Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Epa! Bancos retiram gradativamente portas giratórias detectoras de metais

527 6

 

Os bancos Itaú e Bradesco estão retirando de suas agências as portas giratórias detectoras de metais. Alegam constrangimento para a clientela.

O alerta é dado pelo Sindicato dos Bancários do Ceará. A entidade avalia que a medida só facilitará a ação dos assaltantes.

Por causa disso, os bancários têm realizado manifestações em frente a agências. Uma delas foi o Bradesco da Avenida Aguanambi.

Inácio Arruda ganha enquete do Blog

242 13

O senador Inácio Arruda (PCdoB) ganhou a enquete do Blog – duração de 14 dias (esticamos porque coincidiu com o período do Carnaval), cuja pergunta era: “Quem seria o melhor nome da oposição ou aliados para a Prefeitura de Fortaleza?

A enquete recebeu 132.225 votos.

Inácio obteve 31% dos votos (40.844). Depois vieram:

Ferrúcio Feitosa (PSB), com 21%  (28.357 )

Alexandre Pereira (PPS), com 21% (27.189)

Marcos Cals (PSDB), com 20% (26.777)

Renato Roseno PSOL), com 3% (3.877)

Pastor Neto Nunes (PSC), com 2% (2.066)

Heitor Férrer (PDT), com 1% (1.697)

Nenhuma das opções, 1% (682)

Marcelo Mendes (PTC), com 0% (423)

Danilo Forte (PMDB), com 0% (175)

Moroni Torgan (DEM), com 0% (138)

* CONFIRA A NOVA ENQUETE AO LADO

Maconha ainda é a principal droga usada na América do Sul, diz relatório

“Relatório divulgado hoje (28) pela Junta Internacional de Fiscalização a Entorpecentes (Jife), órgão ligado à Organização das Nações Unidas (ONU), mostra que a maconha continua sendo a principal droga usada na América do Sul. A prevalência anual de abuso de maconha atingiu 3% da população da região entre 15 e 64 anos, ou seja, cerca de 7,6 milhões de pessoas, em 2009.

De acordo com o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (Unodc), cerca de 20% da maconha usada no Brasil têm origem doméstica e 80% entram no país pelo Paraguai. Em 2010, as autoridades brasileiras destruíram 2,8 milhões de plantas de cannabis, incluindo mudas, e apreenderam mais de 155 toneladas da erva.

A cocaína é a principal droga usada por pessoas que se submetem a tratamento por problemas com substâncias químicas na América do Sul. Segundo o relatório da Jife, em 2010, as apreensões de cocaína, tanto na forma de base quanto na de sal, diminuíram em vários países da região, incluindo a Argentina, Colômbia, o Equador, Uruguai e a Venezuela, se comparadas ao ano anterior.

A quantidade total de cocaína apreendida diminuiu de 253 para 211 toneladas na Colômbia, e de 65,1 para 15,5 toneladas no Equador. De 2009 a 2010, a quantidade total de cocaína apreendida  no Peru aumentou em quase 50%, indo de 20,7 para 30,8 toneladas. Em 2010, um aumento da quantidade de cocaína apreendida também foi relatado pela Bolívia (29,1 toneladas), pelo Brasil (27,1 toneladas), Chile (9,9 toneladas) e Paraguai (1,4 toneladas).

Em 2010, a área total de cultivo ilícito de arbusto de coca na América do Sul era 154,2 mil hectares,
6% menos do que em 2009. A área sob cultivo ilícito diminuiu significativamente na Colômbia e teve ligeiro aumento no Peru. No entanto, não houve mudança considerável no cultivo de coca na Bolívia.

De acordo com o relatório, a Interpol (organização internacional que ajuda na cooperação de polícias de vários países) e o Unodc estimam que o mercado ilícito global de cocaína valha mais de US$ 80 bilhões. Desde 1998, o mercado ilícito de cocaína na América do Norte, que corresponde a 40% do mercado, tem diminuído, enquanto a demanda por cocaína na Europa, responsável por 30% do mercado, tem aumentado.”

(Com Agência Brasil)

Recapeada, Costa Barros ganha remendo em menos de 15 dias

165 6

De Leonardo Carvalho, leitor do Blog, recebemos nota, com foto, em tom de protesto. Ele aborda algo que é motivo de muita reclamação: a qualidade de obras da Pefeitura de Fortaleza como, por exemplo, recuperação asfáltica. Confira:

Caro Eliomar de Lima,

Como voce pode observar nessa foto, essa obra ainda nem foi concluida na Rua Costa Barros, em frente ao Dom Pastel, e já ganhou remendo.

Quem fiscaliza a qualidade das obras? Não tem 15 dias que liberaram a via. Culpa de quem? Construtora ou da Prefeitura? Fica o protesto.

Do leitor,

Leonardo Carvalho.

Em clima de “tapas e beijos”, a aliança Cid-Luizianne continua

Eis comentário de Erico Firmo, em sua Coluna Política no O POVO desta terça-feira. Ele aborda a visita de Dilma, em clima de bombeiro que veio para apaziguar a aliança política entre o governador Cid Gomes (PSB) e a prefeita Luizianne lins (PT). Confira:

Dilma, os simbolismos e a aliança no Ceará

A frente governista no Ceará se mantém sempre aos trancos e barrancos, raramente tem paz e caminha sempre no fio da navalha. Mas há fortes laços que os mantêm unidos. Um deles é a percepção de que, separados, nenhum dos grupos detém sozinho a hegemonia total no Estado. O outro são os fiadores da aliança. O principal deles é o ex-presidente Lula. A lista também inclui Dilma Rousseff – menos pela sua força pessoal, mais pelo que representa: a Presidência da República. Até a noite de ontem, não havia vazado informação sobre tratativas políticas entre a presidente, o governador Cid Gomes (PSB) e a prefeita Luizianne Lins (PT). Ainda assim, a visita de ontem foi repleta de simbolismos. O principal deles, a presença de Cid e Luizianne juntos em toda a agenda, ao contrário do que estava previsto, segundo as respectivas assessorias. Em agosto do ano passado, na primeira visita presidencial de Dilma ao Ceará, a prefeita não participou dos compromissos, todos fora da Capital naquela oportunidade. Outro simbolismo foi a declaração da presidente em relação ao governador. Na última visita dela ao Ceará, há menos de um mês, os dois haviam se desentendido. Reservadamente, Dilma cobrou do governador sobre a demora nas desapropriações para as obras da Transnordestina. Colocou em xeque, assim, a competência administrativa da gestão estadual. Ontem, ela publicamente disse o contrário. Ressaltou sua competência e citou a formação de engenheiro que o capacita a resolver problemas de difícil resolução. Com isso, ela colocou uma pedra sobre o problema passado e restituiu a sempre positiva relação entre ambos – bem acima da média mantida com a maioria dos governadores. Além disso, Dilma demonstra toda sua deferência em relação a Cid. Assim, sinaliza ao PT que não aprova, de maneira alguma, a hipótese de rompimento.

O Ceará tem importância nacional na base de sustentação governista e a principal razão para isso é a presença política da família Ferreira Gomes. De Brasília, todos os esforços serão no sentido de manter a aliança. E, ontem ficou claro, a pressão recairá mais sobre o PT que sobre o governador. Cid até provocou a presidente a falar sobre o assunto, durante o almoço, conforme informam os repórteres Ranne Almeida, Lucinthya Gomes e Pedro Alves, no O POVO. Mas a presidente se esquivou e jogou a peteca para o presidente do PT, Rui Falcão. Não é o ofício dela adentrar pelos meandros da política. Mas o mero ritual cumprido ontem representou mensagem eloquente.

Como dizia, no O POVO de ontem, o deputado federal José Guimarães (PT): “Claro que ela não vai tratar dessa questão aqui, mas a presença dela demonstra que o PT precisa estar aliado ao PSB e vice-versa. Ela não vem tratar disso, mas a presença dela diz isso”.

Venezuela adverte que não suprirá vazio deixado pelo petróleo iraniano

O governo da Venezuela advertiu nesta segunda-feira (27) que não suprirá o petróleo que o Irã eventualmente deixará de vender a seus compradores tradicionais pelas sanções que forem adotadas contra a nação persa devido a seu programa nuclear.

“A Venezuela não tem intenção alguma de suprir nenhum tipo de falta de provisão da República Islâmica do Irã”, indicou o ministro de Petróleo e Mineração venezuelano, Rafael Ramírez, cujo país é membro da Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo), assim como o Irã.

“Não estamos de acordo com nenhuma atividade de bloqueio e de sanções contra nenhum país; muito menos contra um país irmão e membro da Opep, como é o Irã”, acrescentou.

Ramírez alertou ainda que uma eventual agressão militar contra o Irã teria “consequências imprevisíveis” tanto no preço do petróleo como na provisão energética nos mercados mundiais.

O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos anunciou nesta segunda-feira que começará a aplicar sanções a empresas internacionais que comprarem petróleo iraniano a partir de 28 de junho, como parte de sua estratégia de pressão sobre Teerã pelas suspeitas de que o país persa tente desenvolver armas nucleares.

Primeiramente, no entanto, Washington irá considerar se há suficiente oferta de petróleo por parte de outros países “para permitir uma redução significativa do volume de petróleo adquirido no Irã”.

Em 23 de janeiro, a União Europeia decidiu reforçar as sanções econômicas contra o país de Mahmoud Ahmadinejad e proibir a compra de seu cru a partir de 1º de julho.

(Folha com a EFE)

Na visita de Dilma ao Ceará, Ciro fica com a língua de molho

120 2

 

O ex-ministro Ciro Gomes (PSB) não apareceu, ontem, nos atos cumpridos pela presidente Dilma Rousseff em sua agenda no Estado.

Preferiu recuo estratégico diante de um cenário onde a prefeita Luizianne Lins (PT), por exemplo, alvo de muitos dos seus torpedos, seria uma das estrelas.

Ciro integra o bloco no PSB que gostaria de ver a legenda com candidatura própria em Fortaleza. Ele, pelo visto, é integrante do bloco do “Fogo amigo”, que tanto reclama a prefeita de querer dar cabo na aliança PT-PSB.

Depósito milionário na conta de ex-vice do BB é investigado

“O ex-vice-presidente do Banco do Brasil Allan Toledo, que até dezembro ocupava uma das áreas mais importantes da instituição, está sendo investigado por ter recebido quase R$ 1 milhão numa conta bancária no ano passado, informa reportagem de Andreza Matais, publicada na Folha desta terça-feira.

Além de abrir uma sindicância interna para apurar o caso, o banco também notificou a Polícia Federal.

O executivo recebeu em sua conta depósitos mensais no valor de R$ 953 mil. O dinheiro foi transferido para a conta dele pela aposentada Liu Mara Fosca Zerey, de 70 anos.

OUTRO LADO

Toledo disse ser procurador da aposentada e que abriu a conta no banco para administrar o dinheiro dela.

Segundo ele, o valor é proveniente da venda de uma casa da aposentada, localizada no Novo Brooklin (São Paulo), para o empresário Wanderley Mantovani.

Certidão da Prefeitura de São Paulo, porém, mostra que a casa continua em nome de Liu Mara Fosca Zerey. Também não há registro em cartório de compra e venda do imóvel e a aposentada continua morando na casa um ano e dois meses após a transação alegada.”

(Folha)

Cid Gomes cumpre maratona internacional

 O governador Cid Gomes embarcou ontem à noite para o eixo Colômbia-México-EUA-Canadá-Espanha-França. Equipamentos para o Metrofor, contato com empresas de eventos, visita a metrôs e reunião com grupos interessados no projeto Cinturão Digital.

Na comitiva, os secretários Adail Fontenele (Seinfra), Rômulo Fortes (Metrofor), Fernando Carvalho (Etice) e o assessor Valdir Fernandes.

Cid retorna só na quarta-feira da próxima semana, quando espera conversar com a prefeita Luizianne Lins sobre sucessão em Fortaleza. Ele já avisou que apoia o nome que o PT indicar.

Artur Bruno relata nesta semana MP que destina R$ 460,5 milhões ao Pronatec

130 1

O deputado federal Artur Bruno (PT/CE) foi designado pelo presidente da Câmara dos Deputados, deputado Marco Maia (PT/RS), para relatar a Medida Provisória 548, que autoriza a abertura de créditos especiais no valor de R$ 460,5 milhões para viabilizar o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico Emprego (Pronatec).

O parlamentar deve apresentar ainda esta semana o relatório favorável à MP, no plenário da Câmara dos Deputados. O Pronatec abrirá mais de oito milhões de vagas em todo o País, até 2014, para cursos profissionalizantes nos institutos federais de ensino, nas escolas de ensino médio que ofereçam também educação profissionalizante e nos cursos com carga horária com mais de 160 horas oferecidos pelas escolas do Sistema S.

Na avaliação de Artur Bruno, o programa será a maior porta de saída do Bolsa-Família, na medida em que oferecerá capacitação para estudantes do ensino médio e também para trabalhadores que estejam desempregados e beneficiários dos programas sociais do Governo. “O Pronatec é o maior programa de capacitação profissional realizado nos últimos anos e será, sem dúvida, a grande porta de saída do Bolsa-Família, incluindo milhões de brasileiros no mercado de trabalho através de uma profissão”, afirmou.

Prefeita comemora o sucesso do Carnaval de Fortaleza

140 2

Luizianne de “Joaninha” em Carnaval do passado.

Com o título “Fortaleza e o bloco do Eu fico“, a prefeita Luizianne Lins (PT) comemora o Carnaval bancado pelo município. Ela considerou a folia democrática, descentralizada e destaca o apoio decisivo de sua gestão. Confira:

“Quem viveu, ao vivo e em múltiplas cores, pode afirmar: o Carnaval de Fortaleza é um inconteste sucesso. A cada ano, consolida-se como umas das mais prestigiadas e democráticas das nossas festas populares, atraindo moradores e visitantes de todo o País.

Fruto da vontade e obstinação de carnavalescos e brincantes que jamais desistiram do direito à cidade como lugar de encontro, liberdade, prazer, inventividade e celebração da vida. E que contou com a atual gestão, que reativou a potência festiva e a vocação carnavalesca dos moradores, fomentando uma política de valorização das tradições e inovações que movimentam nossa cultura.

Criamos dois editais de incentivo à festa e garantimos logística e infraestrutura para o ordenamento e a ocupação qualificada do espaço público. Foi o bastante para coroar o grito de “Eu fico!” que estava preso na garganta de cada cidadão-folião.

Hoje, a folia tem a cara do fortalezense. É feita de muitos ritmos e atores. Por foliões que começam a festa mais cedo, ainda em janeiro, com o pré-carnaval. Músicos, ritmistas, percussionistas, compositores e brincantes que se reúnem em torno de mais de 100 blocos nos bairros. E, no Carnaval, pelos veteranos ligados à força e brilho dos maracatus, escolas de samba, blocos, cordões e afoxés que desfilam na Domingos Olímpio.

Praças, equipamentos culturais e ruas são os palcos de um carnaval acessível a todas e todos, sem cordões de isolamento! Um carnaval participativo, fruto de fóruns permanentes de discussão s, diversificado em sua programação e marcado pela paz e pelo diálogo entre população e poder público.

O Carnaval tem nos ensinado – e muito – a amar e cuidar de Fortaleza, a respeitar diferenças e semelhanças, a entender que o bem-estar comum depende do coletivo e que datas festivas são, no fundo, necessários rituais de afirmação e celebração de nossos modos de ser e de estar. Tem nos ensinado, sobretudo, que o melhor lugar do mundo é aqui!

* Luizianne Lins

luiziannelins@bol.com.br

Jornalista e prefeita de Fortaleza.

Secretário representa o Ceará no seminário promovido pelo BNDES

O secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins, participa nesta terça-feira (28) de seminário promovido pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para tratar da distribuição dos recursos do Fundo Social.

Na ocasião, o secretário falará sobre as experiências da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) no combate à pobreza na zona rural e também sobre a capacidade operacional e técnica dos projetos de inclusão produtiva da pasta.

Nelson Martins falará ainda sobre os projetos dos perímetros irrigados do açude Castanhão, o Programa Nacional de Territorialização e os programas do Biodiesel e de cisternas de produção. “Nós vamos mostrar os projetos que apresentaram resultados positivos no Ceará em 2011, e os projetos que daremos continuidade agora em 2012”, destacou o secretário. “Queremos viabilizar recursos do Fundo Social do BNDES para investir nos projetos de desenvolvimento agrário do Ceará”, completou.

O seminário vai permitir que os secretários de Agricultura do Nordeste conheçam as experiências dos estados e troquem experiências dos projetos bem-sucedidos. O encontro será no auditório da Superintendência Estadual do Banco do Nordeste, em Recife.

(Assessoria de Comunicação da SDA)

CNJ de olho nas terceirizações do Judiciário cearense

“A corregedora-geral do Conselho Nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon, agendou visita ao Ceará para o próximo mês. A informação é do conselheiro do órgão, Jorge Hélio, acrescentando que ela estará à frente de comissão especial que, entre várias questões, vai promover audiência pública com setores da sociedade civil e também se inteirar sobre uma série de queixas no plano das terceirizações no Poder Judiciário.

“Há muitas denúncias sobre uso de prédios e servidores de prefeituras por parte de comarcas”, diz ele. Jorge Hélio considera esse tipo de situação “um absurdo” que acaba comprometendo a independência do Poder.

Não está confirmado ainda se, nessa agenda, vai conversar com o governador Cid Gomes, que andou cortando o orçamento do Judiciário, o que continua alvo de protesto dos servidores.

(Coluna Vertical, do O POVO)

Voo da TAM não pousa em Teresina por causa do mau tempo

134 1

O voo 3883, da TAM, que cumpre a rota Fortaleza-Teresina-Brasília, deixou a Capital cearense por volta das 3h20min desta terça-feira mas, por causa do mau tempo na Capital piauiense, acabou retornando para o Aeroporto Internacional Pinto Martins.

Os passageiros oriundos de Fortaleza desembarcaram da aeronave, ficando no voo quem estava com bilhete para Brasília. Veio a informação de que aqueles com destino a Teresina seriam acomodados em outro voo, o que ocorre neste começo de manhã.

Comando da Polícia Militar terá que explicar supostos abusos

O Comandante da PM do Estado do Piauí, Coronel Rubens Pereira, terá que explicar à comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado Federal, porque estudantes teriam sido atingidos com spray de pimenta quando estavam ao chão e, aparentemente, não ofereciam nenhum tipo de resistência.

As manifestações contra o aumento da passagem em Teresina foram deflagradas no início de janeiro deste ano. No movimento, várias denuncias de PMs agredindo manifestantes foram feitas, inclusive culminando no afastamento de alguns policiais.

(180graus.com)

PT lança ofensiva para impedir isolamento na campanha de Haddad

Temendo a adesão dos aliados à campanha do recém-lançado José Serra (PSDB), o PT se lançou numa ofensiva para impedir o isolamento da candidatura de Fernando Haddad. Isso inclui pressão sobre a presidente Dilma Rousseff para que ela atenda PR e PDT na Esplanada dos Ministérios.

Pelo acordo em gestação, o ministério dos Transportes será ocupado por um político indicado pelo PR. Na semana retrasada, os líderes do partido na Câmara, Lincoln Portela (MG), e no Senado, Blairo Maggi (MT), apresentaram suas indicações, encabeçada pelo vereador Antônio Carlos Rodrigues e por Cesar Borges, à ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais). Agora, a expectativa é que sejam recebidos pela presidente Dilma Rousseff ainda esta semana.

O PR rejeita o nome do ministro Paulo Passos como representante do partido no governo. Até hoje, Dilma insistiu na manutenção de Passos. Mas, sob orientação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o PT fez chegar ao governo o pedido para atendimento das reivindicações do PR.

“Não é novidade que o PR negocia com o governo sua volta ao Ministério. Mas isso não tem nada a ver com o apoio a Haddad”, desconversou Rodrigues, um dos cotados para a vaga.

O PT também decidiu procurar o deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, da Força Sindical, para tentar conter sua aproximação com o PSDB do Estado. Paulinho resiste ao nome do deputado Vieira da Cunha (RS), favorito de Dilma para o Ministério do Trabalho. Mas, a pedido do PT, deverá concorrer à Prefeitura em vez de apoiar Serra.

Aliado do governo Alckmin, o PSB também está na mira dos petistas. Nesta segunda-feira (27), Dilma jantou com o governador de Pernambuco e presidente nacional do partido, Eduardo Campos. Apontado como fiel da balança em São Paulo, ele deverá se encontrar com Lula nos próximos dias.

Pouco antes do jantar, Campos convocou seu partido para uma reunião em Brasília na qual deverá anunciar apoio em São Paulo. Por intermédio de sua assessoria, Campos disse que o partido deve de fato engrossar a campanha de Haddad. Assim, Campos se cacifa para que o PSB ocupe a vice na disputa presidencial de 2014.

Leia mais em http://www1.folha.uol.com.br/poder/1054437-pt-lanca-ofensiva-para-impedir-isolamento-na-campanha-de-haddad.shtml

(Folha)

Para FHC, disputa em SP ‘revitaliza’ Serra e não o tira do páreo presidencial

159 1

A candidatura de José Serra à Prefeitura de São Paulo permitirá a ele “voltar à cena política com força” e foi a decisão mais adequada para o ex-governador e para o PSDB, afirmou nesta segunda-feira (27) o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso em entrevista exclusiva ao Estado. “Dá a chance para o partido ganhar e dá a ele uma revitalização política”, analisou o ex-presidente.

Segundo FHC, a eleição para prefeito não significa que o ex-governador abandona o projeto de disputar a Presidência no futuro. “Política é uma coisa muito dinâmica. Tem sempre a cláusula de prudência. Política não é uma coisa em que os horizontes se fecham”, disse, ao comentar sobre a possibilidade de o tucano, mais uma vez, deixar um cargo para se candidatar a outro, como aconteceu quando era prefeito e governador de São Paulo.

O ex-presidente falou com o Estado em Nova York, onde lidera uma comitiva de 12 CEOs de empresas brasileiras ligadas a Comunitas, entidade criada por Ruth Cardoso para incentivar o investimento social corporativo.

(Estadão)

Aumento do piso dos professores teria impacto de R$ 1,6 bilhão nas contas municipais, diz entidade

170 1

O aumento de 22% do piso nacional do magistério anunciado nesta segunda-feira (27) pelo Ministério da Educação (MEC) terá um impacto de R$ 1,6 bilhão nas contas das prefeituras. Os dados constam de levantamento da Confederação Nacional dos Municípios (CNM). A estimativa, que leva em conta informações referentes a 2.039 cidades, foi feita a partir da diferença entre as médias salariais pagas hoje a professores das redes municipais e o piso de R$ 1.451 para 2012 fixado pelo MEC.

Aprovada em 2008, a Lei do Piso determina que nenhum professor de escola pública, com formação de nível médio, pode receber menos do que o valor determinado por uma jornada de 40 horas semanais. O piso refere-se apenas ao vencimento-base e o cálculo para o pagamento não pode incluir outras vantagens como gratificações e adicionais. De acordo com o estudo da CNM, os salários-base para professores com jornada de 40 horas e nível médio variaram nas cidades pesquisadas entre R$ 316,80 e R$ 2.439,14.

Entre as regiões do país, os municípios do Nordeste são os que terão maior impacto nas suas contas em função do aumento do piso. Serão necessários R$ 816 milhões a mais para garantir o pagamento de acordo com o que manda a lei. Isso porque as redes de ensino da região têm as menores médias salariais e um grande número de professores. Em 2011, o piso foi R$1.187 e em 2010, R$ 1.024. Em 2009, primeiro ano da vigência da lei, o piso era R$ 950.

A legislação também determina que um terço da carga horária do professor deverá ser reservado para atividades fora da sala de aula, como planejamento pedagógico e atualização. Com a aplicação correta do dispositivo, as redes de ensino necessitariam contratar mais professores o que, segundo, a CNM, significaria a necessidade de um investimento extra de R$ 3,8 bilhões. A entidade estima que será necessário contratar mais 195 mil docentes para adequar a carga horária à regra estabelecida na lei.

A entidade cobra uma maior participação da União no custeio do pagamento dos salários dos professores. A Lei do Piso prevê que, nos casos em que o município não possa bancar o valor, a União repassará recursos complementares. Mas, desde que a legislação está em vigor, nenhuma prefeitura ou governo estadual cumpriu os pré-requisitos necessários – como a comprovação de incapacidade financeira – para obter a complementação.

(Agência Brasil)