Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Um artigo mais do que atualizado para estes nossos dias tenebrosos

228 1

Eis um artigo intitulado “O exército dos mortos vai invadir a Aldeota”. De autoria do jornalista Demitri Túlio, foi publicado no O POVO no dia 1º de outubro de 2017 . Pelo visto, e em razão dos últimos acontecimentos, continua mais atual do que nunca. Confira:

Em 2014, narrei sobre “Chapeuzinho Vermelho morta a pauladas” no Maracanaú. Uma história verdadeira de uma menina que tinha nome de gente, Gerlânia Santos Medeiros, mas era chamada de “preá”.

Viveu onze anos e num belo dia (só que não), um lobo veio cobrar dívidas do crack. Terminou encontrada, morta, numa estrada. E ficou por isso mesmo o assassinato da menina e, antes dela, de dois irmãos, do pai e da mãe. Um povo de enredo sem final feliz.

Por que estou desenterrando uma morta e tão melancólico embaraço? Ainda mais por esses dias sombrios? Não sei traduzir o sentimento, mas desconfio que não me acostumo com a barbárie que tomou Fortaleza. Ainda me espanto.

Menos na Aldeota, apesar de apavorada, mais na periferia. Nos territórios fora do “Castelo” dos bestas, onde Prefeitura e Estado fazem de conta dar ouvidos ao medo de existir por lá.

Chapeuzinho Vermelho foi morta a pauladas. E, do tempo de sua brevidade interrompida até aqui, só pioram as tramas de exclusão, de matar e ter medo na Cidade.

E não é sensação, é tempo real. Pode até ser “sensação” por essas bandas de onde escrevo… Daqui da Aldeota, do Cocó, do Guararapes, do Bairro de Fátima…

Dos lugares onde ainda não tivemos um filho com a cabeça arrancada. Ou sobrinhos com dedos decepados. Ou corpos de parentes tocados fogo ou, depois de cruelmente desalmados, pendurados e exibidos, medievalmente, nos pés de pau da Barra do Ceará.

De terça para quarta-feira, agora, depois de cortarem uma orelha e feito o diabo com o outro, arrancaram o pulmão de um infeliz na Babilônia!!!! Imaginei a cena…

Talvez eu esteja tal qual Clarice e os 13 tiros em Mineirinho. “Esta, é a lei. Mas há alguma coisa que me faz ouvir o primeiro e o segundo tiro com um alívio de segurança; no terceiro me deixa alerta; no quarto desassossegada; o quinto e o sexto me cobrem de vergonha.

“O sétimo e o oitavo eu ouço com o coração batendo de horror; no nono e no décimo minha boca está trêmula; no décimo primeiro digo em espanto o nome de Deus; no décimo segundo chamo meu irmão. O décimo terceiro tiro me assassina — porque eu sou o outro. Porque eu quero ser o outro”.

Ando aturdido não só com a Cidade desigual (besteira ficar pensando nisso. Foda-se!). Mas tenho pesadelos com o exército dos mortos que está se formando onde a minha diarista mora. Coitada! Quase todo encontro tem um tiroteio para narrar aperreios.

Tenho a impressão que todos os assassinados, 12 ou 15 por dia, estão se preparando para voltar a Fortaleza. Desenterrados aos montes, olhos azuis, acompanhados de um dos dragões. Principalmente, as hordas de jovens que não conseguiram chegar aos 20 e poucos.

Amanhã é mais uma segunda-feira e tudo, parece, continuará na mesma.

Um amigo me contou que todos os presídios, agora, estão separados por facções. O Estado não manda mais, vigia. O Auri Moura Costa, único feminino, levantou muros até o teto entre as vivências e separou PCC, CV, GDE e Massa Carcerária. Está sem jeito.

Aqui fora também. A não ser que os ricos da Cidade acordem, deixem de ser mesquinhos e dividam o lucro contra a morte.

Caso não, procurem onde comprar escama de dragão para enfrentar o exército dos assassinados que está pra invadir a Aldeota…

*Demitri Túlio,

Repórter especial e cronista do O POVO

demitri@opovo.com.br

Comissão debaterá nesta terça-feira sobre enfrentamento ao homicídio de jovens no Brasil

A Comissão Especial de Enfrentamento ao Homicídio de Jovens (PL 2438/15) realizará, às 14h30min desta terça-feira, nova audiência pública, a pedido do presidente do colegiado, deputado Reginaldo Lopes (PT-MG). A informação é da Agência Câmara.

Na semana passada, a comissão ouviu, entre outros, a administradora da Fundação Abrinq, Heloísa de Oliveira. Ela defendeu a repartição de responsabilidades e recursos entre os entes federativos de modo a dar aos municípios mais fontes de receita para enfrentar casos de violência contra crianças e adolescentes.

Desta vez foram convidados para discutir o assunto:
– o vice-presidente do Conselho de Administração do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Renato Sérgio de Lima;
– o ex-diretor do Departamento de Políticas, Programas e Projetos da Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça Alberto Kopttke;
– a antropóloga e pesquisadora visitante do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Alba Zaluar;
– o professor da Universidade de Brasília e ex-secretário de Segurança Pública do DF Arthur Trindade; e
– o presidente da Associação Nacional de Praças, Elisandro Lotin.

Projeto

O projeto em análise no colegiado, que cria o Plano Nacional de Enfrentamento ao Homicídio de Jovens, é um dos resultados da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Violência contra Jovens Negros e Pobres, que funcionou na Câmara em 2015. O plano tem cinco metas que devem ser cumpridas nos próximos dez anos, sendo que a principal é a redução das mortes de jovens.

Educação e Sustentabilidade em debate na Unichristus

A Unichristus, por meio do seu curso de Pós-graduação em Sustentabilidade Empresarial , promoverá, a partir das 19 horas desta segunda-feira, uma palestra para alunos, gestores e especialistas em gestão e educação sobre o tema “Educação e Sustentabilidade”. A pesquisadora argentina Ana Maria Faggi, engenheira agrônoma pela Universidade de Buenos Aires e doutora em Ciências Florestais pela Universidade de Maximilian de Múnich, na Alemanha, fará a exposição.

O objetivo do encontro é ajudar na formação de especialistas e líderes em responsabilidade social e sustentabilidade para que atuem nas organizações com inovação, ética e transparência, fomentando práticas socioambientais, diz a Unichristus.

SERVIÇO

*A palestra é aberta e gratuita ao público e quem tiver interesse e disponibilidade deverá fazer a inscrição enviando um e-mail para poseventos@unichristus.edu.br.

*Local – Campus Parque Ecológico

*Inscrições Gratuitas – 85 3265.8192.

Planos de saúde lideram ranking das reclamações de consumidores

Os planos de saúde fazem parte do setor que mais recebeu reclamações de consumidores direcionadas ao atendimento do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec). Segundo o levantamento divulgado hoje (12), os contatos relacionados a operadoras de saúde somaram 23,4% do total em 2017. O setor fica no topo do ranking pelo terceiro ano consecutivo, sendo responsável por 28,06% das queixas em 2016 e por 32,7% em 2015.

Segundo o Idec, a maior parte das reclamações dos consumidores vem sobre o reajuste abusivo dos planos, especialmente empresariais e coletivos. Além disso, tem incomodado os usuários as negativas de cobertura e falta de informações sobre os planos.

O Idec recebeu em 2017 um total de 3,8 mil chamados com reclamações e dúvidas.

Em segundo lugar no ranking das reclamações ficaram as queixas relativas a compra de produtos, com 17,8%. O setor ultrapassou o ramo dos serviços financeiros, que ficou em terceiro no levantamento deste ano, com 16,7%, mas vinha ocupando a vice-liderança das queixas nos dois anos anteriores. A maior parte dos problemas está relacionado a problemas com cartão de crédito, conta corrente e crédito pessoal. Em relação à compra de produtos, a maior parte das reclamações tinha a ver com defeitos e descumprimento nas ofertas.

Os serviços de telecomunicações, incluindo telefonia móvel e fixa e TV por assinatura, ficaram como o quarto mais questionado nos contatos com o Idec. Do total, 15,8% das ligações foram motivadas pela relação com essas empresas. A TV por assinatura é a maior fonte de reclamações, seguida pelos problemas com telefonia e internet.

(Agência Brasil)

Aeroporto de Jericoacoara passará por inspeções e pode ganhar certificação

Equipes do Ministério da Defesa e da Agência Nacional da Aviação Civil (Anac) vão inspecionar nesta semana o aeroporto de Jericoacoara.

O objetivo é liberar, dando tudo certo, certificações para que o terminal ganhe autonomia por 10 anos. Sem necessidade de novas inspeções.

(Foto – Marcos Studart)

 

Congresso quer priorizar nesta semana projetos da área da Segurança Pública

Eunício Oliveira (MDB) preside o Congresso.

Prioridade do Congresso Nacional neste ano, os projetos na área de segurança devem dominar a pauta da semana. No Senado, entre as três propostas que estão prontas para votação na terça-feira (13) no plenário está o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 8/2016, que endurece de um terço à metade o tempo da prisão, a pena por feminicídio nos casos em que esse crime for praticado em descumprimento de medida protetiva de urgência prevista na Lei Maria da Penha.

Se o delito for praticado contra pessoa com doença degenerativa limitante ou que cause vulnerabilidade física ou mental, ou se for cometido na presença física ou virtual de descendente ou de ascendente da vítima, a pena também será aumentada. Hoje, o Código Penal estabelece que pena básica de reclusão para o feminicídio pode variar de 12 anos a 30 anos, sem considerar eventuais agravantes.

(Agência Brasil)

Ciro Gomes falará na CDL Fortaleza sobre Conjuntura Nacional

560 1

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) dará palestra, nesta quinta-feira, às 18h30hmin, para associados da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza.

Ele falará sobre Conjuntura Política e os Desafios para o Brasil, no auditório da CDL, atendendo a um convite do presidente da entidade, Assis Cavalcante.

“Nossa expectativa é que, com sua experiência política como ex-ministro dos governos Itamar Franco e Lula, ex-governador do Ceará e vice-presidente nacional do PDT, Ciro possa colocar em perspectiva caminhos que poderão ser traçados para o desenvolvimento do País”, explica Assis Cavalcante.

(Foto – CDL)

Heitor Férrer entra com reclamação no STF contra posse de Ernesto Saboya no TCE

O deputado estadual Heitor Férrer (PSB) deu entrada em reclamação junto ao Supremo Tribunal Federal contra a indicação, nomeação e posse de Ernesto Saboia como conselheiro do Tribunal de Contas do Estado.

O objetivo, explica o parlamentar, é fazer co que o STF garanta aos conselheiros em disponibilidade, pós-extinção do TCM, o direito de assumirem as vacâncias que ocorrerem no TCE.

Iplanfor virou plataforma de projetos exóticos que atendem a interesses particulares?

644 1

O professor José Meneleu, ex-secretário do Planejamento de Fortaleza (Gestão Luizianne Lins) manda artigo para o Blog intitulado “Legislação urbana em Fortaleza: dois tempos, duas medidas”. Ele bate duro na gestão do prefeito Roberto Cláudio no plano do reordenamento da cidade e diz que o Iplanfor foi transformado numa “plataforma de projetos exóticos que atendem a interesses particulares”. Confira:

Os espíritos subservientes continuam a se agarrar às malhas do poder através de argumentos pueris. A bajulação com que a liderança da Câmara de Vereadores trata o Executivo Municipal não esconde quais interesses representam. É o caso da proclamada celeridade da atual gestão com as diferentes leis que compõem a legislação urbanística da cidade. O mercado aplaude calorosamente as facilidades para as monstruosas torres de 50 andares à beira mar, para o desmonte das Zonas Especiais de Interesse Social – ZEIS e a extinção de áreas de interesse ambiental. As valorosas vozes dissonantes, infelizmente, são minoria.

Quantas áreas importantes de proteção ambiental foram criadas na atual gestão? Minha experiência como secretário de Planejamento lembra que o Parque Natural da Sabiaguaba e a APA da Sabiaguaba foram criados em 2006, na primeira gestão de Luizianne Lins, correspondendo à maior incorporação de área no âmbito da preservação ambiental do município. O Iplanfor, que visava apoiar tecnicamente as medidas progressistas do Plano Diretor Participativo, foi transformado pela atual gestão na plataforma de projetos exóticos que atendem a interesses particularíssimos e desconectados dos problemas da cidade.

Vale ressaltar que velocidade para desmontar avanços sociais e ambientais tornou-se apanágio de governos golpistas e conservadores a serviço do grande capital. O atual executivo municipal descaracteriza os eixos mais avançados do Plano Diretor Participativo de 2009, embalado no “canto de sereia” da velocidade com a legislação urbana. Assim, a nova LUOS permitiu espalhar abusivamente o instrumento urbanístico das ZEDUS para redesenhar a cidade onde os “negócios” estão à frente da cidadania.

O Projeto Vila do Mar, que representou uma vitória do povo do Pirambu contra o malfadado Projeto Costa Oeste; hoje está estagnado e reduzido em seu escopo. Parcela da população está sendo removida para Cidade Jardim e Ancuri, em frontal descordo com o projeto original e os princípios do Estatuto da Cidade. Famílias destinadas à desterritorialização e à violência decorrente. O que mais surpreende é que isso não ocorre por falta de recursos financeiros. Os projetos e a legislação que interessam à maioria carente da população vão a passos de lesma; quando interessam ao mercado e à especulação imobiliária usam botas de sete léguas.

*José Meneleu Neto,

Professor de Geografia da Uece e ex-Secretário de Planejamento de Fortaleza.

Ipem Fortaleza fiscalizará produtos da Páscoa

O Instituto de Pesos e Medidas de Fortaleza (Ipem) realizará, nesta terça e quarta-feira, das 8 às 12 horas, a Operação Páscoa. O objetivo é coletar e periciar produtos pré-medidos consumidos no período pascal. A ação acontecerá nos maiores supermercados e chocolaterias da Capital e terá como foco prioritário os ovos de páscoa e os brindes que o acompanham.

Depois de coletados, os produtos serão periciados quanto ao seu conteúdo nominal, no Laboratório de Pré-Medidos do Ipem, que fica localizado na Avenida Luciano Carneiro, 1320, Parreão. O conteúdo nominal se refere à parte do produto que será consumida. Por exemplo: nos ovos de páscoa, o peso declarado na embalagem deve corresponder ao peso do chocolate, excluindo-se qualquer embalagem e/ou brindes.

Já no caso de pescado congelado, o peso deverá corresponder apenas a sua massa, sem cobertura de gelo e embalagem. Para produtos em conserva, o comprador deve estar atento ao peso drenado, pois a salmoura não deve ser levada em consideração. Outro item a ser checado são os brindes, quando anexados às embalagens. Precisam conter todas as informações previstas, como prazo de validade, registro nos órgãos competentes e, no caso de brinquedos, a indicação da faixa etária a que se destinam, acompanhada da marca de conformidade do Inmetro, que garante a qualidade do brinquedo e a segurança das crianças.

SERVIÇO

*Ipem-Fortaleza – Avenida Luciano Carneiro, 1320, Parreão.

*Mais Informações – 0800 2801526.

Abih nacional divulga congressos da hotelaria programados para Fortaleza

O presidente nacional da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih), Manuel Cardoso Linhares, também presidente do Sindicato da Hotelaria do Ceará (Sindhoteis), encontra-se, nesta segunda-feira, em São Luís (MA).

Ali, divulgará o 60º Congresso Brasileira da Hotelaria, que ocorrerá no Centro de Eventos de Fortaleza, no período de 16 a 18 de maio próximo, com participação de conferencistas nacionais e estrangeiros. Paralelamente, haverá a Equipotel 2018, a feira de equipamentos voltada para o setor.

De São Luís, Manuel Cardoso seguirá para Teresina (PI), nesta tera-feira, e Natal (RN), na quarta-feira, onde também fará a divulgação desses congressos.

A expectativa da organização é reunir em Fortaleza, nos dois congressos, cerca de 4 mil participantes.

Chove em 41 municípios cearenses

Choveu, até as 9 horas desta segunda-feira, em 41 municípios cearenses, de acordo com boletim divulgado pela Funceme. Ao longo do dia, o órgão prevê nebulosidade variável, com eventos de chuva na faixa litorânea, no Noroeste e no Sertão dos Inhamuns. Nas demais áreas, nebulosidade variável.

Confira as 10 maiores chuvas:

Martinópole (Posto: Martinopole) : 38.0 mm

Uruburetama (Posto: Uruburetama) : 37.0 mm

Morrinhos (Posto: Morrinhos) : 33.0 mm

Ibiapina (Posto: Ibiapina) : 30.0 mm

Tauá (Posto: Santa Tereza) : 30.0 mm

Meruoca (Posto: Meruoca) : 25.0 mm

São Gonçalo Do Amarante (Posto: Sao Goncalo Do Amarante) : 24.0 mm

Tamboril (Posto: Tamboril) : 23.0 mm

Tamboril (Posto: Açude Carão) : 20.0 mm

Uruoca (Posto: Paracua) : 18.4 mm

Chanceler sul-coreana vai aos EUA discutir encontro entre Trump e Kim Jong-un

A chanceler da Coreia do Sul, Kang Kyung-wha, viajará quinta-feira (15) a Washington para se reunir com o secretário de Estado dos Estados Unidos (EUA), Rex Tillerson, e discutir o encontro entre o presidente americano, Donald Trump, e o líder do regime da Coreia do Norte, Kim Jong-un. A informação é da Agência EFE.

“Os chefes da diplomacia sul-coreana e americana planejam compartilhar suas avaliações do recente e rápido progresso na península coreana”, informa o Ministério de Relações Exteriores da Coreia do Sul em comunicado sobre a visita da chanceler.

“Ambos discutirão em detalhes como cooperar estreitamente para conseguir a desnuclearização da península, assim como as conversas entre os EUA e a Coreia do Norte”, completa a nota.

A viagem da chanceler foi marcada depois de Trump ter anunciado, na semana passada, que aceita o convite de Kim Jong-un para um encontro, que deve ocorrer em maio. O papel da Coreia do Sul como mediadora da reunião foi essencial.

Nos diálogos entre as duas Coreias, motivados pela participação do regime de Pyongyang nos Jogos Olímpicos de Inverno, uma delegação sul-coreana viajou à capital do país vizinho na última semana e se reuniu com Kim Jong-un. Ele afirmou que aceita a desnuclearização se houver garantias de que o país não sofrerá uma invasão militar.

A mesma delegação viajou a Washington para repassar a mensagem a Trump, assim como o convite de Kim para realizar o primeiro encontro da história entre líderes dos EUA e da Coreia do Norte.

Na reunião entre os chanceleres, Kang também conversará com Tillerson sobre “assuntos econômicos e comerciais recentes, incluindo as medidas protecionistas americanas”, diz a nota.

A Coreia do Sul considera que a decisão de Trump de impor de taxas de importação sobre o aço terá grande impacto para a economia do país, terceiro maior exportador do metal para os EUA.

(Agência Brasil)

Novo Fundeb será tema de audiência pública na Assembleia Legislativa

A deputada federal Dorinha Seabra (DEM-TO), relatora da PEC 15/15, que trata sobre aumento na cota de financiamento para a educação, está em Fortaleza. Às 14 horas desta segunda-feira, ela participará de audiência pública, no auditório Murilo Aguiar, do Poder Legislativo, articulada pelo Sindicato Apeoc e Associação dos Municípios do Ceará (Aprece)

A ordem é discutir o financiamento da Educação e a proposta do Novo Fundeb. “A luta pelo novo Fundeb já ecoou na Câmara e no Senado. Duas PECs tramitam no Congresso na perspectiva de tornar o Fundeb permanente, de ampliar sua abrangência e, principalmente, de aplicar mais recursos da União na valorização dos profissionais da Educação, como também de garantir as estruturas e manutenção das escolas públicas”, diz o presidente do Sindicato Apeoc, Anízio Melo.

Ele acrescenta que, nesse sentido, é preciso que haja em todo o, País para não deixar que a educação e a escola pública pecam recursos. A ação pró-valorização do Fundeb, segundo Anízio Melo, começou no Ceará.

(Foto -Sindicato Apeoc)

Mercado financeiro reduz projeção da inflação deste ano para 3,67%

O mercado financeiro reduziu pela sexta semana seguida a estimativa para a inflação este ano. A expectativa do mercado para Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), desta vez, passou de 3,70% para 3,67%, de acordo com o Boletim Focus, publicação divulgada todas as semanas pelo Banco Central (BC), elaborada com base em pesquisa sobre os principais indicadores econômicos. A projeção está mais distante do centro da meta de 4,5%, mas acima do limite inferior de 3%. Para 2019, a estimativa para a inflação caiu, pela segunda semana consecutiva, ao passar de 4,24% para 4,20%, abaixo do centro da meta de 4,25%.

Na última sexta-feira (9), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ficou em 0,32% em fevereiro, o menor índice para o mês desde o ano 2000 (0,13%).

Nesse cenário de inflação baixa e economia se recuperando, o mercado financeiro espera que a taxa básica de juros, a Selic, seja reduzida em 0,25 ponto percentual, de 6,75% para 6,50% ao ano, neste mês. A Selic é o principal instrumento do Banco Central para alcançar a meta de inflação. Quando o Copom aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida, e isso gera reflexos nos preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Quando o Copom diminui os juros básicos, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle sobre a inflação.

De acordo com a previsão das instituições financeiras, a Selic encerrará 2018 em 6,50% ao ano e subirá ao longo de 2019, terminando o período em 8% ao ano.

A estimativa para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, deste ano, caiu de 2,90% para 2,87%. Para 2019, a projeção é mantida em 3% há seis semanas consecutivas.

(Agência Brasil)

Chacina do Benfica – Alunos da UFC programam ato na Praça da Gentlândia

O ataque ocorreu na noite da última sexta-feira.

Os alunos e servidores da Universidade Federal do Cearão vão realizar, às 11h3omin desta manhã de segunda-feira, um ato na Praça da Gentilândia. Hora de prestar luto às sete vítimas da chacina ali registrada, na noite da última sexta-feira, na forma de um abraço coletivo”.

O Sindicato dos Servidores do Instituto Federal do Ceará (IFCE), que lançou nota manifestando pesar pelo ocorrido, também vai se engajar.

A ordem é que alunos e servidores levem cartazes para denunciar a falta de segurança na área e chamar a atenção para a gravidade do problema da segurança pública no Estado, hoje sob fogo cerrado de facções criminosas.

(Foto – Matheus Facundo)

Ciro quer o PSB indicando seu vice

1485 1

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta segunda-feira:

O pré-candidato a presidente da República pelo PDT, Ciro Gomes, já sabe em que porta poderá bater em busca de um nome para ser seu vice: o PSB, legenda que o abrigou um dia. Foi o que ele nos adiantou, observando que há conversações nesse sentido envolvendo as cúpulas do PDT, do PSB e ele, principalmente.

Ciro diz que os socialistas têm afinidade com o programa que os pedetistas deverão apresentar na campanha eleitoral. Há alguns estados acertando essa parceria, como Piauí e Minas Gerais. “A pendência é São Paulo, onde o vice, Márcio França, pode assumir o governo”, observa Ciro, vislumbrando a saída de Geraldo Alckmin (PSDB) para a peleja presidencial.

De qualquer forma, o pré-candidato afirma que essa questão do vice só será definida mesmo no começo de julho. Sobre parceria com o PT, não quis falar muito. Lembrou: “Há 16 anos, eu sempre ajudei o Lula.”

Por aqui, o deputado federal Odorico Monteiro, agora da executiva nacional do PSB, promete trabalhar por essa aliança. No Ceará, seu partido apoia a reeleição de Camilo Santana, o que interessa aos Ferreira Gomes.

 

Sindifort convoca servidores para assembleia de protesto contra reajuste dado pelo prefeito

1564 4

O Sindicato dos Trabalhadores e Empregados Públicos de Fortaleza (Sindifort) marcou para o próximo dia 22 uma assembleia geral e um ato de protesto em frente ao Paço Municipal.

Segundo Nascélia Silva, da direção da entidade, hora da reação contra o reajuste salarial anunciado pelo prefeito Roberto Cláudio (PDT) e que ficou em 2,95%.

A categoria brigava por 9,42% , perdas acumuladas, segundo Nascélia, enquanto o prefeito repassou apenas a inflação do ano. Ela não maiores detalhes sobre ações que vão ser realizadas como forma de pressionar a gestão.