Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Artigo – “A mudança que precisamos para uma Fortaleza Sustentável”

Com o título “A mudança que precisamos para uma Fortaleza Sustentável”, eis artigo de Cândido Henrique, geógrafo e presidente da Associação Profissional dos Geógrafos do Ceará (APROGEO-CE). Ele aborda o caso dos resíduos sólidos, hoje grave problema da Capital cearense. Confira:

A geração e destinação dos resíduos sólidos urbanos tem sido um dos grandes desafios enfrentados pelas grandes cidades brasileiras, não apenas pelos danos ambientais relacionados mais principalmente pelo custo econômico associado a gestão e manejo desses materiais residuais das atividades humanas. E quando o descarte no ambiente é feito de forma ambientalmente inadequada, surgem muitos outros impactos bem maiores que os já existentes, como a contaminação do lençol freático, perda de biodiversidade, enchentes provocadas por acúmulo de resíduos nas vias de drenagem, contaminação do solo, proliferação de vetores de doenças como dengue, zika, chikungunya, leptospirose, tifo murino, hantaviroses, peste bubônica, salmonelose, cólera, amebíase, giardíase, disenteria, giardíase, cólera e diarreia, reduzindo a qualidade de vida das pessoas e aumentando os custos com tratamentos de saúde na rede pública municipal.

A cidade de Fortaleza, com seus quase três milhões de habitantes, segundo os dados do IBGE (2014), tem uma produção média de resíduos sólidos de 185 mil ton/mês (ACFOR, 2015). Nesses últimos dez anos, a população aumentou em 8,29%, enquanto a produção de resíduos sólidos cresceu em 124,68%, demonstrando hábitos de consumo de produtos descartáveis, industrializados, com muitas embalagens e sem nenhuma consciência ambiental. A maior parte desses resíduos gerados em Fortaleza são descartados no Aterro Sanitário, Metropolitano Oeste de Caucaia -ASMOC, que segundo a lei federal da Política Nacional de Resíduos Sólidos no Brasil, seria a última alternativa de disposição final a ser utilizada.

Mas então o que podemos fazer? Qual seria a solução? Como podemos mudar essa realidade? São várias as respostas, mas todas elas passam por uma profunda mudança na cultura da relação das pessoas com seu modo de consumo e sua postura diante do descarte de seus resíduos sólidos. Sim, educação e conscientização ambiental é a única solução sustentável para a resolução definitiva deste problema, porém não é algo que possa ser feita a curto prazo, pois trata-se de um processo gradual que necessita do engajamento de todos, o que não é fácil, mas também não é impossível. Além disso existe a variável econômica associada e que não pode ser de forma alguma desconsiderada, mas se o consumo das pessoas começa a mudar, na busca de produtos que gerem menos resíduos e tenham menor impacto no meio ambiente a própria lógica econômica de produção e comercialização de produtos é modificada e assim iniciamos um processo virtuoso para uma economia circular, tornando a nossa cidade mais sustentável e com maior qualidade de vida.

Este mês ocorreu em Fortaleza o primeiro encontro Lixo Zero, do qual participamos com grande entusiasmo, pois diante de um auditório de algumas centenas de pessoas foram apresentadas alternativas de consumo de produtos mais consciente e sustentável além de formas simples de não geração de resíduos que poderiam ser adotadas por quaisquer pessoa independente do grau de instrução ou posição sócio-econômica. Precisamos agora de maior engajamento do governo municipal e dos vereadores de Fortaleza para através de leis e políticas públicas municipais possam não apenas apoiar como incentivar o crescimento de uma economia circular em nossa cidade. Um bom exemplo disso seria através da implantação de coleta seletiva nas escolas, terminais,  postos de saúde e CUCAS municipais associada a formação de ecocidadãos e uma ampla campanha de conscientização do consumo sustentável, implantação do IPTU Verde, bem como a ampliação do benefício do chamado alvará social para empresas que se enquadrassem dentro da lógica da economia circular. Desta forma poderíamos criar uma ambiência favorável para empresas que buscam atender um mercado consumidor mais consciente e sustentável porém que muitas vezes são esmagadas por uma concorrência de produtos tradicionais pautados em uma lógica de produção insustentável e linear, tornando-se assim um desafio quase que impossível uma vez que a lógica do mercado é a do menor custo sem se preocupar com as externalidades que isso gera e com isso seguimos para um caminho finito do colapso de nossa civilização.

*Cândido Henrique,

Geógrafo e presidente da Associação Profissional dos Geógrafos do Ceará (APROGEO-CE)

(Foto – Paulo MOska)

Ministério da Agricultura promove audiências públicas sobre questões fundiárias

A Secretaria Especial de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) realiza hoje (9), em Altamira, no Pará, uma audiência pública para tratar das questões agrárias, fundiárias e ambientais da região. O evento será no Centro de Convenções e Curso de Altamira.

O objetivo do órgão é solucionar os conflitos, dar segurança jurídica, e melhorar as políticas públicas para que sejam atendidas as necessidades de todas as comunidades, como indígenas, quilombolas, agricultores familiares e do agronegócio.

Durante a audiência, os especialistas do Mapa ouvirão a sociedade, representantes de entidades e instituições, bem como órgãos federais acerca dos problemas e das possíveis soluções. Foram convidados representantes da Fundação Nacional do Índio, do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis e da Advocacia-Geral da União (AGU).

Ao todo, serão percorridos os 26 estados e o Distrito Federal, com prioridade para aqueles que compõem a área de abrangência da Amazônia Legal. A primeira audiência aconteceu em Miracatu, no Vale do Ribeira, em São Paulo, no dia 27 de agosto. Ainda em setembro, no dia 13, será a vez de Cuiabá (MT); dia 16, Porto Velho (RO); dia 23, Macapá (AP); e no dia 27, de Boa Vista (RR). Os outros estados da Amazônia, Amazonas, Acre e Maranhão, serão os próximos a receber o evento.

De acordo com o Mapa, a decisão pela realização dessas audiências atende a um pedido do presidente Jair Bolsonaro, que determinou aos ministérios a conduta de uma gestão participativa, com o lema “Mais Brasil, menos Brasília”.

(Agência Brasil)

Conselho Regional de Medicina comemora 60 anos com sessão solene na Assembleia Legislativa

Nesta segunda-feira, a partir das 18h30min, a Assembleia Legislativa realizará, no Plenário 13 de Maio, uma sessão solene pra comemorar os 60 anos de criação do Conselho Regional de Medicina.

A iniciativa é dos deputados e médicos Heitor Férrer (SD) e Carlos Felipe (PCdoB), subscrito pela também médica, Dra. Silvana.

(Foto – ALCE)

Indicador Antecedente de Emprego registra crescimento de 0,2% em julho

O Indicador Antecedente de Emprego (Iaemp), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), teve um crescimento de 0,2 ponto de julho para agosto deste ano. Com a variação, o indicador chegou a 86,8 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos.

Apesar do crescimento em números absolutos, a FGV considerou o resultado estatisticamente estável.

O Iaemp busca antecipar tendências do mercado de trabalho para os próximos meses e é medido com base em entrevistas com consumidores e com empresários dos serviços e da indústria.

O Indicador Coincidente de Desemprego (ICD), que mede a avaliação dos consumidores sobre a situação atual do desemprego, cresceu 0,9 ponto, para 93,5 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos. Neste caso, o crescimento do indicador é negativo, porque significa que os consumidores consideram a situação de desemprego mais desfavorável.

Para a FGV, o consumidor ainda enxerga com cautela as melhoras no mercado de trabalho.

(Agência Brasil)

Teatro do Dragão do Mar apresenta espetáculo de música folk na próxima sexta-feira

282 4

Com repertório de música folk, 20 cantoras do coro Folk Canções de Antigas Novidades, sob a direção musical de Carlos do Valle e direção cênica de Bruno Mariano, fazem apresentação única nesta sexta feira,às 20 horas, no teatro do Centro Cultural Dragão do Mar.

O espetáculo “Dizem Que É Uma Estrada Mas Não Passa De Uma Ausência” expõe, através de canções e imagens, o caminho poético da solidão, da dor e dos sonhos, realizáveis ou não.

*Música Folk? O que é aqui.

SERVIÇO

*Classificação: Livre.

Ingressos: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).

(Foto – Divulgação)

Mercado financeiro reduz estimativa de inflação pela quinta vez seguida

128 1

O mercado financeiro reduziu a estimativa de inflação para este ano, pela quinta vez seguida. Segundo o boletim Focus, pesquisa divulgada todas as semanas pelo Banco Central (BC), a previsão para a inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), caiu de 3,59% para 3,54%, este ano.

Para 2020, a estimativa também foi reduzida, ao passar de 3,85% para 3,82%. A previsão para os anos seguintes não tiveram alterações: 3,75%, em 2021, e 3,50%, em 2022.

A meta de inflação, definida pelo Conselho Monetário Nacional é 4,25% em 2019, 4% em 2020, 3,75% em 2021 e 3,50% em 2022, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

Para alcançar a meta de inflação, o Banco Central usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 6%. Quando o Copom reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica.

Quando o Comitê de Política Monetária aumenta a Selic, a finalidade é conter a demanda aquecida e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Para o mercado financeiro, ao final de 2019 a Selic estará em 5% ao ano. Para o final de 2020, a estimativa segue em 5,25% ao ano. No fim de 2021 e 2022, a previsão permanece em 7% ao ano.

A previsão para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – foi mantida em 0,87% em 2019.

Segundo o BC, a previsão para 2020 caiu de 2,10% para 2,07%. Para 2021 e 2022 também não houve alteração nas estimativas: 2,50%.

Dólar

A previsão para a cotação do dólar ao fim deste ano subiu de R$ 3,85 para R$ 3,87 e, para 2020, de R$ 3,82 para R$ 3,85.

(Agência Brasil)

Eleições no PT – Chapa de José Guimarães deve ser a vitoriosa no Estado

291 1

A apuração em Fortaleza acabou, mas o PT continua fechando urnas no Interior do Estado, dentro do seu Processo de Eleição Direta (PED).

Resultados parciais apontam que os grupos dos deputados federais José Guimarães e Luizianne Lins devem ser os grandes vitoriosos desse pleito, o que garantirá a permanência de Antonio Filho, o Conin, no comando do PT estadual quando do congresso a ser realizado em outubro.

Esse foi o acordo fechado entre Guimarães e Luizianne em torno de Raimundo Ângelo na Capital.

Alguns números parciais. faltando 70 de cerca de 170 cidades cearenses:

Chapa de José Guimarães – 12.277 votos

Chapa de Luizianne Lins – 1.537 votos

Chapa de Zé Airton – 967 votos.

Só a chapa de Guimarães corresponde a 80% dos votos.

MP revoga exigência de publicação de procedimento de licitação em jornal

117 1

Saiu na edição desta segunda-feira do Diário Oficial da União uma Medida Provisória assinada pelo presidente Jair Bolsonaro acabando com a obrigação de que atos e instrumentos de procedimentos de licitação da administração pública sejam divulgados em jornais impressos. O texto da MP alcança União, estados e municípios e altera dispositivos da lei de licitações, de pregões , de parcerias público-privadas e a do regime diferenciado de contratações públicas. As informações são do O Globo.

A MP explicita que as alterações incluem avisos de resumos de editais de concorrência, tomadas de preços, concursos e leilões. A legislação atual determina que os atos “deverão ser publicados com antecedência, no mínimo, por uma vez” em jornal diário de grande circulação no estado e, se houver, em jornal de circulação no município ou na região onde será realizada a obra.

Com a MP, a convocação de interessados em participar de pregões para aquisição de bens e serviços deixa de ter de ser publicada em veículo de imprensa. O último artigo da MP determina que a exigência de publicação pela administração pública federal de seus atos em jornais impressos “considera-se atendida” com a divulgação de atos em site oficial e no Diário Oficial da União.

A Secretaria de Comunicação da Presidência da República informou que, ao revogar a exigência de publicação em jornais impressos, a MP permite que os atos e os contratos sejam publicados, exclusivamente, na imprensa oficial e no site do órgão responsável pela licitação.

VAMOS NÓS – Pura retaliação ao trabalho da imprensa. Vivemos uma situação de retrocesso.

(Foto – Agência Brasil)

FGTS – Saques de até R$ 500 começam na próxima sexta-feira

Os saques de até 500 reais do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começam na próxima sexta-feira, informa a assessoria de imprensa da Caixa Econômica Federal. Os primeiros a receber o dinheiro são os que têm conta poupança na Caixa.

A medida, segundo a Instituição, faz parte da flexibilização das regras do Fundo de Garantia, anunciada pelo governo em julho.

Todos os trabalhadores poderão sacar até 500 reais de cada conta, ativa ou inativa.

Para quem não é cliente da Caixa, o saque começa em 18 de outubro, para os nascidos em janeiro.

SERVIÇO

*Confira o calendário de pagamento de acordo com o mês de aniversário no site da Veja aqui.

(Foto – Arquivo)

BNB inaugura agência com energia solar

 

O Banco do Nordeste inaugurou sua primeira agência com geração de energia solar, em Codó (MA). O sistema fotovoltaico conta com 78 placas, promove cuidados com o meio ambiente e redução de custos de manutenção, informa a assessoria de imprensa da Instituição, adiantando que o objetivo é estender a solução inovadora para outras unidades.

Por meio da linha de crédito FNE Sol, o BNB tem atuado no financiamento de matrizes energéticas sustentáveis para os negócios de sua área de atuação, que abrange todo o Nordeste, norte de Minas Gerais e norte do Espírito Santo.

Financiamentos

O FNE Sol financia todos os componentes para geração centralizada e sistemas de micro e minigeração de energia elétrica fotovoltaica, eólica, de biomassa ou pequenas centrais hidroelétricas (PCH) e também sua instalação. O produto pode ser acessado por pessoas físicas, empresas de todos os portes e setores, produtores e empresas rurais, cooperativas e associações, instalados na área de atuação do Banco.

Para pessoas jurídicas, os financiamentos referentes à geração distribuída podem ser de até 100% do valor do investimento, quando os equipamentos financiados forem alienados em composição com outras garantias; em alguns casos, de até 75%, podendo ser os equipamentos a única garantia do crédito, dependendo do porte e da localização da empresa. Os prazos para pagamento são de até 12 anos, com carência de até um ano. No que se refere à geração centralizada, os prazos se estendem a até 20 anos, com carência de até cinco anos.

Pessoas físicas interessadas em gerar sua própria energia elétrica residencial também podem financiar até 100% dos componentes e a instalação dos sistemas de micro e minigeração de energia elétrica fotovoltaica ou eólica no Banco do Nordeste, com limite de R$ 100 mil e taxas de juros a partir de 0,39% ao mês.

(Foto – Divulgação)

Hamilton Mourão responde pela presidência da República

Com Jair Bolsonaro (PSL) em recuperação após uma cirurgia para corrigir uma hérnia, os holofotes se voltam para o vice-presidente Hamilton Mourão, que assume a Presidência da República interinamente ao menos até a quinta-feira. A informação é da Veja.

Embora tenham ficado mais discretas, as falas de Mourão costumam ser foco de tensão com os filhos de Bolsonaro, principalmente o vereador carioca Carlos Bolsonaro (PSC), e sua base de apoio mais aguerrida.

Ainda que siga internado, o presidente pode reassumir o cargo e despachar de dentro do hospital.

(Foto  Agência Brasil)

Fortaleza é sede do II Seminário Conexão Terceiro Setor

225 1

Começa na próxima quarta-feira o II Seminário Conexão Terceiro Setor, que reunirá diversas entidades sem fins lucrativos do Ceará para debater questões relativas ao fortalecimento das Organizações da Sociedade Civil (OSCs).

O encontro acontecerá na Unifor até a próxima sexta-feira, 13, e tratará de temas como Captação de recursos, Branding, Incentivos fiscais, Investimento privado nas causas sociais, Transparência e contabilidade, entre outros. O filósofo e professor Carlo Tursi será o palestrante da abertura.

O evento é fruto de uma parceria entre Fundação Raimundo Fagner, S&C Assessoria Contábil, Instituto Povo do Mar, Unifor, com apoio de vários parceiros.

Cases

Algumas experiências do Ceará de referência nacional serão apresentadas, como a Associação Caatinga – entidade reconhecida no Brasil pelo trabalho de defesa e proteção do bioma Caatinga – que será apresentada pelo coordenador Daniel Fernandes; e o Banco Palmas – o primeiro banco comunitário do País – que será apresentado por seu fundador, Joaquim Melo. Melo vai falar da experiência digital do Banco, através da Plataforma e-dinheiro.

Outro tema de destaque é “Negócios de Impacto Social”, cujo painel contará com a presença da Glaziela Cavallarom da Yunus Brasil, instituição aceleradora de Negócios Sociais de São Paulo com atuação nacional; e Priscilla Veras, empreendedora de impacto socioambiental e CEO da Muda Meu Mundo.

SERVIÇO

*O Seminário é totalmente gratuito e as inscrições podem ser feitas pelo site www.conexao3setor.com.br.

Receita libera consulta ao 4º lote do Imposto de Renda nesta segunda-feira

A consulta ao quarto lote de restituições do Imposto de Renda 2019 será aberta nesta segunda-feira (9), a partir das 9h. O quarto lote inclui também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018. Segundo a Receita, o dinheiro será depositado na conta do contribuinte no dia 16 deste mês. O crédito bancário será feito para 2.819.522 contribuintes, totalizando R$ 3,5 bilhões.

Para saber se o contribuinte foi contemplado no quarto lote, basta acessar o site da Receita Federal ou ligar para o Receitafone (146) e informar o CPF e a data de nascimento.

Os lotes de restituição são liberados mensalmente. O Fisco libera os pagamentos por ordem de chegada da declaração. Isto significa que quem entregou a declaração mais cedo, recebe a restituição primeiro.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da internet.

(Agência Brasil)

Assembleia Legislativa aprova projeto que dá isenção da taxa de esgoto para desempregados

599 1

A Assembleia Legislativa aprovou um projeto de indicação que concede isenção do pagamento da tarifa de coleta e tratamento do esgoto aos trabalhadores desempregados. A proposta é de autoria do deputado estadual Renato Roseno (PSOL).

O projeto prevê a comprovação da situação de desemprego por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), que deverá enviar a lista dos beneficiados para a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) e para a Secretaria da Fazenda (Sefaz). A isenção será concedida aos domicílios que não ultrapassarem o consumo mensal de 15 metros cúbicos.

Segundo Renato, a Lei 11.445/2007, que estabelece diretrizes nacionais para o saneamento básico, prevê expressamente a possibilidade de isenção das tarifas para os usuários em situação de incapacidade de pagamento, o que se aplica aos trabalhadores desempregados.

“O atendimento aos princípios da honestidade e da equidade pressupõem a promoção da justiça material, tratando os desiguais desigualmente. A situação dos trabalhadores desempregados no atual momento de crise econômica exige um tratamento diferenciado, que considere a diminuição na sua capacidade econômica em pagar as tarifas para serviços básicos como água e esgoto”, explica o deputado.

Cadastro atualizado

O cadastramento dos trabalhadores deverá ser atualizado a cada 6 (seis) meses e, caso seja comprovada a fraude documental, o benefício será extinto imediatamente.

Na ocasião do cadastro, a Sedet deverá elaborar o perfil sócio-assistencial do beneficiário, com informações referentes ao seu acesso à saúde, moradia, educação e transporte, bem como orientar e planejar formas de facilitar o reingresso do mesmo no mercado de trabalho.

(Foto – ALCE)

Senado pode votar esta semana maiores restrições ao tabagismo

Os senadores podem aprovar esta semana um requerimento de urgência para o projeto de lei que amplia medidas com a intenção de desestimular o contato de crianças e adolescentes com o tabagismo.

O PLS 769/2015, do senador José Serra, já tem pareceres favoráveis de duas comissões e, se tiver a urgência aprovada, ganha prioridade para ser votado em Plenário.

O projeto proíbe a exposição de cigarros nos pontos de venda, a comercialização em máquinas automáticas e a importação de produtos com substâncias sintéticas ou naturais destinadas a conferir sabor ou aroma.

(Agência Senado)

“Batalha dos Aflitos” ganha novo capítulo e Náutico volta à Série B

155 1

Catorze anos depois, o Náutico escreveu um novo capítulo à “Batalha dos Aflitos”, nesse domingo (8), ao conquistar a vaga para a Série B do próximo ano, após vencer nos pênaltis o Paysandu, pelas quartas de final da Série C, quando empatou no tempo normal em 2 a 2, após estar perdendo por 2 a 0.

O gol do empate foi marcado por Jean Carlos, de pênalti, aos 45 minutos do segundo tempo, após o árbitro apontar desvio da bola pelo braço do jogador do time paraense. Depois de muita confusão, a partida seguiu para os acréscimos, com duas expulsões.

O Paysandu, que em casa ficou no 0 a 0 com o Náutico, deixou o primeiro tempo nos Aflitos na vantagem, com gol de Diego Rosa, aos 25 minutos. Na segunda etapa, logo aos 10 minutos, o time paraense ampliou com Nicolas. O Náutico somente chegou ao primeiro gol, aos 20 minutos, com Álvaro.

Na decisão por pênaltis, o Náutico converteu as cinco cobranças, enquanto o Paysandu desperdiçou a terceira cobrança.

A batalha de 2005

A Batalha dos Aflitos ocorreu em novembro de 2005, em Recife, na partida Náutico e Grêmio, que valia vaga na elite do futebol brasileiro do próximo ano. Após empate em 0 a 0, o Náutico teve uma cobrança no último minuto. O Grêmio reclamou da marcação e teve quatro jogadores expulsos.

Depois de 27 minutos, com invasão de campo de dirigentes gremistas e ameaça de levar a partida para a Justiça, o Grêmio volta a campo para cumprir o seu destino: a permanência na Série B.

Mas o goleiro Galatto defendeu a penalidade e conseguiu o contra-ataque em que Anderson marcou um gol da equipe gaúcha.

A partida ainda hoje ilustra palestras sobre motivação, em todo o mundo.

Última vaga hoje

No sábado (7), Sampaio Corrêa e Confiança também garantiram o acesso à Série B do próximo ano. Em casa, o Sampaio Corrêa marcou 3 a 2 no São José/RS. Já o Confiança, que havia vencido em casa, por 1 a 0, foi a Erechim, ao noroeste gaúcho, a 375 quilômetros de Porto Alegre, e empatou com o Ypiranga, em 1 a 1.

Nesta segunda-feira (9), a partir das 20 horas, em Caxias do Sul, mais um confronto entre um time gaúcho e uma equipe nordestina definirá a última vaga de acesso à Série B do próximo ano. Após empate sem gols, no Maranhão, Juventude e Imperatriz voltam a campo.

(Fotos: Reprodução)

Romaria dos Carroceiros abre em Juazeiro do Norte a festa da padroeira, Nossa Senhora das Dores

A Romaria de Nossa Senhora das Dores, uma das mais tradicionais de Juazeiro do Norte (Região do Cariri ) – a padroeira da cidade, abriu, nesse domingo, com a tradicional Procissão dos Carroceiros. O cortejo, com o carro-andor com a imagem da Padroeira, acontece há 47 anos, organizado pela Fundação Leandro Bezerra de Menezes.

Na procissão, cerca de 100 carroceiros dos diversos bairros da cidade, que todos os anos ornamentam suas carroças com motivos religiosos em louvor à padroeira e ao Padre Cícero. Eles seguiram da sede da fundação, no início da Rua São Pedro, até à Praça do Romeiro, onde houve a missa de abertura da romaria.

O prefeito Arnon Bezerra (PTB) esteve na procissão acompanhado da primeira-dama, Esmeralda Geromel, do deputado federal, Pedro Bezerra, seu filho, e dos irmãos Luiz Ivan Bezerra, secretário de Meio Ambiente e Serviços Públicos, Sávio Bezerra, Gaida Bezerra e José Arnaldo, além de secretários municipais.

Durante a celebração, o padre Cícero José, destacou a importância desse grande evento, tradicional durante a romaria, organizado por Dona Salete Bezerra. Ele agradeceu à matriarca, e destacou o apoio da administração municipal e do governo do Estado, na realização dessa segunda grande romaria, que atrai cerca de 300 mil fiéis, até o dia 15, data da procissão e celebração final.

(Foto – Divulgação)