Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

STF – Lei Seca será tema de audiências públicas

119 1

“As implicações legais entre direção e bebida, regulamentadas pela Lei Seca desde 2008, serão discutidas no Supremo Tribunal Federal (STF) a partir de hoje (7), em duas audiências públicas. As audiências são debates realizados antes do julgamento para esclarecer questões técnicas e científicas que ultrapassam a esfera jurídica em temas de grande impacto social.

As audiências foram convocadas pelo ministro Luiz Fux para dar respaldo ao julgamento de uma ação de inconstitucionalidade contra a Lei Seca. A ação foi protocolada pela Associação Brasileira de Restaurantes e Empresas de Entretenimento (Abrasel) e questiona diversos dispositivos da lei.

Cerca de 30 conferencistas deverão comparecer ao STF para debater o efeito do álcool sobre o motorista, a venda da bebida à beira das rodovias e a aplicação da lei até agora. Estão inscritos representantes de órgãos governamentais e não governamentais, autoridades, especialistas em trânsito e da área médica e jurídica.  As audiências serão abertas ao público e ocorrem a partir das 15 horas, na Sala de Sessões da Primeira Turma do STF, em Brasília. Elas também serão transmitidas ao vivo pela TV Justiça e pela Rádio Justiça.

No fim de março, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) entendeu que o bafômetro e o exame de sangue são os únicos meios de provar embriaguez ao volante. Segundo a decisão, exames clínicos e provas testemunhais não podem ser usadas em ações penais contra quem dirigiu embriagado. No entanto, o entendimento do STF será a palavra final sobre o assunto.”

(Agência Brasil)

Igreja do Carmo e uma eterna obra

74 3

“A escadaria despedaçada à frente da Igreja do Carmo, no Centro, não é convidativa. Muitas noivas inclusive já riscaram o templo da lista de opções para o casamento. Fiéis mais idosos ou com alguma dificuldade de locomoção também. A reforma da praça que circunda a igreja anda a passos lentos há 10 meses, chegou a ser paralisada e tem afastado os fiéis.

A preocupação de muitos paroquianos é com o próximo domingo, dia 13, quando são esperadas milhares de pessoas para procissão a caminho do Santuário de Nossa Senhora de Fátima, na avenida 13 de maio. O tradicional percurso começa após missa no Carmo. “A gente espera umas 10 mil pessoas. É um fluxo maior que o 13 de outubro. E não tem espaço nem pra colocar uma comidinha pra vender”, reclama Diva Eugênio, 74, voluntária na paróquia.

“A condição de acesso está difícil. Eu quase caí na descida da escada”, contou Terezinha Araújo, 77, após a primeira missa de ontem. “Os tapumes nem deixam as pessoas enxergarem a beleza da igreja. Está muito lento esse trabalho”, comentou a sobrinha de Terezinha, Marta, 56.

O monsenhor João Jorge, pároco da Igreja do Carmo, diz que os fiéis cobram dele o andamento da reforma “como se fosse uma obra da paróquia”. Segundo o religioso, a retomada da obra chegou a ser pedida em uma novena da igreja para Santa Rita. “Espero que ela tome conta. Porque era obra de quatro meses e agora já vai para 10 meses”, falou aos fiéis, ao fim da celebração das 8 horas de ontem.”

(O POVO)

CPMI do Cachoeira – Depoimentos começam nesta 3ª feira

“As investigações no Congresso Nacional sobre as denúncias envolvendo o esquema do empresário de jogos ilegais Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, com parlamentares e governadores, além de autoridades públicas, serão intensificadas a partir desta terça-feira. Em sessão secreta, será ouvido na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira o delegado da Polícia Federal (PF) Raul Alexandre Marques Souza, responsável pela Operação Vegas.

A operação comandada por Marques Souza desvendou um esquema de exploração de caça-níqueis e contratos públicos comandado por Cachoeira envolvendo governadores e parlamentares de vários partidos políticos. Na quinta-feira (10), será a vez de a comissão ouvir o também delegado da PF Mateus Rodrigues e os procuradores do Ministério Público Daniel Salgado e Lea Batista de Oliveira.

A sessão na qual estarão Rodrigues e os procuradores também será fechada. O delegado e os procuradores comandaram as investigações da Operação Monte Carlo, que investigou o esquema de exploração de caca-níqueis em Goiás. Porém, as atenções estarão voltadas para o dia 15, quando ocorrerá o depoimento de  Cachoeira.

O empresário está preso no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília. A expectativa em torno do depoimento é grande, pois desde sua prisão várias informações relacionadas a ele e sua rede de contatos vieram à tona, mas Cachoeira não se manifestou. Os contatos de Cachoeira envolvem empresários, políticos e autoridades em vários níveis de governo – federal, estaduais e municipais.”

(Agência Brasil)

MP-CE – Educação no trânsito é a área de menor investimento em Fortaleza

“Os gastos da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC) com educação são os menores da planilha de valores aplicados pelo órgão anualmente em Fortaleza. Os dados foram repassados pelo Núcleo de Operacionalização de Trânsito (Nutran) do próprio órgão ao Ministério Público Estadual. O POVO teve acesso ao documento.

Em todo o ano de 2010, a pasta investiu R$ 1.720.193,66 no setor. Isso representa liberações mensais de R$ 143.349,47. Significa também 4,4% dos R$ 38.317.345,04 destinados ao item “Operações e fiscalizações” e 16% dos R$ 10.445.397,72 do campo “Engenharia/CTAFor”.

Em 2011, as estatísticas referem-se ao período de janeiro a julho. Foram R$ 508.549,66 em despesas de educação de trânsito (R$ 42.379,13 mensais). O montante é 3,04% do gasto com “Operação e fiscalização” (R$ 16.726.449,74) e 9,23% do desprendido para “Engenharia/CTAFor” (R$ 5.509.317,47).

O MP não dispõe dos balanços do segundo semestre de 2011 e do primeiro quadrimestre deste ano. O POVO também não teve acesso aos números ao solicitá-los à AMC durante a semana passada inteira. Pedidos foram feitos tanto por email quanto por telefone.

Segundo o promotor de Justiça responsável pelo Núcleo de Trânsito do Ministério Público, Gilvan Melo, os investimentos podem ser ainda menores. Ele contesta a inclusão no relatório de cifras destinadas ao Fundo Nacional de Segurança e Educação de Trânsito (Funset). “Colocam os 5% recolhidos das multas que devem ir para essa reserva. Não deveria contar, porque é obrigação”, explica.!”

(O POVO)

Chapa de Elmano Freitas é a mais votada na eleição de delegados do PT de Fortaleza

74 6

O PT de Fortaleza divulgou, no começo desta madrugada de segunda-feira, o resultado da apuração das chapas que participarão dia 20 da escolha do seu candidato a prefeito. Confira:


A chapa 1 – Unidade para Avançar o Projeto Democrático Popular (Elmano de Freitas) foi a mais votada na eleição de delegados do PT Fortaleza, realizada neste domingo (06.05). Com 67,85% dos votos, a chapa 1 terá 204 delegados no Encontro Municipal marcado para o dia 20 de maio.

A chapa 3 – Construindo a Unidade para Vencer (Camilo Santana) obteve 10,99% dos votos e estará representada por 33 delegados. Em terceiro lugar ficou a chapa 5 – Fortalecer a Democracia para Corrigir Rumos (Francisco Pinheiro) com 9,92% dos votos e 30 delegados. Em quarto, a chapa 2 – Participação, Democracia e Unidade (Artur Bruno) ficou com 7,82% dos votos e 23 delegados, seguida pela chapa 4 – Militância Socialista (Acrísio Sena) com 3,4% dos votos e 10 delegados.

A eleição de delegados do PT fortaleza foi realizada das 9 às 17 horas deste domingo em 13 zonas eleitorais da cidade. Ao todo, votaram 4.318 filiados, o que resultou em um quórum de 39%, o maior da história do PT Fortaleza.

No próximo dia 20 os 300 delegados participarão do Encontro Municipal para definir a tática eleitoral.

Pais registram B.O por demora no atendimento

78 1

“Um grupo de pais decidiu agir contra a demora no atendimento dos filhos doentes no Centro Pediátrico da Unimed, no Joaquim Távora. Ontem, enquanto os pequenos aguardavam a vez para consulta médica, alguns pais se dirigiram até o 2º Distrito Policial (DP) para denunciar a superlotação na unidade de saúde privada.

O grupo registrou um Boletim de Ocorrência (B.O.) e deve entrar com uma ação cível contra o hospital. Durante todo o fim de semana, houve muita insatisfação na espera por atendimento. Muitas crianças apresentavam sintomas parecidos com o da dengue.

O motorista Demóstenes Avelino, 35, faz parte do grupo de pais que se dirigiu ao distrito policial. Ele diz que levou a filha com febre alta por volta das 9 horas da manhã de ontem ao centro pediátrico. Passava do meio-dia e ainda não havia previsão de atendimento. “Restavam 48 crianças na frente”.

Ele foi ao 2° DP, voltou e a situação continuava a mesma. A consulta só aconteceu às 15 horas. “Eu tive que bater na porta do médico e entrar. Minha filha estava com 39 graus de febre”, justifica. Segundo o motorista, o cenário era desolador. “Tinha criança vomitando no chão e outras chorando. Com a demora, muitos pais ficaram estressados. Estava pior que hospital público”.

Segundo os pais das crianças doentes, o descontentamento também atinge os profissionais de saúde. “Entendemos que eles estão cansados com a alta demanda e merecem ser melhor remunerados. Nossa crítica é contra a Unimed”, pontua Demóstenes. Ontem, quatro pediatras faziam o atendimento. Quando O POVO foi à unidade de saúde, no fim da tarde, eram quase 50 crianças na fila de espera.

Na noite do último sábado, uma viatura do Ronda do Quarteirão chegou a ser acionada – diante da superlotação do centro pediátrico. De acordo com um funcionário, que preferiu não se identificar, a situação é a mesma há alguns dias.O POVO tentou entrar em contato com a assessoria de imprensa da Unimed, mas ninguém atendeu ao telefone nem houve resposta ao e-mail encaminhado.”

(O POVO)

Sarkozy reconhece derrota

O atual presidente da França, Nicolas Sarkozy, reconheceu, em um discurso neste domingo, sua derrota para o socialista François Hollande. Sarkozy discursou para os apoiadores logo após o término da votação, às 15h (horário de Brasília). Ele pediu respeito ao novo presidente e afirmou que já ligou para Hollande desejando boa sorte.

Em um momento emocionante do discurso, Sarkozy declarou ter gratidão à população francesa.

“Eu nunca vou poder retribuir aos franceses o que eles deram para mim nesses últimos anos”, disse o atual presidente.

Pesquisas de boca de urna apontam vitória de Hollande com 52% dos votos, contra 48% do seu adversário.

(Com Agências Internacionais)

Brasil e França vão estudar as chuvas na Bacia Amazônica nos últimos 10 milhões de anos

Cerca de 30 pesquisadores do Laboratório Misto Internacional Franco-Brasileiro Observatório das Mudanças Climáticas (LMI-OCE) vão participar do projeto Clim-Amazon para conhecer o regime de chuvas na Bacia do Rio Amazonas nos últimos 10 milhões de anos. O estudo, que vai durar quatro anos e é financiado exclusivamente pela União Europeia (€ 2 milhões), vai observar os sedimentos encontrados no leito e no fundo de várias partes do Rio Amazonas, desde a nascente nos Andes até a foz no Oceano Atlântico.

Os sedimentos se deslocam, entre outras formas, pela força da chuva que alimenta o rio. Os dados coletados pela observação dos sedimentos poderão indicar se houve variação climática no período “Será que o regime de chuva na Bacia Amazônica permaneceu constante nos últimos 10 milhões de anos ou será que houve mudanças?”, pergunta Roberto Ventura Santos, diretor de geologia e recursos minerais do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) e professor do Laboratório de Geocronologia da Universidade de Brasília (UnB).

O pressuposto do trabalho é que a natureza não é constante e se desenvolve em ciclos. As características dos sedimentos (físicas, geoquímicas e isotópicas) revelam de onde eles vieram e quando. “A hipótese é que ocorreram variações climáticas e essas variações modificaram não só a quantidade, mas também a localização de onde vieram os sedimentos”, explica Ventura Santos.

Essas informações podem ser relevantes em projeções sobre o comportamento futuro das chuvas na região. “Para saber como as coisas vão funcionar no futuro, precisamos ver como se comportaram no passado. Entender como se deram no passado pode ser extremamente importante para saber como a Bacia Amazônica vai mudar no futuro”, avaliza Franck Poitrasson, pesquisador colaborador da UnB e coordenador do projeto pelo Instituto Francês de Pesquisa para o Desenvolvimento (IRD).

A pesquisa vai utilizar material coletado em estudos anteriores (também em cooperação Brasil-França), novas coletas de água barrenta ou amarelada no Rio Amazonas (sedimento em suspensão) e material obtido em perfurações de 300 a 400 metros de profundidade (colhido nas prospecções por petróleo), além de material de satélite que pode, por exemplo, trazer imagens sobre as áreas com erosões.

A observação dos sedimentos pode inclusive verificar o impacto do desmatamento recente no Amazonas. As raízes das árvores mortas liberam terra do solo, que é levada ao rio.

Além de cientistas franceses e brasileiros (da UnB, da Universidade Federal do Amazonas e do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia), participam do Clim-Amazon pesquisadores alemães e holandeses. A expectativa de Ventura Santos é que em breve cientistas de outros países, inclusive da região amazônica, sejam envolvidos no projeto entre doutores, pós-doutores e pesquisadores visitantes.

(Agência Brasil)

Em exame projeto que limita a 25% aumento do custo de obras públicas

A Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) realiza na próxima quinta-feira (10) uma reunião em duas partes. Na primeira, o senador Vicentinho Alves (PR-TO), presidente da Subcomissão Temporária sobre Aviação Civil, fará uma explanação relatando as atividades já realizadas pelo colegiado, que integra a CI. Na segunda, analisa pauta de dois itens, um deles o Projeto de Lei do Senado (PLS) 25, de 2012, que estabelece limite máximo de 25% para acréscimos ao valor inicial atualizado do contrato em todas as obras, serviços ou compras.

Atualmente, os contratos podem ser acrescidos de 50% sobre o valor inicial atualizado. A proposta, de autoria da senadora Ana Amélia (PP-RS), tem voto favorável do relator na CI, senador Valdir Raupp (PMDB-RO), e será votada em decisão terminativa pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

O relator cita a afirmação da autora, segundo a qual o acréscimo hoje permitido pela lei “tem sido usado de forma irresponsável”, em geral “em prejuízo da administração, do melhor interesse público e dos cofres públicos”. Para Valdir Raupp, “os contratantes já veem como certa a ampliação em 50% do valor inicial de um contrato”. O relator ressalta que “o permissivo hoje existente leva, inclusive, a certo desleixo do administrador quando do orçamento da reforma”.

O relator entende que, com a aprovação da proposta, “haverá mais zelo por parte dos gestores ao elaborarem editais e ao orçarem os serviços que serão contratados, além de garantir maior segurança na execução financeira do orçamento público”.

(Agência Senado)

Ceará e Fortaleza não saem do 0 a 0

No primeiro jogo da decisão do Campeonato Estadual de Futebol, Ceará e Fortaleza não saíram do 0 a 0, na tarde deste domingo (6), no estádio Presidente Vargas. As duas equipes voltam a campo no próximo domingo (13), quando será conhecido o campeão de 2012. O time alvinegro joga por outro empate para garantir o título.

A partida foi marcada pelo nervosismo e por muitos passes errados. Ainda no primeiro tempo, o técnico do Ceará, PC Gusmão, foi expulso por reclamação. Na jogada de maior perigo da partida, Misael (atacante do Ceará) chutou e a bola bateu na trave, aos 39 minutos do segundo tempo.

Luizianne vota e diz que PT se prepara para “todos os cenários”

69 2

A prefeita de Fortaleza e presidente do PT no Ceará, Luizianne Lins (PT), reafirmou na tarde deste domingo (6)  que o PT está se preparando para lançar candidato a prefeito ainda que não seja consolidada uma possível aliança com o PSB e o governador Cid Gomes. Segundo Luizianne, havendo ou não a manutenção da aliança com o PSB, o PT terá seu candidato próprio para a eleição de outubro.

As declarações da petista foram dadas na Escola Edite Braga (Rua Capitão Vasconcelos, 1061 – Aerolândia), onde Luizianne votou na eleição que definirá os 300 delegados que participação do encontro municipal do PT, no próximo dia 20. Em entrevista, a prefeita demonstrou desejo de consolidar a aliança com Cid, mas afirmou que atualmente as negociações estão paralisadas.

“O governador ficou de me ligar e eu estou aguardando. Até hoje não houve um retorno. Estou esperando uma conversa. Estou aberta ao diálogo como sempre estive e vamos continuar apostando que essa aliança vai se manter. Esperamos que ela se mantenha, para o bem de Fortaleza”, afirmou Luizianne.

(O POVO Online/Foto – Blog)

Boca de urna indica vitória de Hollande em eleição presidencial na França

O candidato de oposição na França, o socialista François Hollande, foi eleito neste domingo (6) o novo presidente da República do país. Pesquisas de boca de urna indicam que Hollande venceu o atual presidente francês, Nicolas Sarkozy. Três institutos de pesquisas – CSA, TNS Sofres e Ipsos – estimam que Hollande tenha ganho com 52% contra 48% de Sarkozy. O atual presidente admitiu a derrota: “A responsabilidade desta derrota é toda minha”.

Na França, o resultado da boca de urna é considerado confiável, embora o nome do vitorioso só será confirmado oficialmente nos próximos dias. As autoridades francesas esperam oficializar o nome de Hollande até o dia 10. A posse do novo presidente deve ocorrer no dia 14.

Simpatizantes e aliados de Hollande estão reunidos na sua cidade natal, Tulle, e na Praça da Bastilha, em Paris, na qual há mais de 30 anos, os eleitores do também socialista François Mitterrand celebraram a vitória dele na disputa presidencial.

Em 2007, Sarkozy venceu a socialista Ségolène Royal, por 53,1% dos votos a 46,9%. Hollande é o segundo presidente socialista na história recente da França. O último foi Mitterrand, que governou de 1981 a 1995. Hollande foi colaborador do governo Mitterrand.

Nos próximos 10 e 17 de junho, há eleições legislativas na França, mas Sarkozy avisou que não vai liderar a União por um Movimento Popular (UMP) no período. “Mantenham-se unidos. Temos que vencer a batalha das legislativas. Eu não irei liderar a campanha”, disse o presidente derrotado.

De acordo com dados preliminares, a abstenção na votação na França ficou em 20,1% de um total de 46 milhões de eleitores. É uma mais baixas abstenções, perdendo apenas para as eleições de 2007, quando apenas 16% dos eleitores deixaram de ir às urnas na França. O voto não é obrigatório no país.

(Agência Brasil com agência pública de notícias de Portugal, Lusa)

Relatório traz indícios de que atuação de Demóstenes foi favorável à legalização dos jogos de azar

Apresentado no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado, o relatório do senador Humberto Costa (PT-PE) recomenda que o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) responda a processo disciplinar e aponta indícios de quebra de decoro parlamentar e de “práticas contrárias à ética”.

No relatório, que será votado pelos integrantes do Conselho de Ética na próxima terça-feira (8), Humberto Costa lista uma série de ações coordenadas, que segundo o petista, foram empreendidas por Demóstenes na defesa de Carlinhos Cachoeira e dos jogos ilegais.

O relator justifica que seu parecer não faz qualquer indagação ou crítica sobre a posição política do senador Demóstenes Torres na votação de matérias ou na condução de seu mandato. Mas, de acordo com Humberto Costa, “a afirmação de militância contrária à legalização dos jogos de azar se mostra uma inverdade, verificada no curso de sua atuação parlamentar”.

(Agência Senado)

Tensão à vista

68 2

Da coluna Menu Político, no O POVO deste domingo (6), pelo jornalista Luiz Henrique Campos:

O novo ministro do Trabalho, Brizola Neto, possui blog no qual um dos seus alvos prediletos é tecer críticas à imprensa. Não sem razão, muitas vezes, é bom que se diga. Diante disso, será interessante acompanhar como se dará sua relação com os veículos de comunicação, agora que ocupa cargo da importância da pasta do Trabalho.

Nesse aspecto, o neto até lembra o avô, que também não poupava os jornalistas. Dizem, porém, que as semelhanças se encerram por aí, estão a insinuar alguns ex-brizolistas. Natural do PDT, a presidente Dilma não é ingênua para saber dessas características. Espera-se que não se arrependa.

Assembleia Legislativa do Ceará passa em pesquisa do Estadão

Inchaço de pessoal comissionado, gastos exorbitantes com combustíveis, auxílio-moradia e verba indenizatória. Essas foram algumas das questões abordadas por uma pesquisa do jornal O Estado de São Paulo às 27 assembleias legislativas no país, publicada neste domingo (6).

A Assembleia Legislativa do Ceará não figurou entre as que mais geram despesas para o contribuinte, mas também não apareceu entre as que reduzem seus gastos. A do Rio de Janeiro é a que possui mais funcionários possui, em um total de 4.328. A de mato Grosso é a que mais torra dinheiro com combustíveis, diante de uma despesa mensal de R$ 470 mil.

Não responderam à pesquisa as assembleias dos estados do Acre, Amapá, Paraíba, Pernambuco, Rondônia, Roraima e Sergipe.

(com informações do Estadão)

Um protesto em Fortaleza pedirá veto ao Novo Código Florestal

Entidades populares realizarão neste domingo, a partir das 16 horas, um ato contra o Novo Código Florestal aprovado pelo Congresso. O objetivo, segundo o ambientalista Paulo Sombra, é pressionar a presidente Dilma para que ela vete itens do documento que são contra os avanços na luta pela preservação do meio ambiente no País.
A iniciativa, de acordo com Paulo Sombra, é livre e apartidária e será realizada a partir das 16 horas, na Avenida Beira Mar, ao lado do anfiteatro, na Volta da Jurema.

No último dia 22, Dia da Terra, manifestações contra o Novo Código Florestal aconteceram em todo o país. Como o projeto foi aprovado, grupos defensores da causa ambiental se mobilizam para pressionar a presidente Dilma por um veto à proposta.

Em Fortaleza, haverá exibição de banners e cartazes em prol do “Veta Dilma!”, além de apresentações artísticas e culturais.

A imagem do TCE e o constrangimento dos servidores

53 2

Da coluna Menu Político, no O POVO deste domingo (6), pelo jornalista Luiz Henrique Campos:

O estigma negativo das cortes de contas no País sempre foi um problema a ser enfrentado por esses organismos no que diz respeito à imagem. Nomeações políticas de seus membros, altos salários, e produção não convincente, na maioria das vezes, deixam essas casas lá embaixo em termos de credibilidade por parte da sociedade. É bem verdade que a estrutura de trabalho pode, em algum momento, ser impeditivo para a realização da missão a qual se destinam. O risco é quando isso passa a ser regra nas desculpas oferecidas à opinião pública.

Apesar de todos os empecilhos existentes, porém, não se pode negar a qualificação dos quadros dessas cortes. E é nesse aspecto que se lamenta que a imagem dos tribunais de contas sofra tanto desgaste. Como ficam esses técnicos gabaritados diante de tudo isso? Faço a reflexão em vista dos últimos acontecimentos envolvendo o conselheiro Teodorico Menezes. Na semana passada tive a oportunidade de conversar com funcionários de carreira do órgão, que relataram o drama pelo qual estão passando.

Sem poder fazer nada, estão tendo de receber calados a maior carga do prejuízo causado pelos recentes episódios. Sim, porque pelo que informaram, mesmo que de público, os conselheiros nomeados exponham certo ar de constrangimento, são poucos os que estão querendo fazer alguma coisa para melhorar a imagem do TCE. Segundo esses servidores, até mesmo ex-assessores de Teodorico, não concursados, continuaram exercendo funções durante sua ausência como se nada tivesse acontecido.

Por outro lado, a desenvoltura com que Teodorico circulou pelo TCE e as respostas dadas ao fato pelo próprio presidente Valdomiro Távora, de que não sabia de seu retorno, quando todos sabiam, mostra que o respeito para com a sociedade é secundário, pelo menos por parte do andar de cima. Aos do andar de baixo, o que se pode deixar como alento, é que a indignação deles vai ao encontro dos anseios da sociedade, mesmo que sejam diretamente atingidos.

Franceses surpreendem e correm às urnas para escolher futuro presidente

O segundo turno das eleições na França é marcado por um interesse superior ao verificado no primeiro turno, em 22 de março. Até o meio-dia (7h de Brasília) deste domingo (6), 30,66% dos 46 milhões de eleitores votaram. O voto na França não é obrigatório. Os franceses escolhem entre o atual presidente Nicolas Sarkozy, que tenta a reeleição, e o socialista François Hollande.

A previsão é que a partir das 20h de Paris (15h de Brasília) seja conhecido extraoficialmente o nome do vitorioso. A expectativa é que o resultado oficial seja divulgado até quinta-feira (10). Na França, a maioria dos eleitores vota manualmente. A votação eletrônica sofreu resistências do eleitorado por receio de fraudes.

As zonas eleitorais localizadas nas menores cidades francesas fecharam às 18h (13h de Brasília). Nas maiores cidades, como Paris, Lyon e Marselha, o horário de fechamento é 20h (17h de Brasília)

Pela primeira vez na história recente da França, um presidente não obteve o apoio de oito candidatos derrotados no primeiro turno das eleições. De acordo com analistas políticos, os indecisos é que definirão os resultados das eleições na França.

No primeiro turno, o socialista saiu na frente com 28,6%, enquanto Sarkozy obteve 27,06% de votos. Hoje Hollande votou na cidade de Tulle, seu reduto político no Centro-Oeste da França, acompanhado de sua mulher, a jornalista Valérie Trierweiler. Ao chegar para votar, ele cumprimentou os eleitores: “Este vai ser um longo dia, mas eu não sei se será um belo dia. Isso são os franceses que vão decidir.”

Sarkozy também já votou, na região de Arrondissement, em Paris, uma das áreas nobres da capital francesa. O presidente votou acompanhado da mulher, a cantora e ex-modelo Carla Bruni. Após votar, ele foi aclamado pelos presentes que gritaram “Sarkozy presidente”.

(Agência Brasil com rádio da França)