Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Dia do Administrador tem destaque na Assembleia Legislativa

A Assembleia Legislativa realizará nesta quarta-feira, a partir das 9 horas, sessão solene em homenagem ao Dia do Administrador. Na ocasião, receberão homenagens a presidente do Grupo de Comunicação O POVO, jornalista Luciana Dummar, e a ex-primeira dama do Estado, empresário Renata Jereissati. Elas integram uma lista de seis administradores que receberão placa nessa ocasião.

Oficialmente, a data é comemorado no dia 9 de setembro, mas foi antecipadas em razão da agenda dos membros da mesa diretora, todos em campanha eleitoral. A iniciativa é do Conselho Regional de Administração, Associação dos Administradores do Estado e Sindicato dos Administradores do Ceará.

Presidente nacional do PT vem se engajar à "Onda Vermelha" pró-José Pimentel

“O presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, está sendo agendado para vir ao Ceará no próximo dia 13. Aqui, segundo o coordenador-executiva da campanha pró-Dilma Rousseff no Estado, vereador Acrísio Sena, ele se engajar na ação “Onda Vermelha”´em favor da candidatura de José Pimentel ao Senado.

Essa mobilização ficou acertada durante reunião, nesta semana, entre a cúpula do PT e prefeitos, vice-prefeitos e parlamentares da legenda que querem assegurar vaga para Pimentel, seguindo orientação do diretório nacional de que conquistar espaços no Senado é prioridade, pois ajudaria uma futura gestão dilmista.

Foi no Senado que o Governo Lula registrou suas maiores derrotas como a não prorrogação da CMPF que, no passado, era bombardeada pela legenda.”

(Coluna Vertical, do  POVO)

"Nosso lar" bate recorde de público

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=3EcOGAxYPHo[/youtube]

Mais de meio milhão de pessoas foram aos cinemas, no último fim de semana, para ver Nosso Lar. O resultado reforça a onda de sucesso no Brasil de produtos culturais ligados ao espiritismo. Inspirado no livro homônimo de Chico Xavier, o longa-metragem que mostra a vida após a morte foi visto por pelo menos 520 mil pessoas. O dado contabiliza 100% das bilheterias de sexta e sábado e 90% das de domingo (a distribuidora Fox não tinha o resultado final até a última segunda).

Ainda que parcial, a contagem já faz de Nosso Lar, do jovem diretor Wagner de Assis, a segunda maior estreia de filmes nacionais no ano. A primeira é também espírita, Chico Xavier, de Daniel Filho, visto por 585 mil pessoas no primeiro fim de semana.

Lúcio dará coletiva para comparar sua gestão com a atual e mostrar quem foi tocador de obras

O candidato a governador pelo PR/PPS, Lúcio Alcântara, dará entrevista coletiva a partir da 14 horas, em seu comitê central. O objetivo é iniciar uma nova fase de sua campanha, na qual vai comparar os números de sua administração – entre 2003 e 2006, com os dados da gestão do governador Cid Gomes (PSB), que postula reeleição.

Lúcio diz que vai mostrar que o desempenho de Cid Gomes muito tem a ver com a sua herança administrativa. “Vamos demonstrar a nossa superioridade de obras em relação à gestão atual”, promete.

Dados preliminares liberados pela assessoria de Lúcio informam que a gestão dele realizou mais de 19 mil obras de pequeno, médio e grande porte em todos os 184 municípios do Ceará e que geraram 112 mil empregos.

Parada Gay do Recife terá veto a políticos

“Com expectativa de atrair 200 mil pessoas, a 9ª edição da Parada da Diversidade de Pernambuco, terá o ex-BBB Serginho como a única atração nacional e a campanha política nos trios não ocorrerá durante o percurso, na orla de Boa Viagem, no próximo domingo, dia 12. Pelo menos dois blogueiros da cidade já prometeram, nos bastidores, sair do armário na festa. Um deles vem do Maranhão especialmente para o evento.

A decisão de vetar a defesa de candidatos nos trios foi das entidades que fazem parte do Fórum LGBT do Estado, responsável pela organização do evento em acordo com os donos dos carros gigantes de som. Este ano, a política não foi usada nem mesmo para patrocinar atrações de peso como acontece em cidades como Fortaleza, Salvador e, principalmente, São Paulo.

“O que vai se ver na avenida será aquele caranval típico de outras Paradas do país com direito a um representante nacional dos gays que conquistou a simpatia do público ao se revelar, na própria pele, um homossexual antenado com moda e comunicação na casa do Big Brother. O ex-BBB Serginho é o presente da empresária Maria do Céu para uma Parada que ela sempre apoiou desde os primeiros passos”.

De novidade, o evento traz o pequeno aumento do percurso ao sair do ponto da avenida na altura do Recife Palace Hotel e se estender até o segundo jardim da avenida beira mar.

No palco, montado na altura do edifício Acaiaca vão se apresentar atrações locais como a cantora Gerlane Lops e seu samba dançante, uma unanimidade entre o público gay local.

ENTRE A FANTASIA E A LIBERDADE

“Entre os nove trios elétricos confirmados até agora, um deles deve repetir o sucesso de outros anos. Quando a boate Metrópole aparece na avenida sobre rodas traz com ela a sua clientela vip, as fantasias de luxo, os go-go boys mais desejados e a melhor trilha sonora. O quesito som foi entregue, mais uma vez, ao Dj Paulo Pringles, o queridinho das baladas gays do país”, dizem os organizadores.

Enquanto Serginho vai reinar como estrela, outros, não tão famosos, como o cabeleirerio Bruno Stephanie, prometem chamar ainda mais a atenção com sua homonagem ao cantor Michael Jackson, tal qual Ivete Sangalo fez em Nova York, ele garante.

As fantasias no trio da Metrópole chegam a revelar poder como a que Almir Cardoso vai usar toda feita com penas de faisão. Mais atenção ainda deve chamar a própria dona da festa, Maria do Céu, na pele de Amy Winehouse, e a Dj Adriana Pax, loira e transformada na Lady Gaga nordestina. Ninguém vai escapar, entretanto, do olhar crítico do estilista pernambucano Valério Araújo, outra presença confirmada.

Pisando na avenida, quem promete chamar a atenção é o bloco dos “brothers bears”. Um time de homens, cujo perfil se enquadra nos chamados “ursos”, vai aproveitar o embalo do trio de Metrópole para dançar e mandar o recado uniformizados.

Não são apenas eles que garantem o figurino para a festa. A corrida nas lojas do bairro de São José, área central do Recife, já começou. O lugar é como a 25 de Março, em São Paulo, e tem da peruca verde à meia arrastão, além dos acessórios na base de muito brilho.

SERVIÇO

9ª PARADA DA DIVERSIDADE DE PERNAMBUCO
Data: domingo, 12 de setembro
Concentração: avenida beira mar na altura do Edifício Acaiaca
Horário: a partir das 9 horas
Saída do desfile: 12:30 de frente do Recife Palace Hotel
Número de trios: 9 confirmados até agora

(JC Online e Assessoria do Evento)

Paróquia de São Vicente de Paulo promoverá a " IV Caminhada da Família"

A Paróquia de São Vicente de Paulo, situada na Av. Desembargador Moreira, 2211, promoverá,  de 18 a 27 deste mês, a Festa de São Vicente e Santa Luisa de Marillac no Ano Jubilar – 350 anos.

Segundo o pároco, Raimundo Neto, será realizada nesse período também a IV Caminhada da Família com São Vicente.

No encerramento da caminhada, a presença da cantora Jake, com show às 17 horas.

Filhos de Chico Mendes pensam em disputas futuras

“Herdeiros do legado da luta ambiental deixado por Chico Mendes, assassinado em 1988 no município de Xapuri, interior do Acre, Elenira Mendes, de 26 anos, e Sandino Mendes, de 24 anos, estudam a possibilidade de levar a causa do pai adiante como candidatos em eleições futuras. Com uma história de vida marcada pela violência no campo, os filhos do líder seringueiro cresceram ouvindo de terceiros a importância do movimento liderado pelo pai. A convivência com os companheiros de Chico Mendes e a proximidade com a política desde os primeiros dias de vida tornam a carreira pública um caminho quase inevitável para os dois.

Elenira, formada em Administração de Empresas e pós-graduada em gestão de recursos ambientais, estuda agora Direito já pensando em seu futuro político. Entre o PT, partido do qual o pai foi um dos fundadores no Acre, e o PV, Elenira optou em 2007 pelos verdes. “Na última imagem dele com vida, meu pai aparecia correndo com uma bandeira do PV no Rio. Para mim simbolizou algo muito forte”, lembra. No Acre, Elenira é uma das mais engajadas na campanha da presidenciável do PV, Marina Silva. “Marina é a melhor representante dos ideais do meu pai”, diz.

Por ser filha do líder seringueiro e, como consequência, ter um potencial de votação expressivo, ela teve a oportunidade de lançar candidatura a prefeita de Xapuri na eleição de 2008, mas recusou o convite para não confrontar o poder hegemônico do PT no Estado. “É um poder legítimo, os petistas construíram isso. Agora nós temos de construir isso também. A alternância de poder tem de ser administrada”, justifica Júlio Pereira, presidente de honra do PV estadual.

Este ano, Elenira teve a chance de disputar pela primeira vez uma eleição para deputada federal, mas também não se sentiu à vontade. “Não aconteceu agora, mas na próxima eleição isso vai acontecer”, prevê o presidente do PV acreano. “Vai chegar o momento. E eu tenho interesse sim “, admite Elenira. A prioridade agora é construir sua carreira política e cuidar da filha de seis anos, Maria Luisa. “A gente não pode se lançar de qualquer jeito. Conto com a força extra da Marina, é bom tê-la do meu lado.”

Semelhanças

Sandino não se lembra da curta convivência com o pai porque Chico Mendes foi morto quando ele tinha dois anos de idade. Do pai ele carrega a semelhança física e o envolvimento com trabalhadores rurais – ele coordena um programa do Ministério do Desenvolvimento Agrário no Acre. Além da aparência física, Sandino ganhou do pai o nome, uma homenagem ao líder guerrilheiro nicaraguense Augusto César Sandino. O nome de Elenira também foi uma escolha do pai em homenagem à guerrilheira do Araguaia Elenira Rezende.

Consciente de que provoca um “encantamento” natural nas pessoas por ser filho de Chico Mendes, Sandino sabe que carrega nas costas a “obrigação” de ser um exemplo. “Minha missão é não deixar que a história dele se apague”, afirma.

Sandino é frequentemente questionado sobre suas intenções políticas e até sofre pressão para se filiar a um partido e se candidatar, mas diz que ainda não é o momento. “Não sei se me elegeria fácil. As pessoas perguntam, mas eu não tenho essa certeza, apesar de saber que meu nome é forte. Mas isso é para o futuro”, desconversa.

“Eu nunca pensei nisso, deixei para eles. Mas uma hora Sandino e Elenira entram na política”, acredita Ilzamar Mendes, mãe dos filhos de Chico Mendes.”

?(Agência Estado)

No desfile da Beira Mar, estudantes de História pedem abertura dos arquivos da ditadura

87 2

Eis nota que estudantes do curso de História de todo o País, incluindo Fortaleza, distribuiram, neste 7 de Setembro, durante as manifestações pela Semana da Pátria. Após o encerramento do desfile militar na avenida Beira Mar, houve um protesto. Confira a nota:

NOTA DOS ESTUDANTES DE HISTÓRIA

O 7 de Setembro, feriado de comemoração da Independência do Brasil, é imediatamente associado aos desfiles militares que ocorrem em todas as regiões do país. Com seus uniformes de gala e suas tradicionais bandas de música, os militares fazem um espetáculo que é agradiado com os maiores elogios da grande impresna, aparentando se tratar de um ato de afirmação da imponência da nação brasileira. Nesse momento cabe levantarmos o questionamento : qual a utilidade, de fato, dos deesfiles militares od 7 de Setembro? O que eles transmitem para a população? O que significa o ato para as próprias forças armadas? Não precisamos recuar muito na história do Brasil para compreendermos que os militares sempre acreditavam ser portadores da capacidade de gerir o país – a ditadura civil-militar que vigorou de 1964 a 1985 foi um capítulo triste e que ainda permanece obscuro em nossa história.

Os que ousaram ser contrários ao regime militar e se manifestaram, de qualquer forma possível, sofreram a truculência e o autoritarismo do regime: foram pelo menos 30 mil torturados e milhares de pessoas mortas ou que ainda permanecem “desaparecidas”. Sequer podemos definir exatamente esses números, pois os arquivos do governo brasileiro relativos a esse período permanecem fechados, inviabilizando nosso direito a memória sobre o período e impossibilitando que os familiares desses mortos saibam do paradeiro real de seus entes queridos.

Pelos motivos exposto é que neste 7 de Setembro nós, estudantes de história de todo o Brasil, resolvemos ocupar as ruas e ressaltar a importância desse debate para a sociedade brasileira, que está ligado a uma questão mario: o da “democracia” que vivemos e qual projeto de sociedade interessa ao povo brasileiro.

Pela Abertura dos Arquivos da Ditadura!
Por democracia plena e respeito aos direitos humanos!
Contra a Criminalização da Pobreza e dos Movimentos Sociais!

Federação do Movimento Estudantil de História.

(Com Blog Contrponto Fortaleza)

Serra ataca Dilma em programa eleitoral

“A chapa de José Serra (PSDB) reservou para a tarde deste Sete de Setembro novos ataques à adversária Dilma Rousseff (PT). Na propaganda de TV, o tucano deixou de fora a quebra do sigilo fiscal da filha Veronica para acusar a petista (que nega responsabilidade no caso), como vinha fazendo nos últimos dias. A estratégia da vez foi pegar imagens do próprio programa de Dilma e voltá-las contra a candidata. O “tiro pela culatra” teria sido a gravação da campanha petista numa biblioteca da Universidade de Brasília fechada há mais de seis meses.

As cenas –com atores que comparecem em todos os programas de Dilma– foram registradas no espaço que, segundo a narrativa tucana, está indisponível aos estudantes por falta de amparo federal. Outras falhas também teriam sido maquiadas pela campanha de Dilma. Ela aparece, por exemplo, fazendo promessas –não vingadas– para uma creche em Brasília. Uma mãe (não identificada, com voz distorcida) acusa Dilma: “Ela veio pra fazer propaganda, pedir voto”.

Antes de mostrar um hospital na Bahia “que quase não funciona”, apesar de ter servido como vitrine para Dilma, locutor diz que adversária de Serra “mais uma vez tentou confundir o eleitor”. Seriam erros da gestão de Luiz Inácio Lula da Silva –que, contudo, nunca é citado, conforme diretrizes tucanas de não bater de frente com o presidente. O resto do programa enumera feitos atribuídos a Serra, como o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), o Mãe Paulistana e o Bolsa Alimentação (“que virou Bolsa Família”).

Algumas promessas estrearam no horário eleitoral, como a de criar o Ministério da Segurança e o Cadastro Nacional de Criminosos. No discurso inicial, Serra também faz críticas indiretas a petista quando diz que alguém deve construir a sua vida pelo próprio mérito. “O sonho da independência está na cabeça e no coração de todos os brasileiros. É um sonho de um país melhor, mas também é um sonho pessoal, de construir a própria vida, progredir pelo mérito, subir passo a passo pelo próprio esforço, sem se aproveitar de ninguém”, afirmou o candidato.”

 (Folha.com)

Feriadão – Balanço parcial registra 51 acidentes nas estradas

“A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) contabilizou 51 acidentes nas estradas cearenses, no período das 16 horas da última sexta-feira até a manhã desta terça-feira, segundo balanço parcial da Operação 7 de Setembro.

Foram 38 pessoas feridas e 16 vítimas de acidentes fatais. Somente nas últimas 24 horas, foram 15 ocorrências que resultou em seis pessoas feridas e seis mortes.

Lei Seca

Dois motoristas foram presos por dirigirem alcoolizados no município de Maracanaú, Região Metropolitana de Fortaleza. A PRE apreendeu 3 veículos e 12 carteiras de habilitação não regularizadas. ”

(O POVO Online)

TRE/CE instala comissão paralela de votação nesta 5ª feira

“A comissão de votação paralela do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) será instalada nesta quinta-feira, às 8h30min, na sala de sessões do tribunal, com a participação de representantes de partidos políticos e entidades convidadas como OAB-CE, FIEC, CDL, ACI, Acert, UFC, Unifor e UECE, entre outras. Na ocasião, serão escolhidos os fiscais dos partidos que acompanharão o transporte das urnas eletrônicas sorteadas para exame, no dia do pleito. Ainda na quinta-feira serão distribuídas e preenchidas as cédulas das urnas de lona que participarão do teste de segurança da urna eletrônica.

A comissão de votação paralela, presidida pelo juiz Antônio Carlos Pinheiro Klein Filho, tem como atribuição básica testar o funcionamento e segurança das urnas eletrônicas, por amostragem. Este trabalho é feito em todo o Brasil e no Ceará participam desse teste três urnas eletrônicas sorteadas na véspera do pleito. Inicialmente são preenchidas cédulas com os votos para os candidatos. Essas cédulas são guardadas em urnas de lona, lacradas para serem abertas somente no dia da votação. Na vésperas do pleito são sorteadas três urnas eletrônicas para teste, sendo duas do interior e uma da capital.

No dia três de outubro, em um ambiente semelhante ao de uma seção eleitoral, as urnas de lona são abertas e os votos digitados nas urnas eletrônicas. No final o resultado de cada urna de lona é comparado com o da urna eletrônica. Todo o ambiente é gravado para dirimir qualquer dúvida sobre o processo.”

(Site do TRE-CE)

Governadora do Pará gasta R$ 109 mil em "brindes para doação"

“O governo do Pará, da candidata à reeleição Ana Júlia Carepa (PT), fez, em agosto, uma licitação para comprar 2.360 “brindes para doação”, segundo o “Diário Oficial”.

O governo gastará R$ 109,4 mil nas aquisições de 360 liquidificadores (R$ 62 cada), 480 ferros de passar (R$ 31,2), 480 garrafas térmicas (R$ 13,3), 360 ventiladores (R$ 44,9), 480 panelas (R$ 34,3 cada) e 200 bicicletas (R$ 165 cada).

O pregão eletrônico foi vencido por duas empresas, mas, segundo a assessoria do governo, não foi homologado, o dinheiro não foi pago e os produtos não foram entregues -o que será feito só após as eleições. A compra, diz, é para um estoque para catástrofes naturais.”

(Correio Braziliense Online)

Prefeitura vai anunciar redução da carga horária das assistentes sociais

78 2

A secretária municipal de Assistência Social de Fortaleza, Elaene Rodrigues, vai anunciar nesta quarta-feira, às 9 horas, no auditório do Imparh (Avenida João Pessoa), a redução da carga horária para os Assistentes Sociais que compõem o quadro de profissionais do órgão. A medida tem como base a lei federal n° 12.317, sancionada pelo Presidente Lula no último dia 26 de agosto, que diz ser de 30 horas semanais a duração do trabalho de Assistentes Sociais no país. A nova lei garante, ainda, que profissionais já contratados tenham sua jornada de trabalho adequada à nova resolução, sem redução de salários.

A nova medida “não causará problemas à população que utiliza os serviços da Política Municipal de Assistência Social”, garante a secretária. Todas as unidades – Cras (Centro de Referência de Assistência Social); Creas Fortaleza (Centro de Referência Especializado de Assistência Social); CAPR (Centro de Atendimento à População de Rua); EAN (Espaço de Acolhimento Noturno), Casa de Passagem Elisabete de Almeida Lopes e postos de atendimento do Cadastro Único– manterão seus horários de funcionamento. Para isso, o Gabinete da Semas se reuniu com as coordenadoras das Proteções para montar a nova escala de trabalho.

Vem aí o Catálogo da Indústria Têxtil Cearense

“O Sindicato das Indústrias de Fiação e Tecelagem em Geral do Estado do Ceará (Sinditêxtil) vai lançar, às 19 horas dessa quinta-feira, a primeira edição do Catálogo da Indústria Têxtil Cearense. Durante o evento, no auditório da Fiec, serão apresentados os últimos resultados do setor no estado. Na ocasião, os convidados conferem duas palestras: “Tendência no Mercado de Baixa Renda e sua Relação com a Moda”, com o diretor da Data Popular, Renato Meirelles; e “A Trajetória de Lino Villaventura – 30 Anos de Criação e Moda Brasileira”, a ser ministrada pelo estilista, que apresenta ainda vídeo com making of de sua nova coleção para os convidados. O evento marca os 75 anos de fundação do Dintêxtil, que durante o ano de 2010 tem como foco principal o desenvolvimento da indústria da moda cearense, fortalecendo a cadeia produtiva.

Ao todo, 16 empresas cearenses são apresentadas no catálogo, que fala sobre sua história e, especificamente, seus produtos. “O catálogo será uma ferramenta essencial para que as empresas possam adquirir matéria-prima dentro do próprio estado, trazendo benefícios a todos. A ideia é que o catálogo sirva também de incentivo aos empreendedores que desejam investir na implantação de uma fábrica de confecção e aos designers de moda, que muitas vezes não têm a dimensão do potencial da indústria têxtil cearense”, explica o superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/CE), Carlos Cruz.

O catálogo foi elaborado em parceria com o governo do estado, Sebrae, FIEC, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI/CE), Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico (Cede) e Agência de Desenvolvimento Econômico do Estado do Ceará (Adece).

Alguns números

– Em 2008, o Ceará ocupou o quinto lugar no ranking do Produto Interno Bruto (PIB) têxtil brasileiro, com 6,6% do mercado, ficando atrás somente de estados do Sul e Sudeste.

– O faturamento do setor têxtil cearense em 2008 foi de U$ 2,84 bilhões.

– O setor têxtil cearense possuía, em 2008, 1.980 empresas e 5.965 estabelecimentos, que empregavam um total de 108.900 pessoas.

– O setor de confecções representa 17,5% do PIB da indústria de transformação e 4,1% de todo o PIB nacional.

– No país, a cadeia produtiva da confecção é responsável por aproximadamente 1 milhão 650 mil empregos diretos e mais de 8 milhões de indiretos.

 (Portal Fiec)

No Cariri, parlamentar reforça discurso por união entre Eunício e Pimentel

Landim aposta no “time completo”

Batendo na tecla de que o adversário dos lulistas no Ceará é o senador tucano Tasso Jereissati, o deputado estadual Welington Lanidm (PSB) intensifica, na Região do Cariri, a “Onda Verde” pró-Eunício Oliveira e o “Setembro vermelho” pró-José Pimentel. Ele tem percorrido os municípios da área procurando, como informa, sensibilizar o eleitor da importância de se votar “no time completo”.

O “time completo” ao qual Welington Landim faz referência é formado pelos aliados. Landim vem apregoando que o governo federal com Dilma Rousseff (PT) à frente, vai precisar de maioria no senado e que, para tocar projetos essenciais, isso exigirá que os candidatos de Lula sejam votados e trabalhem unidos.

Em Brejo Santo, um dos seus redutos políticos, Welingotn Landim montou comitê conjunto e pediu aos seus apoiadores que façam o mesmo. “Eunício e Pimentel precisam ser eleitos. Nosso adversário é outro!”, repete o discurso o parlamentar.

(Foto – Fco. Santos)