Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

UFC promoverá Feira de Jogos e Brinquedos do Mundo

“Será inaugurada na próxima segunda-feira, às 16 horas, a exposição ‘Jogos e Brinquedos do Mundo”, na Casa de José de Alencar. A mostra é uma ação do Museu da Infância e do Brinquedo, projeto de extensão da Universidade Federal do Ceará coordenado pelo professor Marcos Teodorico. A exposição consta de jogos, brinquedos e fotografias, complementada pela exibição de filmes e pela interação lúdica com o público visitante. A mostra ficará aberta até dia 30 de agosto deste ano, inclusive aos sábados e domingos.

O Museu da Infância e do Brinquedo funciona permanentemente no bloco 320 do Instituto de Educação Física e Esportes (Iefes) no Campus do Pici. Mediante agendamento, recebe para visitas guiadas alunos de ensino fundamental e médio, bem como de universidades. As visitas devem ser programadas com 72 horas de antecedência para grupo de no mínimo 10 e no máximo 40 estudantes.”

(Site da UFC)

MP-CE inscreve para concurso público até sexta-feira

O período de inscrições ao concurso do Ministério Público do Estado vai terminar as 14 horas desta sexta-feira (10). Segundo a assessoria de imprensa do MP, a inscrição é feita exclusivamente pela internet, no endereço www.concursosfcc.com.br. O edital, lançado no último dia 1º, prevê o preenchimento de vagas de servidores e também a formação de cadastro de reserva.

Ao todo, são quatro (4) vagas para candidatos com nível superior (analistas ministeriais), sendo duas (2) para Direito e duas (2) para Ciências da Computação, além de 58 vagas para cargos que exigem ensino médio completo (técnicos ministeriais). Também ficam reservadas para pessoas com deficiência uma (1) vaga de cada área dos analistas ministeriais e ainda três (3) vagas entre aquelas ofertadas para os técnicos, conforme determina a legislação.

As provas serão formuladas pela Fundação Carlos Chagas e devem ser aplicadas no dia 2 de junho, em Fortaleza. A inscrição custa R$ 100 para os cargos de nível superior e R$ 80 para os demais. São isentos do pagamento da taxa servidores públicos estaduais, doadores de sangue que tenham realizado no mínimo duas doações no período de um ano, além de pessoas inscritas no Cadastro Único do Governo Federal. 

Governo vai tentar aprovar a MP dos Portos na próxima semana

“Apesar da derrota do governo na noite desta quarta-feira (8) com o adiamento da votação da MP do Portos na Câmara, a ordem no Palácio do Planalto é insistir na discussão até o prazo final da vigência da proposta. A MP expira na próxima quinta-feira (16) e é uma das apostas do governo para destravar o setor portuário.

Depois da Câmara, a proposta ainda precisa ser discutida pelo Senado para, então, seguir para a sanção da presidente Dilma Rousseff. Com o adiamento de ontem, o governo terá apenas a próxima semana para votar nas duas Casas.

A ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti disse que “ainda dá tempo”.

— Não acredito que nesta semana tenha clima, mas semana que vem tem segunda, terça, quarta e quinta.”

(R7.com)

Vereadora promete protesto contra abusos de barracas da Praia do Futuro

239 1

Sobre a nota do deputado estadual Fernando Hugo (PSDB), acerca de abusos nas barracas da Praia do Futuro e da polêmica sobre a permanência ou não delas nessa área de Fortaleza, recebemos de Andréa Saraiva, assessor da vereadora Toinha Rocha (PSOL), a seguinte nota, onde há convite para um ato de protesto. Confira:

Caro Eliomar de Lima,

Esse fato suscitado pelo deputado Fernando Hugo teve origem com a vereadora Toinha Rocha (PSOL), que foi vítima dessa extorsão no último domingo.

A vereadora denunciou em plenário, por fazer parte da Comissão de Defesa do Direito do Consumidor da Câmara Municipal de Fortaleza. Fato silenciado pela presidência da referida Comissão que até o momento ainda não se posicionou.
Na ocasião, a vereadora chamou a imprensa que fez uma matéria como pode ser visto nesse vídeo: http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=XJ9swyfKjuc
A vereadora está convidando o Fortalezense para o evento “Farofada no Crocobeach” que ocorrerá no dia 19 de maio. O evento estava previsto para o próximo domingo, no entanto, por ser Dia das Mães, foi postergado para o domingo posterior.
Sem mais,
* Andréa Saraiva,
Assessora do PSOL. 
* Este Blog está aberto à associação que representa esse segmento de mercado.

Capitão Wagner vê problema de gestão na Segurança Pública

156 2

capitaowagnerr

Para o vereador Capitão Wagner (PR), um dos graves problemas do setor de segurança pública do Estado chama-se “falta de gestão”.

Ele, que retornou de Brasília insatisfeito com mais um adiamento da votação, na CCJ do Senado, do projeto que dá anistia aos policiais e bombeiros militares que fizeram greve no Estado entre 2011-2012, não comunga com a ideia do “pé-de-boi” à frente da pasta.

Prefeitura de Fortaleza coloca em prática ideia petista do Orçamento Participativo

155 3

A Prefeitura manteve a ideia de elaborar um orçamento participativo, prática da gestão petista. Dentro dessa prática, implantou a Coordenadoria de Participação Popular que, até sexta-feira, está promovendo os primeiros fóruns de delegados e delegadas do Orçamento Participativo de 2013.

Quem está à frente desse trabalho é a secretária Jade Romero, que fará apresentação da Coordenadoria de Participação Popular para os novos membros e conversará sobre como acontecerá o processo de elaboração participativa do Plano Plurianual (PPA) 2013-2017.

* Nesta quinta-feira (09) acontecerão os dois Fóruns, na Regional IV e na Regional V, ambos inciarão às 18 horas.

 

IBGE aponta aumento na produção industrial em oito Estados. Ceará teve alta moderada

“A produção industrial brasileira aumentou em oito dos 14 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na passagem de fevereiro para março. Os dados foram divulgados hoje (9) e apontam que os maiores aumentos na produção foram registrados no Paraná (5,4%), em Minas Gerais (4,4%), Pernambuco (2,6%), no Rio de Janeiro (2,5%) e no Amazonas (2,5%). Segundo o IBGE, todos esses locais mostraram resultados negativos em fevereiro último: -1,3%, -11,0%, -3,2%, -1,5% e -1,1%, respectivamente.

Três locais apresentaram alta moderada em março: Bahia (0,8%), São Paulo (0,6%) e região Nordeste (0,5%). Seis dos 14 locais pesquisados apresentaram recuo na produção industrial em março, na comparação com fevereiro. As quedas mais intensas aconteceram no Pará (-3,8%), em Goiás (-2,8%), no Rio Grande do Sul (-1,3%) e no Ceará (-1,0%). Santa Catarina e Espírito Santo registraram recuos mais moderados de 0,7% e 0,3%, respectivamente.”

(Agência Brasil)

Semana da Mamãe terá direito a exposição e venda de flores

Por conta da Semana das Mães, o entorno da estátua de Iracema Guardiã (Praia de Iracema) ganhará uma exposição de flores que será aberta às 16 horas desta quinta-feira e se estenderá até sábado. A mostra reunirá filiados da Associação dos Produtores de Flores e Plantas Ornamentais do Ceará (Florece), com apoio do Sebrae, Prefeitura de Fortaleza e Adece. O objetivo é aproveitar a época e alavancar as vendas do setor, segundo a entidade

O Ceará continua sendo um dos maiores exportadores nacionais de flores, sendo o segundo nas exportações totais. Nos últimos anos, as exportações saíram de US$ 3,3 milhões para US$ 5, milhões, com um crescimento de 52%.

SERVIÇO

* Feira das Flores – Das 16 às 20 horas

Operação contra pirataria apreende mais de 10 mil peças

pirataria 130509 operação

Mais de 10 mil peças adulteradas e algumas máquinas industriais foram apreendidas nesta quinta-feira (9), durante uma operação da Polícia Civil em Fortaleza, Recife (PE) e Jaboatão dos Guararapes (PE).

Segundo a Polícia, um homem de 57 anos, que seria o responsável por abastecer o mercado pirata de confecções nas regiões Norte e Nordeste foi detido em um escritório de fachada na avenida dos Expedicionários.

IBGE – Produção brasileira de grãos deve crescer 14,2% neste ano

“A produção da safra nacional de grãos deve alcançar 185 milhões de toneladas este ano. A estimativa, referente ao mês de abril, é 14,2% maior que o resultado obtido em 2012 (161,9 milhões de toneladas) e 2% maior que a projeção de março (181,3 milhões de toneladas). Os dados fazem parte da quarta estimativa de 2013 da safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), divulgado hoje (9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A área a ser colhida em 2013 é estimada em 52,8 milhões de hectares, 8,2% maior do que a de 2012 (48,8 milhões de hectares) e 0,3% (mais 143.306 hectares) superior ao previsto no mês anterior.

As três principais culturas – arroz, milho e soja – que representam 92,4% da produção de grãos, respondem por 86,1% da área a ser colhida. Em relação a 2012, foi estimado aumento da área a ser colhida de 0,9% para o arroz, 9,1% para o milho e 10,6% para a soja. Ainda na comparação com o ano passado, a produção do arroz deve crescer 5,1%; a do milho, 9,1%; e a da soja, 23,3%.

(Agência Brasil)

* POR FALAR NISSO, o Ceará vai amargar, por causa da seca, produção mesmo boa só de feijão.

Seca é tema de audiência pública na Assembleia Legislativa

Por iniciativa da deputada estadual Eliane Novai (PSB), a Assembleia Legislativa realizará nesta quinta-feira, a partir da 14 horas, no Complexo das Comissões, audiência pública sobre o tema “Seca e políticas de convivência com o semi-árido”. O objetivo é debater os ciclos da seca e as políticas de convivência com o semi-árido, a partir da participação dos representantes da Secretaria de Desenvolvimento Agrário, Banco do Nordeste do Brasil, INCRA, Ministério Público Estadual, DNOCS, Cogerh, SRH, CONAB, SOHIDRA, CONSEA, TERRA MAR, CEDECA, Conselho Pastoral dos Pescadores, CNBB, OAB, DEFENSORIA PÚBLICO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, CUT e SINDIÁGUA.

Segundo Eliane Novais, a falta de chuva ainda tem sido utilizada como desculpa recorrente para justificar a calamidade da seca, que no Nordeste atinge mais de 1.400 municípios. Somente no Ceará, são quase 2 milhões de pessoas afetadas diretamente pela seca e mais de 90% dos municípios do território estadual em situação de emergência.

 

Por uma ampla reforma do Poder Judiciário já!

174 5

Com o título “Reformas necessárias e urgentes”, eis artigo do jornalista e radialista Messias Pontes. El aborda a crise entre Congresso e STF e não poupa críticas ao ministro Gilmar Mendes, defendendo a necessidade de uma ampla reforma do Poder Judiciário. Confira:

O Brasil necessita, há muito tempo, de reformas para poder avançar no rumo da democracia, da justiça social e da soberania popular. Tentadas pelo presidente João Goulart, as reformas de base amedrontaram as oligarquias tupiniquins, notadamente as rurais, e o imperialismo norte-americano. Este, como o apoio daquelas, deram o golpe de Estado em 1º de abril de 1964, causando a terceira maior tragédia de toda a história – depois da de mais de três séculos de escravidão e da ditadura do Estado Novo (1937-1945).

Com o advento ao poder central dos neoliberais tucano-pefelistas em 1995 – que caracterizou-se como a quarta maior tragédia nacional dado o desmonte do Estado e o entreguismo desbragado do patrimônio público –, o Coisa Ruim (FHC) anunciou, ao tomar posse, o início do fim da Era Vargas que compreende também o período de João Goulart, herdeiro político do presidente Getúlio Vargas, levado ao suicídio em 24 de agosto de 1954 para evitar o golpe de Estado, adiando por dez anos o golpe militar de 1º de abril de 1964.

Com a ascensão das forças democráticas e populares em 2003, com Luiz Inácio Lula da Silva à frente,e depois Dilma Rousseff, o País observou substanciais avanços, notadamente no que diz respeito à diminuição da pobreza, a elevação à classe média de 30 milhões de brasileiros, o acesso à universidade de mais de um milhão de filhos operários, camponeses, empregadas domésticas, garis, merendeiras; o fortalecimento da universidade federal pública, a criação de 214 Institutos Federais de Educação, a criação de 19 milhões de empregos com carteira assinada, etc. No entanto, reformas imprescindíveis como a agrária, a política, a tributária com impostos progressivos, a democratização da comunicação não saíram do lugar, o mesmo acontecendo no governo da presidenta Dilma Rousseff. Com a judicialização da política, a reforma do Judiciário torna-se, igualmente, mais que nunca, necessária e urgente.

Ao comentar o meu último artigo aqui no Vermelho – Gilmar Mendes é fabricante de crises -, o internauta Antonio Carlos, de Fortaleza, observa que os poderes Legislativo e Executivo têm mandatos temporários, e indaga por que não o Supremo Tribunal Federal (STF) ter mandatos de seus membros também de quatro anos, sem recondução? A observação de Antonio Carlos é pertinente, pois não se pode admitir que, contrariando a Carta Magna de 1988, o Judiciário pisoteie a soberania popular. Afinal, prefeitos, governadores, presidente da República, vereadores, deputados e senadores são eleitos com o voto popular. Já os magistrados, em especial os dos tribunais superiores, não tiveram um único voto popular. Quatro anos considero pouco tempo, mas oito está de bom tamanho. A vitaliciedade da magistratura é um absurdo. Ter de aguentar o ministro Gilmar Mendes (ou Gilmar Dantas, conforme o jornalista Ricardo Noblat) por mais 12 anos é demais. Quanto mal ele ainda pode causar nesse longo período já que é um fabricante de crises?

Motivos ele já deu demais para o Senado decretar o seu impeachment, requerimentos foram feitos, porém a maioria dos senadores não tem coragem. Pelo contrário, os senadores da direita conservadora, notadamente os do PSDB e do DEMO, e até o presidente Renan Calheiros (PMDB) se postam de joelhos perante o arrogante e prepotente ministro Gilmar Mendes. Numa demonstração de subserviência, os presidentes da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) e do Senado estiveram reunidos com Gilmar Mendes para discutir a liminar que suspendeu a tramitação do projeto de lei 4470, aprovada pelos deputados, mas que ainda não pôde iniciar sua tramitação na Câmara Alta; e a PEC 33, de autoria do deputado petista piauiense Nazareno Fonteles, aprovada na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, na semana passada, e que, segundo o ministro fabricante de crises, invade as prerrogativas do STF.

Pela atitude dos dois, não dá pra saber quem é mais medroso e subserviente, se o presidente da Câmara ou do Senado. Segundo Henrique Eduardo Alves, a conversa foi bastante informal, e serviu para apaziguar as relações entre os poderes Legislativo e o Judiciário. “Fomos mostrar que da parte do Legislativo não há nenhuma intenção de estremecer as relações que devem ser sempre e serão respeitosas entre os poderes”, salientou. Com a mesma subserviência, o senador Renan Calheiros enfatizou que não há novidades sobre a tramitação do projeto, e que na próxima segunda-feira ele deve procurar Gilmar Mendes mais uma vez para que “uma decisão final seja tomada”.

Como presidentes da Câmara e do Senado, Henrique Eduardo Alves e Renan Calheiros, se fosse o caso, deveriam ter procurado o ministro Joaquim Barbosa, presidente do STF e não Gilmar Mendes. Este, por sua vez, age como se ainda fosse presidente da Suprema Corte e, observando a posição subalterna de Alves e Renan, agora é que vai extrapolar das suas funções, tripudiar e tentar criar novas “crises”. Ele sabe que pode contar, sempre, com o irrestrito e incondicional apoio da direita conservadora e do baronato da velha mídia conservadora, venal e golpista e seus colonistas e demais amestrados. Por isto, para o bem da democracia, a reforma do Judiciário é mais que necessária e urgente.

* Messias Pontes,

Jornalista e Radialista. 

Porto do Mucuripe registra um abril de cargas mil

pauloandree 

O Porto do Mucuripe registrou 13% a mais de mercadorias e 37% a mais na movimentação de contêineres em abril em relação a igual período de 2012.

A informação é do presidente da Companhia Docas do Ceará, Paulo André Holanda, que esteve em Brasília reunido com o secretário nacional dos Portos, ministro Leônidas Cristino, avaliando inicio das operações do sistema “Porto 24 Horas”.

Paulo André adianta que o sistema vem registrando bons resultados preliminares e que, de fato, a burocracia na liberação de cargas e descargas deverá se reduzir gradativamente com o ritmo do trabalho de todos os órgãos envolvidos nessa logística.