Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Fortaleza foi a quarta campanha mais cara do País

Elamno e RC.

“Se Roberto Claudio (PSB) e Elmano de Freitas (PT) tiveram as mais caras campanhas da história eleitoral fortalezense, o pleito desta Capital também figurou entre os mais caros do País em 2012. Diante das prestações de contas dos candidatos disponibilizadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), O POVO constatou que Fortaleza teve a quarta mais dispendiosa campanha eleitoral brasileira neste ano: foram exatos R$ 35.993.243,01 desembolsados pelos 10 postulantes cearenses.

Na comparação com as demais capitais, Fortaleza fica atrás apenas de São Paulo, Salvador e Belo Horizonte. Considerando a proporção de eleitores por cidade e o custo total das campanhas entre as 10 capitais com maior gasto eleitoral, a capital cearense teve o quinto mais caro voto do País, perdendo para Belo Horizonte, Salvador, Manaus e Curitiba. Aqui, a campanha eleitoral teve o custo de R$ 22,32 por eleitor.

Conforme O POVO mostrou na última quarta-feira, os dois candidatos à Prefeitura da capital cearense que disputaram o segundo turno em 2012 gastaram, sozinhos, R$ 30,2 milhões na campanha. O montante é cinco vezes maior que o volume total de despesas dos oito demais concorrentes derrotados no primeiro turno – R$ 5,7 milhões. Entre as cidades que tiveram gastos superiores aos de Fortaleza, a capital mineira foi a única que não teve segundo turno, conseguindo gastar, em pouco mais de três meses, bolada superior a R$ 45 milhões. Lá, o prefeito eleito Marcio Lacerda (PSB) injetou nada menos do que R$ 11 milhões a mais do que o segundo colocado na disputa, o petista Patrus Ananias.

São Paulo, campeã absoluta em despesas e receitas, conseguiu fazer campanha três vezes mais cara do que a de Salvador, segunda colocada no ranking. A capital paulista desembolsou montante superior a R$ 132 milhões. Sozinha, a campanha do prefeito eleito Fernando Haddad (PT) foi mais cara do que a campanha de todas as demais capitais brasileiras. O petista gastou R$ 67,9 milhões para se eleger prefeito. Derrotado no segundo turno, o tucano José Serra, desembolsou metade da bolada petista: R$ 33 milhões.

Terceira colocada no ranking das capitais que mais gastaram em campanha, Salvador aparece com custos que somam R$ 46,3 milhões. Com apenas seis candidatos na disputa, a capital bahiana teve quatro postulantes que ultrapassaram a cifra de R$ 1 milhão em despesas. Na briga, venceu o democrata ACM Neto, que teve também a mais cara campanha: foram R$ 21,9 milhões desembolsados – R$ 2 milhões a mais do que o segundo colocado na disputa, Nelson Pellegrino (PT).”

(O POVO)

Procuradoria Regional Eleitoral vai convocar partidos e Semam para uma faxina pós-campanha

O procurador regional eleitoral Márcio Torres vai comandar reunião, na próxima semana, com o secretário municipal do Meio Ambiente (Semam), Adalberto Alencar, e presidentes de partidos políticos.

O assunto, conforme adianta para esta Vertical, é um só: operação limpeza da cidade pós-eleições. Márcio diz que há muito muro ainda pintado com campanha de candidato, quando tal providência já deveria ter sido adotada pelas agremiações.

Ele não fala em punições. Prefere dizer que a ordem é convocar para uma limpeza geral e evitar o que ainda se verifica em pontos de Fortaleza: muros expondo propaganda ainda de candidatos da última eleição para deputado, de 2010.

(Coluna Vertical, do O POVO)

Festa de Réveillon continua indefinida

76 1

“Se, em 2011, quando outubro ainda não tinha terminado, a Prefeitura de Fortaleza já divulgava Ivete Sangalo como uma das atrações do Réveillon da Capital, novembro de 2012 se encerra sem que a festa popular esteja completamente definida. A um mês do evento, não estão fechadas a empresa que montará a estrutura de apresentações e as atrações musicais. Também não há edital para contratar o show de fogos de artifício – símbolo da virada do ano.

O Réveillon virou imbróglio político, no começo deste mês. Em entrevista coletiva no dia 13, a prefeita Luizianne Lins (PT) disse que dependia de garantias “políticas e jurídicas” para realizar a festa. Com isso garantido dois dias depois pelo prefeito eleito Roberto Cláudio e pelo governador Cid Gomes, ambos do PSB, a Prefeitura publicou, no dia 19, edital para contratar “empresa especializada na execução de montagem e desmontagem” de estruturas na Praia de Iracema, em Messejana e no Conjunto Ceará.

Os envelopes com documentação e preços das concorrentes serão abertos na manhã do dia 19 de dezembro. Se a contratação não se resolver nesse dia, pode não haver tempo suficiente para a festa. Quem alerta é a advogada Adriana Cruz, presidente da Comissão de Acompanhamento de Licitações e Contratos da OAB-CE.

“Só pode ser no mesmo dia (a divulgação da vencedora) se todas as empresas abrirem mão de prazo recursal. E, obrigatoriamente, tem que abrir (os envelopes com as propostas) tudo no mesmo dia”, diz. As propostas da licitação não poderão passar de R$ 2,55 milhões. A advogada lembra que contratar as atrações não exige licitação.

Atrações

A Secretaria do Turismo de Fortaleza (Setfor) informou, por meio da assessoria de imprensa, que a licitação segue os trâmites normais e as atrações musicais estão sendo negociadas. O POVO tentou ouvir algum representante do Município, mas a pessoa indicada, segundo a Setfor, estava em Brasília e não poderia dar entrevista. As atrações só serão divulgadas quando os contratos estiverem assinados. O edital para o show de pirotecnia ainda não tem previsão de lançamento, segundo a Setfor.”

(O POVO)

Que tal Waldonys, o afilhado de Gonzagão?

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=H2aSCxu-2lI[/youtube]

Por iniciativa de Inácio Arruda (PCdoB), o Senado promoverá segunda-feira que vem, em suas dependências, dois eventos em homenagem ao centenário de nascimento de Luiz Gonzaga. Pela manhã, no Salão Negro, haverá a apresentação da Orquestra Sinfônica de Teresina (PI) e do multiartista João Claudio Moreno. Eles mostrarão o espetáculo “Cantata Gonzaguiana”, que une sinfonicamente o popular e o erudito em Gonzaga.

Depois, no plenário da Casa, o cantor e sanfoneiro Waldonys e o ator e músico Chambinho do Acordeom, que interpreta Gonzagão no cinema, darão um toque especial a uma sessão especial ao “Rei do Baião”. Waldonys é afilhado de Gonzagão.

Defesa Civil Nacional receberá homenagem

“O secretário Nacional de Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional, Humberto Viana, vai receber a -Medalha Mérito da Defesa Civil do Estado do Rio de Janeiro’, nesta sexta-feira, às 9 horas, no auditório do Palácio Guanabara (RJ). A condecoração é destinada a agraciar autoridades, personalidades, voluntários e representantes de instituições governamentais e não governamentais pelos serviços prestados ao sistema nacional de defesa civil.

Entre as principais ações da Integração Nacional, no âmbito da defesa civil, estão as medidas para a redução de riscos de desastres naturais em todo o território nacional. No último domingo, por exemplo, os moradores do Complexo do Alemão (RJ) participaram do simulado realizado pela Secretaria Nacional de Defesa Civil. Outros estados como Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná também recebem o treinamento nos próximos dias.

O simulado conta com os mesmos procedimentos previstos em caso de enchente ou deslizamento de terra, como a emissão de alertas aos moradores, acionamento de sirenes, retiradas das pessoas de casas situadas em terrenos vulneráveis e cadastramento das famílias em abrigos estabelecidos previamente.”

(Secretaria Nacional de Defesa Civil)

Jornalismo rejuvenesce

Eis aí o jornalista cearense Sílvio Leite, nome dos mais conhecidos da imprensa em Brasília. Está na cidade para compromisso social. Aproveita, claro, para rever amigos.

Silvio é da geração de profissionais como Tarcísio Holanda e Lustosa da Costa (falecido). Do alto dos seus 75 anos, diz estar renovando o espírito e buscando novos projetos.

Não se esqueceu de perguntar pelo amigo Macário Batista, no que soltou: “Cadê o tio, Eliomar? Diga para o Maca que estou na terra!”

(Foto – Paulo MOska)

Expectativa de vida do brasileiro chega a 74 anos e 29 dias

A expectativa de vida dos brasileiros chegou a 74 anos e 29 dias em 2011, revelou nesta quinta-feira (29) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Nos últimos 11 anos, a taxa avançou em média 4 meses por ano.

Com base no Censo, o órgão constatou que o brasileiro ganhou 3 meses e 21 dias de esperança de vida em 2011, em relação à taxa verificada no ano anterior, de 73,76 anos. Na comparação com 2000, o ganho foi de três anos, sete meses e 29 dias.

(Agência Brasil)

“Aventuras do Didi” e “Casseta & Planeta Vai Fundo” saem da grade da Rede Globo em 2013

Renato Aragão deve montar novos projetos.

“A Rede Globo confirmou nesta quinta-feira a extinção de dois programas em 2013. O dominical Aventuras do Didi, apresentado pelo humorista Renato Aragão, vai ao ar pela última vez em 3 de fevereiro. A equipe grava o episódio derradeiro nesta quinta-feira. Segundo a emissora, Aragão já negocia a participação em novos projetos. Ainda não se fala em um novo programa solo, no entanto.

Como VEJA havia adiantado, o humorístico Casseta & Planeta Vai Fundo também vai deixar a grade do canal. O programa vai se despedir do público em dois especiais de fim de ano. Em comunicado oficial, a emissora explica que o horário ocupado por Aventuras do Didi deverá ter novos programas em vez de uma atração fixa. Os humoristas do Casseta devem fazer participações em outros programas da emissora.”

(Veja Online/Divulgação)

PSB comemora acordo que garantiu uma mesa eclética para a Assembleia Legislativa

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=fQleKjup-E4&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=4&feature=plcp[/youtube]

O PSB comemora a formação de uma mesa eclética que, a partir de janeiro, vai gerir os destinos do Poder Legislativo do Ceará. No próximo dai 4, haverá e eleição da mesa que, nesta quinta-feira, foi apresentada oficialmente durante sessão do legislativo.

O deputado Sineval Roque, que está como terceiro vogal da futura mesa diretora, destaca o trabalho político de Zezinho Albuquerque (PSB), o próximo dirigente do legislativo estadual, e do prefeito eleito de Fortaleza, Roberto Cláudio, que deixa o comando da Assembleia.

Requião defende ‘royalties’ para educação e pede mudanças no modelo econômico

Mesmo apoiando a proposta defendida pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, em audiência na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), de destinação de 100% dos recursos advindos dos royalties do petróleo para a educação, o senador Roberto Requião (PMDB-PR) declarou a que a medida não alteraria o modelo  econômico do país. Ele defendeu medidas mais radicais.

Segundo o parlamentar, com a garantia dos royalties para a educação, o governo não precisaria mexer no superávit primário – esforço para o pagamento de juros da dívida – para atingir a meta de destinar 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para a educação, o que, de acordo com Requião, fez com que “os banqueiros e os bancos brasileiros batessem recordes do livro Guinness”.

– Acredito que nós devemos estabelecer vinculações orçamentárias ao tempo em que vinculamos a destinação progressiva dos royalties para a educação – disse o parlamentar.

Na avaliação do senador, apesar de avanços no campo social promovidos pelos governos de Lula (2003-2010) e e da presidente Dilma Rousseff, o modelo econômico adotado pelo país está esgotado.

– Nós temos que pensar, sim, na vinculação do royalty, nesse indicativo, nessa meta de 10% do PIB [para a educação], mas nós não podemos pensar que vamos resolver o problema da educação só com isso. Temos que mexer no modelo econômico de uma vez por todas, se não vamos nos transformar eternamente numa grande fazenda produtora de commodities e num país fornecedor de mão de obra barata – afirmou.

(Agência Senado)

Câmara Municipal de Fortaleza vai debater Plano Nacional de Educação

O Projeto de Lei Complementar 103/2012, que institui o Plano Nacional de Educação (PNE) para o decênio 2011-2020, será debatido pela Câmara Municipal de Fortaleza nesta sexta-feira, às 9 horas. O presidente da Casa, Acrísio Sena (PT), autor da iniciativa, anuncia a participação do senador José Pimentel (PT), relator da matéria na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado.

O projeto do PNE já foi apreciado na Câmara dos Deputados em 16 de outubro. O Plano composto por diretrizes e metas, visam à qualidade da educação no país, tendo como foco a valorização dos professores, a universalização do ensino e ampliação dos recursos para a área. Na questão do financiamento da educação no Brasil, os deputados aprovaram o investimento de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) na área, de forma progressiva. A proposta enviada pelo Executivo Federal em 2010, estipulava 7% do PIB, aumentando em quase 50% o valor empenhado atualmente pela União, que é de 5%.

Com 20 metas para um prazo de dez anos, o PNE propõe uma série de avanços no setor, como a garantia de vaga na educação infantil e nos ensinos fundamental e médio, até 2016, para todos os brasileiros entre 4 e 17 anos. Dentre as especificações das metas temos a alfabetização de crianças até, no máximo, os oito anos de idade, oferecer educação em tempo integral em 50% das escolas públicas, e erradicar, até 2020, o analfabetismo absoluto e reduzir em 50% a taxa de analfabetismo funcional.

Governadores pedem a Dilma que não vete texto sobre rateio dos royalties do petróleo

“Os governadores do Ceará, Cid Gomes, de Santa Catarina, Raimundo Colombo, e do Pará, Simão Jatene, defenderam nesta quinta-feira (29) que a presidente Dilma Rousseff não vete nenhum artigo do texto aprovado pelo Congresso Nacional que assegura distribuição dos royalties do petróleo para todos os estados não produtores. Os governadores não acreditam, no entanto, que, mantida a tendência da presidente de vetar parte do texto que muda a distribuição dos contratos atuais, seja possível conseguir no Congresso a derrubada do veto.

“Nunca vi um veto presidencial sequer ser apreciado pelo Congresso, muito menos ser derrubado”, conformou-se Cid Gomes,lembrando que apelou de todas as formas, individual ou coletivamente, à presidente, em defesa do interesse da maioria do País, e que a presidente tem em mãos um abaixo-assinado dos governadores pedindo a manutenção do texto aprovado.”

(Blog do Magno Martins)

Câmara dos Deputados – Comissão rejeita regras para publicidade de guloseimas

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio da Câmara Federal rejeitou o Projeto de Lei 1637/07, do deputado Carlos Bezerra (PMDB-MT), que institui regras para a publicidade de alimentos com elevados teores de açúcar, gordura saturada, gordura trans ou sal, além de bebidas com baixos valores nutricionais, como refrigerantes.

Entre outras medidas, o projeto limita a veiculação de propagandas ao horário de 21 horas às 6 horas na televisão e na internet, sendo proibida a transmissão durante programação infantil. O texto também proíbe a veiculação em escolas e em material escolar.

O objetivo do projeto é atacar a obesidade infantil. O relator na comissão, deputado Damião Feliciano (PDT-PB), no entanto, recomendou a rejeição da proposta. Ele argumentou que há empresas que já adotam práticas de restringir os anúncios de produtos que seriam enquadradas na norma.

Para Feliciano, mais importante que proibir ou restringir a publicidade é adotar uma política de educação alimentar e de incentivo à prática de atividades físicas. “A educação dos consumidores fará com que, mantida a liberdade econômica, o consumo de tais produtos seja rejeitado”, acrescentou.

(Agência Câmara de Notícias)

Eunício Oliveira cobra de novo solução permanente para enfrentamento da seca

O senador Eunício Oliveira (PMDB-PE) cobrou uma solução estrutural e permanente para a seca no Nordeste, o que permitiria a convivência com o semiárido. Ele citou como exemplo a transposição do Rio São Francisco. “A vitória de países como Israel, que enfrenta uma secura pior que a nossa, mostra que ninguém está fadado a morrer de fome e de sede porque chove quase nada durante todo tempo”, disse, em pronunciamento nesta quinta-feira.

Para Eunício Oliveira, a solução para o problema da seca passa pelos novos critérios de distribuição dos royalties do petróleo, pelos quais todos os estados brasileiros, e não só os produtores, serão beneficiados financeiramente. Ele disse que, ao sancionar o projeto a presidente Dilma Rousseff “garantirá para si um lugar único na longa e dura história da emancipação econômica e social do povo nordestino”.

Eunício Olieira informou que quase todos os municípios do Ceará encontram-se hoje em estado de emergência. O estado atravessa a pior seca das últimas décadas e 174 dos seus 184 municípios estão em situação especial devido à estiagem, o que garantirá a mobilização do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil, em âmbito local.

Segundo o senador, 49 açudes no estado encontram-se abaixo da sua capacidade, dada a evaporação mais rápida em razão das temperaturas superiores a 40 graus, o que compromete o abastecimento e provoca a morte dos rebanhos. O senador acrescentou que a presente seca no Ceará reavivou a figura lendária do retirante, dada a quantidade de pessoas que se encontram à beira das estradas para fugir da estiagem. “A triste imagem voltou a ser vista. Quem ainda conseguiu comprador para o gado para sobreviver, desfaz-se dos animais, reúne os pertences, a família, abandona o sítio, os parentes, rumo a futuro de insegurança nas cidades”.  lamentou.

(Agência Senado)

TRANSPOSIÇÃO – O problema, caro senador, é que a Transposição, citada pelo senhor como solução, está tão demorada…

Peso dos impostos sobre a economia bate recorde em 2011 e atinge 35,3% do PIB

Mais de um terço de tudo o que o Brasil produziu em 2011 foi para os cofres públicos. Segundo números divulgados nesta quinta-feira (29) pela Receita Federal, a carga tributária no ano passado correspondeu a 35,31% do Produto Interno Bruto (PIB), crescimento de 1,78 ponto percentual em relação a 2010, quando a carga havia atingido 33,53%, o maior percentual já registrado. Até agora, a maior carga tributária havia sido registrada em 2008, quando o percentual alcançou 34,54%.

O número corresponde à arrecadação da União, dos estados e municípios, dividida pelo PIB, que é a soma de tudo que é produzido no país. De acordo com a Receita Federal, o crescimento da carga tributária resultou da combinação do crescimento de 2,7% do PIB no ano passado e da expansão real (descontada a inflação) de 8,15% da arrecadação tributária nos três níveis de governo.

Apesar do aumento da arrecadação, a Receita alega que o incremento da carga tributária decorreu muito mais do crescimento da economia do que da elevação de impostos e contribuições. De acordo com o Fisco, isso pode ser comprovado pelo fato de que, no ano passado, não foram observadas medidas legislativas relevantes para aumentar a carga tributária.

Segundo a Receita Federal, a elevação da renda do brasileiro e a formalização do mercado de trabalho foram os principais fatores que impulsionaram a arrecadação no ano passado. Somente o Imposto de Renda teve impacto de 0,52 ponto percentual no aumento da carga tributária, influenciado pelo aumento da massa salarial e pela recuperação dos investimentos em aplicações financeiras. Em segundo lugar, veio a contribuição para a Previdência Social, com impacto de 0,31 ponto percentual.

O bom desempenho do comércio, cujas vendas se mantiveram aquecidas no ano passado, refletiu-se na arrecadação da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins), tributo ligado ao faturamento. A arrecadação da Cofins representou 0,20 ponto percentual do crescimento da carga tributária em 2011.

Os tributos federais foram os que mais pesaram no bolso do brasileiro, correspondendo a 24,73% do PIB em 2011. Em 2010, esse percentual havia atingido 23,15%. Os tributos estaduais representaram 8,63% do PIB, índice praticamente estável em relação a 2010, quando os tributos estaduais haviam alcançado 8,53% do PIB. A carga tributária dos municípios subiu de 1,85% do PIB, em 2010, para 1,95% no ano passado.

Receita rebate

De acordo com a Receita Federal, a carga tributária brasileira é mais baixa que a da maioria dos países da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), grupo composto principalmente por países desenvolvidos. O peso dos tributos no Brasil é menor que o de 16 países do bloco. Os tributos respondem por 48,2% do PIB na Dinamarca, 45,8% na Suécia, 43,8% na Bélgica, 43% na Itália e 42,9% na França.

Apesar disso, o peso dos impostos sobre a economia brasileira é maior do que nos Estados Unidos, onde a carga tributária somou 24,8% em 2010, e em países emergentes como o México, cuja carga atingiu 18,1% do PIB. Como os dados dos outros países estão desatualizados, a Receita Federal fez a comparação com 2010.

(Agência Brasil)

Desembargador Jucid Peixoto do Amaral consegue julgar quase três mil processos

365 2

O desembargador Jucid Peixoto do Amaral, da 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), relatou mais de mil acórdãos de mérito, de janeiro a novembro do ano em curso. Desde que ingressou na Corte, em fevereiro de 2010, julgou aproximadamente três mil processos.

O magistrado considerou que um dos maiores desafios foi analisar e julgar ações que lotavam 11 estantes. Os acórdãos julgados, bem como as decisões monocráticas, foram encadernados em 51 volumes. Nesta quinta-feira (29), ele formalizou a devolução dos armários vazios para o Setor de Patrimônio do TJCE. ”Isso só foi possível porque contamos com a colaboração de toda a equipe de nosso Gabinete e dos componentes da 6ª Câmara. O trabalho foi árduo, mas conseguimos superar as dificuldades”, comemorou.

Para 2013, o objetivo é dar ainda mais celeridade aos trabalhos. “Todas as ações distribuídas a partir de março serão despachadas, julgadas e/ou encaminhadas para revisão e pauta no prazo de dez dias. Nas medidas de urgência o mesmo será reduzido para cinco dias (na forma da portaria da Presidência do TJCE, o prazo é de dez dias para seu cumprimento). As revisões serão efetivadas em 48 horas (atualmente o cumprimento é de 72h, apesar de o regimento estabelecer 20 dias), sem prejuízo do julgamento dos processos remanescentes, procedimento que, com certeza, será adotado pela maioria dos gabinetes, vez que todos estão no mesmo ritmo de trabalho”, afirmou.

Em abril deste ano, Jucid Peixoto e os desembargadores Francisco Barbosa Filho e Sérgia Maria Mendonça Miranda receberam declarações e certificados pelo cumprimento de metas estipuladas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Os documentos foram entregues durante sessão do Pleno.

Na ocasião, o presidente do TJCE, desembargador José Arísio Lopes da Costa, afirmou que as certidões eram “reflexo da melhoria no desempenho do Judiciário cearense”.

(TJCE)

RC é citado por Dilma em solenidade do “Brasil Carinhoso”

Cid, a ministra Tereza Campelo e Roberto Cláudio.

O prefeito eleito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PSB), que participou nesta quinta-feira, no Palácio do Planalto, em Brasília, da solenidade de assinatura da Medida Provisoria que amplia as ações do Brasil Carinhoso, teve direito a ser citado pela presidenta Dilma Rousseff durante discurso. Roberto, tendo ao lado o governador Cid Gomes (PSB), ganhou alguns flashes da mídia e destacou a importância do programa, que vai atuar no tripé da criação de creches, alfabetização na idade certa e escola em tempo integral.

RC disse ainda que o programa Brasil Carinhoso será fundamental para a implantação do programa municipal de segurança alimentar e das ações de erradicação da extrema pobreza em Fortaleza, durante sua gestão. Após a solenidade, RC, com Cid Gomes, ainda conversou a ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello.

(Foto – Brasilia Express)

Ministro da Pesca vem conhecer Centro de Pesquisas do Dnocs

Nesta sexta-feia, a partir das 14 horas, o ministro da Pesca, Marcelo Crivella, estará visitando o Centro de Pesquisas em Aquicultura (CPAq) do DNOCS, situado em Pentecoste (Vale do Curu). Ali, conhecerá as atividades desenvolvidas naquele núcleo tecnológico e o equipamento de extração de óleo das vísceras de peixes.

Com Crivela, estará o secretário de Pesca do Ceará, Ricardo Campos, diretores de Aquicultura do ministério e técnicos do NUTEC e da Petrobrás e professores da Universidade Federal do Ceará,. O cicerone será o diretor-geral do DNOCS, Emerson Fernandes.

O equipamento que será mostrado ao ministro e comitiva foi desenvolvido pelo NUTEC e estará funcionando como protótipo para produção de biodiesel de óleo de peixe pela Petrobrás. Segundo o coordenador de Pesca e Aquicultura do DNOCS, Pedro Eymard Mesquita, a máquina tem também a função de tirar o potencial poluidor que as vísceras de peixe representam. Ele afirma que, em cada 30.000 toneladas de peixe, há 3.000 toneladas de vísceras com potencial de extração de 1.500t de óleo. Esse produto representa um mínimo de R$2,75 milhões agregados à renda do produtor de peixe.

Sindicato dos Bancários divulga nota repudiando Felipão

140 7

O presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Bezerra, manda nota para Blog repudiando a declaração do técnico Luis Felipe Scolari sobre o trabalho dos bancários do Banco do Brasil, feita na entrevista coletiva desta quinta-feira 29, no Rio de Janeiro, ao reassumir o posto de treinador da Seleção Brasileira. Ao afirmar que jogador tem que que ter pressão e “se não tiver pressão, vai trabalhar no Banco do Brasil, senta no escritório e não faz nada”, Felipão não apenas desrespeitou, segundo a nota, os trabalhadores bancários como demonstrou “total desconhecimento sobre a realidade do trabalho no sistema financeiro nacional”. Confira a nota:

CARTA DE REPÚDIO À DECLARAÇÃO DO SENHOR LUÍS FELIPE SCOLARI CONTRA OS BANCÁRIOS DO BANCO DO BRASIL

Eu, Carlos Eduardo Bezerra Marques, cidadão brasileiro, bancário do Banco do Brasil desde 2001 e presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará e da Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro do Nordeste – FETRAFINE/CUT, venho a público manifestar meu total repúdio ao novo técnico da seleção brasileira de futebol, senhor Luís Felipe Scolari, pela sua declaração depreciadora e infeliz feita nesta quinta-feira, 29 de novembro, pela manhã, na sua coletiva de imprensa contra os mais de 100 mil bancários do Banco do Brasil.

O técnico da seleção deveria conhecer a realidade vivida cotidianamente por um bancário do Banco do Brasil que sofre pressão para cumprimento de metas inatingíveis, assédio moral, é perseguido por lutar e defender seus direitos e combater as fraudes trabalhistas que ocorrem dentro do banco.

Entendo que o senhor Luís Felipe Scolari, como pessoa pública e formadora de opinião, deveria se retratar e pedir desculpas aos bancários do BB, pois eles exercem um papel fundamental na sociedade brasileira, trabalhando de forma exemplar e com eficácia em um dos maiores patrimônios do povo brasileiro, que é o Banco do Brasil.

* Carlos Eduardo Bezerra Marques,

Presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará.

Líder da prefeita pede esclarecimentos sobre incorporação da CTC pela Educação

83 1

O líder da prefeita Luizianne Lins na Câmara Municipal, Ronivaldo Maia (PT), informa: na próxima terça-feira, dará entrada num requerimento pedindo a realização de audiência pública com membros da equipe de transição do prefeito eleito Roberto Cláudio (PSB). O objetivo é esclarecer informações de que órgãos do município serão extintos e/ou reestruturados. É o caso, por exemplo, da Companhia de Transporte Coletivo (CTC), hoje atuando como transporte escolar dos alunos da rede pública municipal de ensino.

“Estou recebendo indagações dos servidores que estão preocupados com as informações divulgadas pela imprensa, principalmente para quais órgãos eles serão remanejados”, justifica Ronivaldo.

O vereador também aproveitou seu pronunciamento para tranquilizar os trabalhadores do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Apoio à Gestão em Saúde (IDGS) quanto calendário de pagamento dos salários de novembro e dezembro, e do 13º salário.