Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Apreensão de cocaína aumenta 292% em um ano no Ceará

287 1

As apreensões de cocaína no Ceará aumentaram 292% entre janeiro e agosto deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado. Nesses oito meses, 282 kg da droga foram apreendidos no Estado, contra 72 kg no igual período de 2011.

De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o município com maior número de apreensões de cocaína até agosto foi Acopiara, com 187 kg. Em seguida, estão Fortaleza (70,028 kg), Sobral (7,472 kg), Caucaia (6,695 kg), Crato (2,119 kg) e Juazeiro do Norte (1,909 kg).

Outras drogas
Neste ano, a Polícia cearense apreendeu 1.646 tonelada entre cocaína, crack e maconha. Desse total, 326,641 kg foram confiscados na Capital.

Na comparação com os mesmos meses de 2011, as apreensões de crack no Estado caíram 48%. Desde o início do ano, 82,598 kg foram apreendidos, contra 158 kg do igual período do ano passado.

A quantidade de maconha retida também registrou queda na comparação com 2011, com 1.282 tonelada apreendida entre janeiro e agosto. No ano passado, esse número foi de 2.059 toneladas.

(O POVO Online)

Ex-presidente do PSDB do Ceará promove twitcam eleitoral

Os candidatos a vereador por Fortaleza estão aproveitando como nunca o espaço da internet para divulgar suas propostas e até fomentar debates. É o caso, por exemplo, do ex-secretário estadual e ex-presidente do PSDB do Ceará, Carlos Matos. Postulante a vereador pelo ninho tucano, ele está convidando o eleitorado a participar, nesta quinta-feira, de uma twitcam denominada “Acorda Fortaleza”. Das 22 horas.

SERVIÇO

* Acesso: carlosmatos.com.br/aovivo facebook.com/acordafortaleza
* Internautas podem enviar perguntas através do Twitter: @carlosmatoslima

Mantega anuncia desoneração da folha de pagamento de 25 setores da economia

214 1

Mantega, entre Mauro Benevides e senador Pimentel em ato de posse no BNB. 

“O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou hoje (13) que 25 setores da economia serão beneficiados com desoneração da folha de pagamento, além dos 20 para os quais o incentivo foi concedido este ano. O benefício levará a renúncia fiscal de R$ 60 bilhões na arrecadação nos próximos quatro anos. Para 2013, a previsão é R$ 12,83 bilhões. No primeiro semestre de 2012, o governo concedeu igual desoneração a quatro setores. Em agosto, o benefício passou a valer para mais 15. Agora, empresários dos ramos da indústria, serviços e transportes conquistaram redução a partir de janeiro do próximo ano.

Os setores contemplados deixam de pagar a contribuição de 20% ao INSS e arcam com um percentual sobre o faturamento, como forma de compensação. De acordo com o ministro Guido Mantega, os empresários beneficiados mantiveram diálogo com o governo e optaram por fazer a troca. “São setores de mão de obra intensiva, cuja folha de pagamento tem um peso maior no custo da empresa”, disse Mantega. Segundo o ministro, em lugar de pagar R$ 21,5 bilhões de INSS, o total de 45 setores beneficiados desembolsará R$ 8,74 bilhões sobre o faturamento. As empresas exportadoras que aderiram à medida não arcam com qualquer forma de encargo, uma vez que não têm faturamento aferido pela Receita Federal.

Parte das desonerações deve ser incluída por meio de emendas na Medida Provisória (MP) 563, que desonerou os 15 setores iniciais. O restante será objeto de nova MP, prevista para sair até o final desta semana. As medidas fazem parte do Plano Brasil Maior, que concede incentivos a diversos ramos da indústria. Segundo Mantega, a medida aumentará a competitividade da indústria brasileira.”

(Agência Brasil/Foto – Paulo Moska)

Obras de novo terminal do Pinto Martins passam por inspeção

216 1

Superintendente Wellington Santos expõe maquete do novo terminal para o ministro.

O ministro-chefe da Secretário de Aviação Civil, Wagner Bittencourt, esteve nesta quinta-feira inspecionando obras do futuro terminal do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza. Ele se inteirou das ações e foi acompanhado pelo superintendente estadual da Infraero,. Wellington Santos.

A visita faz parte de uma série de inspeções que Wagner vem fazendo nos aeroportos das cidades-sedes da Copa 2014. O governo federal, segundo o ministro, vem investindo  R$ 24,82 bilhões via PAC 2 nas obras de expansão ou construção de novos terminais de passageiros e cargas.

(Foto – Paulo MOska)

Prefeitura reage a suspeições de Ciro Gomes sobre licitação da Copa 2014

332 8

O presidente do Instituto de Previdência do Município (IPM), médico Mário Mamede, mesmo estando de férias na França, é leitor deste Blog. Por conta disso, ele manda nota se dizendo indignado com mais uma, segundo acentua, agressão do ex-ministro Ciro Gomes à Prefeitura de Fortaleza. Ciro, dessa vez, levanta suspeições sobre licitação relativa à mobilidade urbana e Copa 2014. Aqui, reproduzimos a fala de Ciro feita à jornalista Kézya Diniz, em seu Blog no portal da Jangadeiro. Eis a nota que recebemos:

Caro Eliomar de Lima,

Lastimável, simplesmente lastimável…
Até consigo entender, mas não posso aceitar a desmedida agressividade do ex–prefeito, ex–governador, ex-deputado estadual, ex–deputado federal, ex-ministro por duas vezes e também, por duas vezes, candidato a Presidente da República.

Sabe Ciro Gomes, com a mais absoluta certeza, que nunca será presidente deste país. E esta certeza gera uma frustração que ele não consegue suportar nem conviver, tendo como resultado um comportamento que alterna períodos de inação, com sumiços providenciais e outros de insuportável agressividade, com palavreado não compatível com a postura de um homem público que ocupou tantos cargos importantes.

É inexplicável que, tendo sido eleito deputado federal (mandato 2008-2011) com mais de 700 mil votos, tenha decepcionado tantos eleitores. Foi apontado como o parlamentar mais faltoso da Câmara Federal, não tendo apresentado um único projeto ao longo dos quatro anos.

Quanto a sua agressividade, como ele sabe dosar seu discurso… Percebe muito bem que não adianta tentar atingir o Lula, nem é interessante orientar seus mísseis à presidente Dilma para não trazer dissabores ao seu irmão-governador Cid Gomes. Por isso, volta-se, com toda a virulência, contra a prefeita Luizianne Lins, a quem tenta desqualificar. Ou melhor, aniquilar como política, gestora e mulher.

Sabem os irmãos Ferreira Gomes da importância de Luizianne no cenário político de nosso Estado nos próximos anos e nos embates que se avizinham. Não satisfeito, agride permanentemente Elmano de Freitas, nosso candidato a prefeito de Fortaleza.

O seu repetitivo discurso e enfadonha retórica já não têm repercussão nacional… nem regional. Como conseqüência, aquele que se julga o melhor dentre os melhores, subestimando a sabedoria do povo e a inteligência das pessoas da sociedade, regride a uma postura provinciana.

É preciso que o Coordenador Senior (como se intitulou) da campanha do candidato Roberto Cláudio, se aperceba do óbvio: na vida e na política, as construções não mais resultam de determinações messiânicas. A permanente busca utópica de uma sociedade mais justa, fraterna, só pode ser alicerçada em nobres atitudes de muitos homens e mulheres e de ações que sejam essencialmente generosas, respeitosas e verdadeiramente voltadas para o bem comum.

* Mário Mamede.

Ministério Público Estadual fecha acordo com CCE

“As empresas Cemaz Indústria Eletrônica da Amazônia S/A, atual denominação social da empresa CCE da Amazônia, e Digibrás Indústria do Brasil S/A celebraram, dia 06/08, um Termo de Ajustamento de Conduta com o Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon) do Ministério Público do Estado do Ceará, comprometendo-se, dentro do prazo de 30 dias corridos, a cumprir todos os acordos pendentes com os consumidores que efetuaram transação em audiências realizadas no DECON.

Segundo informou a promotora de Justiça e secretária executiva do DECON, Ann Celly Sampaio, o objeto do TAC consiste na efetiva indenização dos consumidores; mas, ao mesmo tempo, determina-se a evitar que a conduta das empresas citadas, ainda que involuntária, sirva de paradigma para que outras empresas congêneres, ou não, utilizem-se de idêntica conduta. Em caso de descumprimento voluntário e inescusável por estas empresas de quaisquer das obrigações a ela impostas nas cláusulas do TAC, as referidas empresas sujeitar-se-ão a multa no valor correspondente a 5.000 UFIRs por dia de atraso, que se operará de pleno direito, sendo desnecessário o protesto judicial ou extrajudicial.

Para ela, isto corresponderia à instalação do caos, com manifesto descrédito aos organismos de defesa dos consumidores. Ou seja, seria um retrocesso quanto ao processo de implementação da cultura de proteção e defesa dos consumidores – o que por si mesmo consiste em rito lento, considerados de maneira geral. O cumprimento dos acordos far-se-á independente de eventual aplicação de sanções administrativas pelas Promotorias de Justiça de Defesa do Consumidor atuantes no DECON, ficando exclusivamente a critério do promotor de Justiça titular proceder, ou não, com o arquivamento do procedimento administrativo tramitante em sua respectiva Promotoria de Justiça.”

(Site do MP-CE)

Leitor do Blog faz apelo à AMC/Etufor

195 2

De Natan Camelo, leitor do Blog, recebemos foto e a seguinte nota, em tom de alerta. Confira:

Caro Eliomar de Lima,

Não sou formado em Engenharia nem sou técnico em estradas, mas algo, nesta manhã de quinta-feira, me fez questionar se na AMC/Etufor tem alguém do ramo que trabalha lá. Como é de conhecimento de todos, a AMC/Etufor colocou faixa prioritária para ônibus em parte da Avenida Duque de Caxias, no sentido Centro-Avenida Bezerra de Menezes (conforme a foto).

Acontece que, pouco antes do cruzamento da Duque de Caxias com a Avenida Padre Ibiapina, a maioria dos ônibus faz o giro à esquerda para chegar à Bezerra de Menezes, o que vai totalmente contra a sinalização.

E eu pergunto: a AMC/Etufor vai alterar o itinerário para que os ônibus passem direto na Duque de Caxias ou esperar carros, que estão na faixa da esquerda e seguem direto, colidam com os ônibus que entram à esquerda?

Sem mais,

* Nathan Camelo, seu leitor.

Governo negociará com Estados redução do ICMS sobre tarifa de energia

 

“O governo analisa estabelecer uma negociação com os estados a fim de obter a redução do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS) aplicado à tarifa de energia elétrica. A intenção é promover um barateamento da conta de luz superior ao garantido pelo corte de encargos federais, que proporcionará preços de 16,2% a 28% mais baixos. A medida foianunciada esta semana pela presidenta Dilma Rousseff.

A informação foi dada pelo ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, que participou hoje (13) do programa Bom Dia, Ministro, produzido pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República em parceria com a EBC Serviços. Lobão disse que o assunto pode entrar em pauta nas próximas reuniões do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), órgão que reúne os secretários de Fazenda dos estados e do Distrito Federal.

“Não temos como interferir de maneira coercitiva, mas o governo sempre pode promover uma negociação no Confaz, via Ministério da Fazenda. Há uma reunião [do Confaz] e certamente esse assunto será abordado”, disse. O ministro destacou que o ICMS é o imposto que mais onera a conta de energia, mas, por se tratar de arrecadação estadual, os governos das unidades da Federação têm autonomia para decidir sobre eventuais reduções na alíquota. O governo federal terá que vencer a resistência dos governos estaduais para garantir um ICMS menor.”

(Agência Brasil)

Candidatura de Elmano ganha ações na Justiça Eleitoral contra Inácio e Roberto Cláudio

A Justiça Eleitoral considerou improcedente ação do candidato a prefeito de Fortaleza pelo PSB/PMDB, Roberto Cláudio, que tentava impedir que candidatos a vereador que apóiam Elmano de Freitas citassem o nome do candidato a prefeito nos programas de rádio e TV. A Justiça negou o pedido e lembrou que os candidatos ligados a Roberto Cláudio também pedem votos para ele.
Outra decisão favorável ao petista teve como alvo o candidato a prefeito de Fortaleza pelo PCodB, Inácio. A Justiça Eleitoral mandou o candidato tirar do ar programa onde critica a educação municipal. A peça foi considerada pela Justiça Eleitoral “lesiva” por desqualificar a atuação da Prefeitura e do candidato Elmano de Freitas, que foi secretário da pasta, e por não apresentar as propostas do candidato comunista para essa área.

Ciro chama de “fajutada” licitação feita pela Prefeitura para a Copa 2014

165 9

Em entrevista à jornalista Kézya Diniz (TV Jangadeiro),  ex-ministro Ciro Gomes (PSB) voltou a disparar críticas contra a Prefeitura de Fortaleza. Dessa vez, contra o andamento das obras de mobilidade urbana de responsabilidade do município para a Copa 2014. Ele disse que o contrato firmado entre a administração do município e a construtora Delta, envolvida no esquema comandado pelo bicheiro Carlinhos Cachoeira, era fraudulento. O contrato foi rescindido em maio deste ano, depois que  empresa anunciou o abandono da obra.

“É uma licitação fajutada. Anote aí! É fajutada”, insistiu Ciro Gomes ao cobrar uma investigação do processo de licitação da prefeitura de Fortaleza para as obras de mobilidade urbana da Copa do Mundo de futebol. “Cadê a imprensa livre, investigativa? Vocês não são jornalistas? Investiguem, apurem!”, disse Ciro visivelmente alterado. A entrevista foi antes dele acompanhar o debate da Redetv com candidatos à Prefeitura de Fortaleza.

Grupo de engenheiros entrega propostas para Elmano de Freitas

310 4

Na manhã desta quinta-feira(13) engenheiros ligados a área de saneamento, água, esgoto, resíduos sólidos e drenagem, além da deputada estadual Eliane Novais, estiveram reunidos com o candidato Elmano de Freitas e sua equipe de governo, para apresentar um diagnóstico dos setores e propostas para o futuro programa de governo do candidato do PT. Dentre as dificuldades existentes no abastecimento d’água em Fortaleza, foi destacada a situação de 22 bairros da capital que sofrem por falta d’agua.(Lagoa Redonda, Alagadiço Novo, Quintino Cunha, Messejana, Pici, Antonio Bezerra, Cristo redentor e Barra do Ceará, dentre outros). Para os especialistas, as multas aplicadas pela prefeitura na CAGECE, concessionária do serviço, estão sendo insuficientes para a agilidade da redução dos problemas. Além do transtorno da falta d’agua, existe o risco do acúmulo de água, que contribui para a transmissão da dengue. Foi sugerido ao candidato que medidas mais efetivas devam acontecer para a agilizar a resolução da questão.

Quanto ao esgotamento sanitário, os engenheiros colocaram as dificuldades da rede coletora de esgoto dos bairros Aldeota, Centro, Beira Mar e Praia de Iracema, que está com a vida útil dos equipamentos vencida(mais de 30 anos) e com baixa manutenção, acarretando transbordamentos constantes dos poços de visita(bueiros). Segundo os especialistas, um dos exemplos mais visíveis da cidade é a situação da Avenida Dom Manuel. A solução apresentada pelos engenheiros é a substituição imediata da rede coletora de esgoto nestas regiões. Também foi colocado que a revisão do contrato entre Cagece e Prefeitura, para a cobertura do serviço de esgoto, que ainda hoje atinge apenas 53,62% da população, deva ser acelerado para atingir a meta de 70%, em 2016.

Sobre a drenagem urbana, foi mostrado o avanço dos últimos 8 anos, na rede macro e micro drenagem, que saltou dos 30% existentes ao longo da história de Fortaleza, para 50% nos últimos 8 anos. Foi sugerido a Elmano de Freitas que este ritmo de execução de novos pontos de drenagem e recuperação das antigas sejam mantidos. Quanto a problemática dos resíduos sólidos foi diagnosticado que o incremento da atividade econômica de Fortaleza tem aumentado significativamente a quantidade de resíduos coletados. Sendo gerados – somente em resíduos domiciliares – a quantidade de 50 mil toneladas por mês. Dentre outras propostas, o aumento da cobertura da coleta seletiva na capital é uma das soluções.

Elmano de Freitas foi informado sobre o possível processo de privatização da água, revelado pelas consultorias econômicas do sul do país, dando conta que o grupo Galvão Engenharia estaria negociando com o governo Cid Gomes a privatização da CAGECE. Diante do colocado, o candidato se postou contrário a esta iniciativa. Um documento completo sobre as questões apresentadas foi entregue a Elmano de Freitas, que deverá tornar público o seu conteúdo e somá-lo ao seu plano de governo. Participaram do encontro os engenheiros Jadson Sarto, Carlos Ancelmo, Paulo Pequeno, Sergio Novais, Reinaldo Carleal e a arquiteta Daniela Valente, além de assessores da deputada Eliane Novais.

Partidos de esquerda e a divulgação de pesquisas

122 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=mEeJ-eKj1dA&feature=plcp[/youtube]

O jornalista Guálter George, editor de Conjuntura do O POVO, analisa a febre da moda no momento em que se vive o clima eleitoral: ações judiciais para evitar a divulgação de pesquisas em vários Estados. Para Guálter, o estranho é que isso parta principalmente de partidos progressistas.

Vendas no varejo crescem 1,4% em julho

“O volume de vendas do comércio varejista brasileiro aumentou 1,4% em julho na comparação com junho, segundo a Pesquisa Mensal de Comércio (PMC). O dado foi divulgado hoje (13) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e mostra que este é o segundo resultado positivo após a queda de 0,4% em maio. Já a receita nominal cresceu 1,7%, representando o quinto mês consecutivo de taxas positivas. Na comparação com julho do ano passado, o volume de vendas apresentou expansão de 7,1%, e a receita nominal, de 10,3%. No acumulado dos sete meses do ano, as vendas cresceram 8,8% e, em 12 meses, 7,5%. Nas mesmas comparações, a receita nominal aumentou 11,8% e 11,3%, respectivamente.

A pesquisa mostra ainda que, entre as dez atividades, oito registraram variação positiva nas vendas na passagem de junho para julho, com destaque para equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (9,7%); seguidos por tecidos, vestuário e calçados (2,4%); combustíveis e lubrificantes (1,2%); material de construção (1%); hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (0,8%); móveis e eletrodomésticos (0,7%); outros artigos de uso pessoal e doméstico (0,3%) e artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (0,3%). As quedas foram registradas nas atividades livros, jornais, revistas e papelaria (-0,7%) e veículos e motos, partes e peças (-8,9%).

Na comparação de julho de 2012 com o mesmo mês de 2011, todas as atividades pesquisadas apresentaram aumento no volume de vendas. Os crescimentos mais significativos foram verificados nas atividades veículos e motos, partes e peças (16,4%); móveis e eletrodomésticos (12,5%); equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação (11,4%) e artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria (11,3%).”

(Agência Brasil)

Sobral ganhará uma pinacoteca

196 2

O secretário da Cultura e Turismo de Sobral, Campelo Costa, assinará nesta quinta-feira, às 17 horas, na Casa da Cultura, a ordem de serviço para a construção da Pinacoteca Pública desse município. O investimento de cerca de R$ 650 mil será feito com recursos do Município.

A Pinacoteca Pública de Sobral, segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, será instalada em um prédio histórico no Boulevard do Arco já pertencente ao Município e que, agora, será restaurado. A Pinacoteca, um museu com acervo de artes plásticas, servirá também como uma central de informações turísticas sobre a cidade. “Funcionará como uma recepção às pessoas que vêm a Sobral e querem conhecer o que a cidade oferece”, explica Campelo Costa.

De acordo com o Secretário da Cultura e Turismo, o pavimento térreo e o mezanino do prédio abrigarão uma galeria para exposições. A Pinacoteca de Sobral contará também com um salão dedicado ao pintor Raimundo Cela. Anexo ao prédio funcionará um café e o setor administrativo.

 

Fórum discutirá Serviço Rápido de Ônibus

Essa é do site da Prefeitura de Fortaleza:

A implantação do Serviço Rápido de Ônibus em Fortaleza e seus impactos na mobilidade urbana serão avaliados durante fórum de discussão que acontece nesta sexta-feira, a partir das 8h30min, no auditório do Sest Senat (Rua Dona Leopoldina, 1050, Centro). O encontro reunirá o presidente da Etufor e da AMC, Ademar Gondim; o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus), Dimas Barreira; o presidente da Federação das Empresas de Transportes Rodoviários dos Estados do Ceará, Piauí e Maranhão (Cepimar), David Oliveira; além de técnicos e representantes da Federação do Comércio do Estado do Ceará (Fecomércio).

Aberta a interessados, a reunião objetiva apresentar críticas e sugestões acerca da destinação de faixas preferenciais para transporte público na Av. Bezerra de Menezes, primeira via contemplada com o serviço, bem como avaliar a ampliação desta medida para outros corredores da cidade. O Serviço Rápido de Ônibus foi inaugurado no dia 13 de agosto em cumprimento à Lei da Mobilidade Urbana, uma vez que prioriza o público sobre o privado e o coletivo sobre o individual. Após um mês de implantação, já é possível verificar aumento na velocidade operacional dos coletivos e redução no tempo de viagem dos passageiros.

Acquario do Ceará e um mar de questionamentos

474 3

Com o título “Aquário do Ceará – Os Malefícios”, eis artigo do professor Dárdano Nunes de Melo, do Instituto Federal Tecnológico do Ceará (IFCE) sendo divulgado na internet. Ele aborda o projeto Acquario do Ceará, do governo estadual, não dispensando uma série de indagações e considerando obra desnecessária. Confira:

O Governo do Ceará como idealizador do projeto tem apregoado que o empreendimento, o maior do gênero na América Latina, será a redenção econômica de Fortaleza, contribuindo para eliminar a pobreza na periferia e no centro, irá gerar 18 mil empregos, vai atrair 1,2 milhões de turistas, e renderá 21,5 milhões de dólares ano.

A partir de que informações técnicas se chegou a certeza que o empreendimento trará este número de turistas? Cadê o contrato com as operadoras de turismo(primeiro se garante o mercado para depois fazer o negócio)? Que perfil econômico tem estes possíveis turistas para pagar o empreendimento? De onde virão estes turistas? Há linhas
internacionais e voôs charters? Haverá sazonalidade de fluxo? Que capacidade de carga turística tem o espaço físico da Praia de Iracema para comportar, em períodos de pique, uma demanda de mais de um milhão e duzentos mil turistas? Por que não escolher outra área ainda não qualificada urbanisticamente? E a mobilidade do transito? Com a implosão da demanda como ficará a qualidade e a capacidade do receptivo turístico? Como se chegou a 18 mil empregos se em estudos de empregabilidade hoteleira o fator gerador máximo é de um para oito e o aquário só irá gerar 250 empregos diretos? Que efeito multiplicador econômico(direto ou indireto) leva a uma receita de 21,5 milhões de dólares ano. Qual o benefício social direto e que instrumentos de sócio- economia solidária serão produzidos com esta nova economia. Por
que a administração será entregue a iniciativa privada?

O Ibama prende aficcionados por pássaros silvestres por mantê-los em gaiolas de ferro e por que não prender o responsável do Aquário por prender peixes em gaiolas de vidro? O povo pobre de Fortaleza ainda não atingiu a escala que prioriza o lazer e o divertimento em função das outras necessidades já estarem satisfeitas. O Aquário não é para o povo simples de Fortaleza. O turista que tem dinheiro vem dos países ricos e está comprovado que ele prefere o recurso natural e o ecoturismo, o que a natureza já nos presenteou fartamente, inclusive com muito sol.

O projeto não tem sustentabilidade turística, econômica, social, ambiental e muito menos legal. O desenvolvimento do turismo, mais uma vez, foi usado como tapume para esconder o abandono em que se encontram a educação, a saúde, a segurança e a empregabilidade. Que falta faz trezentos milhões de reais nestes setores!

* Dárdano Melo Nunes de Melo,

Técnico em Turismo e professor do IFCE de Fortaleza.

Ministro descarta reajuste dos combustíveis

169 2

“Uma eventual alta no preço dos combustíveis não está na pauta imediata do governo, disse hoje (13) o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. O ministro afirmou que nos próximos cinco anos será necessário um investimento de US$ 200 milhões na Petrobras, incluindo os gastos com exploração na camada pré-sal a partir do ano que vem. Apesar disso, a discussão sobre o reajuste dos combustíveis não será feita neste momento, afirmou Lobão.

Lobão falou sobre o assunto em entrevista à imprensa, após participar do programa Bom Dia, Ministro, produzido pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República em parceria com a EBC Serviços.

Ontem (12), a presidenta da Petrobras, Graça Foster, disse em audiência pública no Senado que a previsão de investimentos da estatal na produção de petróleo até 2016 será US$ 131,6 bilhões. Sobre o preço dos combustíveis no país, ela afirmou que a empresa não teve prejuízo, mesmo deixando de repassar a alta do óleo para os consumidores brasileiros.”

(Agência Brasil)