Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

O golpe de 1º de abril de 1964

Eis artigo do jornalista e radialista Messias Pontes. O título é “A verdade sobre o golpe de 1º de abril de 1964”. Messias tenta desmistificar a chamada Revolução de 64 e diz torcer logo pela implementação da Comissão da Verdade, que tentará elucidar crimes cometidos na época do regime militar. Confira:

Os democratas brasileiros estão empenhados na elucidação dos crimes cometidos pelos agentes do Estado – civis e militares – durante a ditadura militar (1º de abril de 1964/15 de março de 1985). Todos querem ver logo constituída a Comissão Nacional da Verdade, cuja lei foi sancionada pela presidenta Dilma Rousseff no dia 18 de novembro de 2011, em solenidade das mais concorridas no Palácio do Planalto, com a presença de ex-presos políticos e familiares de ex-presos e desaparecidos políticos.

A Comissão Nacional da Verdade vai procurar elucidar os crimes de sequestro, tortura, assassinato, ocultação de cadáveres, quem os praticou e quem ordenou. Organismos internacionais estão colocando o Brasil no banco dos réus porque ainda hoje não apurou e puniu esses covardes criminosos. Uma vergonha nacional, quando os países onde foram implantadas ditaduras militares no mesmo período já pediram perdão ao povo e puniram os torturadores e assassinos fadados.

Porém tão importante quanto esclarecer os crimes da ditadura é contar a verdadeira história do golpe militar. É preciso que se diga que o golpe não é um ato, mas um processo, e esse processo começou a ser gestado dez anos antes, ou seja, em 1954, quando tentaram derrubar o presidente Getúlio Vargas, acusando-o de corrupção e outras baboseiras mais. Porém Getúlio abortou o golpe dando um tiro no peito, causando uma grande comoção nacional, levando centenas de milhares de pessoas às ruas,  que amedrontou os golpistas e os fez recuar temporariamente.

Em 1962 e 1963, o IBAD – Instituto Brasileiro de Ação Democrática – investiu milhões de dólares financiando programas de rádio em todo o Brasil para falar mal do governo do presidente João Goulart; investiu outros milhões de dólares para eleger uma grande bancada de direita nas casas legislativas, alinhada incondicionalmente ao imperialismo norte-americano.

O embaixador dos Estados Unidos, Lincoln Gordon, mantinha estreita ligação com os setores mais reacionários, como a famigerada TFP – Tradição, Família e Propriedade -e os setores mais conservadores da igreja católica, e recentemente reconheceu que essa dinheirama toda era oriunda do Pentágono. Foram cinco milhões de dólares somente para financiar o golpe em 1964, conforme declarou.
O temor do então presidente norte-americano, John Kennedy, era que o Brasil, pela sua condição estratégica, desse uma guinada à esquerda. Ele temia principalmente a ascensão dos movimentos populares porque estes apoiavam as reformas de base propostas pelo presidente Jango, como as reformas urbana e agrária, da educação,  o voto do analfabeto, a nacionalização das refinarias de petróleo e a limitação em 10% da remessa de lucro das empresas estrangeiras.

É inadmissível que ainda hoje nos colégios e academias militares se ensinem que houve uma “revolução democrática” em 31 de março para “salvar o Brasil” do comunismo. Tudo isso é mentira, pois o golpe foi em 1º de abril e não teve nada de democrático, mas sim uma quartelada antidemocrática e antinacional orientada e financiada pelos Estados Unidos.

As viúvas da ditadura mentem desbragadamente quando afirmam que as Forças Armadas atenderam ao apelo do povo brasileiro. Mais de dois terços dos brasileiros apoiavam o governo de João Goulart, e apenas uma minoria reacionária e elitista, formada por grandes empresários e latifundiários, levada por uma massiva campanha da velha mídia conservadora, venal e golpista, financiada pelo imperialismo norte-americano, foi às ruas contra o presidente João Goulart, eleito democraticamente com extraordinária votação.
O ranço das oligarquias e de setores reacionários da Forças Armadas contra João Goulart remonta o início dos anos 1950 quando, ministro do Trabalho de Getúlio Vargas, em 1952 decretou aumento do salário mínimo de 100%. Insatisfeitos, setores do patronato bateram às portas dos quartéis e os coronéis fizeram grande pressão até que Getúlio exonerou Jango do Ministério, mas mesmo assim manteve o aumento do salário mínimo.

Quando da renúncia do presidente Jânio Quadros, em agosto de 1961, o vice João Goulart se encontrava em visita oficial à República Popular da China. Tão logo soube da renúncia de Jânio, Jango retornou imediatamente ao Brasil, porém os militares golpistas tentaram impedir o seu desembarque em território brasileiro e, consequentemente, a sua posse.

Governador do Rio Grande do Sul, Leonel Brizola comandou uma resistência através da Cadeia da Legalidade – rede de emissoras de todo o País. Em Fortaleza, a retransmissão era feita pela Rádio Dragão do Mar do empresário e deputado federal nacionalista Moisés Pimentel. Uma manobra parlamentarista garantiu a posse de Jango. Contudo os golpistas continuaram tramando contra o governo democrático e popular até o golpe de Estado de 1º de abril de 1964. Há poucos dias do golpe uma frota naval norte-americana foi deslocada para a costa brasileira para entrar em ação se houvesse resistência dos setores militares fiéis ao governo.

Ao assumir a presidência da República, o marechal Humberto de Alencar Castelo Branco, em seu discurso de posse jurou completar o restante do mandato de Jango e convocar eleição presidencial em 1965 e empossar o eleito em janeiro de 1966. Mais uma mentira, pois Castelo foi substituído pelo general Artur da Costa e Silva que, em 13 de dezembro de 1968 instalou o terrorismo de Estado com a edição do Ato Institucional nº 5 (AI-5).

Costa e Silva foi “adoecido” e em seu lugar assumiu uma junta das três Forças – Exército, Marinha e Aeronáutica – tendo à frente o general de Exército Emílio Garrastazu Médici, o mais sanguinário de todos eles. Este foi seguido pelo general Ernesto Geisel e por fim o general João Baptista Figueiredo cumpriu o último mandato militar, sendo substituído por um presidente civil, no caso José Sarney que era vice mas assumiu com a morte do presidente eleito no Colégio Eleitoral,  Tancredo Neves. Figueiredo deixou o Palácio do Planalto pelos fundos, não passando a faixa presidencial a Sarney.

A ditadura castrou toda uma geração , dando lugar ao terrorismo de Estado com a supressão das liberdades democráticas, cassação de mandatos populares, os sequestros, a tortura e morte de milhares de democratas. Ainda hoje mais de 150 famílias esperam pelo direito de dar uma sepultura digna aos seus ente queridos brutalmente assassinados e cujos corpos foram ocultados. Uma verdadeira tragédia nacional.

Esta é apenas uma parte da verdadeira história e que deve ser ensinada em todas as instituições educacionais do País, notadamente nos colégios e academias militares.

* Messias Pontes,

Jornalista e radialista.

Reitor da UFC integrará comitiva de Dilma Rousseff em visita aos EUA

O reitor da Universidade Federal do Ceará, Jesualdo Farias, vai integrar a comitiva que acompanhará a presidente Dilma Rousseff na viagem que ela iniciará, a partir do próximo sabado, aos Estados Unidos.

Jesualdo Farias atende a convite do Itamaraty, dentro de uma agenda que incluirá encontros de reitores brasileiros com instituições norte-americanas de nível superior.

A comitiva de Dilma cumprirá agenda nos EUA até o dai 11. A presidente terá encontro de negócios com o presidente Barak Obama.

Indústria brasileira registra alta de 1,3% na produção de janeiro para fevereiro

“A produção industrial brasileira cresceu 1,3% em fevereiro deste ano, em relação ao mês anterior. Em janeiro, havia sido registrada uma queda de 1,5%. Os dados foram divulgados hoje (3) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em relação a fevereiro de 2011, a produção industrial teve queda de 3,9%. Nos últimos 12 meses, o índice acumula redução de 1%. No acumulado do ano, a indústria caiu 3,4%.

(Agência Brasil)

Vivo cancela almoço

 

ATUALIZAÇÃO – ( 11h21min) – A Vivo cancelou essa coletiva. Informou, agora há pouco, para o Blog a assessoria de imprensa da empresa.

——————————————

A Vivo apresentará nesta terça-feira, durante almoço com a imprensa, no Restaurante Villa Alexandrini (Varjota), seu mais novo produto: o 3g Plus.

Trata-se de uma tecnologia intermediária para o sistema 4g, considerado um grande avanço na internet por ter alta velocidade.

Na ocasião, será apresentado o novo gerente regional da Vivo, no Ceará, Alberto Frantz.

IPECE divulga dados sobre evolução do ensino no Estado

O presidente do Instituto de Pesquisa Econômica e Estratégia do Ceará (IPECE), Flávio Ataliba, dará coletiva às 15 horas desta terça-feira, no edificio da Seplag (Cambeba), para divulgar o Informe nº 28, intitulado: Evolução da Frequência Escolar e Nível de Instrução no Ceará: Análise comparativa com os Estados Brasileiros na Década de 2000. Na coletiva, estará também a secretária de Educação do Estado, Izolda Cela.

O Informe Nº 28 faz uma breve análise dos dados censitários relativos à educação publicados recentemente pelo IBGE. Segundo Flávio Ataliba, so abordados números referentes à freqüência escolar, rede de ensino e nível de instrução.

Os dados apresentam evolução no número de pessoas acessando o ensino, com uma tendência para a universalização entre crianças e jovens entre 7 e 14 anos. Pelo estudo do Ipece, o Ceará se destaca como o terceiro estado com o maior índice de crianças na primeira infância (até 6 anos de idade) acessando a rede de ensino, ficando atrás apenas de São Paulo e Santa Catarina.

CGU vai investigar ex-assessor de Alexandre Padilha

A Controladoria Geral da União (CGU) vai investigar o ex-assessor especial do Ministério da Saúde, Edson Pereira de Oliveira, que diz ter sofrido pressão de parlamentares para intermediar a indicação de dirigentes para os hospitais federais do Rio, conforme denúncia da revista “Veja”. A informaçãó é de reportagem do O Globo, adiantando que  CGU abriu sindicância nesse sentido.

Como Edson Pereira saiu do governo em dezembro de 2011, a investigação pode transformar a exoneração em destituição, deixando o ex-assessor impedido de assumir cargos na administração federal. Edson Pereira era próximo ao ministro Alexandre Padilha, que também pediu a abertura de inquérito à Polícia Federal.

Em entrevista à “Veja”, Oliveira admitiu que recebeu R$ 200 mil, por meio de laranjas, para quitar dívidas de campanha eleitoral na Bahia. Em troca, disse ele à revista, um grupo de parlamentares fluminenses o pressionou para comandar os hospitais federais, alvos de denúncias de desvio de verba. A própria CGU contabilizou prejuízo de R$ 124 milhões, de R$ 887 milhões fiscalizados. Dezenas de contratos foram cancelados.

Operários do Castelão decretam estado de greve nesta manhã

157 1

Cerca de 1.200 operários que trabalham nas obras do estádio Castelão para a Copa 2014 entraram em estado de greve na manhã desta terça-feira, 3. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Pesada e Montagem Industrial do Ceará (Sintepav-CE), os trabalhadores paralisaram as obras, em decorrência do descumprimento de um acordo coletivo realizado em abril de 2011.

Durante assembleia realizada pelo sindicato em fevereiro de 2012, os funcionários relataram irregularidades nas empresas do consórcio Arena Multiuso Castelão. Segundo o sindicato, foi feito um aditivo ao acordo coletivo do ano passado, que incluiu as empresas subcontratadas.

A categoria informou que essas empresas subcontradas não estão pagando o salário estabelecido no acordo com o consórcio e os trabalhadores também não estariam recebendo valor adicional pela hora extra. O presidente do Sintepav, Raimundo Nonato Gomes, e uma comissão de trabalhadores estão no local. Uma nova assembleia está marcada para o dia 16 de abril.

NOTA

Em nota divulgada nesta manhã, o Consórcio Construtor, formado pelas empresas Galvão Engenharia e Andrade Mendonça afirmou que que abril é o mês do dissídio dos trabalhadores da Construção Civil. A pauta de reivindicações apresentada pelo SINTEPAV está sendo negociada e ainda de acordo com o consórcio, estava prevista para o dia 12 de abril, uma reunião entre o SINTEPAV e o SINICON, em que seriam discutidas as propostas das empresas e dos trabalhadores.

O consórcio acredita que a greve é o último recurso a ser aplicado durante uma negociação e a situação está sendo avaliada pela diretoria das empresas. Eles se colocaram a disposição para negociar com os trabalhadores para chegar a um acordo que favoreça a todos.

ACOMPANHA

A Secretaria Especial da Copa 2014 (Secopa) informou que está acompanhando todo o processo e mantém o compromisso do Consórcio Construtor, formado pelas empresas Galvão Engenharia e Andrade Mendonça, para a entrega do estádio em dezembro de 2012.

Santa Casa de Misericórdia é “Tema do Dia” no Grupo de Comunicação O POVO

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=hIiBnoBi92Y&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=1&feature=plcp[/youtube]

O jornalista Felipe Araújo, diretor de audiência do Grupo de Comunicação O POVO,  informa que a Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza, em nova campanha para arrecadar fundos, é o tema a ser debatido, ao longo desta terça-feira, nas mídias do grupo.

Coordenador do Cepema assumirá a Seman

O coordenador pedagógico do Centro de Educação Popular na Defesa do Meio Ambiente (Cepema), Adalberto Alencar, será o novo titular da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Controle Urbano (Semam).

Ele subsdtituirá o advogado Deodato Ramalho, que está deixando o cargo para disputar cadeira de vereador pelo PT de Fortaleza.

Adalberto é reconhecido como militante de esquerda e sempre pautou sua vida também na defesa das questões ambientalistas.

Roseno diz que Luizianne faz autocrítica em artigo

Tweets 

 
    Pelo que vimos nestes 8 anos, este artigo cabe muito mais como autocrítica coletiva:

 A avaliação, em seu twitter, é do advogado Renato Roseno, um dos pré-candidatos a prefeito de Fortaleza pelo PSOL. Sobre o artigo assinado pela prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, no O POVO desta terça-feira e que tem como título “Reflexões sobre o poder – I”. Ela discute as pessoas e suas reações quando ocupam o poder.

VAMOS NÓS – Para sermos sinceros, o artigo serve para todos aqueles que hoje militam na nossa política baião-de-dois. De qualque tendência.

Luizianne faz artigo abordando poder. Recado?

108 12

Com o título “Reflexões sobre o Poder – I”, eis artigo da prefeita Luizianne Lins, que pode ser lido no O POVO desta terça-feira. Ela faz uma reflexão sobre o poder e os vários personagens que por ele se encantam. Seria tal reflexão algum tipo de recado, digamos, aos aliados e, principalmente, àqueles que vivem no entorno político? Confira: 

Mesmo com anos de vida pública, ainda me surpreendo com os movimentos que ocorrem a partir da ganância pelo poder. É, “o poder”. Estudado, definido e conceituado ao longo da História, continua a intrigar a humanidade – e a loucura por ele continua, sem explicação.

Basta olhar em volta para se perceber como ele transtorna, cria personagens que se tornam irreconhecíveis, destrói confianças, desfaz vínculos de amizade, corrói consciências, revela os tolos (e os empodera, ou pelo menos eles acreditam nisso). E ainda há os que, na loucura pelo poder, são incapazes de perceber suas próprias falhas (que sempre são muitas), de compreender seus próprios defeitos (que todo mundo enxerga, mas ninguém tem coragem de dizer) e de enfrentar suas próprias incapacidades.

Há ainda os emergentes do poder. São aqueles deslumbrados que não sabem lidar com novos ambientes de poder, se perdem na história e ficam para trás. Há outros que esquecem sua própria história, sua trajetória e grudam no poder que, acreditam, vai os levar além. Ledo engano, esses são os primeiros que serão descartados quando não mais forem úteis a esse poder. Poder esse que os tornou servis e acabou com suas identidades (mal sabem que suas identidades eram o único poder que tinham).

Outros se acham poderosos porque construíram impérios de poder econômico. Achando-se muito, subestimam os outros, fazem acordos trancados nos seus castelos, acreditando que isto lhe dará mais poder.

Por fim, existem os loucos pelo poder. Aqueles que querem tudo! Suas mentes (aparentemente brilhantes) transformam-se em máquinas narcísicas e tristes de querer todo e qualquer poder. Viram seres cheios de si, rodeados de bajuladores (porque são essas as relações que buscam). Ninguém pode conviver com estes em relações de igualdade e respeito. Isto soa como provocação! Como os falta autocrítica, qualquer pessoa ou pensamento que avaliam como ameaça buscam ensandecidamente destruir. Porque na loucura pelo poder total essa virou sua obsessão. Que Deus livre o povo desses enfermos!

* Luizianne Lins

luiziannelins@bol.com.br

Jornalista e prefeita de Fortaleza

PSDB define candidato a prefeito até fim de abril

142 2

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=urOEmTPFahs&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=1&feature=plcp[/youtube]

O nome do candidato do PSDB à Prefeitura de Fortaleza deve sair até o final de abril. A previsão foi feita nesta terça-feira pelo vice-presidente regional do partido, deputado federal Raimundo Gomes de Matos. O que se cogita é o nome de Marcos Cals, atual presidente estadual, como o postulante.

Cristovam cobra da Câmara que conclua votação da ‘Lei da Palmada’

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) dirigiu apelo aos deputados federais para que concluam “o mais rápido possível” a tramitação do projeto de lei que proíbe os pais de aplicarem castigos corporais nos filhos (PL 7.672/2010 na Câmara).

O senador disse que o fato de o projeto ter recebido o apelido de “Lei da Palmada” dá margem a uma interpretação falsa que não justifica o pedido de alguns deputados para que a matéria, já aprovada em caráter terminativo em comissão especial da Câmara, seja apreciada também no Plenário daquela Casa. A nova etapa, se confirmada, adiaria o envio da matéria para exame do Senado.

Cristovam informou que 18 mil crianças foram vítimas de violência grave no Brasil em 2010. Segundo ele, o projeto, que altera o Estatuto da Criança e do Adolescente, busca apenas regulamentar o tratamento dado aos casos de violência.

Cristovam considerou até “brandas” as sanções previstas no projeto. De acordo com a gravidade do caso, é possível o encaminhamento do agressor a programa de apoio à família; a tratamento psicológico ou psiquiátrico; a curso; ou programas de orientação. A lei também estabelece a sanção de simples advertência.

– As penalidades não são graves o suficiente para evitar a aprovação da lei, de que o Brasil precisa desesperadamente – afirmou.

A violência doméstica, disse Cristovam, é a principal causa da existência de crianças na rua, o que leva à baixa aprendizagem e ao desajuste social. O senador reiterou que é “infundada” a preocupação dos deputados com o projeto e que não há risco de ninguém ser preso por ter dado um “puxão de orelha” no filho.

(Agência Senado)

Trabalhadores da construção civil paralisam obras do estádio Castelão

Trabalhadores da construção civil realizam passeata, nesta manhã de terçã-feira, não somente na área do Beach Park, no Porto das Dunas, em Aquiraz (Região Metropolitana de Fortaleza). A categoria também promove ato no entorno do Estádio Castelão, o que está provocando enorme engarrafamento. Ali, eles resoleram paralisar as atividades por tempo indeterminado.

Segundo o sindicato da categoria, porque as empresas não cumpriram acordo salarial fechado. No próximo dia 16, eles farão assembleia geral aguardando resposta.

Trabalhadores da construção civil paralisam obras no Porto da Dunas

Trabalhadores da construção civil, em clima de campanha salarial, paralisaram todas as obras de condomínios na área do Porto das Dunas, em Aquiraz (Região Metropolitana de Fortalza). Nessa área, estão sendo consstruidos condomínios fechados de luxo. 

Em seguida, farão passeata pela região cobrando negociação com o Sindicato da Indústria da Construção Civl do Estado (Sinduscon).

O ato envolve 1.500 trabalhadores que farão assembleia geral em frente ao Beach Park. A reivindicação principal é reajuste salarial de 17% , cesta básia ce R$ 80,00 e contra acidentes de trabalho nas obras.

Um hotel abandonado em área nobre de Fortaleza

474 2

De Tadashi Enomoto, coordenador do Movimento Amigos da Beira Mar, recebemos a seguinte nota:
Prezado Jornalista Eliomar de LIma,
Quantos leitos nóss estamos desperdiçando com o abandono do Hotel Esplanada, que deveria esta em pleno funcionamento visando à COPA DE 2014? Este hotel está localizado no “point” mais valorizado da avenida Beira Mar. Ainda é um prédio muito bonito.
A solução viria com a intervenção do nosso governador Cid Gomes e da prefeita Luizianne Lins.
Abraços e paz,
Tadashi Enomoto
Coordenador dos Amigos da Beira Mar.

Procuradoria Jurídica da AL recorre ao TSE contra decisão que barra plebiscito sobre emancipações

170 2

A Procuradoria Jurídica da Assembleia Legislativa, por meio do seu titular, Reno Ximenes, recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral, nessa segunda-feira, de decisão tomada pelo Tribunal Regional Eleitoral de não realizar, no pleito deste ano, plebiscito sobre emancipação de 30 distritos no Estado.

Segundo a Procuradoria do legislativo estadual, alguns tribunais regionais eleitorais já deferiram pedido de plebiscito sobre emancipçoes independente da existênic aou não de uma esperada lei comlementar federal que trate sobre o tema.

O julgamento não tem nada, mas a Procuradoria Jurídica da Assembleia tentará acelerar o processo em Brasília.

Prefeitura abre o cofre para agradar e fazer justiça aos servidores

156 2

Nada mais que cinco projetos de lei, de autoria do Executivo Municipal, irão à votação no expediente desta terça-feira,  na Câmara Municipal de Fortaleza. Todos os projetos prevêem mais dinheiro no bolso do servidor.

Segundo a pauta de votação do Legislativo, os vereadores irão votar os projetos que alteram o Plano de Cargos, Carreira e Salários dos médicos do IJF e da Emlurb, além de mensagens de reajustes salariais dos servidores e dos aposentados e pensionistas do IJF, além de gratificações por atividades em área de risco.

Há momentos na política melhores que o clima natalino. O servidor agradece, principalmente porque merece o reconhecimento da Prefeitura e da Câmara Municipal.