fato à Polícia Militar, que atuará segundo orientação para esses casos.

– Outra possibilidade é o eleitor acionar diretamente a Polícia Militar, pelo 190.

– O cidadão pode ainda fazer a denúncia por meio do aplicativo Pardal. A plataforma foi desenvolvida pela Justiça Eleitoral para uso gratuito em smartphones e tablets. A ferramenta pode ser utilizada para noticiar diversos tipos de infrações eleitorais, como as relativas à propaganda eleitoral, compra de votos, uso da máquina pública, crimes eleitorais e doações e gastos eleitorais. Além do aplicativo móvel, o Pardal tem uma interface web, que será disponibilizada nos sites dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) para envio e acompanhamento das notícias de irregularidades.

Nas denúncias feitas por meio do Pardal, deverão constar, obrigatoriamente, o nome e o CPF do cidadão que as encaminhou, além de elementos que indiquem a existência do fato, como vídeos, fotos ou áudios. A autoridade responsável por apurar a notícia de infração poderá manter em sigilo as informações do denunciante, a fim de garantir sua segurança.

– No Distrito Federal, o único canal do Ministério Público para receber denúncias será o Whatsapp. Pelo número (61) 99291 5943, das 7h30 às 18h30, o cidadão poderá denunciar casos de transporte irregular de eleitores, compra de voto, coação, abuso de poder e propaganda eleitoral irregular. A denúncia pode ser feita de forma anônima.

(Agência Brasil)

Depois de votar, presidente do TSE deseja eleição tranquila

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, votou às 10h40min na sessão eleitoral instalada na Escola Parque, localizada entre as quadras 313/314 Sul, na região central de Brasília. Ela chegou ao local acompanhada por assessores e brincou com os repórteres fotográficos dizendo que gostaria trabalhar atrás das câmaras.

Depois de votar, a presidente do TSE manifestou o desejo de uma eleição tranquila. “Desejo uma excelente eleição para nós e um dia muito tranquilo”, disse.

Rosa Weber se encaminhou para a sede do tribunal onde, às 12h, fará um balanço parcial sobre a eleição em todo o país.

(Agência Brasil)

Aílton confiante de que PSOL alcançará a cláusula de barreira e reelegerá o deputado Renato Roseno

O candidato a governador pelo PSOL, Aílton Lopes, votou agora há pouco, depois de enfrentar enorme fila em seção eleitoral situada no IFCE (Benfica), em Fortaleza.

Mesmo sem estar na peleja pelo Governo do Ceará, o candidato do PSOL, Aílton Lopes, com 2% nas pesquisas, disse estar tranquilo e confiante de que o partido deverá reeleger Renato Roseno deputado estadual.

Está confiante também de que a clausula de barreira deverá ser atingida para deputado federal.

Se Haddad for para o segundo turno, Rodrigo Maia trabalhará para que o DEM apoie Bolsonaro

O presidente da Câmara dos Deputados e candidato à reeleição pelo DEM, Rodrigo Maia (RJ), admitiu que a candidatura apoiada pelo seu partido “ficou para trás”, mas que se identifica com as propostas econômicas do assessor do líder das pesquisas Jair Bolsonaro e que sua aposta é de que ele será o vencedor dessas eleições.
“A nível nacional não é o que a gente esperava, nossa coligação ficou para trás, mas o nosso lado ideológico está mostrando grande maioria no Rio e no Brasil”, disse após votar em uma escola na zona oeste do Rio, na Barra da Tijuca.

Ele disse apoiar as propostas do economista Paulo Guedes, assessor de Bolsonaro, que prega reformas no Estado, e classificou de “velho” o discurso da esquerda representada pelo PT e pelo Psol.

Acompanhado por dois dos seus cinco filhos, Maia chegou para votar em uma escola municipal por volta das 10h, sendo cumprimentado por alguns eleitores. Sempre com um dos filhos no colo, Maia comemorou a boa performance do DEM no Rio, afirmando estar otimista com a eleição de Eduardo Paes para governador e do seu pai, Cesar Maia, para Senador. “Aqui no Rio vamos ter ótimos resultados”, avaliou.

(Agência Estado)

Em Juazeiro do Norte, mulher é presa acusadas de compra de votos

Uma mulher identificada como Maria Heluzan Gomes da Silva, foi presa no bairro Renê Lucena. De acordo com informações da Polícia Militar, ela é acusada de comprar votos dentro de sua própria residência, para o candidato conhecido como “Davi de Raimundão”. A informação é do Blog do Faria Júnior, adiantando que o caso ocorreu nesse sábado.

Com ela, R$ 20,00, títulos eleitorais e um pacote contendo panfletos com propaganda eleitoral. Maria Heluzan disse que cada título valia de R$ 50,00 a R$ 100,00. Foi efetuada a prisão em flagrante e, em seguida, ela foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Federal emJuazeiro do Norte (Região do Cariri)

 

Guimarães acredita que Haddad vá para o 2º turno e já fala em frente ampla contra o fascismo

“Já estamos montando uma frente ampla pela democracia e contra o ódio e o fascismo”, disse, após votar, nesta manhã de domingo, em seção do Colégio Espaço Aberto, em Fortaleza, o líder da minoria na Câmara, o petista José Nobre Guimarães.

Guimarães se refere ao postulante do PSL, Jair Bolsonaro, e acrescentou estar confiante de que Fernando Haddad (PT) irá para o segundo turno.

(Foto – Leitor do Blog)