Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

PRTB terá candidatura própria em Maracanaú

192 2

Sérgio Moraes é pré-candidato pelo PRTB

O Diretório Municipal do PRTB de Maracanaú informou que realizará na segunda quinzena de junho a convenção partidária que definirá os candidatos da legenda para disputa eleitoral de 2012, tanto ao Legislativo como ao Executivo.

Segundo Júnior Aguiar, presidente do PRTB no Ceará, a tendência é que seja homologada a candidatura do empresário Sérgio Moraes à Prefeitura local, já que o mesmo conta com o apoio do presidente nacional do partido, Levy Fidelix.

O PRTB pertence à base de apoio do governador Cid Gomes.

Relator diz que CPMI tem que identificar participação da Delta em organização criminosa

Depois de ouvir nessa quinta-feira (10), por quase dez horas, o depoimento do delegado Matheus Rodrigues, responsável pela Operação Monte Carlo da Polícia Federal, o relator da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira, deputado Odair Cunha (PT-MG), disse que a resposta sobre o papel da Construtora Delta dentro da organização criminosa será um dos principais desafios da comissão.

“O que nós queremos saber é qual foi o papel da Delta na organização criminosa. A quem serviu a Delta? Essa é uma pergunta que nós temos que responder”, disse o relator ao deixar o depoimento.

Parlamentares que ouviram as explicações do delegado disseram ter saído com a impressão de uma profunda ligação da empresa com o empresário goiano Carlos Augusto de Almeida Ramos, conhecido como Carlinhos Cachoeira, acusado de liderar a organização criminosa. No entanto, poucos se arriscaram a caracterizar a natureza dessa relação.

“Ele [Cachoeira] pode ser considerado um sócio oculto da empresa”, disse o deputado Protógenes Queiróz (PCdoB-SP). Já o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) comentou que “pelo que o delegado falou, há uma ligação profunda, íntima, no entanto, não está clara que relação é essa”.

O relator ainda destacou que será papel da CPMI caracterizar as relações da organização comandada por Cachoeira com os governo estaduais, no entanto, ele disse que não há pressa para convocar os governadores citados, entre eles, o governador de Goiás, Marconi Perillo, e do Distrito Federal, Agnelo Queiroz.

“É claro que é preciso muita calma e cautela, vamos ouvir na terça-feira o empresário Carlinhos Cachoeira e até quinta-feira, espero formar um juízo de valor sobre a conveniência ou não de antecipar essa convocação. São muitas oitivas, mas nós não faremos um rito sumário. Não vejo a necessidade de acelerarmos a oitiva de ninguém porque temos um prazo a cumprir e vamos usar esse prazo”, disse o relator.

Odair Cunha acrescentou que “pelo depoimento do delegado, há a presença dessa organização criminosa em setores do governo de Goiás, mas há também a presença dessa organização no governo do Distrito Federal, que também merece a nossa investigação”.

O relator disse ainda que outros governos foram citados pelo delegado e que também serão objeto de investigação da CPMI. “Há incursões dessa organização em outros governos, foi citado, por exemplo, o governo do Paraná. Isso não significa dizer, é claro, que gestores estejam, por exemplo, envolvidos com o caso, estou dizendo que merece a nossa atenção”, ressalvou.

(Agência Brasil)

Câmara Municipal aprova projeto Ficha Limpa

260 4

Salmito é autor do projeto

O plenário da Câmara Municipal de Fortaleza aprovou em primeira discussão, nessa quinta-feira (10), com 30 votos sim, o Projeto de Emenda à Lei Orgânica do Município n° 0003/2011, conhecido como “Ficha Limpa”. A matéria veda a nomeação para cargo, função ou emprego público de natureza comissionada, de qualquer dos poderes do Município para quem tiver suas contas desaprovadas pelo Tribunal de Contas e condenados em ação de improbidade administrativa.

O vereador Salmito Filho (PSB), autor do projeto, agradeceu todos os colegas que subscreveram a matéria, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) pela articulação e apoio, como também à população, em que o parlamentar destacou como protagonistas.

“Essa é uma votação histórica, é um passo importante e que a Câmara está fazendo a sua parte. É a primeira iniciativa no Ceará de trazer critérios à Ficha Limpa para a nomeação dos cargos comissionados”, pontuou Salmito.

Na ocasião, também foi aprovada uma emenda de autoria do vereador João Alfredo, que adéqua o projeto de Ficha Limpa, relatando todos os casos de “fichas sujas”. Debateu sobre o tema, o vereador Luciram Girão (PMDB); Adelo Martins (PR); Guilherme Sampaio (PT); Ronivaldo Maia (PT); Carlos Mesquita (PMDB); Walter Cavalcante (PMDB); Eliana Gomes (PCdoB); Dr. Ciro (PTC); Plácido Filho (PDT), Iraguassú Teixeira (PDT).

(CMFor)

Ação do PT proíbe prefeitura de Fortaleza de contratar professores temporários

125 3

A prefeitura de Fortaleza está proibida de contratar professores e pessoal de apoio para atendimento temporário na rede de ensino fundamental e infantil. A decisão foi tomada nessa quinta-feira (10) pelo Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) após apreciação da ação direta de inconstitucionalidade ajuizada pelo Partido dos Trabalhadores (PT). O partido é o mesmo da prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins.

A ação é de 1999, quando Luizianne Lins era vereadora de Fortaleza pelo PT. Luizianne tinha sido eleita em 1996 e foi reeleita em 2000.

De acordo com informações do Tribunal de Justiça, o PT requereu a declaração de inconstitucionalidade da Lei Municipal Complementar 11/98, que autorizava a prefeitura a contratar professores temporários.

Na época, o PT defendeu que o município deveria realizar concurso em “virtude do caráter permanente da demanda de ensino infantil e fundamental”, conforme prevê o artigo 154, II, da Constituição do Estado.

Ao analisar o caso, o desembargador Francisco Sales Neto destacou que “a Lei Municipal impugnada institui hipóteses abrangentes e genéricas de contratação temporária, sem especificar a contingência fática que evidenciaria a situação de emergência, além de extrapolar o prazo de contratação, até trinta meses, desfigurando o caráter de temporariedade”.

Com esse entendimento, o Órgão Especial julgou parcialmente procedente a ação para declarar inconstitucionais os artigos 3º, IV, e 5º da Lei complementar Municipal nº 11/98.

Prefeitura

A Secretaria Municipal de Educação (SME) informou que ainda não tomou conhecimento da decisão do TJCE e que irá se pronunciar após análise de ação. Mas alertou que os professores temporários representam a minoria no quadro da prefeitura. Seriam, segundo dados da SME, pouco mais de mil temporários entre os cerca de 11 mil professores.

Além disso, divulga a assessoria da pasta, o último concurso para professor, realizado em 2009, ainda está em vigor. Foram convocados mais de 2,5 mil profissionais. 

(O POVO Online)

Dilma anuncia integrantes da Comissão da Verdade

157 1

A presidenta Dilma Rousseff anunciou nessa quinta-feira (10) os sete integrantes da Comissão da Verdade. São eles: José Carlos Dias (ex-ministro da Justiça), Gilson Dipp (ministro do Superior Tribunal de Justiça), Rosa Maria Cardoso da Cunha (advogada), Cláudio Fonteles (ex-procurador-geral da República), Paulo Sérgio Pinheiro (diplomata), Maria Rita Kehl (psicanalista) e José Cavalcante Filho (jurista). Os integrantes foram apresentados pelo porta-voz da Presidência da República, Thomas Traumann, e seus nomes serão publicados nesta sexta-feira (11) no Diário Oficial da União.

Os sete integrantes foram escolhidos pela própria presidenta a partir de critérios como conduta ética e atuação em defesa dos direitos humanos. O convite a cada um foi feito pessoalmente por Dilma, que recebeu os sete em audiências hoje no Palácio do Planalto. Ainda não há informações sobre quem presidirá o colegiado.

A Comissão da Verdade será instalada oficialmente na próxima quarta-feira (16), às 11h, em uma cerimônia em que estarão presentes os ex-presidentes José Sarney, Fernando Collor, Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva. “Todos já confirmaram presença, numa demonstração de que a Comissão da Verdade não é uma comissão de governo, e sim de Estado”, avaliou o porta-voz.

A Comissão da Verdade vai apurar violações aos direitos humanos ocorridas entre 1946 e 1988, período que inclui a ditadura militar (1964-1988). O grupo terá dois anos para ouvir depoimentos em todo o país, requisitar e analisar documentos que ajudem a esclarecer as violações de direitos. De acordo com o texto sancionado, a comissão tem o objetivo de esclarecer fatos e não terá caráter punitivo.

(Agência Brasil)

Três são condenados pela morte de Celso Daniel

Três acusados pela morte do prefeito de Santo André, Celso Daniel, ocorrida em janeiro de 2002, foram condenados pelo Tribunal do Júri da Comarca de Itapecerica da Serra. Ivan Rodrigues da Silva a 24 anos de reclusão; José Edison da Silva a 20 anos e Rodolfo Rodrigo dos Santos Oliveira Silva a 18 anos; todos pelo crime de homicídio duplamente qualificado (mediante paga ou promessa de recompensa e recurso que dificultou a defesa da vítima – artigo 121, parágrafo 2º, incisos I e IV).

O julgamento teve início na manhã dessa quinta-feira (10) e terminou após cerca de 13 horas, com a leitura da sentença pelo juiz Antonio Augusto de França Hristov, às 23 horas. O magistrado aproveitou a oportunidade para enaltecer a rapidez com que a 11ª Câmara Criminal julgou o recurso em sentido estrito, cujo relator foi o desembargador Xavier de Souza, que fez com que o júri fosse realizado com maior brevidade.

Outros dois réus também seriam julgados (Itamar Messias Silva dos Santos e Elcyd Oliveira Brito), mas seus advogados abandonaram o plenário antes do início da sessão e o júri de ambos foi remarcado para o dia 16 de agosto.

Mais dois homens foram acusados de participação no crime. Marcos Roberto Bispo dos Santos foi julgado em novembro de 2010 e condenado a 18 anos de prisão. A defesa de Sergio Gomes da Silva entrou com recurso no Tribunal de Justiça de São Paulo em que pedia a anulação da sentença de pronúncia. O recurso foi negado e a data do julgamento será marcada.

Celso Daniel foi encontrado morto em uma estrada de Itapecerica da Serra, em janeiro de 2002, após dois dias de sequestro.

(TJSP)

STF decide que suspeito de tráfico de drogas pode responder em liberdade

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (10) que suspeitos de tráfico de drogas têm direito à liberdade provisória, assim como qualquer outro cidadão que responde a processo criminal. Com a decisão, os ministros anularam parte da Lei de Drogas, de 2006, que impedia a liberdade provisória nesses casos.

A maioria dos ministros entendeu que a obrigatoriedade da prisão preventiva para suspeito de tráfico é ilegal porque viola o princípio da presunção de inocência, que considera todo cidadão inocente até decisão definitiva da Justiça. Os ministros também entenderam que a vedação prévia da lei impede que o juiz verifique as peculiaridades de cada acusado.

O plenário do STF analisou o caso a partir do pedido de liberdade de um suspeito de tráfico preso provisoriamente em 2009. Além de atacar a Lei de Drogas, o advogado do acusado também afirmava que seu cliente estava preso há quase 300 dias aguardando julgamento e que não havia motivo para mantê-lo mais tempo na cadeia.

Para o relator do caso, ministro Gilmar Mendes, a regra da Lei de Drogas “é incompatível com o princípio constitucional da presunção de inocência e do devido processo legal”. Segundo ele, a lei altera o sistema penal ao tornar a prisão uma regra e a liberdade uma exceção.

Essa é a segunda vez que o STF esvazia a Lei de Drogas. Em setembro de 2010, os ministros anularam trecho da lei que impedia a conversão da prisão em pena alternativa para condenados por tráfico de entorpecentes.

(Agência Brasil)

MP que prorroga contrato temporário de trabalho tranca pauta do Senado

Foi lida em Plenário nesta quinta-feira (10) a Medida Provisória 555/2011, que permite ao governo prorrogar 91 contratos temporários de trabalho vinculados a projetos de órgãos da União com organismos internacionais. A matéria, que deve ser votada até 31 de maio para não perder a validade, passa a trancar a pauta do Plenário.

A maior parte dos contratos beneficiados pela MP está ligada à educação. 71 dos contratos são do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que poderá prorrogá-los até 31 de dezembro de 2012 se estavam vigentes em dezembro de 2011.

Também são beneficiados oito contratos do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e 12 do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). A prorrogação desses contratos já foi objeto da Medida Provisória 524/11, de janeiro de 2011, que perdeu validade em agosto do mesmo ano.

(Agência Senado)

Ruralistas apresentam projeto para mudar novo Código Florestal aprovado no Congresso

Deputados ligados ao agronegócio, com o apoio de oito líderes partidários, protocolaram nesta quinta-feira (10), na Câmara dos Deputados, projeto de lei para modificar partes do novo Código Florestal Brasileiro, aprovado na Casa há pouco mais de duas semanas e que ainda aguarda decisão da presidenta Dilma Rousseff sobre sanção ou veto.

A proposta visa a redefinir o tamanho das áreas de preservação permanente (APP) às margens dos rios a serem recuperadas e está sendo apresentada agora, segundo os autores, por não terem conseguido fazer as modificações que queriam durante a tramitação do novo código.

Pelo projeto, os proprietários de imóveis rurais que tenham áreas consolidadas em APP ao longo de cursos d’água naturais e permanentes deverão promover a recuperação, seguindo o que determina o Programa de Regularização Ambiental de cada estado e de acordo com o tamanho dos rios.

O projeto aprovado pelo Congresso Nacional, que está sob análise da presidenta Dilma Rousseff para sanção ou veto, estabeleceu uma faixa de 15 metros de recomposição da vegetação desmatada às margens de rios de até 10 metros de largura. Pela proposta apresentada nesta quinta-feira pelos ruralistas, a área de recuperação obrigatória será 5 metros nas margens dos rios com 5 metros de largura. Já para os cursos d’água entre 5 e 10 metros, a faixa a ser recomposta será de, no máximo, 7,5 metros.

(Agência Brasil)

Secretário-geral do PDT nacional comemora desempenho de Heitor Férrer em pesquisa

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=jvREe9M1Enk&feature=plcp[/youtube]

O secretário-geral nacional do PDT, Manuel Dias, está em Fortaleza. Nesta sexta-feira, a partir das 13h30min, na Assembleia Legislativa, ele participa de curso preparatório dos pré-candidatos pedetistas nas próximas eleições. Manuel Dias também participará do encontro estadual do PDT, sábado, no auditório da Câmara Municipal de Fortaleza.

Numa conversa co o Blog, o secretário-geral nacional pedetista falou sobre Brizola Neto, novo ministro do Trabalho, governo Dilma e, principalmente, sobre as perspectivas de Heitor Férrer, o pré0candidato da legenda à Prefeitura de Fortaleza.

Prefeitura e dono de imóvel são condenados a indenizar mulher por acidente em calçada

332 1

“O Município de Fortaleza deve pagar R$ 17.333,60 à M.C.V.R., que sofreu queda em calçada irregular. A proprietária do imóvel localizado em frente ao local do acidente também terá que indenizar a vítima em R$ 4.333,40. A decisão é do juiz auxiliar da 6ª Vara da Fazenda Pública, Joaquim Vieira Cavalcante Neto.

Segundo os autos, M.C.V.R. caminhava em direção ao quartel do Corpo de Bombeiros, no bairro Jacarecanga, quando caiu em uma calçada que estava irregular. Ela acabou fraturando um osso da perna direita.

A mulher foi encaminhada ao hospital, onde se submeteu à cirurgia. Teve ainda que passar por outros dois procedimentos, além de tratamento fisioterápico.

Por conta do acidente, ocorrido em junho de 2005, ingressou na Justiça contra o Município de Fortaleza. Ajuizou também ação contra M.I.S.X., proprietária e ocupante do imóvel localizado em frente à calçada, que teria construído a passagem “com vícios”.

O Município, em contestação, afirmou não ter concedido autorização para que fosse feita uma calçada descumprindo as normas do Código de Obras e Posturas. Sustentou ainda não ter pessoal suficiente para fiscalizar, diariamente, todas as obras feitas por particulares.

Já M.I.S.X. alegou que a culpa pelo acidente foi da vítima, que não teve cuidado ao passar pelo local. Ao analisar o caso, o juiz afirmou ser obrigação do Município fiscalizar a preservação da via pública, “sendo certo que a área de passeio é parte integrante do logradouro público destinada ao trânsito de pedestres, nos termos em que é definido pelo Código de Obras e Posturas do Município de Fortaleza”.

O magistrado considerou que a proprietária do imóvel também tem responsabilidade no caso. De acordo com o referido código, cabe à M.I.S.X. “construir ou reconstruir os respectivos passeios de maneira regular e providenciar sua adequada manutenção”.

(Site do TJ-CE)

Heitor vibra com pesquisa e diz que seu desempenho é fruto de quem fiscaliza a coisa pública

288 8

O deputado estadual Heitor Férrer, pré-candidato do PDT á Prefeitura de Fortaleza, comemorou o resultado da pesquisa do Ibope, onde ele aparece com 19% de preferência do eleitorado. “Isso representa o primeiro passo de uma longa cainhada”, disse o parlamentar, que está perdendo para o senador Inácio Arruda (PCdoB) e Moroni Torgan (DEM), estes num empate técnico.

Ele considera o resultado fruto da trajetória política de quem foi vereador da Capital quatro vezes, cinco vezes parlamentar estadual e uma vez candidato a prefeito. Mas ele destaca também seu trabalho de fiscalização da coisa pública e de cobranças como providências para os escândalos dos banheiros e dos empréstimos consignados.

“Isso é motivo de regozijo para mim, mas também faz aumentar minha responsabilidade na busca de um projeto que atenda às necessidades do povo de Fortaleza”, complementou Heitor Férrer.

Governo investe mais em defesa do que em saúde e educação

160 1
O Ministério da Defesa Nacional investiu, entre 2001 e 2011, R$ 35,7 bilhões. O montante é mais do que o dobro dos investimentos realizados pelo Ministério da Saúde no período, que atingiram R$ 16,4 bilhões. A diferença também é significativa na comparação com o aplicado pelo Ministério da Educação que desembolsou R$ 22,9 bilhões. Os dados foram levantados pelo Contas Abertas e levaram em consideração os investimentos (obras e compra de equipamentos) dos respectivos órgãos nos últimos 11 anos. (veja tabela)

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) acredita que essa relação seja um “suicídio” porque a “verdadeira defesa de uma nação é determinada pelo conhecimento para produzir e utilizar as ciências e tecnologias disponíveis”. Para o parlamentar, mesmo que os projetos militares também desenvolvam cientistas, os beneficiados serão pequena minoria de jovens que conseguirão concluir formas básicas de ensino e chegar à mestrados e doutorados.

(Contas Abertas)

Dilma comemora sucesso de gestão com PT, mas não compartilha o poder

Da Coluna de Denise Rothenburg, do Correio Braziliense:

O governo está bombando perante o eleitorado, a presidente Dilma Rousseff segue lépida e fagueira, liderando sua equipe rumo àquilo que se propôs. O PT, então, é só felicidade, certo? Errado. Os petistas estão infelizes e não é de hoje. No plenário, não é raro ver os deputados em conversinhas meio de lado, com cara de quem não está muito contente. E isso tem motivo: Dilma simplesmente quer que eles compartilhem do seu sucesso, mas sem dividir o poder.

Ontem, eram o líder Jilmar Tatto e o deputado Ricardo Berzoini, ambos do PT paulista , falando sobre reuniões a respeito de vários assuntos. Uma aproximação da imprensa e as conversas cessam. Nenhum dos dois fala de um encontro entre o ministro da Fazenda, Guido Mantega; o presidente da Câmara, Marco Maia; e o líder do governo, Arlindo Chinaglia (PT-SP), para tratar do futuro do Banco do Brasil, juros ou poupança, tema que a presidente espera apoio total do PT. No BB, mudanças de diretores deixaram Maia irritado no passado e continuam incomodando.

Por conta dessas e outras troca de comando sem que os políticos sejam, ao menos, comunicados com antecedência, o PT nos bastidores se mostra tão infeliz quanto o PMDB ou outros partidos no que se refere à ocupação de espaços. Não se cansam de repeti r a frase que Dilma disse numa reunião logo na largada de seu governo e que eles simplesmente não levaram a sério: “Na área de bancos e de energia quem manda sou eu”. Esse é um dos motivos da infelicidade do PT.

MP quer Prefeitura resolvendo ocupações e não fala de invasão em frente ao aeroporto

341 5

Ocupação em frente ao Aeroporto Internacional Pinto Martins.

Uma ação civil foi interposta nesta quinta-feira, 10, para que a Prefeitura de Fortaleza promova a retirada de ocupantes da Área de Preservação Permanente (APP) do Riacho Martinho e Açude Dendê. A área fica localizada nos fundos do presídio Instituto Penal Professor Olavo Oliveira (IPPOO), no bairro Itaperi.

No último dia 18, o promotor Raimundo Batista de Oliveira requereu a desocupação ocorrida da APP do Riacho Itaoca, no bairro Serrinha. De acordo com o promotor de Justiça, a ação que versa sobre a invasão na APP do Riacho Itaoca, tramita na 2ª Vara da Fazenda Pública, enquanto que a outra ação seguiu para distribuição.

A APP é uma área onde não pode haver a intervenção humana, principalmente no que se refere a construção civil. As ações civis foram impetradas com pedido de julgamento antecipado da lide, consistente na obrigação de fazer, combinado com a ação demolitória.

VAMOS NÓS – E por que o Ministério Público Estadual não cobra o mesmo da ocupação que nasceu em frente ao Aeroporto Internacional Pinto Martins? Ali, até tem nome: “Comunidade Terra Prometida”.

Metrofor – Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara visita projetos nesta 6ª feira

Um grupo de parlamentares que integram a Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara visitará, nesta sexta-feira, as obras do Metrofor, o Trem Unidade Elétrica (TUE) e o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). A visita é ciceroneada pelo presidente da comissão, o deputado federal cearense Domingso Neto (PSB). A Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor) organizou o trajeto, que terá também a presença de vereadores de Fortaleza e deputados estaduais
No roteiro, visita às obras de implantação da Linha Sul do Metrofor. Os parlamentares irão visitar a estação Virgílio Távora, em Maracanaú, a partir das 9h30min. O grupo irá embarcar no metrô (Trem Unidade Elétrica – TUE) e seguir até a estação Carlito Benevides, em Pacatuba. Eles irão trocar os TUEs por Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) para chegar ao Centro de Manutenção do Metrofor.

A visita às obras do Metrofor foi solicitada pelos parlamentares durante o o Seminário sobre Mobilidade Urbana, realizado no último dia 27 na Assembleia Legislativa do Ceará. O evento debateu a infraestrutura urbana para transportes, a aplicação da Lei de Mobilidade Urbana e os problemas de acessibilidade.

Ceará ganha mais cinco Varas do Trabalho

O Senado aprovou projeto de lei que amplia a Justiça do Trabalho do Ceará. O texto autoriza a criação de mais cinco varas do trabalho no interior do Estado e Região Metropolitana de Fortaleza, contratação de 40 servidores efetivos de nível superior, 20 de nível médio e cinco cargos em comissão. O documento segue agora para a sanção da presidente Dilma Rousseff.

As novas varas devem ser instaladas nos municípios de Aracati, Eusébio, Caucaia, Juazeiro do Norte e Sobral. Tanto a instalação das novas unidades quanto as nomeações estão condicionadas à aprovação de recursos na lei orçamentária anual.

A presidente tem o prazo de 15 dias para decidir sobre a sanção da lei que autoriza a ampliação.

(TRT-7)

Pesquisa Ibope – Eudes considera “normal” que Elmano ainda não apareça bem cotado

210 4

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=SO1zy6K0W_A&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=1&feature=plcp[/youtube]

Par o deputado federal Eudes Xavier (PT), nada de o PT se desesperar com o resultado da pesquisa do Ibope, a primeira com prefeituráveis de Fortaleza. Na pesquisa, o secretário municipal da Educação, Elmano Freitas, preferido dele e da prefeita Luizianne Lins, apareceu com 1%. Eudes Xavier diz que é normal, porque Elmano ainda não é conhecido.

Eudes Xavier continua defendendo também a manutenção da aliança do PT com o PSB do governador Cid Gomes, embora a pesquisa do Ibope aponte que o eleitorado não quer essa parceria.

Sucessão 2012 – Deputado culpa direção estadual pela ausência do PMDB na pesquisa

146 4

O deputado federal Danilo Forte (PMDB) manda artigo para o Blog lamentando a ausência do seu partido na pesquisa divulgada pelo Ibope sobre sucessão municipal.Danilo integra bloco que quer o PMDB com candidatura própria. Confira:

A ausência do PMDB na pesquisa sobre a sucessão em Fortaleza demonstra o papel subalterno reservado ao partido pela atitude submissa  de sua direção aos parceiros da aliança construída na Capital. O PMDB tem história, tem musculatura eleitoral e tem sido, inclusive, cobrado pela cidade a apresentar um nome ao pleito. No debate que temos travado internamente sentimos a ressonância, e, nos contatos com grupos organizados, recebemos essa injeção de ânimo pela memória que o fortalezense tem das administrações peemedebistas de Ciro Gomes, Juraci Magalhães e Antônio Cambraia. A despeito desses fatos, a Direção Regional do PMDB insiste em dar uma dimensão menor, subrepticia à presença do partido no processo eleitoral.

A pesquisa comprova cabalmente o que vimos há tempos propagando. A aliança feita em Fortaleza esgotou, exauriu e é repudiada pela cidade, já vilipendiada, atingida pela falência da gestão que se reflete em crises recorrentes na saúde, na educação, na falta de um planejamento que oriente o crescimento da cidade equacionando o grave problema da mobilidade urbana, da ocupação dos espaços públicos, da qualificação das juventudes para os postos de trabalho do moderno mercado  em ocupações como TIC, turismo, indústria cultural.

A pesquisa demarca as forças políticas: a base dos governos Dilma e Cid e as oposições. Isso aumenta a responsabilidade do nosso campo no sentido de construir uma candidatura que vá além de ganhar a eleição. Uma candidatura centralizada em um projeto para Fortaleza capaz de redimir a cidade dessa letargia, falta de gestão, incapacidade administrativa e gerencial. A candidatura do senador Inácio Arruda pode reunir essas aptidões, galvanizando as múltiplas sintonias da Cidade. Precisamos, porém, ter a lucidez necessária de, no afã de ganhar a eleição, não perdermos o projeto de uma gestão comprometida com os anseios da cidade, pactuada com a eficiência social e administrativa.

A eleição não pode abrir espaços para projetos aventureiros, divorciados dos interesses maiores do Fortalezense que são de uma cidade com qualidade de vida para todos os seus moradores.

Danilo Forte