Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Criação de empregos em outubro tem o segundo pior saldo em dez anos

A criação de postos de trabalho com carteira assinada em outubro de 2012 – saldo de 66,9 mil empregos – foi a segunda mais baixa nos últimos dez anos para esse mês, ficando à frente apenas do saldo em 2008, ano da crise financeira internacional. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o resultado não alcançou a metade dos empregos gerados em setembro deste ano ou em outubro de 2011.

No total, foram 1,7 milhão de admissões (1.710.580) e 1,6 milhão de demissões (1.643.592) formais em outubro de 2012. Com isso, as demissões também foram as maiores para os meses de outubro, de acordo com a série histórica do indicador. Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o saldo de outubro indica uma desaceleração no ritmo de crescimento dos postos de trabalho formais, que alcançou 176,1 mil em setembro de 2012 e 160,1 mil em outubro do ano passado.

No acumulado do ano, houve expansão de 4,46% no estoque de mão de obra celetista em relação ao mesmo período de 2011, somando 3,9 milhões de empregos formais gerados. Estima-se que, em novembro, esse estoque ultrapasse 4 milhões. Em dezembro, no entanto, deve haver nova queda, fazendo o ano fechar em torno dos 3,5 milhões.

“É a rotatividade comendo solta”, disse o secretário de Políticas Públicas de Emprego do MTE, Rodolfo Torelly, ao comentar os resultados de outubro. Segundo ele, 2012 segue um padrão semelhante ao de 2011, quando foram criados 2 milhões de postos formais, resultado de 22 milhões admissões e 20 milhões demissões.

O secretário informou que o governo formou um grupo de trabalho no âmbito do Programa Brasil Maior, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), para investigar as causas do crescimento da rotatividade nos postos de trabalho. De acordo com estatística da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) do MTE, a taxa de rotatividade alcançou 36 pontos em 2009, número mais recente.

(Agência Brasil)

João Alfredo lamenta falta de propostas de candidatos à presidência da Câmara Municipal

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=nYXNXE2uT1E&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=3&feature=plcp[/youtube]

O vereador João Alfredo (PSOL) mostrou, nesta sexta-feira, sua preocupação com as conversações em torno da futura mesa diretora da Câmara Municipal. Para ele, os candidatos que até agora estão se apresentando, não expõem propostas. João Alfredo também não considera bom que o prefeito eleito Roberto Cláudio (PSB) queira se envolver no processo sucessório, procurando uma relação pessoal com os vereadores, o que pode gerar relação de clientelismo.

Guido Mantega diz que câmbio em torno de R$ 2,00 veio para ficar

“O ministro da Fazenda, Guido Mantega, considerou hoje (23) “razoável” o atual nível do câmbio, com a oscilação do dólar em torno de R$ 2 ou um pouco acima disso. Segundo Mantega, o dólar nesta faixa “veio para ficar”. Ele falou a um grupo de líderes empresariais na 32ª Reunião do Fórum Nacional da Indústria, na sede do escritório regional da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em São Paulo. Mantega ressaltou que, mesmo com a demanda mais baixa no mercado mundial, por causa da crise econômica europeia, as exportações de manufaturados vêm melhorando, enquanto as importações diminuem. Ele observou que as exportações brasileiras também têm sido afetadas pelo fraco desempenho da economia de parceiros comerciais como a Argentina, que “deu uma travada”. De acordo com o ministro, em negociações bilaterais, o governo brasileiro está empenhado em ajudar a reverter esse comportamento do país vizinho.

Outra consequência da valorização do dólar é que a busca de empréstimos externos fica mais cara, levando o setor a explorar mais as operações de crédito no mercado interno, disse ele. Por enquanto, o “o crédito continua um pouco retraído”. Mas, com a inflação sob controle, isso “abre condições para maior crescimento da economia”. Para este fim de ano, o ministro espera um bom desempenho do mercado interno, por que houve aumento da massa salarial, com os reajustes obtidos por várias categorias, e o poder de compra vai aumentar com a entrada dos recursos extras do décimo terceiro salário.

Segundo Mantega, se for confirmado o crescimento previsto de 1,2% no Produto Interno Bruto (PIB) do quarto trimestre, a economia deverá crescer pelo menos 1,7% no começo do ano. Ele estima crescimento em torno de 4% para 2013 e destaca que todos os setores empresariais brasileiros estão confiantes na possibilidade de uma evolução favorável dos negócios.”

(Agência Brasil)

Bancada nordestina quer recuperar direito de apresentar emendas ao Orçamento

185 3

O deputado federal José Nobre Guimaras (PT), coordenador da bancada nordestina, apresentará, na próxima semana, uma proposta de resolução que recuperaria o direito das bancadas regionais proporem duas emendas à peça orçamentária anual. A proposta, aprovada por unanimidade pela bancada nordestina na última quarta, será encaminhada ao relator geral do orçamento, deputado Romero Jucá (PMDB-RR), e pode começar a valer na votação da Lei de Orçamentária deste ano (LOA 2013).

O volume de recursos que estaria ao dispor de cada bancada te1ria como base a soma do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) dos estados da região. Pela fórmula, o orçamento seria rateado da seguinte forma: 15% para a região Sul, 15% para a Região Sudeste, 20% para a região Centro-Oeste, 25% para a região Nordeste e 25% para a região Norte.

A partir de 2007, as bancadas regionais perderam o direito de apresentar emendas ao Orçamento Geral da União. “Está na hora de resgatarmos esse poder político das bancadas regionais”, argumenta José Guimarães, que também ocupa a vice-liderança do governo na Câmara. Segundo disse, a fórmula leva em consideração o interesse nacional de erradicar a extrema pobreza e a eliminação das desigualdades regionais e reservaria R$ 1 bilhão para região Nordeste por proposta orçamentária.

(Com Agências)

Reajustado valor da indenização para quem entrega arma

“Os brasileiros que aderirem à Campanha Nacional de Desarmamento vão receber valor maior de indenização a partir de hoje (23). O Ministério da Justiça, por meio da Portaria 2.969, reajustou as indenizações pagas para quem entrega de forma voluntária arma de fogo para destruição. Os novos valores vão de R$ 150 a R$ 450, conforme o calibre do armamento. Antes, a indenização variava de R$ 100 a R$ 300.

Segundo o ministério, desde janeiro, foram entregues cerca de 62 mil armas em todo o país. O estado campeão em recolhimento é São Paulo, com 17 mil. Para o ministério, algumas das razões que têm estimulado o cidadão a participar da campanha são: o anonimato e a indenização, paga em até 24 horas.

Para a entrega, é necessário descarregar e embalar a arma. Munições devem ser transportadas separadamente. Os armamentos podem ser levados às delegacias da Polícia Federal, aos postos da Polícia Rodoviária Federal ou aos pontos cadastrados para o recebimento, que podem ser consultados no site da campanha.”

(Agência Brasil)

 

Luizianne e Elmano almoçaram com Dilma

350 33

A prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, que preside o PT estadual, almoçou, nesta sexta-feira, com a presidente Dilma Rousseff no Palácio do Planalto. Com elas, estava também o candidato derrotado a prefeito de Fortaleza, Elmano de Freitas.

O menu foi o futuro político da prefeita e de Elmano. Na ocasião, o cenário político do Estado foi discutido. O cenário político local, onde Luizianne quer rompimento da aliança do PT com o PSB de Cid Gomes, entrou na conversa. Já a questão de cargo federal não vazou.

Durante a campanha pró-Elmano, a presidente Dilma não veio nem gravou depoimento. No lugar dela, quem gravou foi o ex-presidente Lula. Dilma evitou se envolver na campanha onde estavam dois aliados. Nos últimos dias, ela havia demonstrado gestos de carinho com o governador Cid Gomes (PSB), que defende o PSB apoiando sua reeleição. Cid até foi homenageado no Palácio do Planalto pelo Programa Estadual de Alfabetização na Idade Ceta, que acabou adotado pelo Ministério da Educação.

Jornalista diz que filme “Amanhecer II” é uma “porcaria”

188 3

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=UWIwe4E_MhI&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=1&feature=plcp[/youtube]

O jornalista Bruno Formiga, do O POVO, que atua no campo esportivo, faz um desabafo no Blog sobre o mau comportamento do público cearense em eventos. Ele aproveita para lamentar ter ido ao cinema conferir o filme “Amanhecer II”, que fecha a saga de “Crepúsculo”. Para Bruno, uma “porcaria”.

Mano Menezes é demitido da Seleção

190 3

O técnico Mano Menezes foi demitido do comando da seleção brasileira. A decisão saiu nesta tarde de sexta-feira. A rádio O POVO /CBN deu a informação e veiculou ainda que o mais cotado para o lugar dele é o ex-técnico da Seleção, Luis Felipe Scolari.

 

Arrecadação federal cai pelo quinto mês seguido

“As reduções de impostos e a desaceleração da economia continuam a impactar o caixa do governo. Pelo quinto mês seguido, a arrecadação federal registrou queda, como divulgou a Receita Federal. Em outubro, as receitas do governo somaram R$ 90,516 bilhões, queda de 3,27% em relação ao mesmo mês do ano passado, descontada a inflação oficial pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Nos dez primeiros meses do ano, a arrecadação federal soma R$ 842,307 bilhões, montante apenas 0,7% maior que o registrado no mesmo período do ano anterior, também levando em conta a variação do IPCA. Foi o sétimo mês consecutivo que o ritmo acumulado de crescimento caiu na comparação com 2011. Até setembro, a arrecadação estava 1,19% maior que em 2011.

De acordo com a Receita Federal, a queda foi influenciada principalmente por dois fatores: as desonerações tributárias para estimular a economia e a existência de receitas extraordinárias em outubro do ano passado que não se repetiram neste ano. No entanto, a queda de 3,8% na produção industrial em setembro na comparação com o mesmo mês do ano passado e a redução da lucratividade das empresas em 2012 também impactaram a arrecadação. Segundo a Receita Federal, a principal redução de impostos que influenciou o caixa do governo foi a queda a zero da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), para conter o preço da gasolina e do diesel. No acumulado do ano, a arrecadação da Cide caiu 66,75% na comparação com os dez primeiros meses de 2011, considerando a inflação.

Outra desoneração que contribuiu para a queda na arrecadação foram as reduções do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre veículos, móveis e eletrodomésticos da linha branca – geladeiras, fogões, tanquinhos e máquinas de lavar. De janeiro a outubro, o pagamento de IPI sobre os produtos nacionais caiu 15,76%. Somente para os automóveis, a Receita arrecadou 73,72% a menos em outubro na comparação com igual mês do ano passado.”

(Agência Brasil)

Ciro Gomes chama equipe de Dilma de “fraquinha”

156 7

“Com a disputa contra o PT em Fortaleza (CE) ainda espetada na garganta, o ex-ministro da Integração Nacional, Ciro Gomes, do PSB, disse ontem que a equipe de governo de Dilma Rousseff (PT) é “muito fraquinha”. Ele fez críticas diretas a três ministros — Alexandre Padilha (Saúde), Ideli Salvatti (Relações Institucionais) e Gleisi Hoffmann (Casa Civil) — e revelou ter recusado convite da presidente para integrar o primeiro escalão.

O PSB disputou a prefeitura da capital cearense com Roberto Claudio, que venceu no segundo turno o petista Elmano de Freitas. “Lula foi lá e perdeu para se lembrar que não é Deus, apenas uma pessoa especial”, disparou Ciro. O ex-ministro esteve em Belo Horizonte para um encontro com pequenos empresários.”

(Correio Braziliense)

Mantega estima crescimento da economia de 4º em 2012

“O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou hoje (23) que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) deve ficar em 4% no próximo ano. “Temos que contar com o cenário internacional desfavorável, mas mesmo assim iremos crescer”, disse o ministro durante a 30ª Reunião do Fórum Nacional da Indústria no escritório regional da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em São Paulo. Segundo ele, há a expectativa de uma recuperação da economia norte-americana.

Mantega disse que, nos próximos dias, o governo vai lançar um grande programa de investimentos para melhoria dos sistema portuário do país. Segundo ele, a economia no ano que vem vai estar fundamentada em investimentos tanto do setor privado quanto do setor público. Ele prevê que os investimentos no país cresçam 8% em 2013.
O ministro pediu aos líderes empresariais que apoiem a proposta do governo de redução tarifária da energia elétrica, medida que vem sendo criticada pelas concessionárias. Segundo ele, essa redução pode ajudar a diminuir os custos da produção.

Mantega destacou ainda que a medida de desoneração da folha de pagamento deverá ser ampliada. Hoje, 45 setores são beneficiados pela medida, deixam de pagar a contribuição de 20% ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e arcam com um percentual sobre o faturamento, como forma de compensação. A medida está em vigor por prazo indeterminado.”

(Agência Brasil)

Rede Master obtém sucesso no Enem

337 3

Em apenas 12 anos, a Rede Master de Ensino de Fortaleza conseguiu tentos significativos no quesito qualidade do aprendizado. A última: obteve o quinto lugar no Estado no que diz respeito às provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Motivo de festa para todos que fazem essa rede que tem à frente o vocacionado Nazareno Oliveira, com sua querida Herbene. Claro que contando com um corpo docente e de colaboradores, como Nazareno sempre faz questão de destacar, comprometido com a educação.

DETALHE – Somos felizes por termos nossos filhos, Vinícius e Vitor, sob os cuidados do amigo Nazareno.

Cine Ceará promove projeto “Cine Itinerante”

O “Cine Ceará” não saiu de cartaz. O projeto social intitulado “Cine Itinerante”, que leva filmes para comunidades de Fortaleza, terá edição, nesta sexta-feira, no Lar Amigos de Jesus, no bairro Joaquim Távora.

A partir das 19 horas, na Capela São João Batista, com a exibição dos curtas abordando questões ligadas à infância e adolescência.

SERVIÇO

Aberto ao público

Capela São João Batista – Rua Ildefonso Albano, 3052.

Um senhor acadêmico

191 1

O escritor João Soares Neto, com sete livros publicados e mais de 1.500 artigos e crônicas veiculados em jornal, acaba de ganhar apoios importantes no seu objetivo de ocupar vaga na Academia Cearense de Letras (ACL).

O atual presidente da entidade, Pedro Henrique Saraiva Leão, o presidente de honra, Artur Eduardo Benevides, e o futuro presidente da ACL, José Augusto Bezerra, endossam essa postulação de João Soares.

A vaga em disputa é a do padre Alberto Oliveira. A eleição deve ocorrer em janeiro próximo.

VAMOS NÓS – Conheço de perto o trabalho literário de João Soares e, principalmente, seu amor pela causa da Cultura. A ACL ganharia muito, pois João, além de intelectual, investe no apoio a artistas, escritores e projetos culturais e ambientais.

Futebol, torcida e bebida

179 2

Com o título “Venda de bebida dentro dos estádios da Copa”, eis artigo do advogado Eugênio Vasques, que pode ser conferido no O POVO desta sexta-feira. Ele defende que a bebida possa ser comercializada nos locais de jogos, justificando que a violência provocada por torcedores não teria ligados ao consumo de álcool. Confira:

Na contramão dos grandes eventos esportivos, a proibição da venda de bebidas nos estádios não mais se sustenta. O vandalismo opera independente da venda de bebidas. Nunca se viu um STJD tão atuante, a decidir inúmeros casos de violência. Veja-se, por exemplo, as perdas de mando de campo sofridas pela equipe do Palmeiras nesta reta final de campeonato, em decorrência dos atos de barbárie praticados no último clássico contra o Corinthians. A violência é reflexo de um modo de torcer desvirtuado que alguns falsos torcedores imprimem ao espetáculo, é resultado de um complexo social que vai muito além da simples venda de bebidas durante os jogos.

Inúmeros estudos foram realizados e as estatísticas apontam que o consumo de bebida não está diretamente ligado à violência nos estádios. Muitos torcedores passaram a deixar de ir às arenas para assistir em bares e nem por isso a violência deixou de existir. Se seguirmos esse raciocínio dever-se-ia então proibir o consumo em casas de shows.

No Brasil a venda de álcool nos estádios é proibida por uma resolução da CBF, que não tem força de lei, já que o Estatuto do Torcedor não proíbe expressamente o consumo de bebidas nos estádios. Na prática não existe posicionamento contrário já que os clubes não tem interesse de enfrentar a entidade na qual são filiados. Entretanto, a Lei Geral da Copa irá permitir a venda de bebidas nos estádios durante a Copa das Confederações e do Mundo, abrindo uma nova perspectiva sobre o tema.

As empresas de bebidas são grandes investidoras nos maiores eventos desportivos mundiais, de tal sorte que proibir a venda de seus produtos nas arenas é, de fato, prestar um desserviço ao esporte, que pode ver-se privado deste importante meio de investimentos. Seguir na contramão consiste apenas numa tentativa de solucionar um problema que se afigura bem mais profundo do que querem fazer parecer.

Eugênio Vasques

eugeniovasques@vasquesecosta.com.br

Auditor do Tribunal Pleno Desportivo de Futebol do Ceará e professor universitário.

Orçamento 2013 – Bancada federal cearense define emendas na próxima terça-feira

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=19AH6blCurk&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=1&feature=plcp[/youtube]

A bancada federal cearense vai se reunir, num café da manhã, na próxima terça-feira, em Brasília. Segundo o coordenador da bancada, deputado federal Antônio Balhmann, hora de dar o crivo final nas 19 emendas que serão encaminhadas para a Comissão Mista do Orçamento da União 2013.

UFC recebe comitiva de universitários australianos

“A Universidade Federal do Ceará receberá, na próxima semana, a visita de comitiva de representantes de sete instituições de Ensino Superior australianas: universidades Charles Darwin, Flinders, Griffith, James Cook, La Trobe, Murdoch e de New Castle. O objetivo é promover uma apresentação mútua do que a UFC e as instituições australianas têm a oferecer, com vistas a projetos e ações de cooperação. O Coordenador de Assuntos Internacionais da Universidade Federal do Ceará, Prof. Tito Lívio Cruz Romão, informa que virão representantes das áreas de Ciências, Tecnologia e Meio Ambiente e responsáveis por iniciativas de cooperação na América Latina e Europa.

O primeiro compromisso dos australianos será na segunda-feira (26), às 9 horas. Os integrantes da comitiva se reunirão com representantes dos Centros de Ciências, Tecnologia, Ciências Agrárias, além do Instituto de Ciências do Mar (Labomar), Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente (Prodema) e Coordenadoria de Assuntos Internacionais (CAI) da UFC. O encontro será na sala do Conselho do Centro de Ciências, no Campus do Pici.

Na terça-feira (27), às 9 horas, a CAI leva os australianos para uma apresentação aberta a professores e alunos de graduação e pós-graduação no auditório do Centro de Tecnologia, também no Campus do Pici. Docentes e estudantes poderão saber mais sobre as possibilidades de intercâmbio com as referidas instituições.”

(Site da UFC)

Secretário da Saúde do Estado manda revogar medida que proibia uso de celular no HGF

244 11

O presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará, José Maria Pontes, informa, direto de Belém (PA), onde cumpre agenda sindical: O secretário estadual da Saúde, Arruda Bastos, mandou revogar a resolução tomada pela direção do Hospital Geral de Fortaleza que proibia uso de celulares, ipod e tablets por médicos e servidores dentro do estabelecimento.

O caso foi divulgado neste Blog, ganhou repercussão e nota de explicações oriundas do HGF. Acabou gerando desgaste a mais para o governo estadual.

Resultado: Fica tudo como está no HGF.

 

Joaquim Barbosa deve mirar pensão vitalícia para ex-governador

207 6

Pouco antes de ser empossado presidente do Supremo Tribunal Federal, o ministro Joaquim Barbosa liberou para pauta de julgamento do plenário o processo movido pela Ordem dos Advogados do Brasil que contesta o pagamento de aposentadoria vitalícia a ex-governadores de Rondônia, publicou O Estado de S. Paulo.Depois, sinalizou que esse deve ser um dos primeiros casos de repercussão na Corte na nova gestão. Se o relator não tivesse tomado essa atitude, pelo regimento do tribunal, o processo ficaria paralisado até ser redistribuído para quem fosse ocupar a cadeira do ministro recém-aposentado Carlos Ayres Britto.

A ação referente a Rondônia, ajuizada em março de 2011, é uma da série de 12 que a OAB apresentou para sustar o pagamento a ex-chefes de executivos estaduais País afora. O escândalo veio à tona no início do ano passado. Revelou-se que cerca de 60 ex-chefes de Executivo estadual recebiam o pagamento vitalício, alguns por mais de 20 anos. A repercussão negativa incomodou o Supremo.