Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Falando da chuva que renova esperanças

Com o título “Uma promessa de chuva”, eis artigo do secretário da Cultura do Ceará, Fabiano Piúba, que pode ser conferido no O POVO desta sexta-feira. Ele aborda assunto que mais interessa no momento ao cearense: inverno bom. Confira:

Aprendi com os profetas da chuva que existem três tipos de invernos: o para plantar e colher, o para encher os açudes pequenos e os que enchem e sangram os grandes reservatórios. Este último é também de encher os olhos de alegria e de banhar almas. Bom para a mata e os bichos, agricultores e pescadores, açudes e peixes, pastos e rebanhos, plantações e colheitas, feiras e supermercados. São os invernos que espalham o verde dos olhos nas plantações sertanejas, como no baião, deixando-nos mais felizes e esperançosos com o mistério da vida.

Bom para a agricultura e cultura. A chuva eleva a autoestima e o pertencimento de um povo de um canto de um lugar. Cantamos e bendizemos a chuva com o verde nas folhas, flores e frutos, com as tanajuras que reaparecem, os sapos que cantam, os carneirinhos que nascem, o gado que engorda, os rios que correm, o milho que brota, a Asa Branca que volta. O sertanejo vive para plantar e planta para viver. São ciclos da natureza que se realizam no fazer cultural e no ser nordestino.

Os profetas da chuva disseram este ano que os agricultores plantem porque colherão, que reforcem os açudes pois sangrarão. Mas que o Castanhão não vai sangrar. Pegará boa medida, não o suficiente para uma festa. E disseram mais: é urgente a conclusão da transposição do Rio São Francisco para as bacias do Salgado e Jaguaribe.

Agora vem a Funceme e faz um prognóstico com previsão de 40% de chuvas acima da média histórica. Um tanto parecida com as dos profetas que, ao longo dos meses, observaram o comportamento de abelhas e formigas; a conduta do João de Barro e Sabiá; as florações do Juazeiro e Flamboyant; o movimento da Lua e dos planetas; as barras de Reis e de Natal.

O tempo está bonito. Vou renovar a promessa de guardar entre fevereiro e abril a água da chuva nas quartinhas de barro feitas pelas mestras da cultura. Se sangrar os açudes e encher as grandes barragens, se vier inverno bom de plantar e colher irei a Canindé entregar uma quartinha de chuva para São Francisco e outra para Padre Cícero em Juazeiro. Mas se o Castanhão sangrar, quem vai sangrar também são meus pés de dor e meu coração de alegria, pois caminharei até Canindé e subirei cantando os benditos de chuva na ladeira do Horto.

*Fabiano dos Santos Piúba

fabianopiuba@gmail.com

Secretário da Cultura do Estado do Ceará.

Palocci quer seu habeas corpus julgado pelo STF no mesmo dia do pedido de Lula

O ex-ministro da Fazenda, Antonio Palocci, pediu, nessa quinta-feira, à presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, para que seu habeas corpus seja julgado no próximo dia 4 de abril, mesma data em que foi marcado o julgamento de um pedido de liberdade preventivo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Palocci argumentou ter “prioridade absoluta” sobre Lula, uma vez que está preso preventivamente desde setembro de 2016 no âmbito da Operação Lava Jato, enquanto o ex-presidente encontra-se solto.

“Vossa Excelência [Cármen Lúcia] optou por priorizar o julgamento de habeas corpuspreventivo, impetrado em favor de paciente que não se encontra preso, em manifesto detrimento do julgamento do presente writ [pedido], o qual, repita-se pela centésima vez, aponta ilegalidade de prisão preventiva que se alonga por nada menos do que um ano e meio” escreveram os advogados de Palocci no pedido.

Palocci foi condenado em junho do ano passado a 12 anos e dois meses de prisão, inicialmente em regime fechado, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, pelo juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba. Diferentemente de Lula, o ex-ministro ainda não teve recurso julgado no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), segunda instância da Justiça Federal.

O ex-ministro da Fazenda já teve diversos pedidos de liberdade negados em sucessivas instâncias. Em maio, o relator da Lava Jato no STF, ministro Edson Fachin, rejeitouindividualmente o habeas corpus de Palocci e enviou o caso ao plenário para resolução de uma questão processual sobre o caso. Até o momento, entretanto, o processo não chegou a ser incluído na pauta de julgamentos.

Ontem (22), o plenário do STF concedeu a Lula um salvo-conduto até que seu habeas corpuspreventivo, com o qual pretende evitar sua prisão após condenação no TRF4, seja julgado no mesmo 4 de abril em que Palocci pediu a apreciação de seu caso.

(Agência Brasil)

Temer anuncia apoio à queda do veto ao Refis das micro e pequenas empresas

208 1

O presidente Michel Temer disse hoje (23) que o governo concluiu os estudos sobre o Programa Especial de Regularização Tributária das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, o chamado Refis das micro e pequenas empresas, e que o governo pode “patrocinar a queda do veto” ao texto aprovado pelo Congresso Nacional.

O veto que foi dado pelo presidente Temer será agora analisado pelo Congresso Nacional. De acordo com Temer, o governo apoiará a queda do próprio veto.

“Como houve problema de natureza legislativa, fomos obrigados a vetar esse projeto, mas imediatamente mandamos fazer estudos com vistas a fazer com que o veto fosse derrubado e o [Henrique] Meirelles [ministro da Fazenda] fez todo o esforço”, justificou nesta sexta-feira Temer.

Segundo o presidente, o governo concluiu recentemente o estudo. “Aqui é o primeiro anúncio, eu e Meirelles podemos, a essa altura, patrocinar a queda do veto para que a micro e pequena empresa tenha a possibilidade de refinanciar os seus débitos”, disse.

O projeto aprovado pelo Congresso concede descontos de juros, multas e encargos com o objetivo de facilitar e parcelar o pagamento dos débitos de micro e pequenas empresas, desde que 5% do valor total seja pago em espécie, sem desconto, em até cinco parcelas mensais. O restante da dívida poderia ser pago em até 15 anos. A adesão incluía débitos vencidos até novembro de 2017.

Em janeiro, o presidente Michel Temer vetou integralmente o projeto com a justificativa de que a medida fere a Lei de Responsabilidade Fiscal ao não prever a origem dos recursos que cobririam os descontos aplicados a multas e juros com o parcelamento das dívidas.

O veto foi criticado principalmente pelas organizações que representam esses empresários. Segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Refis deve beneficiar cerca de 600 mil empresas brasileiras que devem cerca de R$ 20 bilhões à União.

(Agência Brasil)

Trabalhadores da antiga Sameac brigam pelo pagamento dos salários

Uma novela que dura mais de dois anos prossegue no âmbito judicial.

É a luta dos trabalhadores do Hospital Universitário Walter Cantídio e da Maternidade-Escola Assis Chateubriand, que haviam sido demitidos quando da chegada da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) como gestora desses equipamentos ligados à Universidade Federal do Ceará.

O grupo, com muitos com 30 anos de serviços, tenta agora receber seus salários, como informa Rosângela Saldanha, da comissão representativa dos trabalhadores. De posse de vários documentos judiciais garantindo vitória em várias etapas dessa peleja, Rosângela expõe para o Blog toda a situação.

PDT aposta em irmã de Ciro como puxadora de votos

Lia e Leônidas Cristino, deputado federal.

A médica Lia Gomes, pré-candidata a deputada estadual, entrou na lista do PDT como uma das puxadoras de votos da sigla. Com apoio dos irmãos Ferreira Gomes e, em especial, de Ciro Gomes.

Ela vem mantendo várias reuniões com grupos de mulheres e fechando, como dizem seus apoiadores, uma plataforma de campanha.

(Foto – Sobral de Prima)

 

MEC libera resultado do P-Fies na próxima segunda-feira

O Ministério da Educação (MEC) adiou o anúncio da lista de pré-selecionados na modalidade P-Fies, do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para a próxima segunda-feira, (26). Serão oferecidas 75 mil vagas, nos primeiros seis meses de 2018 aos candidatos com renda mensal de até cinco salários mínimos por pessoa da família. Nesta versão, o agente financeiro do empréstimo será um banco privado.

O P-Fies é destinado à concessão de financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC. As condições para concessão de financiamento ao estudante serão definidas entre o agente financeiro operador do crédito (banco), a instituição de ensino superior e o estudante.

Segundo as regras gerais do Fies, o valor mínimo a ser financiado é R$ 50 por mês. O percentual de financiamento dos encargos educacionais será definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita e do valor da mensalidade.

(Agência Brasil)

Secovi/CE faz doação de alimentos para o Lar Amigos de Jesus

O Secovi-Ceará, entidade que representa o setor de habitação no Estado, fez uma doação de 30 quilos de alimentos para o Lar Amigos de Jesus, instituição que acolhe crianças e adolescentes portadores de câncer e outras enfermidades de tratamento prolongado.

O vice-presidente administrativo do Secovi-CE, Salim Ary, representou o sindicato na entrega dos alimentos que foram recebidos por Irmã Maria da Conceição Dias.

Os alimentos doados foram arrecadados nas inscrições para a palestra Empodere-se, promovida pela Universidade Secovi no último dia 15, na Livraria Leitura do Shopping Rio Mar. A atividade foi ministrada por Salim, que também é Coach Familiar Sistêmico, na companhia de Joâna Araripe, Master Coach.

(Foto – Divulgação)

O brasileiro tem as togas que merece?

237 1

Com o título “Parecia discussão de bar, com todo respeito aos bares”, eis artigo do jornalista Guálter George, editor de Política do O POVO. Confira o que ele achou da troca de farpas entre os ministros Gilmar Mendes e Luis Roberto Barroso, no STF:

Este Supremo Tribunal Federal (STF) de hoje, de maneira definitiva, não é aquele que precisaríamos ter para a travessia de momento nacional tão dramático. As caras de surpresa dos jovens estudantes de Direito sentados nas cadeiras logo atrás do ministro Luís Roberto Barroso enquanto ele, voz e feições alteradas, se insurgia contra Gilmar Mendes, colega de Corte, na sessão da última quarta-feira, chamando-o, dentre outras coisas, de “pessoa horrível”, “mistura do mal com o atraso e pitadas de psicopatia”, “desonra para o Tribunal”, meio que simbolizam o espanto que é de todos os cidadãos brasileiros diante dos espetáculos recorrentes de desequilíbrio que ultimamente partem daquele espaço, que deveria ser de permanente respeito entre pares.

De outra parte, para deixar mais claro o tamanho do problema ali instalado, tivemos o atacado Gilmar também atacando, vinculando o colega a “manobras” para conduzir votações de acordo com o próprio interesse, recomendando, ironicamente, que ele fechasse “‘o escritório de advocacia” etc. Coisa de dois bêbados numa mesa de bar, com todo respeito aos que bebem e aos que frequentam tais lugares. É impossível se fazer justiça em meio a um ambiente de tanta falta de educação, incivilidade e ausência de companheirismo, no melhor sentido do termo. Aceitando-se como verdade tudo que um diz do outro, como dar àquele colegiado a condição qualificada de última palavra no debate jurídico nacional? O Judiciário é, por sua natureza, o poder mais fechado entre os que fazem o equilíbrio institucional do Estado. Este aspecto, que até costuma parecer antipático em tempos de democracia, ao mesmo tempo lhe garante a condição teórica, confrontados Legislativo e Executivo, de único em condições reais de manter uma distância necessária do humor das ruas quando chamado para tomar decisões de grande impacto para o interesse da coletividade.

A discussão de baixíssimo nível da tarde da última quarta entre os dois ministros é uma denúncia da tragédia de momento que experimentamos. Quando membros do mais alto escalão da Justiça nacional engalfinham-se verbalmente daquela forma rasteira, rude, até, um colocando a capacidade e a honra do outro em xeque, o que acaba exposto é o descompromisso de ambos com a preservação de uma Casa que quanto mais fragilizada menos servirá ao interesse da sociedade, que a mantém na perspectiva de tê-la apta a oferecer sempre as melhores respostas. Não é aquilo que vimos acontecer, nas palavras dos próprios envolvidos durante a inacreditável refrega daquele dia triste.

A má qualidade da vida pública é um problema cuja complexidade não será enfrentada mantendo-se o foco apenas na representação política, por mais que ela efetivamente mereça sempre atenção especial. Há muito mais a ser consertado e os ministros do STF apresentam, com o mau comportamento, um lado do problema que não tem a ver com a decantada característica do eleitor nacional de nem sempre fazer as escolhas adequadas quando chamado ao voto. O infeliz episódio da vez pode ser transformado em mais uma chance de discutirmos as mudanças que o processo exige, abrindo-se espaço real à meritocracia, especialmente quando se trata de compor a nossa Corte de Justiça mais importante. Gilmar Mendes e Luís Roberto Barroso, pelo exemplo, mostram muito pouco compromisso com o STF, o Judiciário e o País.

*Guálter George

gualter@opovo.com.br

Editor de Política.

Camilo, Eunício e Roberto Cláudio entregam casas em Fortaleza

1287 1

O presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira (MDB), participa, nesta manhã de sexta-feira, da solenidade de entrega de casas populares em Fortaleza, no bairro Jangurussu. Colado ao governador Camilo Santana (PT) e ao prefeito Robreto Cláudio (PDT). As unidades fazem parte do Residencial José Euclides Ferreira Gomes (pai dos Ferreira Gomes)..

Na ocasião Eunício Oliveira informou que, na próxima semana, serão entregues mais casas na Capital e em Quixadá e que prestigiará essas cerimônias.

O senador ressaltou “a grande parceria com Governo do Estado e Prefeituras com o Governo Federal”.

(Foto – Divulgação)

Prévia da inflação oficial de março recua para 0,10% puxada pelos alimentos

Tomate , um dos alimentos que mais registrou queda de preço.

A prévia da inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15), ficou em 0,10% em março deste ano, abaixo do 0,38% da prévia de fevereiro. Essa é a menor taxa para meses de março do IPCA-15 desde o ano 2000 (0,09%).

O dado foi divulgado hoje (23) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O IPCA-15 acumula taxas de 0,87% no ano e de 2,8% em 12 meses.

A redução de preços de 0,94% nas tarifas de ligações locais e de telefone fixo para celular foi a principal responsável por segurar a inflação oficial no país, de acordo com a prévia. O grupo de comunicação como um todo teve uma deflação (queda de preços) de 0,19% na prévia de março, a maior entre as nove classes de despesa que compõem o IPCA-15.

O maior impacto para frear a inflação, entre as nove classes de despesa, no entanto, veio dos alimentos, que tiveram uma deflação de 0,07%. Vários alimentos tiveram queda de preços na prévia do mês, incluindo o tomate (-5%) e as carnes (-0,66%).

Por outro lado, a alta de preços de 1,06% dos planos de saúde foi o item individual que mais pesou na inflação de 0,10%. Com isso, o grupo de despesa saúde e cuidados pessoais teve a maior inflação entre as seis classes que tiveram alta de preços no mês: 0,54%.

As demais classes de despesas tiveram as seguintes taxas de inflação: educação (0,25%), habitação (0,13%), despesas pessoais (0,12%), artigos de residência (0,09%) e transportes (0,07%, influenciado pela alta de preços de 1,30% dos ônibus urbanos). Vestuário foi a única classe de despesas que não teve variação de preços.

(Agência Brasil)

Controlador da TV União já se diz pré-candidato ao Senado

O Podemos (antigo PTN) do Ceará vai ter candidato ao Senado.

O presidente nacional da legenda, senador Álvaro Dias, também presidenciável, esteve em Fortaleza nesta semana e acertou que o empresário Alberto Bardawil, controlador da TV União, deve disputar uma vaga.

Alberto Bardawil, em conversa com o Blog, diz que está pronto para aceitar o desafio. Ele afirma que a política precisa de renovação ética.

Prazo para entrega da Rais termina nesta sexta-feira

O prazo para a entrega da declaração da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) de 2017 termina hoje (23). Ele começou no dia 23 de janeiro deste ano. A entrega da Rais é obrigatória para todas as empresas com Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) ativo na Receita Federal em qualquer período do ano passado, com ou sem empregado, além de todos os estabelecimentos com Cadastro Específico do INSS (CEI) que tenham funcionários.

Já os microempreendedores individuais (MEI) só precisam fazer a declaração se tiverem empregado. Caso contrário, a declaração é facultativa.

Segundo dados do Ministério do Trabalho, divulgados na última terça-feira (20), 6 milhões de estabelecimentos enviaram a declaração relativa a quase 38,2 milhões de vínculos. Isso corresponde a cerca de 75% do total estimado.

As empresas que perderem o prazo estão sujeitas a uma multa. Os valores vão de R$ 425,64 a R$ 42.641, dependendo do tempo e do número de funcionários registrados.

Já o trabalhador que não constar da Rais não conseguirá receber o Abono Salarial ou o Seguro-Desemprego, e poderá ser prejudicado na contagem de tempo para a aposentadoria e outros direitos trabalhistas.

Em 2016, o Ministério do Trabalho recebeu informações de 8,5 milhões de estabelecimentos envolvendo 67,2 milhões de vínculos.

Segundo o ministério, a declaração é importante para o governo ter informações sobre a atividade econômica do país e o ministério planejar e adotar políticas públicas apropriadas.

(Agência Brasil)

Confiança do Consumidor avança 4,6 pontos de fevereiro para março, diz FGV

O Índice de Confiança do Consumidor, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), avançou 4,6 pontos de fevereiro para março deste ano e chegou a 92 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos. Em relação a março de 2017, o índice avançou 8,1 pontos.

Na passagem de fevereiro para março melhoraram tanto as avaliações sobre a situação atual quanto as expectativas em relação aos próximos meses. O Índice de Situação Atual cresceu 3,4 pontos e atingiu 78,6 pontos, mas ainda se mantém na zona de pessimismo.

O Índice de Expectativas avançou para a zona de otimismo ao subir 5 pontos, de 96,5 para 101,5 pontos, o maior nível desde dezembro de 2013 (103,6).

Em relação à situação econômica geral, o indicador que mede o grau de satisfação com a economia no momento avançou 1,7 ponto, para 84,4 pontos. Já o indicador das perspectivas para a situação econômica nos seis meses seguintes avançou 3,9 pontos, para 118 pontos, o maior nível da série histórica.

Segundo a FGV, a recuperação gradual da situação atual contribui para que os consumidores se sintam mais confiantes para novas compras. “A sustentação dessa melhora na intenção de compras dependerá, contudo, da não ocorrência de choques negativos no âmbito político ou econômico nos próximos meses”, afirma Viviane Seda Bittencourt, coordenadora da Sondagem do Consumidor.

(Agência Brasil)

Ematerce fecha acordo coletivo com servidores

O presidente da Associação dos Servidores da Ematerce (Assema) e também diretor do colegiado do Sindicato Mova-se, Sabino Bizarria, assinou, nessa quinta-feira (22), o termo de requerimento que oficializará junto ao Ministério do Trabalho o Acordo Coletivo de Trabalho 2018 dos servidores do órgão.

O presidente da Ematerce, Antônio Amorim, também endossou o documento, com o chefe do gabinete da presidência da empresa, Bartolomeu Cavalcante.

O acordo permanece praticamente igual ao anterior, com a diferença no reajuste de 3% dado pelo governador Camilo Santana para todos os servidores.

(Foto =- Divulgação)

Grupo explode agência do Bradesco de Itatira

Um grupo fortemente armado explodiu, na madrugada desta sexta-feira, a agência do Bradesco do distrito de Lagoa do Mato, no município de Itatira (Sertão Central). A informação é do site Itatira News.

O ataque ocorreu por de 1 hora da madrugada. O grupo usava mascaras e portava armas de grosso calibre, incluindo fuzis. De acordo com moradores, foram vários disparos que causaram pânico na localidade.

Ao menos cinco explosões foram ouvidas durante o ataque. “Pensei que a agência fosse desmoronar”, disse uma vizinha que mora ao lado do prédio. Após as explosões uma nuvem de fumaça foi vista no local.

O grupo não conseguiu ter acesso ao cofre e a Policia realiza diligências  na região, com apoio de equipes de Canindé, Madalena, Boa Viagem e Santa Quitéria.

TSE – Vereador que mudar de partido pode perder o mandato

As regras da janela partidária dos deputados — período em que eles podem trocar de partido sem perder o mandato, em ano eleitoral — não se estendem a vereadores, definiu o Plenário do Tribunal Superior Eleitoral na nesta semana. Segundo a corte, a janela dos vereadores obedece ao período de seus próprios mandatos, sem coincidir com a legislatura dos parlamentares federais.

A legislação fala de “término de mandato” como justa causa para o deputado deixar o partido, mas um grupo de vereadores queria sair na janela dos parlamentares, agora em março. Ao responder a uma consulta sobre o tema, o TSE declarou que a saída da agremiação sem risco de perder mandato só poderá ocorrer no último ano do mandato, ou seja, em 2020.

O ministro Admar ressaltou que a fidelidade partidária deve ser a regra, e que o parlamentar deve exercer o mandato até o fim para honrar o voto do eleitor que o elegeu e prestigiar a agremiação que deu suporte à candidatura.

Nas palavras dele, o TSE, ao permitir aos vereadores o uso da regra para deixar o partidos agora, estaria fazendo um “puxadinho” na legislação. A decisão foi unânime.

(TSE)

Camilo e RC entregam unidades habitacionais no Jangurussu

O governador Camilo Santana (PT) e o prefeito Roberto Cláudio (PDT) cumprirão agenda nesta sexta-feira, a partir das 9 horas, no bairro Jangurussu. Eles vão entregar a terceira etapa do Residencial José Euclides Ferreira Gomes.

Segundo o secretário estadual das Cidades, Jesualdo Farias, serão entregues 9444 unidades habitacionais. Ele adianta que esse residencial está incluído no programa “Juntos por Fortaleza”, que congrega um pacote de projetos tocados pela parceria Estado-Prefeitura.

(Foto – Divulgação)

PF cumpre mandados de prisão por fraudes na Casa da Moeda

Policiais federais e a Corregedoria-Geral do Ministério da Fazenda fazem hoje (23) uma operação para investigar fraude em licitação na Casa da Moeda do Brasil, no Rio de Janeiro.

Estão sendo cumpridos seis mandados de busca e apreensão no Rio, São Paulo, São José dos Campos (SP), Itajubá (MG) e Brazópolis (MG).

Segundo a Polícia Federal, há suspeita de que uma empresa privada tenha sido beneficiada por uma licitação destinada à aquisição de equipamentos utilizados na fabricação de dinheiro. Os equipamentos custaram à Casa da Moeda R$ 300 milhões.

A PF acredita que tenha havido pagamento de vantagens indevidas a servidores públicos para que a empresa tivesse sucesso na licitação, ocorrida em 2009.

Essa é a segunda fase da Operação Vícios, cuja primeira fase ocorreu em julho de 2015. Na ocasião, 23 mandados de busca e apreensão foram cumpridos no Rio, São Paulo e Brasília, inclusive em dependências da Receita Federal e da Casa da Moeda.

(Agência Brasil)

Prefeito lançará programa que garantirá wi-fi gratuito em 50 praças

3890 1

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta sexta-feira:

Pelo menos 200 praças e logradouros públicos de Fortaleza receberão sinal de wi-fi gratuito, incluindo a orla da Capital e áreas de grande frequência de visitantes, até o final de 2020. Quem garante é o prefeito Roberto Cláudio (PDT), anunciando o lançamento, dia 28 próximo, na Praia de Iracema, do Programa Wi-fi nos Espaços Públicos.

Essa iniciativa, de acordo com o prefeito, virá em lotes, com o primeiro devendo contemplar 50 praças nas sete regionais e a orla da cidade. Ele adianta que os próximos lotes atenderão aos principais mercados públicos e outros equipamentos da Cidade, garantindo ainda que a periferia não será esquecida nesse pacote. RC não adiantou valores do projeto, mas destacou que o benefício será considerável para o fortalezense.

Ontem, ele abriu, no Centro de Eventos, o II Seminário Internacional de Políticas Públicas Inovadoras para as Cidades, ocasião em que repassou essa informação. Bem, ainda sobre wi-fi, agora é torcer para que isso se amplie também no transporte coletivo.