Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Fascismo mostra a cara

382 4

Da Coluna Valdemar Menezes, no O POVO deste domingo (18):

O assassinato da vereadora Marielle Franco (Psol-RJ) é uma demonstração clara da enrascada em que se meteu o Exército ao aceitar comandar a intervenção militar no Rio de Janeiro.

Os indícios de retaliação contra a vítima são claros e, certamente, viria de quem se sentiu incomodado pelas suas denúncias a respeito das truculências cometidas por forças repressoras contra a população civil, indistintamente, na Favela de Acari, na Zona Norte do Rio, sábado passado.

O ódio suscitado pela sua atuação na defesa dos direitos humanos parece ter redobrado quando ela aceitou o papel de relatora da comissão da Câmara Municipal encarregada de monitorar os passos das forças repressoras nos morros cariocas e assim proteger a população civil.

O que tem de fascista pululando no Rio de Janeiro não é brincadeira. Resta saber se as Forças Armadas vão tolerar eventuais facínoras embutidos no aparelho repressor.

Russos reelegem Putin neste domingo

A vitória parece certa para Vladimir Putin, neste domingo (18), dia de eleições na Rússia. As sondagens apontam para uma vitória arrebatadora do atual presidente, com cerca de 70% das intenções de voto. O segundo colocado nas pesquisas, Pavel Grudinin, tem apenas 7%. Mesmo com a vitória praticamente certa, o presidente russo continua convocando a população a ir às urnas, na tentativa de evitar uma baixa participação.

Putin fez uma campanha discreta, sem muitas aparições e sem participar de nenhum dos quatro debates televisionados entre os oito presidenciáveis. No entanto, a pouca exposição não parece ter afetado a sua popularidade.

Os opositores convocaram um boicote às eleições e reclamam que Alexei Navalny, o principal adversário de Putin, não foi aceito como candidato por causa de uma condenação judicial, que afirmam ter sido fabricada.

No entanto, parece absolutamente certo um novo mandato de Putin. No poder desde 1999, alternando cargos de presidente e primeiro-ministro, ele mostra que ainda é um dos líderes mais poderosos do mundo.

(Agência Brasil)

Ministério vai revogar regra que exigia curso para renovar CNH

O Ministério das Cidades anunciou nesse sábado (17) que será revogada a resolução que tornava obrigatória a realização e aprovação em Curso de Aperfeiçoamento para motoristas renovarem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Por meio de nota, a pasta informou que a revogação se dará para “não afetar a rotina dos condutores que precisam renovar suas carteiras de habilitação/CNHs por todo o Brasil”.

O ministério informa ainda que a revogação vai reduzir custos. “Esta ação acontece em conformidade com os objetivos do Governo Federal, de reduzir custos e facilitar a vida do brasileiro”.

A resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) estabelecia que, a partir de junho deste ano, os condutores que fossem renovar a carteira de motorista teriam que passar por um curso teórico com exame para atualizarem seus conhecimentos. Esse curso de reciclagem seria composto por dez aulas e, para que os motoristas renovassem a documentação, deveriam obter um resultado favorável de, pelo menos, 70% da prova.

Ainda segundo a nota divulgada pelo Ministério das Cidades, a revogação acontecerá no próximo dia útil.

(Agência Brasil)

Professor René Barreira e jornalista Ítalo Gurgel lançam livro sobre a UFC

“A Universidade que vivi” é o título do livro do professor René Barreira e do jornalista Ítalo Gurgel, que será lançado na quinta-feira (22), a partir das 19 horas, na Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC), no bairro benfica.

A apresentação da obra será do próprio reitor da UFC, professor Henry Campos.

Fortaleza reduz mortes no trânsito pelo terceiro ano seguido, destaca vereador

O presidente da Comissão de Saúde e Seguridade Social da Câmara Municipal de Fortaleza, vereador Dr. Porto (PRTB), destacou o trabalho da Prefeitura na redução do número de vítimas fatais em acidente de trânsito na cidade. O parlamentar ressaltou que a redução nas taxas de mortalidade no trânsito segue pelo terceiro ano consecutivo.

O vereador apontou ainda a situação do Instituto José Frota, diante o número de acidentes no trânsito, e comentou da importância na redução do número de mortes. O parlamentar atentou para a politica de mobilidade urbana que o prefeito Roberto Cláudio vem implementando na cidade, com ciclovias e ciclofaixas, faixas elevadas para pedestre e o projeto esquina segura.

“O prefeito Roberto Cláudio vem mostrando que quer cada vez mais melhorar o trânsito e a vida das pessoas”, disse.

(Com a Agência Fortaleza / Foto: Divulgação)

Deputados lançam frente parlamentar para discutir políticas públicas sobre a água

A Câmara dos Deputados lançou a Frente Parlamentar dos Rios Brasileiros, com o objetivo de discutir políticas públicas ligadas à oferta e ao tratamento de água, bem como alertar a população sobre o consumo sustentável desse recurso. O lançamento é uma homenagem ao Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março.

A criação da frente, que reúne mais de 200 parlamentares, é uma resposta da Casa à crise da água no Brasil. A partir deste domingo (18) até a sexta-feira (23), Brasília vai sediar o 8º Fórum Mundial da Água, o maior evento global sobre o tema. A ideia é debater com a sociedade civil e a comunidade científica soluções para maior eficiência hídrica e energética.

Em mensagem enviada ao Plenário, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, alertou para os riscos do consumo abusivo de água. “O Nordeste experimenta, desde 2010, uma grave crise hídrica que também ocorreu no Sudeste em 2014. No Distrito Federal, a população enfrenta racionamento de água há mais de um ano. A crise hídrica serve de advertência, pois abundância de recursos hídricos não significa permissão para o consumo excessivo”, disse.

Coordenador da frente, o deputado Zé Silva (SD-MG), observou que 70% das doenças são disseminadas pela água, no entanto menos de 10% do esgoto recebe tratamento adequado no país. “É preciso que as leis sejam melhor cumpridas, para que estados e municípios tenham a sub bacia hidrográfica como uma unidade de planejamento”, disse. Ele pediu mais recursos para a aplicação da lei que estabelece diretrizes para o saneamento básico (Lei 11.445/07).

(Agência Câmara Notícias)

Diretora-geral da Unesco agenda visita ao Brasil

A diretora-geral da UNESCO, Audrey Azoulay, estará em Brasília na segunda-feira (19) e terça-feira (20) para lançar o Relatório Mundial das Nações Unidas sobre Desenvolvimento dos Recursos Hídricos, por ocasião da 8ª. edição do Fórum Mundial da Água. Depois da África e do Oriente Médio, esta é a primeira viagem de Audrey Azoulay à América Latina. A informação é da assessoria de imprensa da Unesco.

A diretora-geral participará da cerimônia oficial de abertura do Fórum, na presença do presidente Michel Temer, de 14 chefes de Estado e do príncipe herdeiro do Japão. Ela será a voz das pessoas que têm acesso limitado à água e defenderá o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e das Metas relativas à água, em especial o ODS 6, que visa a garantir o acesso de todos à água e ao saneamento.

Após o almoço oferecido por Michel Temer aos Chefes de Estado, a diretora-geral lançará oficialmente, com os parceiros do UN-Water (ONU-Água, em tradução livre), o Relatório Mundial das Nações Unidas sobre Desenvolvimento dos Recursos Hídricos (WWDR), que este ano se intitula “Soluções baseadas na natureza para a gestão da água”. Coordenado pelo Programa Mundial de Avaliação dos Recursos Hídricos (WWAP) da UNESCO, este Relatório Mundial é o resultado da colaboração das 31 entidades das Nações Unidas e dos 39 parceiros internacionais que compõem o UN-Water. Seu conteúdo defende soluções baseadas na natureza (SbN) para melhorar o fornecimento e a qualidade da água e reduzir o impacto dos desastres naturais.

A viagem oficial da diretora-geral também será a ocasião para a realização de encontros bilaterais com autoridades brasileiras, em especial com o presidente do Brasil, Michel Temer, acompanhado do Ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, com a Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, e com o Ministro da Educação, M. Mendonça Filho.

Organizado a cada três anos, o Fórum é o principal encontro mundial em que a comunidade de profissionais do setor hídrico e os formuladores de políticas trabalham para estabelecer os planos de ação de longo prazo sobre os desafios relacionados à água. Com mais de 150 países representados, o Fórum visa a aumentar a conscientização e reforçar o compromisso político com relação ao uso e à gestão da água.

Além do Dia Mundial da Água, celebrado em 22 de março, este ano acontece a abertura da Década Internacional de Ação “Água para o Desenvolvimento Sustentável” (22 de março de 2018 a 22 de março de 2028). A Década visa a fortalecer a cooperação e a mobilização internacionais, a fim de contribuir para a realização dos ODS.

 

Temer diz que entregou mais escrituras que governos dos últimos 10 anos

O presidente Michel Temer destacou o volume de escrituras urbanas e rurais que seu governo tem entregue, durante cerimônia da entrega de títulos fundiários, em Caraguatatuba (SP).

“Apenas em 2017 nosso governo emitiu mais títulos definitivos que governos anteriores nos últimos dez anos somados. Têm assentados rurais que estão há anos e anos sem receber o seu título. Ou seja, fica numa situação de precariedade. Por isso que essa cerimônia simboliza mais que a entrega de um papel. Ela revela a dignidade da pessoa”, disse o presidente.

Foram entregues 9 mil títulos imobiliários em Caraguatatuba, mas o presidente destacou que ministros de seu governo estavam “em vários estados” fazendo o mesmo. Segundo Temer, o total de títulos entregues chega a quase 100 mil só este mês. No caso dos trabalhadores rurais, o governo também disponibiliza R$ 12 milhões de crédito para iniciar a produção. Até o final do ano serão R$ 85 milhões para esse fim.

Estar no litoral norte de São Paulo fez o presidente lembrar da época que fazia campanha política para deputado federal. Em ano de eleição, e ainda sem um candidato do governo para concorrer à Presidência, Temer disse “sentir saudade” da época de campanha.

“Olho para o auditório e vejo com alegria tantas fisionomias conhecidas. Começo a sentir saudade do tempo que eu fazia campanha para deputado federal. Porque eu tive seis mandatos, então percorria todos os municípios. Mas essa região de Caraguá [Caraguatatuba], Ilha Bela, essa região eu frequentava muito. Toda vez que a gente vem aqui, a gente se sente em casa”.

(Agência Brasil)

Cerimonialista do prefeito de Fortaleza vai se filiar ao PSB

O PSB lança neste sábado, em Juazeiro do Norte, campanha de filiações. O ato ocorrerá às 14 horas, no Locus Centro de Negócios, sob comando do seu presidente, o deputado federal Odorico Monteiro, que já foi do PT e do Pros.

Falando em PSB, o partido vai ganhar uma filiação feminina de peso. A advogada Norma Zélia deixou o comando do Cerimonial da Prefeitura de Fortaleza e vai se filiar até o fim deste mês à legenda.

Normal Zélia é nome respeitado em sua área e tem a simpatia de setores da sociedade civil. Mas nada de disputar mandato neste ano. Vai aguardar 2020.

(Foto – PSB)

 

Rússia ordena a expulsão de 23 diplomatas britânicos

A Rússia ordenou neste sábado (17) a expulsão de 23 diplomatas britânicos que estão no país, em resposta à idêntica medida tomada pelo Reino Unido em represália pelo envenenamento do ex-espião russo Sergei Skripal e de sua filha Yulia.

“Eles foram declarados personas non gratas e serão expulsas no prazo de uma semana 23 diplomatas da embaixada do Reino Unido em Moscou”, afirma um comunicado do Ministério das Relações Exteriores russo.

Ao mesmo tempo, Moscou retirou a permissão para a abertura do Consulado Geral britânico em São Petersburgo, a segunda maior cidade do país.

“Tendo em vista a disparidade no número de consulados dos dois países, a Rússia retira sua aprovação para a abertura e funcionamento do Consulado Geral do Reino Unido em São Petersburgo”, completa a nota.

A última medida em resposta às tomadas por Londres ordenou a suspensão da atividade em território russo do British Council (Conselho Britânico), o instituto público dedicado à divulgação da língua e cultura inglesa no exterior.

“O lado britânico foi advertido de que, no caso de medidas antipáticas ainda serem tomadas em relação a Rússia, a parte russa se reserva no direito de adotar outras medidas de resposta”, conclui a chancelaria russa.

As medidas tomadas pela Rússia em resposta à expulsão de 23 diplomatas russos do Reino Unido foram informadas nesta manhã ao embaixador britânico em Moscou, Laurie Bristow, convocado pelo Ministério das Relações Exteriores.

Yulia Skripal e seu pai Sergei, ex-agente dos serviços de inteligência militar russa (GRU) que passou informação ao M16 britânico, foram encontrados inconscientes no último dia 4, na cidade de Salisbury, no sul da Inglaterra, e desde então estão hospitalizados em estado crítico.

(Agência Brasil)

IFCE recebe emenda de R$ 800 mil

O Instituto Federal do ceará (IFCE) ganhou uma emenda no valor de R$ 800 mil para seus projetos de expansão no Interior. Veio do deputado federal Ariosto Holanda (PDT), um dos poucos da bancada que se lembram da educação.

O reitor Virgílio Araripe comemora, pois, além de se lembrar do IFCE, o parlamentar cearense destinou outra emenda, no valor de R$ 1 milhão, para o CNPq, órgão que trata das pesquisas no País.

(Foto – Paulo MOska)

 

Câmara pode votar na terça-feira o projeto que cria o Sistema Único de Segurança Pública

O projeto de lei que cria o Sistema Único de Segurança Pública (Susp) é o destaque do Plenário da Câmara dos Deputados a partir de terça-feira (20). A proposta (PL 3734/12) disciplina a forma de integração de dados e ações estratégicas entre os órgãos de segurança pública.

De acordo com a primeira versão do substitutivo do deputado Alberto Fraga (DEM-DF), distribuída às lideranças partidárias, haverá operações combinadas e desencadeadas em equipe; estratégias comuns para atuação na prevenção e no controle qualificado de infrações penais; compartilhamento de informações e intercâmbio de conhecimentos técnicos e científicos.

O Susp empregará vários sistemas de informática para troca de informações entre os órgãos e também contará com um Sistema Integrado de Educação e Valorização Profissional (Sievap) destinado a planejar as atividades de educação gerencial, técnica e operacional do pessoal que atua em segurança pública.

(Agência Câmara)

O custo simbólico da tragédia

Da Coluna O POVO Economia, no O POVO deste sábado (17), pela jornalista Neila Fontenele:

A semana termina em clima de desgaste e marcada pela tragédia do assassinato da vereadora do PSOL-RJ, Marielle Franco. Os tiros que silenciaram a militante carioca podem gerar estilhaços para pessoas que nunca tinham ouvido falar antes de Marielle e ameaçar locais bem distantes do Rio de Janeiro.

O homicídio reforça a sensação de insegurança no País. O Brasil se transforma em um país marcado pelo sangue de jovens da periferia e pelo de Marielle, que representava a renovação política. Essas mortes custam caro. A perda dessas vidas possui um valor simbólico incalculável.

Em conversa com investidores estrangeiros que aplicam seus recursos no Ceará, havia preocupação com a repercussão da tragédia. O que era esperança diante de novos voos e criação de infraestrutura se transformava em desânimo diante da realidade. Não havia esperança em melhora do fluxo de turistas diante do acirramento da insegurança e alguns já falavam das perdas.

Temos realmente de melhorar como Nação. Quem governa para fora deve lembrar que o ambiente político, econômico e social é feito pelos habitantes das próprias cidades. Não adianta tirar R$ 400 milhões do Sebrae para a criação de uma agência de promoção do País enquanto jovens, negros e mulheres são assassinados nas guerras cotidianas.

Adagri amplia uso do Cinturão Digital no Interior

O presidente da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri), Jaime Junior, esteve nesta semana na sede da Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará (Etice) para renovação de contrato e ampliação do uso do Cinturão Digital em seus núcleos por todo o interior do Estado. A Adagri é um dos órgãos estaduais com maior índice de participação do programa – cerca de 80% dos núcleos da Adagri estão interligados pela internet.

O novo contrato, assinado como presidente da Etice, Adalberto Albuquerque de Paula Pessoa, vai garantir melhoria no fluxo de informação que circula na internet, propiciando mais agilidade tanto na emissão de Guia de Transporte Animal (GTA) como de Permissão de Transporte Vegetal (PTV).

Segundo o presidente da Adagri, Jaime Júnior, a nova configuração do contrato vai melhorar o serviço de fiscalização e acelerar os trâmites de transporte da cadeia produtiva do agronegócio. “O que se busca é dar condições aos profissionais de atuar de forma mais célere, em qualquer ponto do Ceará, assegurar a qualidade do produto final e contribuir para as exportações cearenses”.

Na foto (divulgação), o presidente da Adagri, Jaime Júnior, o presidente da Etice, Adalberto de Paula Pessoa, e o gerente de Informações de Tecnologia da Informação, da Adagri, Marcos Monteiro.

(Adagri/Governo do Ceará)

Prefeitura assina ordem de serviço para obras da segunda etapa da urbanização do Vila do Mar

O prefeito Roberto Cláudio assinou neste sábado (17) a ordem de serviço para o início da segunda etapa das obras da urbanização do Vila do Mar, no Cristo Redentor (Regional I). O prefeito esteve acompanhado do presidente do Congresso nacional, senador Eunício Oliveira (MDB-CE).

A obra faz parte do conjunto de ações integradas entre Governo do Ceará e Prefeitura de Fortaleza, por meio do projeto “Juntos por Fortaleza”. O projeto Vila do Mar é uma das maiores requalificações urbanísticas em curso no
Brasil, com ações que incluem intervenções estruturais e sociais nos bairros
Pirambu, Cristo Redentor e Barra do Ceará.

Roberto Cláudio também entregou 200 Papeis da Casa, que regulariza imóveis das famílias residentes na região.

(Com informações da Prefeitura de Fortaleza / Foto: Divulgação)

Enquanto choro por desconhecidos

305 1

Em artigo no O POVO deste sábado (17), a jornalista Regina Ribeiro avalia que o Brasil precisa encarar a descriminalização das drogas, de forma progressiva, baseada em estudos e com fiscalização rigorosa do governo, como forma de combater a violência do tráfico. Confira:

Conheci Marielle Franco, vereadora do Psol no Rio, no dia da sua morte. Mas isso não me impediu de chorar por ela. Senti uma imensa gratidão pela sua existência. De saber que nascida e criada na favela da Maré, Marielle conseguiu saltar a cerca do destino que provavelmente à rodeava ao tornar-se a mulher que abraçou a missão de representar sua comunidade e incentivar outras meninas a não se conformarem com o pingo de vida que as circunstâncias sociais impõem para mais da metade das brasileiras negras e pobres. Ontem, chorei cada vez que li os detalhes em torno do assassinato de Marielle.

Sábado passado, abracei minha filha que havia estado nos arredores da Praça da Gentilândia na noite de sexta numa despedida de um amigo do mestrado que viajaria na madrugada de sábado para uma temporada de estudos em outro país. Minha filha saiu do local uma fração de hora antes de começar a chacina. Às vezes, tenho a legítima sensação de estar num País à beira de um colapso social movido pela violência extrema. Mas esse sentimento é passageiro, há muito a fazer.

Uma das primeiras discussões que o Brasil precisa encarar é com relação à descriminalização das drogas. De forma progressiva, baseada em estudos e com fiscalização rigorosa do governo. O tráfico está matando os jovens, desordenando cidades, deixando o poder público desmoralizado, corrompendo muitos policiais. O dinheiro gasto no controle do tráfico será sempre insuficiente. Mesmo que haja disposição para gastá-lo, como é o caso do Ceará que há anos investe em carros, armas, câmeras e nada disso impede que metade de Fortaleza seja controlada por traficantes.

Na periferia desta cidade foi gestada uma facção do crime que tem sido responsável pelas principais matanças de 2018. Esse grupo tem atraído meninos negros, pobres e sem oportunidades para seu exército. Não acho que o mundo ficaria melhor com drogas liberadas. No entanto, desarticularia o tráfico, desmontaria a venda ilegal de armas, cessaria a guerra das facções por pontos de drogas como acontece hoje. Os impostos da venda legal de drogas poderiam ser usados exclusivamente para projetos em educação e cultura nos locais dominados pelo tráfico e pelas facções.

O segundo debate que este País em choque precisa ter é com relação ao falido sistema prisional brasileiro, que amontoa seres vivos e forja animais com cérebro humano. De dentro das prisões sai todo tipo de ordem. Para dentro das prisões vão todas as informações necessárias para que os chefões do tráfico e das facções continuem ampliando seu poderio econômico e dominando os miseráveis que se enfileiram nesses grupos negociando a única coisa que ainda lhes resta, a vida.

Enquanto eu choro pelos desconhecidos, penso se vale a pena investir recursos escassos em políticas de coerção e controle que não funcionam e num sistema carcerário cujo modelo só serve para dar satisfação à ideia de que abarrotar prisões nos deixa mais livre da violência. A população de presos do Brasil é uma das que mais cresce no mundo, sendo que há cinco presos para cada vaga em presídio e três para cada vaga nas penitenciárias.

Mesmo assim paira sobre nós a proposta de jogar nesse sistema pessoas a partir de partir de 14 ou 16 anos.

Heitor Férrer faz levantamento dos reajustes de serviços públicos e diz que cearense vive apertos

O deputado estadual Heitor Férrer (PSB) fez um levantamento do poder de compra do cearense e constatou: estamos em situação de aperto, em razão dos reajustes das tarifas públicas.

O servidor público também vive aperto e ainda receberá um reajuste de apenas 3%.

O parlamentar gravou vídeo em suas redes sociais expondo a disparidade entre o que o trabalhador recebe de reajuste e o que é reajustado nas tarifas e demais serviços.

Mega-Sena tem prêmio de R$ 60 milhões neste sábado

Apostadores do concurso 2.022 da Mega-Sena concorrem neste sábado (17) ao prêmio de R$ 60 milhões, segundo estimativa da Caixa Econômica Federal. As apostas podem ser feitas até as 19 horas, em qualquer agência lotérica, ao preço mínimo de R$ 3,50. O sorteio está previsto para as 20 horas no município mineiro de Manhaçu.

Já o concurso 4.631 da Quina acumulou nessa sexta-feira (16) e deverá pagar neste sábado a quantia de R$ 1,3 milhão. A aposta mínima é de R$ 1,50. Os números sorteados nessa sexta-feira foram: 21 – 24 – 31 – 32 e 37.