Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Então é Natal…

Em artigo publicado na edição deste sábado (17), no O POVO, o médico, antropólogo e professor universitário Antonio Mourão Cavalcante avalia a época natalina como indústria de consumo e ausência do sentido do nascimento de Jesus. Confira:

Porque é Natal, o coração do ser humano parece mais sensível. Porque existem luzes piscando, há um anúncio de vida. Enfeitamos a cidade na perspectiva da espera.

Enquanto isso, o que fazemos de nossas crianças? O que podem sonhar os nossos adolescentes? As estatísticas falam que muitos morrem como expressão de uma violência bestial. Parece que estas luzes e este espírito mais sensível não se abrem aos que, entre nós, ainda crescem e são nossos filhos.

Quando jovem, eu escutava muito: “você é a esperança e o futuro de nosso país. A nação espera muito de sua juventude, tesouro maior dessa terra.” Talvez fosse uma ilusão.

Hoje, a expressão de pavor quando vemos um jovem significa que ficamos com medo de nosso futuro. Eles devem sentir que não lhes propomos projetos nem sonhos maiores.

Por isso, me invade um sentimento de tristeza quando vejo estas estrelas piscando nos quatro cantos da cidade. Elas não são expressão de alegria e expectativa de boas vindas. Mostram muito mais o interesse do comércio em faturar bem. Vender mais. E, aguçar, em nossos corações, a culpa do presente não trocado. Do presente não comprado. Da mercadoria não consumida…

E os jovens, como veem e vivem o Natal? Eles compreendem estas estrelas que piscam com algum alento? Da parte deles percebo um certo desdém. Nem ousam perguntar que festa é essa? E, por que, nós adultos, falseamos tanto nessa época?

As empresas e repartições, que passam o ano inteiro em disputas e inveja disfarçadas, fazem festas de confraternização e trocam presentes com amigos secretos. As famílias que pouco conversam ou minimamente se entendem montam banquetes com mesa farta. Maria, a mãe do tal menino que a gente comemora o nascimento, era uma jovem adolescente. Ela aceitou o desafio de receber Deus em forma de homem. Ela foi uma jovem cheia de graça. O que está reservado para as Marias de hoje?

Correndo diante dos carros parados no semáforo, a criança olha para dentro do automóvel, estende a caixinha de papelão, balança o braço e pergunta: cadê o meu presente?

Neymar exalta o 'inspirador' Messi na véspera da final

Na véspera da final do Mundial de Clubes entre Santos e Barcelona, Neymar voltou a exaltar o atacante argentin Messi, rival na decisão deste domingo (18), a partir das 7h30min (de Fortaleza), em Yokohama.

“O que o Messi faz é impressionante, por isso ele é o melhor do mundo”, disse o santista, que afirmou que se inspira no camisa 10 dos catalães para desenvolver seus dribles.

“Eu gosto de ver vídeos de craques, como o Ronaldinho, o Ronaldo, o Robinho. Eu vejo o Messi e me inspiro nele em algumas jogadas.”

Na única vez em que dividiu um gramado com o argentino, Neymar saiu derrotado. Foi no amistoso entre Brasil e Argentina, em novembro de 2010. Messi anotou o gol que deu a vitória por 1 a 0 a sua seleção no final do jogo.

“Foi um jogo muito difícil. Ele fez uma partida brilhante, um gol lindo. Eu já o conhecia por ser o melhor do mundo, e naquele jogo ele demonstrou o porquê disso.”

(UOL)

Dilma prevê crescimento de 5% na economia para 2012

A presidente Dilma Rousseff disse nesta sexta-feira (16) que ainda está otimista para o próximo ano, ao afirmar para jornalistas que sua meta de crescimento para 2012 é de 5%. Mas não quis assumir compromisso em levar a inflação para o centro da meta no próximo ano.

Segundo ela, o mais importante é manter uma “curva suave” da inflação em direção ao centro da meta, sinalizando que não irá impor sacrifícios ao crescimento em troca do combate a pressões inflacionárias.

“O meu [cenário] é otimista. Crescimento de 4,5% a 5%. Minha meta é de 5%, de toda a área econômica também”, afirmou Dilma, ao fazer suas previsões para o comportamento da economia no próximo ano.

Questionada se esse crescimento não poderia levar a inflação para o centro da meta, ela, primeiro, disse ter “certeza de que a inflação fica sob controle, fazendo uma curva suave”.

Ou seja, sua orientação para a equipe econômica é seguir com os ajustes moderados na taxa de juros, combinada com estímulos à economia, para criar condições para o país recuperar seu crescimento em 2012 sem permitir uma inflação descontrolada.

(Folha)

Morre carnavalesco Joãosinho Trinta

“Morreu neste sábado, 17, o carnavalesco Joãosinho Trinta, aos 78 anos. Ele estava internado no Hospital UDI em São Luís, no Maranhão, com problemas respiratórios, segundo informações da TV Globo.

Ele permanecia na UTI em estado grave desde o dia 3 de dezembro. Em junho último, o carnavalesco havia ficado internado por quase 40 dias, no mesmo hospital, com pneumonia e insuficiência cardíaca.

Ao longo da vida, o carnavalesco sofreu dois AVCs (acidente vascular cerebral): um em 1997 e outro em 2004. No ano seguinte, ele deixou o comando das escolas de samba do Rio de Janeiro, trabalho que o deixou conhecido.”

(Agência Estado)

PSDB vai pedir informações sobre viagem de Pimentel

O líder do PSDB na Câmara, Duarte Nogueira (SP), vai protocolar requerimentos de informação endereçados aos ministros Fernando Pimentel (Desenvolvimento) e Antonio Patriota (Relações Exteriores) sobre a agenda de compromissos de ambos em Genebra, na Suíça.

O tucano deve apresentar o pedido à Mesa Diretora da Casa na semana que vem. O requerimento tem como base reportagem do jornal “O Estado de São Paulo”, que afirma que Pimentel teria faltado às reuniões na Conferência Ministerial da OMC (Organização Mundial do Comércio).

O “Diário Oficial da União” do dia 14 trouxe, de acordo com a publicação, despacho da presidente Dilma Rousseff autorizando o afastamento de Pimentel do país entre os dias 13 e 16 de dezembro. A justificativa era a participação na Conferência da OMC. O PSDB vai solicitar nos requerimentos a cópia da agenda dos ministros no evento da OMC, relatório das atividades, informações sobre a composição da comitiva sobre quem se fez presente nas conferências e custos da viagem.

“É preciso ter informações a respeito para que seja afastada a hipótese de o ministro ter faltado a compromissos de interesse do país para não ser abordado por jornalistas a respeito das denúncias envolvendo sua atividade de consultor”, justificou Duarte Nogueira.

A estratégia tucana na Câmara é a mesma vista ontem no Senado, quando o líder na Casa, Alvaro Dias (PR), também protocolou requerimento solicitando informações a Pimentel sobre as acusações de suposto tráfico de influência às empresas que o ex-prefeito de Belo Horizonte prestou consultoria antes de se tornar ministro.

Como a base governista “blindou” Pimentel e evitou a convocação do ministro para prestar explicações sobre as acusações tanto na Câmara quanto no Senado, as lideranças da minoria tentam, por meio de requerimentos, continuar a pressão sobre o político mineiro.

(Valor)

IJF Centro ganha maquiagem para receber ministro

313 5

Para receber o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, neste sábado, o Instituto Doutor José Frota (Centro) ganhou maquiagem. Nada de macas com pacientes nos corredores, nada de amontoado de ambulâncias, nada de corredores superlotados e nada do velho cheiro de mercúrio no ar. A turam da limpeza fez o serviço e os agentes da AMC cuidaram do trânsito no entorno, mandando as ambulâncias do Interior sair da área.

O IJF recebeu o ministro, pois está numa lista de 11 hospitais do País contemplados com o Programa SOS Emergência, do governo federal, para melhorar a qualidade dos serviços.

Mas bom mesmo era que o ministro Alexandre Padilha conferisse a realidade nua e crua da maior emergência do Estado. Será que ele não se sensibilizaria e mandava logo aumentar o repasse do SUS do hospital? Maquiagem era prática da gestão Juraci Magalhães, como sempre reclamava, no passado, a então vereadora Luizianne Lins (PT).

(Com relato da Rádio O POVO/CBN)

Hospitais em todo o Brasil fazem mutirão contra câncer de pele

O 1º Mutirão Nacional do Câncer de Pele está sendo realizado neste sábado (17) em hospitais públicos e privados de todo o país. A iniciativa é da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Como parte das ações contra o câncer de pele, o Hospital Federal de Ipanema, na zona sul da capital fluminense, realizou nessa sexta-feira (16) cirurgias em 15 pacientes.

De acordo com o chefe do Serviço de Cirurgia Plástica do hospital, José Luiz Leal, a importância dessa mobilização é procurar tratar o maior número de pessoas com essa patologia. “Quanto mais cedo o paciente faz essa cirurgia, mas rápido ele pode ter a confirmação da lesão e melhor é a reparação dos tecidos. Esses pacientes são acompanhados o tempo que for necessário, ele é acompanho para ser orientado sobre a doença”, disse.

Ainda de acordo com José Leal, todos os pacientes que foram operados ontem têm os três tipos mais comuns de câncer de pele, entre eles o carcinoma base celular, o mais freqüente e menos agressivo. Segundo ele, a doença afeta principalmente as pessoas de olho claro e pele clara e submetidas a exposição inadequada ao sol, cujo efeito é mais agressivo, manifestando-se com mais freqüência depois dos 40 anos de idade.

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica informou, em nota, que “o Mutirão Nacional do Câncer de Pele é uma ação humanitária e filantrópica do Departamento de Ação Social da SBCP destinada a pessoas carentes”. Ainda de acordo com a nota, todos os membros da SBCP, em qualquer parte do território nacional, seja em clinicas ou hospitais públicos e privados, podem participar do mutirão desde que não haja custo para os pacientes.

(Agência Brasil)

Cid vira alvo de protesto dos policiais militares e bombeiros

447 16

O governador Cid Gomes (PSB) virou alvo de protestos, nesta manhã de sábado, quando iniciou giro de visita ao Projeto Metrofor, na Estação São Benedito (Centro), ao lado de deputados estaduais. Um grupo de policiais militares, bombeiros e familiares chegou a cercar o carro do governador em clima de cobranças. Até garrafas pet foram jogadas contra o carro de Cid.

Houve momentos de tensão e o governador tentou conversar com lideranças – entre elas o deputado Capitão Wagner, mas não houve condições. Cid  acabou deixando o local dirigindo seu próprio carro, em meio a vaias, empurrões e palavras de ordem.

Com o governador estavam parlamentares como o presidente da Assembleia Roberto Cláudio, assessores e alguns secretários e o presidente do Metrofor, Rômulo Fortes.

Cid decidiu dar continuidade à agenda de visita ao Projeto Metrofor com os parlamentares. Mas ele não escondeu a surpresa com o ato.

Os cerca de três mil policiais militares e bombeiros – informaram organizadores do ato, faziam caminhada pelas ruas do Centro cobrando melhores condições de salário e trabalho.

Serra diz que governo Dilma não começou

154 1

O ex-governador e ex-presidenciável José Serra afirmou na noite desta sexta-feira que “o governo Dilma Rousseff ainda não começou”. “Vamos torcer para começar no ano que vem”, afirmou.

Ele disse que “não precisa fazer muito frufru e dizer que tem coisas boas e coisas ruins”. “São só propostas malucas, como as do trem bala”.

Serra afirmou que o PT é “bom de publicidade”, o que justificaria, segundo ele, a boa avaliação do governo em pesquisas. “Nisso eles são imbatíveis.”

Disse que Dilma é bem avaliada por conta do marketing da “faxina”.

“Quando, na verdade, não houve faxina nenhuma. Os ministros foram saindo porque a opinião pública pressionou. E ela queria mantê-los. Ainda hoje estamos nessa de ministro saindo”, afirmou, numa referência ao caso Fernando Pimentel.

Segundo Serra, o PSDB não sabe fazer propaganda de suas realizações. Citou as bolsas que existiam no governo Fernando Henrique Cardoso para dizer que Lula as unificou e ficou com os créditos.

(Folha)

O exemplo do estudante de Direito

243 6

Em artigo publicado na edição deste sábado (17), no O POVO, o editor adjunto do Núcleo de Conjuntura do O POVO, Luiz Henrique Campos, avalia o caso do estudante de Direito que se envolveu em uma briga com agentes da AMC. Confira:

É interessante como a nossa sociedade se compadece às vezes do que julga ser o lado mais fraco sem levar em conta os deveres e os direitos de cada um.

Esta semana, ganhou as redes sociais vídeo no qual um agente da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) se envolve em briga de rua com um motorista que acabara de ser multado.

A veiculação das imagens gerou verdadeira horda virtual em solidariedade ao multado, execrando publicamente o servidor público, como se fosse um inconsequente a exorbitar da função para a qual é pago pela sociedade.

Nesta sexta-feira (16), em matéria publicada aqui no O POVO, o estudante não só afirmou ter estacionado em local proibido, como também disse ter atirado ovos no agente da AMC. Nada disso, porém, o fez admitir o erro, pois, segundo ele, isso se deu em virtude de o servidor público não ter aceito as suas justificativas.

Ora, caro leitor, quer dizer que a pessoa para em lugar proibido e ainda quer complacência para com a infração? Já imaginou se todos nos achássemos merecedores dessa distinção? E pior, em não sendo, pudéssemos agredir qualquer agente público?

Naquele dia o jovem infrator saiu do local onde discutia com o agente da AMC para comprar ovos e jogar em seguida no funcionário municipal. Já imaginou se tivesse, por exemplo, com uma arma naquele instante? O mais grave ainda no episódio é que o rapaz é estudante de Direito e a infração foi cometida às portas da faculdade. Ou seja, dentro do prédio da instituição, a filosofia do

Direito; fora dele, o jeitinho como norma.

Não sei como são as notas desse rapaz na faculdade, mas seria bom que o episódio pudesse ser discutido por seus colegas e professores até para que no futuro não corram o risco de perceberem que todo o tempo dispensado ao aprendizado foi em vão.

Morre no Rio de Janeiro o ator e diretor Sérgio Britto

199 1

Aos 88 anos, morreu na manhã deste sábado (17), no Hospital Copa D’Or, no Rio, o ator e diretor Sergio Britto. Um dos maiores ícones do teatro brasileiro, ele estava internado há cerca de um mês, por conta de problemas cardiorrespiratórios. O corpo de Sergio Britto deverá ser velado na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

Diretor, ator, apresentador e roteirista de cinema, televisão e teatro, Sérgio Pedro Corrêa de Britto nasceu em 29 de junho de 1923, no Rio. Filho de um funcionário público e uma dona de casa, ele cresceu no bairro de Vila Isabel, e cursou até o sexto ano de medicina, na Faculdade da Praia Vermelha. Foi na universidade onde Britto teve os primeiros contatos com o teatro amador. Em 1945, abandonou o curso para se dedicar inteiramente à arte dramática.

O ator apresentava o programa semanal “Arte com Sérgio Britto”, exibido aos sábados, às 20 horas, na TV Brasil.

Os 65 anos de carreira foram resumidos no livro “O teatro e eu”, que o ator lançou no ano passado.

(O Globo)

Servidora do TRT é suspeita de desviar R$ 7 mi de indenizações

Márcia de Fátima Pereira era considerada uma funcionária exemplar da 2ª Vara do TRT (Tribunal Regional do Trabalho), em Brasília. Chegava pontualmente às 9 horas e saía, quase sempre, após o fim do expediente, às 18 horas.

Não se incomodava em ser a faz-tudo do local de trabalho: atendia advogados no balcão, organizava festas de aniversário e redigia ofícios para liberação de pagamentos ordenados pela Justiça.

Desde a semana passada, no entanto, Márcia de Fátima é a principal suspeita de ter desviado cerca de R$ 7 milhões de depósitos judiciais — aqueles feitos para pagar indenizações determinadas pela Justiça trabalhista. A informação foi publicada pelo jornal “Correio Braziliense”.

Segundo investigações preliminares da corregedoria do TRT, a funcionária encaminhava ofícios falsos ao Banco do Brasil e à Caixa Econômica Federal, simulando ordens judiciais e indicando contas bancárias para pagamento de indenizações. Mas essas contas eram da própria funcionária, de seu companheiro e de parentes dela.

A Polícia Federal abriu uma investigação depois que fraude foi descoberta por acaso, no começo de dezembro. Em uma visita de rotina à vara, uma advogada percebeu que havia registros oficiais da liberação de um dinheiro que nunca chegou ao bolso de seu cliente e comunicou os chefes de Márcia de Fátima.

Depois de descoberta a fraude, um outro advogado informou ao tribunal que foi enrolado por mais de cinco meses pela funcionária sobre seus pagamentos.

A Justiça havia mandado liberar o dinheiro, mas a servidora alegava problemas burocráticos para cumprir a ordem. Na verdade, os valores já haviam sido transferidos para contas do esquema.

Mesmo com as investigações ainda em andamento, a Justiça ordenou o bloqueio de bens e contas bancárias dos envolvidos. Em uma das contas, havia R$ 3 milhões. Dez carros foram localizados em nome de suspeitos.

Márcia de Fátima está afastada do cargo que ocupava (assistente do diretor da vara) e há duas semanas não aparece no tribunal. Servidora da prefeitura de Luziânia (GO), ela foi cedida ao TRT em 2002 e desde 2006 trabalhava na 2ª Vara.

Os investigadores não descartam a participação de outras pessoas. Porém, o presidente do TRT, Ricardo Alencar Machado, acredita que foi um desvio individual. “Todos os servidores estão se sentindo traídos e chocados”, diz.

Casa registrada em nome de Márcia de Fátima, em Sobradinho (DF), estava fechada anteontem. Ela não atendeu os telefonemas da Folha.

(Folha)

Soldado acusado de vazar documentos vira pedra no sapato de Obama

Começou nesta sexta-feira (16) a audiência para determinar se o soldado americano Bradley Manning deve ser submetido à corte marcial sob acusação de ter vazado cerca de 260 mil documentos militares sigilosos dos EUA ao site WikiLeaks, num dos maiores casos de vazamento de inteligência da história do país.

Visto como herói por ativistas antiguerra e traidor por quem alega que o vazamento colocou vidas em risco, Manning passou, em pouco tempo, de uma pessoa desconhecida a uma pedra no sapato do governo americano. De sua cela, não muito longe da Casa Branca, Manning se converteu em uma causa célebre para ativistas de direitos humanos, bem como um símbolo para críticos progressistas da Presidência de Barack Obama.

Manning, que enfrenta mais de 22 acusações – incluindo uma de “colaborar com o inimigo” -, é acusado pelo Pentágono de transmitir ao WikiLeaks centenas de milhares de documentos oficiais relacionados às guerras do Iraque e do Afeganistão, vídeos comprometedores e milhares de telegramas do Departamento de Estado americano.

O soldado, que neste sábado (17) completa 24 anos, está há desde 2010 preso no Estado da Virgínia, incomunicável, aguardando uma data para seu julgamento. Se condenado, pode ser sentenciado à prisão perpétua.

Protestos

Segundo seu advogado, David E. Coombs, Manning tem sofrido “humilhações” no cárcere, e não pôde ser visitado por um relator especial da ONU sobre tortura nem por integrantes da ONG Anistia Internacional, que queriam verificar seu estado de saúde.

As condições em que ele está preso se converteram em motivo de protesto para defensores de direitos humanos e em uma dor de cabeça para Obama, que foi forçado a responder às queixas dos ativistas progressistas que ajudaram em sua campanha à Presidência em 2008 e cujo apoio ele necessitará para o pleito presidencial de 2012.

“Se Manning é culpado, que seja julgado, condenado e castigado conforme a lei. Mas seu tratamento deve respeitar a Constituição (…). Não há desculpas para este tratamento degradante e desumano antes de um julgamento”, escreveram mais de 250 acadêmicos e juristas em uma carta aberta a Obama.

Em resposta, Obama disse recentemente que o tratamento dado a Manning não é excessivo, alegando que o Pentágono lhe assegurou que as condições de prisão “são apropriadas e cumprem nossos requisitos básicos”.

O caso Manning também provocou baixas dentro do próprio governo Obama. O ex-porta-voz do Departamento de Estado PJ Crowley renunciou em março após criticar publicamente as condições de prisão do soldado.

Mas se por um lado progressistas se queixam de possíveis excessos, de outro, críticos à direita pedem que Manning seja tratado com ainda mais rigor pelo governo.

“Diria que este caso deveria considerar a pena de morte (para Manning). Ele claramente colaborou com o inimigo de uma forma que poderia levar à morte de um soldado americano ou daqueles que cooperaram conosco”, disse em entrevista o congressista republicano Mike Rodgers.

Vazamento

Os documentos cujo vazamento é atribuído a Manning tiveram grande repercussão internacional quando foram divulgados pelo WikiLeaks e por jornais de todo o mundo. Um dos vídeos vazados mostrava um helicóptero militar americano matando 12 pessoas – entre elas dois jornalistas – em Bagdá, em 2007. O WikiLeaks também divulgou milhares de telegramas diplomáticos e militares relacionados à guerra iraquiana, colocando a diplomacia americana em saias justas.

Ainda que o WikiLeaks não tenha dito quem vazou os documentos, Manning foi delatado por um hacker. O soldado foi então preso em julho de 2010. Em comunicado, o WikiLeaks declarou que, “se Manning é de fato a fonte (do vazamento), ele conseguiu sozinho mudar a vida de centenas de milhares de pessoas para melhor”.

O argumento do WikiLeaks é de que o material contribuiu para a Primavera Árabe e “expôs torturas e erros em todos os cantos do mundo, responsabilizando diplomatas e políticos por palavras, acordos e pactos realizados a portas fechadas”. Por outro lado, críticos dizem que os vazamentos divulgaram segredos que podem expor militares americanos e seus colaboradores em missões ao redor do mundo.

(BBC Brasil)

Papai Noel existe

162 1

Cid Gomes recebeu como a “melhor notícia do ano” a assinatura do contrato da Posco com Vale e Dongkuk para a construção da siderúrgica. Nesta sexta-feira (16), no Rio, ele conferiu o ato com carinha de criança recebendo presente de Natal. E não é para menos. Com um contrato assinado – e não só um protocolo de intenções – a siderúrgica finalmente fica mais próxima da realidade.

(Vertical / O POVO)

Vamos nós – É a Cidrúrgica, é?

MP alerta: 2012 será um ano de ainda mais prisões

288 1

Em 2011 as investigações do Ministério Público Estadual (MPE) foram responsáveis pela prisão de três prefeitos do Interior cearense por improbidade administrativa: Marcos Alberto Martins (PSC), de Nova Russas; Antonio Teixeira (PT), de Senador Pompeu; e, nesta semana, Pedro José Philomeno (PSDB) de Pacajus. Para 2012, a expectativa é que o número de prisões seja ainda maior. Isso porque, até o momento, em apenas 30 dos 80 municípios em que o MPE tem suspeitas de irregularidades as investigações foram finalizadas.

“Dos 30 casos já investigados, em todos já fizemos a ação civil pública por ato de improbidade administrativa”, diz Ricardo Rocha, promotor de Justiça de defesa do patrimônio público e assessor da Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (Procap). “Vem muito mais por aí. Há muitas investigações avançadas comprovando também fraudes em licitações e desvio de dinheiro publico”, diz Rocha.

Os crimes que levaram prefeitos à prisão até agora, segundo o Ministério Público, estão relacionados com desvio de dinheiro público por meio de licitações fraudulentas. Além de chefes do Executivo, as ações do MPE, iniciadas em 2008, resultaram no afastamento e na prisão de vice-prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, secretários municipais, empresários e até parentes de gestores.

Para o promotor da Procap, Eloílson Landim, o que se viu em 2011 foi o resultado do trabalho que teve início com o desdobramento da Operação Desmonte, que investigou fraudes em licitações em todo o Estado envolvendo as empresas de Raimundo Morais, o Moraisinho. “Em 2011 houve o maior número de ações porque é exatamente o fim das investigações”. Para Eloílson, uns dos fatores que têm contribuído para a eficiência da Procap é a liberdade dada pela procuradora geral do Estado, Socorro França, que deixa o cargo em janeiro. “Nesse ponto ela foi formidável”.

Temor

No entanto, a mudança no comando do Ministério Público preocupa Eloílson. Tudo porque o novo procurador geral, que deverá ser escolhido pelo governador Cid Gomes (PSB) nos próximos dias, poderá mudar a equipe da Procap. “Todo o material que a gente colheu desde 2008 vai desaguar em 2012. Nós ainda temos várias ações para propor”. Ele diz que a expectativa, “se nos deixarem aqui (na Procap)” é que em 2012 haja ainda mais ações, após as conclusões dos inquéritos que estão na Polícia Federal.

(O POVO)

Luizianne, parcialmente, repete Juraci

175 1

A iniciativa da Prefeitura de Fortaleza, de conferir adicional do 13º salário para os professores da rede pública, repete, parcialmente, gesto de Juraci Magalhães, antecessor de Luizianne Lins.

O ex-prefeito havia herdado o cargo de Ciro Gomes em 1990. Eram tempos de hiperinflação. Ele mesmo admitia que a conjuntura econômica permitia o excedente de arrecadação, o que tornou possível pagar um 14º salário inteiro – não apenas 40% do 13º. E o benefício se estendeu a todos os servidores.

Na política, raramente um fenômeno tem causas isoladas. Mas aquele gesto contribuiu para a popularidade que Juraci manteve por muito tempo perante o funcionalismo, em contraponto com a imagem de carrasco dos servidores ostentada pelos governos que se sucederam – de Ciro Gomes e Tasso Jereissati.

Tal reputação ajudou a sustentar o domínio político da Capital por mais de uma década.

(Coluna Política / O POVO)

Papa recomenda atenção frente à frustração econômica dos jovens

Os líderes políticos precisam enfrentar urgentemente a “crescente sensação de frustração” entre os jovens por causa do desemprego e da condição econômica global, a fim de assegurar a paz na sociedade, disse o papa Bento 16 nesta sexta-feira (16).

Em mensagem por ocasião do Dia Mundial da Paz, celebrado pela Igreja Católica em 1º de janeiro, o papa disse que os jovens precisam de esperança e orientação, num momento em que sofrem para conseguir emprego e formar uma família.

“O ano que está terminando foi marcado por uma crescente sensação de frustração com a crise que paira sobre a sociedade, sobre o mercado mundial de trabalho e sobre a economia”, afirmou. “É importante que essa intranquilidade e que o idealismo subjacente recebam a devida atenção de todos os níveis da sociedade”.

O ano de 2011 foi marcado por protestos no mundo todo contra a desigualdade econômica e a cobiça corporativa, e muitas dessas manifestações foram iniciadas por pessoas vitimadas pelo desemprego e pela alta dos custos educacionais.

A mensagem do papa é tradicionalmente enviada a líderes estrangeiros e a instituições internacionais, como a Organização das Nações Unidas. Em outubro, o Vaticano já havia divulgado um documento propondo amplas reformas na economia mundial, e a criação de uma autoridade ética global para regulamentar os mercados financeiros.

“Parece que uma sombra caiu sobre a nossa época, impedindo-nos de vermos claramente a luz do dia”, disse o papa.

O pontífice alertou que o foco excessivo nos lucros e bens materiais ameaça a dignidade humana, e propôs uma nova mobilização pela justiça social, como forma de aplacar os temores dos jovens.

Na entrevista coletiva em que apresentou o documento, o cardeal Peter Turkson, chefe do Departamento de Justiça e Paz do Vaticano, disse que a mensagem pontifícia se aplica também ao mundo árabe, onde várias das recentes rebeliões pró-democracia foram iniciadas por jovens.

“Certamente o desafio representado pelos jovens aos governos tem sido um aprendizado para muitos chefes de Estado da África”, disse o cardeal ganense.

Na sua mensagem sobre a paz, Bento 16 disse que os jovens não devem ter medo de trabalhar arduamente e se comprometerem com um futuro melhor, e que podem inspirar as gerações mais antigas por meio dos seus esforços para superar a injustiça e a corrupção.

 “Jovens, vocês são um dom precioso para a sociedade. Não cedam ao desânimo diante das dificuldades, e não se abandonem a falsas soluções que frequentemente parecem a forma mais fácil de superar os problemas.”

(Reuters)

Sesa confirma primeiro caso em Fortaleza este ano

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) confirmou nesta sexta-feira (16) o primeiro caso de infecção pelo vírus H1N1 (causador da chamada gripe suína) em Fortaleza. Em uma semana, esse foi o único caso da doença confirmado pela Sesa no Ceará. Com isso, passa para 23 o número de infectados pela gripe A no Estado: um em Fortaleza, 18 em Pedra Branca, dois em Quixadá e dois em Boa Viagem, cidades do Sertão Central.

Os casos notificados como suspeitos passaram de 819 para 859 em 2011. Já os casos descartados evoluíram de 13 para 19 no acumulado do ano. De acordo com o coordenador de promoção e proteção à saúde do Estado, Manoel Fonsêca, não há casos em investigação pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), pois, segundo ele, todos foram confirmados ou descartados.

Na avaliação da Sesa, o surto da gripe A, iniciado em novembro em Pedra Branca, está controlado. “Não tivemos nenhum paciente internado, nem óbitos. O número de notificações diminuiu drasticamente para uma média de quatro por dia. No pico (do surto) eram 160 casos”, compara Fonsêca.

De acordo com o médico da Sesa, o caso confirmado em Fortaleza é de uma mulher com mais de 60 anos, atendente de consultório médico. “Provavelmente não tomou vacina este ano. Todo profissional de saúde precisa se vacinar porque se expõe mais”, aponta.

Para o gerente de vigilância epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Antônio Lima, o caso de Fortaleza é isolado e já foi tratado. “Não encontramos uma cadeia que vinculasse o caso a Pedra Branca, mas ainda está em investigação”, diz.

Segundo Lima, a SMS vai manter estoque do remédio que trata a gripe A. Para a população, as recomendações são evitar se expor por muito tempo em locais aglomerados, lavar bem as mãos e fazer uso do álcool em gel. Em casos de febre alta e tosse, procurar a unidade de atendimento mais próxima.

(O POVO)