Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Em tempos de seca, uma reflexão sobre o Açude Castanhão

559 1

Com o título “Reflexões sobre o Açude Castanhão”, eis mais uma contribuição do engenheiro Cássio Borges para este momento de estiagem que se registra no Estado. Diz ele: “Quanto mais me detenho neste assunto, cada vez mais fico convencido de que a acumulação de água do Açude Castanhão não deveria ter ultrapassado, de forma alguma, ao 1,2 bilhão de m3 (também indicado pelo DNOCS) que, inclusive, teria evitado a inundação da cidade de Jaguaribara.” Confira:  

Em face dos dois anos de secas (2012 e 2013) que castigam a região nordestina, é possível tirar-se algumas conclusões sobre o papel que vem desempenhando e que poderá desempenhar o Açude Castanhão para amenizar os efeitos catastróficos deste fenômeno caso tenhamos, no próximo ano, nova incidência climática desfavorável de igual magnitude. A meu ver, esta deve ser uma preocupação das autoridades competentes visto que, não faz muito tempo, tivemos três anos seguidos de secas, nos anos de 1991, 1992 e 1993, sem contar com outras que ocorreram em nossa região de maior duração.

Para que o leitor tenha uma ideia, já escrevi cerca de 300 artigos de jornais abordando temas desta natureza e em 1999 publiquei um livro intitulado “A Face Oculta da Barragem do Castanhão – em Defesa da Engenharia Nacional”, constituído de 331 páginas. Naquela publicação o leitor poderá reviver os 14 anos de discussão em torno desse empreendimento. Além destas valiosas contribuições para debater a problemática hídrica em nossa Região, publiquei nos Boletins Técnicos do DNOCS e em Simpósios da Associação Brasileira de Recursos Hídricos, sete trabalhos técnicos os quais me deixam à vontade para dizer o que penso e o que acho, de forma independente, sobre o assunto em pauta, mantendo uma coerência de pontos de vista, através dos tempos, no transcurso de vários Governos, sejam a nível estadual ou nacional.

Inicialmente, desejo referir-me ao artigo “O Açude Castanhão e a Seca Atual”, publicado no Jornal “O POVO” no dia 22/03/2013. De acordo com as informações que me foram passadas pelo DNOCS, naquela ocasião estava sendo retirado do Açude Castanhão (incluindo a evaporação) uma vazão de 32,00 m3/s, da qual 17,47 m3/s destinada para vários fins, inclusive a irrigação. Graças a essa informação, com uma simples operação aritmética, foi-me possível estimar a vazão evaporada naquele momento como sendo de 14,53 m3/s, sem considerar o aporte da vazão (?), via perenização do Açude Orós, ao reservatório do Castanhão. Este valor da evaporação, da ordem de 15 m3/s, é maior do que o consumo de água da Região Metropolitana de Fortaleza que é de 6,5 m3/s.

Poder-se-ia justificar tão elevada evaporação o fato de que no local, onde o referido açude foi construído, não ter ombreiras (topografia favorável) para acumular tão colossal volume de água sendo necessária a construção de uma barragem com cerca de 10.000 metros de extensão. Para efeito de comparação, a barragem do Açude Orós tem 600 metros de comprimento e a do Açude Banabuiú, ambos no Ceará, 1.200 metros de extensão. Durante estes últimos 20 anos, a única vez que a RMF ficou realmente ameaçada de faltar água foi no ano de 1993 que sucedeu a dois anos secos, 1991 e 1992. Naquela ocasião, quem socorreu a capital cearense foi o Açude Orós enviando 5,00 m3/s de água através do Canal do Trabalhador construído, emergencialmente, pelo então Governador Ciro Ferreira Gomes.

Ressalte-se que os Açudes Orós e Banabuiú acumulam juntos 3,6 bilhões de m3, um volume bem superior aos 659 milhões de m3 de água acumulados nos quatro açudes que abastecem a RMF (Pacajus, Riachão, Pacatuba e Gavião). Portanto, os Açudes Orós e Banabuiú, estrategicamente localizados, podem dispor juntos de 23 m3/s para uma eventual crise de falta d´água em Fortaleza que, como acima foi dito, consume em média 6,5 m3/s. Neste início de ano, o DNOCS inaugurou o Açude Figueiredo, com 500 milhões de m3 de água, que será mais um significativo reforço para esta Região. O tradicional planejamento do DNOCS para o vale do Rio Jaguaribe constava o Açude Castanheiro, no Rio Salgado, em Lavras da Mangabeira. Seria uma bela barragem de apenas 40 metros de extensão. Eu disse, 40 metros. Sua vazão regularizada poderia ser da ordem de 9,00 m3/s, de acordo com o DNOCS. Sem dúvida, esta represa seria mais um reforço para a RMF. O Açude Castanheiro poderia acumular até 2 (dois) bilhões de m3 podendo ainda ser considerado o Açude Aurora, com 800 milhões de m3, também no Rio Salgado, no município do mesmo nome.

Além de todos estes fatores favoráveis ao abastecimento de água da Região Metropolitana de Fortaleza-RMF, não se pode esquecer os 8,00 m3/s contínuos que serão destinados ao Estado do Ceará, através do Rio Jaguaribe, pelo Projeto de Integração do Rio São Francisco. Em face do que foi exposto, quanto mais me detenho neste assunto, cada vez mais fico convencido de que a acumulação de água do Açude Castanhão não deveria ter ultrapassado, de forma alguma, ao 1,2 bilhão de m3 (também indicado pelo DNOCS) que, inclusive, teria evitado a inundação da cidade de Jaguaribara.

* Cássio Borges

Engenheiro civil e especialista em recursos hídricos e barragens.

"Só quem se interesse sobre isso é o jornal O POVO", diz Cid sobre gastos com buffet

195 22

cidgomess

“Só quem se interessa sobre isso é o jornal O POVO!”, disse, nesta quarta-feira, o governador Cid Gomes (PSB), ao ser indagado sobre o gasto de R$ 3,4 milhões com serviço de buffet, segundo denunciou na Assembleia Legislativa, o deputado Heitor Férrer (PDT). Cid deu essa declaração, após assinar a ordem de serviço do futuro Centro Olímpico do Nordeste, que será construído no entorno da Arena Castelão. Depois, não quis mais falar sobre o assunto.

O governo estadual assinou contrato no valor de R$ 3,44 milhões para serviços de bufffet e decoração de eventos com a empresa Anira Serviços de Alimentos Ltda, vencedora de pregão anterior, de 2010.

A Casa Civil esclarece que o dinheiro costuma ser aplicado em “eventos para recepção de autoridades, tais como a vinda da presidente Dilma, ministro, governadores e Fifa, adiantando que a licitação seguiu trâmites legais com outras 13 empresas na concorrência.

(Colaborou Jéssica Welma)

* Mais sobre o caso leia aqui.

Lula e presidente da África do Sul agendam o Ceará

lulall

O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, e o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva se encontrarão em Fortaleza. Eles serão conferencistas do Fórum Brasil-África, um evento organizado pelo Itamaraty e o Grupo de Embaixadores dos Países Africanos no Brasil.

Os dois estarão aqui entre os dias 28 e 29 de agosto de 2014. Com mais de 30 palestrantes, será discutido nesse fórum o tema “Infraestrutura, Parceria e Desenvolvimento”.

Delegações de 30 países participarão do fórum, marcado para o Centro de Eventos. A informação é do consultor internacional Bosco Monte. Depois do encontro dos BRICs, em março de 2014, o Brasil-África será o mais importante a ter a capital cearense como sede.

(Coluna Vertical, do O POVO)

Homem é detido no aeroporto com R$ 90 mil dentro de mochila

166 2

Um homem foi detido, por volta das 3 horas da madrugada desta quarta-feira, no Aeroporto Internacional Pinto Martins. Ele tentava embarcar para São Paulo levando cerca de R$ 90 mil em espécie dentro de uma mochila.

Ao passar pela revista no setor de embarques do terminal, o dinheiro foi detectado pelo aparelho de raio X. De acordo com os funcionários do aeroporto, ele se dizia comerciante, mas tentou fugir. Acabou detido na área do estacionamento por seguranças e entregue à Polícia Federal.

Na PF, ele foi ouvido, mas a Corporação não deu maiores detalhes.

Manifestações de rua produzem até dicionário de verbetes

254 2

protsttoto

Os protestos iniciados em junho deste ano, por ocasião da Copa das Confederações, continuam no centro das discussões. Entram agora no mundo literário.

Pois é, o professor Felipe Franklin Neto acaba de lançar o “Dicionário Involuntário” com 87 verbetes coletados em meio às manifestações.

SERVIÇO

* Versão em PDF, clique AQUI

* Leia mais sobre o dicionário aqui.

Plínio Bortolotti – Da seca ao "piscinão"

165 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=bkJAMr4lroI&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O jornalista Plínio Bortolotti comenta a tragédia anunciada da água contaminada causando problemas na criançada. Em pleno século XXI. Plínio chama a atenção para esse caso e outros que começam a provocar queixas até mesmo entre membros das base aliada na Assembleia Legislativa como o caso do “piscinão” – área de emergência improvisada, do Hospital Geral de Fortaleza.

O País arrecada R$ 970 bi, mas falta dinheiro para a educação

“Até o final deste mês nós já teremos pago um trilhão de reais de impostos. Hoje, segundo o Impostômetro.com.br., estamos por volta de R$ 970 bilhões. Por falta de dinheiro, 12 das 27 capitais não cumprem a lei aprovada no Congresso que dá condições mínimas aos professores das escolas básicas públicas.

Uma das capitais não paga nem o piso salarial mínimo para o mestre. Outras 11 não concedem jornadas para que os professores possam preparar aulas, corrigir provas ou se aperfeiçoar. O mantra é sempre o mesmo, a prefeitura não tem dinheiro. No entanto sobra para festa, inauguração, farra dos vereadores, contratação de cupinchas vagabundos, e por aí vai.

Como se vê educação não é prioridade, não dá voto. Como pode faltar verba se nós pagamos tanto imposto?
Na sua opinião, é preciso aumentar a carga tributária para por mais dinheiro na mão do prefeito, ou isso não resolve?”

(Blog do Heródoto Barbeiro)

Clima Econômico do Brasil é o 3º mais baixo da América Latina

“O Índice de Clima Econômico (ICE) do Brasil ficou em 3,8 pontos em julho deste ano, o terceiro mais baixo da América Latina entre 11 países pesquisados. A pontuação do Brasil só foi maior do que a obtida pela Venezuela (1 ponto, a pontuação mínima) e a Argentina (3,6). O índice é calculado pela Fundação Getulio Vargas (FGV). A queda do indicador, calculado com base na opinião de especialistas sobre a economia local, foi de 32%. Em abril, o ICE brasileiro alcançou 5,6 pontos. O resultado de julho também ficou pouco bem abaixo da média de 6,1 pontos observada nos últimos dez anos.

A média do ICE na América Latina em julho foi 4,4 pontos. Em abril, havia sido 5,2. Os melhores resultados foram obtidos por Paraguai (7,3), Colômbia (6,1), Peru (5,6), Bolívia (5,4), Uruguai (5,3), México (5,3) e Equador (5). O Chile ficou na média (4,4). Apenas dois países tiveram melhora no indicador entre abril e julho: Colômbia e Uruguai. A Bolívia se manteve estável e os demais tiveram queda.

No Brasil, os especialistas estão mais pessimistas tanto em relação ao momento atual quanto ao futuro. O subíndice de Expectativas, que avalia a situação para os próximos meses, caiu de 6,4 pontos em abril para 4,2 em julho. Já o subíndice da Situação Atual caiu de 4,7 para 3,3 pontos no período.

Como os dois subíndices estão abaixo de 5 pontos, o Brasil está em fase de recessão, segundo o estudo. Em abril, o país estava na fase de recuperação (quando o subíndice de Expectativas está acima de 5 e o subíndice da Situação Atual está abaixo desse valor). As outras duas categorias da pesquisa são expansão (quando os dois subíndices estão acima de 5) e piora (quando a Situação Atual está acima de 5 e a Expectativa abaixo desse valor).

(Agência Brasil) 

TRE confirma diplomação do prefeito e vice de Canindé

celsocrisostomom,

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral confirmou, por unanimidade, durante sessão realizada nessa noite de terça-feria, a diplomação do prefeito Celso Crisóstomo (PT) e do vice-prefeito Paulo Justa, ambos de Canindé, ocorrida no dia 19 de dezembro de 2012, mantendo-os nos respectivos cargos. Ao julgar o recurso contra Expedição de Diploma (processo nº 1371) interposto pelo terceiro colocado na disputa eleitoral de 2012, o qual defendeu o argumento de que o prefeito eleito estaria inelegível, o TRE entendeu que o recurso não era cabível. Isso, porque não havia qualquer fato que impedisse a diplomação dos candidatos vitoriosos no pleito de Canindé e que a existência ou inexistência de inelegibilidade deveria ser debatida e julgada na ação que trata do registros das candidaturas, conforme determinou o Tribunal Superior Eleitoral.

Para o advogado André Costa, defensor do prefeito e do vice-prefeito, o TRE fez “valer a Constituição Federal e a correta jurisprudência do TSE”, reafirmando que ninguém será privado de seus direitos sem o devido processo legal”. Nas eleições de 2012, Canindé teve três candidatos ao cargo de prefeito e o resultado oficial da votação foi: Celso Crisóstomo (PT-13): 18.293 votos (47,43%); Jesus Romeiro (PMDB-15): 14.696 votos (38,10%); e Marcos Coelho (PSDC-27): 5.580 votos (14,47%).

Servidores do IJF-Centro fazem assembleia geral nesta 4ª feira

Os servidores do Instituto Dr.José Frota – Centro realizarão, a partir das 14 horas, assembleia geral. No auditório do 8] Andar do hospital, convocados pela associação da categoria e Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos ded Fortaleza (Sindifort).

A categoria vai discutir a questão da troca de plantões determinada pela direção do IJF-Centro, o que vem ocorrendo de forma instável e prejudicando a rotina de vida dos servidores.

Prefetio RC vai comemorar idade nova em clima mariano

195 1

prefeito-roberto-claudio

 

Vai mudar de idade nesta quinta-feira, o Dia de Nossa Senhora da Assunção, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PSB). Ele ganhará festa da família e de alguns poucos amigos, mas sem clima de badalação.

Roberto Cláudio chegará aos 38 anos como um político não somente jovem de idade, mas também de avanços na carreira. Afinal, é o gestor da quinta maior Capital do País, com muitos problemas por serem enfrentados.

Mas quem espera presente, sem dúvida, é a população.

Times do Fortaleza e do Ceará buscam patrocínio da Caixa Econômica Federal

188 2

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=HVBcIx0kXAo&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Os times do Fortaleza e do Ceará querem ganhar patrocínio da Caixa Econômica, que já vem apoiando financeiramente vários clubes do Brasileirão, entre eles o Asa de Arapiraca. O presidente do Fortaleza, deputado Osmar Baquit, e o vice-presidente do time alvinegro, Robinson de Castro, serão recebidos em audiência pelo presidente da Caixa, Jorge Hereda, a partir das 16 horas desta quarta-feira, em Brasília.

A audiência foi marcada pelo deputado federal Danilo Forte (PMDB). Segundo Osmar Baquit, o Fortaleza e o Ceará vão um patrocínio anual da Caixa na ordem de R$ 1 milhão. Baquit aproveitou para informar que, ainda nesta quarta-feira, o Fortaleza estará recebendo mais dois reforços: um zagueiro e um volante. Ele, no entanto, não deu mais detalhes.

Pão já está mais caro no Ceará

O preço do pão, um alimento considerado básico para as famílias, continua subindo e pode pressionar a inflação nos próximos meses. O presidente do Sindicato das Panificadoras Confeitarias do Ceará (Sindipan-CE), Lauro Martins, afirma que esta semana foram repassados para o consumidor reajustes entre 8% e 9% e que não há como conter os preços. A pressão é para um aumento de 18%.

O dólar alto e a elevação do valor do trigo são os responsáveis pelos reajustes. O setor reclama que está na mão do mercado internacional, devido à decisão da Argentina de suspender as exportações do produto para o Brasil.

Atualmente, o trigo que chega aos moinhos brasileiros vem do Canadá e dos Estados Unidos. Além do preço 40% mais caro, o produto ainda sofrerá com a incidência da Tarifa Externa Comum (TEC), que não é cobrada dos países do Mercosul. A TEC representa um percentual de 10% a mais sobre o trigo e não vinha sendo cobrada, mas o limite de compra do produto com isenção já foi ultrapassado.

DETALHE – O aumento do trigo pode impactar também nos preços de bolachas, macarrão, pizzas e massas em geral.

(Coluna O POVO Economia, do O POVO)

Prefeito RC e secretária da Saúde terão audiência com ministro Alexandre Padilha

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=YvF8dggc9f0&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PSB), será recebido em audiência nesta quarta-feira, em Brasília, pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Com ele, estará a secretária municipal da Saúde, Socorro Martins, que embarcou nesta madrugada para essa audiência.

A secretária Socorro Martins adiantou a pauta e deu detalhes sobre novas ações que sua pasta vai tocar ainda ao longo deste ano.

Mensalão – STF retoma julgamento nesta 4ª feira

“O Supremo Tribunal Federal (STF) inicia hoje (13) mais uma etapa do julgamento da Ação Penal 470, o processo do mensalão. Os ministros vão analisar os primeiros 26 recursos apresentados pelos réus contra decisão do fim do ano passado. Conhecidos como embargos declaratórios, esse recursos servem para questionar pontos omissos ou contraditórios do julgamento e raramente conseguem mudar uma condenação.

Embora a pauta de hoje contenha apenas o recurso do advogado Rogério Tolentino, ligado ao publicitário Marcos Valério, a assessoria da Corte informou que os ministros não são obrigados a começar por esse caso. Também não foi definido se cada recurso será julgado individualmente ou se os ministros vão analisar os casos que tiverem o mesmo argumento todos de uma vez. A expectativa é que eles optem pelo primeiro sistema, individualizando os debates.

Mesmo com finalidade restrita a ajustes pontuais, alguns réus usaram os embargos declaratórios para pedir a absolvição no julgamento, como o deputado federal Valdemar Costa Neto (PR-SP). Os condenados também pedem a redução da pena, substituição de Barbosa na relatoria do processo e anulação do acórdão, documento que resume o julgamento, que consideram incompleto.

Além dos 25 réus condenados, também apresentou recurso a defesa do empresário Carlos Alberto Quaglia, acusado de auxiliar na lavagem de dinheiro do esquema para o PP. Ele não chegou a ser julgado pelo STF, pois seu caso foi desmembrado para a primeira instância. Ainda assim, o STF foi acionado para cancelar a acusação de quadrilha contra ele, uma vez que as outras pessoas do seu núcleo, acusadas do mesmo crime, foram absolvidas.”

(Agência Brasil)

Aeroportuários retomam greve, mas operações no aeroporto não são afetadas

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=uqL1RxWNBa8&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Os aeroportuários retomaram a greve em todo o País, nesta quarta-feira. A categoria deu uma trégua nos últimos dias para tentar negociar com a Infraero, mas não houve acordo. A paralisação no Aeroporto Internacional Pinto Martins não afetou, no entanto, as operações de pousos e decolagens.

O diretor do Sindicato Nacional dos Aeroportuários em Fortaleza, Jorge Luís, fez um balanço para o Blog sobre a luta da categoria, reivindicações e próximos passos da mobilização.

Secretários vão discutir corte de gastos

“Para definir critérios de cortes de gastos no Governo do Estado, o Conselho de Gestão por Resultados e Gestão Fiscal (Cogerf) terá nova reunião hoje. A exemplo das anteriores, a reunião irá ocorrer no Palácio da Abolição. De acordo com o titular da Secretaria Estadual do Planejamento e Gestão, Eduardo Diogo, o Cogerf tem trabalhado com três frentes de estudo, para equilibrar as finanças: folha de pagamento, despesas com custeio e investimentos.

Neste último eixo, afirma Eduardo Diogo, o governador tem se empenhado pessoalmente, para que seja mantida a gama de investimentos prevista para o Estado do Ceará. “O objetivo é manter todos os investimentos para 2013 e 2014, porque geram a melhoria na qualidade do serviço prestado para a população”, disse o secretário. Além de Eduardo Diogo, participam da reunião o secretário da Fazenda (Sefaz), Mauro Filho; o chefe da Casa Civil, Arialdo Pinho; o procurador geral do Estado, Fernando Oliveira; e o controlador geral do Estado, João Alves de Melo.

Entre os dias 31 de julho e 2 de agosto, o governador Cid Gomes (PSB) discutiu ajustes com as equipes das secretarias. Não foram definidas ainda quais secretarias terão mais cortes, nem foram estipuladas metas de redução de gastos. “Mas o governador definiu medidas concretas, que já foram executadas. Por exemplo: redução de combustível, suspensão da contratação de terceirizados, e também estamos analisando novas medidas com relação a pessoal e custeio”, explicou Eduardo Diogo.

Conforme o secretário, no caso da folha de pagamento, o Governo tem de lidar com complexidade e engessamento maiores. “Essa rubrica tem peso enorme. Qualquer estado federado tem na folha de pessoal sua maior rubrica individual sem comparação. Isso gera amarras”, disse. Quanto ao custeio, série de medidas vêm sendo estudadas pelo Cogerf e ainda vão ser examinadas pelo governador.”

(O POVO)

Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral e a OAB pressionam parlamentares por reforma política

Representantes do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), do Instituto Atuação e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) pressionaram nessa terça-feira (13) os deputados para que votem uma proposta de reforma política que atenda aos interesses da sociedade. Eles também iniciaram a coleta de assinaturas para a criação de uma frente parlamentar pela reforma política.

O coordenador do MCCE, juiz Eleitoral Márlon Reis, disse que também estão sendo colhidas assinaturas da sociedade civil para a apresentação de um projeto de lei de iniciativa popular sobre a reforma política. Segundo Márlon Reis, o texto da proposta, chamada de Eleições Limpas, está sendo entregue a deputados e senadores para que eles possam discuti-lo a tempo de ser aprovado o mais rapidamente possível a fim de valer para as eleições do ano que vem. “O Congresso sabe que já passou do tempo para fazer uma reforma política”, disse.

De acordo com Márlon Reis, a proposta Eleições Limpas prevê o fim do financiamento de campanhas eleitorais por empresas privadas, a criação de um sistema público privado pelo qual seriam aceitas doações de pessoas físicas com limite para doação aos partidos, eleição para o Legislativo em dois turnos e mais liberdade de expressão dos cidadãos em relação ao debate eleitoral. Para o sistema eleitoral, a ideia é que a eleição ocorra em duas etapas. O primeiro turno ocorreria com os eleitores votando em partidos, não em candidatos.

De acordo com Márlon Reis, a proposta de minirreforma política elaborada por uma comissão de parlamentares e que está pronta para ser votada pelo plenário da Câmara, vai de encontro com o proposto pelo MCCE e pela OAB. “É um caminho oposto do que a sociedade quer”,  disse. Ele acredita que “em todos os partidos” existem deputados e senadores abertos ao diálogo e dispostos a votar uma reforma política.

(Agência Brasil)