Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Governador e secretário distribuem convites para a inauguração da Arena Castelão

193 9

Manhã de sol na Praia do Futuro, banhistas para todos os lados e, de repente, uma blitz inesperada. O momento não era para fiscalizar ou punir, mas para convidar. Em mãos, um panfleto que informava que a inauguração da Arena Castelão já será no próximo domingo (16).

E a distribuição foi feita pelos principais gestores responsáveis pela reforma do equipamento, o governador do Estado, Cid Gomes, e o secretário especial da Copa do Mundo pelo Governo do Estado, Ferruccio Feitosa.

Logo cedo, neste domingo (9), a dupla estava posicionada no final da avenida Santos Dumont parando os motoristas e fazendo a convocação para o momento festivo, que contará, entre outras coisas, com a presença da presidente da república Dilma Rouseff e show gratuito do cantor Fagner. As atividades estão previstas para começar às 17h.

(O POVO Online)

No Dia Internacional de Combate à Corrupção, juiz defende mobilização da sociedade em favor da reforma política

Para que o Brasil avance no combate à corrupção é preciso que seja implementada a reforma política no país, avalia o juiz Marlon Reis, um dos coordenadores do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), rede com mais de 50 entidades nacionais. Para ele, a sociedade deve se mobilizar com esse objetivo, como fez para conquistar a aplicação da Lei da Ficha Limpa.

Reis, um dos idealizadores e redatores do texto legal, lembrou que a lei que impede a participação nas eleições de candidatos que sofreram condenação criminal por decisão de um colegiado é fruto de iniciativa popular. Cerca de 1,6 milhões de assinaturas foram reunidas em seu favor. Aplicada pela primeira vez nas eleições municipais deste ano, a Lei da Ficha Limpa barrou mais de 900 candidaturas em todo o país.

“Todo mundo fala que a reforma política é fundamental no país, então temos que começar a agir de acordo com essa convicção. Não se deve esperar pelo Congresso Nacional apenas, a sociedade pode se articular e se mobilizar para esse fim”, disse o juiz, que recebeu na última sexta-feira (7) um prêmio do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (Unodc) pelo seu trabalho no combate e na prevenção à corrupção.

 O reconhecimento foi feito em um evento, organizado pelo órgão em parceria com a Controladoria-Geral da União (CGU), que antecipou a comemoração pelo Dia Internacional de Combate à Corrupção, lembrado neste domingo (9).

(Agência Brasil)

Walter Cavalcante e o consenso da macro-política na Câmara Municipal de Fortaleza

77 9

Em artigo enviado ao Blog, o sociólogo e consultor político Luiz Cláudio Ferreira Barbosa analisa o que chama de “perfeita sintonia no início da futura gestão pública” entre o PMDB e o PSB. Confira:

O PMDB necessitava de uma compensação para equilibrar a sua aliança com o Partido Socialista Brasileiro no atual condomínio político-administrativo do governador Cid Gomes. A bancada de vereadores peemedebistas será agraciada com a presidência da Câmara Municipal de Fortaleza. A coligação PMDB – PSB em perfeita sintonia no início da futura gestão pública de nossa capital cearense.

O prefeito eleito de Fortaleza, o médico Roberto Cláudio (PSB), já começa a fazer um consenso político através da macro-política, pois o interesse era o equilíbrio das forças internas com o principal parceiro administrativo: o PMDB do senador Eunício Oliveira (PMDB). O diretório municipal de Fortaleza do Partido Socialista Brasileiro não tinha nome de consenso interno na bancada de vereadores, como também entre os seus pares legislativos na Câmara Municipal. A coligação PMDB – PSB irá definir a Mesa Diretora nos próximos dias, onde não haverá dissidência na base aliada parlamentar.

A indicação do vereador Walter Cavalcante (PMDB) para presidente do legislativo municipal, no biênio 2013 – 2014, foi trabalho silencioso entre o senador Eunício Oliveira (PMDB) e o governador Cid Gomes (PSB), numa decisão final do staff político do futuro prefeito de Fortaleza.

Roberto Cláudio deve construir uma relação saudável politicamente, com os vereadores, nos próximos dias. A eleição da Mesa Diretora na Câmara Municipal deve dar a dimensão exata da base governista e da bancada oposicionista. Esse ato político sela uma fase de boa relação política no campo administrativo do PMDB, com o seu principal parceiro na política estadual: o Partido Socialista Brasileiro.

No jogo de interesses que permeia a disputa, tudo fica na cozinha da Câmara e da Assembleia; diz jornalista

74 1

Em um ponto de vista sobre o processo de formação das mesas diretoras da Assembleia Legislativa e da Câmara Municipal de Fortaleza, no O POVO deste domingo (9), o repórter do Núcleo de Conjuntura do O POVO, Carlos Mazza, cobra transparência nas decisões tomadas na cúpula do Legislativo. Confira:

Acesas na “ressaca” do pós-eleições, as conversas sobre a formação das mesas diretoras do Legislativo costumam ficar à margem do debate político. Nas conversas de pé de ouvido e no jogo de interesses que permeia a disputa, tudo fica na cozinha da Câmara e da Assembleia.

Em péssimo exemplo de transparência, até a imprensa sofre para colher informações. A impressão que fica é de que as decisões tomadas na cúpula do Legislativo dizem respeito só aos deputados e vereadores. Conclusão mais falaciosa não há.

É ali, na mão de poucos entre poucos, que reside o controle da agenda do Executivo e o poder para mudar a cidade e o Estado. Essa “consideração” com o povo, aliada aos pífios desempenhos na criação de leis e fiscalização do Executivo, ajuda a explicar a falta de interesse dos cidadãos na disputa e as altas taxas de renovação do Legislativo a cada eleição.

Para as novas mesas que assumem ano que vem uma súplica: mais transparência, por favor.

Cientista político lamenta a concordância e a subordinação entre poderes

86 5

Em um ponto de vista sobre o processo de formação das mesas diretoras da Assembleia Legislativa e da Câmara Municipal de Fortaleza, no O POVO deste domingo (9), o cientista político e professor da Universidade Federal do Ceará, Valmir Lopes, a acentuação do “situacionismo político”. Confira:

O ruim pode sempre piorar. A teoria da divisão dos poderes nasceu para evitar a tirania, criando pesos e contrapesos de modo a impedir a concentração de forças políticas. O pensamento liberal foi o criador dessa ideia, mas a prática institucional demonstra a tendência à invasão de prerrogativas de um poder sobre o outro.

Essa tendência institucional agrava-se atualmente pela conjugação do situacionismo político. É o que vemos nos últimos anos no funcionamento dessas duas instituições, até a sociedade civil entregou-se ao governismo.

É triste uma sociedade não reconhecer o valor do debate democrático e preferir a concordância e a subordinação. A marca recente da política no Ceará tem sido o acentuado situacionismo político, chegando a ser maior do que no período autoritário. O situacionismo e o alinhamento de forças políticas geram o paradoxo do totalitarismo democrático.

Que falta nos faz o pensamento liberal!

A capacidade de construir uma agenda positiva

Da coluna Menu Político, no O POVO deste domingo (9), pelo jornalista Luiz Henrique Campos:

A capacidade de oferecer à sociedade a possibilidade de estar sempre lidando com uma agenda positiva de governo depende de vários fatores, mas, primordialmente, do perfil do gestor público. O ex-presidente Lula, que enfrentou por parte da imprensa sulista uma marcação cerrada, tinha como característica fazer a sua própria defesa, por entender como ninguém os anseios das classes menos favorecidas. Tanto isso é verdade que, quando apanhava demais no Congresso e na imprensa, Lula saia a viajar pelo País fazendo pessoalmente em seus discursos a propaganda de seu governo.

Aqui no Ceará, o governador Cid Gomes também tem um estilo próprio de montar a agenda positiva, prova disso, é a boa avaliação nesses seis anos de governo. Nesse período, os números da violência não melhoraram e muitos dos empreendimentos prometidos não avançaram, mas ele não perde a oportunidade de estar sempre apresentando com estardalhaço os feitos de governo. Foi assim com o Castelão, os dados da educação, o Metrô, o Centro de Feiras, entre outros.

Como já disse anteriormente, saber oferecer uma agenda positiva de governo depende muito do resultado das ações, mas deve fazer parte do perfil do gestor. Nesse sentido, se Luizianne teve dificuldade, até por seu perfil mais recatado de mostrar com pompa o que fez por Fortaleza, Roberto Cláudio parece estar indo no mesmo caminho do governador. Até agora, apesar de nada de concreto ter sido formalizado em termos de reforma administrativa ou medidas previstas para 2013, RC não tem perdido oportunidade de lançar boas notícias sobre a sua futura gestão.

Um exemplo claro disso se deu na última viagem à Brasília, há duas semanas, quando a presidente Dilma lançou a segunda fase do Brasil Carinhoso. O evento, marcado para a manhã de quarta-feira, contaria com a presença da prefeita Luizianne Lins. RC aproveitou o momento e foi um dia antes à capital federal. Depois da solenidade, onde teve direito a citação do nome por Dilma, reuniu-se com a bancada federal cearense e inclui R$ 200 milhões no orçamento para 2013. Já na sexta-feira, reuniu-se com o Ministério das Cidades, acertando futuras parcerias. De lá, foi para o sorteio da Copa das Confederações, em São Paulo, onde apareceu ao lado de Felipão e outros dirigentes do futebol nacional.

Enquanto isso, Luizianne, que tinha, além da solenidade com Dilma, compromissos com a ministra Miriam Belchior, segundo sua assessoria, deixou para viajar no dia do evento, teve problemas com o voo e não chegou a tempo do evento do Brasil Carinhoso. Além disso, também foi desmarcada a reunião com a ministra. No sábado, esteve em São Paulo, sua presença foi praticamente ignorada. Pequenas diferenças, que dizem muito do perfil do gestor e da gestão.

Dilma viaja à França para conversar sobre crise econômica, defesa e ciência e tecnologia

A presidenta Dilma Rousseff viajou neste domingo (9) para Paris, capital francesa, onde ficará até quarta-feira (12), depois segue para Moscou, na Rússia. Em Paris, Dilma deverá concentrar sua atenção em três temas: medidas para conter os impactos da crise econômica internacional, que atinge principalmente os países da zona do euro (17 nações que adotam a moeda única), questões relacionadas à defesa, pois os franceses negociam a venda de aviões caças para o Brasil, e ciência, tecnologia e inovação.

Dilma deve se reunir nesta segunda-feira (10) com o presidente da França, François Hollande. Ambos conversaram há seis meses, na Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, no Rio de Janeiro. Para negociadores franceses e brasileiros, um dos temas tratados será a venda de 36 caças franceses para o Brasil.

Em agosto, os ministros, Antonio Patriota, das Relações Exteriores, e Celso Amorim, da Defesa, se reuniram com autoridades francesas para conversar sobre o assunto. Os Rafale, da fabricante francesa Dassault, concorrem com os caças F/A-18E/F Super Hornet, da norte-americana Boeing, e com os Gripen NG, da sueca Saab. Mas o processo ainda está indefinido.

Na terça-feira (11), Dilma e Hollande participam do seminário Fórum pelo Progresso Social – O Crescimento como Saída para a Crise, promovido pelo Instituto Lula e pela Fundação Jean-Jaurès. A proposta do seminário, segundo organizadores do evento, é promover uma reflexão e analisar os desafios impostos pela globalização.

Participarão do seminário o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no dia 12, e o ministro da Fazenda, Guido Mantega. No total, foram convidadas 25 pessoas consideradas de destaque internacional. Lula participará da mesa redonda intitulada Reflexões para o Futuro e Mantega dos debates sobre justiça social em uma economia globalizada.

Durante a viagem à França, Dilma também quer conversar sobre a ampliação de parcerias com a França nas áreas de educação, ciência, tecnologia e inovação. Em discussão o programa Ciência sem Fronteiras. Depois, a presidenta segue para a Rússia onde deve permanecer até o final desta semana. A viagem à Rússia deve ser a última internacional de Dilma em 2012.

(Agência Brasil)

Vice Gaudêncio Lucena é homenageado pela União Cariri

Wagner Dantas (presidente), Graça Cruz (vice), Gaudêncio Lucena e Odival Limeira Lima (diretor)

O vice-prefeito eleito de Fortaleza, Gaudêncio Lucena (PMDB), foi homenageado na noite desse sábado (8), no Náutico Atlético Cearense, no bairro Meireles, pela Associação União Cariri.

Este ano, a festa prestou homenagem aos filhos e afilhados do município de Barbalha. Gaudêncio foi criado nessa cidade da região do Cariri.

Gaudêncio Lucena com o jornalista Edilmar Norões, filho de Barbalha e que também foi um dos homenageados durante a festa.

Também nesta festa nossa querida Socorro França, que é juazeirense, com Graça e Telma Cruz. O presidente da União Cariri, Wagner Dantas, foi bastante cumprimentado pela organização do evento que, em 2013, prestará homenagem ao município do Crato.

(Fotos: Paulo MOska)

Ministério Público do Trabalho premia melhores obras contra o trabalho infantil

61 1

O Ministério Público do Trabalho (MPT) premia na manhã desta segunda-feira (10), no auditório do anexo da Assembleia Legislativa, as 24 melhores obras contra a exploração do trabalho precoce de crianças e adolescentes. Este ano, mais de 300 trabalhos de quase 130 municípios cearenses concorreram ao Programa de Educação contra a Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Peteca), nas categorias desenho, pintura, esquete teatral, música, paródia, poesia de cordel, história em quadrinho e conto.

“A cada ano estamos comprovando um envolvimento maior dos alunos e dos professores com o projeto, tanto que a qualidade dos trabalhos só aumenta”, afirma Antonio de Oliveira Lima, coordenador estadual do Peteca. “Entre todos os trabalhos inscritos, restam três finalistas e apenas um sai vencedor, mas a nossa grande vitória é saber que sensibilizamos crianças e adolescentes contra essa violação do direito social tão grave que é o trabalho infantil. Este é o nosso maior troféu”, completou.

A iniciativa marcará a conclusão do quarto ano de desenvolvimento do Programa de Educação contra a Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Peteca), coordenado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT). O Programa foi lançado no final de 2008, com a capacitação de 82 educadores de 51 municípios, que se responsabilizaram por repassar o treinamento aos demais professores de suas cidades e levar a abordagem do tema trabalho infantil às salas de aula durante o ano letivo de 2009. A experiência, em 2012, alcançou 400 mil alunos, 15 mil professores, 2 mil escolas e está presente em 130 municípios de todo o Ceará.

“Trata-se de um programa de educação continuada que tem por objetivo promover a discussão sobre os direitos da criança e do adolescente, em especial quanto à proibição do trabalho infantil e à proteção do trabalhador adolescente”, diz o coordenador estadual do Peteca, procurador do Trabalho Antonio de Oliveira Lima.

Literatura Afro-Brasileira será debatida no Ipea

Resultado da iniciativa do Grupo de Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea da Universidade de Brasília (UnB), com o apoio do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a I Jornada de Literatura Afro-Brasileira Contemporânea propõe-se a debater e tratar dos problemas da autoria, da perspectiva, da linguagem e da recepção das publicações. O evento será realizado nesta segunda-feira (10), a partir das 8h30, em Brasília, e terá transmissão ao vivo pelo Portal Ipea.

Nas duas últimas décadas, foi possível observar um aumento de visibilidade da representação negra na sociedade – seja nos meios de comunicação de massa, nas artes, na música e na literatura, seja no campo acadêmico – e o questionamento de seu caráter “marginal” diante das formas de expressões dominantes.

De acordo com a técnica de Planejamento e Pesquisa do Ipea, Tatiana Dias Silva, as populações negras brasileiras têm buscado formas de falar de si e do mundo e um dos pontos fundamentais diz respeito à maneira como as questões de raça são tratadas pela Literatura e suas implicações para o desenvolvimento de políticas de promoção da igualdade racial.

(Ipea)

As estratégias de Dilma

Da coluna Concidadania, no O POVO deste domingo (9), pelo jornalista Valdemar Menezes:

Ainda que se considere compreensível a luta dos Estados não produtores por uma justa distribuição dos royalties do petróleo entre todos os entes federativos, desconfia-se que o empenho de alguns seja mesmo o de criar dificuldades ao Planalto e desgastar imagem de Dilma Rousseff, de modo a fragilizá-la com vistas à reeleição. Todos sabem que a questão não depende dela, mas da Justiça.

Dificilmente o STF deixará de dar razão aos atuais beneficiários, se o direito adquirido for ameaçado. No mínimo, a pendenga jurídica seria longa e com isso a economia do País sairia prejudicada pelo entravamento do setor petroleiro. Uma alternativa racional seria negociar com os estados produtores com vistas a um novo pacto federativo. Seria preciso lhes dar alguma compensação, durante o período de transição, inclusive, um prazo razoável para que possam adequar seus orçamentos à nova realidade.

Algumas forças poderosas veem na luta contra o veto a chance para sabotar a implementação do novo marco regulatório do petróleo (sistema de partilha e não mais de concessões e a criação de uma estatal para gerir os recursos do pré-sal) que não interessa a certos grupos privados nacionais e internacionais. A presidente propôs algo racional: todas as áreas de petróleo do pré-sal, ainda não licitadas, terão os royalties divididos da forma proposta pelo Congresso e deverão ser 100% aplicados no resgate da Educação brasileira. Pulverizados, não resolveriam os problemas de estados e municípios, enquanto que, destinados totalmente à Educação, extirpariam o maior entrave ao desenvolvimento do País.

Presidente do PT diz que partido não vai punir condenados do mensalão

46 3

O PT não pretende adotar medidas para punir seus filiados que foram condenados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) na Ação Penal 470, o processo do mensalão. A declaração foi feita nesse sábado (8) pelo presidente da legenda, Rui Falcão, após o encerramento de reunião do diretório nacional, em Brasília.

Segundo Falcão, os petistas condenados pelo Supremo seguem suas vidas normalmente, com todos os todos os direitos partidários assegurados. “Nós não vemos nenhum crime infamante, que é o que diz o estatuto [para uma punição]. E questionamos o caráter político do julgamento do STF, porque consideramos que não houve compra de votos nem tampouco a aplicação de recursos públicos”, informou.

Na linha de defesa dos petistas condenados e criticando as multas impostas pelo STF, o presidente do partido disse que está disposto pessoalmente a colaborar com o pagamento das multas. Segundo ele, o PT não irá bancar o pagamento das multas dos seus militantes, mas disse que já ouviu inúmeras manifestações de petistas dispostos a se cotizarem para os pagamentos.

“O PT não [vai pagar as multas]. Eu já ouvi manifestação de inúmeros companheiros que estão dispostos a se cotizar, até porque os companheiros não têm recursos para pagar essas multas, totalmente desproporcionais aos crimes que lhes são imputados”, disse. “Se houver manutenção das multas e a cotização e, se me pedirem uma participação, dentro dos meus meios eu vou contribuir”, acrescentou.

Em relação à perda de mandato dos deputados condenados pelo STF, o petista entende que cabe à Câmara o julgamento sobre a decretação da perda de mandatos.

Já na questão da possível posse do ex-presidente do PT, José Genoíno, como deputado federal no início de janeiro próximo, Rui Falcão alegou que a Constituição garante o direito do correligionário ser empossado e que “ninguém está questionando esse direito”.

Sobre a proposta do ex-ministro José Dirceu, um dos filiados que foram condenados pelo STF, de que o partido fizesse campanha contra o julgamento do mensalão, Rui Falcão disse que o próprio proponente retirou o pedido, “ante as manifestações de que o PT já vinha fazendo na defesa dos companheiros e que já havia divulgado nota dando seu posicionamento em relação ao julgamento da Ação Penal 470”.

Os integrantes do Diretório Nacional do PT aprovaram neste sábado a realização do 5º Congresso Nacional, marcado para fevereiro de 2014, com pauta que inclui realização de debate programático sobre os rumos do PT, um balanço dos dez anos de governo petista e também sobre o processo de eleição direta no partido para escolha dos dirigentes.

Também, nos dois de reunião, o diretório nacional deliberou sobre o apoio à política do governo federal de redução da tarifa de energia elétrica e à aprovação da Lei de Meios pelo governo da Argentina. Foi feito, ainda, um balanço do pleito eleitoral municipal deste ano. Segundo Rui Falcão, o encontro não tratou da Operação Porto Seguro da Polícia Federal.

(Agência Brasil)

Guia Industrial do Ceará 2012-2013será lançado dia 17 na FIEC

O Guia Industrial do Ceará 2012-2013 será lançado no próximo dia 17 de dezembro, às 18h30min, na Casa da Indústria, durante a reunião plena da Diretoria da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC). A edição, elaborada pelo Instituto de Desenvolvimento Industrial do Ceará (INDI), traz uma nova roupagem no design, nova lógica de pesquisa, acesso virtual e apresentará informações sobre mais de 5 mil empresas, ou seja, um acréscimo de 40% em relação à edição anterior.

Além do número superior de cadastros, os leitores poderão conferir outras novidades, como um guia bilíngue, em português-inglês, destaque no layout das páginas para as empresas sindicalizadas, como também o QR Code, código que permite escanear pelo smartphone e  identificar as informações sobre os 40 sindicatos associados à FIEC, de forma a incentivar a filiação de empresas não cadastradas nos sindicatos e no guia. Desta vez, serão colocados à disposição 3.000 exemplares impressos, além de acesso via internet, por meio de login e senha. O endereço eletrônico é www.sfiec.org.br/guiaindustrial2012.

No Guia Industrial do Ceará 2012-2013, um conjunto de informações cadastrais e econômicas da atividade industrial estará disponível. A ideia que presidiu sua elaboração foi reunir tais registros em uma edição impressa e também em um sistema virtual, interativo e de fácil utilização. No intuito de valorizar o setor industrial, o guia pretende suprir a demanda por informações de todos os segmentos, aproximando clientes e fornecedores e facilitando o networking comercial e institucional.

Segundo o presidente da FIEC, Roberto Proença de Macêdo, o guia é reconhecido como instrumento de consulta e relacionamento entre industriais. “Temos certeza que a publicação servirá de valioso subsídio na realização de bons negócios e no estudo do comportamento e dinamismo do parque industrial cearense”, diz Roberto Macêdo.

De acordo com o diretor do INDI, Carlos Matos, a nova edição é lançada em um momento bem oportuno: “Momento de retomada do crescimento da indústria, de fortalecimento do setor no país, de olhar firme para o futuro que nos convida a inovar e a apostar alto em novos projetos e desafios. Para isso, a publicação subsidia a todos de informações em busca de um conhecimento em prol da indústria cearense”.

Como adquirir

Investidores, clientes, fornecedores, governantes, estudantes e demais interessados na realização de bons negócios e no estudo do comportamento e dinamismo do parque industrial cearense poderão adquirir as versões impressas e digitais do guia.

(Fiec)

Elpídio retira candidatura à presidência da Câmara e diz que será primeiro-secretário na Mesa Diretora

90 9

O vereador Elpídio Nogueira (PSB) retirou oficialmente a sua candidatura à presidência da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Fortaleza, na noite deste sábado (8). Em contato com o Blog, o vereador informou que ocupará a primeira-secretaria. A primeira vice-presidência será de Jose´d Carmo (PSL) e a segunda vice-presidência está em negociação com o PT ou o PSOL.

Elpídio disse ainda que apoia o nome do vereador Walter Cavalcante (PMDB) à presidência do Legislativo Municipal.

Eunício Oliveira e Carlomano Marques voltam a ser amigos

106 6

Quase cinco meses depois do rompimento, o senador Eunício Oliveira e o deputado estadual Carlomano Marques, ambos do PMDB, voltaram a ser amigos. O encontro entre os dois peemedebistas ocorreu na noite dessa sexta-feira (7) e foi testemunhado por outros políticos.

Em julho deste ano, Carlomano enviou carta aberta contra o senador, diante do que chamou de “atitude burlesca, tonta e mofina” uma determinada ação de Eunício Oliveira. O deputado, no entanto, nunca esclareceu que ações foram essas.

“Não sou seu empregado e muito menos seu meirinho. Não faço parte do seu circo. Nunca beijei o nó da peia e, fique certo, nunca beijarei”, escreveu na época o deputado.

Brasileiros não devem descuidar da defesa do país, diz Celso Amorim

Mensagem da presidenta Dilma Rousseff, lida nesse sábado (8), na Escola Naval, no Rio de Janeiro, durante a formatura de 204 novos guardas-marinha, ressaltou que “o mar sempre esteve vinculado ao nosso progresso” e que os formandos, integrantes da turma Almirante Graça Aranha, “contribuirão diuturnamente” para a proteção naval e das populações ribeirinhas. A presidenta lembrou que 97% do comércio exterior do país passam pelo mar.

Presente à cerimônia de formatura, o ministro da Defesa, Celso Amorim, destacou a característica de pacifismo do Brasil, assegurando que, apesar disso, os brasileiros não devem descuidar da defesa do país. “Essa é uma atribuição dos novos guardas-marinha, que se formaram hoje após quatro anos de estudos, iniciados em 2009”, disse o ministro.

Em 2013, os guardas-marinha realizarão o Ciclo Pós-Escolar da Escola Naval, com duração de um ano, que será encerrado com viagem de instrução a bordo do Navio-Escola Brasil, onde irão complementar sua formação profissional-naval.

Com os novos formandos, sobe para 851 o efetivo de guardas-marinha da Escola Naval.

(Agência Brasil)