Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Canindezinho ganhará um Centro Cultural

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), vai assinar, à 14 horas desta terça-feira, a ordem de serviço para a construção de um Centro Cultural, na Avenida Osório de Paiva, no bairro Canindezinho. A informação é da assessoria de imprensa do Paço Municipal.

A obra é uma das contrapartidas da Operação Urbana Consorciada Osório de Paiva (OUC-Osório de Paiva) que viabilizou a instalação do supermercado Atacadão.

(Foto – Divulgação)

Flamengo consegue liminar e Ninho do Urubu será reaberto

O Flamengo conseguiu hoje (11) liminar para reabrir o Centro de Treinamento (CT) George Helal, o Ninho do Urubu. O CT fica em Vargem Grande, zona oeste do Rio, e estava fechado desde 27 de fevereiro por determinação da Justiça. O fechamento ocorreu porque havia pendências no alvará de licença e habite-se junto à prefeitura.

Segundo a decisão da Justiça, estão liberados o uso dos campos de treinamento, da academia, e a sede administrativa. O refeitório também está liberado, mas não se pode cozinhar no local. Não está permitido o pernoite no Ninho do Urubu.

No dia 8 de fevereiro, um incêndio destruiu o alojamento das categorias de base do futebol do clube. Dez atletas, todos adolescentes, morreram e três ficaram feridos.

Traumas

Johnata Ventura, que teve 30% do corpo queimado, continua internado em uma clínica particular, depois de ter passado um período no Hospital Pedro II, especializado em queimaduras. Dois feridos Cauan Emanuel e Francisco Dyogo receberam alta na primeira quinzena de fevereiro.

A tragédia acendeu a luz de alerta sobre a infraestrutura e as condições dos centros de treinamento e alojamentos destinados aos atletas no país. No caso do Ninho do Urubu, as investigações apontam que o incêndio começou a partir do curto-circuito no sistema de ar-condicionado do alojamento.

Como o incêndio ocorreu por volta das 5 horas, muitos jovens estavam dormindo. Sobreviventes relatam o esforço para chamar os colegas que tinham o sono pesado, dez não conseguiram escapar das chamas.

(Agência Brasil)

Ex-secretário de Camilo Santana reforça equipe da OAB do Ceará

Will, de paletó cinza, diz estar pronto para a missão.

O advogado Will Almeida assumiu, nesta segunda-feira, como membro da Comissão de Políticas Públicas sobre Drogas da OAB do Ceará. O ato ocorreu na sede da entidade na presença do presidente estadual Erinaldo Dantas e do presidente da seccional de Iguatu, Danilo Passos, além do conselheiro estadual Marco Antonio Sobreira.

Will Almeida, que já foi titular da extinta Secretaria de Políticas sobre Drogas do Estado, cumprirá o triênio 2019-2021. Prometeu difundir ações no plano da conscientização sobre o problema das drogas não só em Fortaleza mas, também, no Interior.

(Foto – Divulgação)

Observatório da Indústria é apresentado para o empresariado do Pará

Guilherme Muchale, gerente do Observatório da Indústria da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), e Edvânia Brilhante, coordenadora do equipamento, participaram, nesta segunda-feira (11/3), de uma reunião na sede da Federação das Indústrias do Estado do Pará (Fiepa), em Belém.

Ali eles apresentaram o modelo do Observatório da Fiec e as soluções oferecidas. Na plateia, o presidente da Fiepa, José Conrado Azevedo Santos, diretores, além de superintendentes e gestores do Sesi e do IEL do Pará.

Muchale e Edvânia apresentaram a metodologia e resultados dos projetos, bem como o sistema de informação do Observatório e sua atuação no desenvolvimento da indústria cearense como contribuição que o Sistema S pode oferece ao setor industrial e à sociedade.

(Foto – Fiec)

Fortaleza será sede da Feira de Artesanato e Cultura do Brasil

1927 2

Seu Espedito Seleiro é um dos convidados especiais do evento.

Fortaleza receberá, no período de 29 deste mês até 7 de abril, no Centro de Eventos, a maior Feira de Artesanato e Cultura do Brasil (Fenacce). Será a primeira e atrairá para a capital cearense a arte produzida por artesãos de 25 estados brasileiros, além de 12 países.

“A expectativa de público durante o evento é de cerca de 50 mil pessoas, mas já estamos confiantes que, os cearenses, que tem o artesanato tão enraizado na cultura, e são tão calorosos e receptivos, eles vão abraçar o evento e que poderemos chegar até 100 mil visitantes em 10 dias”, afirma a coordenadora da Fenacce, Stella Pavan.

Alinhar artesanato, inovação e sustentabilidade será um dos pilares da feira. Os visitantes poderão conhecer de perto, por exemplo, como é possível transformar produtos recicláveis em peças artesanais, ajudando assim a reduzir o impacto ambiental.

A feira contará com cerca de 130 estandes com até 300 expositores. Além disso, a programação terá uma ala voltada toda para o compartilhamento de experiências através de palestras de artesãos renomados no mercado e oficinas, onde será possível aprender a fazer diversos trabalhos manuais. Para participar, basta que o visitante se inscreva antes de cada oficina.

Espedito Seleiro

Considerado um dos grandes nomes do artesanato mundial, o cearense nascido no município de Arneiroz terá participação na Fenacce. Com 80 anos a serem completados neste ano, o Mestre da Cultura, reconhecido pelo Governo do Estado e pelo Ministério da Cultura foi recentemente homenageado pela escola de Samba União da Ilha, do Rio de Janeiro.

O artesão será um dos expositores e ainda estará presente na feira.

SERVIÇO

*Horário- Das 16 às 22 horas (segunda a sexta-feira)

*Nos finais de semana das 14 às 22 horas

*Entrada: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (estudantes)

(Foto – Divulgação)

Fortaleza ganhará a Praça do POVO

A Praça Jornalista Demócrito Dummar, que fica em frente ao O POVO, no bairro Joaquim Távora, em Fortaleza, já tem data para ser inaugurada pelo prefeito Roberto Cláudio.

O ato ocorrerá a partir as 17 horas do próximo sábado, com uma programação artística e cultural.

Demócrito, bom destacar, presidiu o jornal O POVO por cerca de 40 anos.

(Foto – Dário Gabriel)

Servidores estaduais cobram reajuste salarial

638 6

Ei, Camilo!!!

Vários servidores estaduais indagam: “Governador, vai ter reajuste para categoria neste 2019? Se for afirmativo, quando finalmente sairá o anúncio, já que a data-base por lei é janeiro de cada ano?

Outra indagação dos servidores vai para a Secretaria do Planejamento: “Procede a informação de que enquanto não for anunciado oficialmente o índice de reajuste pelo governo, todos os processos de requerimento de aposentadoria em trâmite continuarão parados?”

(Foto – Divulgação)

No Ceará tem disso sim… Geoturismo e geoparque

Com o título “Geoturismo e geoparque”, eis artigo de Joaquim Cartaxo, arquiteto e superintendente estadual do Sebrae. Ele expõe a importância de um nicho turístico chamado geoparque. Confira:

Visitar locais de relevância geológica ou paleontológica, conhecer e desfrutar de manifestações culturais e contribuir para o desenvolvimento sustentável de um território: estes são princípios que caracterizam o geoturismo, atividade que é um dos três pilares de sustentação de um geoparque.

O que é o geoparque? A Unesco, que oferece a chancela para estes equipamentos em todo o planeta, conceitua geoparque como um local onde há determinado número de sítios geológicos com especial importância em termos de qualidade científica, raridade, apelo estético ou valor educativo. Segundo essa organização mundial, a maioria destes sítios presentes no território do geoparque deve fazer parte do patrimônio geológico, mas o seu interesse também pode ser arqueológico, ecológico, histórico ou cultural.

Para além da riqueza geológica, paleontológica e cultural, o geoparque configura-se como equipamento promotor de desenvolvimento territorial sustentado na busca da preservação do patrimônio geológico para futuras gerações (geoconservação); na promoção da educação, ensino e pesquisa sobre temas geológicos, paleontológicos e ambientais (geoeducação) e no estímulo à prática de um turismo que fortaleça a identidade da população com a região dela, impulsione a geração de empreendimentos e negócios locais voltados para hospedagem, artesanato, gastronomia, produção cultural (geoturismo).

Sem menosprezar os dois outros, o geoturismo é, na prática, o pilar fundamental para a sustentação de um geoparque e colaboração intensa com desenvolvimento do território onde ele está inserido. O geoturismo possui a capacidade de despertar na população o sentimento de valorização dos recursos ambientais e patrimônio cultural como elementos que podem contribuir para dinamizar a economia local. Por meio dele também é fomentada toda uma rede de pequenos negócios, em sua maioria, ligados aos segmentos da economia criativa. Em suma: natureza e economia criativa, associadas nas possibilidades de gerar oportunidades de negócios, trabalho, renda e obtendo como resultante o desenvolvimento sustentável do território.

*Joaquim Cartaxo,

Superintendente do Sebrae/CE e arquiteto.

Assembleia Legislativa debaterá a Nova Previdência

A Assembleia Legislativa vai promover debate sobre a proposta de reforma da Previdência Social do governo de Jair Bolsonaro. A iniciativa é do deputado Carlos Felipe (PCdoB), que defende aprofundamento dos itens da chamada “Nova Previdência”.

Carlos Felipe teme prejuízos para a classe trabalhadora.

O debate ocorrerá na próxima quinta-feira, a partir das 13 horas, no Auditório Murilo Aguiar.

(Foto – ALCE)

Produção de veículos no País cresceu 29,9% em fevereiro

Em fevereiro, a produção de veículos no país cresceu 29,9% na comparação com janeiro, e 20,5% na comparação com o mesmo mês do ano anterior. O dado foi divulgado hoje (11) pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Segundo a Anfavea, 257,2 mil veículos foram produzidos no país em fevereiro.

Também em fevereiro, 168.577 veículos leves novos nacionais foram licenciados no país. Somando-se também os veículos leves importados, foram licenciados 190.273 veículos.

Considerando-se o total de veículos (o que engloba veículos leves, caminhões e ônibus e incluindo também os importados) foram licenciados no país 198.641 veículos, queda de 0,6% em comparação a janeiro e aumento de 26,6% em comparação a fevereiro do ano passado.

(Agência Brasil)

Campos Sales ganhará uma estátua de Nossa Senhora da Penha

A cidade de Campos Sales (Região do Cariri Oeste) está investindo no turismo religioso.

Uma estátua de Nossa Senhora da Penha, padroeira, de 31 metros de altura, é erguida ali ao preço de R$ 1,3 milhão. O prefeito Moésio Loyola informa que conseguiu o apoio financeiro por meio de emendas de parlamentares.

Ele também vai investir na implantação de um parque de eventos, só que aguardando recursos do Ministério do Turismo.

(Foto – Paulo MOska)

 

Bolsonaro terá agenda intensa de viagens ao Exterior a partir deste mês

A agenda internacional do presidente Jair Bolsonaro começa intensa na segunda quinzena deste mês e prossegue até o próximo semestre. Além dos Estados Unidos, Chile, de Israel, há viagens programadas para o Japão e a China. Em pauta, desde a crise na Venezuela ao incremento das relações econômicas e comerciais.

No Japão, o presidente participará da Cúpula do G20 (que reúne as 20 maiores economias mundiais) em Osaka, que ocorrerá de 28 a 29 de junho. A viagem para a China está em fase de organização e deve ocorrer no segundo semestre. Bolsonaro disse que, nessa visita, pretende ampliar negócios e fronteiras.

Bolsonaro confirmou também que o presidente da China, Xi Jinping, virá ao Brasil para participar da 10ª Cúpula do Brics (grupo que reúne Brasil, Índia, China e África do Sul). A data do encontro será definida.

Neste mês Bolsonaro deverá ter reuniões com os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, e do Chile, Sebastián Piñera, e com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu.

A viagem aos Estados Unidos deve ocorrer entre 18 e 22 de março, sendo que o encontro com Trump está confirmado para o próximo dia 19, segundo comunicado da Casa Branca.

Dos Estados Unidos, Bolsonaro segue para o Chile, onde ficará até o dia 23, e no fim do mês, irá para Israel. A imprensa israelense informou que, de acordo com o Ministério das Relações Exteriores, a viagem do presidente ao país deve ocorrer entre 31 de março e 4 de abril.

Temas

A viagem do presidente a Israel é uma retribuição à visita, em dezembro, do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, ao Brasil e à presença dele na cerimônia de posse. Em janeiro, o israelense enviou um grupo de militares para ajudar nos resgates das vítimas do rompimento da barragem Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG).

No Chile, Bolsonaro deve participar do fórum Prosur, organizado pelo presidente chileno, que se destina a propor ações e acordos para a promoção do desenvolvimento na América do Sul. Segundo o presidente Sebastián Piñera, o fórum será um órgão “sem ideologias ou burocracia”.

A crise na Venezuela deve ser tema das conversas de Bolsonaro com Trump e também das reuniões no Chile.

(Agência Brasil)

SSPDS diz não dispor da estatística de resolutividade dos homicídios contra adolescentes

Com o título “Segurança Pública – SSPDS diz não dispor da estatística de resolutividade dos homicídios contra adolescentes”, eis a coluna do jornalista Thiago Paiva, no O POVO desta segunda-feira. Um questionamento às estatísticas da pasta. Confira:

Em 6 de agosto de 2018, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) anunciou que todos os homicídios cometidos contra crianças e adolescentes passariam a ser investigados com prioridade no Ceará. Atitude necessária, acertada e prevista na Constituição. Priorizar a apuração dos assassinatos dos nossos jovens é uma das recomendações feitas pelo Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência (CCPHA).

Entretanto, nem à época do anúncio, nem depois, a SSPDS informou como se daria a execução dessa prioridade, ou mesmo o acompanhamento do cumprimento da medida, que foi definida por meio de um ofício circular, emitido a todos delegados do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O documento foi assinado pelo diretor da unidade,
Leonardo Barreto.

Ocorre que agora, sete meses depois da divulgação, a coluna procurou saber a quantas andava essa iniciativa. No entanto, surpreendentemente, a SSPDS informou que não dispõe da estatística de resolutividade dos inquéritos por faixa etária. A pasta reconhece, portanto, que não tem como comprovar que a determinação está sendo seguida.

A situação é lamentável e curiosa, sobretudo em uma gestão que tanto se ufana dos investimentos em tecnologia voltada à segurança pública. Em tempos de Big Datas e Centros de Inteligência, a SSPDS foi incapaz de fazer tal levantamento e, desta forma, de cumprir com o nobre compromisso firmado.

Vale lembrar que o CCPHA foi instituído em 2016 e, à época, o órgão analisou, de maneira qualitativa, as estatísticas de morte violenta dessa população no Estado. Uma das conclusões do grupo foi justamente que a não responsabilização (indiciamento) dos autores dos homicídios acarreta em uma sensação de impunidade e, consequentemente, na reincidência nos crimes.

À coluna, o coordenador técnico do CCPHA, Thiago de Holanda, afirmou que o comitê não irá recuar na análise da execução da medida. O órgão irá monitorar o andamento dos inquéritos por meio do fluxo de processos que chegam à Justiça, caso a caso, levando em conta o tempo de investigação, fase de inquérito e indiciamentos concretizados. Holanda cobrou ainda que a SSPDS estabeleça mecanismos que permitam o acompanhamento dessas estatísticas, dando transparência às informações.

Voltando aos números, na resposta enviada ao O POVO, a SSPDS disponibilizou o restante da demanda solicitada. Foram encaminhados os números da resolutividade geral dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), que incluem todos os casos de homicídio doloso, feminicídio, lesão corporal seguida de morte e latrocínio. E o cenário não é bom.

Conforme os dados do Sistema de Gerenciamento e Elucidação de Homicídios (SGH) da Polícia Civil, em janeiro último, a solução dos crimes de homicídio no Ceará caiu pela metade, diminuindo dos 30%, registrados no mesmo período de 2018, para 14,8%, nos 31 primeiros dias de 2019.

O detalhe é que foi também em janeiro passado que o Ceará enfrentou o maior ciclo de ataques e atendados criminosos já registrado no Estado. E por determinação do secretário André Costa, o DHPP participou ativamente das investigações desses crimes em série. A apuração da 15ª onda de ataques foi priorizada. Já a investigação das mortes dos adolescentes, até agora, e ao que tudo indica, não.

Também em janeiro – período em que as facções criminosas impuseram um cessar fogo entre si, priorizando a guerra ao Estado -, assim como as estatísticas gerais de homicídios diminuíram, a epidemia dos assassinatos de adolescentes sofreu uma redução brusca no Ceará.

Naquele intervalo, 14 pessoas, com idade entre 12 e 17 anos, foram mortas. O resultado 75,4% inferior ao constatado em janeiro de 2018, quando 57 jovens foram assassinados.

O resultado reforça e demonstra o quanto as facções criminosas podem interferir nas estatísticas de criminalidade no Estado, e o quanto é importante identificar, punir e impedir a reincidência dos autores de crimes contra a vida. A priorização dessa apuração precisa sair do papel.

*Thiago Paiva,

Jornalista do O POVO.

Santa Casa de Fortaleza terá novamente Luiz Marques como provedor-mor

A Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza realizará, na próxima quinta-feira, às 9 horas, em sua sede, uma assembleia para escolha de sua nova diretoria.

Há, no entanto, uma definição: Luiz Marques, atual provedor, será reeleito.

Já a parte relacionada aos mordomos, virá com duas novidades: os ingressos de Beto Studart, que preside a Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), e a arquiteta Neuma Figueiredo, que, anualmente, realiza a Casa Cor Ceará.

(Foto – Paulo MOska)

Ceará ganha associação que lutará contra arbitrariedades praticadas no campo tributário

O empresário e advogado Arcelino Calado assumiu a presidência da Associação Nacional dos Contribuintes de Tributos, regional do Ceará. A entidade, que está iniciando suas atividades no País, terá, entre seus objetivos, lutar pela aprovação do projeto que cria o Código de Defesa do Contribuinte, recentemente entregue ao ministro da Economia Paulo Guedes. O presidente eleito no Estado iniciará uma maratona de reuniões junto aos parlamentares cearenses em busca de apoio.

Phillipe Silveira, diretor-executivo da associação, informa que a entidade terá ainda como objetivo atuar “de forma coletiva nas ações que visam a recuperação de tributos pagos indevidamente, bem como defender seus associados das arbitrariedades cometidas pelo fisco.”

A entidade promete criar um Canal de Atendimento para receber denúncias de eventuais arbitrariedades praticadas pela administração tributária. Cerca de 40 empresas de setores como indústria, atacadistas, varejistas e prestadores de serviço já solicitaram filiação.

SERVIÇO

*Associação Nacional dos Contribuintes de Tribuntos, no Cearpa – Avenida Dom Luis 807, 21ª Andar, Meireles, Fortaleza (ececassociacao@gmail.com).

Mercado financeiro eleva projeção da inflação deste ano

Instituições financeiras, consultadas pelo Banco Central (BC), aumentaram levemente a estimativa para a inflação este ano. A previsão para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 3,85% para 3,87%.

Em relação a 2020, a previsão para o IPCA permanece em 4%. Para 2021 e 2022, também não houve alteração na estimativa: 3,75%. As projeções estão no boletim Focus, publicação semanal elaborada com base em estimativas de instituições financeiras sobre os principais indicadores econômicos.

A meta de inflação deste ano, definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), é 4,25%, com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%. A estimativa para 2020 está no centro da meta (4%). Essa meta tem intervalo de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. Para 2021, o centro da meta é 3,75%, também com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual. O CMN ainda não definiu a meta de inflação para 2022.

Com a finalidade de controlar a inflação e alcançar a meta, o BC usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic. Para o mercado financeiro, a Selic deve permanecer no seu mínimo histórico de 6,5% ao ano, até o fim de 2019. Para o final de 2020, a estimativa para a taxa é 8% ao ano, assim como a previsão para 2021 e 2022.

A Selic, que serve de referência para os demais juros da economia, é a taxa média cobrada nas negociações com títulos emitidos pelo Tesouro Nacional, registradas diariamente no Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic).

A manutenção da Selic, como prevê o mercado financeiro neste ano, indica que o Copom considera as alterações anteriores nos juros básicos suficientes para chegar à meta de inflação.

Ao reduzir os juros básicos, a tendência é diminuir os custos do crédito e incentivar a produção e o consumo. Para cortar a Selic, a autoridade monetária precisa estar segura de que os preços estão sob controle e não correm risco de ficar acima da meta de inflação. Quando o Copom aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Atividade econômica

A estimativa para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – soma de todos os bens e serviços produzidos no país – foi ajustada de 2,30% para 2,28%.

Para 2020, a estimativa de crescimento do PIB subiu de 2,70% para 2,80%. Em 2021 e 2022, a expectativa segue em 2,50% de crescimento do PIB.

Dólar

A previsão do mercado financeiro para a cotação do dólar permanece em R$ 3,70 no final deste ano e em R$ 3,75, no fim de 2020.

(Agência Brasil)

Museu da Indústria inscreve projetos em seu edital de ocupação

O Museu da Indústria seleciona projetos artísticos e culturais que integrarão a sua pauta de programação 2019.

De acordo com a assessoria de imprensa da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), as inscrições são gratuitas e se estenderão até 31 deste mês de março.

SERVIÇO

Museu da Indústria – Rua Dr. João Moreira, 143 – Centro de Fortaleza.

*Mais Informações – (85) 32013901.

(Foto – Divulgação)

Bancada federal cearense e prefeitos afinam discurso para a Marcha sobre Brasília

238 2

Domingos Filho coordenou encontro com Nilson Diniz (Cedro), presidente da Aprece.

A bancada federal cearense tomou café, nesta segunda-feira, com cerca de 60 prefeitos. O encontro, sob o comando de Domingos Filho (PSD), coordenador da bancada, ocorreu na sede da Associação dos Municípios do Ceará (Aprece).

O objetivo foi fechar pauta de reivindicações dos prefeitos para a Marcha sobre Brasília, que ocorrerá em abril próximo. Muitos chefes de executivo municipais manifestaram preocupação com queda de arrecadação do FPM.

Participaram da reunião, além de Domingos Filho, os seguintes deputados: Capitão Wagner (PROS), Roberto Pessoa (PSDB), Eduardo Bismarck (PDT), Jaziel Pereira (PR), Denis Bezerra (PSB), André Figueiredo (PDT), José Guimarães (PT), Heitor Freire (PSL), Leônidas Cristino (PDT), Mauro Filho (PDT), Robério Monteiro (PDT) e José Airton (PT).

(Foto – Divulgação)

Seleção Cearense participa no Rio do Brasileiro de Vôlei Infanto-Juvenil Masculino

A Seleção Cearense Infanto-Juvenil de Vôlei Masculino embarcou, na madrugada desta segunda-feira, para o Rio de Janeiro onde, em Saquarema, participará do certame nacional da modalidade.

Os cearenses, que estrearão nesta terça-feira contra a Seleção de Pernambuco, estão no grupo da Primeira Divisão de Vôlei Infanto-Juvenil e brigarão, com mais seis Estados por duas vagas de acesso à Divisão Especial.

O técnico Max Coelho disse estar otimista com o grupo que, ano passado, mesmo com alguns desfaques, conseguiu a quinta colocação. O campeonato vai se estender até o próximo dia 16.

(Foto – Paulo MOska)

Novo presidente do BC recebe cargo na quarta-feira e fará seu primeiro pronunciamento ao mercado

O novo presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, fará o primeiro discurso oficial nesta quarta-feira (13), na cerimônia de transmissão de cargo, marcada para as 15 horas. A solenidade terá a presença de autoridades como o ministro da Economia, Paulo Guedes, e de convidados do mercado financeiro.

Depois de terem a indicação aprovada pelo Senado no último dia 26, Campos Neto e os novos diretores de Política Monetária, Bruno Serra Fernandes, e de Organização do Sistema Financeiro, João Manoel Pinho de Mello, tomaram posse no último dia 28. Campos Neto foi empossado em reunião privada no Palácio do Planalto. Os diretores receberam o cargo na tarde do mesmo dia, no Banco Central.

Um dos formuladores da política econômica do governo, Campos Neto havia sido indicado pelo presidente Jair Bolsonaro em novembro do ano passado. No entanto, ele e os novos diretores precisavam ser aprovados pelo Senado para poder assumir, o que estendeu a permanência do ex-presidente Ilan Goldfajn até o fim de fevereiro.

Mesmo antes de assumir o comando do BC, Campos Neto reunia-se regularmente com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e integrou a equipe brasileira que foi ao Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, em janeiro deste ano.

Durante a sabatina no Senado, Campos Neto defendeu a autonomia do Banco Central e afirmou que terá como foco estabilizar o poder de compra da população e assegurar um sistema financeiro sólido e eficiente.

Perfil

Nascido em 1969, Roberto de Oliveira Campos Neto é bacharel e mestre em economia pela Universidade da Califórnia. O novo presidente do BC tem longa trajetória no sistema financeiro, iniciou a carreira no Banco Bozano Simonsen e trabalhou no Banco Santander por vários anos.

Ele é neto do economista, diplomata e escritor Roberto Campos (1917-2001), defensor do liberalismo econômico, que participou do governo Juscelino Kubitschek e foi ministro do Planejamento do governo Castello Branco.

(Agência Brasil)