Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

PF instaura inquérito para apurar crimes por propaganda ilegal contra Tasso

A Polícia Federal divulgou nota em seu site, nesta terça-feira, aanunciando que vai instaurar inquérito policial para apurar crimes relacionados à confecção de 200 mil panfletos e adesivos apócrifos, com conteúdo difamatório, contra o senador Tasso Jereissati (PSDB).

Agentes da PF e fiscais do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) cumpriram mandado de busca e apreensão na Printcolor Gráfica e Editora Ltda., nessa segunda-feira, em Fortaleza, onde apreenderam o material.

Segundo a da PF, os panfletos e adesivos não continham indicação do número do CPF ou CNPJ de quem contratou os serviços de reprodução gráfica, o que pode ser tipificado na Lei nº4737/65 – Código Eleitoral e desobediência às Resoluções da Justiça Eleitoral.

Nesta terça-feira, a assessoria jurídica do candidato ao Senado, José Pimentel (PT), deu entrada com reclamação eleitoral no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) requerendo que fosse apurada a autoria dessa propaganda irregular e ilegal contra Tasso, alegando que alguém teria utilizado indevidamente o nome do candidato. Na Polícia Federal, a representação pede que seja, de imediato, instaurada investigação visando identificar os responsáveis pela produção dessa propaganda irregular, para que as medidas judiciais cabíveis sejam tomadas.

A advogada Isabel Mota, coordenadora da Assessoria Jurídica de Pimentel, informa que há outra representaçã pedindo para que se promova a investigação, identificação e repressão urgente dos autores da adulteração do panfleto que alterou o número do candidato Eunício Oliveira, bem como da série de pichações que utilizam ilegalmente o nome e o número do candidato Pimentel.

Dono de rede de supermercados é sequestrado

“Um dono de uma rede de supermercados do município de Pacajus (Região Metropolitana de Fortaleza) foi sequestrado, na tarde desta terça-feira. A identidade da vítima foi preservada para não atrapalhar as investigações.

Segundo informações da Delegacia de Pacajus, a vítima conduzia um veículo L200 prata na rua dos Expedicionários, em direção de casa quando foi abordado, por volta das 14h30min, por quatro homens em um carro Siena preto.

Testemunhas informaram que os homens estariam armados. Segundo a polícia local, a L200 foi encontrada no município de Barreiras às 16 horas. O comerciante ainda não foi localizado.”

(POVO Online)

Secretário de Luizianne critica sociólogo e bate em candidato tucano

164 17

Do economista José de Freitas Uchoa, que também é Secretário Municipal do Desenvolvimento Econômico, este Blog recebeu nota. Uchoa comenta a decisão do seu amigo, o sociólogo Pedro Albuquerque, de votar em Marcos Cals (PSDB/DEM) para governador. Confira: 

Fortaleza, 14 de setembro de 2010

Caro Pedro Albuquerque,

Cumprimentando-o, li no Blog do Eliomar sua declaração de voto em Marcos Cals e, mais, sua recomendação aos amigos e outros mais que votem nele. A experiência de vida, em geral, leva as pessoas a se tornarem mais sábias, mais humanas, mais generosas e mais lúcidas. Há exceções e, parece, você é uma delas.

Caro Pedro, o seu passado não combina com essa sua decisão. Na realidade, você está prestando uma homenagem à “gloriosa revolução redentora”, de 31 de março de 1964. Marcos Cals se valeu da condição de presidente da Assembleia Legislativa para homenagear seu já esquecido pai, denominando de senador César Cals de Oliveira a torre que ele construiu na Assembleia.

Ora, o ex-governador Cesar Cals, um “revolucionário convicto”, foi o único que criou um serviço estadual de informação, equivalente ao SNI, o SEI, para vigiar os passos dos adversários da ditadura no Ceará. Até o então deputado federal Virgílio Távora era perseguido por ele.

Não, Pedro, nem as preocupações com a educação do candidato Marcos Cals justificam sua virada para a direita; escola em tempo integral já existe no Estado; o que não dá é para transformar todas em escolas de tempo integral, porque, nos curto e médio prazos, o orçamento não suporta tamanho custo.

É fácil para o Marcos Cals dizer que vai implantar escola de tempo integral, mas ele não diz como fará. Afinal, ele sabe que não corre o risco de ser eleito e pode então atirar em qualquer direção.

Atenciosamente,

José de Freitas Uchoa
Economista.

Ceará viaja em clima de otimismo para enfrentar o Vitória da Bahia

Dimas em papo descontraído com grupo.

O time do Ceará embarcou, no começo da tarde desta terça-feira, na rota de Salvador (BA) em clima de otimismo. A equipe enfrentará o Vitória em partida válida pela Série A, o Brasileirão, com o objetivo de, no mínimo, trazer o empate. Dimas Filgueiredo, técnico, deixou claro, no entanto, que a ordem é vencer para que o alvinegro recupere espaços perdidos na tabela de classificação.

O Ceará ocupa a 10ª posição quando, bem antes da passagem do técnico Mário Sérgio, ainda brigava para se manter no chamado G-4. Segundo Dimas, nada mais de treinamento na Capital baiana. “Vamos nos concentrar e só pensar no jogo desta quarta-feira”, disse o técnico. Entre os jogadores, muita brincadeira. Ninguém deu entrevista, mas Misael mostra-se feliz porque a partida entre alvinegros e o Vitória será transmitida pela Globo para todo o País.

DETALHE – Dimas estava mais para “irmão ais velho” do grupo. Chamava a todos pelo nome, fazia uma piada e, antes do embarque, comprou um exemplar do jornal O POVO. “Quero ler o comentário que o Alan Neto fez a meu respeito. Ainda nem tive tempo de olhar, mas o pessoal diz que ele foi muito bacana comigo”.

(Foto – Paulo Moska)

Antônio Granja obtém decisão no STF e pode ser candidato a deputado estadual

O advogado João Marcelo Pedrosa nos parabenizou, nesta terça-feira, pelos quatros de Blog de uma forma que a gente também gosta: com informação.

Ele entrou com uma reclamação no Supremo Tribunal Federal em favor do ex-deputado estadual Antônio Granja contra ato do Tribunal de Contas dos Municípios que desaprovou contas suas quando gestor de Jaguaribara. Essa medida do TCM serviu de base para que o Ministério Público Eleitoral pedisse o indeferimento do seu registro como candidato a deputado estadual pelo PSB.

João Marcelo Pedrosa deu entrada nessa reclamação e obteve liminar expedida pelo ministro Gilmar Mendes suspendendo efeitos da decisão proferida pelo TCM.

Permissionários querem de volta a identidade do Beco da Poeira

280 8

Patrícia e Valim em visita ao Beco da Poeira

Os permissionários do Beco da Poeira querem resgatar a identidade do centro comercial, hoje titulado oficialmente pela Prefeitura de Fortaleza como Centro de Pequenos Negócios de Vendedores Ambulantes de Fortaleza (CPNVA). Segundo os permissionários, a Prefeitura proibiu a colocação da placa “Beco da Poeira”, na fachada do prédio na avenida do Imperador (antiga fábrica têxtil Tomaz Pompeu), onde se encontram 2.119 boxes.

A reclamação foi feita à candidata a deputada estadual pelo PDT, Patrícia Saboya, e ao vereador Vitor Valim (PHS), no fim da manhã desta terça-feira (14), durante uma visita de Patrícia às instalações do novo Beco da Poeira. Os permissionários reclamaram ainda da falta de ventiladores de teto, de provadores de roupas e da insegurança no entorno do prédio, como também da constante falta d’água.

De acordo ainda com os permissionários, as vendas tiveram uma queda em torno de 65%, desde a transferência dos boxes, em abril deste ano, apesar das datas ao Dia das Mães, Dia dos Namorados e Dia dos Pais.

Patrícia Saboya ressaltou que há mais de três vem denunciando o descaso da Prefeitura para com a situação dos permissionários do Beco da Poeira, como ainda as falsas promessas da administração municipal.

“O Beco da Poeira é uma marca de Fortaleza, no Brasil inteiro. Pessoas do Rio de Janeiro, de São Paulo e de outros Estados do País chegam a Fortaleza e procuram fazer suas compras no Beco da Poeira. Agora está tudo muito confuso para o turista e para o próprio fortalezense, pois não se sabe se o Beco da Poeira é o comércio em frente à Praça José de Alencar ou os boxes instalados no prédio conhecido como Esqueleto, que deveria ser o local de transferência dos permissionários. É uma total perda de identidade”, comentou Patrícia Saboya.

Já o vereador Vitor Valim disse que irá fazer um abaixo-assinado, junto aos permissionários do Centro de Pequenos Negócios de Vendedores Ambulantes de Fortaleza, para a elaboração de um projeto na Câmara Municipal para a troca definitiva do nome do prédio para Beco da Poeira.

BNB é o 3º banco de grande porte que mais cresceu em 2009

340 2

O Banco do Nordeste é o terceiro maior banco de grande porte brasileiro que mais cresceu em operações de crédito, entre 2008 e 2009, tendo alcançado uma variação positiva de 46,5% no período analisado. A constatação está no ranking das 1000 maiores empresas brasileiras, promovido pelo jornal Valor Econômico, por meio do Prêmio Valor 1000, disponível na seção “prêmios” do site http://www.valoronline.com.br. A publicação considera como bancos de grande porte as intituições com ativo total igual ou superior a 0,3% do ativo total dos 100 maiores bancos.

No quesito “crescimento em depósitos totais”, o BNB ocupa o 4º lugar entre os grandes bancos. No que se refere à “rentabilidade sobre o patrimônio”, o Banco também ocupa boa posição, a 6ª, superando a de alguns dos maiores bancos privados do País. Ainda segundo a publicação, o BNB subiu duas posições no ranking dos maiores bancos brasileiros, e agora ocupa o 13º lugar. Outro destaque diz respeito à “rentabilidade operacional, sem a equivalência patrimonial”, no qual ocupa o 7º lugar entre os grandes bancos brasileiros.

Por esses quatro anos de Blog…

104 2

Do coordenador do Grupo Cultural Chocalho, Auriberto Cavalcante, recebemos:

Companheiro Eliomar de Lima,

Você, que para mim é o HOMEM NOTÍCIA do Ceará, merece todo nosso respeito e admiração.
Quando na imprensa cearense ninguém acreditava em Blog – existia até um certo PRECONCEITO,
você enfrentou a falta de interesse dos jornalistas por esse instrumento e foi um dos pioneiros, acreditando nessa nova mídia. Hoje colhe, com louvor, os frutos de sua persistência e determinação.

O seu Blog tem muitos leitores, pauta muitos veículos de comunicação e informa grande parte da população do Ceará. Você tem credibilidade.

Parabéns pelos 4 anos de lutas.
HOJE VOCÊ É A PRÓPRIA NOTÍCIA…

AURIBERTO CAVALCANTE
COORDENADOR DO GRUPO CHOCALHO

BLOG falAÇÃO
http://auribertoeternochocalheiro.blogspot.com/

Dos 10 maiores Estados do País, só Ceará, Minas e São Paulo estão adimplentes

206 1

“O governo federal reservou no orçamento pelo menos R$ 253,5 milhões para sete estados inadimplentes, selecionados dentre os dez maiores do país, onde vive 76% da população. São estados que receberam dinheiro da União para fazer obras e programas sociais, mas, de acordo com registros do Tesouro Nacional, não prestaram contas sobre se usaram corretamente os recursos, ou fizeram isso fora do prazo, ou não apresentaram documentos exigidos ou são investigados por tomadas de contas. Por regra, repasses semelhantes a esses são irregulares. De acordo com nota técnica da Câmara à qual o Congresso em Foco teve acesso, uma norma foi criada para “afrouxar” os critérios de transferência de dinheiro público.

As prestações de contas servem para, por exemplo, comprovar que os recursos foram usados corretamente e que não houve fraude ou desvio de dinheiro público. É um dos meios para se evitar e punir casos de corrupção. Constatado algum problema na prestação de contas, a regra determina a paralisação de novos repasses.

O Congresso em Foco fez um levantamento dos repasses feitos pelo governo federal nos dez maiores estados brasileiros. De janeiro a 6 setembro, eles receberam empenhos de R$ 759 milhões em convênios, segundo o Siafi (Sistema Integrado de Administração Financeira, que registra gastos da União), excluídas as áreas de saúde, educação e assistência.

“Seria admitir que, por um criminoso ter cometido um homicídio com as mãos, os pés poderiam ficar livres e saírem da prisão”
Nota técnica da Câmara que critica afrouxamento de regras do governo para liberar dinheiro público

O levantamento mostra que, desse montante, pelo menos R$ 253,5 milhões foram empenhados para sete estados que não estavam em dia com as suas contas. Dos sete estados inadimplentes, seis são da base aliada do presidente Lula.

O valor levantado pelo site inicialmente era de R$ 311,8 milhões. Mas, após o Congresso em Foco contatar a assessoria do governo da Bahia, registros do Tesouro mostraram que o estado sanou alguns problemas, o que reduziu o valor de recursos recebidos após a inadimplência, de R$ 75 milhões para R$ 15 milhões. Mesmo assim, significa que, no passado recente, mais convênios estavam sendo empenhados apesar de restrições.

Representantes do Ministério do Planejamento afirmam que haverá uma reunião extraordinária do colegiado responsável pelas regras do repasse de dinheiro para convênios. Só então poderão dizer por que as transferências estão sendo feitas, se elas estão dentro da legalidade e se houve “afrouxamento” de regras por parte do Executivo.

Os estados negaram qualquer irregularidade ou favorecimento por conta de ligações com o presidente Lula. E indicaram liminares judiciais para continuarem recebendo dinheiro da União

Crime com as mãos

A Nota Técnica 11/10, da Consultoria de Orçamento e Fiscalização da Câmara, diz que o governo publicou uma diretriz ilegal para tornar menos criteriosa a liberação de dinheiro público a estados com problemas na prestação de contas. Na interpretação do estudo, a Diretriz 2/10, da Comissão Gestora do Sistema de Convênios (Siconv), redigida em 2009 e aprovada em 24 de junho passado, permite que a União, em vez de checar se o estado e todas as suas secretarias, fundações e institutos estão em dia com o governo, confira apenas se o estado e a secretaria que vai receber os recursos cumprem as exigências.

“Se a Universidade de Pernambuco ou a Secretaria de Educação estiver inadimplente, isso não atinge outros órgãos”, confirma o gerente de orçamento da Secretaria de Planejamento de Pernambuco, Edilberto Xavier.

A nota critica a prática. “Seria admitir que, por um criminoso ter cometido um homicídio com as mãos, os pés poderiam ficar livres e saírem da prisão”, diz o estudo, assinado pelo consultor Francisco Lúcio Pereira Filho. Segundo ele, o procedimento do governo federal contraria a legislação vigente.

MESMO INADIMPLENTES, ESTADOS
SÃO BENEFICIADOS COM EMPENHOS

(Congresso em Foco)

UFC lança 2ª edição de "Sinopse de Medicina Legal"

“O livro “Sinopse de Medicina Legal” ganha nova edição. A obra, que vem sendo utilizada na disciplina de Medicina Legal e Deontologia da Faculdade de Medicina na UFC, foi escrita pelos médicos cearenses Dary Alves Oliverira (organizador), Renato Evandro Moreira, Roberto Wagner B. de Araújo, Sofia Elizabeth B.S. Xavier e Victor Hugo M. Alencar. O relançamento está previsto para as 16 horas desta quarta-feira, no auditório Antonio Jucá (1º andar do prédio da Saúde Comunitária, no Campus do Porangabuçu).  

Escrito há 25 anos, o “Sinopse de Medicina Legal” foi revisado e atualizado a partir das práticas de campo e acadêmicas dos cinco professores com o assunto. O livro, segundo Victor Hugo, é único quanto a autoria de pesquisadores da Universidade Federal do Ceará.

Além das 240 páginas, o “Sinopse de Medicina Legal” traz agora um CD com conteúdos extras para alunos e pesquisadores da área. São aulas em Power point, perguntas e respostas destinadas a avaliações de casos e para quem quer se submeter a concursos públicos e um atlas didático.

Durante o lançamento da nova edição do “Sinopse de Medicina Legal”, haverá uma homenagem a professora e autora Sofia Elizabeth Xavier, falecida no ano passado após ter sido aposentado aos 33 anos de idade por causa de uma doença degenerativa. A apresentação do livro será feita pela médica Emília S Gerhard, seguida por uma conferência do professor Renato Evandro Moreira sobre o novo Código de Ética Médica.

Despacho para algum Tranca-rua?

500 3

Quem passou nesta terça-feira, bem cedinho, pelo cruzamento da avenida Aguanambi com Domingos Olímpio, conferiu algo inusitado: aos pés de um fotossensor, um despacho de macumba. Ficou ali por um bom tempo, até que a garrafa de cachaça e a farinha que faziam parte do contexto, desapareceu.

DÚVIDA CRUEL: Será que isso foi obra de algum pai de santo multado pela turma da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC)

(Foto – Mauri Melo)

CNT/Sensus – Dilma ganha no 1º turno

307 1

“Pesquisa CNT/Sensus divulgada nesta terça-feira (14) mostra vitória da candidata Dilma Rousseff (PT) no primeiro turno na disputa pela Presidência da República. A petista recebeu 50,5% das intenções de votos na pesquisa estimulada, contra 26,4% para José Serra (PSDB) e 8,9% para Marina Silva (PV).

A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos. Os demais candidatos, incluindo Plínio de Arruda Sampaio (PSOL), não atingiram 1% das intenções de votos. Os indecisos e votos nulos/brancos somam 12,6%. Serra caiu em relação à última edição da pesquisa, divulgada no dia 24 de agosto. Na ocasião, o tucano tinha recebido 28,1% dos votos, enquanto Dilma, 46%. A petista cresceu quatro pontos percentuais, enquanto o tucano recuou dois pontos. Marina se manteve estável. No final de agosto, a candidata do PV havia recebido 8,1% das intenções de votos.

Na pesquisa espontânea, em que a lista de candidatos não é apresentada aos eleitores, Dilma também aparece em primeiro lugar com 44,3% das intenções de votos. Ela é seguida por Serra, com 23%, e Marina Silva, com 7,1. Os demais candidatos também não somaram 1% dos votos.

SEGUNDO TURNO

Num eventual segundo turno, Dilma venceria com 55,5% contra 32,9% de Serra. Nulos, brancos e indecisos somariam 11,6%. A pesquisa CNT/Sensus foi realizada entre os dias 10 e 12 de setembro, com 2.000 pessoas em 136 municípios. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número 29.517/2010.”

(Com Agências)

PF encontra R$ 167 mil e US$ 2,5 mil em espécie na casa do governador do Amapá

“Durante as buscas na casa do governador do Amapá, Pedro Paulo Dias (PP) – candidato à reeleição que foi preso na última sexta-feira -, a Polícia Federal encontrou R$ 167 mil e US$ 2,5 mil em espécie. Em sua declaração de bens ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em julho deste ano, Dias informou ter patrimônio de R$ 1,95 milhão, sendo cinco imóveis avaliados em um total de R$ 600 mil, R$ 235 mil aplicados no banco e cerca de R$ 1,1 milhão em 2.219 cabeças de gado. Ele não declarou recursos em espécie, segundom a Folha de S.Paulo.

Dias era o principal alvo das investigações da Operação Mãos Limpas, desde que foi secretário estadual de Saúde na gestão do governador anterior, Waldez Góes (PDT), que também foi preso. Ambos devem ser soltos nesta terça-feira após o término do prazo da prisão temporária. No total, a operação da PF apreendeu R$ 1 milhão em espécie. Desse valor, R$ 540 mil estavam em duas maletas encontradas no gabinete do secretário de Segurança Pública, o delegado federal Aldo Alves Ferreira. Ele foi preso na chegada a Brasília na sexta-feira passada, com mais R$ 20 mil em espécie. Além do dinheiro, cinco carros de luxo, avaliados em R$ 3 milhões, foram apreendidos na casa de praia do presidente do Tribunal de Contas do Estado, José Julio Miranda, na Paraíba.”

(Portal Terra)

Mais sobre os 4 anos do Blog

181 2

Ítalo, Reno, eu e nossa Socorro França.

Caro Amigo Eliomar,

Obrigado por nos manter informados sempre e por disponibilizar aos leitores um BLOG de responsabilidade e precisão. Muitos anos de vida a esse equipamento precioso de informação.

Abraço musical dos amigos

ITALO & RENNO

Decisão liminar determina retorno ao trabalho de médicos peritos do INSS

“O ministro Humberto Martins, da Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ), reconsiderou decisão liminar anteriormente tomada e entendeu ilegal e abusiva a greve dos médicos peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A determinação é para que os servidores retornem ao trabalho, sob pena de multa diária de R$ 50 mil à Associação Nacional dos Médicos Peritos da Previdência Social (ANMP).

O ministro afirma, ainda, que o INSS pode adotar as medidas punitivas que entender cabíveis, previstas na Lei 8.112/1990, a contar da publicação da decisão (prevista para 14 de setembro). A liminar autoriza, também, descontar em folha de pagamento os dias parados, a contar da data da publicação desta decisão, caso persistam as faltas ao serviço dos médicos peritos.

Segundo o relator, os argumentos apresentados pelo INSS e pela União, no Mandado de Segurança n. 15.339, de que a greve é ilegal por violar preceitos formais contidos na Lei n. 7.783/1989 são suficientes para descaracterizar a “fumaça do bom direito”, que embasou, inicialmente, a concessão parcial da liminar.

“Inexiste previsão estatutária que defina as formalidades de convocação e o quorum para a deliberação, tanto da deflagração quanto da cessação da greve, conforme expressamente exigido pela Lei Geral de Greve”, assinalou o ministro.

Além disso, de acordo com o relator, a Associação Nacional dos Médicos Peritos da Previdência Social não comunicou aos usuários, com antecedência de 72 horas, a paralisação do serviço público essencial. “Descumprido esse requisito legal, não há como entender pela legalidade da greve, ainda que em juízo preliminar”.

Desconto em folha

Em sua decisão, o ministro Humberto Martins destacou, ainda, que o desconto do salário, conforme decisões do Supremo Tribunal Federal (STF), não se caracteriza como “punição”, mas como mera consequência jurídica da “suspensão do contrato de trabalho”, diferentemente das penalidades disciplinares dos servidores públicos. Assim, ele entendeu como lícito ao empregador o desconto dos dias parados em razão da greve.

Entretanto, para o ministro, a revogação da liminar inicialmente concedida não pode atingir os grevistas que aderiram ao movimento e estavam acobertados por ela, que lhes autorizava exercer o direito de greve sem o desconto em folha de pagamento, pois agiram nessa condição na mais absoluta boa-fé, devendo as relações precedentes ser preservadas. Dessa forma, os descontos deverão ser efetuados a partir da publicação desta decisão.”

(Site do STJ)

Mais pelos 4 anos de Blog

Do jornalista Bruno de Castro, companheiro de O POVO, recebemos a seguinte nota:

Querido Eliomar,

A sua vivacidade na redação do nosso O POVO é de dar inveja a qualquer um que busca o bom Jornalismo. Parabéns pelos quatro anos de sucesso do blog. E que outros tantos sejam comemorados. Afinal…a passagem por este espaço é quase que obrigatória para nós, seus leitores.

Sentar ao seu lado quase que todo dia é um aprendizado. Além de divertido, claro!
Continue com suas cantorias.

Abraços,

Bruno de Castro.
Jornalista por formação.

Lula, Cid, Eunício e Pimentel traçam em Brasília a arrancada eleitoral no Ceará

O governador Cid Gomes (PSB), que postula reeleição, terá audiência com o presidente Lula nesta terça-feira. Às 14 horas, em Brasília, tendo ao seu lado José Pimentel (PT) e Eunício Oliveira (PMDB), uma conversa sobre como ocorrerá por aqui a reta final da campanha.

Lula, segundo fontes, quer reforçar a dobradinha Eunício-Pimentel em todo o Estado, dentro do objetivo traçado pelo Planalto de derrotar seus adversários políticos. 

Há informações de que Lula fará nova gravação tendo agora ao seu lado os dois candidatos a senador. Vai pedir votos, buscando reverter quadro das pesquisas onde o senador Tasso Jereissati, segundo datafolha/O POVO, lidera com 48%, seguido de Eunício com 34% e Pimentel com 31%.

Copa 2014 – Crítica de Antonio Mourão aos investimentos repercute nacionalmente

225 4

Um artigo com críticas à realização da Copa 2014 em Fortaleza, veiculado neste Blog, ganhou repercussão nacional. O antropólogo e médico Antonio Mourão Cavalcante defendeu em texto que compilamos do seu Bl0g no O POVO Online, uma maior transparência nos investimentos. O fato acabou levando o Portal Terra a entrevistá-lo sobre o tema em Blog sobre o certame. Confira:

A realização do Mundial de futebol em 2014 no Brasil é exaltado por muitos como a grande chance de atrair mais investimentos ao País. E as projeções de melhorias econômicas são muitas. Segundo o “Documento Referencial Turismo no Brasil 2011/2014”, a expectativa é que até 2014 o turismo nacional tenha gerado cerca de 2 milhões de ocupações no setor, além de R$ 8,9 bilhões em divisas internacionais e 73 milhões de desembarques domésticos.

E para abordar sob outro ponto de vista a realização dessa grande competição esportiva em nosso País, este blog conversou com o antropólogo e professor universitário, Antonio Mourão Cavalcante.  Ele deu sua opinião sobre o tão esperado legado pós-Mundiial, além de avaliar a transparência nos investimentos para o evento e a participação da iniciativa privada. Confira:

Mundial em Fortaleza

Não sou contra a realização da Copa do Mundo no Brasil e mesmo que ocorram jogos em Fortaleza. Sou contra investimento público em iniciativa privada. E, mais grave ainda, gastar com o que não é prioritário. Somos um estado pobre – quase miserável – e que não pode dispensar meio bilhão de reais na simples reforma de um estádio de futebol. Existem outras prioridades bem mais graves. Tanto é verdade que este dinheiro, em parte, está saindo de empréstimos.

Legado

“No caso da África do Sul, local da última Copa, as informações são muito preocupantes. A imprensa mundial tem falado disso. Pouco retorno para a população. O mesmo teria acontecido com a Grécia e Portugal que sediaram eventos semelhantes. E, aqui no Brasil mesmo, o que foi feito e qual o resultado concreto dos Jogos Pan-Americanos, até mesmo dos locais de jogos e alojamentos? A imprensa noticia que estão praticamente abandonados, sucateados.”

População desinformada

“Penso que a maioria da população ignora o que está ocorrendo. Inclusive amigos meus, professores universitários, ficaram abismados quando abordei o assunto com os detalhes financeiros. Não acreditavam que isso fosse verdade. Imagine as pessoas que não tem um maior acesso às informações. Agora, se a gente pergunta: você é a favor ou contra a Copa do Mundo? Obviamente, todos somos a favor. Mas, precisa saber quem vai pagar a fatura, com qual recurso e quanto?”

Transparência

“Defendo, sobretudo, que haja mais transparência. Que o dinheiro público não sirva para “patrocinar” eventos privados. Fala-se, por exemplo, na privatização posterior, do Castelão. Um Governo precisa comprometer-se com prioridades sociais. Os recursos são parcos. E, finalmente, que cada centavo seja rigorosamente fiscalizado… Nesse episódio, lembrei-me de Mário Henrique Simonsen, grande economista brasileiro: “não sairia mais barato pagar logo a comissão

Um erro do senador Tasso Jereissati?

252 6

Eis artigo assinado pelo secretário municipal do Desenvolvimento Econômico, José de Freitas Uchoa, rebatendo informação de que o Governo Tasso Jereissati teria gerado mais empregos que a Era Cid Gomes. Confira e tire suas conclusões:

Do alto de sua indisfarçável prepotência, o senador Tasso Jereissati se mete a fazer observações infundadas sobre a economia do Estado e acusa o governo Cid de “enganar o povo do Ceará” e que “tudo está parado no Ceará”(O POVO, 31/8, p. 15). Para contestar, apresento dados sobre o mercado de trabalho formal do Estado, que é o melhor termômetro da atividade econômica, no período janeiro/1995 – julho/2010.

Os postos de trabalho com carteira assinada, gerados no governo Tasso, no período de 1995–1998, sofreram uma redução de 12.112 unidades; no período 1999–2002, atingiram 71.403; no governo Lúcio, 2003–2006, chegaram a 113.934 e, no governo Cid, de janeiro/2007 a julho/2010, 183.715 empregos, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.

O número de empregos no governo Cid é 61,25% superior ao governo Lúcio e 157,29% maior que o saldo do governo Tasso, no segundo mandato. No primeiro, Tasso deixou o governo com 12.112 empregos a menos. A atividade de serviços, maior empregadora da economia cearense, gerou 61.981 postos de trabalho, contra 33.937 no governo Tasso. Na indústria, foram 51.237 empregos no governo Cid, contra 23.330 na era Tasso.

Sobre a matéria “Cálculo Proporcional” (O POVO, 31/8, p. 15), onde se diz que, proporcionalmente, o governo Tasso gerou mais empregos que o governo Cid é, a rigor, um completo equívoco. Na verdade, o índice 3,93%, alcançado pela parcela estadual (71.403 empregos) do total de empregos do País, no governo Tasso, decorreu do fato de o nível de emprego nacional ter sido muito baixo, por conta da recessão.

Já no governo Cid, a história é bem outra: a parcela 3,21% de empregos do País se reporta a uma economia em expansão desde 2003 e, por isto, o saldo de 183.715 postos de trabalho em julho de 2010 com expectativa de crescimento.

José de Freitas Uchoa – Economista e secretário de Des. Econômico de Fortaleza