Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Grupo de prefeitos do Cariri quer Eunício disputando o Governo em 2014

65 3

eunicio-oliveira

“Quem madruga, Deus ajuda!”, diz o ditado popular. Embalado por esse mote, o senador Eunício Oliveira (PMDB) vai reunir, nesta quarta-feira, em Brasília, 10 prefeitos da Região do Cariri.

O grupo, segundo o deputado estadual Daniel Oliveira (PMDB), sobrinho de Eunício, vai iniciar um movimento com o objetivo de reivindicar aos aliados do partido no Estado que o próximo candidato a governador seja caririense.

Eunício Oliveira, que não esconde o objetivo de disputar a sucessão de Cid Gomes (PSB) em 2014, é natural de Lavras da Mangabeira, cidade encravada no Cariri.

Participarão desse ato, de acordo com Daniel Oliveira, um “grupo suprapartidário” de prefeitos. Na lista, Altaneira, Araripe, Assaré, Caririaçu, Crato, Farias Brito, Nova Olina, Penaforte, Potengi e Santana do Cariri.

Em termos de sucessão estadual, essa movimentação se configura como o primeiro gesto concreto do PMDB do senador Eunício Oliveira no que diz respeito à busca pelo governo.

Ex-presidente do TCM integra grupo de cearenses que aguarda anúncio do novo Papa

manuelveras

Um grupo de cearenses encontra-se no Vaticano aguardando anúncio do novo papa. Nele, membros ligados à Comunidade Católica Shalom, que tem casa em Roma, e profissionais liberais.

Há também políticos como o ex-deputado estadual Manuel Veras, que ocupava, até o fim do ano passado, a presidência do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Com Veras, sua mulher Vânia, e a irmã, Lúcia Veras.

STF volta a discutir PEC dos Precatórios nesta 4ª feira

“Depois de quase uma semana de intervalo, o Supremo Tribunal Federal (STF) deve continuar hoje (12) a discussão sobre a proposta de emenda à Constituição que alterou, em 2009, o regime de pagamento de precatórios, a PEC dos Precatórios. Os precatórios são títulos da dívida pública reconhecidos após decisão definitiva da Justiça. O assunto é o primeiro item da pauta, mas isso não significa que a convocação é garantida – a pauta é móvel, segundo avaliação do presidente do STF, Joaquim Barbosa.

O julgamento foi interrompido na última quinta-feira (7), durante o voto do ministro Luiz Fux, que já falou sobre os principais pontos questionados pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Fux alinhou-se às ideias do relator, ministro aposentado Carlos Ayres Britto, anulando grande parte da lei. Eles defenderam que o novo regime de pagamento de precatórios fragiliza as decisões do Judiciário. Entre as inovações, estão a possibilidade de pagamento parcelado em até 15 anos, prioridade para dívidas de menor valor e a realização de leilões – credores que oferecerem maior desconto na dívida recebem primeiro.”

(Agência Brasil)

Iguatu quer um Campus Avançado da UFC

55 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=nOaSP1Exsgc[/youtube]

O prefeito Aderilo Alcântara (PRB), de Iguatu (Centro-Sul), embarcou, nesta madrugada de quarta-feira para Brasília. Na agenda dele, audiência com o ministro da Educação, Aldo Rebelo.

Aderilo vai reivindicar nesse encontro, que terá a presença de lideranças do Centro-Sul e do ex-prefeito Agenor Neto, a implantação de um Campus Avançado da Universidade federal do Ceará em Iguatu.

Lobby quer derrubar veto a projeto que dá autonomia às Defensorias Públicas

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=d84ebDCIbqs[/youtube]

Defensores públicos de todo o País fazem mobilização em Brasília, nesta quarta-feira, pela derrubada do veto presidencial ao projeto de lei 114. Esse projeto, segundo a defensora-pública geral do Ceará, André Coelho, garante autonomia administrativa e financeira para o órgão.

André conta com está esse trabalho de pressão. Ela aproveita estada em Brasília para conferir o lançamento do programa “Mulher Sem Violência”, que a presidente Dilma Rousseff lançará no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira.

Fernandinho Beira-Mar é condenado a 80 anos. Pena agora soma 200 anos

O traficante Luiz Fernando da Costa, o “Fernandinho Beira-Mar”, foi condenado a 80 anos de prisão — a pena máxima — por crime de homicídio qualificado ocorrido em 2002. Este foi o resultado de julgamento encerrado nesta madrugada de quarta-feira, no Rio. O juiz Murilo Kieling lei a sentença de um julgamento que teve início às 14 horas de terça. Fernandinho Beira-Mar disse que vai recorrer.

Ele terá que cumprir a sentença inicialmente em regime fechado, segundo o juiz. A pena foi dividida em 30 anos por cada homicídio, dos também traficantes Antônio Alexandre Vieira Nunes e Edinei Thomaz Santos, e mais 20 anos por tentativa de homicídio, de Adaílton Cardoso de Lima, que sobreviveu. O criminoso teria ordenado os assassinatos de dentro da penitenciária de segurança máxima Bangu 1, onde estava preso na época. Os executores não foram identificados.

Segundo o Tribunal de Justiça do Rio, antes do julgamento, as condenações de Beira-Mar apenas no Rio somavam 69 anos e meio de prisão. No total, considerando também outros estados, eram 120 anos. Com o veredito desta terça, a soma vai a 200 anos.

(Com G1)

Líder do PT traz debate sobre renegociação de dívidas de Estados e Prefeituras para Fortaleza

guimaraes

“O líder do PT na Câmara dos Deputados, José Guimarães, vai puxar debate sobre a MP 589/2012, que dispõe sobre parcelamento de débitos junto à Fazenda Nacional relativos às contribuições previdenciárias de responsabilidade dos Estados, do Distrito Federal e, principalmente, dos municípios. Será na próxima sexta-feira, pela manhã, na Assembleia.

Segundo Guimarães, pelo texto da MP, os entes federados que aderirem ao parcelamento terão abatidos dos repasses dos fundos de Participação dos Estados (FPE) e dos Municípios (FPM) o valor equivalente a 2% da média mensal da receita corrente líquida para quitar débitos vencidos até 31 de outubro deste ano ou ainda a vencer.

“Queremos uma emenda para reduzir de 2% para 1% esse rebate”, diz. Todos os prefeitos são chamados para o encontro. A MP garante, por exemplo, redução de 60% das multas. Coisa de País rico.”

(Coluna Vertical, do O POVO)

Justiça mantém, via liminar, redução do calendário escolar de Fortaleza

72 2

ivo gomes

“Uma liminar expedida na última segunda-feira pela juíza Alda Maria Holanda Leite, da Vara da Infância e da Juventude, e divulgada ontem à noite, indeferiu Ação Civil Pública requerida pelo Centro de Defesa da Criança e do Adolescente (Cedeca-CE). A entidade solicitava medida cautelar contra a política proposta pela Secretaria Municipal da Educação (SME) diante da decisão de reduzir o corrente ano letivo de 2012.

De acordo com decisão da juíza, o Pacto de Responsabilidade Social e Pedagógica pelos Estudantes da Rede Pública de Fortaleza, que prevê a redução da carga horária, vislumbra “bastante coerência e legitimidade na sua celebração”. O processo explicava ainda que o pedido de liminar teria sido indeferido “pela ausência de seus requisitos”. Dessa forma, estaria “mantida a efetividade do aludido acordo”, conclui o documento.

O titular da Secretaria Municipal de Educação, Ivo Gomes, encerrou o ano letivo 2012 no último dia 28, dois meses antes da data prevista originalmente. Para o ano letivo de 2013, ele defende que as 800 horas sejam acrescidas de mais 200 horas, com início em 19 de março e término em 10 de janeiro. A intenção é regularizar o calendário de aulas, com atrasos desde 2007, devido a inúmeras greves dos professores da rede.”

(O POVO)

Pastor retira projetos polêmicos da pauta da Comissão de Direitos Humanos

44 1

“Mantido na presidência da Comissão de Diretos Humanos e Minoria da Câmara, o pastor Marco Feliciano (PSC-SP) retirou ontem da pauta do colegiado projetos polêmicos que deveriam ser discutidos hoje. A partir das 14 horas, deve ocorrer a primeira reunião da comissão sob o comando do pastor.

Inicialmente, estava na pauta a votação de três requerimentos e seis propostas remanescentes de 2012. Entre os itens, constava o projeto que define os crimes resultantes de discriminação e preconceito de raça, cor, etnia e religião. Outro previa a convocação de plebiscito para decidir sobre a união civil de pessoas do mesmo sexo. Ainda ontem, a bancada do PSC reafirmou apoio à manutenção do deputado no cargo.

(Folhapress)

Magazine Luíza abre vagas para deficientes

A rede de lojas Magazine Luíza abriu inscrições para contratação de 800 funcionários com deficiência para atuar em todas as unidades do grupo distribuídas pelo país, incluindo o Ceará. As vagas são para cargos em lojas, escritórios e centros de distribuição.

Os interessados em fazer parte do processo seletivo devem se cadastrar no sitewww.magazineluiza.com.br, por meio do link “Trabalhe Conosco”.

Medicamentos ficarão mais caros até 6,31% em abril

41 1

“Os medicamentos ficarão até 6,31% mais caros, de acordo com o teto da inflação no acumulado de 12 meses – de fevereiro a março -, pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O aumento foi autorizado pelo Governo Federal, por meio do Conselho de Ministros da Câmara de Regulação de Medicamentos (Cmed), e publicado no Diário Oficial da União (Dou) de ontem.

A expectativa é que, até dia 30 de março, a Cmed oficialize os percentuais de reajuste, mas levam alguns dias para chegar ao consumidor final. O setor estima que serão autorizadas as altas de 6,31% para a categoria com maior concorrência; 4,51% para a intermediária e 2,70% para a com quase nenhuma concorrência. Se todos os produtos forem reajustados segundo o teto permitido, o reajuste médio seria de 4,59%.

Representantes da indústria afirmam que o reajuste máximo não vem sendo aplicado em função do alto grau de concorrência. Conforme o diretor-tesoureiro do Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado do Ceará (Sincofarma-CE), Maurício Filizola, em alguns casos, o reajuste pode ser coberto pelos descontos que são oferecidos no decorrer da cadeia produtiva dos medicamentos. Ele afirma que, no máximo em quinze dias depois da oficialização, o consumidor final irá começar a sentir os novos preços.

O diretor, que também é farmacêutico, explica que a indústria é quem tem mais margem para equilibrar os preços, pois pode compensar retirando os descontos que repassa aos distribuidores, seguindo em cadeia ao varejo e ao consumidor final. Para ele, já no início deste ano, foi sentido pelo setor a redução nos descontos. “O aumento dos preços dos medicamentos não é o suficiente para cobrir os custos. Mas a alta não é definida por nós, apenas repassamos uma tabela que já vem pronta”.

(Com Agências)

Orçamento da União 2013 é aprovado

“Depois de quase três meses de atraso, o Congresso Nacional concluiu nesta noite de terça-feira a votação do Orçamento Geral da União para este ano. A votação ocorreu apenas entre os senadores. A matéria foi aprovada pelos deputados na semana passada, mas um acordo com os oposicionista adiou a votação para esta terça-feira.

A proposta foi aprovada por 54 votos favoráveis e 2 abstenções dos senadores. A votação foi nominal porque o PSDB do Senado pediu a verificação de quórum. Na semana passada, a votação da matéria na Câmara foi simbólica. O Orçamento segue agora à sanção presidencial.

A proposta orçamentária aprovada por deputados e senadores fixa em R$ 2,27 trilhões a receita total da União, sendo R$ 610,1 bilhões para rolagem de dívidas e R$ 83,3 bilhões destinados a investimentos. A votação deveria ter ocorrido no ano passado, mas ficou pendente por causa da polêmica em torno da votação dos vetos presidenciais.”

(Agência Brasil)

Mulheres compram mais por impulso emocional que os homens, revela estudo

210 1

mulher compras

Estudo divulgado nesta terça-feira (12) pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) revela que as mulheres fazem mais compras motivadas por impulsos emocionais do que os homens. Para eles, a insatisfação com o trabalho é uma das razões que mais os influenciam na hora de comprar.

Segundo o levantamento, 49% das mulheres admitiram comprar movidas por algum impulso como baixa autoestima, problemas relacionados à vaidade e insegurança com a aparência. Entre o público masculino, 45% revelaram que o descontrole nas compras é devido à ansiedade com algum evento, por exemplo, proximidade de viagens, férias ou festas.

A tensão pré-menstrual é outro fator que leva as mulheres a consumir, mencionado em 32% dos casos. Entre eles, 38% citaram situações de crise relacionadas ao trabalho. 

De acordo com a economista responsável pelo estudo, Ana Paula Bastos, a inserção delas no mercado de trabalho e o maior poder aquisitivo também contribuiu para o crescimento do consumo entre o público feminino.

O estudo constatou ainda que 43% das mulheres e 41% dos homens não conseguem guardar parte dos rendimentos até o final do mês. Entre aqueles que conseguem, 70% das mulheres e 76% dos homens juntam o dinheiro para momentos de emergência.

Em relação ao planejamento orçamentário, a pesquisa mostrou que 34% dos homens fazem apenas o planejamento pessoal, já 35% das mulheres não fazem nenhum tipo de planejamento. 

A pesquisa ouviu 646 pessoas em todas as capitais do país, proporcional ao tamanho da população economicamente ativa de cada cidade. O estudo tem margem de erro de 3,9%.

(Agência Brasil)

Atitudes e produtos de imagem: O caminho de um legado

fabner utida

Em artigo enviado ao Blog, o estrategista e consultor em Marketing Corporativo, Fabner Utida, analisa o legado de uma pessoa ou organização como imagem que nunca deixa de existir. Confira:

Muitas pessoas e organizações passam pela vida sem parar para refletir: qual será o meu legado?

De forma restrita, legado está relacionado a uma herança ou algo que é deixado para outros quando uma pessoa ou organização deixa de existir ou atuar. Mas de forma ampla, legado é a imagem ou resultado que fica, remetendo diretamente sobre como pessoas e organizações serão lembradas.

É claro que o que se deseja é ter um legado positivo, mas isto não é automático. Quando um legado não é planejado e construído de forma estratégica, abre-se a grande possibilidade de existir um legado negativo.

Pessoas e organizações privadas até podem não dar muita atenção para os seus legados (não deveriam, mas podem). Agora: líderes e partidos políticos; governos e organismos de finalidade social não podem se dar ao luxo de não se preocupar com seus legados. E por uma razão bem simples: as suas ações têm um fim e um sentido público e não privado.

Existem dois elementos fundamentais para a construção de um legado com alto potencial de lembrança: atitudes e produtos de imagem.

“Atitudes” traduzem a forma como as pessoas e organizações se relacionam com seus públicos estratégicos. Se próximas ou distantes. Transparentes ou não. Se competentes, trabalhadoras, respeitosas, democráticas, atenciosas ou totalmente o contrário. “Como” as coisas são feitas tem um impacto enorme no legado.

Já os “produtos de imagem” remetem diretamente ao que foi realizado por uma pessoa ou organização. Pode ser uma ação, um projeto, programa, uma lei, obra ou qualquer atividade ou realização, feitos não de maneira convencional, mas dentro de uma concepção de produto com potencial de construir uma imagem.

Um produto de imagem é uma marca de realização: tem nome forte, um propósito (diferenciado se possível), impacta diretamente na vida de pessoas e organizações e, fundamentalmente, promove experiências. Quando os produtos de imagem não são cuidadosamente pensados e executados surge a possibilidade de funcionarem como elemento delegado negativo. É caso, por exemplo, de como o produto de imagem “privatização” tem fixado ao longo de tantos anos um legado negativo ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

A interação e a execução estrategicamente planejada entre as “atitudes” e os “produtos de imagem” de um líder ou organização representam o caminho para a construção de um legado positivo. Cuidar destes dois elementos é uma das principais funções de um profissional projeto de marketing pessoal ou corporativo.

Então, quais são as suas atitudes? Quais são os seus produtos de imagem? Qual será o seu legado?

Requalificação da Beira Mar é o tema do Cena Pública desta segunda-feira

salmito cena pública

O secretário de Turismo de Fortaleza, Salmito Filho, o arquiteto Ricardo Muratori e a diretora de formação do Dragão do Mar, jornalista Beth Jaguaribe, são os convidados do programa Cena Pública, nesta segunda-feira (12), a partir das 22 horas, na TVC.

Com mediação do jornalista Cristian De Carli, os convidados debatem a requalificação da Beira Mar, como ainda a importância do Centro Dragão de Arte e Cultura para o turismo em Fortaleza.

O programa será reapresentado no domingo (17), a partir das 17 horas.

"Partidarizada pelo PT, Petrobras tem que ser reestatizada", diz Aécio

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) defendeu, nesta terça-feira (12), no seminário “Recuperar a Petrobras é nosso desafio”, a necessidade do Brasil reestatizar a Petrobras. “A Petrobras foi partidarizada excessivamente pelo PT”, disse o tucano. Para o parlamentar, os interesses políticos e eleitoreiros que da administração petista à frente da companhia são nocivos ao futuro da empresa. “A atual gestão puniu acionistas e gerou incertezas no mercado em relação a novos investimentos”, apontou.

Aécio lembrou que a Petrobras é um patrimônio de todos e que a ingerência petista tem comprometido a eficiência dessa que já foi a maior e mais valiosa empresa nacional. “Queremos devolvê-la aos brasileiros”, reiterou o senador.

(PSDB)

Justiça do Ceará fará mutirão para julgar processos na área do tráfico de drogas

“A juíza coordenadora do Grupo de Auxílio para Redução do Congestionamento de Processos Judiciais da Comarca de Fortaleza, Joriza Magalhães Pinheiro, deu início aos preparativos para mutirão de instrução e julgamento de processos de tráfico de drogas, que deverá ocorrer em agosto deste ano. Nesta semana, a magistrada esteve reunida com os juízes e diretores de secretaria das três Varas de Delitos de Tráfico de Drogas do Fórum Clóvis Beviláqua, para planejar a força-tarefa.

A magistrada informou que o próximo passo será buscar a parceria do Ministério Público, Defensoria Pública e Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Ceará. “A participação dessas instituições é essencial para o êxito da iniciativa”, ressalta. Segundo Joriza Pinheiro, além de julgamentos, o mutirão irá auxiliar também na realização de audiências. Será dada prioridade aos processos mais antigos, buscando assim proporcionar prestação jurisdicional mais célere.”

(TJ-CE)

Presidente da Federação Nacional dos Delgados da PF trabalha pela aprovação da PEC 37

57 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=CB-VeUThqmY[/youtube]

Delegados das Polícias Civil e Federal prosseguem mobilização em Brasília pela aprovação da proposta de emenda constitucional nº 37 (PEC 37). Trata-se de emenda constitucional que garante poder exclusivo de investigação para essa categoria, não estendendo tal função aos membros do Ministério Público. A pressão política entre os dois segmentos é grande no Congresso.

O presidente da Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal, o cearense Antonio Goes, garante que a PEC não está contra nada nem ninguém, porque apenas regulamenta o que está na Carta Magna.