Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Série B – Fortaleza quer recuperar liderança; Goiás aposta no tabu e em árbitro “azarão”

324 3

De lados opostos na tabela de classificação, Fortaleza e Goiás buscam unicamente a vitória, na noite deste sábado (12), a partir das 19 horas, no Castelão, para reagirem na Série B do Campeonato Brasileiro. Enquanto o Fortaleza precisa da vitória para voltar à liderança da competição, o time goiano precisa da primeira vitória na temporada, após três derrotas e um empate, para tentar deixar a zona de rebaixamento na rodada da próxima semana.

Apesar de opostos na tabela, o equilíbrio prevalece no confronto entre as duas equipes, em 11 confrontos desde 1974. O Fortaleza possui três vitória, contra duas do Goiás. Mas o time goiano não perde do Leão, desde 2005. São duas vitórias e dois empates. O último resultado ocorreu no Castelão, quando o Goiás goleou a equipe cearense, por 3 a 0.

Nos sites de apostas online, no entanto, o Fortaleza é favorito com 52,3% de chances de vitória, contra 16,3% do Goiás e 31,3% de empate. O favoritismo do Leão, nesta quinta rodada, só não é maior que o CSA, que aparece com 58,3% de chances de vitória, diante do Boa Esporte, que possui apenas 13,3% de chances para surpreender os alagoanos, em pleno estádio Rei Pelé, em partidas às 16h30min deste sábado.

O árbitro da partida é o paranaense Felipe Gomes da Silva, o mesmo que em 2013 conduziu a partida Fortaleza 2×2 Sampaio Corrêa, pela Série C daquele ano. O resultado eliminou o Fortaleza da competição, com um gol maranhense nos acréscimos, diante de 56 mil torcedores cearenses.

(Foto: Arquivo)

Moedas sociais entram no processo de digitalização

Em artigo sobre bancos comunitários, o consultor financeiro Fabiano Mapurunga, Mestre em Gestão Empresarial, aponta que o esvaziamento dos postos de trabalho nas instituições financeiras contradiz a política dos bancos comunitários, que mantêm suas agências físicas, pois acreditam que o sucesso de suas operações se dá, também, pelo contato pessoal. Confira:

A busca pela inserção social e econômica fez com que, em 1998, surgisse a primeira moeda social no Brasil. Isso aconteceu aqui em Fortaleza, no bairro Conjunto Palmeiras. Surgia assim o Banco Palmas. Case de sucesso para todo o país. Os números desse segmento são impressionantes e demonstram a força que a união popular em busca de alternativas de melhoria na qualidade de vida, é capaz de proporcionar.

Segundo a Rede Brasileira de Bancos Comunitários (RBBC), hoje existem 113 bancos comunitários, em 20 estados diferentes. Esses apresentaram uma movimentação financeira na ordem de R$ 40 milhões. Aqui no Ceará já circulam hoje 12 moedas sociais entre os municípios de Fortaleza e Quixadá. O Banco Palmas chega a movimentar apenas no aplicativo E-dinheiro R$ 1,5 milhões por mês. O mesmo opera com empréstimos que variam de R$ 5 mil a R$ 15 mil. Nos últimos 10 anos a atuação do Banco Palmas fez com que o comércio do Conjunto Palmeiras crescesse cerca de 30%.

Todo esse sucesso social e econômico, não poderia ficar de fora do processo que os bancos estão vivenciando no mundo, que é o aumento da digitalização das operações. A tecnologia vem proporcionando às instituições financeiras, mais condições de reduzir seus custos transacionais, mesmo que os maiores bancos verticalizem cada vez mais suas estruturas de serviços. Cada dia que passa o cliente trabalha mais para os bancos, e comparece cada vez menos às agências físicas, fazendo uso de aplicativos para contratar suas operações. O revés desse inevitável processo, é o esvaziamento dos postos de trabalho nas instituições financeiras o que obriga hoje, aos profissionais bancários, a buscarem mais ainda alternativas de recolocação, pois a longevidade funcional desses profissionais já não inspira tanta segurança.

Os bancos comunitários, mesmo com o aumento das transações por meio de aplicativos, ainda vêm mantendo suas agências físicas, pois acreditam que o grande sucesso de suas operações se dá também, pelo contato pessoal. A digitalização ainda não conseguiu superar o “olho no olho”, do cliente, o ouvir suas necessidades e a boa orientação pessoal. Tais instituições fazem parte de um todo chamado economia colaborativa ou economia compartilhada, tema que vem ganhando muito espaço em todo o mundo, por promover a inserção social de forma ampliada.

Fabiano Mapurunga

CEO da Go Partners Consultoria em Finanças e Negócios. Mestre em Gestão Empresarial. MBA em Gestão de Negócios. MBA em Gestão Financeira e Controladoria.

CNC aumenta projeção de crescimento do varejo no ano para 5,4%

Os números da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) de março, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), levaram a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) a rever de 5% para 5,4% a projeção de crescimento do varejo em 2018. De acordo com o IBGE, o chamado varejo restrito, que abrange oito segmentos do comércio, apresentou alta de 0,3% nas vendas em março, ante fevereiro, na série com ajuste sazonal.

Já a CNC trabalha com o varejo ampliado, que pega dez segmentos do comércio varejista, incluindo o comportamento de veículos e materiais de construção. O economista Fabio Bentes, da CNC, disse que na análise da confederação, o varejo brasileiro evoluiu 1,1% em março em relação ao mês anterior, “melhor resultado do varejo nesse tipo de comparação desde 2013, quando a alta foi de 1,2%”. Na comparação de março de 2018 sobre o mesmo mês de 2017, a alta no varejo ampliado atingiu 7,8%, melhor desempenho do setor desde março de 2012 (10,3%).

“Isso quer dizer para a gente que o varejo está recuperando parte do desempenho decepcionante que ele teve no primeiro bimestre do ano, quando os dados mensais praticamente não saíram do lugar”. De acordo com a CNC, o dado positivo de março foi puxado pelo comércio automotivo, que deverá ser o segmento de destaque do comércio varejista este ano. As vendas de automóveis, que subiram 2,9% em março, vinham subindo acima de 3% a 4% nos últimos meses, acumulando alta superior a 12% nos últimos cinco meses.

Segundo Fabio Bentes, isso é importante porque esse segmento responde por um quarto das vendas do varejo e demanda um nível de confiança relativamente elevado, porque envolve financiamentos de longo prazo. “Se as pessoas estão consumindo mais automóveis nos últimos meses e de forma contínua, é um sinal que elas estão mais encorajadas a contrair esse tipo de financiamento”. Por isso, o economista aposta que o varejo ampliado tem todas as condições de fechar o ano com um desempenho acima do crescimento de 4% observado nas vendas no ano passado.

Bentes salientou que também o segmento de combustíveis influenciou o resultado de março. Ocorreu nesse mês uma trégua na alta dos preços. “Os preços não subiram em março pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Pelo contrário, até caíram 0,04%”. Para os próximos meses, deverá se levar em conta dois fatores preocupantes no desempenho dos combustíveis: a alta do preço do petróleo no mercado internacional e a variação do dólar americano, porque boa parte dos combustíveis consumidos no Brasil é importada. A tendência é que os consumidores continuem pagando reajustes mais altos nos próximos meses por conta desses dois elementos, afirmou Bentes.

No acumulado do primeiro trimestre, o varejo ampliado acumula alta de 6,6% em relação a igual período de 2017. Destaque, mais uma vez, para o comércio automotivo, que subiu 17,9%.

(Agência Brasil)

Ceará registra chuva em 50 municípios neste sábado

Apesar de média intensidade, o Ceará registrou chuvas, neste sábado (12), em 50 municípios, segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). A maior precipitação, de 48 milímetros, ocorreu em Beberibe, no Litoral Leste do Estado, a 79 quilômetros de Fortaleza.

Outros municípios com chuvas de média intensidade foram Maranguape (28 mm), Icapuí (25,6 mm), Camocim (25,1 mm), Sobral (24,5 mm), São Gonçalo do Amarante (23,4 mm), Pentecoste (23 mm), Limoeiro (23 mm), Trairi (22 mm) e Horizonte (21 mm).

Em Fortaleza, apesar dos fortes ventos registrados na noite dessa sexta-feira (11), a maior precipitação ocorreu no bairro Água Fria, com oito milímetros, seguido do bairro Messejana, com 2,6 milímetros, e Castelão, com 1,2 milímetro.

Para este domingo (13), Dia das Mães, a Funceme prevê possibilidade de chuva em Fortaleza somente na madrugada, com céu parcialmente nubrado no decorrer do dia.

(Foto: Arquivo)

Maria é quem nos ensina a viver e a sofrer

Em artigo no O POVO deste sábado (12), o padre Padre Reginaldo Manzotti ressalta o papel de Maria na fé. Confira:

Encontramos na Bíblia pouquíssimas palavras pronunciadas por Maria. Seu nome também não é citado muitas vezes. Mas, seja citada pelo nome, ou referida, ou ainda “Mulher” como o próprio Jesus se referiu a ela, constatamos amplamente a presença silenciosa de Maria em todos os acontecimentos importantes, especialmente da vida de seu filho Jesus Cristo. Desde o momento da anunciação até o nascimento da Igreja.

Então, como alguém pode não compreender o papel de Maria na obra da salvação, se o Evangelho nos deixa tão claro: em virtude da encarnação, do verbo se fazer carne, de Deus visitar a humanidade, Dele se fazer uma criança, Maria se torna a arca. Deus encarnado fez a sua primeira moradia no ventre de uma mulher, Maria, que aceitando o convite da graça e dizendo o “sim”, se torna um modelo de quem faz a vontade do Pai.Na cruz. Maria é cheia de graça, é plena do espírito. Se sofre o filho, sofre a mãe. Se o filho padece, a mãe padece. Não é assim com todas as mães?

Maria experimentou a dor, primeiro na fé e fez a diferença, porque se não fosse a fé e a esperança, ela teria se desesperado. Maria teria outra atitude e não a de que ficar em pé, aos pés da cruz (Jo 19, 25). É essa presença silenciosa na hora da dor, que Maria nos dá como exemplo. Às vezes, nos deparamos com pessoas que estão sofrendo, muito doentes e pelas quais já não podemos fazer nada e não encontramos palavras que vão confortar, mas a nossa presença, silenciosa, já é uma ajuda.Mesmo que não consiga verbalizar essa presença, já é uma ajuda. Maria nos ensina a perseverar, a manter-se firme no sofrimento.E nos ensinou também a superar a traição, porque bastou o Filho morrer, ela pegou o seu corpo, colocou no sepulcro e voltou para rezar com os apóstolos. Ou seja, ela voltou para aqueles que abandonaram seu filho.

Se Maria foi exaltada por Deus, claro que em vista dos méritos de Jesus. Se Deus a escolheu, enviou um anjo, a proclamou a cheia de graça. Se Deus fez dela a arca de toda a humanidade, então, que ninguém tenha receio de recorrer a ela, de venerá-la, de exaltá-la e proclamá-la bendita entre todas as mulheres.

Padre Reginaldo Manzotti, fundador e presidente da Associação Evangelizar é Preciso e pároco reitor do Santuário Nossa Senhora de Guadalupe, em Curitiba (PR)

Cariri recebe centro de tratamento a usuários de drogas

A população de 19 municípios da região do Cariri passou a contar com um equipamento fundamental para orientação, acolhimento e encaminhamento de usuários de drogas e seus familiares para a rede assistencial (SUS e SUAS), além de capacitar atores da temática, fomentar pesquisas e promover ações de prevenção. Nesta sexta-feira, 11, a vice-governadora do Estado, Izolda Cela; e o secretário Especial de Políticas sobre Drogas, Will Almeida, inauguraram o Centro de Referência sobre Drogas (CRD) Cariri.

“O CRD Cariri é um irradiador da SPD em toda a região, oferecendo caminhos a quem precisa para a superação das drogas”, disse Izolda Cela durante discurso na solenidade de inauguração. A vice-governadora lembrou o papel do Estado de acolher e encaminhar as pessoas que necessitam de ajuda para as estruturas de atendimento disponíveis, dotadas de profissionais qualificados.

O equipamento fica localizado no Centro Multifuncional de Serviços do Cariri, no Centro de Juazeiro do Norte; e proporcionará a interiorização da ações da SPD de uma forma ainda mais efetiva. O CRD Cariri operará nos mesmos moldes do CRD de Fortaleza, que fica situado na sede da Secretaria, no bairro Jacarecanga. Trata-se da primeira unidade governamental do tipo, voltada à temática de dependência química, a funcionar fora da capital cearense, oferecendo serviços totalmente gratuitos e sem a necessidade de agendamento. O atendimento ocorrerá de segunda a sexta-feira, no horário das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas.

“Hoje é um dia de grande alegria para toda a equipe da SPD. Uma meta traçada foi cumprida. O CRD Cariri é uma realidade e torna-se, desde já, a porta de entrada a todo cidadão da região para que obtenha o apoio necessário para a solução dos problemas relacionados à dependência química”, destacou o secretário Will Almeida ao falar durante a concorrida solenidade. “O nosso objetivo é resgatar o máximo de pessoas dessa situação de vulnerabilidade”, apontou o gestor, enaltecendo a parceria com a administração municipal de Juazeiro do Norte.

O CRD Cariri conta com estrutura que inclui recepção, auditório, sala de atendimento individual e sala de gerência. A operacionalização foi possível graças a parceria firmada entre a SPD e a Prefeitura de Juazeiro do Norte, que viabilizou a disponibilização de recursos humanos. Os funcionários municipais que atuarão no Centro de Referência, incluindo psicólogo, assistente social e enfermeiro, além de motorista, recepcionista, auxiliar administrativo e auxiliar de serviços gerais, passaram por treinamento especial para atuarem junto ao público que enfrenta problemas relacionados ao uso abusivo de álcool e outras drogas.

(Governo do Ceará)

Temer completa dois anos de governo e diz que retirou país da recessão

Ao completar dois anos de governo neste sábado (12), o presidente Michel Temer usou o Twitter para fazer um balanço de sua gestão. Ele disse que assumiu o cargo com a missão de “retirar o país da sua mais grave recessão, estancar o desemprego, recuperar a responsabilidade fiscal e manter os programas sociais”.

Temer destacou que sua gestão reverteu a recessão de quase 4% ao ano e agora deverá crescer mais de 2%. O presidente ressaltou ainda os dados sobre emprego no país.

“A recessão que dizimava mais de 150 mil empregos/mês acabou. O emprego voltou, com cerca de 204 mil vagas com carteira assinada em 2018 e mais de 1,5 mi de postos de trabalho gerados no último ano”, escreveu.

O presidente também apontou a reforma do Ensino Médio e a Base Nacional Comum Curricular como marcos de sua gestão. Segundo ele, são mais 500 mil vagas de ensino em tempo integral.

“O governo está investindo R$ 2 bi na Política de Formação de Professores, beneficiando 190 mil mestres. E com o programa Criança Feliz, estamos cuidando de crianças e gestantes beneficiárias do @bolsafamilia e do Benefício de Prestação Continuada”. Até 23 de março deste ano, 212 mil crianças e 31,5 mil gestantes já tinham sido atendidas, disse.

Michel Temer assumiu a Presidência da República em 12 de maio de 2016, após os senadores aprovarem a abertura do processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, o que resultou no afastamento dela do cargo. Em agosto, o Senado aprovou o impeachment e Temer assumiu a presidência efetivamente.

(Agência Brasil)

E aí, R$ 50 milhões dão uma forcinha no seu orçamento?

A Mega-Sena sorteia na noite deste sábado (12) a quantia de R$ 50 milhões, no concurso 2.040, segundo estimativa da Caixa Econômica Federal. As apostas podem ser feitas até as 19 horas, nas agências lotéricas, ao preço mínimo de R$ 3,50.

A Quina também está acumulada e o prêmio de hoje é de R$ 4 milhões para quem acertar sozinho os cinco números do concurso 4.677. Na noite dessa sexta-feira (11), a Quina sorteou os números: 04 – 51 – 54 – 63 e 66.

O sinal do que pode ser uma boa notícia

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (12), pelo jornalista Érico Firmo:

A redução do índice de homicídios é a primeira boa notícia na segurança pública em muito, muito tempo. Discreta e isolada, mas ainda boa notícia. A queda é de 2,6% no índice de assassinatos. Quase nada diante do descalabro que vivemos. O referencial de comparação é abril de 2017, mês de indicadores horripilantes. Porém, a melhora precisava começar de algum lugar. E finalmente ela veio. Foram 13 meses seguidos de aumento nos homicídios do Estado. Ainda que seja pequena, a melhora é boa notícia. Traz a esperança de que possa ser o início de um processo. Fortaleza, que puxou a alta dos homicídios, tem queda já pelo segundo mês. E até expressiva, de 14,9%. A questão é: vai continuar?

A resposta é: provavelmente. Em abril, o Ceará teve 368 assassinatos. Média superior a 12 por dia. Lembra da chacina do Curió e São Miguel? Até janeiro deste ano, era a maior da história do Ceará. Pois, estatisticamente, é como se tivesse havido uma chacina como aquela todo dia durante o último mês, e ainda mais uma morte. É terrível.

Mas, a comparação é feita em relação ao mesmo período do ano anterior. E o ano passado é o referencial mais sombrio possível. Em maio de 2017, foram 471 homicídios. Em junho, 474. Julho, 475. Agosto, 460. Setembro, 461. Outubro, 516 – quanto se atingiu o pior resultado da história. Então, a chance de haver um ciclo de queda pelos próximos meses é muito grande. Abril passou longe de ser algo que se possa considerar positivo. Todavia, para haver aumento de homicídios em relação ao ano passado, a quantidade de crimes precisará crescer muito em relação ao que existe hoje.

Com tudo isso, a notícia, depois de mais de um ano, da redução de homicídios é alentadora. Sozinha, significa pouco. Todavia, traz a expectativa de que inicie ciclo de melhoria. Não será fácil nem rápido. Mas, se sustentada ao longo de um ou dois anos, quem sabe devolverá o Ceará a patamar civilizado em relação à violência. No longo prazo.

A possibilidade é concreta, mas ainda é só possibilidade. Por ora, é fato isolado. Ainda assim, teria de haver um primeiro mês da sequência que se espera longa. Que seja este.

Redução de homicídios é importante porque significa menos vidas perdidas e ponto. Porém, é inegável que o resultado, se persistir, pode ser alívio e tanto para o governador Camilo Santana (PT). Conforme apontei, a perspectiva de haver novas melhoras (afinal de contas, o referencial de comparação é extremamente negativo) é bastante provável ao menos até outubro. É justamente o mês da eleição, na qual o governador tem na segurança pública o calcanhar de Aquiles.

Não que a melhora dos indicadores – e esta é da casa dos 2% – vá resolver o problema político da segurança. Atenua. Porém, já houve sequência de quase dois anos inteiros, de 2015 a 2016, de redução da criminalidade nas estatísticas. E o medo é mecanismo que atua de forma sorrateira no psicológico. Enraiza-se e se torna difícil de remover. Um episódio – e têm sido muitos e dramáticos – é o bastante para deixar as pessoas assustadas.

Petrobras aumenta neste sábado o preço da gasolina para distribuidoras

A Petrobras anunciou novo reajuste para a gasolina, que entrará em vigor neste sábado (12). O preço para as distribuidoras será de R$ 1,9330, mostrando aumento de 2,23% em relação ao valor de R$ 1,8908 que vigorou nessa sexta-feira (11). Essa é a sexta vez consecutiva que a estatal eleva os preços dos combustíveis em maio deste ano no país. Já o litro do diesel terá redução de 0,88%, passando de R$ 2,2361 para R$ 2,2162.

A política de preços adotada a partir de julho do ano passado pela Petrobras para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras se baseia no preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais desses produtos mais os custos que os importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo, esclareceu a empresa.

Segundo ela, “a paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos”. O preço considera ainda uma margem que cobre eventuais riscos, como volatilidade do câmbio e dos preços.

(Agência Brasil)

Jericoacoara assegura oito novas subestações de distribuição de energia elétrica

A Vila de Jericoacoara, no município de Jijoca de Jericoacoara, no Litoral Oeste do Ceará, a 287 quilômetros de Fortaleza, garantiu oito novas subestações de distribuição de energia elétrica para os próximos 20 anos. Atualmente, a vila conta com nove subestações.

A ampliação foi acertada nesta semana, após reunião do prefeito Lindbergh Martins com o executivo Sérgio Araújo, responsável pelo licenciamento ambiental da Enel (Ente Nazionale per l’Energia Elettrica), ao atender parceria entre a Prefeitura Municipal de Jijoca de Jericoacoara, o Governo do Estado e a Enel.

“É uma grande conquista, pois a demanda há muito tempo era bem maior que a oferta. Desde a época em que energia era gerada por motor. E agora vai significar um marco, tanto para o conforto dos nativos como para os negócios do turismo”, ressaltou Lindbergh Martins.

(Foto: Arquivo)

Roberto Cláudio e Camilo Santana visitam obras do IJF2

O prefeito Roberto Cláudio e o governador Camilo Santana visitaram nessa sexta-feira (11) as obras do IJF2, no Centro. O equipamento terá primeira fase inaugurada em julho deste ano, beneficiando a população de todo o Estado do Ceará.

“Estamos visitando as obras do IJF2 e a boa notícia é que em julho os dois primeiros andares, que vão disponibilizar mais de 100 novos leitos, estarão abertos para a população. Com isso, vamos acabar com a espera nos leitos de corredor do equipamento. São mais cirurgias, mais internamentos e saúde para todos”, afirmou o Prefeito.

A ampliação do equipamento faz parte dos esforços entre a Prefeitura de Fortaleza e Governo do Estado na promoção do acesso e qualificação da atenção de urgência e emergência na capital, como explicou o Governador. “Esst é uma parceria importante entre Prefeitura e Estado para melhorar o atendimento da saúde do povo de Fortaleza e do Ceará. O IJF é um dos mais importantes hospitais de urgência e emergência do País, reconhecido pela sua qualidade e equipe técnica. Parabenizo o Prefeito pela ação. Em julho estaremos aqui para entregar essa obras pronta para atender a população”, declarou.

Quando entregue em sua totalidade, o novo equipamento contará com 203 novos leitos, 9 salas cirúrgicas, nova UTI, sala de recuperação, hemodinâmica, área de ressonância, complementando a estrutura existente no IJF1.

(Prefeitura de Fortaleza)

Vacinação contra gripe terá hoje 65 mil postos em todo o país

Sessenta e cinco mil postos de saúde em todo o país abrem as portas hoje (12) para a vacinação contra a gripe. No chamado Dia D de mobilização nacional, 37 mil postos de saúde de rotina e 28 mil unidades volantes estarão funcionando. A expectativa do Ministério da Saúde é vacinar 54,4 milhões de pessoas até 1º de junho.

Devem receber a dose crianças de 6 meses a menores de 5 anos, idosos a partir de 60 anos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais também devem ser imunizadas. Neste caso, é preciso apresentar uma prescrição médica no ato da vacinação.

Pacientes cadastrados em programas de controle de doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) devem procurar os postos em que estão registrados para receber a dose, sem necessidade de prescrição médica.

A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). A definição, segundo o governo federal, também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento de infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe. São priorizados os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias.

O Ministério da Saúde informou que a vacina contra a gripe é segura e reduz complicações que podem provocar casos graves da doença, internações e óbitos.

Estudos demonstram que a imunização pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias, de 39% a 75% a mortalidade global e em aproximadamente 50% das doenças relacionadas à gripe Influenza.

(Agência Brasil)

63% de aprovação – Camilo e o efeito segurança

2672 6

Da Coluna Eliomar de Lima, no O POVO deste sábado (12):

Abril registrou a maior aprovação de Camilo Santana à frente do governo em mais de três anos de gestão.

Segundo pesquisas internas a que a coluna teve acesso, a aprovação do Governo é de 63% contra 27% de desaprovação. O restante, para completar os 100%, é de quem não se manifestou.

Entre ótimo, bom e regular, a gestão chega a 78%. O ruim/péssimo é de 17%. Outro dado chama a atenção: enquanto a segurança pública é a área mais reclamada pela população, com 55%, é também a área onde as pessoas reconhecem que Camilo mais tem trabalhado para tentar resolver o problema. Ou seja, a coisa anda ruim, mas o Abolição não passa a imagem de comodismo.

Investimentos em estradas e educação vêm na sequência, com boa avaliação.

As pesquisas têm animado o governador, que não baixa a guarda. Ele tem mantido agenda de trabalho e de entrega de obras pelo Estado de domingo a domingo.

Base nacional curricular comum: Fortaleza terá audiência pública em julho

A primeira audiência pública para debater a proposta da Base Nacional Comum Curricular do ensino médio ocorreu nessa sexta-feira (11), em Florianópolis. Integrantes de conselhos estaduais e municipais de educação, de organizações da sociedade civil, especialistas da área de educação e estudantes analisaram o texto da base e apresentaram propostas.

Cada região do país sediará uma audiência. Elas vão permitir que os membros do Conselho Nacional de Educação (CNE) elaborem um projeto de resolução sobre o tema a ser homologado pelo Ministério da Educação.

Temas como formações dos professores, participação dos conselhos e a preparação dos jovens para o mercado de trabalho estão entre os assuntos abordados pelos debatedores. Ainda estão previstas audiências públicas para São Paulo (8 de junho), Fortaleza (5 de julho), Belém (10 de agosto) e Brasília (29 de agosto).

O presidente da comissão do CNE que analisa a base nacional comum, Cesar Callegari, disse que é preciso aprimorar o ensino no Brasil e corrigir as desigualdades na educação, que são um dos principais berços da desigualdade social e econômica no país. Segundo ele, a base comum “é uma contribuição para que possamos estabelecer uma base para a equidade educacional, de forma que, os que dependem da educação oferecida em escolas públicas e privadas, possam ter a oportunidade de realizar seus direitos”, disse.

O professor Avanir Mastey, do Conselho Estadual de Educação do Paraná, foi um dos que expôs sua opinião ao longo da audiência pública. Ele fez críticas ao fato de apenas as disciplinas de língua portuguesa e matemática aparecem como obrigatórias para os três anos do ensino médio. “Da forma como a base está, tudo pode. Pode fazer qualquer coisa e pode fazer muita coisa. Esse processo de avaliação pautado apenas na matemática e português. Precisamos que essa base traga as grandes conquistas da sociedade no âmbito das artes, da filosofia e da ciência”.

O coordenador estadual da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (Uncme), de Santa Catariana, Cláudio Luiz Orço, disse que parte importante do processo de discutir a base deve ser pensar a formação dos professores. Ele avaliou que o documento fragmenta a educação básica. “Talvez precisemos respeitar e valorizar as particularidades e nesse documento há uma fragmentação da educação básica, há ausência de um sistema estadual de educação que possa de fato assumir as responsabilidades e distribuí-las, e políticas públicas que possam acompanhar”.

A presidente do Conselho Estadual de Educação Física do Rio Grande do Sul, Rosane Masson, disse que, pelas novas regras, a educação física é posta de lado. Por isso, questionou a necessidade da reforma no ensino. “Será que devemos fazer essa reforma do ensino? E será que não estamos formando mão de obra barata na rede pública estadual para que esses jovens sejam empregados dos seres pensantes que serão formados na rede particular?”.

(Agência Brasil)

Justiça manda prender ex-vereador por agressão a empresário

A Justiça de São Paulo decretou na noite dessa sexta-feira (11) a prisão do ex-vereador de Diadema, Manoel Eduardo Marinho, mais conhecido como Maninho do PT, e seu filho, Leandro Eduardo Marinho, por causa do episódio de agressão contra o manifestante e empresário Carlos Alberto Bettoni, ocorrida no dia 5 de abril em frente ao Instituto Lula, na região do Ipiranga. Eles foram denunciados pelo promotor Luiz Eduardo Levit Zilberman por tentativa de homicídio por motivo torpe e cruel. O processo corre sob segredo de Justiça.

Bettoni foi agredido no local após gritar ofensas contra o PT durante entrevista do senador Lindbergh Farias (RJ) à imprensa. Um dos denunciados empurrou a vítima, que bateu a cabeça em um caminhão que passava no local. Na ocasião, manifestantes estavam reunidos em frente ao instituto por causa da notícia de que o juiz Sérgio Moro tinha expedido a ordem de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Bettoni foi internado no hospital São Camilo, onde permaneceu até o final de abril.

Quanto ao secretário nacional do Setorial Sindical do PT, Paulo Cayres, indiciado pela Polícia Civil, o promotor pediu o arquivamento do inquérito, alegando que ele não teria participado diretamente do ataque que levou o empresário Bettoni a bater a cabeça contra o caminhão. “A prisão cautelar decretada, além de muito bem fundamentada, atende aos anseios da sociedade ordeira e traz segurança para que as testemunhas e vítima possam ter tranquilidade e para depor em juízo e aguardar o julgamento pelo tribunal popular”, informou em nota o advogado Daniel Bialski, que representa Bettoni.

(Agência Brasil)

Eleições 2018 – Oposição discute estratégias ao Palácio da Abolição

O senador Tasso Jereissati e o pré-candidato a governador, General Guilherme Theophilo (PSDB), coordenaram nesta sexta-feira (11) uma reunião com representantes de partidos de oposição. O encontro, que contou com lideranças do PSDB, PROS, Solidariedade e Partido Verde (PV), foi realizado no escritório do senador e discutiu estratégias da pré-campanha de oposição.

Ao final da reunião, Tasso Jereissati destacou a “sintonia entre aquilo que o General apresentou como suas ideias e as aspirações que as oposições representam”, assegurando que durante a próxima semana haverá novos encontros para a discussão das coligações proporcionais.

“Teremos novos encontros para discutir os aspectos das coligações partidárias e, em seguida, definir a nossa candidatura ao Governo. Uma candidatura de todos os partidos de oposição”, disse o Senador.

Participaram da reunião, ainda, os deputados federais Danilo Forte (PSDB), Raimundo Matos (PSDB) e Genecias Noronha (SD), o vice-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa (PSDB), os deputados estaduais Capitão Wagner (PROS) e Carlos Matos (PSDB), os vereadores Plácido Filho (PSDB) e Célio Studart (PV) e os dirigentes do PSDB cearense, Francini Guedes e Fernando Façanha.

(Foto: Divulgação)