Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Sucessão em Fortaleza – Nome de consenso no PT deve sair em abril

107 5

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=V4SIICnMOGQ&feature=plcp&context=C3b314a8UDOEgsToPDskLsVuw2kYG3BeqgK3y5js-w[/youtube]

O PT promoveu nessa noite de segunda-feira, em sua sede, encontro com os direetórios estadual e municipal de Fortaleza para discutir eleições. Os pré-candidatos petistas à Prefeitura compareeram e segundo Artur Bruno, a busca é por consenso até o mesmo de abril próximo.

A onda de greves da Polícia e uma selva de medo

75 1

Eis artigo do professor e pesquisador João Pereira Coutinho, que está publicado na Folha de São Paulo desta terça-feira. Ele aborda a greve dos policiais militares da Bahia. O título é curioso: “Hobbes na Bahia”. Confira:

A ausência do Estado, esse velho sonho de anarquistas, pode jogar-nos de volta para uma selva de medo?

 

Sazonalmente, o Brasil arruína-me. Acontece quando a desordem se instala nas ruas do país e eu passo horas ao telefone a falar com amigos ou colegas sitiados em suas casas. Anos atrás, quando o Primeiro Comando da Capital tomou literalmente conta de São Paulo, minha conta de telefone furou a estratosfera.

O mesmo sucedeu agora com a greve policial na Bahia, que permitiu o velho cortejo de crimes e pilhagens que fazem parte do circo. Telefonei, confirmei. Todos os meus amigos estão bem, obrigado. Eu é que não estou: primeiro, já pensei seriamente em enviar a conta do telefone para os grevistas do Estado. Eles que paguem a despesa dos meus cuidados.

E, depois, porque sou obrigado a concordar com Thomas Hobbes (1588-1679), um filósofo político inglês com quem mantinha uma relação de amor e ódio. Não mais. O ódio era compreensível: sempre que lia “Leviatã” (1651), a minha costela libertária tremia um pouco. Não que tenha uma visão otimista sobre a natureza humana.

Deus me livre e guarde. Essa, curiosamente, é a minha principal discórdia com os libertários puros e duros: eles têm uma insensibilidade ao “problema do mal” que os remete para companhias ideológicas pouco recomendáveis. Mas, apesar de tudo, a ideia hobbesiana de um poder soberano indivisível e indiscutível, que exige uma submissão quase total dos seus súditos, sempre me pareceu a receita perfeita para a tirania.

Como é evidente, leituras apressadas geram conclusões apressadas. É possível ler Hobbes com umas lentes ligeiramente mais “liberais”. Para começar, entender a vida de Hobbes é entender parte da sua filosofia política: nascido em Londres, ele testemunhou a Guerra Civil Inglesa que levou à execução do rei Charles 1º. Não admira que a paz, a segurança e a ordem tenham sido suas preocupações permanentes.

Aliás, não apenas dele: partindo da sua experiência pessoal -ou, melhor dizendo, das suas “sensações” pessoais-, Hobbes chegou rapidamente à conclusão de que a primeira paixão dos homens é a mais lúgubre de todas: temos medo da morte. O que significa que a preservação da vida deve ser a base de qualquer “contrato social”.

No “estado de natureza”, a vida é “solitária, pobre, sórdida, brutal e curta”. Não porque exista uma malignidade metafísica na alma da raça; mas porque, muitas vezes, a minha paz exige um estado permanente de guerra. Eu mato para não ser morto. Eu roubo para não ser roubado. Etc. O Estado é esse agente supremo que os indivíduos resolvem dar a si próprios para protegerem a sua vida e, nos casos em que a lei é omissa, a sua própria liberdade.

É o Estado -a força do Estado- que modera as vaidades, as ambições e os orgulhos dos homens; é ele quem garante esse mínimo de ordem sem o qual a liberdade natural dos indivíduos tem pouco ou nenhum valor substancial.

Hobbes está certo: quando olhamos para zonas de conflito no mundo, podemos debater as causas econômicas e sociais que explicam os morticínios; ou podemos, no caso brasileiro, discutir a duvidosa legalidade das greves policiais ou os falhanços da política nacional de segurança pública. Mas existe uma discussão prévia que nos remete para Thomas

Hobbes: poderá existir vida em sociedade sem que o Estado detenha o “monopólio da violência” (expressão do sociólogo Max Weber) de forma a impedir a metastização da violência pela sociedade? Ou, pelo contrário, a ausência do Estado, esse velho sonho de anarquistas e libertários, pode jogar-nos de volta para uma selva de medo e abuso?

A resposta de Hobbes é clara: sem Estado, a selva é o nosso destino. E, se é verdade que o Estado foi, muitas vezes, um agente de violência ilegítima e desumana sobre os cidadãos, não era esse o Estado que Thomas Hobbes pretendia.

Lendo os seus textos, encontramos os instrumentos básicos para pensar um Estado democrático, legítimo, defensor da vida humana -e, pormenor fundamental, respeitador da intimidade dos indivíduos. Desprezar Hobbes só é possível por deficit de conhecimento e excesso de segurança. Mea-culpa.

jpcoutinho@folha.com.br

Cai liminar que suspendeu concuso de agente penitenciário

100 3

Da Assessoria de Imprensa da Secretaria da Jusdtiça e Cidadania do Estado, recebemos nota informando sobre a retomada do concurso público de agente penitencário, que havia sido suspenso por liminar. Confira:

A Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado do Ceará e a Comissão Executiva do Vestibular da Fundação Universidade Estadual do Ceará informam aos interessados a decisão do desembargador presidente do Tribunal de Justiça do Ceará,  José Arísio Lopes da Costa, que acatou o pedido da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e cassou a liminar da Juíza da 5ª Vara da Fazenda Pública da Capital, Maria Vilauba Fausto Lopes.

A liminar proferida pela MM Juíza, no dia 1º de fevereiro,  anulava as questões 48 e 50 do caderno 04 da prova de Conhecimentos Específicos para o provimento de 800 cargos para Agentes Penitenciários do Ceará.

Com a nova decisão, a Comissão Organizadora do Concurso informa que o tramite do Concurso de Agente Penitenciário do Ceará seguirá normalmente, por meio da lista de aprovados divulgada e publicada no Diário Oficial, e que o cronograma dos exames de capacidade física serão divulgados, até o dia 24 de fevereiro de 2012, no site www.uece.br/cev.

SSPDS divulga Operação Carnaval

O Comando das Polícia Militar e Civil do Estado já fecharam a “Operação Carnaval”, que será deflagrada a partir desta sexta-feira, com apoio das Polícias Rodoviária Federal e Estadual.

O coordenador operacional da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social , delegado Andrade Júnior, apresentará, às 14h30min desta terça-feira, detalhes do plano de segurança.

Ele dará  uma coletiva no Palácio da Segurança, situado na avenida Bezerra de Menezes, no bairro São Gerardo.

Empresário Carlos Jereissati é entrevistado pelo The Wall Street Journal

O presidente da Iguatemi Empresa de Shopping Centers, Carlos Jereissati Filho, acaba de ser entrevistado pelo The Wall Street Journal. Ele falou sobre o bom momento da economia brasileira. A matéria cita a chegada de diversas marcas internacionais ao País e destaca o Shopping Iguatemi São Paulo neste segmento, que tem atraído várias dessas boutiques de luxo, como Burberry, Gucci e Tiffany&Co.

 A reportagem aborda também o patrocínio do Iguatemi São Paulo a eventos culturais e de moda. Com isso, o Shopping incentiva a economia criativa do Brasil, que continua crescendo e obtendo maior relevância internacionalmente.

Publicado nos Estados Unidos, o The Wall Street Journal é conhecido como um dos jornais internacionais mais importantes e pode ser encontrado nas principais capitais do Mundo.

 * Link com a matéria do The Wall Street Journal: http://online.wsj.com/article/SB10001424052970204136404577207280823481236.html?KEYWORDS=carlos+jereissati+filho

Le Monde Diplomatique destaca economia nordestina

“O crescimento econômico e social do Nordeste do Brasil foi destaque da edição deste mês do periódico internacional Le Monde Diplomatique. A publicação apresenta caderno especial (anexo) sobre a Região, na qual consta artigo de pesquisadores do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), que elenca fatores para o “processo virtuoso de crescimento” nordestino.

Entre os fatores que colaboraram para essa evolução, o artigo publicado na revista aponta a política expansionista de crédito, a valorização do salário mínimo, a evolução do emprego formal e da qualidade do trabalho, além de projetos estruturantes em andamento, a exemplo da ferrovia Transnordestina e da construção de estaleiros, siderúrgicas e refinarias.

O caderno traz ainda entrevista com o diretor de Gestão de Desenvolvimento do Banco do Nordeste, José Sydrião Alencar, que aborda o tema crescimento e distribuição de renda. Outro destaque é o apoio do Banco aos microempreendimentos, por meio do Crediamigo e Agroamigo, destacado por meio de cases de clientes, artigo e entrevistas com gestores dos programas de microfinanças urbana e rural.

Sobre agricultura familiar, por exemplo, a reportagem ressalta  que “o BNB atua fortemente no financiamento do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) na região, estimulando a produção de alimentos para os brasileiros e a manutenção do homem no campo”.

A revista Le Monde Diplomatique é publicada em 25 idiomas e tem uma tiragem de 2,4 milhões de exemplares. Veiculada desde 1954,  surgiu em versão impressa no Brasil em 2007 por iniciativa do Instituto Polis.

SERVIÇO

* Versão digital da revista pode ser acessada por meio do site www.diplomatique.org.br.

CNJ vai criar comissão especial para acompanhar conduta de magistrados nas eleições

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=iXt__Mo_yR4&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=1&feature=plcp[/youtube]

Embalado pela manutenção de suas atribuições, o Conselho Nacional de Justiça deverá agora criar uma comissão especial para acompanhar as eleições municipais, segundo informa o conselheiro Jorge Hélio. O objetivo é conferir celeridade nos processos eleitorais e a conduta dos magistrados.

Luizianne: PT de operários e camponeses, hoje agrega todos os segmentos”

89 6

Com o título “PT: 32 anos de lutas”, eis artigo assinado no O POVO desta terça-feira pela pefeita de Fortaleza, Luizianne Lins. Ela destaca ter contribuido para eleger um operário presidente e a primeira mulher presidente do Brasil.

“O Partido dos Trabalhadores (PT) está fazendo 32 anos. Em fevereiro de 1980, sindicalistas liderados pelo metalúrgico que se tornaria presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, promoveram uma experiência coletiva de massas que é história no Brasil e no mundo. Juntaram-se a eles outros setores, com homens e mulheres que sonhavam em construir uma sociedade livre do preconceito e das amarras que a política tradicional trazia.

Eu entrei no PT em 1989. Neste, o único partido ao qual me filiei, vivi experiências transformadoras. Dentre elas, levamos um operário à Presidência da República. Ele esteve à frente de um governo bem sucedido, que tornou o Brasil referência para o mundo.

Além disso, elegemos Dilma Rousseff, nossa primeira mulher presidente, e melhoramos a qualidade de vida de 28 milhões de pessoas. Trabalhadores, trabalhadoras, idosos e jovens de todas as raças, credos e orientação sexual, que se tornaram prioridade nas políticas públicas e que ganharam voz nos governos populares do PT.

O que faz do PT um partido tão bem sucedido e inovador é justamente o que sustenta seu projeto político: a adesão dos diversos grupos que compõem a sociedade. Não uma adesão conformista, conservadora, e sim revolucionária no conteúdo, na forma e na essência, porque é isso que a gente sonha e quer. E é esse partido que completa 32 anos. Um partido que se reinventa, que escolheu democraticamente ter 50% de mulheres e um terço de negros e jovens nas direções partidárias. É também o partido que vem promovendo uma grande transformação em Fortaleza através do nosso governo popular, com a inversão de prioridades e o foco nas necessidades reais da população.

Tenho imenso orgulho de ser parte dessa historia, e compartilho minha alegria com a militância. O PT, que começou com operários e camponeses, hoje agrega todos os segmentos. Mentes e corações unidos por um ideal socialista, revolucionário e amoroso.”

Luizianne Lins

luiziannelins@bol.com.br

Jornalista e prefeita de Fortaleza.

Ceará reforça lobby em Brasília pela autonomia financeira das Defensorias Públicas

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=W7OvLVG7K1M&feature=plcp&context=C3beb704UDOEgsToPDskK4WxwBO1kN7x0wxZD9QXFW[/youtube]

Defensores públicos de todo o País estão em Basília, nesta terça-feira, fazendo um lobby pró-aprovação de uma emenda constitucional que destina 2% da corrente líquida dos Estados para assegurar a autonomia das defensorias públicas em todo o País. O Ceará participa dessa mobilização através da defensora-pública geral, Andréa Coelho, e do presidente da associação da categoria, Adriano Leitinho.

Cagece adota providências sobre problema de esgoto alertado pelo Blog

88 2
Da Assessoria de Imprensa da Cagece, este Blog recebeu nota informando estar tomando providências sobre um esgoto aberto na situado no bairro Aldeota e que aqui foi denunciado. Confira:
 
 
Caro Eliomar de Lima,

Sobre postagem do seu Blog intitulada “Haja dinheiro pra comprar perfume”, a Cagece informa que enviou uma equipe ao local nesta segunda-feira e que detectou uma obstrução na rede de esgoto da área.

O serviço já foi executado e, nesta terça-feira,, será colocada uma tampa de ferro no local para evitar outros problemas desta natureza.

Atenciosamente,

* Assessoria de Imprensa da Cagece.

Caso Eloá – Julgamento será retomado nesta 3ª feira

155 1

“O segundo dia do julgamento do caso Eloá Pimentel está programado para começar às 9h desta terça-feira (14) no fórum de Santo André (Grande SP). A sessão será iniciada com o depoimento de Ronickson Pimentel, irmão mais velho de Eloá, a última testemunha arrolada pelo Ministério Público a ser ouvida no júri popular. O réu Lindemberg Alves, 25, manteve Eloá, sua ex-namorada, como refém em outubro de 2008 por cerca de cem horas, e o cárcere terminou com a morte da jovem.

Ver em tamanho maiorCaso EloáFoto 54 de 65 – 13.fev.2012 – Lindemberg Alves aguarda início de seu julgamento no Fórum de Santo André, na Grande São Paulo, na manhã desta segunda-feira (13). Ele responde pela morte da jovem Eloá Pimentel. Em outubro de 2008, Lindemberg manteve Eloá, sua ex-namorada, como refém por cerca de cem horas Mais Leandro Moraes/UOLEm entrevista coletiva na última sexta-feira (10), a promotora Daniela Hashimoto informou que o irmão mais velho de Eloá poderia dar detalhes sobre o comportamento agressivo de Lindemberg. Depois de Ronickson deverão depor as dez testemunhas convocadas pela defesa. A previsão é que o julgamento dure até quarta ou quinta-feira.

Após os depoimentos das testemunhas, o réu será interrogado –Lindemberg, que até agora se recusou a falar, poderá permanecer calado, mas sua advogada, Ana Lucia Assad, já adiantou que ele vai falar sobre o caso e “expor sua versão”. Depois dessa etapa, os debates são abertos, com uma hora e meia para a acusação e uma hora e meia para a defesa, além da réplica e da tréplica.

O primeiro dia de julgamento durou pouco mais de nove horas e foi encerrado às 20h de segunda-feira (13). As quatro testemunhas que prestaram depoimento confirmaram que Lindemberg fazia ameaças de morte durante o cárcere privado. O testemunho mais esperado do dia era o da amiga de Eloá, Nayara Rodrigues, que foi feita refém junto com a jovem. Nayara pediu que Lindemberg fosse retirado da sala enquanto ela falasse.

A jovem, que foi ferida por um tiro no rosto quando a polícia invadiu o local, disse que o réu agrediu Eloá durante o período de cativeiro e que a vítima dizia o tempo todo que “sabia que ia morrer”. Nayara afirmou que ouviu três disparos antes da entrada da polícia no apartamento –o que comprova a tese da acusação, de que os tiros partiram do réu e não da polícia.

(Portal Uol)

Prefeiturável do PT visita obras de conjuntos habitacionais

 

O secretaria estadual das Cidades, Camilo Santana, visitará, a partir das 9 horas desta terça-feira, o canteiro de obras dos conjuntos habitacionais Rachel de Queiroz e Miguel Arraes. Esses polos que fazem parte do Projeto Maranguapinho, concentram 1.536 unidades habitacionais no bairro Siqueira.

As obras estão em fase de conclusão e registram aproximadamente 90% de execução. Os dois residenciais integram um total de 13 conjuntos habitacionais que abrigarão as famílias reassentadas do Projeto Rio Maranguapinho, em execução pela pasta.

Três residenciais já foram entregues (Leonel Brizola, Juraci Magalhães e Blanchard Girão). Os outros 10 estão em execução, segundo a assessoria de imprensa da Secretaria das Cidades.
 
APARTAMENTOS

O que está sendo construído são apartamentos com sala, cozinha, dois quartos e banheiro, em uma área de 44,46 metros quadrados. Algumas unidades serão adaptadas para portadores de necessidades especiais. No residencial Miguel Arraes, são 1.212 unidades. O Rachel de Queiroz terá 324 apartamentos.

Governo cobra apoio da base para votar Previdência Complementar do Servidor

“Para evitar as divergências da semana passada, quando a sessão da Câmara dos Deputados foi abruptamente interrompida, o Palácio do Planalto e os líderes aliados tentaram fechar nesta segunda-feira uma estratégia para votar o projeto que cria o Regime de Previdência Complementar do Servidor Público da União (Funpresp).

A intenção dos líderes aliados é votar após o carnaval. Nesta segunda-feira à noite, ainda estavam fechando o calendário de votação, em encontro com a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti (foto acima)

A ideia do líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), é votar nesta terça-feira medidas provisórias e a chamada PEC da Invalidez.

Conforme o quorum, poderá ser iniciada a discussão do Funpresp. Para tentar garantir presença dos deputados nesta semana que antecede o carnaval, Vaccarezza enviou mensagens aos deputados, cobrando o comparecimento.

Para aparar as arestas, o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), e Vaccarezza conversaram nesta segunda-feira durante a posse da nova presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, no Rio. A presidente Dilma Rousseff participou da posse e ficou ao lado de Maia, que, na semana passada, contrariado com o Planalto, adiou a votação do Funpresp.

A intenção dos líderes é fazer um acordo para que o Funpresp seja votado num clima menos tenso, com adesão de toda a base aliada. Semana passada, PR e PDT ameaçavam votar contra, insatisfeitos com perdas de cargos no governo.”

(O Globo)

O caos no trânsito nosso de cada dia

116 5

Com o título “Limpar Fortaleza”, eis artigo da jornalista e professora Adísia Sá, que saiu no O POVO desta terça-feira. Ela aborda um problema seríssimo: o caos no trânsito da cidade. O fortalezense enfrenta crise de mobilidade urbana. Bom mesmo, só para revendedoras de carros. Confira:

Trafegar por Fortaleza não é tarefa fácil: é irritante, intolerável, inaceitável. Não jogo pedra diretamente contra fulano ou beltrano. Minha crítica é dirigida a quem cabe resolver o problema: não importa o nome ou cargo. Fortaleza está intrafegável e não vejo medida alguma anunciada para enfrentar, tampouco mudar o quadro.

Li no jornal que mais de 800 mil carros circulam em nossa cidade graças às possibilidades que qualquer um de nós tem de adquirir o seu próprio veículos, tantas as facilidades postas a nosso alcance pelas muitas vendedoras que aceitam toda e qualquer proposta. O que importa é limpar os depósitos.

Infelizmente, diga-se, há compradores devolvendo os carros porque, passado o momento de euforia e chegada a hora do bolso, nem sempre a renda cobre a dívida mensal. Isto, entretanto, não tem diminuído o número de carros. Pelo contrário: todo dia chegam carretas carregadas de automóveis, último modelo, “tentação” para cada um de nós.

Um ponto merece uma análise mais demorada: por que tanto congestionamento, por que lentidão tão irritante, independentemente do horário e dos locais? Porque os caminhos são os mesmos: não há alternativas; são curtos os percursos – agravados por sinais muito próximos uns dos outros.

Pergunto: no Detran não há setores voltados exclusivamente para o tráfego, o fluxo dos veículos – ocupados por pessoal qualificado em engenharia de trânsito? Dizem que a Prefeitura, tendo em vista a Copa que se aproxima, vai abrir túneis, construir passarelas nas avenidas e praças que levam ao Castelão. Mas isto será o suficiente para fluir o trânsito?

Falta alguém que enfrente e resolva o problema. Outro dia o Alan Neto, em sua coluna dominical neste jornal, escreveu que Deodato Ramalho “o carrasco das” placas (e das faixas, digo eu) enfrenta a prepotência dos que teimam em anunciar o seu comércio usando tais instrumentos. Ramalho, infelizmente, nem sempre vitorioso pela “força de ação judicial”, protegendo esses sujismundos engravatados. Todo poder a Ramalho e que ele assuma, com urgência, o trânsito desta bela cidade de nossos amores….

Adísia Sá

adisiasa@gmail.com

Jornalista.

PSD atraiu 270 prefeitos desde sua fundação

A maioria dos grandes partidos brasileiros perdeu forças entre as eleições municipais de 2008 e 2012. O principal responsável pela redução dos quadros dos concorrentes é o PSD.

A sigla fundada em 2011 saltou de nenhum para 270 prefeitos em menos de um ano. Quem sofreu as maiores baixas foi o DEM, que conquistou 500 municípios e hoje administra 395.

O levantamento, da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), foi apresentado nesta segunda-feira, 13, em Porto Alegre. Os dados também indicam que dos 5.563 prefeitos eleitos, 383 não estão mais no cargo.

Além do DEM, sofreram baixas o PMDB, que passou de 1.199 eleitos para os atuais 1.177 prefeitos; o PP, de 549 para 514; o PPS, de 135 para 116; o PR, de 388 para 360; o PSDB, de 789 para 736; o PTB, de 415 para 383; o PDT, de 354 para 337, e outros partidos com números menores. Ao mesmo tempo, o PSB aumentou o número de suas prefeituras, de 310 para 338, assim como o PT, de 553 para 564, e o PV, de 78 para 82.”

(Estadao.com.br)

TCM empossará conselheiro que já teve contas reprovadas por sua Corte

98 1

“O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) dá posse hoje, às 17 horas, na vaga de conselheiro, a um advogado que, ano passado, foi multado e teve as contas de gestão reprovadas pela própria Corte. Hélio Parente foi o gestor chefe da Procuradoria Geral do Município de Aquiraz entre março e setembro de 2004, mas deixou de prestar contas do exercício financeiro referente ao período dentro das condições de normalidade, o que lhe rendeu a desaprovação das contas e multa de R$ 5,3 mil. Em seu artigo 79, a Constituição do Estado exige “conduta ilibada” para posse no cargo e conselheiro do TCM.

O relator do processo foi o conselheiro Marcelo Feitosa, que confirmou ontem a desaprovação das contas, mas comunicou que o processo passará por uma revisão, dentro da qual Hélio poderá apresentar novas documentações a fim de esclarecer o caso. O acórdão resultante do processo nº 10696/10 está disponível no site do Tribunal na Internet e mostra que a 1ª Câmara do TCM acordou, no dia 19 de junho de 2011, julgar irregular as contas de Hélio, com aplicação de multa e concessão de prazo para apresentação de recurso.

Antes disso, o Ministério Público de Contas, o relator Marcelo Feitosa e o auditor David Santos Matos haviam constatado a irregularidade e recomendado a desaprovação das contas de gestão da Procuradoria de Aquiraz. Em seu relatório, o auditor David Santos citou a lei federal nº 8429/92 para mostrar que a não prestação de contas por parte de uma gestor, quando há obrigação legal de fazê-lo, caracteriza “ato de improbidade administrativa”.

Hélio chega hoje à vaga de conselheiro do TCM por aprovação da Assembleia Legislativa e posterior nomeação do governador Cid Gomes (PSB). Ao O POVO, ele ressaltou que o mérito de suas contas de gestão foram consideradas regular, tendo sido considerado irregular somente o prazo dentro do qual a documentação foi enviada ao TCM. “Por tanto, julgado regular o mérito das contas, ficou caracterizado o correto uso dos recursos públicos”, disse Hélio – que considerou o caso como “atecnia”.

O prazo para sua prestação de contas teve início ainda em 2004, no momento em que deixou o cargo em Aquiraz. Somente em 2010, entretanto, o advogado enviou a documentação ao TCM. “Depois que você deixa um cargo público, é difícil você ter acesso aos documentos novamente”, justificou Hélio, afirmando ainda que foi somente em 2010 que o Tribunal iniciou a tomada de contas de sua gestão.

Por meio da assessoria de imprensa, o presidente da Assembleia Legislativa, Roberto Cláudio, disse que não falaria sobre o assunto ontem, mas somente hoje, durante a posse. Já a assessoria do governador Cid Gomes disse apenas que ele estava no Rio de Janeiro. O presidente do TCM, Manoel Veras, comunicou, por meio da assessoria de imprensa, que não falaria sobre o assunto porque a indicação de Hélio se deu por competência de outras autoridades.”

(O POVO)

Tentativa de resgate de preso resulta em duas mortes em Paraipaba

Pelo menos oito homens tentaram invadir, nesta madrugada de terça-feira, a cadeia pública do município de Paraipaba (Litoral Oeste) para resgatar um preso.

O homem que seria resgatado era um assaltante preso no último domingo, nesse município.

Houve tiroteio e duas pessoas acabaram morrendo.

Uma adolescente de 17 anos, que estava com o grupo, acabou apreendida e está prestando depoimento na Delegacia de Paripaba.

A Polícia informou ter pistas do restante da quadrilha. Os mortos ainda não foram identificados.