Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Novas medidas – Juros do cartão de crédito ainda são exorbitantes

425 1

Em artigo sobre os juros do cartão de crédito, o consultor financeiro Fabiano Mapurunga, Mestre em Gestão Empresarial, MBA em Gestão de Negócios e MBA em Gestão Financeira e Controladoria, aponta que os bancos cada vez mais estão verticalizando suas estruturas e dominando as administradoras de cartões, diante de um produto rentável. Confira:

A nota de hoje trata sobre “a menina dos olhos dos bancos”: o cartão de crédito. Esse produto tem sido, em disparado, o produto mais rentável para essas instituições financeiras, e por isso vemos que cada vez mais, as mesmas estão verticalizando suas estruturas e trazendo para si as operadoras de cartões. Os clientes que pagam suas faturas sempre em dia, não são muito rentáveis para os bancos, pois esses não representam muito em sua margem de contribuição de rentabilidade. Passam a se tornarem realmente interessantes, quando pagam apenas o mínimo ou quando parcelam a fatura, porque aí sim eles estarão entrando na ciranda de juros criada para dar sustentação a operação. Afinal nenhum banco se sustenta sem empréstimos.

Esta introdução, serve para alertar a todos, que a medida que foi tomada no dia 01 de junho de 2018, sobre unificar as taxas cobradas aos clientes inadimplentes no rotativo do cartão de crédito, com a dos consumidores regulares, não deixa menos perigoso para o cliente em caso ele extrapole no seu uso, e acabe tendo que parcelar seu cartão. Em abril deste, uma resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN), procurou limitar os juros para essa modalidade, tendo como base uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Porém estamos falando de uma taxa que em abril, no rotativo não regular era de 396,9% ao ano e a do regular era de 238,7% ao ano, segundo dados do Banco Central. Qualquer um que entre nesta ciranda de juros impagáveis terá problemas críticos mesmo com essa nova resolução.

Segundo estudos do SPC Brasil e CNDL, 56% dos inadimplentes no cartão de crédito não pagaram a dívida mesmo após serem notificados. O CDL Fortaleza aponta que 57% dos usuários de cartão de crédito não fazem controle efetivo dos seus gastos e que as atitudes mais comuns, são consultar a fatura pela internet antes do fechamento (28%), ler a fatura quando ela já está fechada (15%) e fazer o controle de cabeça (13%). São dados que revelam um universo de pessoas que serão possíveis vítimas dos juros excruciantes e que alimentarão cada vez mais os magníficos resultados financeiros dos bancos.

Gostaria de expor que, o cartão de crédito para o período de até 30 dias, cobra pelo regime de juros simples. Passados os 30 dias, ele entra para o regime de juros compostos, ou seja, juros sobre juros. Isso pelo fato de que, para um período igual ou inferior a 30 dias, os juros simples são maiores do que os compostos. Não há ponto sem nó para as instituições financeiras.

Por isso procurem ter seu controle orçamentário familiar sempre à mão. Evite parcelar compras de bens de consumo contínuo, como: combustíveis, alimentação, etc. Antes de se comprometer com um parcelamento no cartão, calcule para verificar se o valor da parcela estará dentro do seu orçamento. Afinal a fatura vai chegar mais cedo ou mais tarde, e você terá que pagar. Evite cair no conto do vendedor que diz: “não tem problema, pode comprar, porque aqui agente parcela”. Veja qual é a data que fecha a fatura do seu cartão, e procure comprar apenas naquele intervalo, porque aí você realmente terá 30 dias de prazo até a próxima fatura. Procurem colocar o seu cartão de crédito na bolsa, apenas quando forem realmente fazer uma compra planejada, do contrário deixem em casa para evitar as tentações da compra fácil.

Fabiano Mapurunga

CEO da Go Partners Consultoria em Finanças e Negócios. Mestre em Gestão Empresarial. MBA em Gestão de Negócios. MBA em Gestão Financeira e Controladoria

Artur Bruno será homenageado com a medalha Chico Mendes

O secretário do Meio Ambiente do Ceará, Artur Bruno, será agraciado com a medalha Chico Mendes, dia 19, em sessão solene da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, durante a abertura da II Conferência da Caatinga. A homenagem a Bruno é motivada pelos Planos Estaduais e Políticas de Resíduos Sólidos, Florestamento e Reflorestamento e Mudanças Climáticas.

A medalha Chico Mendes consta na Lei Estadual nº 11.564/89, de autoria do então deputado João Alfredo, que determina que a comenda homenageie personalidades e/ou instituições que lutam na defesa da ecologia.

(Foto: Arquivo)

ANP: abastecimento está normalizado na maioria dos estados

O abastecimento de combustíveis líquidos e de GLP (o gás de cozinha) está sendo normalizado gradativamente no país e, ao longo da próxima semana, a expectativa é que todos os estados estejam com o fornecimento regularizado, avalia a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Na noite de ontem (1º), a agência divulgou um balanço do abastecimento de combustíveis no país, após a crise gerada ao longo dos 11 dias de paralisação dos caminhoneiros e bloqueios de estradas no país. Em 19 unidades da federação, o fornecimento de GLP e combustível líquido já está totalmente normalizado.

De acordo com a atualização divulgada pela ANP, o abastecimento está normalizado em todos os estados da Região Sudeste, tanto em relação aos combustíveis líquidos como em relação ao GLP: Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo não apresentam mais problemas decorrentes da falta de combustível.

No Nordeste o abastecimento também está restabelecido. A exceção é o Piauí, onde o GLP já está normalizado, mas o fornecimento de combustíveis líquidos ainda está voltando à regularidade.

Já no Centro-Oeste, Distrito Federal e Goiás estão em fase de normalização progressiva, tanto de combustíveis líquidos quanto de GLP. No Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, o abastecimento de combustíveis líquidos está normalizado e o de GLP está sendo regularizado.

Em seis dos sete estados da Região Norte, o abastecimento está normalizado para ambos os tipos de combustíveis. A exceção é o Tocantins, onde a situação está se normalizando progressivamente, tanto no caso dos líquidos como no do GLP.

Já na Região Sul, o Paraná registra abastecimento normalizado para líquidos e GLP. Já no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, o GLP está regularizado, mas os combustíveis líquidos estão em fase de normalização.

(Agência Brasil)

Ceará tem sábado de chuva em apenas quatro municípios

Somente quatro municípios no Estado registraram chuva neste sábado (2), segundo dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Camocim, com 27 milímetros, teve a maior precipitação até as 11h45min de hoje. Depois vieram Chaval, com 9 milímetros; Marco, com 5,1 milímetros; e Sobral, com apenas 1,2 milímetro.

Para este domingo (3), a Funceme aponta possibilidade de chuva em Fortaleza, durante a madrugada, com mínima de 23°C e máxima de 30°C.

A greve e a demissão de Pedro Parente

Editorial do O POVO deste sábado (2) aponta o comprometimento do resgate da imagem da Petrobras, diante da saída de Parente. Confira:

Quando o presidente Michel Temer assumiu o governo, em agosto de 2016 – na sequência do impeachment de sua antecessora, Dilma Rousseff -, mesmo os seus críticos, ou pelo menos uma parte significativa deles, fazia ressalvas positivas quanto à equipe econômica nomeada por ele, vista como preparada para enfrentar a crise que se disseminava. Do time inicial, poucos restaram, a começar pelo líder da equipe, o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles, que se afastou para disputar a Presidência da República pelo MDB, o mesmo partido do presidente.

Diferentemente do seu ministério, com nomeações de caráter estritamente político,Temer procurou nomes “técnicos” para gerir estatais icônicas, na tentativa de diferenciar-se da administração anterior, profissionalizando a gestão dessas empresas. Mas nem sempre foi possível sustentar essa medida, como ocorreu com a saída de Maria Sílvia Bastos da presidência do BNDES, também refratária e influências políticas no banco. Agora, chegou a vez de Pedro Parente, que pediu demissão da Petrobras, em caráter irrevogável, na sequência da crise provocada pela greve dos caminhoneiros. A permanência de Parente tornou-se insustentável, pois o acordo com os grevistas pôs em xeque a política de preços da estatal, baseada na variação do custo internacional do petróleo e na flutuação do dólar, resultando em aumentos diários no preço dos combustíveis.

Parente escreve em sua carta de demissão que o movimento dos caminhoneiros desencadeou um debate “emocional” sobre as origens da crise e colocaram a política de preços da Petrobras “sob intenso questionamento”, levando o governo a “buscar alternativas para a solução da greve, definindo-se pela concessão de subvenção ao consumidor de diesel”. Nessas circunstâncias, continua, a sua permanência na presidência da Petrobras teria deixado de ser “positiva”, sem condições, portanto, de “contribuir para a construção das alternativas que o governo tem pela frente”.

Ou seja, de modo elegante, Parente deixa clara a sua oposição ao controle de preços, antevendo que uma nova política já está sendo preparada. O governo vem sendo pressionado, inclusive por aliados, para mudar o sistema de preços de aumentos diários, inclusive para os preços da gasolina e do gás de cozinha.

O fato é que a Petrobras, sob Parente, havia reconquistado a credibilidade ante o mercado, porém o governo não conseguiu sustentar a pressão para mantê-la fora do jogo político. A saída de Parente faz parte do rescaldo da rendição do governo frente à greve dos caminhoneiros, cujas consequências, em sua totalidade, ainda estão por ser avaliadas.

General Theophilo é destaque da Época deste fim de semana

Em matéria de seis páginas, a revista Época apresenta, em sua nova edição, a pré-candidatura do General Theophilo com ênfase na sua formação e projetos para o Ceará.

Em seu primeiro evento da pré-campanha o General visitou o bairro Cajazeiras, local da chacina em Fortaleza, ocorrida em janeiro.

O texto, além de ressaltar a experiência do General no Exército, trata da crise na segurança pública no Ceará. Também traz declaração do senador Tasso Jereissati sobre a definição do nome do General como candidato das oposições ao Governo do Estado.

(Fotos: Época)

Sobrou pra você – Petrobras aumenta preço da gasolina em 2,25% nas refinarias

A Petrobras aumentou hoje (2) em 2,25% o preço da gasolina em suas refinarias. De ontem para hoje, o litro do combustível ficou 4 centavos mais caro, ao passar de R$ 1,9671 para R$ 2,0113, de acordo com a estatal.

Em um mês, o combustível acumula alta de preço de 11,29%, ou seja, de 20 centavos por litro, já que em 1º de maio, o combustível era negociado nas refinarias a R$ 1,8072.

O preço do diesel, que recuou 30 centavos desde o dia 23 de maio, no ápice da greve dos caminhoneiros, será mantido em R$ 2,0316 por 60 dias.

(Agência Brasil)

Quatro cidades cearenses escolhem novos prefeitos neste domingo

Eleitores de quatro municípios cearenses irão às urnas amanhã (3) para escolher novos prefeitos e vice-prefeitos, após os antigos gestores passarem por processo de cassação do mandato na Justiça Federal. As cidades de Umari, Frecheirinha, Tianguá e Santana do Cariri vivenciam votações três meses antes das eleições gerais de outubro e demonstram o acirramento político nos municípios.

Durante o período de campanha, nove candidatos aos cargos de prefeito realizaram passeatas e carreatas pelas cidades, assim como atos políticos que atraíram apoiadores e críticos nas redes sociais, principalmente.

Em Frecheirinha, na Região Norte do Estado, a candidata Silvinha (PP), esposa do ex-prefeito Carleone Junior (PP), vai às urnas para enfrentar Helton Luis (PDT). Carleone teve o mandato cassado por decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por conduta vedada a agente público. Ele é acusado de, durante mandato como prefeito, usar recursos municipais para se promover politicamente para as eleições de 2016.

Naquele ano, por ocasião do aniversário da Cidade, Carleone distribuiu cestas básicas para a população, o que foi interpretado como violação da isonomia da disputa eleitoral. Já no pleito anterior, a disputa havia sido bastante acirrada com diferença de apenas 126 votos entre o prefeito eleito e o adversário.

Em Tianguá, três candidatos buscam o cargo de prefeito: Dr. Jaydson (PTB), Dr. Luiz (PSD), ambos com candidaturas deferidas por recursos judiciais, e Zé Terceiro (PEN).

Nas duas cidades, a movimentação política marcou os últimos dias da região. “A população esteve bem engajada, mas percebemos um decréscimo comparado com as últimas eleições. Isso por causa do tempo curto de propaganda, mas ainda assim houve engajamento”, diz Antônio Carlos Balbino, chefe da 81ª Zona Eleitoral, responsável pela fiscalização das duas cidades.

Ele comenta que foi intensificada a fiscalização de divulgação, que identificou algumas irregularidades, como uso de outdoor em Frecheirinha, mas ainda assim considerou “tranquila” a movimentação.

Em Umari, apenas uma representação foi registrada na 15ª Zona Eleitoral, responsável pela região. O clima, no entanto, foi mais tenso em relação ao ano passado, em razão da disputa no contexto de cassação de mandato do ex-prefeito Alexandre Barros Neto (PT). Por lá, a disputa fica entre Paula Viana (PHS), que é apoiada pelo antigo prefeito, e Neide Pinheiro (PSD).

Em Santana do Cariri, o Cartório Eleitoral também considerou a campanha tranquila. O candidato Vicente Brilhante (PDT), apoiado pela ex-prefeita cassada Danieli de Abreu Machado (PSL), disputa com Pedro Henrique (MDB).

O comparecimento dos eleitores às eleições suplementares é obrigatório. Os eleitores que não puderem comparecer deverão justificar a ausência no prazo de 60 dias após a realização do pleito, sob pena de ficar em débito com a Justiça Eleitoral. As justificativas deverão ser protocoladas em qualquer cartório eleitoral. Não haverá, porém, recebimento de justificava durante a votação.

FRECHEIRINHA

O prefeito e o vice-prefeito, Carleone Júnior de Araújo (PP) e Cláudio Fernandes Aguiar (PMDB), tiveram os diplomas cassados por conduta vedada a agente público. A decisão foi confirmada pelo TRE-CE em abril.

TIANGUÁ

O TSE manteve o indeferimento do registro de candidatura do prefeito Luiz Menezes de Lima (PSD) e do vice-prefeito Aroldo Cardoso Portela (PMB), eleitos em 2016, mas com impugnação dos registros.

UMARI

O prefeito e a vice-prefeita de Umari, Francisco Alexandre Barros Neto (PT) e Laura do Carmo Lustosa Ribeiro (PHS), foram cassados por compra de votos. A decisão foi confirmada por unanimidade pelo TRE-CE em fevereiro.

SANTANA DO CARIRI

A prefeita e o vice-prefeito, Danieli de Abreu Machado (PSL) e Juracildo Fernandes da Silva (PCdoB), foram cassados por abuso de poder político e econômico nas eleições de 2016. TRE-CE confirmou a cassação por unanimidade em abril.

(O POVO)

A lavadeira e a cidadania dos jovens

O flagrante é de leitor do Blog, no terminal da Messejana. Segundo o leitor, a lavadeira teve que disputar lugar na fila da preferência com jovens saudáveis, quando, incrível (!), alguns com materiais escolares na mão, como se preparados para uma educação cidadã.

De acordo ainda com o leitor, é comum os jovens invadirem a fila preferencial, quando os ônibus encostam na plataforma. Os menos preocupados com a reprovação de verdadeiros cidadãos nas longas filas de passageiros simples, se postam na fila preferencial antes mesmo da chegada do ônibus.

Segundo também o leitor, a fiscalização admite que não há como controlar a invasão de jovens na fila preferencial. Para o leitor, os motoristas poderiam abrir a porta do meio – destinada aos terminais e às plataformas na Bezerra de Menezes – somente quando os preferenciais estivessem em seus assentos. Mas pondera que o empurra-empurra nas filas comuns foge ao controle na chegada dos ônibus.

Sobre a lavadeira, o leitor diz que a mulher conseguiu adentrar no ônibus, mas não sabe se conseguiu assento.

(Foto: Leitor do Blog)

Termina amanhã prazo para solicitar uso do nome social no Enem

Termina neste domingo (3) o prazo para que transexuais e travestis possam solicitar a identificação pelo nome social no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A solicitação deve ser feita na Página do Participante.

O candidato deve informar CPF, senha e o nome social usado. Devem ser anexados documentos comprobatórios: fotografia atual nítida, individual, colorida, com fundo branco que enquadre desde a cabeça até os ombros, de rosto inteiro sem o uso de óculos escuros e artigos de chapelaria, tais como boné, chapéu, viseira, gorro ou similares; cópia digitalizada da frente e do verso de um dos documentos de identificação oficial com foto e cópia assinada e digitalizada do formulário de solicitação.

Os documentos serão aceitos somente nos formatos PDF, PNG ou JPG, no tamanho máximo de 2MB.

Depois de apresentar as informações solicitadas, o participante deverá, então, clicar no botão “visualizar” e imprimir o formulário de solicitação.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) orienta que os documentos devem ser legíveis para que não haja o risco de serem considerados inválidos para comprovação do atendimento.

As solicitações que não forem aceitas poderão ser consultadas na Página do Participante. Nesse caso, o candidato será informado pelo e-mail cadastrado para que envie um novo documento comprobatório no prazo de cinco dias.

No ano passado, 303 pessoas fizeram a solicitação para uso do nome social no Enem. O atendimento pelo nome que a pessoa se identifica teve início no Enem de 2014, quando 102 pessoas usaram o nome social durante a aplicação da prova. Em 2015, esse número passou para 278 e, em 2016, para 407.

As provas do Enem serão aplicadas em dois domingos, nos dias 4 e 11 de novembro. Os resultados serão divulgados em janeiro. As notas podem ser usadas para ingresso no ensino superior e para acesso a programas do governo federal como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (ProUni) e Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

(Agência Brasil)

Camilo, o cinquentão

Da Coluna Eliomar de Lima, no O POVO deste sábado (2):

O governador Camilo Santana (PT) completa 50 anos neste domingo, 3. Camilo dispensou festas mas, para celebrar a data, a família resolveu realizar uma cerimônia religiosa. O local escolhido foi o Santuário de Nossa Senhora da Assunção, no bairro Vila Velha, em Fortaleza.

Dez comunidades do entorno foram envolvidas na organização da missa e devem fazer parte da celebração, inclusive com um coral de vozes. Além de familiares e amigos, devem participar secretários de governo e lideranças comunitárias da Capital e do Interior.

Houve quem ensaiasse organizar uma recepção com comes e bebes, mas Camilo barrou a iniciativa.

Terminada a missa, o governador deve passar o restante do dia de aniversário em casa, juntamente com a família. Gente da base aliada do governador foi convidada, mas não muitos. É que só essa turma toda lotaria o santuário. O governador, claro, optou ficar pertinho do eleitorado.

Justiça condena Cunha a 24 anos de prisão por fraude no FI-FGTS

O ex-deputado Eduardo Cunha foi condenado pela Justiça Federal, a 24 anos e 10 meses de prisão, em regime fechado, pelo crime de corrupção no processo que apurou pagamento de propina de empresas interessadas na liberação de verbas do Fundo de Investimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FI-FGTS). Na mesma sentença, o ex-deputado federal Henrique Eduardo Alves recebeu pena de oito anos e oito meses de prisão.

A investigação foi baseada nos depoimentos de delação premiada do ex-vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da Caixa, Fábio Cleto, e doleiro Lúcio Funaro, que também foram condenados. Em um dos depoimentos, Cleto acusou Cunha de receber 80% da propina arrecadada entre empresas interessadas na liberação de verbas do FI-FGTS.

Na sentença, o juiz Vallisney Souza Oliveira disse que Eduardo Cunha tinha pleno conhecimento da ilicitude dos desvios de recursos e do recebimento de propina. Cunha já está preso, por determinação do juiz Sérgio Moro, após ter sido condenado em outro processo, da Operação Lava Jato, a 15 anos de prisão por recebimento de propina em contrato da Petrobras.

“Além disso, era figura central no esquema criminoso apurado, tendo feito do aparato estatal para a prática de crimes. Possuía boas condições financeiras e, apesar de todas essas circunstâncias, não deixou de cometer os graves delitos”, disse o juiz.

(Agência Brasil)

CSA surpreende Vila Nova no Serra Dourada e volta a encostar no Fortaleza

Após proporcionar um festival de chances desperdiçadas, o Vila Nova foi derrotado pelo CSA, na noite dessa sexta-feira (1º), em pleno Serra Dourada, por 1 a 0, pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o CSA voltou a encostar no Fortaleza, líder da competição com seis vitórias e um empate, que na tarde deste sábado (2), a partir das 16h30min, no Castelão, recebe o Sampaio Corrêa, no complemento da rodada. O gol do time alagoano foi aos 10 minutos da segunda etapa, com Michel Douglas.

Com 70% de posse de bola e seis chutes a gol, o Vila Nova não conseguiu se recuperar na competição, após vir então de duas derrotas seguidas. O time goiano chegou a liderar a Série B por algumas rodadas.

Outro resultado surpreendente nessa sexta-feira foi a derrota em casa do Avaí, diante do então lanterna Criciúma, por 1 a 0. Mesmo com a derrota, o Avaí deverá se manter no G4, ao final da oitava rodada.

(Foto: Reprodução)

Portaria cria rede para fiscalizar descontos sobre o diesel nos postos

O Ministério da Justiça publicou nessa sexta-feira (1º) a portaria que trata da fiscalização dos postos de combustíveis. O governo quer garantir que os donos de postos vão repassar à população o desconto de R$ 0,46 no preço do óleo diesel, anunciado no início desta semana.

A portaria publicada pelo Ministério da Justiça cria a Rede Nacional de Fiscalização, da qual participarão órgãos como a Agência Nacional de Petróleo (ANP), a Advocacia-Geral da União (AGU), os ministérios públicos dos estados e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), além dos Procons estaduais.

As punições para estabelecimentos que não repassarem o desconto passam por multas de até R$ 9,4 milhões, suspensão temporária das atividades, interdição do estabelecimento e cassação da licença. O governo também abrirá um canal de comunicação para que o consumidor ajude na fiscalização. A partir da segunda-feira (4), o telefone (61) 99149-6368 estará disponível por meio do aplicativo WhatsApp para receber denúncias de postos que não repassarem o desconto.

Na quinta-feira (31), o ministro da Justiça interino, Claudenir Pereira, participou de entrevista coletiva na qual pediu ajuda dos caminhoneiros e demais consumidores de diesel na fiscalização. “Pedimos ajuda da sociedade, já que são mais de 40 mil postos de combustíveis, e é inviável fiscalizar cada um deles.”

(Agência Brasil)

Junho começa com conta de luz mais cara. Em vigor a bandeira vermelha

O mês de junho começou com a conta de luz mais cara. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que a bandeira tarifária fica no segundo patamar da cor vermelha, o mais alto. Com isso, as contas de energia terão cobrança extra de R$ 5 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

Segundo a Aneel, com o fim do período de chuvas, os reservatórios do Sul apresentaram redução no volume, o que impacta no custo de geração de energia. Com menos água nos reservatórios, aumenta o uso de usinas termelétricas, que geram energia a um custo maior.

Em 2018 a bandeira havia ficado verde de janeiro a abril, mudando para amarela em maio.

Semana do Meio Ambiente da UFC começa nesta segunda-feira

Com o tema “Tecendo redes de sustentabilidade” começa, na próxima segunda-feira (4), a XVI Semana do Meio Ambiente da Universidade Federal do Ceará. O encontro contará com atividades práticas e teóricas até o dia 8, nos campi do Pici e do Benfica. A informação é da assessoria de imprensa da Instituição.

A programação começa às 16h, no Benfica, onde, nos jardins da Reitoria, serão plantadas palmeiras nativas. Em seguida, às 17h, o reitor Henry Campos fará a abertura oficial do evento, no espaço de convivência da Reitoria, com uma programação musical para os presentes.

A proposta da Semana do Meio Ambiente é compartilhar as experiências na área da sustentabilidade desenvolvidas por diversas instituições. A programação, disponível no site do evento, inclui, além de exposição de trabalhos, palestras sobre produção de mudas, compostagem, cultivo em pequenos espaços, dentre vários outros.

Também estão agendadas visitas a espaços como o Núcleo Regional de Ofiologia (NUROF), o Horto de Plantas Medicinais, o Orquidário, o Núcleo de Ensino e Pesquisa de Agricultura Urbana (NEPAU), entre outros localizados no Campus do Pici.

Bazar

Também faz parte da Semana a realização do Mega Bazar, de 5 a 7 de junho, com o objetivo de arrecadar recursos para promover a castração e vacinação dos animais (cães e gatos) que se encontram abandonados nos campi do Pici e do Benfica.

Essa atividade ocorrerá em parceria com o Núcleo 7 Vidas e a União Felina Consciente. Os organizadores estão aceitando doações de roupas (femininas, masculinas e infantis), acessórios, calçados, eletrodomésticos e eletrônicos.

Os postos de recebimento de doações estão no Pici, nos blocos 902 e 910 (contatos pelo telefone 85 3366 9794), e no Benfica, na Secretaria de Acessibilidade UFC Inclui (contatos pelo telefone 85 3366 7660).

Dólar termina semana cotado a R$ 3,767

O dólar comercial encerrou o pregão desta sexta-feira (1º) com alta de 0,8%, cotado a R$ 3,767. No acumulado da semana, a moeda norte-americana se valorizou 2,68% frente ao real. Na máxima do dia, a moeda dos Estados Unidos chegou a ficar em R$ 3,771.

A alta do dólar foi fortemente influenciada pelo anúncio da demissão de Pedro Parente da presidência da Petrobras, efeito que também se refletiu sobre as ações preferenciais da companhia, que chegaram a cair quase 14,8%.

O índice Ibovespa, principal indicador de negócio da Bolsa de Valores no país, terminou o dia com leve alta de 0,64%, com 77.239 pontos.

(Agência Brasil)