Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Banco do Brasil é condenado a indenizar cliente por descontos indevidos na conta

“O Banco do Brasil deve pagar indenização por danos morais, no valor de R$ 15 mil, ao cliente A.M.L., que teve descontos indevidos na conta corrente. A decisão é do juiz José Coutinho Tomaz Filho, da 3ª Vara Cível da Comarca de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. Segundo os autos, o banco vinha realizando descontos mensais na conta de A.M.L. A cobrança era referente a empréstimo firmado em junho de 2010, no valor de R$ 3.200,00.

Alegando não haver assinado nenhum contrato com a instituição, A.M.L. ingressou na Justiça requerendo indenização por danos morais, bem como a devolução dos valores descontados. O banco foi citado, mas não apresentou contestação no prazo determinado. Ao analisar o caso, o juiz declarou inexistente o débito e condenou o Banco do Brasil a pagar R$ 15 mil a título de reparação moral. Além disso, determinou o pagamento, em dobro, dos valores descontados indevidamente da conta do correntista.

De acordo com o magistrado, houve falha na prestação do serviço, “uma vez que o banco não dispensou esforços para assegurar que seus clientes não fossem abordados por terceiros suspeitos, sendo negligente quanto ao oferecimento do serviço”.

(Site do TJ-CE)

Mensalão – Maioria do STF condena Jefferson por lavagem de dinheiro

58 1

O ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ) foi condenado pela maioria dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) pelo crime de lavagem de dinheiro, informa a Folha Online. O petebista, delator do mensalão, já havia sido condenado pela maioria por corrupção passiva. Para o ministro, Jefferson dissimulou “com astúcia” os cerca de R$ 4 milhões recebidos do PT. A Procuradoria Geral da República acusa os réus do mensalão de montar um esquema de compra de apoio parlamentar durante o primeiro mandato de Luiz Inácio Lula da Silva.

A maioria veio com o voto do ministro Dias Toffoli. Ele condenou Jefferson também por corrupção passiva, crime pelo qual o ex-deputado já havia sido condenado pela maioria da Corte. “Entendo irrelevantes as alegações da defesa que era autorizada a doação entre partidos”, afirmou Toffoli, rechaçando os argumentos da defesa.

O magistrado também votou pela condenação do ex-deputado federal Romeu Queiroz (PTB-MG) por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Entre os petebistas, Toffoli absolveu o ex-tesoureiro da sigla Emerson Palmieri, acusados pelos mesmos crimes que os outros réus do PTB.

Operária chamada de “sapatona” receberá R$ 30 mil

“Representante patronal que dirige expressões jocosas relacionadas a possível orientação sexual da trabalhadora e que dissemina, no âmbito da empresa, tais comentários, deve indenizá-la por lesão à honra e à dignidade. Sob este entendimento, a 3ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho do Rio Grande do Sul manteve sentença que condenou uma distribuidora de ferros a pagar R$ 30 mil, a título de danos morais, a uma ex-operária, chamada de ‘‘sapatona’’, ‘‘machorra’’ e ‘‘mal-amada’’ pelo gerente.

Na primeira instância, o juiz Luiz Antônio Colussi, titular da 2ª Vara do Trabalho de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, disse que o empregador não pode se valer do poder econômico para expor os seus trabalhadores a situações humilhantes ou constrangedoras. A relação de emprego, observou na sentença, deve pautar-se pelo respeito mútuo entre empregado e empregador.

Ao analisar a situação fática, o juiz entendeu que houve lesão à honra e à imagem da trabalhadora. ‘‘É do empregador a responsabilidade pelas indenizações por danos morais resultantes de conduta ilícita por ele cometida, ou por suas chefias, contra o empregado. No caso dos autos, a reclamada (empresa) agiu com culpa na modalidade in eligendo (por ter escolhido mal o seu funcionário) e, portanto, deve arcar com sua má escolha e com as ações do seu preposto’’, decretou.

No segundo grau, o relator do recurso de apelação, desembargador Cláudio Antônio Cassou Barbosa, explicou que a indenização por dano moral decorre da lesão sofrida pela pessoa em sua esfera de valores eminentemente ideais, como a dignidade, a honra, a imagem e a intimidade, conforme preceitua o artigo 5º, inciso X, da Constituição Federal. No caso, pelos depoimentos acostados aos autos, ficou demonstrado o nexo de causalidade entre o dano ao bem jurídico protegido e o comportamento do agente. A responsabilidade civil foi imputada porque configurada a hipótese do artigo 927 do Código Civil: ‘‘Aquele que, por ato ilícito (artigos 186 e 187), causar dano a outrem, fica obrigado a repará-lo’’.

‘‘Portanto, ao contrário da tese da defesa, resta caracterizada a existência de dano à integridade da demandante (empregada), pela situação constrangedora sofrida no meio do ambiente laboral, o que justifica o deferimento de indenização por danos morais’’, concluiu o desembargador-relator. Considerando a gravidade da perseguição perpetrada pelo gerente e a humilhação sofrida pela autora, o relator manteve o quantum indenizatório em R$ 30 mil. O acórdão é do dia 13 de junho. Cabe recurso ao Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Apelidos e depressão
A autora, que trabalhou como técnica em Segurança do Trabalho, começou a sofrer chacotas por parte do chefe quando se separou do seu esposo. O chefe teria disseminado os qualificativos ‘‘sapatona’’, ‘‘machorra’’ e ‘‘mal-amada’’ no ambiente de trabalho, o que a deixou profundamente desgostosa. Além dos comentários desabonadores, ainda teve de conviver com o apelido de ‘‘playmobil’’, numa alusão fantasiosa ao seu uniforme de trabalho: botina, macacão amarelo e rádio de comunicação na cintura.

Num determinado dia, estressada com os deboches, foi acometida de mal súbito no ambiente de trabalho. Após o atendimento médico, teve diagnosticado um quadro de estresse. Quando retornou às atividades, os deboches continuaram. A gota d’água aconteceu durante a reunião para tratar da conduta do gerente que a perseguia. O gerente financeiro da empresa em São Paulo teria lhe perguntado na ocasião: ‘‘Tá, mas tu és ou não sapatona?’’. Poucos dias depois, acometida de depressão, pediu demissão do emprego e ‘‘trancou’’ a faculdade, já que não sentia mais ânimo.”

(Consultor Jurídico)

Prefeitura de Chaval deposita dinheiro para pagar precatórios

“O município de Chaval, distante 425 km de Fortaleza, terá a dívida de precatórios em regime especial integralmente quitada. O pagamento será possível em razão do depósito de R$ 64.921,54 feito nas contas especiais abertas pelo Tribunal de Justiça. Parte dos recursos havia sido transferida ao TJCE pelo Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região (TRT-7), que, por força de convênio, vinha retendo valores junto ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM), para pagamento de precatórios trabalhistas. Os recursos retidos foram transferidos para as contas especiais abertas pelo TJCE para o Município de Chaval, tendo em vista que, com a Emenda Constitucional nº 62/2009, cabe aos Tribunais de Justiça a gestão da dívida de precatórios de todos os entes públicos sujeitos ao regime especial de pagamentos.

De acordo com o Serviço de Precatórios do Tribunal de Justiça, após o repasse feito pelo TRT, o devedor depositou o restante dos recursos necessários ao pagamento de toda a dívida. “O Município de Chaval, ao fazer isso, revelou estar sensível ao problema das dívidas judiciais e mostrou boa vontade em quitar seus débitos, mesmo dispondo de mais 13 anos para pagar o devido”, esclareceu o juiz auxiliar da Presidência do TJCE, Francisco Eduardo Fontenele Batista. Ainda de acordo com o juiz, os municípios de Aracati, Porteiras, Miraíma, Morrinhos, Frecheirinha, Crato, Caridade e Tianguá também quitaram todas as dívidas judiciais, nada mais devendo em requisições do Tribunal de Justiça e do Tribunal Regional do Trabalho.”

(Site do TJ-CE)

Policiais federais em greve confirmam que vão atuar durante as eleições

“O presidente do Sindicato dos Policiais Federais no Distrito Federal, Jones Leal, informou que todos os servidores designados para atividade eleitoral irão cumprir a determinação da liminar concedida pelo Superior Tribunal de Justiça. Ela prevê o atendimento das demandas da Justiça Eleitoral nos dois turnos das eleições deste ano. A confirmação foi feita durante protesto na manhã dessa segunda-feira. O ato cívico dos servidores da Polícia Federal em Brasília, em greve há 56 dias, foi para dar visibilidade às reivindicações da categoria. Eles se reuniram em frente à sede da instituição na capital federal e hastearam a bandeira do movimento, intitulado SOS para a Polícia Federal, ao som do Hino Nacional.

Segundo o presidente do Sindicato dos Policiais Federais no Distrito Federal, Jones Leal, a mobilização substituiu o ato oficial que ocorre a cada início de mês nas unidades da polícia nos estados, com hasteamento da Bandeira Nacional. Para ele, a principal reivindicação da categoria, que inclui agentes, escrivães e papiloscopistas, é a reestruturação da carreira, com equiparação a servidores da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), cujo salário inicial bruto é R$ 11 mil. Segundo o Sindipol (DF), o salário inicial bruto dos agente da Polícia é aproximadamente R$ 7,5 mil.

Entre os serviços afetados pela paralisação estão as operações, as investigações do serviço de inteligência e o controle de produtos químicos em postos e aeroportos, segundo o sindicato. Segundo o Ministério do Planejamento, como a categoria rejeitou a proposta de aumento de 15,8%, oferecida pelo governo, qualquer alteração na tabela de pagamentos só poderá ser incluída, via mesa de negociações, no Orçamento previsto para 2014.”

(Agência Brasil)

Inácio Arruda critica campanhas milionárias

Nesta reta final da campanha rumo ao segundo turno, o candidato a prefeito de Fortaleza pelo PCdoB, Inácio Arruda, esteve, na manhã desta segunda-feira, visitando o Terminal de Passageiros de Messejana. Inácio conversou com trabalhadores, funcionários do terminal e moradores do bairro. Reforçou suas propostas e pediu votos.

“Fico muito feliz pela demonstração espontânea de apoio”, disse Inácio. Para ele, o eleitorado não aprova campanhas milionários. Quer, segundo adiantou, propostas concretas para resolver graves problemas da cidade.

(Foto – Divulgação)

Eleições 2012 – Ônibus escolar que circular no próximo fim de semana será apreendido

“A fiscalização nas rodovias estaduais e federais será intensificada a partir da próxima quarta-feira (3) e seguirá até o dia 8. De acordo com o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Valdomiro Távora, o objetivo da ação é coibir o uso irregular de bens públicos para o transporte de eleitores no dia das eleições, principalmente os veículos de transporte escolar.

De acordo com Távora, foi decidido que todo veículo de transporte escolar do Estado que circular entre a meia noite de sexta-feira (5) até a meia noite de domingo (7) será sumariamente apreendido, uma vez que não há aulas nas escolas durante o fim de semana. Segundo o coronel Francisco Bezerra, secretário da SSPDS, o plano de fiscalização contempla todas as rodovias do Estado.

A decisão é resultado de acordo entre o Tribunal de Contas do Estado (TCE), a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o Ministério Público do Estado (MPE-CE), as Polícias Rodoviárias Estadual e Federal (PRE e PRF) e a Polícia Militar (PM). Os representantes das instituições reuniram-se, na manhã de hoje (1°), para definir as estratégias de fiscalização.”

(O POVO Online)

Prorrogadas as inscrições para o II Prêmio Sindiverde Jornalismo

Jornalistas e estudantes têm mais uma semana para participar do Prêmio Sindiverde de Jornalismo Ary Albuquerque. É que o Sindicato das Empresas de Reciclagem de Resíduos Sólidos Domésticos e Industriais do Estado do Ceará (Sindiverde), segundo sua assessoria de imprensa, prorrogou, até o dai 7 próximo, o prazo de inscrições para o II Prêmio Sindiverde de Jornalismo. A iniciativa busca destacar as melhores reportagens sobre reciclagem e transformação de material veiculadas na imprensa brasileira e irá distribuir R$ 21 mil em prêmios.

O eixo temático da edição 2012 do prêmio é “Reciclar, um bom negócio”. O tema abrange toda a cadeia produtiva da reciclagem, não havendo restrições em relação à abordagem das matérias concorrentes. Elas podem ser factuais ou temáticas, seja com enfoque técnico, mercadológico, social, político, ambiental ou outro. Poderão concorrer reportagens publicadas ou veiculadas no período de 1º de janeiro a 7 de outubro de 2012 e produzidas por profissionais com formação universitária ou estudantes de Comunicação Social, Jornalismo e Publicidade e Propaganda de todo o país. Cada autor pode concorrer em todas as categorias, com limite de até três trabalhos por categoria.

As categorias são Mídia Impressa (jornal e revista), Mídia Eletrônica (televisão) e Mídia Digital (internet).

SERVIÇO

* Inscrições pelo http://reciclanordeste.com.br/inscricao/.

* Acesso ao Regulamento neste mesmo endereço eletrônico.

Prefeito de Granjeiro e assessores de confiança são afastados por improbidade administrativa

O juiz da comarca vinculada de Granjeiro, Gúcio Carvalho Coelho, concedeu, nesta segunda-feira, medida cautelar de afastamento do prefeito municipal, Emanuel Clementino Grangeiro, do chefe de Gabinete, José Wilson Ferreira, do ex-tesoureiro e atual candidato a prefeito, José Rodrigues dos Reis, e de outros cinco servidores públicos de Granjeiro. Eles são acusados de integrar um esquema de desvio de recursos públicos, através de superfaturamento e fraudes em obras públicas. O caso está sendo investigado pelo Ministério Público do Estado do Ceará, através dos promotores de Justiça Leonardo Marinho de Carvalho Chaves, Lucas Felipe de Brito e Nestor Rocha Cabral. O Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará também investiga o esquema.

Foi constatado que o prefeito de Granjeiro utilizou o nome da empresa Ômega Construtora Ltda., que sequer sabia de sua contratação, para fraudar a realização de seis obras públicas, realizando pagamentos muito superiores aos serviços executados ou mesmo o pagamento de obras não executadas, para desviar recursos públicos em favor do próprio prefeito, assim como de outras pessoas e empresas envolvidas na fraude. Conforme apurado, os cheques que deveriam servir para o pagamento das obras eram apresentados em uma agência bancária e imediatamente transferidos os valores para as contas dos envolvidos. O prejuízo com as obras não realizadas ultrapassou R$ 343 mil.

A decisão judicial também determinou a quebra dos sigilos bancário e fiscal e a indisponibilidade de bens de todos os promovidos. Os acusados de participar do esquema são: Emanuel Clementino Grangeiro (prefeito), José Wilson Ferreira (chefe do gabinete), José Rodrigues dos Reis (tesoureiro), Antônio Gomes Silva (servidor público municipal), Aparecido Ferreira Lima (servidor público municipal), Meiryane Vieira Brito (servidor público municipal), Francisco Oliveira Sousa (servidor público municipal), Francisco Clementino Almeida (servidor público municipal), Margarida Maria Araújo de Alencar, Francisco Humberlan Pinheiro Soares, Cícero Cassiano de Souza, Autoposto Várzea Alegre Ltda., Indústria de Britagem do Cariri.”

(Site do MPE)

Mário Mamede diz que destempero verbal é característica dos Irmãos Ferreira Gomes

703 14

As críticas do governador Cid Gomes (PSB) à gestão da prefeita Luizianne Lins (PT) afirmando que ela radicalizou ao escolher Elmano de Feitas para candidato a prefeito e que, na sua gestão, mandam uns cinco companheiros, continuam repercutindo. O presidente do Instituto de Previdência do Município (IPM), Mário Mamede, mandou a seguinte nota para o Blog.

Caro Eliomar de Lima,

Ora, ora… muita gente pensava que o destempero verbal era próprio de um, mas agora fica mais claro que é uma característica familiar dos irmãos Ferreira Gomes. Afirmar que – “cinco pessoas mandam na Prefeitura… e o secretariado é só faz de conta” é uma crítica deselegante e irresponsável.

Creio que o Governador não lembra que, até pouco tempo, o chefe de gabinete era seu irmão Ivo, e que continua a manter no seu secretariado pessoas citadas publicamente como envolvidas no escândalo dos empréstimos consignados, quando meteram a mão no bolso dos servidores estaduais e aposentados. Não bastasse, ainda há o escândalo dos banheiros, envolvendo pelo menos três dos seus secretários.

O secretariado municipal tem competência, é comprometido com a cidade, se desdobrando e oferecendo o melhor de seu esforço em beneficio da nossa população, sobretudo dos segmentos que mais necessitam das políticas públicas.

Para tentar consolidar seu projeto político, fincado na visão autoritária de um grupo familiar e dos que a ele serve, procura impor uma candidatura com o objetivo de tornar a Prefeitura de Fortaleza uma secretaria municipal, extensão da sua vontade.

Devagar, Cid Gomes: diante das dificuldades nas disputas político-eleitorais, não é aconselhável partir para a ignorância e para o jogo rasteiro. ISSO É SINAL DE DESESPERO!

Sem mais,

* Mário Mamede, do PT.

Roberto Cláudio expõe propostas para os permissionários do “Beco da Poeira”

156 2

Com direto a bitoca na careca.

O candidato a prefeito de Fortaleza pelo PSB/PMDB, Roberto Cláudio, esteve, nesta segunda-feira, conversando com os permissionários do “Beco da Poeira”, no Centro. Ali, ouviu queixas e expôs suas propostas para o comércio na área. Alguns permissionários denunciaram o “descaso da Prefeitura com o equipamento” e também “a falta de fiscalização” que permitiu a instalação de muitos ambulantes nas ruas do Centro, em especial na rua José Avelino.

Eles querem que a Prefeitura faça uma propaganda oficial divulgando as vantagens de se comprar no “Beco da Poeira”, para que turistas e fortalezenses possam conhecer o novo endereço.
(Foto – Divulgação)

Mensalão – Toffoli condena Waldemar Costa Neto

Nesta segunda-feira, o ministro do Supremo Tribunal Federal, José Antonio Dias Toffoli, votou pela condenação de três réus ligados ao ex-PL, atual PR. Ele considerou culpados por corrupção o deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP), Jacinto Lamas, ex-tesoureiro do PL, e o ex-deputado Bispo Rodrigues (PL-RJ) por corrupção e lavagem de dinheiro, informou a Folha Online.

O ministro, no entanto, os inocentou do crime da acusação de formação de quadrilha. Seguindo o pedido do Ministério Público Federal, ele votou pela absolvição de Antonio Lamas, assessor do partido. A maioria do Supremo, porém, já condenou Valdemar, Jacinto e Rodrigues por corrupção e lavagem.

“Jacinto Lamas, na condição de tesoureiro do partido, recebeu dinheiro de forma totalmente irregular e não contabilizada das empresas de Marcos Valério”, disse Toffoli.

Nessa parte da denúncia, 13 réus ligados aos partidos PP, PL (atual PR), PTB e PMDB, aliados do PT no início do governo Lula, são acusados de crimes como corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Dnocs – Reestruturação já!

68 1

Com o título “Dnocs: A luta agora é a reestruturação”, eis artigo do deputado federal Eudes Xavier (PT) destacando o trabalho feito pela bancada federal em favor da manutenção de benefícios do pessoal do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas.  Para Eudes, a ordem agora é fortalecer o Dnocs com mais recursos e concurso público. Confira:

Durante cerca de seis meses, servidores, aposentados e pensionistas do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) viveram momentos difíceis. O motivo foi a perda da Vantagem Pessoal Nominalmente Identificada (VPNI) que, nos salários, causou corte de aproximadamente 30%. A vitória, após inúmeras batalhas, só foi sacramentada no último dia 24 de setembro com a publicação, no Diário Oficial da União, da sanção presidencial à Medida Provisória 565/12, que corrigiu a injustiça.

A lição desse episódio é a importância da união e da mobilização para se alcançar êxito. Os servidores do Dnocs são um grande exemplo de persistência e de determinação. Mobilizados com a nossa ajuda na Câmara Federal e com a ajuda do senador José Pimentel (PT-CE) no Senado, não arredaram pé até que a injustiça fosse corrigida.

Sabemos que no meio desse caminho os prejuízos foram muitos e algumas vidas foram abreviadas, tamanho o sofrimento. Mesmo assim, as lamentações foram deixadas de lado e deram lugar a audiências públicas, reuniões nos ministérios, debates e encontros com servidores em vários estados nordestinos para fortalecer a luta e fazer o governo compreender o tamanho do erro e voltar atrás na ação nociva da Controladoria Geral da União, responsável pelo corte da VPNI através de nota técnica. Felizmente, esse capítulo teve final vitorioso, apesar dos danos.

O importante é que a luta não acaba ai. Nossos esforços agora se concentram no fortalecimento e na valorização dessa instituição centenária. Estamos firmes na defesa de um Dnocs reestruturado para continuar cumprindo o seu importante papel no desenvolvimento da nação.

Nesses seus 103 anos de existência, o Dnocs construiu açudes, rodovias e pontes, acumulando patrimônio de 331 barragens e 15 estações de piscicultura, responsáveis pela produção de 100 milhões de alevinos ao ano, dentre outros.

O Dnocs ainda tem muito a fazer. Portanto, queremos a realização de concurso público para ampliar o reduzido quadro de servidores da instituição. Também defendemos a destinação de mais investimentos financeiros e humanos para a promoção de assistência técnica com tecnologias modernas e a extensão rural aos pequenos irrigantes que trabalham nos 37 perímetros públicos.

Enfim, precisamos de um Dnocs valorizado, moderno, capaz de cumprir o importante papel que se espera de uma instituição que tanto já realizou pelo Nordeste, pelo Brasil.

Eudes Xavier

dep.eudesxavier@camara.gov.br

Deputado federal (PT-CE) e titular da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados.

Setor educacional participa de encontro sobre uso de avaliações da educação básica

A Fundação Itaú Social e o Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária realizam, em parceria com a Secretaria Estadual de Educação do Espírito Santo, uma formação que reunirá 45 técnicos e gestores da rede estadual de ensino. O objetivo do encontro, que ocorrerá nesta terça  quarta-feira no Hotel Blue Tree Fortaleza, é promover uma reflexão sobre o uso das avaliações de larga escala (Ideb, Prova Brasil) como uma das estratégias para a gestão educacional, a gestão escolar e o trabalho pedagógico. A leitura dos resultados do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará (Spaece) também estará na pauta.

A iniciativa integra o programa Avaliação e Aprendizagem, da Fundação Itaú Social, que foi desenvolvido com o objetivo de colaborar com os sistemas públicos de ensino para que ampliem o uso da avaliação como uma das estratégias para a melhoria da aprendizagem na educação básica. Desde 2011, o programa já formou 215 gestores e técnicos das redes de Educação do Paraná, de Goiás, do Tocantins e do Espírito Santo.

SERVIÇO

* Hotel Blue Tree Fortaleza – Rua Doutor Atualpa Barbosa Lima, 500 – Meireles.

 

Felipão é agendado para lançar Programa Segundo Tempo

O secretário estadual dos Esportes, Gony Arruda, articula a vinda do ex-técnico da Seleção Brasileira, Luis Felipe Scolari, o “Felipão”, ao Ceará. Segundo Gony, para participar do ato de lançamento de mais uma etapa do Programa Segundo Tempo, do Ministério dos Esportes e em parceria com o governo do Estado.

O programa Segundo Tempo objetiva democratizar o acesso à prática esportiva nos estabelecimentos de ensino formal e não formal, efetivando o preceito constitucional que define o esporte como direito de cada um. Oferece atividades esportivas no contra-turno escolar, com finalidade de colaborar para a inclusão social, bem-estar físico, promoção à saúde e do desenvolvimento integral de crianças e adolescentes residentes em comunidades carentes do nosso estado.

VERBAS

O Segundo Tempo deve conceber no Estado do Ceará o maior projeto do Ministério do Esporte no ano de 2012. Serão abertos 466 núcleos nos 184 municípios do estado do Ceará, atendendo mais de 46.600 crianças e adolescentes.

DETALHE – Felipão, bom destacar, virou o coordenador do Programa Segundo Tempo, do Ministério dos Esportes .

Mudanças no grupo empresarial de Eike Batista

Da Coluna Radar, de Lauro Jardim, na Veja Online:

A semana começa com duas novas baixas no alto escalão de executivos de Eike Batista. Andrea Pereira, diretora de Relações com Investidores da EBX Holding, e Leonardo Moretzsohn, CEO da CCX, pediram demissão.

A CCX foi criada há dois anos, saindo da costela da MPX. Surgiu para explorar uma jazidaa de carvão descoberta na Colômbia pelo grupo EBX. Abriu o capital este ano e desde maio suas ações são negociadas na Bovespa.

Hospitais querem redução na tarifa de energia elétrica

Se a desoneração de impostos na área não sai, que venha então a redução da conta de energia. Essa é a nova luta que a Federação Brasileira dos Hospitais está encampando junto ao governo federal.

Segundo o presidente da entidade, o cearense Aramicy Pinto, peso da despesa com energia para clínicas e hospitais chega a cerca de 30%.

“Nós queremos ter igual tratamento dado ao setor industrial e ao consumidor, porque o serviço que prestamos é fundamental”, explica Aramicyr. A federação quer incluir o benefício no debate aberto em torno da Medida Provisória 58, da redução de energia e que deve ser sancionada pela presidente Dilma em breve.

(Foto – Paulo MOska)

Defensores públicos conseguem audiência do Palácio da Abolição

Comissão dos defensores públicos me greve será recebida, em audiência, nesta segunda-feira, pelo governador Cid Gomes.

O encontro foi marcado para as 15 horas, no Palácio da Abolição, ocasião em que a categoria vai expor suas reivindicações que querem, prioritariamente, a autonomia administrativa e financeira da Defensoria Pública.