Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Prefeitos cearenses conhecerão programas da área agrícola do Estado

69 1

O secretário do Desenvolvimento Agrário (SDA), Nelson Martins, vai ter encontro nesta quarta-eira, a partir das 8 horas, com todos os prefeitos. O encontro, com o apoio da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), ocorrerá no auditório da Universidade do Parlamento Cearense, na Assembleia Legislativa. Na ocasião, o secretário apresentará as principais políticas e projetos que a SDA vai desenvolver em 2014.

Nessa lista, o Programa Água para Todos, o Projeto São José III, o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa do Leite, o Hora de Plantar, o Programa de Cisternas de Placa e de Produção, a política de Regularização Fundiária do Ceará, o Programa Por Resultados (P4R), o Projeto Produtivo e de Desenvolvimento de Capacidades Paulo Freire, desenvolvido através de empréstimo contrato pelo Estado do Ceará junto ao Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA).

Nelson Martins aproveitará o encontro para apresentar os dados gerais do Programa Garantia-Safra 2012 e a atualização dos dados das Prefeituras Municipais para que elas assinem o termo de adesão ao programa para 2013.

Varejo cresceu menos em 2012 do que nos dois anos anteriores

“O consumo no comércio varejista de todo o país aumentou 6,4% durante todo o ano de 2012, taxa inferior à registrada nos dois anos anteriores, segundo o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio. Em 2010, as vendas cresceram 9,6% e, em 2011, 7,8%. Considerando apenas o mês de dezembro de 2012, período de maior movimento nas lojas, houve alta de 2,8%. O resultado acumulado ficou próximo do registrado em 2009, ano posterior ao da crise financeira internacional, com efeitos sobre o desempenho dos negócios. Ainda assim, naquele ano, o movimento no comércio foi 6,1% superior ao de 2008.

Ao longo de 2012, houve maior demanda nos segmentos de material de construção (7,6%) e de móveis, eletrônicos e informática (7,7%). Nesses dois segmentos, as atividades foram estimuladas por incentivos fiscais, a exemplo do setor de veículos, motos e peças, cujas vendas cresceram 4,7%. O aumento só não foi maior por causa do elevado nível de inadimplência, justificaram os analistas da Serasa.”

(Agência Brasil)

Eudes Xavier que criar a Frente Parlamentar Mista em Defesa do DNOCS

96 1

O deputado federal Eudes Xavier (PT) já definiu as principais linhas de atuação parlamentar para o primeiro semestre deste ano. Seguindo sua assessoria de imprensa, ele priorizará o fortalecimento da luta em favor da reestruturação do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS).
Eudes Xavier explica que a autarquia enfrenta “uma grave crise financeira e de pessoal que, se não for solucionada o mais rápido, poderá trazer graves prejuízos para toda a região nordestina”.
O parlamentar petista comandará na Câmara Federal a instalação da Frente Parlamentar Mista em Defesa do DNOCS. Ele informa que vai percorrer os estados do Nordeste para debater o tema e buscar uma mobilização nacional em torno da reestruturação da autarquia.

Um comentário sobre a esquerda pré-diluviana brasileira

89 11

Com o título “A Intolerância da esquerda pré-diluviana”, eis artigo do professor universitário João Arruda. Ele entra na defesa de Ferreira Gullar que, em artigo, fez uma reflexão sobre o lulismo e sua contribuição para o País, apegando-se a afagos às desigualdades sociais em nome de popularidade. Confira:

O renomado poeta Ferreira Gullar, em artigo assinado no Jornal Folha de São Paulo, no dia 30/12/ 2012, ousou fazer uma despretensiosa reflexão sobre o lulismo e a sua contribuição para a consolidação da atrasada política brasileira.
A essência do seu questionamento se resumia em como explicar a manutenção da popularidade tão alta de Lula e de Dilma, ao ponto de viabilizar candidaturas de políticos reconhecidamente pouco competitivos, depois de grandes e sucessivos escândalos envolvendo os seus governos. O mais emblemático dos escândalos, o do mensalão, chegou a povoar o noticiário nacional por meses, sem que isso influenciasse os resultados eleitorais.

A justificativa mais plausível para essa inquebrantável popularidade estaria, segundo Gullar, nas condições sociais da grande massa de eleitores brasileiros, constituída de pessoas de poucas posses, de trabalhadores de baixa renda e de um grande universo de miseráveis. Segundo o seu raciocínio, esse contexto sociopolítico, dominado pela presença de eleitores carentes e temerosos de perder o pouco que conseguiram, forneceria as condições subjetivas para o surgimento e consolidação de políticos neopopulistas.

Nessa realidade, as lideranças petistas explorariam as acentuadas desigualdades sociais e estimulariam uma acirrada contradição entre pobres e ricos. Assim, sem nenhum escrúpulo, Lula tem aproveitado esse caldo de cultura para se nutrir, estabelecendo uma tríplice aliança composta pela massa de dependentes da Bolsa Família, setores populistas de direita ( malufistas ) e grandes seitas neopentecostais. Seria essa base social acrítica que garantiria o apoio quase incondicional a Lula e a Dilma Rousseff, acreditando que eles encarnam a luta contra a desigualdade, identifica-se com eles e, por isso, não podem acreditar que eles sejam corruptos.

Essa incursão sobre o lulismo foi o suficiente para que petistas e outras seitas de “esquerda”, como numa cruzada em defesa do seu Messias contra os hereges golpistas, passassem a execrar publicamente o ousado Ferreira Gullar. Blogs e redes sociais foram utilizados nessa missão reparadora, porém, sem o menor esforço de responder aos argumentos levantados. É assim que funciona o terrível patrulhamento político-ideológico, arma eficiente para inibir dissenções e para blindar fortemente os seus Messias.

Nelson Motta, em artigo no O Estado de S. Paulo, 04/01/13, indignado, respondeu à selvageria execradora. Ele diz: “A maneira mais estúpida, autoritária e desonesta de responder a alguma crítica é tentar desqualificar quem critica, porque revela a incapacidade de rebatê-la com argumentos e fatos, ideias e inteligência. A prática dos coices e
relinchos verbais serve para esconder sentimentos de inferioridade e mascarar erros e intenções, mas é uma das mais populares e nefastas na atual discussão política no Brasil.

A outra é responder acusando o adversário de já ter feito o mesmo, ou pior, e ter ficado impune. São formas primitivas e grosseiras de expressão na luta pelo poder, nivelando pela baixaria, e vai perder tempo quem tentar impor alguma racionalidade e educação ao debate digital. Acusavam Gullar, ex-comunista, de ter se vendido, porque alguém só pode mudar de ideia se levar dinheiro, relinchavam sobre a sua idade, sua saúde, sua virilidade, sua aparência, sua inteligência, e até a sua poesia. E ninguém respondia a um só de seus argumentos”.

É lamentável a postura da esquerda pré-diluviana. Os petistas e outras seitas ditas de esquerda, com um extremo ranço stalinista, não aceitam nenhuma crítica aos seus Messias “infalíveis”. Desqualificando as críticas, assumem uma clássica postura maniqueísta, onde os adversários são taxados de golpistas de direita ou de agentes do imperialismo. Ora, chega de intransigência desrespeitosa. Não existe golpe nem movimento golpista, isso é paranoia legitimadora. Mesmo porque a democracia brasileira está consolidada e a burguesia nunca ganhou tanto dinheiro como
no governo Lula.

No lugar de tergiversações, o que o PT e suas seitas auxiliares têm é que responder as suas imorais participações na trama corrupta conhecida como Mensalão. No mais, esse discurso anacrônico e reacionário, que tanto mal faz à
democracia brasileira, há muito deveria ter sido enterrado pela história.

* João Arruda,
Professor da UFC e Sociólogo.

O Sono dos Injustiçados

111 5

Eis o clique captado pelo nosso fotógrafo Paulo MOska. Por volta das 4h55min desta terça-feira, na área da avenida Eduardo Girão (Avenida do Canal), em Fortaleza.

Esse morador de rua, mesmo sob tantos riscos, não dispensou a dormida na boa rede cearense.

Sr. Prefeito! É hora de transformar as promessas em realidade

91 12

Com o título  “Temos prefeito”, eis artigo da professora e jornalista Adísia Sá. Ela relaciona uma série de “chagas da Capital” e que exigem providências do novo gestor. Ou seja, chegou a hora de transformar as promessas em realidade. Confira:

Este espaço não é só instrumento de “Boas festas” aos leitores, é, também, oportunidade para reavivar a atenção do prefeito Roberto Cláudio para as chagas da Capital, certa de que ele, na sua caminhada de campanha, percorreu a cidade de ponta a ponta e viu de perto as mazelas de Fortaleza.

Começo falando das nossas praças tomadas por vendedores de óculos experimentados na hora (quem fiscaliza?), barraqueiros de roupas feitas, fogareiros, sem esquecer os churrascos “preparados” na cara do consumidor. Já pensou, dr. Roberto Cláudio, como são preparadas essas carnes? Cadê a água para o asseio das mãos dos cozinheiros e consumidores, lavagem de panelas, pratos e talheres?

Aqui na Capital restaurante funciona debaixo de viaduto, como aquele em frente ao Hospital Antonio Prudente, com “cozinheiros” fazendo comida sem a mínima condição de higiene, gente comendo, carro passando, poeira levantando… Quem autorizou o funcionamento?

Quem fiscaliza?

E pastéis, cachorro quente, churrasquinho conduzidos na cabeça de vendedores e “armazenados” em caixotes, vendidos nas esquinas – faça sol ou chuva. Terra de ninguém, onde a população mais carente é ostensivamente desprezada, sem ter quem cuide de seu “comércio” e de sua saúde.

E deve existir um setor municipal responsável por esse serviço, talvez perdido no labirinto dos departamentos, da burocracia, envergonhando quem dele precise ou quem nele trabalhe.

Doutor prefeito, passada a euforia das comemorações da posse, empossados os seus auxiliares – quantos, meu Deus, perdidos nesse gigante sumidouro de dinheiro e tempo – é a hora de retomar o caminho do pedir de votos e traçar a rota das realizações. Promessa não é palavra ao vento, nem confete de Carnaval: é juramento, é honra posta à prova.

Sei que o senhor fez juramento a Hipócrates, quando de sua formatura de médico e o cumpre. Agora chegou a vez de outro, este feito publicamente, sob as vistas implacáveis dos fortalezenses, notadamente dos opositores – que não perdoarão seus deslizes, suas omissões. Como dizem: “ajoelhou, tem que rezar.” Pois começou a hora da reza: não pule uma linha, não salte uma vírgula. “Estamos de olho, dr. prefeito”.

Adísia Sá

adisiasa@opovo.com.br

Jornalista.

Dilma encerra recesso

51 3

“A presidenta Dilma Rousseff retorna hoje (8) a Brasília depois de um breve recesso na Base Naval de Aratu, na Bahia. A presidenta deve embarcar no começo da tarde, segundo o Palácio do Planalto. Dilma estava na Bahia desde o dia de 28 de dezembro, acompanhada da família, e passou o Réveillon nas instalações da Marinha.

Durante a estadia, Dilma encontrou os governadores de Pernambuco, Eduardo Campos, e o da Bahia, Jaques Wagner, com quem passeou de barco. A previsão era que a presidenta voltasse ao trabalho na quinta-feira (10), mas o retorno foi antecipado para hoje. O Planalto não informou o motivo da mudança de data.

A volta antecipada de Dilma ocorre na véspera da reunião do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), que avalia amanhã (9) a situação do suprimento de energia no país. O baixo nível dos reservatórios das hidrelétricas tem preocupado o governo.”

(Agência Brasil)

Operação Porto Seguro – Casa Civil conclui sindicância sobre os envolvidos

68 1

“A comissão de sindicância criada pela Casa Civil para apurar o envolvimento de servidores públicos na venda de pareceres técnicos para a iniciativa privada concluiu ontem (7) os trabalhos. O esquema foi denunciado pela Operação Porto Seguro, da Polícia Federal, em novembro do ano passado. O relatório final, que é sigiloso, foi protocolado na Secretaria Executiva da Casa Civil e encaminhado à Subchefia de Assuntos Jurídicos da pasta, que terá 20 dias para analisar o documento.

O grupo da Casa Civil foi criado como um desdobramento da operação. A data inicial para a conclusão dos trabalhos era 24 de dezembro, mas a Casa Civil pediu a prorrogação do prazo para ampliar as investigações e receber respostas de órgãos que foram consultados durante a apuração. A comissão apurou supostas irregularidades cometidas por servidores de órgãos como a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Agência Nacional de Águas (ANA), Advocacia-Geral da União (AGU) e Secretaria do Patrimônio da União (SPU).

Todos os servidores envolvidos no esquema desmontado pela PF foram afastados dos cargos em novembro, logo depois que a operação foi deflagrada. A PF indiciou 23 pessoas, e o grupo foi denunciado à Justiça pelo Ministério Público Federal.”

(Agência Brasil)

Nova diretoria da Associação dos Defensores Públicos toma posse na 6ª feira

91 1

A nova diretoria da Associação dos Defensores Públicos do Estado do Ceará (ADPEC), para o biênio 2013/2014, tomará posse na próxima sexta-feira, a partir da 19 horas, no Centro de Convenções do Complexo São Mateus (Torre Saúde). À frente, a defensora Sandra Sá.

Entre as principais metas da nova gestão, está o estreitamento da relação com os movimentos sociais do Estado, que, segundo a nova presidente da ADPEC, são importantes elos de ligação com a sociedade, sobretudo a população mais carente que é atendida pelos defensores públicos.

Nova diretoria:

Sandra Moura de Sá – Presidente
Leonardo Antônio de Moura Júnior – Vice-Presidente
Camila Vieira Nunes Moura – 1ª Secretária
Eduardo Antônio de Andrade Villaça – 2ª Secretário
Leandro Sousa Bessa – Tesoureiro
Sandra Dond Ferreira – Diretora Parlamentar
Elizabeth das Chagas Sousa – Diretora Jurídica e de Prerrogativas
Sâmia Costa Farias Maia – Diretora de Eventos
Aline Pinho Romero Vieira Paula – Diretora de Comunicação Social
Heitor Estrela Gadelha – Diretor do Interior
Maria Ocileide Fortes Ramos Saraiva – Diretora de Pensionistas e Aposentados
Raimundo Nonato Albuquerque Júnior – Conselho Consultivo e Fiscal
Patrícia de Sá Leitão e Leão – Conselheira Consultiva e Fiscal
Ermerson Castelo Branco Mendes – Conselheiro Consultivo e Fiscal

SERVIÇO

* Centro de Convenções do Complexo São Mateus – Avenida Santos Dumont, 5633, Papicu.

Mar avança na Praia da Taíba

146 2

O advogado Felipe Pontes manda nota, com foto, para o Blog, em tom de alerta e que diz respeito ao sério problema do avanço do mar no litoral cearense. Confira:

Caro Eliomar de Lima,

sou leitor assíduo do seu Blog e gostaria de dar um alerta. O mar está avançando na Praia da Taíba, localizada no município de São Gonçalo do Amarante, distante 70 quilômetros de Fortaleza. Desde outubro do ano passado, o mar vem avançando sobre casas, barracas e pousadas.

Diante da inércia do Poder Público, os próprios moradores improvisaram barreiras de contenção. No entanto, não é suficiente.

Sem mais,

* Felipe Pontes,

Advogado. 

Ano começa com gosto amargo de inflação

“O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), medido pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV), iniciou o ano em alta de 0,77% ante a taxa de 0,66% registrada no fechamento de dezembro. Sete dos oito grupos pesquisados apresentaram aumentos de preços, entre eles o de alimentação (de 1,26% para 1,57%), com destaque para hortaliças e legumes (de 2,91% para 5,35%).

No grupo despesas diversas, o IPC-S passou de 1,60% para 2,20%, com influência, principalmente, dos cigarros, cujos preços voltaram a subir (de 3,85% para 5,09%). Em educação, leitura e recreação, grupo que sempre ajuda a pressionar a inflação nesta época do ano, houve alta de 1,26% ante 0,64%, puxada pelos cursos formais que, na apuração anterior, tinham ficado estáveis e, neste levantamento, tiveram elevação de 1,81%.

Em saúde e cuidados pessoais, a taxa atingiu 0,58% ante 0,50%, com alta nas consultas médicas (de 0,27% para 0,65%). No grupo vestuário, o índice subiu de 0,60% para 0,64% e entre os itens que mais contribuíram para o aumento estão os calçados masculinos (de 0,77% para 1,18%).

Em transportes, ocorreu ligeira alta (de 0,33% para 0,34%), sob o efeito da recuperação de preço dos automóveis (de -0,17% para -0,10%). Nas despesas com comunicação, a taxa passou de 0,03% para 0,04. Entre os destaques do grupo estão a mensalidade para internet (de -0,05% para 0,49%). O único grupo com decréscimo foi habitação (de 0,42% para 0,26%), com a redução de intensidade de alta da tarifa de energia elétrica residencial (de 0,87% para 0,12%).

Os cinco itens com maior influência no IPC-S foram: refeições em bares e restaurantes (de 0,79% para 1,10%), cigarros (de 3,85% para 5,09%), aluguel residencial (de 0,67% para 0,66%), tarifa de táxi (de 8,54% para 5,11%) e plano e seguro-saúde (de 0,61% para 0,62%).”

(Agência Brasil)

Barbalha é a capital cearense dos festejos de Santo Antônio no Ceará

Agora é lei. O secretário estadual das Cidades, Camilo Santana, assinou, com o governador Cid Gomes e o secretário estadual do Turismo, Bismarck Maia, a sanção da lei que reconhece a cidade de Barbalha (Região do Cariri) como a Capital dos festejos de Santo Antônio no Estado do Ceará.

O objetivo da lei, de autoria da deputada Fernanda Pessoa (PR), foi reconhecer oficialmente o que já é tradição: Barbalha, com a festa do Pau da Bandeira, é o principal polo das festas de Santo Antônio no Estado.

Prefeitura perde recursos do MEC por falta de prestação de contas

78 2

A equipe do prefeito Roberto Cláudio (PSB) começou identificar os ralos na área da Educação.

Somente no mês de dezembro de 2012, o município de Fortaleza perdeu R$ 10 milhões que seriam repassados pelo Ministério da Educação, sendo R$ 6 milhões do Programa Mais Educação e R$ 4 milhões do PDDE (Programa Dinheiro Direto na Escola).

O motivo? A Secretaria de Educação de Fortaleza, na gestão Elmano de Freitas, não prestou contas de parcelas recebidas em 2011.

Mais um abacaxi para o prefeito Roberto Claudio repartir com o secretario Ivo Gomes.

Poupança – Depósitos superaram saques em 2012

“Os depósitos em poupança superaram os saques em R$ 49,719 bilhões em 2012, de acordo com dados do Banco Central (BC), divulgados hoje (7). Foi a maior captação líquida registrada na série histórica do BC, iniciada em 1995. Em 2011, o resultado ficou em R$ 14,186 bilhões e a maior captação líquida da poupança foi registrada em 2010: R$ 38,681 bilhões.

Para o professor de finanças da Faculdade de Informática e Administração Paulista (Fiap), Marcos Crivelaro, uma das explicações para o resultado recorde foi a mudança na regra de remuneração da poupança, em maio do ano passado. A medida estimulou os poupadores a manterem os depósitos antigos nas contas, por rederem mais do que aplicações novas. “Ficou como um investimento de longo prazo para as pessoas que não precisam retirar”, diz Crivelaro.

O governo definiu que os depósitos feitos até 3 de maio continuariam a ser remunerados pelas regras antigas – Taxa Referencial (TR) mais 0,5% ao mês. Os depósitos feitos a partir de 4 de maio de 2012 só têm a mesma regra de remuneração quando a taxa básica de juros, a Selic, for superior a 8,5% ao ano. Atualmente, a Selic está em 7,25% ao ano. Assim, a remuneração, pela nova regra, é 70% da Selic mais a TR.”

(Agência Brasil)

PDT usa máquina da SRT para perseguição política?

153 25

Com o título “Tempos de turbulência no PDT”, eis tópica da Coluna Política, assinada pelo jornalista Érico Firmo, nesta terça-feira no O POVO. Expõe como uma máquina oficial pode ser usada para perseguição política, segundo leitura feita por setores do PDT que questionam a cúpula estadual:

O PDT foi dos grandes vitoriosos nas últimas eleições, com o desempenho de Heitor Férrer no 1º turno e a adesão a Roberto Cláudio (PSB) no 2º. Hoje, contudo, há certa turbulência, em particular entre o ex-vereador Plácido Filho, que liderou a oposição a Luizianne Lins, e a cúpula estadual. Em 2008, a eleição de Plácido já foi surpresa. O favorito para se eleger ao lado de Iraguassu Teixeira era Márcio Lopes, hoje escolhido secretário municipal do Esporte e Lazer. Nos últimos anos, o então vereador acabou se aproximando do deputado federal Brizola Neto (RJ), adversário interno do presidente pedetista Carlos Lupi. Lupi a quem, por sua vez, o presidente do diretório cearense, André Figueiredo, é ligado. Na composição da equipe do novo prefeito, Plácido ficou de fora. Ontem, o Sindicato dos Trabalhadores da Saúde de Fortaleza (Sintsaf), dirigido pelo ex-parlamentar, foi alvo de fiscalização da Superintendência Regional do Trabalho (SRT). O órgão é dirigido pelo pedetista Júlio Brizzi. E houve estranhamento porque, ao invés de um fiscal, foi uma auditora que foi fazer a averiguação in loco. O episódio provocou mal-estar.

DETALHE – O titular do órgão, Júlio Brizzi, está voltando das férias nesta terça-feira.

Hospitais de Messejana e Albert Sabin sob nova direção

86 3

O Hospital Infantil Albert Sabin e o Hospital de Messejana ganham novos diretores. Os nomes foram definidos com base na lista de aprovados em seleção pública feita pela Secretaria Estadual da Saúde. Para a direção geral do Albert Sabin entrou a médica pediatra Marfisa de Melo Portela Aguiar, formada pela Universidade Federal do Ceará. Ela substitui Walter Frota, que assumiu a superintendência do IJF-Centro.

No Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart, entrou o médico cirurgião Ernani Ximenes Rodrigues. Ele ocupa o lugar deixada pela médica Socorro Martins, que é a secretária da Saúde de Fortaleza.

A posse dos novos gestores ocorrerá nesta terça-feira. Às 14h30min, a solenidade de posse será no Hospital de Messejana e, às 16 horas, no Hospital Albert Sabin.

 

 

Secretária da Saúde de Fortaleza inspecionará o setor de almoxarifado da pasta

Nada de visitar postos de saúde, nesta terça-feira. A secretária municipal da Saúde, Socorro Martins, informa: fará uma inspeção no Almoxarifado da pasta.

“Queremos ver como está a realidade nesse setor em termos de medicamentos e organização”, disse para o Blog a secretária.

Socorro Martins se diz estarrecida com o quadro de “abacaxi” que está encontrando na área da saúde. “É muita desorganização!”, reclama a secretária.

Ciro será comentarista esportivo durante a Copa 2014

97 5

O ex-governador Ciro Gomes (PSB) foi contratado pela rádio Verdes Mares, de Fortaleza, do Grupo Edson Queiroz. Segundo informa a coluna Panorama Político, de Ilimar Franco, na edição do GLOBO desta terça-feira, a contratação foi a peso de ouro.

Ciro vai ser comentarista esportivo e acompanhará a preparação da seleção brasileira para a Copa do Mundo de 2014 e os jogos da Copa das Confederações.

No passado, o ex-governador já havia exercido a função na rádio Educadora, de Sobral.

700 professores estão fora da sala de aula em Fortaleza

65 2

“Cerca de 700 dos 11 mil professores da rede pública municipal de Fortaleza que deveriam estar em sala de aula não estão exercendo essa função. A denúncia é do novo secretário de Educação da Capital, Ivo Gomes (PSB), que participou, ontem, de reunião entre membros da atual administração de Fortaleza e o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Dentre esses docentes, segundo o secretário, 100 ainda estão em estágio probatório. O número pode sofrer alterações, já que as informações recebidas pelo gestor ainda são parciais. “Estou tomando conhecimento de tudo”, frisou, ao ressaltar que encontrou a secretaria em uma situação financeira “muito complicada”.

Ivo Gomes, que se disse “animado” com o desafio de comandar uma das principais pastas da gestão do prefeito Roberto Cláudio (PSB), destacou que parte desses professores estão cedidos a outros órgãos do Executivo, à Câmara Municipal ou ao Poder Judiciário. A informação foi confirmada pela diretora do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação do Ceará (Sindiute), Gardênia Baima, que esteve reunida na manhã de ontem com o novo secretário.

Segundo a diretora, o município tem, ainda, professores cedidos ao Estado e a outros municípios da Região Metropolitana de Fortaleza. “Eles estão dentro das escolas, mas com outras responsabilidades, como de presidentes de conselho escolar ou no projeto Mais Educação. Isso, sem contar os que estão no programa Segundo Tempo, que deixavam a sala de aula para ir para o programa e os alunos da rede pública ficavam sem aulas”, apontou Gardênia. Na reunião com o Sindiute, o secretário adiantou que a Prefeitura convocará todos esses servidores para reorganizar o início do ano letivo, segundo a diretora, que está atrasado desde a última greve dos professores da rede pública municipal.

O POVO ligou para o celular do ex-secretário de Educação de Fortaleza, Elmano de Freitas (PT), mas as ligações não foram atendidas.”

(O POVO)

RC diz que situação financeira da Prefeitura de Fortaleza é "gravemente preocupante"

87 5

“Há cinco dias à frente da administração fortalezense e já a par do quadro financeiro que caíra em seu colo, o prefeito Roberto Cláudio (PSB) aponta a situação monetária deixada pela gestão Luizianne como “gravemente preocupante”. Contrariando o que mostrou o balanço financeiro apresentado pelo ex-secretário de Finanças Alexandre Cialdini, RC afirma que a Prefeitura foi assumida na última quarta-feira com dívidas que já ultrapassam o montante de R$ 282,2 milhões deixados em caixa.

Se na semana passada Cialdini afirmou que a gestão Luizianne Lins (PT) deixou apenas R$ 92 milhões de restos a pagar à atual administração, RC trazia outra versão sobre os caixas do Município na manhã de ontem. Segundo o novo prefeito, dezenas de fornecedores da antiga gestão já procuraram a nova administração nesta semana cobrando dívidas que se arrastam há meses. “Em menos de uma semana, já temos problemas muito graves diagnosticados. Aparecem dívidas que se acumulam e têm valores muito acima do suposto superavit anunciado pela antiga gestão. Mal assumimos e já estamos sendo cobrados por fornecedores que estão aparecendo diariamente nas secretarias”, queixou-se RC, em conversa com O POVO, enquanto fazia a 10ª visita aos postos de saúde da capital cearense.

De acordo com o novo prefeito, somente fornecedores da área de saúde cobram dívida atinge a cifra de R$ 150 milhões. Sozinho, o valor é superior à metade do montante deixado em caixa pela gestão Luizianne. Além dessa cobrança, há uma suposta dívida da Empresa de Limpeza Urbana (Emlurb) que já estaria acumulada em R$ 50 milhões.

Procurado pelo O POVO, o ex-secretário de Finanças, Alexandre Cialdini, esclareceu que os R$ 92 milhões de restos a pagar a que se referiu na semana passada tratavam-se apenas das dívidas empenhadas e que já foram liquidadas. “Apresentei o que manda a Lei de Responsabilidade Fiscal. Mas é possível que apareça uma série de outras dívidas. Caberá à nova gestão avaliar se são procedentes ou não”, explicou o ex-secretário. Diante do quadro, Roberto Claudio afirma que deverá estudar cada caso separadamente para, a partir daí, se ter uma noção real do tamanho da dívida deixada pela Prefeitura. “Por enquanto, o que temos em mente é que vamos entrar com medidas administrativas”, adiantou.”

(O POVO)