Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Papa usa twitter e volta a pedir paz na Síria

“O Papa Francisco voltou a usar hoje (6) a rede social Twitter para pedir aos jovens que rezem pela paz no mundo. Segundo ele, apenas a paz é capaz de transpor barreiras. O apelo de Francisco ocorre na véspera da jornada de orações, convocada por ele para amanhã (7), no esforço de evitar a ação militar, liderada pelos Estados Unidos, na Síria. O papa enviou uma carta ao G20 (grupo das maiores economias do mundo) apelando pela paz.

“Queridos jovens, rezai comigo pela paz no mundo”, diz o papa no Twitter. “A paz é um bem que supera qualquer barreira, porque é um bem de toda a humanidade”, acrescenta. Ontem (5), Francisco também usou a rede social para enviar sua mensagem: “Com todas as minhas forças, peço às partes envolvidas no conflito que não se fechem nos próprios interesses”.

(Rádio Vaticano)

Enem será elaborado em local com segurança reforçada já a partir de 2014

93 1

“A partir de 2014, as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) serão elaboradas em um local com segurança reforçada. O espaço terá acesso restrito e será construído na nova sede do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Quem ali entrar, passará por um scanner e será monitorado por câmeras. Além do Enem, serão elaboradas no local as questões do Banco Nacional de Itens, que serve de subsídio para a Revalidação dos Diplomas Médicos (Revalida), a Prova Brasil, o Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), entre outras avaliações. O novo ambiente deve evitar vazamentos de questões, como os que ocorreram no Enem em 2009 e 2011.

De acordo com o Inep, serão 988 metros quadrados, divididos em 21 salas com controle de acesso, uma sala de monitoramento, uma sala para a identificação dos usuários e uma sala para escaninhos, onde serão guardados os objetos pessoais daqueles que tiverem acesso ao local. Na entrada, o usuário é identificado e passa por um scanner, capaz de detectar objetos como pen-drives e CDs. Para entrar em uma das 21 salas, é necessário passar por um leitor biométrico, que irá garantir que a pessoa tem autorização para entrar na área. Cada ambiente terá quatro câmeras para gravação de imagens, que serão gerenciadas por um sistema de monitoramento, com central de comando e controle.

O Inep lançou edital para a contratação da empresa especializada para cuidar da instalação dos equipamentos e adequação do ambiente, bem como do monitoramento e suporte técnico. A sessão está agendada para o dia 17 deste mês. A estimativa é que o ambiente custe R$ 15.276.370,90.”

(Agência Brasil)

Policiais federais realizam ato cívico nesta sexta-feira

O Sindicato dos Policiais Federais do Ceará (Sinpof-CE) realiza na manhã desta sexta-feira (6), a partir das 9 horas, em frente à sede da PF em Fortaleza, no bairro de Fátima, um ato cívico pela reestruturação da carreira do policial federal.

De acordo com a Federação Nacional dos Policiais Federais, cerca de 250 policiais federais deixam a PF, todo ano, em busca de outras carreiras profissionais.

A coisa certa no tempo errado

Em artigo no O POVO desta sexta-feira (6), o editor-executivo de Conjuntura, Guálter George, avalia a mudança no secretariado de Cid Gomes. Confira:

Coisa estranha, por várias razões. O governador Cid Gomes, é sabido, não gosta de demitir auxiliares e por mais que se esforce para maquiar a motivação real do pacote de mudanças que deve anunciar hoje, está claro que o mau resultado em algumas áreas determinará a substituição de parte dos secretários.

Outro aspecto estranho nas mudanças é a extemporaneidade. Vincular a ação ao calendário eleitoral chega a ser risível, porque os secretários que serão candidatos em 2014 teriam até o começo de abril para deixarem seus cargos. O governador já dissera que anteciparia o movimento para dezembro de 2013. Mas, fazer as substituições antes do meio de setembro?

O apego de Cid aos auxiliares não chega a ser um defeito. Desde que a postura pessoal poupe a sociedade de ficar com o prejuízo, risco observado quando o governador se obriga a promover mudanças em áreas que funcionam apenas por uma incapacidade de mudar peças do jogo político-administrativo no tempo certo, nos casos em que elas não apresentam resultados.

Heitor fora do Abolição

51 1

Da coluna Vertical, no O POVO desta sexta-feira (6):

“Heitor não será candidato a governador!” – garante o presidente regional do PDT, deputado federal André Figueiredo, adiantando que conversou com o parlamentar sobre as eleições do próximo ano e ficou acertado que nessa faixa ele não disputará.

Para André, o pedetista é um bom nome, com vocação e tudo, para continuar no parlamento. O dirigente do PDT, inclusive, avalia que Heitor teria condições de disputar vaga de senador, dependendo da aliança a ser formada em 2014.

André Figueiredo deu outra certeza: quer manter a coligação com o PSB do governador Cid Gomes, embora defenda que, nacionalmente, o partido possa até apresentar um candidato à sucessão da petista Dilma Rousseff.

Pois é, o PDT continua mais do que surreal em sua política.

Renan comemora sanção dos royalties do petróleo para educação e saúde

O presidente do Senado, Renan Calheiros, comemorou a sanção da lei que assegura mais dinheiro para a educação e a saúde. O projeto (PLC 41/2013), que foi aprovado pelo Senado, garante que 75% dos royalties do petróleo vão para a educação e 25% para a saúde. Renan Calheiros vai participar da cerimônia, a convite da presidente Dilma Rousseff, na próxima segunda-feira (9), às 15h, no Palácio do Planalto.

– Trata-se de uma ótima notícia tanto para a Educação quanto para a saúde que, sabemos todos, demandam mais investimentos. Esta foi uma das contribuições do Congresso para melhorar a qualidade dos serviços públicos que nos é cobrada pela sociedade – ressaltou o presidente do Senado.

Além dos royalties do petróleo para as áreas de educação e saúde, o presidente Renan Calheiros destacou uma lista de 40 proposições que o Senado votou em menos de 30 dias para atender às reivindicações da sociedade. Entre as propostas estão a que muda os critérios para a escolha de suplente de senador, proibindo o parentesco; a que exige ficha limpa para servidores dos três poderes, medida que já vale para o Senado; a que acaba com a aposentadoria como pena disciplinar para juízes e promotores condenados por corrupção ou outros crimes e a que estabelece um novo rito de análise das medidas provisórias. Todas essas matérias precisam ser votadas pela Câmara dos Deputados.

(Agência Senado)

Governo estuda disque-denúncia para discriminação no trabalho

A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República estuda a criação de um serviço para receber denúncias relacionadas à discriminação no ambiente de trabalho. Segundo a ministra Maria do Rosário, a ideia é ampliar o serviço já prestado pelo Disque 100, que registra denúncias de violência contra crianças e adolescentes.

“A gente quer estender também esse serviço no mundo do trabalho. Não na relação com as questões trabalhistas, em si, clássicas. Mas, fundamentalmente, as questões de discriminação, relacionadas à homofobia, ao racismo, ao ambiente para as pessoas com deficiência”, disse a ministra ao participar nessa quinta-feira (5) de evento do Instituto Ethos.

O objetivo é receber denúncias referentes à jornada de trabalho excessiva, ao trabalho escravo e infantil e ao assédio moral e sexual. O Disque 100 já atendeu a mais de um milhão de chamadas sobre violência contra crianças e adolescentes.

Na semana passada, a ministra e o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vágner Freitas, assinaram um termo de compromisso para a implementação do novo serviço.

(Agência Brasil)

Cid Gomes, o novo secretariado e Ivo Gomes

ivo gomes

O governador Cid Gomes (PSB) fará mudanças na equipe também por causa das filiações partidárias que virão. Aproveitará até o pleito futuro para elaborar novas acomodações políticas diante da possibilidade do surgimento de novas legendas como o Partido da Solidariedade, do deputado federal e dirigente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva. Cid, aliás, recebeu Paulinho da Força, nesta semana, para almoço no Palácio da Abolição. Ou seja, viriam em breve outras alterações.

Agora há pouco ouvido sobre as mudanças, o deputado estadual Antonio Carlos (PT) disse que estava tranquilo quanto ao fato de que perderá mandato por causa do retorno do pacote de deputados-secretários para a Assembleia.

Antônio Carlos até aproveitou para questionar: Ivo Gomes, que é deputado estadual pelo PSB e ocupa a pasta da Educação, voltaria também, dentro de um contexto político onde o prefeito Roberto Cláudio se afina com o governador? Resposta: agora não. Mas quando reassumir, poderá ter papel importantíssimo no xadrez político sucessório, segundo fontes palacianas.

Cid devolve pacote de deputados para a Assembleia e, de quebra, enfraquece Luizianne

127 3

antonio carlos

Ex-líder cidista vai perder tribuna.

A Assembleia Legislativa receberá de volta, nesta sexta-feira, os parlamentares que estavam ocupando secretarias na gestão de Cid Gomes. São cinco: Nelson Martins (PT), que já foi líder cidista na Casa; Francisco Pinheiro (PT), que ainda tem vaga questionada até hoje pelo suplente Stanley Leão;  Camilo Santana (PT), cujo nome chegou a ser envolvido no “Escândalo dos Banheiros”; e Gony Arruda (PSD), que enfrenta uma série de denúncias de problemas em convênios.

Mauro Filho (PSB), que sempre viveu seus mandatos mais em cargo comissionado do que como parlamentar; deve reassumir só na próxima semana.

Nessa volta de cidistas para a Assembleia, o PT ligado ao governador Cid Gomes ganhou força, enquanto o PT que apregoa oposição e que é representado por Antônio Carlos, vai dançar.

BOM LEMBRAR: Antônio Carlos, que até foi líder do Governo, vai perder a vaga e enfraquecer no processo o discurso político do fim da aliança PSB/PT apregoado pela corrente da presidente estadual petista e ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins.

Senador alerta sobre risco de inflação

O senador João Durval (PDT-BA) afirmou, nesta quinta-feira (5), que o controle da inflação deve ser encarado como prioridade absoluta pelo governo. Segundo o senador, não é preciso ter acesso a trabalhos acadêmicos para chegar a uma conclusão sobre a importância dessa medida, mas dar uma olhada na história do Brasil. João Durval registrou que na década de 1930, como hoje, a inflação tinha média anual de 6%. Esse número, na visão do senador, dá a falsa sensação de que o problema está sob controle. Mas na década de 1940, continuou Durval, a média já tinha dobrado. Na década seguinte, chegou a 19%, atingindo 40% anuais nas décadas de 1960 e 1970.

– Estava preparado o terreno para a brutal inflação da década de 1980, quando a média chegou a 330% ao ano – disse o senador, acrescentando que o índice foi de 1620% em 1990 e 2447% em 1993.

Com base no Relatório Focus, do Banco Central, Durval registrou que as expectativas do mercado em relação à inflação estão subindo gradativamente. O relatório do início de agosto apontava que a previsão do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para os próximos 12 meses era de 5,83%. Na semana passada, o índice era 5,97% e, hoje, já está em 6,08%. Por outro lado, disse o senador, as perspectivas de crescimento do produto interno bruto (PIB) para 2013 passaram de 2,28%, no início de agosto, para 2,21%, na semana passada.

– Subindo a expectativa de inflação, um pouquinho de cada vez, e reduzindo a do crescimento, um pouquinho de cada vez, onde vamos parar? – questionou.

(Agência Senado)

Governo Cid – Alguns secretários-adjuntos e secretários-executivos devem ser aproveitados

julobrizzi

A expectativa no plano das mudanças que o governador Cid Gomes fará na equipe é a de que ele manterá alguns secretários adjuntos ou secretários executivos na titularidade. Na pasta das Cidades, é dado como certo que Mário Fracalossi, adjunto, deve virar titular.

Na pasta dos Esportes, o nome da vez deverá ser Júlio Brizzi, atual secretário-executivo que havia recomendado exonerações de coordenadores por problemas em convênios. O PDT, dessa forma, seria compensado com a saída de Evandro Leitão da pasta do Trabalho e Desenvolvimento Social. Brizzi é da cota do presidente regional pedetista André Figueiredo.

No Turismo, Marco Pompeu é  adjunto de Bismarck Maia, mas essa pasta pode acabar com um indicado do deputado estadual Sérgio Aguiar (PSB), segundo algumas fontes palacianas. Sérgio, inclusive, esteve no Palácio da Abolição nesta quinta-feira.

Para o lugar de Mauro Filho, da Fazenda, deverá ficar o seu adjunto, João Marcos Maia, que já vem há muito tempo exercendo, vez em quando, a função.

SSPDS com mudanças e dúvidas sobre eunicistas no Governo

coronel bezerra

Segurança gerou desgastes e riscos para a imagem do governador.

Na lista das demissões, virá toda a cúpula das Segurança Pública do Estado, que foi alvo, nos últimos meses, de muita reclamação. Ciro Gomes, irmão do governador Cid Gomes (PSB), chegou a dar uma de consultor na pasta por algum tempo e, como disse no Blog Política com K, da jornalista Kézia Diniz, encerrou seu trabalho com relatório mostrando situação vexatória e que poderia gerar muito desgaste para o governo.

Bom lembrar que Cid foi reeleito prometendo segurança.Foi essa área uma das que, até hoje, ainda recebem os maiores investimentos. O Ronda do Quarteirão, a polícia cidadã, começou até bem, mas fracassou em razão de desgastes de comandantes com sua tropa.

Não se sabe se, na esteira da demissão na SSPDS, o secretário-executivo Aloízio Carvalho, que é indicação do peemedebista Eunício Oliveira, governamentável, entre na dança das cadeiras. Também não se sabe se César Pinheiro, da pasta dos Recursos Hídricos, outro nome de Eunício, encerre suas atividades.

Eunício, nesta semana, posou ao lado de Cid Gomes quando recebia homenagem durante a PEC Nordeste, no Centro de Eventos. Mas, em política, às vezes, aquilo que parece nunca expõe o que realmente pode aparecer. De qualquer forma, eis uma relação a ser vista com olhos bem abertos. Independente de mudanças agora, mas sem deixar de lado as projeções futuras.

Cid Gomes e uma equipe de secretários de olho na peleja 2014

84 1

cidgoomes

O governador Cid Gomes, que anunciará nesta sexta-feira mudanças no seu secretariado, aproveitará para mudar setores problemáticos? Há expectativas, por parte da sociedade, de que venha nova injeção de ânimo no campo da segurança pública, onde toda a cúpula é questionada e cobrada há tempos.

Conforme o Blog de Felipe Patury, da Época informou, poderão vir oito mudanças por causa das eleições do próximo ano.

Na equipe de Cid, há, por exemplo, Gony Arruda, deputado federal licenciado do PSD – que ocupa a Secretaria dos Esportes, alvo de denúncias. Há o adjunto dessa mesma pasta, Eugênio Rabelo, que disputará cadeira de deputado federal pelo PP. Na pasta da Cultura, Francisco Pinheiro (PT), que é suplente de deputado estadual, pode entrar na lista. Camilo Santana, da pasta das Cidades, também informou que vai disputar mandato em 2014.

O secretário da Fazenda, Mauro Filho (PSB), é deputado estadual e deverá disputar ano que vem. Ele é cotado para mesmo mandato, embora tenha nome também listado como governamentável. Pode, no entanto, não entrar nessa lista agora.

De qualquer forma, Cid estaria antecipando as mudanças não somente por causa das próximas eleições, mas por ter percebido certos desgastes em algumas pastas que, pelo nível, poderiam prejudicar a imagem de sua gestão futuramente. Se sair nesta lista, o Coronel Francisco Bezerra (SSPDS), com sua equipe, mostrará que tinha força e prestígio perante o governador no sentido de que sai num pacote e assim não leva o desgaste sozinho. Ou seja, pulveriza-se o desgaste para outros.

Há também o secretário do Trabalho e Ação Social, Evandro Leitão, que disputará mandato estadual, além do presidente do Conselho Estadual de Políticas Públicas (CONPAM), Paulo Henrique Lustosa, que disputará cadeira de deputado federal. Nelson Martins, titular da Secretaria do Desenvolvimento Agrário, que é do pT, também disputará mandato de deputado estadual possivelmente. Bismarck Maia, do Turismo, também deve sair para disputar mandato. Há uma outra expectativa: em torno do procurador-geral do Estado, Fernando Oliveira, que sonha com mandato em 2014.

Bom lembrar também que nesta semana, em seu Facebook, o chefe da Casa Civil, Arialdo Pinho, chegou a postar: “Jamais nomeie alguém que você não pode demitir”, atribuindo frase a Tancredo Neves.

Bom lembrar ainda que vários parlamentares simpáticos ou ligados a Cid Gomes chegaram a cobrar mudanças na área da Segurança. Caso da deputada federal Gorete Pereira, do PR, que faz oposição. Ela, no entanto, sempre teve postura de apoio ao cidismo.

DETALHE – Cid anunciará de novo que ficará até o fim de sua administração. Ou seja, nada de se desincompatibilizar.

Cid anuncia via Facebook que fará mudanças no seu secretariado

O governador Cid Gomes (PSB) anunciou, no início da noite desta quinta-feira, 5, em sua fan page na rede social Facebook, que vai mudar  peças do seu secretarias. “Amanhã devo anunciar mudanças nas Secretarias de Estado”, informou.

O jornalista Felipe Patury disse em seu blog que oito pastas terão novos secretários no início da próxima semana. Segundo o jornalista, nos últimos dois dias, o governador conversou com os demissionários e fez os convites para seus sucessores. Além disso, de acordo com Patury, todos aqueles que tem a pretensão de concorrer na eleição de 2014 deixarão o governo.

Há expectativas de mudanças na Secretaria de Esportes, por exemplo, alvo de denúncias e que está ocupada pelo deputado estadual Gony Arruda. Também há cobranças por mudança na pasta da Segurança Pública, hoje a mais problemática e alvo de queixas por parte da população.

MP libera R$ 60 milhões para ministério reparar equipamentos para a Bolívia

O governo enviou ao Congresso Nacional a Medida Provisória (MP) 625/13, que autoriza a liberação de R$ 60 milhões do Orçamento em vigor para atender o Ministério de Minas e Energia.

O recurso será usado pelo ministério para contratar, sem licitação, uma empresa estatal para prestar serviços de recuperação e transporte de equipamentos de geração de energia elétrica que estão em desuso. Os equipamentos serão cedidos à Bolívia em um programa de cooperação energética entre os dois países.

Segundo o Executivo, o governo boliviano solicitou ajuda ao brasileiro para enfrentar o deficit energético do País, que enfrenta racionamento de eletricidade. Os equipamentos serão retirados da Usina Termelétrica Rio Madeira, localizada em Rondônia, cujo maquinário estaria sem utilização.

De acordo com o governo, todas as máquinas que serão cedidas são consideradas “inservíveis” para uso público, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), precisando de reparos antes de serem enviadas à Bolívia.

(Agência Câmara Notícias)