Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Fies 2018 – Inscrições para financiamento começam nesta segunda-feira

Começam hoje (19) as inscrições para o financiamento estudantil do governo federal. A iniciativa usa recursos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e é coordenada pelo Ministério da Educação (MEC). O período vai até o dia 28 de fevereiro, às 23h59. Os contratos vão seguir as novas regras do programa, aprovadas no ano passado.  A previsão do governo é atender a 310 mil pessoas em 2018.

Os recursos do Fies são destinados a financiar alunos em cursos superiores privados, desde que esses tenham avaliação positiva no MEC. O montante a ser pago depende de uma fórmula que leva em consideração o preço da mensalidade e a renda familiar do candidato.

No início do mês, o Comitê Gestor do Fies definiu os limites do financiamento: máximo de R$ 30 mil por semestre e mínimo de R$ 300.

As condições do financiamento precisam ser estipuladas entre o banco que irá conceder o empréstimo, a instituição de ensino e o aluno. Após a conclusão do curso, o valor da parcela dependerá da renda do estudante.

As duas modalidades do financiamento (Fies e P-Fies) são estruturadas em três faixas. A primeira contempla alunos com renda familiar bruta, por pessoa, de atê três salários mínimos, que contarão com juro real zero. A segunda é destinada a alunos com cada membro da família com renda de até cinco salários mínimos nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, e a terceira, a estudantes com o mesmo teto de renda familiar das demais regiões. Nesses dois casos, os juros serão um pouco acima da inflação.

Inscrições

Pode se inscrever quem teve média de pelo menos 450 no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e que não tenha zerado a redação. Outra exigência é se encaixar dentro dos limites de faixa de renda estabelecidos para o programa.

As inscrições devem ser feitas no site do MEC. O candidato deve fornecer o número do CPF, a data de nascimento e um e-mail válido. Além disso, deve informar a renda familiar para comprovar que se encaixa nas exigências do programa.

Calendário

Após o encerramento das inscrições, no dia 28 de fevereiro, serão divulgados os resultados de pré-seleção e as listas de espera. A modalidade Fies disponibilizará os nomes no dia 5 de março, enquanto a P-Fies tornará público os contemplados no dia 12 de março.

Quem for pré-selecionado na modalidade Fies terá de 6 a 8 de março para fazer a complementação da inscrição. Para tirar dúvidas e obter mais informações sobre o calendário ou outros aspectos da seleção, o candidato deve acessar o site oficial do programa.

(Agência Brasil)

Prefeito baixa edital nesta semana ampliando a Zona Azul

241 1

Da Coluna do Eliomar de Lima, do O POVO desta segunda-feira:

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) vai lançar, nesta semana, edital estipulando um novo sistema de Zona Azul. Atualmente, são cerca de 3 mil vagas, mas, de acordo com o chefe do executivo municipal, esse número será elevado para 9 mil ao longo dos próximos 12 meses.

“O que podemos adiantar é que haverá tempos diferentes por cartão Zona Azul, dependendo ainda da área da cidade”, informa o prefeito, observando que, pela nova sistemática, quanto maior o engarrafamento e dificuldade de estacionar, menor será o tempo disponível de uso do cartão. Áreas de trânsito menos complicado terão cartão oferecendo maior tempo de permanência. Ele diz que a ordem é “promover rotatividade” em pontos com pior trânsito.

Roberto Cláudio diz que essa nova sistemática nasceu de estudos prévio realizados pelo Paitt. O Centro terá prioridade e haverá ainda centrais de monitoramento da Polícia Militar e da Guarda Municipal. A comercialização seguirá o modelo de São Paulo: digital e antecipada, abrindo para aplicativos e sistemas de venda online para facilitar a vida do cidadão. A expectativa é de que isso resolve o velho problema de cartão do gênero aparecer nas mãos de flanelinhas.

Petista vai ao Planalto questionar intervenção federal no Rio

O presidente Michel Temer vai reunir, às 10 horas desta segunda-feira, em Brasília, o Conselho da República para tratar do decreto presidencial que autorizou a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro. No encontro, haverá a participação do líder petista na Câmara, José Nobre Guimarães, que embarcou, na madrugada desta segunda, para esse encontro e outras atividades legislativas.

No Aeroporto Internacional Pinto Martins, Guimarães avaliou o caso da votação da intervenção federal no Rio e disse que vai cobrar o porquê da medida. Ele considera esse ato uma “decisão unilateral” do presidente Temer e defende um pacto envolvendo os governadores e União.

Para José Guimarães, o que se viu no Rio foi um “estado de exceção”

Criado por lei em 1990 para deliberar sobre intervenção federal, estado de defesa, estado de sítio e questões relevantes para a estabilidade das instituições democráticas, o Conselho da República é dirigido pelo presidente da República e composto pelos presidentes da Câmara e do Senado, os líderes da maioria e da minoria no Senado, o ministro da Justiça e seis cidadãos brasileiros maiores de 35 anos de idade.

Presidente do Ceará anuncia que fará mais contratações

2680 2

O presidente do Ceará Sporting, Robinson de Castro, anunciou, nesta segunda-feira, que a diretoria pretende fazer mais contratações de olho no Campeonato Brasileiro da Série A. Ele pediu, no entanto, paciência à torcida alvinegra, lembrando que os atletas contratados ainda precisam de tempo para melhor adaptação.

Robinson não quis adiantar que posições poderiam ser alvo de contratações e lembrou também que ainda há atletas que não estrearam no time como é o caso de Reina.

O dirigente alvinegro embarcou para o eixo Brasília-Paraná. Na agenda dele, posse da nova cúpula do Conselho Federal de Contabilidade e o jogo do Ceará contra o Londrina, válido pela Copa do Brasil.

 

Ministro descarta intervenção federal na segurança do Ceará

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Torquato Jardim, descarta intervenção federal de qualquer natureza no Ceará. Segundo o ministro, a situação na segurança pública no estado não pode ser comparada à do Rio de Janeiro. Jardim deu a declaração após acompanhar, nessa noite de domingo, na Base Aérea de Brasília, o embarque da força-tarefade policiais federais e da Força Nacional que já se encontra em Fortaleza. Os agentes vão dar apoio às forças militares estaduais no combate ao crime organizado, com aval do governador, Camilo Santana.

O envio de reforço ao estado ocorre após o assassinato do traficante Rogério Jeremias de Simone, vulgo Gegê do Mangue, encontrado morto em uma área indígena localizada em Aquiraz, na região metropolitana de Fortaleza. O traficante, que estava foragido, é acusado de chefiar uma organização criminosa criada em São Paulo.

“A situação do Ceará não sugere intervenção de qualquer natureza no futuro distante. É bem diferente a situação do Rio de Janeiro. Lá havia uma quebra da hierarquia do funcionamento das instituições, da autoridade instalada. Isso está longe de ocorrer no Ceará”,  disse o ministro.

(Com Agência Brasil)

Força-tarefa pedida por Camilo já está em Fortaleza

Já está em Fortaleza força-tarefa de segurança designadas pelo presidente Michel Temer (MDB), atendendo a um pedido do governador Camilo Santana (PT). O grupo chega para dar apoio técnico às forças de segurança estaduais nas ações de combate ao crime organizado.

O destacamento enviado pelo Ministério da Justiça para o Ceará é composto por 36 homens, sendo 26 da Polícia Federal e 10 da Força Nacional de Segurança Pública, chefiados pelo almirante Alexandre Mota, secretário-adjunto da Secretaria Nacional de Segurança Pública.

Nesta segunda-feira, haverá, na sede da SSPDS, reunião da cúpula da segurança no Estado com a força-tarefa para tratar das estratégias de ação.

A força-tarefa chega após repercussão da maior chacina registrada no Ceará, em 27 de janeiro, no bairro Cajazeiras, quando foram assassinadas 14 pessoas em conflito de facções. O governador Camilo Santana (PT) pediu audiência na época e foi recebido pelo presidente Michel Temer no dia 30 de janeiro, em reunião onde foi definida uma primeira ação federal contra a crise na segurança no Ceará.

Na ocasião, estiveram presentes também o senador Eunício Oliveira (MDB), presidente do Senado, o presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PDT), e o presidente do Tribunal de Justiça, Gladyson Pontes.

Acordo para compensar perdas na poupança não abrange confisco do Plano Collor 1

Responsável pelo confisco de depósitos bancários e da caderneta de poupança de milhões de brasileiros, o Plano Collor 1 está fora do acordo entre bancos e poupadores, homologado na última quinta-feira (15) pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo a Advocacia-Geral da União (AGU), há um entendimento firmado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) de que o valor confiscado foi devidamente corrigido pelo indexador da época, não cabendo compensação.

Firmado depois de duas décadas de ações judiciais, o acordo para compensar perdas na caderneta de poupança tem como objetivo pôr fim aos processos que questionam a mudança nos indexadores promovida pelos planos econômicos Bresser (1987), Verão (1989) e Collor 2 (1991). Coordenado pela AGU, o acordo foi assinado entre o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), a Frente Brasileira pelos Poupadores (Febrapo) e a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), com supervisão técnica do Banco Central.

Atualmente, a poupança é corrigida pela Taxa Referencial (TR) mais 0,5% ao mês ou 70% da Taxa Selic (juros básicos da economia), dependendo da Selic em vigor ou da data dos depósitos. Em 1990, época do Plano Collor 1, o indexador era o Bônus do Tesouro Nacional Fiscal (BTNF).

Na época do confisco, os saques de depósitos na conta-corrente e na poupança foram limitados a 50 mil cruzados novos. O excedente ficou retido por 18 meses com correção de 6% ao ano. Para fundos de curto prazo e overnight (aplicação em títulos públicos com prazo de 24 horas), a retirada foi limitada a 25 mil cruzados novos, com a tributação de 8% sobre o valor resgatado.

(Agência Brasil)

Sindicalistas madrugam no aeroporto para pressionar contra a reforma da Previdência

Nesta madrugada de segunda-feira, um grupo de sindicalistas ligado ao Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos de Fortaleza (Sindifort), fez ato contra a proposta de reforma da Previdência do governo Temer. O objetivo era fazer corpo a corpo junto aos parlamentares federais contra a matéria, segundo informou a presidente do Sindifort, Narcélia Silva.

A ação, de caráter nacional, segundo Narcélia, vai continuar até que o governo federal desista da proposta de reforma da Previdência “que vai trazer muito prejuízo para a classe trabalhadora”.

Narcélia garante que a ordem é paralisar o Brasil numa greve geral marcada para o próximo dia 28, quando o governo federal espera colocar par votação essa proposta.

Protesto no ISSS

Dentro dessa luta, haverá, a partir das 8 horas desta segunda-feira, na Praça da Faculdade de Direito da UFC (Centro), uma concentração dos movimentos sindicais e sociais. De lá, o grupo sairá em passeata rumo ao Centro para um protesto em frente a sede do INSS no Estado;

Estudantes podem usar nota do Enem para ingressar em universidades portuguesas

Os estudantes brasileiros que sonham em fazer graduação fora do país têm portas abertas em Portugal. O país já tem 28 convênios firmados com o Brasil, que permitem a utilização do nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para o ingresso em faculdades portuguesas.

Desde 2014 que o Brasil vêm assinando acordos com instituições de ensino superior em Portugal para que a nota do Enem seja considerada. A Universidade de Coimbra, a faculdade que tem mais alunos brasileiros fora do Brasil, foi a primeira a firmar a parceria com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão vinculado ao Ministério da Educação do Brasil.

Para se candidatar, os estudantes brasileiros não podem ter cidadania portuguesa nem morar em Portugal há mais de dois anos. Além disso, devem ter o certificado de conclusão do ensino médio e um passaporte válido.

As exigências valem para as inscrições em qualquer universidade ou instituto de ensino superior. Além disso, os candidatos devem checar quais outros requisitos podem ser exigidos, de acordo com o curso ou faculdade que escolherem.

Segundo o Inep, as instituições de Portugal que aceitam o Enem têm liberdade para definir qual será a nota de corte para o acesso dos estudantes brasileiros aos cursos ofertados. Na Universidade do Porto, por exemplo, as notas do exame podem ter um peso diferente em função do curso que o candidato pretende ingressar.

Além disso, as datas de matrícula, prazos de inscrição e números de vagas também variam de acordo com cada instituição. É importante que os estudantes estejam atentos aos calendários das faculdades.

Outra variável é o preço das mensalidades, que em Portugal são chamadas de propinas. Mesmo as universidades públicas são pagas e os valores podem variar bastante. No país, as universidades públicas concentram a maior parte dos alunos do ensino superior (mais de 80% das cerca de 370 mil matrículas).

(Agência Brasil)

Dia de Combate ao Alcoolismo – Cresce percentual de brasileiros que combinam álcool e direção

Hoje (18) é lembrado como o Dia Nacional de Combate ao Alcoolismo, data instituída para conscientizar a população sobre a doença e os prejuízos causados pelo consumo excessivo de bebidas alcoólicas.

Segundo dados da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), feita pelo Ministério da Saúde, em 2016, a frequência do consumo abusivo de bebidas alcoólicas foi de 19,1%, sendo cerca de duas vezes maior em homens (27,3%) do que em mulheres (12,1%). Considera-se uso abusivo quem ingeriu de quatro a mais doses para mulheres, ou cinco a mais doses para homens, em uma mesma ocasião dentro dos últimos 30 dias antes da pesquisa.

O aumento no percentual de brasileiros que combinam álcool e direção também foi demonstrado pela pesquisa Vigitel. Em 2016, 7,3% da população adulta das capitais brasileiras declararam que bebem e dirigem. No ano anterior, o índice foi de apenas 5,5%. Um aumento de 32%, em apenas um ano, segundo o Ministério da Saúde.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o uso nocivo do álcool é um fator causal para mais de 200 doenças e condições de lesão. No mundo, 5,1% da carga global de doenças e lesões é atribuída ao álcool.

(Agência Brasil)

Fortaleza terá ato público contra a reforma da Previdência nesta segunda-feira

Com a palavra de ordem “Se botar pra votar, o Brasil vai parar!”, a Frente Brasil Popular, CUT, CTB, CSP Conlutas, CSB, Nova Central, Força Sindical, UGT, Intersindical, sindicatos e movimentos populares mobilizam a população para ir às ruas, nesta segunda-feira (19), no Dia Nacional de Lutas e Paralisações contra a Reforma da Previdência. A votação na Câmara dos Deputados está prevista para entrar em pauta esta semana. Em Fortaleza, um ato público está marcado para concentrar às 9 horas, na Praça Clóvis Beviláqua (Praça da Bandeira), no Centro.

Nas demais regiões do Estado, estão previstos atos no Cariri (CE-292, entre Juazeiro do Norte e Crato), Vale do Jaguaribe (Triângulo de Peixe Gordo, em Tabuleiro do Norte), Sobral (Praça de Cuba), Crateús (Praça Matriz), Itapipoca (em frente ao prédio do INSS) e Iguatu (Praça da Caixa Econômica).

Temer determina envio de força-tarefa ao Ceará para combater crime organizado

O presidente Michel Temer determinou neste domingo (18) o envio de uma força-tarefa formada por agentes da Polícia Federal (PF) e da Força Nacional para combater o crime organizado no Ceará. Uma dos motivos para o complemento nas ações de segurança que já estavam sendo realizadas no estado é a suspeita do assassinato do traficante Rogério Jeremias de Simone, vulgo Gegê do Mangue, um dos líderes de uma facção criminosa de São Paulo e que estava foragido. A morte ainda não foi confirmada oficialmente.

De acordo com a Secretaria de Segurança do Ceará, as polícias Militar e Civil estão trabalhando para identificar os corpos de dois homens encontrados na última sexta-feira (16) em uma área indígena localizada em Aquiraz, cidade da região metropolitana de Fortaleza. A autoria dos homicídios também é investigada.

O grupo de policiais que integra a força-tarefa é formado por 26 homens da Polícia Federal e dez da Força Nacional e embarcará, às 22h, na Base Aérea de Brasília, para Fortaleza. O ministro da Justiça e Segurança Pública, Torquato Jardim, também viajará para a operação. A força-tarefa vai atuar em conjunto com a Polícia Militar do estado.

(Agência Brasil)

150 novos profissionais – STDS encerra certificações do Criando Oportunidades e Primeiro Passo

O secretário estadual do Trabalho e Desenvolvimento Social do Ceará, Josbertini Clementino, encerrou neste domingo (18), no município de São João do Jaguaribe, no Sertão Central, a série de certificações dos formandos dos projetos Criando Oportunidades e Primeiro Passo. No total, foram mais de 150 novos profissionais lançados no mercado de trabalho.

“Temos investido na qualificação de novos profissionais no Interior como forma de desenvolver a economia nessas cidades e de manter as pessoas trabalhando e morando em sua própria região. Já em abril novas turmas começam as aulas, em cursos inéditos, ampliando assim o alcance desses profissionais. Essa tem sido nossa preocupação Governo” afirmou o secretário Josbertini.

(Foto: Divulgação)

Rodada define times do hexagonal e primeiro rebaixado

A goleada do Ceará sobre o Maranguape, por 5 a 1, no PV, e a vitória do Ferroviário diante do Guarani de Juazeiro, por 1 a 0, em Caucaia, encerraram a penúltima rodada da primeira fase do Campeonato Cearense de Futebol, na neste domingo (18).

Com os resultados, os seis times que disputarão o hexagonal foram definidos, além do rebaixamento do Maranguape. A última rodada, no próximo fim de semana, apontará o segundo rebaixado, entre Tiradentes (5 pontos), Guarani de Juazeiro (6 pontos) e Horizonte (8 pontos), que enfrentam o Ceará, o Iguatu e o Maranguape, respectivamente.

A última rodada também definirá a posição dos seis times classificados: Fortaleza (18 pontos), Ferroviário (17 pontos), Ceará (16 pontos), Iguatu (15 pontos), Uniclinic (14 pontos) e Floresta (12 pontos).

(Foto: FCF)

Presidente do BNDES participa de fórum na Fiec

O economista Paulo Rabello de Castro, atual presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES, é o convidado da próxima edição do Fórum Industrial Ideias em Debate, na quinta-feira (22), a partir das 18h30, no auditório Waldyr Diogo – térreo na Casa da Indústria da Fiec. O evento é gratuito e as inscrições devem ser feitas pelo site do Sistema Fiec.

O Fórum Ideias em Debate já promoveu uma série de palestras com personalidades de diversas áreas para trazer informações atualizadas visando o fortalecimento do setor produtivo.

Já participaram de edições anteriores do fórum, nomes como Ciro Gomes, Leandro Karnal, Maílson da Nóbrega, Marco Antonio Villa, Augusto Cury, Miriam Leitão, Mário Sérgio Cortella, Mauro Benevides Filho, Clóvis de Barros Filho, Ricardo Boechat, Bráulio Bessa, Dráuzio Varela, Ricardo Amorim, Carlos Alberto Sardenberg, Deltan Dallagnol, Cristiana Lôbo, Eduardo Giannetti da Fonseca, Zeina Latif, entre outros.

(Fiec / Foto: Arquivo)

Imparh abre inscrições para curso de Inglês Instrumental

O Instituto Municipal de Desenvolvimento de Recursos Humanos (Imparh) abre inscrições para o curso de Inglês Instrumental. Ao todo, são ofertadas 30 vagas. As inscrições podem ser feitas até o dia 5 de março pela internet.

Para se inscrever, os interessados devem preencher o formulário eletrônico na área de Educação do Catálogo de Serviços da Prefeitura e, em seguida, gerar o boleto que deve ser pago e apresentado até o dia 5 de março, junto ao comprovante de inscrição, na Gerência de Extensão do Imparh, de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 17h. As vagas serão preenchidas por ordem de confirmação presencial das matrículas no Instituto.

O curso de Inglês Instrumental do Imparh tem por objetivo desenvolver a habilidade de compreensão leitora de textos científicos em língua inglesa, fazendo com que o leitor possa ler e entender textos em inglês de diversas áreas por meio de métodos, estratégias e técnicas de leitura. O curso tem carga horária de 60h/a e as aulas acontecem às segundas e às quartas-feiras, das 19h às 21h. O valor do curso é R$ 275, com apostila inclusa.

(Prefeitura de Fortaleza / Imparh / Foto: Arquivo)

O que Camilo tem a ver com Lúcio?

Da Coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (18):

O que parecia ser uma tranquila caminhada de Camilo Santana (PT) rumo à reeleição se transformou em uma trilha espinhosa e com abismos à espreita. Uma chacina seguida da outra e a incomparável onda de assassinatos fizeram o governador sair da rota planejada e entrar numa zona de turbulência que não dá sinais de que terminará tão cedo.

Observadora atenta dos acontecimentos, a oposição esfrega as mãos e passa a comparar Camilo com Lúcio Alcântara, o austero governador cuja gestão era muito bem avaliada, mas, mesmo assim, sofreu uma dura derrota ainda no primeiro turno quando tentava a reeleição, em 2006.

O opositor que na época destroçou Lúcio foi Cid Gomes, cujo grupo político apoiou a gestão lucista e até manteve secretários no Governo. Cid tinha cheiro de novo. Lúcio emanava odores do passado. Era político oriundo da ditadura e, por muito pouco, já não havia perdido a eleição de 2002 para um inacreditável José Aírton Cirilo (PT), que surfou na onda Lula. Vale lembrar aqueles tempos. Lúcio era do PSDB. O Governo era do PSDB. Tasso era do PSDB, mas também era aliado dos Ferreira Gomes.

Num dos piores momentos de sua trajetória, Tasso retirou o apoio ao Governo de seu correligionário Lúcio acusando-o de acobertar atos suspeitos que seriam praticados por um filho do governador. A acusação em tom de denúncia criou as condições para romper com o governador de seu próprio partido e apoiar a candidatura de Cid Gomes em 2006. A julgar pelos acontecimentos que o processo político desenhou quatro anos depois (2010), Tasso deve se arrepender amargamente.

O apoio de Tasso foi importante, mas, entre outros motivos de cunho político, Cid ganhou a eleição contra o bem avaliado Lúcio porque soube comunicar a agenda certa. A saber: um projeto de segurança pública (Ronda do Quarteirão), um projeto para construir hospitais regionais e um bom projeto de educação, que já tinha em casa a partir da gestão como prefeito de Sobral.

É para esse ponto que a oposição arregala os olhos. A insegurança hoje é um problema muito mais grave do que era há 12 anos. Trocando em miúdos, um opositor com boa trajetória, capacidade de comunicação e que apresente aos eleitores um bom projeto de segurança pode conquistar muitos apoios do eleitorado que sofre com a violência. Por enquanto, ninguém se habilitou para a empreitada.

Médicos lançam livro sobre esoterismo na quarta-feira

Leis e verdades que regem o universo fazem parte do livro “Esoterismo – um elo em comum”, da Editora Expressão Gráfica e de autoria dos médicos Ernani Rocha Machado e Vanessa Gomes de Moraes, que será lançado na quarta-feira (21), a partir das 19h, no Ideal Clube – Terraço Cultural.

A obra também traz experiências descritas pelos autores, que procuram desvendar países, cidades e regiões sagradas. Locais de peregrinação para leitores que têm vontade de descobrir os mistérios do planeta, enquanto entram em harmonia.