Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Controlador da VSM aposta em criatividade contra crises

O jornalista Marcos André Borges, controlador da Agência de Comunicação Corporativa VSM, está otimista com relação ao mercado publicitário neste ano. Apesar de certa retração em alguns segmentos, ele avalia que a perspectiva é de que a partir de maio, ótimo mês para o comércio por conta do Dia das Mães, o setor vai reagir. Ele lembra que em temos de dificuldades – onde a inflação ronda, o melhor remédio é a criatividade.

Marcos André cumpre agenda, nesta semana, no eixo São Paulo-Rio de Janeiro. Tem reunião da Rede Nacional de Agências de Comunicação Corporativa,onde a VSM é uma das integrantes, confere o Congresso Mega Brasil – maior evento do setor na América Latina), e participa ainda de reunião do Sindicato Nacional das Empresas de Comunicação Social (Sinco), onde é diretor, e de assembleia da Associação Brasileira de Agências de Comunicação.

 

Ana Maria Braga é atingida por carro durante programa

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=0fn-KYbm-gI[/youtube]

A apresentadora do programa “Mais Você”, da Globo, Ana Maria Braga, foi atingida por um carro nesta manhã de segunda-feira, durante a atração. Ela foi atingida nas costas pela porta do veículo desgovernado, na parte externa do estúdio, no Projac, no Rio de Janeiro.

Ana Maria começou o programa mostrando um dispositivo de computador , capaz de pilotar um carro sozinho, sem necessitar que o condutor esteja à frente do volante. Um comercial foi pedido pelo famoso Louro José.

A apresentadora ainda não voltou após o comercial.

 

IFCE ganhará nova reitoria

362 2

virgilioararipe

O reitor do Instituto Federal Tecnológico do Ceará (IFCE), Virgílio Araripe, vai assinar às 11 horas desta segunda-feira, em seu gabinete, a a ordem de serviço para  construção da nova sede da reitoria da Instituição. O terreno que acomodará o equipamento tem pouco mais de 15.500m² de área e está localizado na rua Jorge Dummar, 1703, no bairro Benfica.

Desde 2011, a reitoria do IFCE funciona em sede provisória, no bairro Joaquim Távora, abrigando o gabinete do reitor, algumas pró-reitorias e órgãos de apoio e assessoramento. Desde a mudança de institucionalidade, que transformou o antigo Cefet em Instituto Federal, com a criação da reitoria, surgiu a necessidade de desmembrá-la do campus de Fortaleza, em cumprimento às exigências legais.

A nova sede terá no bloco principal quatro pavimentos, onde ficarão distribuídos o gabinete do reitor, as pró-reitorias, diretorias sistêmicas e os órgãos de apoio e assessoramento. O projeto também prevê a construção de um memorial para resgatar a história de mais de cem anos da instituição.

Secretásrio de RC vai apostar em parcerias para reduzir pobreza em Fortaleza

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=KRGGbbBjHiQ[/youtube]

Parcerias com universidades e com o IFC. Eis uma das ações que o secretário do Trabalho, Desenvolvimento Social e Combate à Fome de Fortaleza, Cláudio Ricardo, pretende colocar em prática.

O secretário não adianta ações, mas garante que a luta é para reduzir um contingente de cerca de 130 mil fortalezenses abaixo da linha da pobreza.

Xô, gripe! Vacinação termina nesta semana

“A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe termina na próxima sexta-feira (26). Estão sendo imunizados idosos com mais de 60 anos, gestantes, mulheres em período de puerpério (até 45 dias após o parto), crianças de 6 meses a 2 anos, índios, profissionais de saúde e doentes crônicos. A população carcerária também recebe a dose. Balanço parcial do Ministério da Saúde indica que 5.585.779 de pessoas foram vacinadas contra a gripe até as 12h do último sábado, Dia de Mobilização Nacional contra a doença. O número representa 17,5% do público-alvo de 39,2 milhões de pessoas.

Dados da pasta indicam que a vacina pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade global. Entre os idosos, a vacina pode reduzir o risco de pneumonia em aproximadamente 60% e o risco global de hospitalização e morte em cerca de 50% a 68%, respectivamente.”

(Agência Brasil)

Fortaleza terá porto operando 24 horas

leonidascristino

Fortaleza está na lista dos portos que vão funcionar no regime 24 horas ininterruptamente e também aos sábados, domingos e feriados, a partir de 3 de maio. Confirmou o secretário nacional dos Portos, ministro Leônidas Cristino, adiantando que isso faz parte do Projeto Porto 24 horas, determinação da presidente Dilma Rousseff para ajudar a desafogar a burocracia portuária do País.

Além de Fortaleza, entrarão nesse regime os portos de Santos, Rio, Vitória, Suape, Paranaguá, Rio Grande e Itajaí “Com a medida, termos um ganho de 25% em sua eficiência”, garante o ministro. Antes, os principais órgãos que atendiam os navios nos portos funcionavam no horário comercial.

Projeto que anistia PMs e bombeiros cearenses grevistas volta á pauta de votações

192 1

O vereador Capitão Wagner (PR) embarcou, nesta madrugada de segunda-feira, para Brasília. O objetivo é reforçar o corpo a corpo político de olho na votação do projeto que garante a anistia aos policiais e bombeiros militares que fizeram greve do fim de 2011 ao início de 2012 no Estado.

Na última semana, a matéria, que deveria ter sido votada, sofreu adiamento na Comissão de Constituição e Justiça do Senado porque o senador Cássio Cunha Lima (PMDB/PB) pediu vistas alegando que, como amigo do governador Cid Gomes, gostaria de se inteirar melhor dessa anistia.

“Nós acreditamos que a votação, agora na quarta-feira, não vai ter mais problema”, disse para o Blog o Capitão Wagner, que foi um dos líderes da greve na polícia cearense. A matéria é de autoria do senador petista José Pimentel.

Bilhete Único – Cadastramento começa nesta 2ª feira

Que fiquem atentos os cerca de um milhão de usuários do transporte público de Fortaleza. Começa nesta segunda-feira, com ato tendo à frente o prefeito Robreto Cláudio, o Terminal do Papicu,  o cadastramento para ser beneficiário do Bilhete Único. Com o programa, a prefeitura promete menos gastos e mais mobilidade aos passageiros ao permitir que eles peguem quantos ônibus quiserem, em qualquer sentido, no intervalo de duas horas e pagando só uma tarifa a partir de 15 de junho.

Onze unidades com 80 pontos de atendimento foram montadas nos sete terminais de integração, sede do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Sindiônibus), sede da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e praças Coração de Jesus e José de Alencar. Os terminais da Parangaba, Papicu, Siqueira e Antônio Bezerra têm mais equipes de atendimento: oito em cada. Conjunto Ceará, Lagoa e Messejana têm três, três e seis guichês, respectivamente.

Todas as unidades das integrações funcionarão de segunda a domingo, das 6 horas às 21 horas. As demais abrirão de segunda à sexta-feira, das 7 horas às 17 horas (Sindiônibus e Etufor) e das 7 horas às 18 horas (praças). A prefeitura fala em ampliar os locais de cadastramento de forma gradativa, abrangendo shoppings e universidades.

Segundo a gestão municipal, o usuário esperará dez dias para receber o cartão do Bilhete após feito o cadastro. Para evitar fraudes, cada equipamento contará com a foto do passageiro.

SERVIÇO

* É possível fazer um pré-cadastro nos sites www.fortaleza.ce.gov.br, www.sindionibus.com.br e www.vtefortaleza.com.br antes de procurar um dos 80 postos. Basta anotar o protocolo fornecido e levá-lo às unidades com a documentação exigida.

* Onde se credenciar

Terminais (Parangaba, Papicu, Siqueira, Antônio Bezerra, Messejana, Conjunto Ceará e Lagoa), de 6h às 21horas

Sindiônibus (Av. Borges de Melo), de 7h às 17horas.

Etufor (Av. dos Expedicionários), de 7h às 17h

Área Central (Pç. Coração de Jesus e Pç. José de Alencar, de 7h às 18h)

Estudantes: em qualquer ponto de credenciamento, inclusive na sede da Etufor.

Público em geral: em qualquer ponto de credenciamento, exceto na sede da Etufor.

* Documentação

Usuários em geral: CPF, RG e comprovante de endereço que contenha CEP.

Usuários com Vale Transporte Eletrônico ou Avulso: documentação acima mais número serial (STD) presente no bilhete eletrônico.

Estudantes: os que não tiverem CPF e RG poderão cadastrar o número do Cadastro Individual do Aluno (CIA), presente na carteira de estudante.

(Com O POVO)

Solar é o nome da nova gigante da Coca-Cola

solarr

“A gigante a nascer da fusão das companhias Norsa, Renosa e Guararapes já tem nome definido. A nova companhia será a Solar Refrescos S.A, com sede em Fortaleza. A escolha do nome foi confirmada ontem ao O POVO pela presidente da Calila Participações, uma das acionistas majoritárias, Joana Queiroz Jereissati. A fusão foi aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica -Cade (órgão antitruste do País) em janeiro.

A decisão do nome saiu após três meses. “Não foi fácil, mas nos apaixonamos por esse nome porque achamos que é a cara da companhia que queremos criar: brasileira, nordestina, cheia de energia, pra cima”, afirmou Joana. Ela sugere pretensões para além do País: “O nome só remete a coisas boas, além disso, o símbolo, o sol, é muito bonito e o nome fácil de ser pronunciado em qualquer língua”.

A Solar tem como controladores a Calila (Grupo Jereissati) e a família Mello. A The Coca-Cola Company, com sede em Atlanta (Geórgia), nos EUA, é sócia minoritária. O faturamento combinado das três companhias ao final do ano passado era de cerca de R$ 6 bilhões. A Solar é uma das 10 maiores fabricantes de Coca-Cola do mundo e a primeira com acionista brasileiro, além de ser a segunda maior engarrafadora do Sistema Coca-Cola no Brasil, menor apenas do que a Femsa (de capital mexicano).

O primeiro passo na direção da consolidação do Nordeste ocorreu em 1998, Desde lá, segundo Joana, a Calila vinha trabalhando para ser o grande consolidador da região. Nesta década e meia, a Refrescos Cearenses – até então apenas no Ceará – se transformou em Norsa, com atuação no Ceará, Rio Grande do Norte, Bahia e Piauí. Com a fusão, abrangerá a operação em todos os estados do Nordeste, Mato Grosso e partes do Tocantins e de Goiás.”

(O POVO)

Ao Ivo Gomes com carinho

ivogomes

O secretário municipal da Educação, Ivo Gomes, propôs um novo calendário escolar como forma de remediar atrasos em razão de sucessivas greves. Houve questionamentos por parte da oposição e de algumas entidades que militam na área educacional. Tudo bem que tal medida acabou sendo implantada. Na semana passada até reajuste diferenciado para professores foi aprovado pela Câmara Municipal.

Mas há um problema: algumas mudanças de varejo que a pasta tem feito andam desagradando a categoria. O processo de seleção de diretor e a lotação surpresa de docentes que atuavam em bibliotecas e laboratórios de informática entram como ruído no badalado espírito de diálogo apregoado por Ivo Gomes.

Fica o desafio para o secretário sustentar essa situação e evitar novas greves, pois professor, na hora que mexem com seus brios, é como aluno: adora pintar um sete.

(Da Coluna Vertical, do O POVO)

Partido Colorado vence as eleições presidenciais no Paraguai

“Horacio Cartes, candidato do Partido Colorado, foi eleito presidente do Paraguai. O pleito ocorreu nesse domingo (21) e, segundo o Tribunal Superior de Justiça Eleitoral (TSJE), ele venceu com uma diferença de 9 a 10 pontos percentuais em relação ao segundo colocado Efraín Alegre, do Partido Liberal. A apuração dos votos ainda não foi concluída.

Às 23h45,min, o site do TSJE informava que 99,13% dos votos para presidente foram apurados, com 45,8% para Cartes e 36,95% para Alegre. Em seu discurso de vitória, Cartes reafirmou seu compromisso eleitoral de dar “um novo rumo ao Paraguai”.”

(Com Agências)

Fusão PPS/PMN no Ceará a passos lentos

“A fusão aconteceu oficialmente em caráter nacional na última semana, precisamente quarta-feira, 17, mas, na prática, PPS e PMN ainda estão tentando encarar a nova realidade de serem um único partido, o Mobilização Democrática (MD). O presidente estadual da nova sigla, Alexandre Pereira, que ocupava o mesmo cargo no PPS, garante que a fusão nos estados permanece em processo.

Nessa unidade, o PPS acabou levando a melhor. Ficou com a presidência nacional, encabeçada pelo deputado federal Roberto Freire (SP). Levou também a secretaria geral, com o deputado federal Rubens Bueno (PR), que continuará como líder da nova legenda no Congresso. Em muitos casos, a situação do PMN, embora tenha fincado a vice-presidência, com Telma Ribeiro, permanece em discussão. No Ceará, por exemplo, o deputado estadual Mário Hélio, presidente municipal do PMN, reivindica a manutenção de seu cargo. Segundo ele, a articulação avança também para um executiva estadual mais equilibrada entre os dois antigos partidos. O antigo presidente estadual do PMN, Reginaldo Moreira, se posicionou contra a fusão na última semana.

“Tem que ter muita serenidade para todo mundo ficar satisfeito e pensar num projeto coletivo. Estamos discutindo, mas claro que, se não conseguir chegar num entendimento comum, a executiva nacional dá um posicionamento”, destaca Pereira. Para ele, a fusão “foi uma decisão estratégica, no sentido de que os partidos menores precisam se fortalecer. E é uma forma de criar uma nova opção para a esquerda democrática”.

(O POVO)

Roberto Cláudio quer investimentos em tecnologia da informação

194 2

Com quase o dobro da média nacional em velocidade de internet para downloads, Fortaleza quer aproveitar a melhor banda larga do Brasil para a geração de empregos e implantação do parque tecnológico da Praia do Futuro, onde estão localizados os principais cabos de rede de dados de todo o mundo. Enquanto a capital cearense atinge média de 4,3 Mbps para download e 570 Kbps para upload, a média nacional é de 2,3 Mbps e 449 Kbps, respectivamente.  Os dados são do site speedtest.net.

Nesta segunda-feira (22), representantes da Prefeitura de Fortaleza, Governo do Estado e Sebrae estarão acompanhando na Espanha o funcionamento de dois parques de tecnologia da informação (TI). A experiência espanhola será aproveitada na implantação do parque tecnológico da Praia do Futuro. O contato com empresários espanhóis e representantes dos governos de Madri, Córdoba, Málaga e Sevilha também servirá para a criação da Agência de Desenvolvimento Econômico.

(com informações da Prefeitura de Fortaleza)

Segurança do chefe do Executivo municipal e o princípio da simetria

456 5

Em artigo enviado ao Blog, o professor Ivan de Oliveira (docente do Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação – FA7; coordenador da Pós-graduação em Gestão de Segurança da Informação; militante pelas Tecnologias Livres e Sustentáveis; militante pela Democracia Socialista, Colaborativa e Digital) avalia o princípio da simetria, diante da criação da Coordenadoria Militar. Confira:

Não se fere a administração pública somente com ilegalidades/irregularidades, mas com qualquer ofensa aos princípios constitucionais da moralidade, publicidade, proporcionalidade, simetria, impessoalidade, legalidade, dentre outros princípios.

Há alguns dias brinquei usando a lógica “quem tem um, não tem nenhum; e quem tem dois, tem somente um” para ilustrar a distribuição de Policiais Militares (PM’s) para promover a segurança pessoal dos chefes do executivo das diversas cidades do estado do Ceará.

No último dia 26 de março, foi aprovada no parlamento de Fortaleza a autorização da guarda do prefeito pela Policia Militar (PM) que autorizou 12 policiais, divididos em dois turnos, fazer a segurança do chefe do executivo municipal.

E, na última segunda-feira (15), foi publicada no Diário Oficial do Estado do Ceará uma medida que cria a Coordenadoria Militar para proteger o prefeito Roberto Cláudio. A nova coordenadoria será subordinada à Casa Militar e terá a responsabilidade de fazer a segurança pessoal do prefeito, contando com policiais militares em seus quadros.

Segundo consta no documento, a coordenadoria terá por finalidade “assistir diretamente ao prefeito de Fortaleza nos assuntos relacionados à segurança institucional”. Algumas das atribuições são: “orientar, coordenar e dirigir serviços de segurança do prefeito; colaborar na elaboração de planejamento estratégico de segurança e deslocamento do prefeito; manter cadastro de identificação dos funcionários do gabinete; acompanhar o prefeito em solenidades e viagens”.

Isso abre a possibilidade de os outros 183 municípios do Ceará solicitar também sua guarda pela PM, segundo o princípio da simetria.

O princípio da simetria é um norteador dos entes federados na elaboração de suas Cartas ou Leis Orgânicas, deste modo, as mesmas limitações impostas à União devem ser estabelecidas aos Estados e Municípios, e entre eles.

Segundo os professores Luiz Alberto David Araújo e Vidal Serrano Nunes Júnior:

“O princípio da simetria, segundo consolidada formulação jurisprudencial, determina que os princípios magnos e os padrões estruturantes do Estado, segundo a disciplina da Constituição Federal, sejam tanto quanto possível objeto de reprodução nos textos das constituições estaduais”.

Esse princípio, de relevante importância em nossa federação, estabelece que o ente da federação deve organizar-se de forma harmônica e compatível ao texto constitucional, reproduzindo, se necessário, os princípios e diretrizes trazidas na Lei Maior, em razão de sua supremacia e superioridade hierárquica.

Então, vamos partir do princípio da simetria, da proporcionalidade de acordo com a população e da lógica de ter pelo menos dois homens por turno, neste sentido, teríamos pelo menos 4 (quatro) homens, solicitados pelos municípios, para garantir pelo menos dois policiais em cada turno.

Isso significa que seria necessário tirar das ruas o seguinte quantitativo de policiais: 100 (Fortaleza) + 14 (Juazeiro do Norte) + 12 (Sobral) + 10 (Maracanaú) + 8 (Caucaia) + 6 x 3 (Crato, Itapipoca,Maranguape) + 4 x 175 (demais cidades) = 866.

O que vocês acharam desta aprovação feita pela Câmara Municipal de Fortaleza (CMF) e da criação da Coordenadoria Militar pelo Governo do Estado do Ceará?

Considerando também que a quantidade de PMs apresentada pelo Anuário Brasileiro de Segurança Pública, lançado em 2011, pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública em parceria com o Ministério da Justiça, o Ceará tem 14.934 policiais militares e uma população de 8.448.055 (1 de ago de 2010) de habitantes, segundo o Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Faça a divisão entre a população cearense pela a quantidade de policiais e teremos 1 (um) PM para cada grupo de 565 pessoas.

Esse número coloca o Ceará como o terceiro Estado com o pior efetivo de policiais militares proporcional ao número de habitantes.

O Ceará tem melhor desempenho apenas se comparado ao Maranhão (com um PM para cada 866 habitantes), e ao Paraná (com um agente para 605 pessoas).

Estas informações são apenas para ilustrar o prejuízo e a ameaça das últimas decisões do parlamento municipal e do Governo do Estado quanto à política de segurança pública.

Os 100 homens deslocados para segurança do prefeito colocam um total de 56.500 cidadãos fortalezenses (100 × 565) que ficarão descobertos por tirar estes policiais das ruas de fortaleza e serem alocados para segurança de um único cidadão.

Não estamos nos referindo à necessidade de ter ou não ter segurança do chefe do executivo municipal. Pessoalmente, acho que deve ter uma segurança diferenciada, mas com a contratação de serviços de terceiros ou um efetivo da guarda municipal especializada para tal tarefa.

A solução é do tipo cobrem-se os pés de um único cidadão e descobrem-se milhares de cabeças de fortalezenses.

Vale ressaltar também que o recomendado pela Organização das Nações Unidas (ONU) é de um policial para cada 250 habitantes. Ou seja, considerando o efetivo, o Ceará precisaria dobrar a cifra de militares para atingir o ideal.

Agora imagine se os outros 183 municípios do Ceará, pelo princípio da simetria, solicitassem também a guarda pessoal do prefeito (a) pela PM e tire-se um efetivo de 866 policiais das ruas do Ceará. Teríamos um downsizing (encolhimento) de quase 5,8% da PM do Ceará, isto é, 489.290 habitantes ficariam descobertos por policiais.

Façam vocês mesmos suas reflexões sobre a medida tomada pela Câmara Municipal em mudar a Lei Orgânica do Município (L.O.M) e pela criação da coordenadoria de Estado para permitir o uso da PM na guarda do chefe do Executivo municipal.

Como disse acima, acho pertinente e relevante o prefeito ter uma guarda diferenciada, mas não tirando os poucos policiais das ruas e deixando os fortalezenses mais vulneráveis à violência.

Que se treine a Guarda Municipal ou contrate serviços de terceiros.

Pacto pela habitação rural quer erradicar 131 mil casas de taipa

casa de taipa

É meta do Governo do Ceará a erradicação das 131 mil casas de taipa espalhadas pelo Interior do Estado. A afirmação é do secretário das Cidades, Camilo Santana, que na última semana recebeu a superintendente nacional de Habitação Rural da Caixa Econômica Federal, a paranaense Noemi Aparecida, para um encontro com representantes do movimento social interessados em participar do Plano Nacional de Habitação Rural (PNHR). O superintendente da mesma área do Banco Brasil no Ceará, Tarcísio Gerotto, também participou da reunião realizada na Secretaria das Cidades. “Estamos construindo um grande pacto pela habitação rural no Ceará”, destaca Camilo.

Conhecido como Minha Casa Minha Vida Rural, o programa concede subsídios com recursos do Orçamento Geral da União (OGU) ao beneficiário (pessoa física), agricultor familiar ou trabalhador rural, organizados por uma Entidade Organizadora, para a aquisição de material de construção destinado a obra, conclusão ou reforma/ampliação de unidade habitacional em área rural. O Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria das Cidades, aporta contrapartida e dá suporte técnico. O secretário lembra, ainda, que o Estado vai superar a cota estabelecida para o Ceará de 10 mil unidades habitacionais no PNHR. “Queremos chegar a 20 mil moradias. E sanar este déficit é o nosso desafio”, arremata.

(Secretaria das Cidades)

Baixo crescimento e preços em alta fazem Brasil viver estagflação, dizem especialistas

A expectativa de que o país enfrentará mais um ano de baixo crescimento e inflação próxima do teto da meta acendeu o alerta para a trajetória da economia brasileira. Segundo especialistas ouvidos pela Agência Brasil, o termo estagflação descreve adequadamente o cenário econômico atual, apesar de o fenômeno não se repetir na mesma intensidade que há 40 anos.

Criado na década de 1970, o vocábulo significa a combinação de estagnação da economia com preços em alta. A palavra foi usada para descrever a economia mundial depois do primeiro choque do petróleo, quando o reajuste dos combustíveis provocou a elevação repentina de custos, que fez a inflação aproximar-se de 10% ao ano em alguns países desenvolvidos, e interrompeu o crescimento econômico em todo o mundo.

Para os economistas, a inflação em alta e o crescimento baixo indicam que o modelo de crescimento baseado na expansão do consumo, que impulsionou a economia brasileira nos últimos dez anos, esgotou-se. De acordo com eles, o Brasil só conseguirá sair dessa situação se fizer mudanças estruturais que destravem o investimento e aumentem a competitividade do país.

Ex-diretor do Banco Central (BC), Carlos Eduardo de Freitas concorda que o país atravessa um cenário de estagflação. Por um lado, o mercado de trabalho aquecido, com pleno emprego e renda da população em alta, pressiona a inflação. Por outro, a falta de investimentos em infraestrutura e a utilização elevada da capacidade da indústria, mostram que a oferta continua estagnada. “Numa economia operando a pleno emprego e com a capacidade instalada totalmente comprometida, não tem como o país crescer muito sem pressionar a inflação”, destaca.

Para Freitas, as estimativas de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB – a soma das riquezas produzidas no país), oficiais e do mercado financeiro, só estão em torno de 3% neste ano porque já incorporam as projeções de inflação próxima de 6,5% (teto da meta). “Esse nível de crescimento só poderia ser atingido se a indústria tivesse capacidade ociosa. A capacidade de crescimento com inflação no centro da meta [4,5%] está em apenas 1%, no máximo 1,5%”, diz.

Em 2011, o PIB brasileiro cresceu 2,7% e a inflação oficial pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) atingiu 6,5%. No ano passado, o PIB cresceu apenas 0,9%, com inflação de 5,84%. Para este ano, as instituições financeiras projetam crescimento de 3% para a economia e IPCA de 5,68%, segundo o Boletim Focus, pesquisa divulgada toda semana pelo Banco Central.

(Agência Brasil)