Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Unicef agenda debate sobre criança para a próxima segunda-feira

Flávio Paiva – Mobilizador cultural.

O Unicef do Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte reunirá na próxima segunda-feira, a partir das 14 horas, na Assembleia Legislativa, educadores de brinquedotecas do Estado. A ordem é avaliar esse projeto, que congrega incentivo à leitura e briquedos com apoio de Prefeituras.

Segundo Rui Aguiar, o Oficial de Projetos Especiais do Unicef, o encontro não só avaliará o projeto das brinquedotecas, como será momento para se planejar novas ações na área e incentivar prefeituras a investirem na criança de olho no Selo Unicef – Município Aprovado, certificação que dá respaldo a municípios que queiram apoio também exteno.

Na ocasião, o jornalista e escritor Flávio Paiva dará palestra sobre o tema “Criança e Políticas Públicas”. Flávio tem atuação no campo da literatura infantil e também é um mobilizador cultural reconhecido no Estado.

Luizianne vai conferir feijoada eleitoral

A prefeita Luizianne Lins estará neste sábado, no Mucuripe Club, a partir das 13 horas, conferindo a “Feijoada entre Amigos”. Trata-se de uma atividade de campanha de sua mãe, a professora Luiza Lins (PT), candidata a deputada estadual. O evento é em parceria com o deputado estadual Francisco Caminha (PHS), postulante à Câmara dos Deputados.

Na ocasião, Luizianne deverá apresentar Caminha como um dos seus candidatos a deputado federal. A “Feijoada Entre Amigos” será no estilo adesão.

Fausto Nilo volta a compor com Fagner

O compositor Fausto Nilo avisa para o Blog: renovou parceria com o cantor Raimundo Fagner. Os dois estão, inclusive, fazendo novas composições que, brevemente, poderão ser conferidas.

Enquanto isso, Fausto diz que, até o fim deste ano, sairá o CD “Disco de Carnaval”, pela Biscoito Fino, pronto há algum tempo. Reúne sucessos do gênero, mas outras composições variadas.

Bom destacar que a MPB, com certeza, vai agradecer muito pela volta dessa parceria.

(Foto – Paulo Moska)

Reforma do calçadão da Beira Mar é só atraso, segundo moradores da área

185 2

Eis trecho do calçadão da avenida Beira Mar.

Do coordenador do Movimento Amigos da Beira Mar, Tadashi Enomoto, recebemos a seguinte mensagem, em tom de cobrança à administração municipal:

Caro jornalista Eliomar de Lima,

Veja aí como se encontra o calçadão da nossa Beira Mar, onde o prazo para reforma (troca de cerâmicas) termina nesta segunda-feira, conforme a promessa da Prefeitura em maio de 2010. Com certeza, não vão conseguir executar dentro do prazo estabelecido.

Gostaríamos de saber: Qual o valor da multa por dia de atraso (deve constar no contrato)?
 
Atenciosamente,

Tadashi Enomoto
Coordenador dos Amigos da Beira Mar.

TRE/CE cadastrará eleitor com deficiência física para garantir-lhe acessibilidade à votação

“O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Ceará vai desenvolver uma campanha de sensibilização dos eleitores portadores de deficiência ou com mobilidade reduzida no sentido de se cadastrarem para que a Justiça Eleitoral possa adotar medidas que facilitem o acesso às seções eleitorais. A campanha, que será lançada na próxima terça-feira, às 9h30min, na Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza ? Auditório Loja Conceito, Rua 25 de Março, nº 882, Centro, será desenvolvida com o apoio de entidades de assistência e alguns órgãos públicos que desenvolvem ações voltadas para os deficientes e idosos.

Não é de agora a preocupação da Justiça Eleitoral cearense com a acessibilidade dos eleitores aos locais de votação. O TRE a cada eleição procura melhorar o atendimento aos eleitores com algum tipo de deficiência ou dificuldade de mobilidade. Por isso, já dispõe de um cadastro com 2.416 eleitores inscritos, dos quais aproximadamente 880 votam em Fortaleza.

Mas, diante da necessidade de adotar uma política de acessibilidade que promova a inclusão social, a equiparação de oportunidades e o exercício da cidadania das pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida, a Justiça Eleitoral do Ceará instituiu, por meio da Resolução nº 401, de 21.6.2010, o Programa de Acessibilidade a ser implementado no âmbito da secretaria do Tribunal Regional Eleitoral, cartórios eleitorais e locais de votação do Estado do Ceará.

A primeira ação a ser desenvolvida por este programa é a Campanha de Cadastramento dos Eleitores com Deficiência ou Mobilidade Reduzida, que pretende, por ocasião da realização das eleições gerais do dia três de outubro próximo, identificar todos os eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida no Estado do Ceará.

Assim, no momento da votação, o eleitor deverá se dirigir ao mesário da seção eleitoral onde vota, o qual providenciará o cadastramento, preenchendo o formulário de requerimento individual específico. O formulário, permitindo a identificação no cadastro nacional de eleitores, deve ser assinado pelo eleitor.

Os dados colhidos servirão para auxiliar a Justiça Eleitoral no diagnóstico da real situação das seções eleitorais do Estado com relação a esta parcela do eleitorado e, futuramente, na adoção de medidas voltadas à eliminação das dificuldades de acesso atualmente existentes.”

(Site do TRE-CE)

Roberto Macedo avalia bem Gestão Cid Gomes

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), Roberto Macedo, confirma: tomará posse oficialmente em um novo mandato à frente da entidade no dia 20 de setembro. Em ato simples, pois o festivo ficará só para depois do pleito. Roberto derrotou Orlando Siqueira em pleito recente da entidade.

O dirigente da Fiec não diz, mas evita fazer festa agora porque boa parte do empresariado está de olho na campanha eleitoral.

Roberto, claro, não pode falar de preferências eleitorais, mas como cidadão não esconde avaliação positiva que faz da gestão do governador Cid Gomes (PSB).

Funceme sofre de "desertificação técnica"

329 1

“A II Conferência Internacional sobre Clima, Sustentabilidade e Desenvolvimento de Regiões Semiáridas passou, deixou frutos, mas, também, uma constatação nos bastidores: a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos do Estado (Funceme),que atua nessa área, vive ameaça de “desertificação técnica”. Isso, por estar perdendo pesquisadores em razão dos baixos salários.

Gente com mestrado e doutorado ali ganha, no máximo, R$ 3 mil, o que não motiva. Nesta semana, o orgão perdeu dois técnicos: um para a UnB e outro para a UFC, aprovados em concurso público.

A cúpula da Funceme está preocupada e os profissionais esperam ver o problema resolvido pelo Governo do Estado após as eleições.”

(Coluna Vertical, do O POVO)

Nonato Albuquerque é candidato

Estávamos conferindo a propaganda eleitoral gratuita pelo rádio quando tomamos um enorme susto: um candidato com o nome “Nonato Albuquerque” difundia sua mensagem, pedindo votos para deputado estadual. Pela voz horrorosa, deu para percebemos que não se tratava do nosso querido jornalista, radialista, poeta, cantor e mago Nonato Albuquerque (TV Jangadeiro e rádio O POVO/CBN).

Mas, mesmo assim, resolvemos dissipar toda e qualquer dúvida conferindo esse negócio na propaganda eleitoral gratuita da tv. Eis aí o “Nonato Albuquerque” candidato:

Sindicalista pode estar na mira da Receita Federal

“Depois do indiciamento de duas servidoras por violar os sigilos dos dados fiscais de quatro tucanos, um sindicalista pode entrar na mira da Receita Federal. É o funcionário Hamilton Mathias, que trabalha na mesma sala onde foi violado o sigilo fiscal do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge, e de três pessoas ligadas ao PSDB. Mathias é delegado do Sindireceita (Sindicato dos servidores da Receita) no grande ABC, região de origem do PT. É conhecido na região pela intensa atividade sindical.

Segundo o processo interno aberto pela Receita para investigar o episódio, apenas uma mesa vazia separa Hamilton Mathias do computador de Adeildda Ferreira dos Santos, usado para violar os dados fiscais de Eduardo Jorge e de Luiz Carlos Mendonça de Barros, Gregório Marin Preciado e Ricardo Sérgio, todos ligados ao alto comando do PSDB.

Em conversa gravada por telefone com o Estado, às 20h30 de sexta-feira, 27, Hamilton disse ser inocente e estar tranquilo. Afirmou que não pode comentar o episódio porque o processo corre sob sigilo e os servidores da agência da Receita em Mauá, onde o dado fiscal foi quebrado, foram orientados a não comentar o assunto.Ele já foi ouvido uma vez em depoimento prestado à Corregedoria da Receita no dia 2 de agosto. Naquele dia, negou qualquer envolvimento na consulta ilegal aos dados dos tucanos. Desde 2003, o Sindireceita agraciou políticos do PT com a medalha ““Mérito Público Evandro Lins e Silva”. Entre os agraciados estão os deputados Antonio Palocci e João Paulo Cunha.

Questionado pela Corregedoria da Receita se tem ligações políticas, o sindicalista Hamilton Mathias afirmou que “não é filiado, mas por residir em cidade pequena, Ribeirão Pires/SP, conhece o prefeito que é filiado ao PV, o vice-prefeito, e outras pessoas filiadas a partidos políticos diversos”. Ele negou conhecer Eduardo Jorge e disse que nunca recebeu qualquer ordem para acessar os seus dados.

Ele, no entanto, admitiu que sabia que Adeildda tinha a senha da servidora Antonia Aparecida Rodrigues dos Santos Neves Silva. “A própria Antonia contou-lhe”, segundo o depoimento. O código dela foi usado, a partir do computador de Adeildda, para consultar e imprimir as declarações de renda dos tucanos no dia 8 de outubro do ano passado.

Em nota divulgada na sexta-feira à noite, Antonia voltou a negar envolvimento com episódio e desmentiu as acusações feitas pela Corregedoria da Receita de que há indícios de um esquema de venda de dados fiscais na agência de Mauá. Em depoimento à corregedoria, ela afirmou que emprestou a senha a Adeildda e à funcionária Ana Maria Cano, mas as duas também dizem que não têm responsabilidade no episódio.

Além de Hamilton Mathias, a Corregedoria já ouviu as outras duas pessoas que, teoricamente, trabalham na mesma sala onde os sigilos foram violados: Júlio Cezar Bertoldo e Gisleine Morgado. Ambos também negam participação na quebra dos sigilos fiscais dos tucanos.”

(Agência Estado)

Ibope/Estadão – Dilma abre 24 pontos de vantagem sobre José Serra

170 4

“Após dez dias de exposição dos candidatos à Presidência no horário eleitoral, a petista Dilma Rousseff abriu 24 pontos de vantagem sobre o tucano José Serra. Se a eleição fosse hoje, ela venceria no primeiro turno, com 59% dos votos válidos. Segundo pesquisa Ibope/Estado/TV Globo, Dilma chegou a 51% das intenções de voto, um crescimento de oito pontos porcentuais em relação ao levantamento anterior do mesmo instituto, feito às vésperas do início da propaganda eleitoral. Desde então, Serra passou de 32% para 27%. Marina Silva, do PV, oscilou de 8% para 7%. Somados, os adversários da petista têm 35 pontos, 16 a menos do que ela.

A performance de Dilma já se equipara à de Luiz Inácio Lula da Silva na campanha de 2006. Na época, no primeiro turno, o então candidato petista teve 59% dos votos válidos como teto nas pesquisas. Geografia do voto. Dilma ultrapassou Serra em São Paulo (42% a 35%) e tem o dobro de votos do adversário (51% a 25%) em Minas Gerais – respectivamente primeiro e segundo maiores colégios eleitorais do País. No Rio de Janeiro, terceiro Estado com a maior concentração de eleitores, a candidata do PT abriu nada menos do que 41 pontos de vantagem em relação ao tucano (57% a 16%).

Na divisão do eleitorado por regiões, Dilma registra a liderança mais folgada no Nordeste, onde tem mais que o triplo de votos do rival (66% a 20%%). No Sudeste, ela vence por 44% a 30%, e no Norte/Centro-Oeste, por 56% a 24%.

A Região Sul é a única em que há empate técnico: Dilma tem 40% e Serra, 35%. A margem de erro específica para a amostra de eleitores dessa região chega a cinco pontos porcentuais. Mas também entre os sulistas se verifica a tendência de crescimento da petista: ela subiu cinco pontos porcentuais na região, e o tucano caiu nove.

RICOS E POBRES

A segmentação do eleitorado por renda mostra que a candidata do PT tem melhor desempenho entre os mais pobres. Dos que têm renda familiar de até um salário mínimo, 58% manifestam a intenção de votar nela, e 22% em Serra. Na faixa de renda logo acima – de um a dois salários mínimos -, o placar é de 53% a 26%. Há um empate entre a petista (39%) e o tucano (38%) no eleitorado com renda superior a cinco salários.

Também há empate técnico entre ambos no segmento da população que cursou o ensino superior. Nas demais faixas de escolaridade, Dilma vence com 25 a 28 pontos de vantagem.

A taxa de rejeição à candidata petista oscilou dois pontos para baixo, mas se mantem praticamente a mesma desde junho, próxima dos 17%. No caso do candidato tucano, 27% afirmam que não votariam nele em nenhuma hipótese. A disparada da candidata apoiada pelo presidente Lula disseminou a expectativa de que ela vença a eleição. Para dois terços da população, a ex-ministra tomará posse em janeiro como sucessora do atual presidente. Apenas 19% dos eleitores acham que Serra será o vitorioso.

MULHERES

Com boa parte de sua propaganda direcionada à conquista do eleitorado feminino – dando destaque à possibilidade de uma mulher assumir pela primeira vez a Presidência -, Dilma cresceu mais entre as mulheres (nove pontos) que entre os homens (cinco pontos).

Na simulação de segundo turno, a vantagem de Dilma entre as mulheres é agora praticamente a mesma que entre os homens, um fato inédito na campanha. O próprio Lula sempre teve mais votos entre os homens.

A pesquisa mostra que 57% dos eleitores já assistiram a pelo menos um programa do horário eleitoral. Segundo o Ibope, 50% dos brasileiros preferem votar em um candidato apoiado pelo presidente, e 9% tendem a optar por um representante da oposição. Do total do eleitorado, 88% sabem que Dilma é a candidata de Lula.

78% APROVAM LULA

O governo do presidente é considerado ótimo ou bom por 78% dos brasileiros. Outros 4% consideram a gestão Lula ruim ou péssima.

?(Agência Estado)

Datafolha/O POVO – Eunício Oliveira tem simpatias de eleitores tassistas e petistas

179 1

“A pesquisa O POVO/Datafolha deixa explícito o motivo pelo qual a chapa Eunício Oliveira (PMDB)-José Pimentel (PT) atravessa uma crise de infidelidade. Um total de 45% dos eleitores aponta o candidato à reeleição Tasso Jereissati (PSDB) como primeira opção para o Senado.

Outros 20% não sabem em quem votar para nenhuma das duas vagas que serão preenchidas este ano. Os eleitores que têm Eunício como primeiro nome para o Senado são 14%. Já os que têm Pimentel como primeiro nome, 12%.

O que os números mostram claramente é o que as rodas políticas apontavam: quase a metade dos eleitores está escolhendo Tasso e mais um. Aí reside a dificuldade em viabilizar uma chapa do anti-tassismo: os outros candidatos estão de olho no segundo voto de quem está com o tucano.

Até agora, Eunício é quem tem se dado bem ao buscar esse segundo voto: 29% dos eleitores de Tasso votam também em Eunício, contra 19% que optam por Pimentel. Já os eleitores de Pimentel dão 43% de votos para Eunício para a outra vaga. Outros 37% dos eleitores do petista votam também em Tasso.

Os que optam, todavia, pelo peemedebista distribuem o outro voto assim: 49% com Tasso e 38% para Pimentel.

(O POVO)

Datafolha/Senado – Tasso, 54%; Eunício, 31% e Pimentel, 27%

138 1

De 59% para 54% nesta segunda pesquisa Datafolha.

O senador tucano Tasso Jereissati continua liderando com bastante folga a disputa para o Senado no Ceará. Segundo pesquisa Datafolha/O POVO, ele obteve 52% das intenções de voto. Já Eunício Oliveira (PMDB) cresceu e tem agora 31%. José Pimentel (PT) tem 27%. Na pesquisa anterior, os dois apareciam com 24% das intenções de voto, segundo levantamento O POVO/Datafolha. Pimentel e Eunício estão na mesma coligação. A margem de erro máxima da pesquisa é de três pontos percentuais para mais ou para menos. 

A pesquisa foi realizada nos dias 24 e 25 de agosto, após a primeira semana de horário eleitoral no rádio e na televisão. Foram ouvidos 937 eleitores em 41 municípios.

Indecisos

Ainda há 42% de eleitores que declararam não saber em quem votar em relação a uma das duas vagas. E outros 20% estão indecisos em relação às duas vagas.

Declararam intenção de votar em branco, nulo ou em nenhum dos candidatos 12% dos eleitores ouvidos pelo Datafolha. Já 6% disseram que votarão em branco, nulo ou em nenhum dos candidatos para as duas vagas.

Entre os demais candidatos, equilíbrio. Raquel Dias (PSTU) alcançou 3%, metade dos 6% que havia obtido em julho, segundo apontou o Datafolha. Tarcísio Leitão (PCB), que o Datafolha também dizia ter 6%, agora alcança 2%.

Os mesmos 2% têm os candidatos Marilene Torres (PSOL), que tem 2% – antes tinha 4% – e Alexandre Pereira (PPS), que havia aparecido com 2%. Reginaldo (PSTU) caiu de 3% para 1%. Benedito Oliveira (PCB) oscilou de 2% para 1%. Polô (PV) foi, dentre todos, o único candidato que não caiu nem subiu: ficou com 1%.

(Com O POVO)

Lula e Dilma devem vir ao Ceará no dia 10

137 1

O presidente Lula e a candidata a presidente, Dilma Rousseff (PT), devem ir ao Ceará no próximo dia 10. Os detalhes da agenda – um misto de compromisso oficial e de campanha, o governador Cid Gomes, postulante à reeleição, está acertando com o Planalto e a cúpula do PT.  Na programação, um comício que deverá contar com a participação de Ciro Gomes.

(Com Portal Ig)

DETALHE – O que chama a atenção é que a prefeita Luizianne Lins, coordenadora-geral da campanha dilmista no Estado, não aparece para divulgar agenda. Nem aparece na campanha pró-Cid Gomes.

(Portal Ig)

Zé Dirceu fez cateterismo

“Depois de ser submetido a um cateterismo, José Dirceu disse ao Poder Online, durante o 19º Congresso Sindical Comerciário, que acontece na Praia Grande, litoral paulista, que está bem:

– Não tenho nada, não. Fui fazer um cateterismo. Fiquei lá, evidentemente, com a perna estendida algumas horas, mas o médico viu que não tinha nada e me mandou para casa. Todo mundo sabe que eu tenho mais de 60 anos, mas, modéstia à parte, estou inteirão e charmoso!”

(Portal iG)

Dilma diz que não vai aceitar provocações dos adversários

“Ao participar de um comício em Recife, junto com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, disse que não vai ceder às provocações feitas pelas campanhas adversárias.

“Apesar de todas as falsidades, calúnias e mentiras, vamos seguir em frente com uma proposta muito clara de desenvolvimento do Brasil”, discursou Dilma Rousseff, durante comício no Marco Zero, no Recife Antigo.

Depois do discurso de Dilma, Lula criticou os adversários, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso: “As pessoas mais pobres tinham medo de mim. As pessoas pensavam assim: por que votar em um peão igual a mim? Se eu não sei governar, por que ele vai saber? Aí eu pensei: por que um cientista político, que nunca fundou um sindicato, que nunca fundou um partido, podia governar e eu, que fundei sindicato e que fundei o maior partido de esquerda da América Latina, não podia governar?”

(Agência Brasil)

Lula: "Ainda tenho mais quatro meses de mandato. Tem caneta para fazer muito estrago"

141 1

“Não vou sair triste no dia 1º de janeiro. Saio de cabeça erguida porque sei que no meu lugar, ficará uma pessoa preparada para fazer mais do que eu fiz pelo Brasil”, afirmou, nesta noite de sexta-feriza, durante comício no Marco Zero, no Recife (PE), o presidente Lula. Com ele, estavam a candidata petista à Presidência da República, Dilma Rousseff, o governador Eduardo Campos (PSB) e várias lideranças lulistas do Estado.

Lula fez um discurso contra o preconceito à mulher. Aproveitou para exaltar sua candidata e dizer que o Brasil terá, pela primeira vez, uma mulher presidente da República. Ele também fez questão de lembrar a sua trajetória política e indiretamente criticou a era dos tucanos que tinha em FHC seu maior representante. “Um torneiro mecânico sem diploma universitário foi o presidente que mais fez universidades e escolas técnicas na história desse País”.

Ele disse que quando assumiu a presidência da República foi alvo de muitos preconceitos: “Acho que sofri todos os preconceitos. Ser nordestino, não ter diploma, falar errado. Mas descobri com Paulo Freire que as pessoas entendiam o que eu falava.”

O presidente aproveitou para destacar ali o trabalho do governador Eduardeo Campos e defendeu sua reeleição: “Se eu pudesse, transferia o voto para vir votar em Eduardo Campos. Mas a dona Marisa vota em São Bernardo e eu tenho que acompanhar ela.”  Também não poupou críticas aos adversários pernambucanos como o senador Marco Maciel (DEM), que tenta novo mandato: “Desde que eu era pequeno, ele já era político. O que ele trouxe para Pernambuco?”, questionou.

Sobrou também para o candidato a governador Jarbas Bezerra (PMDB): “Tenho acompanhado as pesquisas. Do jeito que a coisa tá, o adversário de Eduardo vai ficar devendo pontos no final da eleição.”  Complementou: “É importante votar nos nossos candidatos, para que depois nenhum picareta venha querer estragar a revolução que Eduardo Campos está fazendo em Pernambuco”. 

Ao final, Lula fez uma brincadeira nada recomendável: “Ainda tenho mais quatro meses de mandato. Tem caneta para fazer muito estrago”. 

 (Com Blog da Folha/Foto – Roberto Stuckert Filho)

Lúcio faz sátira com Ronda do Quarteirão

156 5

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=AefcJajlrHs[/youtube]

A novidade na propaganda eleitoral gratuita parece ser mesmo o novo quadro veiculado pela campanha do candidato a governador pelo PR/PPS, Lúcio Alcântara. Um boneco faz críticas ao programa Ronda do Quarteirão, um dos projetos da atual administração, em tom de dubiedade, para alguns. Será?

Em Fortaleza, Abap divulga carta pela criança

A Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap) encerrou, nesta sextas-feira, em Fortaleza, no Hotel Vila Galé, encontro de dois dias que reuniu sua diretoria nacional e conselho. Na ocasião, foi divulgado o documento “Carta de Fortaleza”. O documento apresenta as diretivas da entidade em relação à publicidade voltada para crianças, tema polêmico que vem ganhando espaço e sendo amplamente discutido.

Também foram debatidos no evento assuntos como o projetos de lei sobre publicidade, em tramitação no Congresso, a tributação da Bonificação por Volume (BV), uma das principais fontes de receita das agências nacionais, a tributação pelo PIS, Cofins e ISS, a avaliação da pesquisa Ibope “Como o brasileiro percebe e avalia a propaganda” para o mercado regional, e o patrocínio de publicidade para projetos culturais.

Na ocasião, houve palestra do presidente do Conselho Executivo das Normas-Padrão (Cenp), Caio Barsotti, sobre as novas regras de certificação das agências de publicidade, ainda em estudo pela entidade. A reunião também foi importante para a divulgação do Projeto Nordeste 2011, um grande evento liderado pelo presidente do capítulo Bahia, Renato Tourinho, que vai reunir o mercado publicitário para discutir as oportunidades geradas pelo aumento do poder de consumo nesta região do país. “A bola da vez é o nordeste. Enquanto os investimentos em mídia devem crescer 15% no Brasil, o Nordeste deverá apresentar crescimento de 20%”, prevê Luiz Lara.

Datafolha/O POVO – Governo Cid ganha nota 7 da população

O governador Cid Gomes (PSB) obteve nota 7 da população em matéria de aprovação de sua administração. Isso, segundo pesquisa Datafolha/O POVO divulgada nesta noite de sexta-feira peal TV O POVO. Pelos dados da pesquisa, com margem de erro de dois pontos percentuais para cima ou para baixo, confira os conceitos:

Ótimo/bom – 52%

Regular – 33%

Ruim/péssimo – 10%

* Alguns analistas avaliam que essa nota 7 seria reflexo do que o governador vem apresentando na propaganda eleitoral gratuita.