Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

PSOL lança dupla nada caipira nestas eleições

206 5

João Sem Medo

Renato, o polido

O Parque Rio Branco, situado no bairro São João do Tauape, em Fortaleza, será palco do lançamento oficial das candidaturas de João Alfredo para deputado estadual e de Renato Roseno para deputado federal pelo PSOL. O ato terá início às 9 horas do próximo domingo e reunirá entidades, militantes sociais, trabalhadores, ambientalistas e profissionais liberais que apostam nessas candidaturas.

A candidata ao Governo do Estado pelo partido, Soraya Tupinambá, e a candidata ao Senado, Marilene Torres, além de vários outros postulantes a cargos proporcionais, conferirão a festa.

Prefeita comandará ato de nomeação de concursados da área da Saúde

A prefeita Luizianne Lins (PT) comandará, nesta quinta-feira, às 15 horas, no Paço Municipal, solenidade de nomeação dos profissionais de Saúde contratados em 2010, por meio de concurso público. Ao todo, 255 médicos, enfermeiras e dentistas já estão reforçando o trabalho das equipes nas unidades de saúde e hospitais da rede municipal.

Na mesma ocasião, outros 10 médicos anestesistas serão incorporados à rede de profissionais dos hospitais distritais.

De 2006 a 2010, já são mais de 1.600 novas admissões, apenas entre profissionais de nível superior – médicos, enfermeiros e dentistas, informa a assessoria de imprensa do Paço Municipal.

Paulo Bernardo não vê necessidade de nova alta na taxa de juros

“O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, afirmou hoje (22) que não vê necessidade de um novo aumento da taxa básica de juros – Selic – por parte do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC). Ele lembrou que a grande preocupação do BC é em relação à inflação no país, mas, em junho, o índice não variou e, na primeira prévia de julho, ficou em 0,09%.

“Isso significa que, de fato, a inflação voltou a patamares de controle”, afirmou o ministro após participar do programa de rádio Bom Dia, Ministro, produzido pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, em parceria com a EBC Serviços.

Paulo Bernardo voltou a afirmar que a economia brasileira deve crescer cerca de 6,5% este ano, podendo chegar a 7%. “De forma alguma há descontrole. O Copom toma medidas de precaução, mas a tendência é acomodar essa situação [dos juros]”, completou.

Ontem (21), o Copom elevou a Selic em 0,5 ponto porcentual, abaixo da expectativa de boa parte dos analistas econômicos, que esperava um aumento de 0,75%. Para o ministro, isso pode ser um indicativo de que o órgão já reconhece uma desaceleração do ritmo de crescimento da economia.

“A coisa melhorou muito. Vamos ter uma inflação ao redor de 5% [em 2010]. A economia, com o perdão da palavra, está bombando. Isso é muito bom porque significa emprego, dinheiro girando. Esse ano vai ser um ano para ser comemorado, em termos de resultado da economia”, disse Paulo Bernardo.

Sobre o aumento do crédito imobiliário no país, o ministro descartou a possibilidade de ser uma “bolha” como a que foi registrada no mercado de imóveis dos Estados Unidos, e que estourou no início da crise financeira internacional. Ele lembrou que o crédito imobiliário brasileiro representa pouco mais de 3% do Produto Interno Bruto (PIB) do país. Nos Estados Unidos, ultrapassa 70%. “Temos um espaço para crescer 12% ou 15% sem qualquer problema. Não há nenhum risco”, garantiu.”

(Agência Brasil)

Senado vai decidir se sessentões podem ser liberados para casar com comunhão de bens

“A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado vai decidir se as pessoas com mais de 60 anos de idade devem continuar proibidas de casar com comunhão de bens, como prevê o artigo 1.641 do Código Civil (Lei 10.406/02). Projeto do ex-senador José Maranhão (PB), que revoga a exigência, vem sendo examinado pelos senadores e já recebeu parecer favorável do seu relator, senador Marco Maciel (DEM-PE).

José Maranhão apresentou o projeto (PLS 209/06) quatro anos depois da vigência do novo Código Civil. Ele argumenta que não se justifica a exigência de separação de bens para casamento de pessoas com mais de 60 anos e que a determinação fere inclusive os artigos da Constituição que tratam do princípio da liberdade de se constituir família.

Maranhão cita “argumentos contundentes” da doutrinadora Silmara Juny Chinelato, para quem não há razão científica para o legislador de 2002 ter considerado como “pessoa de pouco tino e, por isso, com necessidade de proteção da lei, a que tiver mais de 60 anos”.

Em seu parecer favorável ao projeto, o senador Marco Maciel reconhece que, no início do século passado, a média de idade do brasileiro “pouco ultrapassava a 50 anos e muitas pessoas acima dessa idade eram consideradas senis”.

“Hoje, homens e mulheres maiores de 60 anos orientam a economia e decidem os destinos da sociedade. Não é aceitável que tenham tanta responsabilidade e sejam impedidos de escolher o próprio regime de bens no casamento”, sustenta Marco Maciel.”

(Agência Senado)

Cursos de Medicina – Uma briga entre público e privado no regime de internato

1138 1

Com o título “Público X Privado nas Vagas de Internato”, o professor e médico Marcelo Gurgel aborda tema que vem mexendo com a estudantada dos cursos públicos e particulares de Medicina do Estado. Há uma crise nesse setor, que precisa ser exposta para que se chegue a uma solução. Confira:

Há pouco mais de quatro anos, o Ministério da Educação (MEC) concedeu, por meio da Portaria nº 4.433, publicada no DOU de 23/12/2005, autorização para o funcionamento do curso de Medicina da Faculdade Christus; essa decisão foi pouco depois seguida por outra similar, conferida pelo MEC e divulgada no DOU de 05/05/2006, em atendimento ao pleito formulado pela Universidade de Fortaleza (Unifor). A turma inaugural de cada um desses cursos médicos foi matriculada, após seus respectivos vestibulares, no segundo semestre de 2006.

Mesmo antes dessas liberações, as entidades de classe (CREMEC, SIMEC, AMC etc.) já demonstravam sua preocupação quanto ao substancial incremento de novos médicos em um mercado de trabalho despreparado para acolher a avalanche de graduados, saídos dos cursos de Medicina recém-instalados nas novas escolas privadas bem assim em razão da expansão da oferta de vagas, nas instituições públicas, do Ceará e de outros estados nordestinos.

As instituições públicas de ensino médico, sediadas em Fortaleza, por sua vez, tinham ciência de que a concepção dos projetos, que serviu de base à aprovação dos novos cursos, estava lastreada em metodologias de ensino-aprendizado, baseadas em problemas, com pouca utilização dos serviços de saúde, notadamente da rede hospitalar pública, o que somente viria a ocorrer no quinto ano, com a chegada do Internato.

Os projetos em pauta asseguravam, pelo menos no papel, que o Internato seria provido ao alunado pelo uso combinado de recursos institucionais próprios e dos advindos das parcerias para tanto firmadas. Tudo levava a crer que o interregno de quatro anos, do ingresso até a primeira turma alcançar o Internato, seria o bastante para a construção de um hospital universitário, e mais do que suficiente para costurar os acordos e contratos com novos campos de estágio, sem necessidade de disputar os serviços que já vinham sendo usados pelos cursos médicos da UFC e da Uece.

Quando a Turma Prima da UECE chegou ao Internato, em 2007.2, não houve problemas com a UFC, que, apesar de ter o Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC) e o Hospital Geral de Fortaleza (HGF), como “loci” de estágio de internato, há mais quatro décadas, ininterruptamente, soube partilhar, fraternalmente, os recursos com a sua congênere pública, redundando em uma relação sobejamente harmônica entre os seus discentes.
Desde 2008, entre os acadêmicos de Medicina da UECE e da UFC, reinava uma intrigante interrogação sobre a próxima entrada, de cerca de 240 novos internos anuais, vindos das instituições particulares, e prestes a se concretizar, sem quaisquer sinais de incorporação de outros hospitais e serviços ao aparelho formador.

Em 2009, foram tornadas públicas algumas ações encetadas pelas duas escolas médicas privadas da capital, sinalizando o empenho de ambas, em cumprir suas obrigações contratuais, próprias de uma relação negocial no campo da educação. Assim é que a Faculdade Christus elegeu a Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza, como o seu hospital-escola, e a Unifor fechou contrato com o Hospital Waldemar Alcântara, tornando-o seu hospital-escola; tais medidas amainaram a inquietação que grassava no meio estudantil, serenando ânimos, antes mesmo que irrompessem em sobressaltos ou arroubos juvenis.

Não houve, todavia, descura da parte dos dirigentes universitários que, após os devidos acertos, assinaram convênio com a Secretaria da Saúde do Estado do Ceará, com extrato publicado no DOE, de 27/10/09, que consagra a prioridade às escolas médicas públicas, ao estipular a reserva de 50% e 35% das vagas de Internato, respectivamente, à UECE e à UFC, deixando os 15% restantes a outras escolas médicas. No entanto, às vésperas do ingresso dos primeiros internos das escolas particulares retro-aludidas, assiste-se a uma despropositada intervenção no sentido de expandir o acolhimento de seus alunos, minando os termos expressos no convênio celebrado entre os entes públicos acima reportados.

Para o Sistema Único de Saúde (SUS), e de conformidade com a Lei Orgânica da Saúde, a regulação da formação dos profissionais da saúde passou à alçada do Ministério da Saúde, ao apregoar que os mesmos, médicos inclusos, devem ser formados no SUS e para o SUS. Em tese, isso assegura, por princípio, o direito dos internos das escolas particulares de cumprirem estágio nos hospitais públicos, sendo, pois, antiético alijá-los dessa oferta de vagas ou cercear o direito deles ao acesso a elas.

Adite-se que os médicos, quando formados, independente da natureza da escola que os graduaram, cuidarão da saúde do cidadão, que requer o atendimento feito por um profissional competente e ético; por conseguinte, os médicos necessitam ser bem preparados para o seu ofício, e em condição de incorporar a educação continuada, a fim de fazer frente à alta complexidade do labor médico.

Contudo, a Rede Hospitalar do SUS, em Fortaleza, não se compõe apenas dos hospitais de referência estadual, e nem se limita aos dois alvos da cobiça privada, o HGCC e o HGF, nosocômios convertidos em centros de ensino de excelência, mercê da experiência em treinar internos e em preparar médicos residentes, há mais quarenta anos. A bem da verdade, existem vários hospitais públicos e privados conveniados ao SUS, portanto, integrantes da Rede do SUS, que se prestariam para acolher internos, caso tais estruturas recebessem os investimentos apropriados, injetados como contrapartidas das faculdades particulares.

Salvaguardadas as prioridades dirigidas às escolas médicas públicas locais, as de natureza privada, em funcionamento nesta capital, poderiam usufruir dos recursos hospitalares públicos se estivessem dispostas a cobrir os gastos para obtenção do benefício pretendido. Não parece justo, e, muito menos, ético, uma empresa entesourar o que arrecada do aluno e transferir o encargo de prover o ensino a terceiros, eximindo-se de sua responsabilidade contratual. Dito de outro modo: quem aufere o bônus tem que arcar com o ônus.

Prof. Marcelo Gurgel Carlos da Silva
Coordenador do Internato de Medicina-Uece.

Professor espanhol fala sobre tsunami no Nordeste

129 1

Uma palestra sobre “Deslizamentos Submarinos e Tsunamis”, será ministrada nest asexta-feira, às 9 horas, pelo professor Miguel Canals, da Universidade de Barcelona (Espanha). Segundo artigo científico publicado na Revista Geophysical Research Letters pelos pesquisadores Steven N. Ward, do Instituto de Geofísica Planetária da Universidade da Califórnia, e Simon Day, da Universidade College, em Londres, é plausível a possibilidade de um tsunami proveniente das Ilhas Canárias atingir o litoral do Nordeste.
 
A conferência de Miguel Canals vai acontecer no auditório do Instituto de Ciências do Mar (Labomar), da UFC, na Avenida da Abolição, n° 3207 – Meireles. A palestra tem organização do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT-Labomar), Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e da Associação Profissional dos Geólogos do Ceará (APGECE). 
 
(Com Site da UFC)

Morre procurador do Estado

481 14

Morreu, nesta quinta-feira, em Fortaleza o procurador do Estado Alexandre Rodrigues de Albuquerque, que também era professor da Universidade Federal do Ceará. Ele lutava contra um câncer. A família informou que o velório ocorre na Funerária Ternura onde, às 15 horas, haverá celebração de missa.

O corpo de Alexandre será cremado no Jaridm Metropolitano, no município do Eusébio (Região Metropolitana de Fortaleza).

Alexandre Rodrigues era filho do desembargador estadual Haroldo Rodrigues, que está, no momento, como ministro convocado do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Critica Radical lança campanha contra a política

170 1

O Movimento Crítica Radical, liderado no Estado pela ex-prefeita Maria Luiza Fontenele e pela  ex-vereadora Rosa da Fonseca, vai realizar manifestação nesta sexta-feira, a partir das 15 horas.

O ato ocorrerá na Praça do Ferreira, ocasião em que as duas, acompanhadas por militantes do Crítica Radical, lançarão a campanha “Abaixo a Política!”.

Hora, segundo Rosa da Fonseca, de pedir à população que boicote o sistema eleitoral e não vote e lute pela emancipação humana sem política.

Cid vai ao Montese e pede votos para Dilma

107 1

O governador Cid Gomes (PSB), que postula reeleição, pediu votos, nesta quinta-feira, para a candidata a presidente da República, Dilma Rousseff (PT). Foi durante caminhada que realizou, tendo ao lado o candidato Eunício Oliveira (PMDB) e mais o presidente da Câmara Municipal, Salmito Filho (PT), e o senador Inácio Arruda (PCdoB), aquele que alertou, por meio desse Blog, que, mesmo liderando pesquisa Datafolha/O POVO – 47%, não pode dormir de touca. 

Ainda nesta quinta-feira, Cid conferirá a inauguração de três comitês: do petista Nelson Martins, seu líder na Assembleia Legislativa (Avenida da Universidade); do presidente estadual do PDT, André Figueiredo(Aldeota); e do peemedebista Carlomano Marques (Varjota).

Cid Gomes ainda deverá participar de minicomicio no bairro Jurema, em Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza).

O Lula também chora

231 5

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=uN6JUPfenfE[/youtube]

Em entrevista à Rede Record, nessa quarta-feira à noite, ao falar sobre seu governo, o presidente Lula chorou duas vezes. Quem não assistiu, pode fazer suas avaliações.

Professor é assassinado a tiros no Benfica

271 6
A Polícia ainda não tem pistas dos dois homens que assassinaram, nessa noite de quarta-feira, no bairro Benfica, em Fortaleza o professor Melkizedequi Fernandes Cavalcante Filho (33). Ele foi assassinado a tiros, quando chegava em casa.
Os dois homens, numa motocicleta, fizeram vários disparos e um dos tiros atingiu a cabeça do professor. Segundo testemunhas, os homens teriam perguntado o nome da vítima e efetuado os disparos em seguida. O motivo do crime ainda é um mistério. 
(TV Diário)

Saúde da Família de Canindé terá postos de atendimento

Canindé – O prefeito de Canindé, Claudio Pessoa (PSDB), acaba de assinar ordens de serviço para a construção de dois postos de saúde voltados para o Programa Saúde da Família. Essas unidades atenderão aos bairros Cachoeira da Pasta, Canindezinho, parte do bairro da Can, Santa Clara, Santa Luzia e parte do bairro do “ S “, que apresentam grande número de famílias pobres do município. 

A Construtora  Guanabara ganhou a concorrência e terá  prazo de 90 dias para entregar a obra. Quando estiver em funcionamento, os dois postos atenderão a mais de duas mil famílias.

Prefeitura de Fortaleza renova convênios com o Pronasci, do Ministério da Justiça

“As 12 cidades que sediarão os jogos da Copa do Mundo de 2014 irão receber R$ 1,6 bilhão do governo federal para a compra de equipamentos e capacitação de policiais. O valor é o dobro do que custou a segurança da Copa deste ano na África do Sul – US$ 500 milhões, cerca de R$ 886 milhões. Enquanto 2014 não chega, até agora, com o Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), também batizado como “PAC da Segurança” em 2007, ano do lançamento, o governo desembolsou R$ 620,7 milhões, no primeiro semestre deste ano, do 1,5 bilhão autorizado no orçamento de 2010, ou seja, 41% do previsto. 

De acordo com o Ministério da Justiça, o Pronasci articula políticas de segurança com ações sociais, prioriza a prevenção e busca atingir as causas que levam à violência, sem abrir mão das estratégias de ordenamento social e segurança pública. Ainda segundo a pasta, o programa se preocupa com a valorização dos profissionais de segurança, em reestruturar o sistema penitenciário, combater à corrupção profissional, entre outras. Também se beneficiam com o Pronasci jovens entre 15 e 24 anos. O alvo são aqueles em conflito com a lei ou à beira da criminalidade. O programa é executado em 150 municípios, Distrito Federal e 22 estados.

Das 11 ações orçamentárias que compõem o Pronasci, a de “concessão de bolsa-formação a policiais militares e civis, agentes penitenciários, guardas-municipais, bombeiros e peritos criminais, de baixa renda, pertencentes aos estados-membros” é a que tem maior orçamento previsto neste ano, R$ 702,3 milhões (49% a mais que em 2009). O Ministério da Justiça desembolsou no primeiro semestre 59% (R$ 414,6 milhões) da quantia autorizada para 2010.

Já para o “apoio a implementação de políticas de segurança cidadã”, que garante o acesso dos moradores de territórios conflagrados, especialmente os adolescentes em situação de risco social ou em conflito com a lei, o governo federal destinou R$ 142,4 milhões entre janeiro e junho. O montante representa 74% do previsto para o ano, maior percentual de execução orçamentária entre as ações do Pronasci.

(Contas Abertas)

DETALHE – O diretor-geral da Guarda Municipal e Defesa Civil de Fortaleza, Arimá Rocha, encontra-se em Brasília. Ele foi tratar da renovação de convênios do Município com o Pronasci. Na Capital cearense, o Grande Bom Jardim é um “Território da Cidadania”, onde as ações desse programa de prevenção à violência, do MJ, é executado. O curioso é que aumentou a violência nessa área, no que Arimá lembra: “As ações do Pronasci são prevntivas e só repercutirão a longo prazo”.

Justiça Federal no Cariri abre vaga para seleção de estágio em Direito

A Justiça Federal de Juazeiro do Norte (Região do Cariri) abrirá inscrições, no período de 26 deste mês a seis de agosto,  para prova de seleção de estagiários do curso de Direito para esta unidade. A vaga se destina a estudantes da área que, na data da aplicação da prova, estejam regularmente matriculados e cursando a partir do 4º  período ou com 80 créditos em integralização no semestre. O estágio será remunerado mediante concessão mensal de bolsa-auxílio, no valor de R$ 697,50, além de auxílio-transporte no valor diário de R$ 5,00.

As atividades previstas para o cumprimento do estágio pelos estudantes selecionados englobarão o auxílio à execução dos serviços próprios das Secretarias das Varas, de assessoria aos Gabinetes dos Juízes Federais, bem como, do Setor Administrativo do Foro.

SERVIÇO

Inscrições das 9 às 18 horas, na sede da Justiça Federal em Juazeiro do Norte, localizada na rua Arnóbio Barcelar Caneca, nº. 860 – Bairro Lagoa Seca, no Setor de Distribuição.

(Com site da Justiça Federal)

Marcos Cals garante implantar piso nacional para professores

421 11

O candidato ao Governo do Estado pelo PSDB, deputado estadual Marcos Cals, criticou o Governo Cid Gomes e sua atuação no setor educacional. Foi durante a inauguração do seu comitê de campanha, nessa noite de quarta-feira.

Ao lado do senador Tasso Jereissati, que postula reeleição, Marcos lamentou que Cid não respeitou a conquista dos professores e tenha ingressado com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o Piso Nacional da categoria.

Aproveitou para garantir que, se eleito, implantará o Piso Nacional “que é uma justa conquista dos professores e esse é um dos meus compromissos com o fortalecimento da educação em nosso Estado”. Marcos Cals e Tasso Jereissati darão prosseguimento à campanha nesta quinta-feira visitando os municípios de Uruburetama, São Luis do Curu e Trairi.

DETALHE – Na inaguração do Comitê, a Coligação Por um Ceará Moderno e Forte, lançou o novo jingle do candidato Marcos Cals no estilo de forró, interpretado pelo repentista cearense Luizinho de Irauçuba.

Fortal – Prefeitura distribui ingressos para a "Pipoca da Paz"

461 1

A Prefeitura de Fortaleza vai distribuir 15 mil ingressos para as pessoas interessadas em participar da “Pipoca da Paz”, espaço que integra o Fortal, o carnaval fora de época da cidade. Ao todo, serão entregues 7.500 ingressos para os foliões que quiserem se divertir nesta quinta-feira e a outra metade para quem optar por domingo, último dia da festa.

A entrega dos ingressos ocorrerá na fila de embarque da linha (840) Papicu/Fortal no Terminal Papicu, a partir das 17 horas desta quinta. Já no domingo, a partir das 14 horas. No local, agentes da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) realizarão a distribuição dos ingressos.

EXIGÊNCIAS

Para obter a entrada, é necessário que o interessado apresente a carteira de identidade com foto. Cada pessoa terá direito a um tíquete para curtir a festa.

Temer se diz padrinho do projeto "Ficha Limpa"

O presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer (PMDB/SP), candidato a vice de Dilma Rousseff (PT), é entrevista na edicação do jornal Correio Braziliene desta quinta-feira. “Sou discreto. Sei o papel de um vice”, diz Temer num dos trechos da matéria.Confira:

Em seu terceiro período como presidente da Câmara, o deputado Michel Temer (PMDB-SP) faz uma confissão e uma promessa: “Você sabe que eu nunca entrei nessa piscina?”, diz, olhando o jardim da residência oficial que o cargo lhe oferece. “Se ganharmos, vou mergulhar para comemorar a vitória.”

A promessa foi feita logo depois de terminada a entrevista ao Correio — em que Temer, candidato a vice na chapa de Dilma Rousseff (PT) à Presidência da República, começou a sair da “toca”, ou melhor, do papel de presidente da Casa.

Ao vestir a camisa (social) de campanha, Temer trabalha para marcar a experiência que o separa do deputado Índio da Costa (DEM-RJ), parceiro de José Serra, e empatar o jogo naquilo que os tucanos mais destacam no perfil do jovem democrata: a relatoria do projeto ficha limpa. “Sou uma espécie de padrinho da proposta”, define.

Consciente de que seu maior atrativo não é a capacidade quantitativa de votos que pode agregar à campanha, Temer diz acreditar que sua maior contribuição à chapa à qual pertence esteja na capacidade de articulação e diálogo com congressistas e setores específicos da sociedade.

Na prática, significa que não importa com quantos votos ele foi eleito no último pleito, mas o espaço que ele pode abrir nas conversas e acordos com políticos e integrantes do PMDB.

E é em tom de parceria que Temer parte para a defesa de Lula e tenta aplainar o terreno no que se refere às declarações do presidente em favor da candidata petista: “Não tem como as lideranças políticas deixarem de falar em quem elas apóiam. Seria uma coisa falsa imaginar que um presidente ou governador devesse colocar um esparadrapo na boca e nem sequer mencionar o nome de quem é apoiado por ele”, comenta.

Quanto aos trabalhos da Câmara, avisa aos interessados que, até o final de outubro, será difícil mesmo ter quorum. A hora é mesmo de mergulhar na campanha.

O quase vice de Serra visita Fortaleza

O senador Álvaro Dias (PSDB-PR) agendou presença, nesta sexta-feira, em Fortaleza. Vem falar, em evento no Marina Park Hotel, sobre emenda à Lei Pelé que garante acesso em eventos esportivos para cronistas da área. Ele foi o relator dessa emenda. 

Álvaro Dias atende a um convite do presidente da Associação Brasileira dos Cronistas Esportivos (Abrace), Aderson Maia.

Bom lembrar que Dias chegou a ser cogitado para vice do tucano José Serra, mas o DEM resistiu e até ameaçou romper a aliança, no que acqabou emplacando o polêmico Índio da Costa. A agendou de Álvaro Dias incluiu papo com o tucanato local.