Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Ary Joel defende “encarreiramento por mérito” como forma de manter excelência no BNB

Ary Joel expondo os planos do banco durante café da manhã.

O presidente do Banco do Nordeste, Ary Joel, afirmou, nesta terça-feira, durante encontro com empresários na sede da Federação das Indústrias do Ceará (FIEC), que todas as instituições precisam estar “constantemente se reinventando”. Ele disse que com o BNB não é diferente.

Ary Joel adiantou que o banco precisa melhorar sua eficiência operacional, apesar de todos os avanços alcançados, como também melhorar seu “encarreiramento pelo mérito. “Só com essa qualificação pelo mérito, o banco terá condições de manter a sua excelência no futuro”, destacou Joel, que expôs metas para o empresariado do setor industrial, num encontro bancado pela FIEC e Centro Industrial do Ceará.

Ele disse mais: o BNB continuará atendendo a indústria como sempre atendeu, mas ponderou: é preciso atacar os problemas sociais que existem no Nordeste com um olhar voltado também para os pequenos”. Nesse sentido, ele citou que, nessa segunda-feira, teve encontro com trabalhadores rurais e sentiu o drama dessas pessoas ao colocarem como principal dificuldade, nesse momento , a questão da água, problema que não pode mais ser postergado.

(Foto – Giovani Santos/Fiec)

Elmano evita responder Ciro Gomes

272 8

O candidato a prefeito de Fortaleza pelo PT, Elmano de Freitas, afirmou, nesta terça-feira, que não vai entrar no jogo de troca de ofensas como querem opositores como o ex-ministro Ciro Gomes. No O POVO e neste Blog, Ciro disse que Elmano era “pau mandado” da prefeita Luizianne Lins (PT).

O petista afirmou que sua obrigação como candidato é divulgar propostas concretas para melhorar a vida do fortalezense.

Para Elmano, não adianta bate-boca, porque isso não contribui com o debate democrático.

Petista fez panfletagem na avenida Engenheiro Santana Júnior.

(Foto – Divulgação)

Brasil ocupa quarta posição no ranking de jornalistas assassinados

“Apenas nos seis primeiros meses deste ano, 110 jornalistas foram mortos no mundo em situação considerada de violência e atentado à liberdade de imprensa, segundo a organização não governamental (ONG) Press Emblem Campaign (PEC). No ano passado, foram registradas as mortes de 107 profissionais de imprensa no mundo. O Brasil está na quarta posição, registrando seis jornalistas mortos nesse período. A PEC listou os 21 países mais violentos para o exercício da profissão. Na América Latina, os campões são o Brasil, em primeiro lugar, seguido por Honduras, pela Bolívia, pela Colômbia, pelo Haiti e pelo Panamá.

Na relação dos mais violentos estão a Síria, que registrou 21 mortes em mais de um ano de crise; o México, que identificou oito e vive um combate entre o governo e os cartéis de drogas e armas; a Somália, que vive uma guerra civil e registrou seis mortos; o Paquistão, que registrou seis mortos; o Brasil, também com seis e Honduras, com quatro.

Também estão nessa lista Filipinas que registrou quatro mortos, a Nigéria, três, a Bolívia dois, a Índia também dois. O Afeganistão identificou um jornalista morto, assim como o Barhein, a Colômbia, o Haiti, a Indonésia, o Iraque, o Nepal, Uganda, o Panamá e a Tailândia. O número de jornalistas mortos no cumprimento do dever é atualizado mensalmente, segundo a organização, por isso alguns dados são modificados de acordo com o mês apurado. De 2007 a 2011, 545 jornalistas foram mortos.

A PEC usa estatísticas relacionadas a mortes suspeitas entre jornalistas, correspondentes, freelancers, cinegrafistas, técnicos de som, técnicos, fotógrafos, produtores, administradores e jornalistas de online. Os dados não incluem motoristas, seguranças nem tradutores, por exemplo. A organização informou que recebe informações de associações de imprensa, sindicatos e federações, assim como das Nações Unidas. A análise dos dados se baseia em quatro categorias: as vítimas que são alvos intencionais, os que são mortos acidentalmente, os relacionados a causas criminais, como no caso de traficantes, e fatores desconhecidos.”

(Agência Brasil)

Agentes penitenciários pedem mais segurança

Um grupo de agentes penitenciários está fazendo um ato de protesto, nesta manhã de terça-feira, em frente ao prédio- sede da Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado, no bairro Meireles.

A categoria cobra mais segurança nos presídios e a continuidade do processo de seleção de agentes prisionais. O certame vem se arrastando desde o primeiro semestre deste ano por problemas de licitação. A Uece responde pelo concurso.

Geraldo Accioly aconselha Ciro a retiro sabático na Serra da Meruoca

265 9

Pelo visto, as críticas de Ciro Gomes, que, por exemplo, diz no O POVO desta terça-feira ser o candidato a prefeito de Fortaleza pelo PT, Elmano de Freitas, um “pau mandado” de Luizianne Lins,  não ficarão mais sem respostas por parte do Partido dos Trabalhadores.

Do Coordenador de Projetos Especiais da Prefeitura, Geraldo Accioly, recebemos nota. Para não perder muito tempo, pois diz ter muito o que fazer, afirma que gostaria de dar duas dicas para Ciro Gomes:

“Lamentável a postura de Ciro Gomes, que desempenhou um mandato medíocre e ausente de deputado federal depois de receber mais de 600 mil votos de cearenses que devem estar muito arrependidos. Só restam duas opções a Ciro Gomes: viajar para um ano sabático de meditações nas montanhas do Himalaia ou da Meruoca, ou entrar numa quadra de UFC para descarregar sua agressividade e destempero verbal.”

Ceará é o campeão em candidatos ficha suja

207 2

O Ceará é o Estado com maior número de candidaturas barradas pela Lei Ficha Limpa nas eleições deste ano, segundo levantamento divulgado pelo site Congresso em Foco nesta terça-feira, 2. Ao todo, são 209 casos de impugnações (62 cadidatos a prefeito; 49 a vice, e 98 a vereador).

Alguns candidatos ainda não foram julgados e poderão receber votos no próximo domingo, 7, pois alguns processos serão levados a julgamento apenas depois das eleições.

Confira a lista completa dos cearenses ficha suja

De acordo com o site, o levantamento que lista centenas de candidaturas foi realizado junto a todos os tribunais regionais eleitorais do país, e o número pode passar dos milhares até o final desta semana, deixando algumas eleições com resultados indefinidos. O TSE contabiliza, atualmente, 5.343 apelações para registro de candidatura à espera de análise. Até esta segunda-feira, 1°, 1.971 dos recursos haviam sido apreciados.

O Congresso em Foco esclareceu ainda que alguns tribunais forneceram apenas dados referentes aos cargos de prefeito e outros informaram não ter produzido as listas nominais dos barrados pela Ficha Limpa. No caso do Paraná e de Goiás, uma imposição judicial impediu a divulgação dos nomes.

Lei Ficha Limpa

A Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar 135/10) foi considerada constitucional pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em 16 de fevereiro deste ano. De iniciativa popular ratificada pelo Congresso, a lei impede o registro, junto à Justiça Eleitoral, de candidaturas de quem já foi condenado por órgãos colegiados. Antes do julgamento no Supremo, apenas diante de decisão final, sem mais possibilidades de recurso – o chamado “trânsito em julgado” –, era possível barrar a candidatura de alguém com pendências judiciais.

A lei também define que quem foi condenado por crime contra o patrimônio público, abuso de autoridade e de lavagem ou ocultação de bens, direitos e valores, por exemplo, ficará inelegíveis por oito anos após o cumprimento da pena para cada crime. A sanção de inelegibilidade passa a contar a partir da decisão final, quando não há mais possibilidade de recursos. As particularidades de cada caso concreto devem ser respeitadas por magistrados na aplicação da lei, desde que resguardados os fundamentos da nova legislação (condenação por órgão colegiado, sem necessidade de trânsito em julgado).

Redação O POVO Online,
com informações do site Congresso em Foco

Termina 6ª feira prazo para divulgação de propaganda eleitoral paga

O Tribunal Superior Eleitoral informa que termina sexta-feira, dois dias antes das eleições, o prazo para a divulgação paga – na internet e no jornal, de propaganda eleitoral. Acrescenta que o sábado, véspera da votação, é o último dia para o eleitor receber a segunda via do título. Também é a última oportunidade de candidato fazer propaganda eleitoral usando alto-falantes e amplificadores de som.

As votações, no dia 7, ocorrem das 8 às 17 horas. Nesse dia, os eleitores podem manifestar publicamente suas preferências, usando camisas, bonés e adereços dos candidatos, mas é proibida a propaganda eleitoral por grupos de pessoas e carros de som. A partir do fechamento das urnas, haverá a emissão dos boletins, o início da apuração e da totalização dos resultados.

Dilma participa da cúpula de países sul-americanos e árabes no Peru

“A presidenta Dilma Rousseff passa o dia hoje (2) em Lima, no Peru, onde participa da 3ª Cúpula de Chefes de Estado e de Governo América do Sul–Países Árabes (Aspa). Dilma chegou de madrugada à capital peruana para o encontro, o primeiro entre os líderes das duas regiões desde o início da chamada Primavera Árabe – quando vieram à tona protestos populares em favor da democracia e da liberdade em vários países de maioria muçulmana.

Ao discursar na 67ª Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York, na semana passada, a presidenta foi aplaudida ao condenar o preconceito contra os muçulmanos. Ela também criticou os ataques às representações diplomáticas norte-americanas e de aliados.

Hoje, no fim do dia, será divulgada uma declaração conjunta, na qual os 32 representantes do grupo – dois estão suspensos: Paraguai e Síria – se manifestam sobre os principais temas em discussão no momento. Dilma será a segunda a discursar na abertura do evento, depois apenas do secretário-geral da Liga Árabe (que reúne 22 países), Nabil Elarabi.

No documento final deverão constar uma crítica à onda de violência na Síria, que completa 19 meses com o registro de mais de 25 mil mortos, os ataques contra representações diplomáticas como reação a um filme anti-Islã, produzido nos Estados Unidos, além da defesa do direito dos palestinos a um Estado autônomo e independente.”

(Agência Brasil)

Ciro diz que Elmano de Freitas é “pau mandado”

218 13

“O ex-governador Ciro Gomes (PSB), um dos coordenadores de campanha de Roberto Cláudio (PSB), afirmou que não há problemas na relação entre PT e PSB. O problema, segundo ele, é apenas com a atual gestão municipal. Ontem, ele e Roberto Cláudio participaram de um café da manhã com os militantes da campanha.

“Nosso problema não é com o PT. Nosso problema é com a quinta pior saúde pública do Brasil, com a penúltima educação pública do Ceará, com a terceirização do serviço público, com a contratação da empresa Delta, do Carlinhos Cachoeira, para todas as obras da Copa…”, elencou.

Ciro afirmou ainda que outro ponto de descontentamento foi em relação ao processo de escolha que elevou Elmano de Freitas (PT) à condição de candidato. Na opinião do coordenador, não houve legitimidade no processo de escolha e sim “a imposição da escolha do candidato, para ser um ‘pau mandado’ da prefeita, que virou uma coronel”.

Um aspecto que, de acordo com Ciro, demonstra que PT e PSB continuam integrando o mesmo projeto em níveis mais amplos é a participação de três secretários de Estado petistas no governo de Cid Gomes (Camilo Santana, Francisco Pinheiro e Nelson Martins).

Além disso, ele cita que em algumas cidades, como Sobral e Barbalha, o PSB está apoiando candidaturas petistas. “Somos parceiros do PT”, afirmou, ponderando, no entanto, que falta “respeito e compostura” na atual gestão.”

(O POVO)

No debate da TV Cidade, vice de Elmano foi o alvo de polêmica

211 3

No debate da TV Cidade, envolvendo os candidatos a prefeito de Fortaleza e encerrado no começo desta madrugada de terça-feira, o que movimento os bastidores foi a polêmica em torno do professor Antonio Mourão Cavalcante, candidato a vice na chapa do petista Elmano de Feitas.

– Mourão Cavalcante (PR) virou um dos personagens principais do debate por causa dos seus artigos publicados no O POVO contra a gestão da prefeita Luizianne Lins (PT).

– O tema foi levantado por Heitor Férrer, candidato do PDT, e Moroni Torgan, postulante do DEM. Mourão chegou a procurar o candidato Moroni, após o debate, para expor seus porquês de ter passado para o lado dos petistas.

– O direito de resposta concedido ao petista Elmano de Feitas, por conta de artigos de Mourão, causou indignação a Moroni e aos demais postulantes. Esse ato foi diferente de igual situação vivida quando do debate da TV Diário. Igual tema foi abordado, mas não foi concedido direito de resposta, observando que artigo é documento e não era algo inventado e poderia ser passivo de comentário ou crítica.

– Marcos Cals (PSDB) provocou gargalhadas na turma dos bastidores em vários momentos. Pelo seu jeitão meio matuto de se expressar, com direito a algumas boas ironias.

– Roberto Cláudio ficou revoltado por Elmano de tido direito de resposta quanto ao caso dos artigo de Mourão. Disse que o postulante teve direito a falar duas vezes.

Laminadora terá pedra fundamental lançada em Caucaia

224 1

“Será lançada nesta terça-feira, às 10 horas, a pedra fundamental da Siderúrgica Latino Americana (Silat), em Caucaia, com a presença do governador Cid Gomes. O evento acontecerá logo depois do início da reunião do governador com os sul-coreanos da GS Caltex e representantes da Petrobras, que discutirão possível sociedade para a Refinaria Premium II, a ser instalada no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Cipp).

A Silat tem como um dos acionistas a Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece), com 10% de participação, sendo a espanhola Añon a acionista majoritária. A solenidade de hoje tem caráter simbólico, já que a indústria ainda não tem licença de instalação.

Em sua primeira fase, a Silat terá investimento de R$ 300 milhões, gerando 200 empregos diretos e 800 indiretos. O início das operações está prevista para 2013, com a produção de malhas de aço acabadas. Numa segunda fase, também serão produzidas chapas laminadas. Por fim, com previsão para 2014, a unidade fabricará aços longos.

Refinaria

Como resultado da visita do governador Cid Gomes à Coreia do Sul, no mês passado, o vice-presidente da GS Caltex, W. B. Rha, além de outros dois técnicos da empresa, estão no Ceará para discutir uma possível sociedade com a Petrobras na Refinaria Premium II. A Petrobras será representada por três gerentes executivos, segundo afirmou Cid na última sexta-feira. Segundo o governador, ele apenas apresentará as duas empresas, cabendo a elas a decisão sobre o investimento.

(O POVO)

Campanha eleitoral no rádio e na TV termina na 5ª feira

O Tribunal Superior Eleitoral alerta: a próxima quinta-feira é o limite para os candidatos fazerem campanhas de rua e comícios. Também a partir dessa data os juízes eleitorais poderão expedir salvo-conduto em favor de eleitor ameaçado de violência moral ou física que ponha em risco sua liberdade de votar.

Esse também é o último dia para a veiculação da propaganda eleitoral gratuita nas emissoras de  rádio e televisão, assim como reuniões públicas, a realização de comícios e a utilização de aparelhagem de sonorização.

As votações, no dia 7, ocorrem das 8 às 17 horas. Nesse dia, os eleitores podem manifestar publicamente suas preferências, usando camisas, bonés e adereços dos candidatos, mas é proibida a propaganda eleitoral por grupos de pessoas e carros de som. A partir do fechamento das urnas, haverá a emissão dos boletins, o início da apuração e da totalização dos resultados.

Mutirão em favor de verbas para a saúde será deflagrado no dia da eleição

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Bmnc0z08P2w&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=5&feature=plcp[/youtube]

Um grande mutirão em todo o Brasil vai acontecer durante o dia do voto, 7 de outubro. O objetivo, segundo o presidente da Associação Médica Brasileira, o cearense Florentino Cardoso, é  conseguir assinaturas para um projeto de iniciativa popular que garantirá 10% da receita liquida da União para a saúde. Florentino Cardoso dá detalhes desse mutirão.

Prisão de eleitor já está proibida

A partir desta terça-feira e até a próxima terça-feira, está proibida a prisão ou detenção de eleitores. No entanto, há exceções em casos de  flagrante delito ou sentença criminal condenatória por crime inafiançável e desrespeito a salvo-conduto. A determinação é da legislação eleitoral e ocorre a cinco dias das eleições municipais, quando cerca de 140 milhões de pessoas deverão ir às urnas para escolher prefeito e vereador.

As votações, no dia 7, ocorrem das 8 às 17 horas. Nesse dia, os eleitores podem manifestar publicamente suas preferências, usando camisas, bonés e adereços dos candidatos, mas é proibida a propaganda eleitoral por grupos de pessoas e carros de som. A partir do fechamento das urnas, haverá a emissão dos boletins, o início da apuração e da totalização dos resultados.

 

Tráfico fecha escola na Sapiranga

199 1

“O medo imperou no Conjunto Alvorada, na Sapiranga, durante o dia de ontem. Ao longo da segunda-feira, espalhou-se pelo bairro uma “onda” de boatos de que os traficantes iriam invadir as escolas públicas da região. Tudo teria começado após o registro de um homicídio na Sapiranga, por volta das 11h30min, em que um jovem foi morto. A escola municipal Professor Aldaci Barbosa foi uma das que suspenderam as aulas no fim da manhã. Segundo um dos vigilantes, a direção da unidade recebeu um telefonema, em que bandidos garantiam que a invasão “de hoje (ontem), não passa”.

Outra unidade de ensino do Município que suspendeu as aulas, no período da tarde, foi a Professor Monteiro de Moraes. Em outras quatro escolas, o número de alunos reduziu drasticamente à tarde. Segundo os diretores, muitos pais, em clima de pânico, foram buscar os filhos na sala de aula. Uma das diretoras comenta que “se fosse fechar com cada ameaça, a escola não abriria durante o ano”. Porém, em nenhuma das seis unidades de ensino visitadas pelo O POVO a invasão foi concretizada.

Moradores da região contam que os traficantes se dividem por áreas, denominadas de “Muro Alto”, “Lagoa Seca” e “Fronteira”. O clima de tensão era facilmente notado entre os moradores. A Secretaria Municipal da Educação (SME) informa que a orientação dada é de que todas as escolas continuem, normalmente, com as atividades. O órgão diz que foi solicitado o reforço do policiamento junto à Secretária da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Além disso, cada escola pediu reforço policial, mas as solicitações não foram atendidas.

O comandante da 4ª Companhia do 5º Batalhão da Polícia Militar, capitão Marcos Luiz, responsável pela área, não soube informar o nome da vítima do homicídio e, até agora, os responsáveis pelo crime ainda não foram presos. Segundo ele, o mais provável é que o crime tenha sido motivado pela tráfico de drogas. O comandante enfatiza que não há gangues disputando a área. “Ali é uma região conflitante. Mas não são grupos, são pessoas que se indispõem umas com as outras”, comenta. Ele também minimiza a possibilidade de escolas serem invadidas, pois “em Fortaleza, não há ânimo para esse tipo de acontecimento.”

Sobre as críticas na segurança das escolas, o capitão Marcos Luiz diz que “as viaturas atendem integralmente, 24 horas por dia, a região. E precisam atender outros delitos”. Ele informa que uma viatura do Policiamento Ostensivo Geral (POG) e uma do Ronda do Quarteirão atendem a área, tendo sido solicitado um reforço do Raio e do Batalhão de Choque. A pedido da SME, a Guarda Municipal de Fortaleza também fará rotas pela área.”

(O POVO)

AMC – Nenhum dos painéis de trânsito está em funcionamento

196 1

 As placas eletrônicas tinham a função de informar os motoristas e motociclistas sobre a situação das vias de Fortaleza em casos de complicação. Também daria alternativas de trafegabilidade. E eles seriam muito úteis neste momento em que Fortaleza vive com tantas obras em suas vias. Mas, os chamados “painéis de mensagens variáveis” funcionaram até o início do ano e, hoje, estão parados. Por conta do fim do contrato com a empresa de manutenção, aos poucos, os sistemas de informação do Controle de Tráfego em Área de Fortaleza (CTAFOR) foram completamente desligados.
Dono de uma borracharia na avenida Antônio Sales, onde há um equipamento instalado, Haley Mateus conta que os avisos ajudavam bastante os motoristas para evitar que eles trafegassem em vias congestionadas. “E ainda indicava uma rota alternativa. Era muito bom”, recorda. O equipamento na via, de acordo com ele, está parado “já faz muito tempo, tenho nem ideia”. Os motoristas se acostumaram a dirigir sem esse auxílio e “ninguém sente falta”, diz. “Se voltassem a funcionar, melhoraria muito o trânsito”, completa.

Na avenida Heráclito Graça, entre as ruas Antônio Augusto e Idelfonso Albano, no Centro, o letreiro também avisava no caso de a via estar alagada por conta da chuva. No entanto, dos dois anos que Josenir Terto Simeão, 25, trabalha na via, diz nunca ter visto o equipamento funcionando.

“Posso nem dizer que melhora o trânsito, porque está quebrada desde que eu fui empregado aqui”, arrisca. O dono de uma lanchonete em frente ao painel, Eduardo Salgado, 52, defende que se foi colocado com dinheiro público é necessário que funcione. “De que adianta gastar milhões para esse negócio e não prestar para mais nada?”, questiona.

Os painéis foram instalados em 19 avenidas e uma rua com trânsito intenso e complicado em Fortaleza. Um exemplo é a avenida José Bastos, bem próximo ao Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce). “Sem ele funcionando, o trânsito pode ficar até mais lento, porque não orienta os carros sobre batidas e engarrafamentos”, conclui o estudante Isac Abreu, 22, usuário diário da avenida.

O objetivo dos painéis, segundo o presidente da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC), Ademar Gondim, era de prestar esse tipo de esclarecimento e serviço à população.

Gondim informa que o processo licitatório para uma empresa prestar os serviços de conserto e manutenção dos equipamentos já está aberto, mas sem previsão de finalização até o fim do ano. “A AMC tem dado prioridade ao funcionamento da sinalização horizontal e vertical nas ruas e avenidas de Fortaleza”, informou. Ainda segundo a AMC, os painéis não acarretam custos de manutenção para a Prefeitura.”

(O POVO)