Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Governador da Bahia "vende" a barba por R$ 500 mil para a Gillette

“O governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), vai fazer uma doação de R$ 500 mil, como pessoa física, para um projeto beneficente de educação do Instituto Ayrton Senna, comandado pela empresária Viviane Senna.

Para isso, Vagner vai raspar a barba usando o barbeador da Gillette. O dinheiro virá da Procter & Gamble, dona da marca. Vagner afirmou que mantém o visual barbado há 34 anos.

“Vou vender minha barba para a Gillette, mas esse dinheiro tem que ser investido aqui na Bahia”, disse.

Para financiar o projeto, o empresário João Doria Jr lançou uma campanha durante o seu fórum de empresários em Comandatuba, pedindo doações anuais de R$ 60 mil –12 prestações de R$ 5 mil mensais– para empresas e empresários participantes.

Em menos de quatro horas, Viviane Senna já arrecadou no evento mais R$ 2,2 milhões, valor levantado no evento no ano passado.

CHICLETE COM BANANA – Jaques Wagner não é o primeiro a participar desse tipo de promoção. Em março, às vésperas do carnaval, Bell Marques, vocalista da banda Chiclete com Banana, foi pago pela Gillette para tirar a barba, que cultivava havia 30 anos e era uma de suas marcas registradas.”

(Folha.com)

Período santo – Três mortes nas estradas do Ceará

Vinte e dois acidentes foram registrados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nas estradas cearenses desde a última quinta-feira, quando a Operação Semana Santa foi iniciada. Esses registros foram fechados até as 16 horas desta sexta-feira. Duas pessoas morreram e seis ficaram feridas.
 
Dos acidentes com morte, o primeiro ocorreu no quilômetro 6, da BR-116, envolvendo um ciclista, no início da madrugada desta sexta-feira.
O segundo acidente foi registrado no quilômetro 500, da BR-116, no município de Brejo Santo (Região do Cariri). O condutor da moto, Elivan Frutuoso Tiburtino (26), colidiu com um animal na rodovia e morreu na hora.

Já a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) registrou 18 acidentes. Uma pessoa morreu e três ficaram feridas. O acidente com morte ocorreu no quilômetro 132, da CE-179, em Sobral (Zona Norte).

(Com OPOVO ONline)

Parlamentares concordam que partidos não cuidam da formação de seus quadros

“A análise do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, de que os partidos não cuidaram da formação de seus quadros e, por consequência, se afastaram dos anseios da sociedade, é uma preocupação compartilhada por lideranças da base governista e da oposição. Por razões diversas, parlamentares que vão do PT ao PSDB consideram que os partidos políticos se desatualizaram e criaram um fosso entre o que praticam e o que a população almeja.

Em entrevista à Agência Brasil, Carvalho afirmou que os partidos “não cuidaram da formação de seus quadros da mesma forma que os movimentos fizeram”. Por conta disso, ele qualificou o fato como “gravíssimo” e acrescentou que o país tem hoje “uma estrutura política e eleitoral que é quase uma indução à perda de teor ideológico e político. Ela é uma indução, eu diria, até à corrupção, se nós falarmos da eleição”.

O líder do PSDB no Senado, Álvaro Dias (PR), ressaltou que as legendas partidárias não existem no país e, por isso, “é impossível” falar sobre o assunto. Segundo ele, os partidos são artificiais e cartoriais, servindo apenas como acomodações para candidaturas de ocasião. Neste sentido, o líder tucano destacou que as alianças políticas nos estados e municípios não seguem uma orientação ideológica. “Temos políticos que possuem formação de direita filiados em partidos de esquerda e as coligações são totalmente contraditórias. Sem achincalhar a música [de autoria de Stanislaw Ponte Preta], é um samba do crioulo doido”.

Ele discordou, entretanto, da avaliação feita por Gilberto Carvalho de que os movimentos sociais prepararam melhor quadros no decorrer dos anos e “evoluíram muito”. Para o líder do PSDB, o que houve foi “um aparelhamento e uma relação de promiscuidade” entre os movimentos e o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e, agora, com o da presidenta Dilma Rousseff.”

(Com Agência Brasil)

Mercado Central ganhará status de equipamento turístico

A Associação dos Lojistas do Mercado Central (Almec) pediu e o presidente da Câmara Municipal, Acrísio Sena (PT), acatou: o local sairá do âmbito da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Controle Urbano (Semam) e passará para a Secretaria do Turismo de Fortaleza (Setfor).

A medida vai se concretizar por meio de projeto de indicação que dará ao mercado o status de “equipamento turístico”.

De fato, uma boa medida para os que trabalham e vivem desse mercado. Mas é bom que a associação também fique atenta para as responsabilidades de tal condição. Vai ter que investir mais em capacitação dos permissionários, atuar com marketing e não explorar nos preços.

PT supera PSDB na disputa pelos votos da classe média

“O PT largou na frente do PSDB na disputa pelos votos da chamada nova classe média, faixa que reúne as famílias com renda mensal entre três e dez salários mínimos. Dados da última pesquisa Datafolha mostram que os eleitores deste segmento social, também conhecido como classe C, são os que mais dizem preferir o PT entre todos os partidos políticos.

O PSDB tem o melhor desempenho entre os brasileiros mais ricos, com renda familiar acima de dez salários. A nova classe média virou sonho de consumo das duas legendas, que se revezam no poder desde 1995.

Nas últimas semanas, os ex-presidentes Lula (PT) e Fernando Henrique Cardoso (PSDB) a descreveram como o principal alvo a ser perseguido por seus partidos. Proporcionalmente, os eleitores que formam a base da classe C são os que mais dizem preferir o PT.

A sigla é citada como a mais admirada por 32% dos entrevistados com renda de três a cinco salários mínimos (entre R$ 1.636 e R$ 2.725).”

» LEIA A ÍNTEGRA DA REPORTAGEM

"Novo PV" em clima de via-sacra

“Quem pensa que via-sacra é algo exclusivo da Igreja Católica, pode rezar o terço de novo. No esporte cearense, há algo experimentando essa sensação: as obras de reforma do Estádio Presidente Vargas.

Iniciadas em janeiro de 2010, dentro de um investimento da ordem de R$ 40 milhões, continuam ainda como um sonho de ressurreição para os clubes cearenses que provam de vinho amargo de prejuízo em se tratando de bilheteria por causa da falta desse equipamento.

A Prefeitura chegou a adiar por seis vezes a abertura do “PV,” novos laudos foram liberados parcialmente nesta semana, mas, até agora, vive-se apenas a expectativa de que, até o fim deste mês, virá a santa reinauguração.

Mas por que o projeto lembra via-sacra? Simples: de janeiro de 2010 até agora, já se foram 15 meses. São 15 as estações que expõem a Paixão de Cristo.

(Coluna Vertical, do O POVO)

CIC, Fiec e peemedebista organizam seminário sobre projetos estruturantes do Ceará

O deputado federal Danilo Forte (PMDB) apoia o evento.

“Uma agenda política de ações estratégicas em favor da concretização dos projetos estruturantes no Ceará deve ser montada na próxima segunda-feira, no auditório da Fiec, entre parlamentares e empresários. A informação é do deputado federal Danilo Forte, que realizará na data, juntamente com o Centro Industrial do Ceará, o fórum de debates “Superando os obstáculos ao desenvolvimento sustentável do Estado do Ceará”.

O evento trará como palestrantes empresários ligados a dois empreendimentos planejados para o Estado: a refinaria Premium II e a mina de urânio e fosfato de Itataia. Na lista, o diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, e o presidente das Indústrias Nucleares do Brasil (INB), Alfredo Tranjan Filho.

Trazendo o posicionamento estatal sobre o tema, estarão também a ministra Izabella Teixeira (Meio Ambiente), o procurador-geral da República, Roberto Gurgel. A refinaria e a usina de Itataia enfrentam atrasos em suas obras por conta de entraves no licenciamento ambiental.”

(Coluna Vertical, do O POVO)

Melhoria da qualidade do ensino no País depende do aumento da carga horária

“Aumentar a carga horária de estudos das crianças e dos adolescentes brasileiros – e, com isso, ampliar a variedade de atividades oferecidas na escola – é uma das soluções mais defendidas por gestores e especialistas para melhorar a qualidade do ensino no País. A educação integral, no entanto, ainda está longe de ser uma realidade para todos os estudantes brasileiros.

De acordo com o Censo da Escolar de 2010, 1,3 milhão de brasileiros matriculados no ensino fundamental têm atividades em tempo integral (4,8% do total de matrículas nessa etapa). No entanto, apenas 469 mil deles permanecem sete horas ou mais na escola. A maioria passa pouco mais do que o tempo regular de aulas (cerca de quatro horas) no colégio e realiza atividades complementares no turno contrário.

Além de programas estaduais e municipais, o Ministério da Educação também tenta incentivar a ampliação dessa oferta. O programa Mais Educação, criado em 2007 para garantir recursos financeiros às escolas interessadas em oferecer ensino integral aos seus alunos, já atende 357 mil estudantes, de acordo com o Censo Escolar 2010. Os números da coordenação do programa, aliás, divergem dos fornecidos pelo Censo.

As atividades do Mais Educação começaram em 2008. As escolas cadastraram no sistema do MEC, naquele ano, 380 mil crianças beneficiadas pelas atividades do programa, oferecido em 1.380 escolas de 55 municípios. Em 2009, houve a ampliação do atendimento para 5 mil escolas em 126 municípios de todos os estados e no Distrito Federal, com a participação de 1,5 milhão de estudantes, de acordo com o cadastro. Em 2010, 10 mil escolas foram atendidas e 2,2 milhões de participantes.

Este ano, 16 mil escolas da educação básica foram pré-selecionadas pelo Ministério da Educação para participar do programa. As inscrições estão abertas e há 15 mil vagas, mas nem todas as escolas preencheram os formulários com os planos de trabalho propostos. Ao todo, 14.300 mandaram propostas. O período para apresentação dos projetos, que encerraria dia 28 de fevereiro, foi prorrogado para 26 de abril.

Jaqueline Moll, diretora de concepções e orientações curriculares da Secretaria de Educação Básica do MEC, lembra que a interiorização do projeto tem aumentado a dificuldade para que as escolas se inscrevam. O uso da informática e da internet e o próprio estranhamento com a ideia de educação integral pelos gestores escolares são entraves para a participação das escolas.

“A visão de escola em turnos está ossificada no Brasil. Isso é o mais difícil de mudar. O recurso chega, mas é preciso compreender o sistema e modificar o olhar sobre a educação integral. Ela deve ser processo de aprendizado diferente e não só ampliação do tempo”, afirma Jaqueline.”

(iG)

Boneco de "Judas" é vendido a 100 moedas em Fortaleza

296 1

Eis aí um comercial, com número de telefone e tudo, para quem quer comprar um boneco de “Judas” para ser malhado neste sábdo. Fica no cruzamento da avenida Raul Barbosa com Murilo Borges.

Em outros pontos como a avenida Borges de Melo e no entorno da Rodoviária João Tomé, há oferta de “Judas” de todo tipo e para todos os gostos.

Só que o preço não é nada santo: varia de R$ 80,00 a R$ 100,00.

(Foto – Paulo MOska)

STF validará Lei da Ficha Limpa para disputa de 2012

“Depois de ter concluído que os políticos fichas sujas tinham o direito de concorrer na eleição do ano passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) deverá agora dar o aval para que a Lei da Ficha Limpa impeça as candidaturas a partir de 2012.

A maioria dos ministros do Supremo já se posicionou abertamente ou de forma reservada a favor da entrada em vigor da lei como forma de moralizar os costumes políticos no Brasil.

(Estado.com)

Presidente nacional do PT quer renunciar para se submeter a tratamento de saúde

“O presidente do PT, José Eduardo Dutra, 54, avisou a alguns aliados que pretende renunciar ao comando do partido para se dedicar a tratamento de saúde. Licenciado desde 22 de março, ele se comprometeu a dar uma resposta sobre sua situação após a Páscoa.

A decisão final, contudo, só será confirmada depois de conversa com a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula. Dizendo-se preocupado com o estado de saúde do amigo, Lula o visitará na segunda-feira para discutir seu futuro. Dutra tem dito que não pode bater o martelo sem consultar os dois.

Emissários do dirigente, porém, informaram integrantes do governo que, diante do estado clínico, a tendência é que ele deixe o cargo definitivamente. Dutra se afastou temporariamente da presidência do PT depois de uma crise de hipertensão.

Durante o tratamento, foi diagnosticado quadro de depressão e problemas de origem neurológica. Desde então, ele passa por uma série de exames no cérebro. A avaliação é que é muito difícil compatibilizar o tratamento com a pesada agenda de trabalho no PT.”

(Folha.com)

Temos um "Judas" no futebol cearense?

252 7

A repercussão da renúncia do senhor Paulo Artur da presidência do time do Fortaleza é das piores. Não só para a imagem dele, que se apresentou com planos e mais planos mas, principalmente, para os destinos do clube, que acabou mergulhado em nova crise e sem perspectivas.

Paulo Artur, que assumiu o barco no fim de 2010, inteirado portanto do abacaxi tricolor,  saiu batendo. Qualificou jogadores de “mercenários” e deixou a torcida em clima de crucificação, pois o título sonhado do “penta” acabou indo para o sepulcro. Com direito ou não a uma ressurreição?  

Bem, aproveitando este período da Semana Santa, um detalhe: há muitos torcedores e setores da mídia qualificando Paulo Artur  até de “Judas”.

Sem entrarmos nesse mérito – se houve traição ou houve puxada de tapete, vamos a um fato concreto: vai aparecer algum Cirineu para carregar a cruz do “Leão”, que vem se arrastando, bom que se diga, desde a gestão desastrosa do senhor Renan Vieira?

Vamos aguardar o vice, Osmar Baquit, que aparecerá como salvador.

Dunas do Cocó – Construtoras vão recorrer de lei que protege a área

“Depois de o Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE) rejeitar a Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) contra lei que protege o meio ambiente nas dunas do Cocó, a Associação dos Construtores e Loteadores (Acecol) vai recorrer da decisão do TJ-CE e entrar com um embargo de declaração contra o entendimento de que a associação não seria parte legítima para mover a Adin. O recurso, segundo explicou um dos advogados da Acecol, Edwin Damasceno, pode levar o impasse jurídico para o Superior Tribunal de Justiça (STJ) e até ao Supremo Tribunal Federal (STF).

“Nós vamos apresentar embargo de declaração contra esse entendimento (de que a Acecol não é parte legítima para a Adin) e, dependendo da resposta que o Tribunal nos apresentar, ainda poderemos recorrer ao STJ e até ao STF”, disse Damasceno, em conversa com O POVO na tarde de ontem. O advogado lembra que o TJ-CE acatou entendimento de que Acecol não poderia mover a Adin mas não se debruçou sobre o mérito da questão jurídica, que trata da possibilidade de proteção legal contra construções nas região das dunas do Cocó.

Desde o dia 1º de abril, a região está protegida por lei municipal de autoria do vereador João Alfredo (Psol) aprovada em julho de 2009. A lei determina que o terreno, vizinho ao Parque do Cocó, é uma unidade de conservação do tipo Área de Relevante Interesse Ecológico (Arie), o que protege legalmente a região contra qualquer intervenção que altere meio ambiente, o que bloqueia, por exemplo, a construção prédios residenciais.

O terreno, porém, fica em uma das áreas mais valorizadas da cidade e, tão logo aprovada a lei pela Câmara Municipal, a Acecol ingressou com ação na Justiça apontando que a lei seria inconstitucional.

Um dos argumentos é de que uma lei ordinária – tipo de lei construída por Alfredo com aprovação de maioria simples da Câmara – não pode se sobrepor ao Plano Diretor de Fortaleza, uma lei complementar, aprovada por maioria qualificada da Câmara – isto é, mais de dois terços dos 41 vereadores. Pelo Plano Diretor, segundo argumentou o presidente da empresa imobiliária Agilisa, Walder Ary, a região em disputa é uma Zona de Interessa Ambiental, em que seria permitido o uso e a ocupação do solo.

Parecer da OAB

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE) chegou a encaminhar ofício à Prefeitura de Fortaleza, à Câmara e ao Ministério Público Estadual apresentando parecer indicando a “total inconstitucionalidade” da lei.

“O loteamento possui ruas aprovadas, inclusive com os nomes já definidos, pela Câmara Municipal de Fortaleza e a Cagece instalou uma estação elevatória, garantindo toda a estrutura de esgotamento sanitário, o que comprova que o empreendimento cumpre todas as determinações do Plano Diretor da cidade”, disse Walder, por meio da assessoria de imprensa.

ENTENDA A POLÊMICA ENVOLVENDO AS DUNAS DO COCÓ

Em julho de 2009 a Câmara Municipal de Fortaleza aprovou lei que transforma a região de dunas do Cocó em Área e Relevante Interesse Ecológico (Arie), o que proibiria a construção de empreendimentos em um dos terrenos mais valorizados da cidade. A matéria – iniciativa de João Alfredo (Psol) – teve apoio da base da prefeita Luzianne Lins (PT), sendo aprovada com 27 votos favoráveis e cinco abstenções. Os quatro votos contrários partiram do PMDB. A aprovação se deu sob forte pressão de movimentos populares.

Após a aprovação e antes que Luizianne pudesse sancionar a lei, o vereador Carlos Mesquita (PMDB) entrou na Justiça alegando que uma lei aprovada em 1976 transformava aquela região em loteamento, o que permitiria a construção no local.Somente em outubro de 2009 Luizianne sancionou a lei – apesar de ser uma iniciativa de João Alfredo, seu ex-companheiro de PT e um dos nomes mais fortes da oposição à gestão municipal.

Insatisfeita com a criação da lei, a Associação de Construtores e Loteadores (Acecol) ingressou no Tribunal de Justiça do Ceará com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade argumentando que o projeto de João Alfredo seria ilegal. Em janeiro do ano passado, a associação conseguiu uma liminar a seu favor, o que suspendeu temporariamente os efeitos da legislação.

Em setembro do ano passado, respondendo à indagação de João Alfredo (Psol), a Comissão de Meio Ambiente, Política Urbana e Direito Urbanístico da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE) concluiu que o projeto a lei seria inconstitucional.

Em março deste ano, o secretário municipal do Meio Ambiente, Deodato Ramalho, chegou a correr risco de prisão em caso de descumprimento de decisão da 2ª vara da Fazenda Pública que obrigava o secretário a ceder licenciamento ambiental dentro de 24 horas para a construção de um loteamento na região.

No mês seguinte, o Tribunal de Justiça rejeitou a ação de inconstitucionalidade que questionava a lei municipal, sob o entendimento de que a Acecol não seria parte legítima para ingressar com o questionamento de inconstitucionalidade. Na reunião do Pleno do Tribunal de Justiça, foram 25 votos a favor dessa posição e oito votos contrários.”

(O POVO)

Vendedor da feira do peixe da Beira Mar fecha box em protesto contra preços altos

185 2

Cena inusitada na feira de peixe situada no calçadão da avenida Beira Mar. Revoltado com os altos preços cobrados neste período santo por seus companheiros de comercialização, o vendedor de nome “Gerardo” fechou seu box, de número 36.

Para ele, um absurdo que os colegas queiram explorar, quando dá para se obter lucro sem problemas, segundo informou o jornalista Nonato Albuquerque, em seu programa Grande Jornal, na Rádio O POVO/CBN, nesta manhã de sexta-feira.

Pena que a atitude de seu Gerardo não encontrou eco. Nem entre colegas, nem entre os consumidores que continuam comprando.

Pároco da Catedral culpa a imprensa por "dessacralizar" a Semana Santa

230 2

Em entrevista à Rádio O POVO/CBN, nesta sexta-feira, o padre Clairton Alexandrino, da Catedral Metropolitana de Fortaleza, criticou a imprensa por ter “dessacralizado” a Semana Santa, período em que os cristãos devem refletir sobre a importante da morte e ressurreição de Jesus Cristo.

“A imprensa dessacraliza esse período definindo-o como feriadão ou feriado prolongado”, acentuou o religioso, lamentando que, dessa forma, perde-se o valor maior dessa época, fazendo com que o profano prevaleça sobre o sagrado.

Padre Clairton aproveitou para convocar os cristãos a reflexões e a participar dos atos da Semana Santa. Na Igreja Católica, não há missas nesta sexta-feira santa, mas reflexões em torno do Senhor morto, a partir das 15 horas, em todas as paróquias. Na Catedral, haverá procissão pelas principais ruas do Centro.

Governo vai ampliar controle das Agências

“As agências reguladoras vão começar a ganhar um perfil mais alinhado com a presidente Dilma Rousseff ainda neste ano. As indicações para os cargos em aberto já foram iniciadas pelo Palácio do Planalto. Até o fim do ano, o comando de órgãos reguladores importantes, como a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) estarão sob nova gestão.

As indicações políticas não estão completamente vetadas pelo novo governo, mas os partidos alinhados terão de encontrar, entre seus apadrinhados, pessoas com conhecimento técnico efetivo para entrarem na disputa pelos cargos. A orientação foi repassada por Dilma a todos os ministros nos primeiros dias do seu governo.”

(Agência Estado)

Vice do IAB questiona secretário municipal

O vice-presidente do Instituto dos Arquitetos do Brasil, regional do Ceará, José Sales, questiona artigo do secretário do Planejamento e Orçamento da Prefeitura de Fortaelza, Alfredo Pessoa, que abordou obras e investimentos do município. Em seu artigo, entre algumas considerações, Pessoa disse que a Prefeitura sofreu por conta também da crise mundial. Sales expõe:

Querer fazer uma ligação entre Fortaleza e a acontecimentos relacionados com a “crise mundial” é um dos raciocínios mais tortuosos que já vi. Por outro lado, não reconheci de onde o Secretário Alfredo Pessoa retirou estes dados comparativos.

Por outro aspecto, há alguns valores que se referem aos projetos quando finalizados. Como os mesmos ainda estão em “andamento”, imagino que há erros de metodologia ao incluí-los na somatória dos investimentos.

Outras considerações:

Tenho dúvidas se nos investimentos do Projeto Costa Oeste, renomeado de Vila do Mar, não se incluiram os valores de implantação das 2840 novas moradias, que foram feitos pelo Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Local e Regional, substituida pela Secretaria Estadual das Cidades, que repassou o projeto e os contratos à Prefeitura de Fortaleza.

José Sales,
zesalescosta@ig.com.br

E por falar em classe média…

Com o título “Vai faltar classe média para todos”, eis artigo do jornalista Ricardo Kotscho, que questiona tanta festa oficial em torno desse segmento. Confira:

Quantos somos, afinal, os brasileiros desta classe média tão badalada nas últimas semanas, cortejada por todos os partidos políticos?

Segundo estudo do professor Marcelo Nery, da Fundação Getúlio Vargas, divulgado no final do ano passado, 29 milhões de brasileiros foram incorporados à classe C, a chamada “nova classe média”, entre 2003 e 2009, ou seja, no governo Lula. No mesmo período, a classe E, que abriga o “povão” tão falado, encolheu 11,3%.

Para o IBGE é considerado de classe média todo cidadão com renda entre R$ 1.126 e R$ 4.854, o que constitui um contigente de 94,9 milhões de pessoas e corresponde a 50,5% da população.

Pela primeira vez em nossa história, somos um país predominantemente de classe média, o que pode demonstrar o apetite demonstrado pelos partidos de todas as latitudes pela conquista desta gorda fatia do eleitorado.

Só faltava o PT. Antes, o moribundo DEM e o recém-nascido PSD, ambos herdeiros do velho PFL, já haviam adotado a classe média como público alvo.

Em seguida, foi a vez do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso apresentar seu manifesto “O papel da oposição”, em que recomenda ao PSDB esquecer o “povão”, já cooptado pelo PT, e investir também na nova classe média.

Só faltava o PT. Pois nesta terça-feira [anteontem], reunido com 32 prefeitos do partido em Osasco, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sugeriu que o PT também dispute o voto mais conservador da classe C, incluindo os orfãos do malufismo e do quercismo.

Mirando-se no bem sucedido exemplo de José Alencar, o seu vice nos dois mandatos, com quem compôs uma chapa capital-trabalho para atrair setores mais conservadores da sociedade, em 2002 e 2006, Lula quer que o PT também amplie seu leque de alianças mais à direita em São Paulo, onde a classe média tradicional se mostra refratária ao PT.

Do jeito que as coisas estão caminhado, com esta geléia geral partidária sem limites nem hora para acabar, será difícil o eleitor descobrir quem é quem nas eleições municipais no ano que vem.

Vai faltar classe média para todos. E quem vai cuidar dos ricos e dos pobres, as duas pontas esquecidas do losângo que substituiu a nossa pirâmide social? Com tanto partido, não sobrou nenhum pra dizer que é de direita?

Até outro dia, por exemplo, os eleitores tucanos e petistas devem se lembrar que malufistas e quercistas eram, afinal, seus principais adversários.

Enquanto o conservador PSD de Gilberto Kassab e Guilherme Afif incha, sonhando em se juntar ao progressista PSB no ano que vem, o DEM e o PSDB começam a debater a fusão entre os dois partidos antes que eles acabem. O PMDB, impávido, só assiste a tudo de camarote.

A perda de seis vereadores tucanos esta semana, em São Paulo, levou o PSDB a convocar uma reunião de emergência na sua sede em Brasília. Para Sergio Guerra, o presidente tucano, em dois meses a fusão com o DEM deverá estar concluída. Dos dois lados, porém, há resistências.

Com os ex-presidentes FHC e Lula de volta à ribalta, e o veterano José Agripino Maia à frente do DEM, escoltado por Ronaldo Caiado, as imagens desta salada de siglas revela um outro problema dramático da politica brasileira: a falta de renovação das lideranças, e do interesse dos jovens em participar da vida partidária.

(Blog Balaio do Kotscho)

Uma "Paixão de Cristo" pelas ruas da Aerolândia

O Grupo de Teatro João Paulo II encenará o espetáculo “A Paixão de Cristo” pelas ruas do bairro Aerolândia, em Fortaleza, nesta sexta-feira. A apresentação, realizada há 11 anos, terá início na Capela Santo Antônio, com os episódios da última ceia e condenação de Jesus.

Em seguida, segundo a organização, ocorrerá a peregrinação – com cenas da Paixão, pelas ruas Aspirante Mendes, Tenente Jaime Andrade e Capitão Olavo até a crucificação na praça da Paróquia Nossa Senhora do Sagrado Coração.

SERVIÇO

* Capela Santo Antônio – Rua General Lima e Silva, 108.