Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Roberto Cláudio discute habitação popular neste domingo

148 2

O candidato a prefeito de Fortaleza pelo PSB/PMDB, Roberto Cláudio, atendendo a um convite da Central de Associações de Moradores Populares do Ceará (CAC), está reunido, nesta manhã de domingo, com cerca de cinco mil pessoas no ginásio do Colégio Farias Brito, Ali, ocorre a apresentação das propostas do candidato no plano da habitação popular em Fortaleza.

Roberto Cláudio está acompanhado do seu postulante a vice Gaudêncio Lucena, do ex-ministro Ciro Gomes, e do deputado federal Danilo Forte (PMDB). Vários candidatos a vereador também conferem o ato.

(Foto – Divulgação)

Ministro diz que julgamento do Mensalão não deve atrapalhar rotina do Governo Dilma

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=nLVJj0oPXHo&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=4&feature=plcp[/youtube]

O ministro do Turis,o, Gastão Vieira, deixou o Ceará nas últimas hors. Entre assuntos de sua agenda, ele participou da inauguração do aeroporto de Aracati. Gastão Vieira, em conversa com o Blog, falou sobre o andamento das obra da Copa 29014 e, claro, Mensalão. O ministro diz que esse caso é problema do STF e que não vai atrapalhar a rotina do governo federal.

Bolsa de apostas

Da coluna Menu Político, no O POVO deste domingo (5), pelo jornalista Luiz Henrique Campos:

Há quem aposte que Moroni já esteja no segundo turno, mas, devido ao seu índice de rejeição, teria de torcer para disputar a segunda fase da campanha com Roberto Cláudio ou Elmano de Freitas. Por essa lógica, o candidato demista teria o apoio dos adversários de um ou de outro que não aceitariam se juntar novamente. Não é de todo frágil a tese, mesmo porque, hoje, sabe-se que a aliança entre PT e PSB sempre foi apenas de fachada.

Por falar em aposta, Heitor Férrer está cada vez mais convicto de que irá ao segundo turno e disputará com Moroni. Ele já havia confidenciado a jornalistas, antes da primeira pesquisa, esse prognóstico, e acha que a cada dia se confirma a sua análise. O pededista tem certeza de que com o candidato do DEM a vitória é certa. O deputado se baseia no seu baixo índice de rejeição, o que deve atrair o voto de eleitores que no primeiro turno serão pulverizados entre candidaturas mais próximas de seu perfil.

Presidência gasta quase R$ 600 mil na compra de 13 automóves

167 1

“Diz o ditado popular, que no Brasil o ano só começa depois do Carnaval. Sendo assim, os órgãos não perderam tempo e já iniciaram o exercício com muitas compras.

Depois da polêmica compra de 12 carros importados (Ford, modelo Edge) ao custo de R$ 1,76 milhão, a Secretária de Administração da Presidência da República comprou mais carros.

A Pasta empenhou R$ 593,4 mil para a compra de 13 novos automóveis. Os carros são da marca Focus Sedan.”

(Site Contas Abertas)

Luizianne e Elmano, juntos, em embarque para Recife

190 44

A prefeita Luizianne Lins e o candidato do PT à Prefeitura de Fortaleza, Elmano de Freitas, foram vistos na manhã deste domingo (5), durante embarque no Aeroporto Internacional Pinto Martins. Na companhia do coordenador de projetos especiais da Prefeitura, Geraldo Accioly, a prefeita e o candidato viajaram para Recife.

Segundo o Blog apurou, os três petistas irão ao encontro de dirigentes nacionais do partido, na capital pernambucana, com o propósito de unificar o discurso do PT no Nordeste. A ideia seria criar uma frente petista no Nordeste (região onde Lula é mais forte no Brasil), para conter o avanço do PSB nos Estados e nas principais cidades nordestinas.

Greve dos professores continua e não há perspectiva de volta ao trabalho

Em greve há 81 dias, os professores das universidades e dos institutos federais de ensino superior continuam sem perspectiva de volta às aulas. O Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN), o Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe) e a Confederação Nacional dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef) recusaram-se a firmar acordo com o governo e mantêm a paralisação.

Na última sexta-feira (3), a Federação de Sindicatos de Professores de Instituições Federais de Ensino Superior (Proifes) aceitou a proposta do governo, que prevê reajustes de 25% a 40% até 2015 e diminuição do número de níveis de carreira de 17 para 13. O fechamento do acordo significou o fim das negociações por parte do governo. Com a aceitação da oferta governamental pelo Proifes, ficou mais evidente o racha na base sindical.

Dados do Andes-SN e do Sinasefe indicam que a paralisação atinge 57 das 59 universidades federais, além de 34 dos 38 institutos federais de educação tecnológica. O Proifes representa sete universidades federais e um instituto técnico. No entanto, cada entidade tem autonomia para decidir pela continuidade da greve, independentemente de acordo firmado. A expectativa da entidade é realizar assembleias na próxima semana, para decidir se os professores voltam ao trabalho.

(Agência Brasil)

Ciclovia do Vila do Mar é inaugurada

Essa é da Prefeitura de Fortaleza:

A ciclovia do projeto Vila do Mar, no Grande Pirambu, foi inaugurado nesta manhã pela prefeita Luizianne Lins, durante um passeio ciclístico. A prefeita cortou a fita simbólica, no cruzamento com a avenida Dr. Theberge e, em seguida, passeou pelo novo equipamento até as novas barracas localizadas na praia das Goiabeiras, tendo como companhia adeptos do ciclismo e moradores que já utilizam o novo equipamento.

A ciclovia tem 3,5 quilômetros de extensão e integra os novos equipamentos urbanísiticos, de esporte, lazer e contemplação do Vila do Mar da Barra do Ceará, Cristo Redentor e Pirambu – como barracas, quadras esportivas, anfiteatros e o mirante Rosa dos Ventos. Foi projetada de acordo com as normas técnicas e recebeu a sinalização vertical e a pintura na cor vermelha, como prevê o Código de Trânsito.

A via é considerada a mais bonita de Fortaleza pelas paisagens que oferece ao usuário. Serve para a prática do esporte e oferece uma alternativa segura de mobilidade para quem usa a bicicleta como meio de transporte.  A entrega do equipamento ocorreu dois dias depois da inauguração das barracas padronizadas da praia das Goiabeiras. A nova avenida beira mar continua em obra por mais dois quilômetros, até alcançar o antigo kartódromo.

As obras do Vila do Mar são um investimentos de R$ 142 milhões, realizado com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), Fundo de Nacional de Habitação de Interesse Social (FNHIS), Governo do Estado e Prefeitura de Fortaleza. O projeto é executado com a participação da Secretaria de Infraestrutura (SEINF), Secretaria Executiva Regional (SER) I e Fundação de Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza (Habitafor).

Insatisfação leva a descredenciamento de médicos

Quem tem pressa e exigência paga por atendimento particular mesmo sendo beneficiário de plano de saúde. Essa realidade é explicada por Ivan Moura Fé, presidente do Conselho Regional de Medicina do Ceará (Cremec). Para ele, o descredenciamento de médicos dos planos é consequência da insatisfação com honorários pagos pelos planos.

Por consulta feita por plano de saúde no Ceará, um médico recebe entre R$ 50 e R$ 60 em média, segundo Moura Fé. As consultas particulares ficaram em torno de R$ 150, podendo ultrapassar a barreira dos R$ 400. O valor da consulta por plano está abaixo do recomendado pelas entidades médicas nacionais, que é de R$ 80. “Existe um desestímulo dos médicos para atender por plano de saúde. Muitos optam por atender só particular”, comenta.

Outra alternativa encontrada pelos profissionais é mesclar atendimentos particulares e atendimentos por convênio. A maior agilidade no atendimento pago, o que pode ser compreendido como seleção de pacientes, gera polêmica. Moura Fé a atribui à falta de clareza no sistema de marcação de consulta dos médicos. “Ninguém é obrigado a atender só por plano de saúde. O que eu posso fazer é deixar claro em que dias estou atendendo conveniados e quando não estou. É mais aceitável assim”, informa.

(O POVO)

Funcionários da Fiocruz anunciam greve a partir desta segunda-feira

Funcionários da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) vão paralisar suas atividades a partir desta segunda-feira (6). Desde junho, os trabalhadores da instituição vinham fazendo paralisações de 24 horas. Nesse sábado (4), representantes do Sindicato dos Servidores de Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública (Asfoc) reuniram-se com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, na sede da Fiocruz, no Rio de Janeiro, durante um evento público, e entregaram um documento com as reivindicação do grupo.

O presidente do sindicato, Paulo Garrido, argumentou que há três anos vem negociando com o Ministério do Planejamento e que desde então o salário dos funcionários sofreu desvalorização de 20%.

A greve permanecerá pelo menos até o dia 13, dia sinalizado pelo Ministério do Planejamento para a apresentação de uma proposta referente à pauta da categoria. Além do aumento de salários, os grevistas querem a reestruturação do planos de carreiras, criação de uma data-base e a recomposição dos valores dos adicionais de insalubridade.

Os sindicalistas garantiram que as atividades de emergências dos hospitais e a produção de vacinas e medicamentos nas linhas já iniciadas não serão afetadas pela greve.

(Agência Brasil)

Comissão vota projeto que inclui entre os crimes hediondos o desvio de recursos da saúde e da educação

A Comissão de Educação pode votar na terça-feira (7) projeto de lei que endurece a punição para o desvio de recursos públicos nas áreas de saúde e educação. O PLS 676/2011 inclui no rol dos chamados crimes hediondos os crimes de formação de quadrilha, corrupção ativa e passiva e crimes contra a licitação quando se tratar de contratos, programas ou ações nessas áreas.

Saúde e educação concentram 70% dos recursos públicos desviados no Brasil, de acordo com o Departamento de Patrimônio e Probidade da Advocacia Geral da União (AGU) citada pelo autor da proposta, o senador Lobão Filho (PMDB-MA).

São hediondos os delitos que constam da Lei 8072/90 e, que por isso, recebem tratamento penal mais duro: não são passíveis de anistia, graça ou indulto, têm progressão de regime penal dificultada e penas com início de cumprimento obrigatoriamente em regime fechado. Homicídio qualificado, estupro e sequestro seguido de morte são exemplos de crimes hediondos.

O projeto tem voto favorável do senador Cristovam Buarque (PDT-DF) e será votado ainda pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania – em caráter terminativo.

(Agência Senado)

Cientistas receberão recursos a fundo perdido para levar sustentabilidade à Amazônia

Nos próximos dias serão anunciadas regras que pretendem atrair a comunidade científica para a Amazônia. A aposta do governo federal é financiar projetos de ciência e inovação tecnológica, a fundo perdido, para levar soluções sustentáveis para a região e mudar a lógica econômica, ainda associada ao desmatamento.

Os editais ainda não estão concluídos. Encarregado de acompanhar o desenho dos financiamentos, o secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do Ministério da Ciência, Tecnologia e Informação, Carlos Nobre, adiantou à Agência Brasil, que “algumas propostas são voltadas para potenciais já reconhecidos da região, que passarão a ter mais conhecimento agregado e investimento, enquanto outras buscam soluções inovadoras”.

Em meio à expectativa sobre os temas contemplados no financiamento federal, uma aposta é que seja incluída a valoração dos serviços ambientais. O assunto vem sendo levantado tanto pelo governo quanto por organizações ambientais que defendem uma nova métrica para medir o desenvolvimento e crescimento do país, em substituição ao PIB (Produto Interno Bruto, soma de todos os bens e serviços produzidos no país), incluindo indicadores ambientais na conta.

“Para que entrem no cálculo de mensuração da economia, precisamos entender o que são esses serviços, inclusive como o ciclo de carbono interage no aquecimento global”, antecipou Nobre.

O estímulo a cientistas e pesquisadores soma pelo menos R$ 100 milhões, já previamente aprovados pelo Comitê Orientador do Fundo da Amazônia, com aporte do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

“Esse dinheiro será usado para apoiar ações em sete grandes áreas [na Amazônia], que apontam o que precisa ser feito na região para mudar o paradigma do desenvolvimento”, explicou o secretário. Segundo ele, o volume de recursos pode ainda ser ampliado até a publicação dos editais.

Os detalhes dos editais estão sendo concluídos pela Financiadora de Estudos e Projetos [Finep] e ainda não têm data prevista para publicação.

(Agência Brasil)

Heitor lamenta esgotos a céu aberto no Bom Jardim

As águas correntes cortam as ruas, como se rios fossem. Mas o mau cheiro e a lama mostram uma triste e feia realidade do descaso da administração pública para com as comunidades mais carentes.

A observação é do candidato do PDT à Prefeitura de Fortaleza, Heitor Férrer, que na tarde deste sábado (4) visitou o bairro Bom Jardim. Na companhia do líder da oposição na Câmara Municipal e candidato à reeleição, vereador Plácido (PDT), Heitor conversou com moradores do bairro, que confirmaram a ausência de ações por parte da Prefeitura.

Elmano caminha pelo Presidente Kennedy e destaca reforma de campo

180 1

Em discurso no campo Ceará Mirim, no bairro Presidente Kennedy, o candidato do PT à Prefeitura de Fortaleza, Elmano de Freitas, lembrou neste sábado (4) à comunidade local alguns feitos da gestão municipal que beneficiaram a população.

Entre esses feitos está a reforma do próprio campo, que custou R$ 450 mil. Segundo o candidato, a obra foi uma demanda do Orçamento Participativo.

Roberto Cláudio vai ao Centro e ouve apelo dos ambulantes

Com direito a cafezinho em uma das lanchonetes mais freqüentadas do Centro, o candidato do PSB à Prefeitura de Fortaleza, Roberto Cláudio, ouviu neste sábado (4) o apelo de vendedores ambulantes para que eles possam deixar a informalidade.

O candidato citou uma de suas propostas de campanha, que é a criação de uma agência de desenvolvimento local para incentivar a geração de emprego e renda, além da redução da informalidade. Roberto Cláudio esteve acompanhado de Ciro Gomes e do ministro Leônidas Cristino.

Inácio caminha ao estilo de uma campanha “pé no chão”

101 1

Acompanhado pelo deputado federal Protógenes Queiroz (PCdoB-SP), o candidato do PCdoB à Prefeitura de fortaleza, Inácio Arruda, participou neste sábado (4) de uma caminhada na Praça do Ferreira, no Centro.

Ao cumprimentar o eleitorado, Inácio falou sobre o reordenamento urbano, saúde, educação e segurança pública, além de destacar que faz uma campanha “pé no chão”.

Moroni estende estratégia para as redes sociais

293 1

O candidato do DEM à Prefeitura de Fortaleza, Moroni Torgan, além de percorrer as ruas da cidade, também decidiu investir em vídeos que estão sendo veiculados nas redes sociais da Internet, como Facebook e Youtube.

O material também está sendo postado no site do candidato, dentro do espaço intitulado Canal 25.

A campanha e os dilemas dos candidatos

Em artigo no O POVO deste sábado (4), o editor adjunto de Conjuntura do O POVO, Luiz Henrique Campos, avalia o primeiro mês de campanha em Fortaleza. Confira:

O primeiro mês de campanha política à Prefeitura de Fortaleza está chegando ao fim, e ao contrário do que se prognosticava, o nível de agressividade entre os candidatos se manteve dentro do aceitável. É claro que o momento, digamos, mais quente, ainda está por vir, que é o programa eleitoral gratuito de rádio e TV. Mas até agora, mesmo com os debates promovidos pelos meios de comunicação, os candidatos têm se mostrado mais preocupados em se apresentarem ao eleitor do que atirarem farpas uns nos outros.

Não é de todo modo estranho esse comportamento defensivo dos postulantes. Podemos não ter os candidatos dos sonhos dos eleitores. No entanto, também não se pode achar que são as piores opções oferecidas para a disputa do pleito. Se há discordância em relação aos perfis de um ou de outro, é impossível deixar de considerar que há postulantes que atendem bem parcelas significativas do espectro de eleitores que a cidade possui.

Políticos, com experiência em gestão, jovens, maduros, ideológicos, pragmáticos… Praticamente todos esses requisitos são encontrados em mais da metade dos postulantes à Prefeitura de Fortaleza. Somente em não termos, por exemplo, candidatos com ficha pregressa desabonadora, já acho ser avanço para a cidade.

Infelizmente, e isso talvez seja o grande complicador em uma campanha eleitoral, é se achar que os problemas serão resolvidos apenas pelo poder público. A complexidade de uma metrópole como Fortaleza requer bem mais do que responsabilidades apenas da gestão municipal. É claro que não se pode negar a importância do direcionamento correto. Mas nada disso vai adiantar se não houver cumplicidade das pessoas no seu dia a dia.

O grande erro dos candidatos, e aí mais por culpa das demandas de campanha, é criarem a falsa ilusão de poderem sozinhos resolver os problemas ao assumirem a gestão. Mas desse vício ninguém está livre, nem preparado para lidar abertamente com o eleitor sobre o assunto.