Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Ministro esclarece dúvidas sobre a Lei das Inelegibilidades

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=IowcDmlQN78[/youtube] 

O canal oficial do Supremo Tribunal Federal (STF) no YouTube divulgou vídeo em que o ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Fernando Neves, fala sobre a Lei Complementar (LC) nº 64/1990 – a Lei de Inelegibilidades. A norma completou duas décadas de existência no dia 18 de maio. Ela estabelece, entre outros pontos, as hipóteses de inelegibilidade e as punições para certos crimes eleitorais.

CNI promove debate com presidenciáveis nesta 3º feira

“Em mais um encontro, o trio de presidenciáveis José Serra (PSDB), Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PV) vai debater, nesta terça-feira, propostas para o período de 2011-2014. Desta vez, os pré-candidatos abordarão questões do setor de indústrias, durante evento promovido pela Confederação Nacional das Indústrias, em Brasília. O debate será feito entre os pré-candidatos e os empresários.

As propostas a serem discutidas fazem parte do documento A Indústria e o Brasil – Uma Agenda para Crescer Mais e Melhor. A CNI entregará as páginas aos pré-candidatos durante o evento. Esta não é a primeira vez em que postulantes ao Palácio do Planalto se encontram com o empresariado na CNI. A entidade já promoveu evento semelhante durante a eleição de 2002.”

(Portal IG)

Eunício avisa: apoiará o senador que o governador Cid Gomes indicar

O presidente regional do PMDB, deputado federal Eunício Oliveira, reafirmou, nesta segunda-feira, que apoiará o nome que o governador Cid Gomes (PSB) indicar para o Senado. Disse mais: se for José Pimentel (PT) apoiará; se for o tucano Tasso Jereissati, apoiará.

Eunício reiterou ainda que sua postulação ao Senado é “irreversível” e que ele conta não somente com o respaldo do governador, mas também da executiva nacional peemedebista. Com isso, voltou a afastar especulações de que poderia sair vice para facilitar acordos na base aliada lulista no Estado.

No cenário da disputa pelo Senado, o PT já avisou, por meio de suas lidernaças, que a postulação do ex-ministro da Previdência Social, deputado federal José Pimentel, é também “irreversível

Na condição de presidente regional do partido, Eunício informou que a convenção estadual ocorrerá no dia 27 de junho, mesma data escolhida pelo PSB. O local será o mesmo: gionásio do Colégio Evolutivo (Centro).

O parlamentar disse também que o PMDB está aberto a discutir composições em termos de cargos proporcionais com qualquer legenda. Deixou claro que ele mesmo tratará desse assunto.

Eunício chegou de Nova York nesta segunda-feira para receber, a partir das 19 horas desta segunda-feira, no Gran Marquise Hotel, troféu do evento “Os 30 Mais Influentes do Ceará”, promoção da revista Fale!. Na terça-feira, o peemedebista acompanhará Cid Gomes em eventos da administração estadual na cidade de Acaraú (Litoral Oeste).

Seca verde – Mauro Benevides cobra apoio para agricultores

O deputado federal Mauro Benevides (PMDB) fez pronunciamento, nesta segunda-feira, na Câmara, solicitando do governo federal mais apoio aos agricultores cearenses que perderam a colheita por causa da chamada ‘seca verde”.

Mauro, que esteve no fim de semana no município de Quixeramobim, disse que o quadro não é bom para a agricultura e que há famílias sofrendo dificuldades em razão da falta de produção.

O parlamentar reivindicou celeridade na liberação do Seguro Safra e cobrou da Defesa Civil maior apoio aos lugarejos cearenses que sofrem com a falta dágua.

Edifício invade calçada no Centro

O Edifício Cidade, que está sendo construído na Rua Guilherme Rocha com Padre Mororó (Centro), está invadindo a calçada com jardineiras de alvenaria. A calçada, que já é estreita, ficou apenas com uns 60 cm para a passagem de pedestres, segundo reclamam vários leitores do Blog.

Por causa disso, as pessoas acabam passando pelo meio da rua, por causa de postes que também ficam no meio da calçada. O caso já chegou ao Crea-Ceará.

Lula: Palanque duplo vale para Dilma, não para mim

“Em privado, Lula avisou aos dirigentes do PT que não vai seguir a política de dois palanques que permeia os acertos com os aliados, sobretudo o PMDB. Soou peremptório: “Esse negócio de palanque duplo vale para a Dilma, não para mim”. Ficou entendido que, nos Estados em que houver divisão, só Dilma Rousseff estará obrigada a prestigiar os dois lados. Quanto a Lula, levará seus 76% de popularidade às campanhas dos candidatos que lhe são mais chegados.

A pretensão de Lula já bateu nos tímpanos dos dirigentes do PMDB. E não soou bem. Longe disso. Para o principal aliado de Dilma, o acerto nacional passa por um tratamento igualitário nos Estados. Significa dizer que, se preferir, Lula pode até se ausentar das campanhas locais. Porém, se decidir participar, terá de dispensar um tratamento “igualitário” aos dois lados.

Em diálogo com um amigo, Michel Temer, presidente do PMDB e virtual candidato a vice na chapa de Dilma, evocou o caso da Bahia. “Se Lula gravar uma participação no programa [televisivo] do Jaques [Wagner, do PT] tem de gravar também para o Geddel [Vieira Lima, do PMDB]”. O critério que Lula fixou para si mesmo conduz a situação diversa. Wagner, petê ligado a Lula por uma amizade de três décadas, teria preferência sobre Geddel.

O que diz Geddel? Em público, nada. Entre quatro paredes, ele ecoa Temer. Afirma que não deseja de Lula senão a paridade de tratamento. Dono de temperamento mercurial, Geddel diz, longe dos holofotes, que descrê da hipótese de vir a ser preterido na Bahia. Há dez dias, Dilma esteve em Salvador. Foi prestigiar o ato de lançamento da re-candidatura de Jaques Wagner. Geddel achou natural. Disse que só estranharia se Dilma, convidada, se negasse a comparecer a um evento do PMDB. Foi tranquilizado por um telefonema.

Depois de dar as caras no ato pró-Wagner, a presidenciável petista apressou-se em tocar o telefone para Geddel. Segundo apurou o repórter, Geddel contou a correligionários que Dilma assumiu o “compromisso” de comparecer, junto com Temer, à convenção baiana do PMDB.

E quanto a Lula? Distante dos microfones, Geddel diz que o presidente “tem o direito de fazer o que bem entender”. Mas, condicionou seus gestos futuros ao modo como será tratado. Geddel resumiu o que pensa numa frase dita em telefonema trocado com um amigo: “Se houver sacanagem no meio do caminho, ninguém vai poder dizer que fui desleal. Prefiro acreditar que o presidente adotará o melhor posicionamento”. Nesse mesmo diálogo, Geddel, ex-ministro de Lula, disse o que espera do presidente:

 “Não discuto se ele fará uma gravação mais ou menos carinhosa para um ou para outro. Pode até dizer que o Jaques Wagner é amigo dele…”

“…Quero apenas que reconheça que fiz uma boa gestão no ministério [da Integração Nacional] e que, se for eleito, terei um tratamento de aliado”.

No mais, Geddel diz que Lula, se quiser, pode fazer em 2010 o mesmo que fez na eleição municipal de 2008. Na disputa pela prefeitura de Salvador, o candidato do PMDB, Luiz Henrique, prevaleceu sobre o rival do PT, Walter Pinheiro, numa campanha da qual Lula preferiu se abster.

Lula joga com o calendário e com as pesquisas. A parceria nacional PT-PMDB será selada na primeira quinzena de junho sua participação nas campanhas estaduais só virá em agosto. A essa altura Temer já será vice de Dilma…

…O presidente imagina que sua pupila estará em ascensão nas sondagens eleitorais. E duvida que o PMDB, por pragmático, se anime a encenar gestos de hostilidade.

O diabo é que o anseio de “tratamento igualitário” não se restringe a Geddel. Espraia-se por todo o PMDB. O partido de Temer espera que, até as convenções de junho, o PT consiga traduzir o acordo que diz estar definido em termos que possam ser considerados definitivos.”

Alô, TRE! Superintendente do IJF está em campanha?

“A saudação do superintendente do IJF, Messias Barbosa, nesta manhã de segunda-feira, ao ser entrevistado na “Super Rádio Clube”, supreendeu até os apresentadores Fernando Maia e Tina Holanda.

Ao cumprimentar o médico com um bom dia, Fernando Maia ouviu o superintendente arrematar de lá:

– Bom Dilma!

Será que o TRE anda (tam)bem sintonizado (na Clube)?”

(Blog Gente de Mídia)

Governo descumpre determinação judicial e não chama concursados da Saúde

O deputado Heitor Férrer (PDT) já encaminhou ofício à juíza titular da 5ª Vara da Fazenda Pública, Maria Vilalba Fausto Lopes, informando que decisão tomada por ela não está sendo cumprida pelo Governo do Estado. A juíza deu prazo de 30 dias para que o Governo nomeie e dê posse aos concursados para cargos de nível superior não-médicos, da Secretaria da Saúde do Estado, além de proibir a contratação de terceirizados. 

“Até a presente data, nem o governador nomeou nem deu posse e continua contratando terceirizados em detrimento dos concursados”, lamentou Heitor Férrer. O Sindicato Mova-se também cobra providências.

Alô, Valdir! Um senhor torcedor

Definindo-se como um “torcedor sadio” do time do Fortaleza, o despachante portuário Valdir Martins Lopes está cumprindo uma promessa, por conta do tetracampeonato conquistado por seu clube, bem no estilo responsabilidade social.

Valdir havia prometido aos amigos do “Bar do Manuel”, no bairro Parquelândia, onde frequenta há mais de 15 anos, que se o Fortaleza ganhasse o tetra, pagaria 10 caixas de cerveja e faria a festa com todos. Incentivado, no entanto, por alguns amigos e familiares, ele acabou mudando o rumo da aposta: trocou as caixas de cerveja por 30 cestas básicas.

Todas as quintas-feiras, durante a tradicional missa da Igreja de Santa Edwiges, lá está Valdir cumprindo a promessa e depositando aos pés do altar três cestas básicas a cada semana,  deixando a critério do Padre Ferreirinha a distribuição. Os amigos até que reclamaram no início, mas, quando souberam que a causa era nobre, aprovaram de imediato.

Amigo de Valdir há um bom tempo, o professor e advogado Fábio Nogueira se disse “orgulhoso” pelo gesto de Valdir. Outro amigos consideraram a iniciativa um bom exemplo para qualquer torcida. Valdir, que não gosta muito de falar, afirmou que essa atitude o fez “muito feliz” e satisfeito porque o que poderia virar uma farra para o grupo, está servindo para amenizar o sofrimento de algumas famílias.

“Eu avisei pro pessoal que a nossa sexta-feira de bebida virou cesta de comida. Acho que nós teremos muito ainda que comemorar e eles sabem disso”, acentuou Valdir, sem se esquecer de sempre ter em seu carro uma enorme bandeira do Fortaleza.  

(Foto -Paulo Moska)

Casas de Cultura da UFC abrem inscrições

A Coordenação Geral das Casas de Cultura Estrangeira da Universidade Federal do Ceará iniciou, nesta segunda-feira, o período de inscrições para o Teste de Admissão. Para tanto, será utilizada exclusivamente a internet, no endereço eletrônico da Coordenadoria da Concursos da UFC: www.ccv.ufc.br. São ofertadas 396 vagas, distribuídas pelas Casas de Cultura Alemã (66), Britânica (66), Francesa (88), Hispânica (44), Italiana (66) e Portuguesa (66).

As inscrições terminal dia 6 próximo e as provas serão realizadas no dia 20 junho de 2010, com previsão do resultado da seleção para o dia 25 de junho. A matrícula dos classificados está marcada para o dia 22 de julho, das 8h às 12h e das 14h às 17h, e a dos classificáveis, no dia 23 de julho, às 9h. Pode concorrer a uma vaga quem concluiu o Ensino Fundamental.

Os documentos exigidos para a inscrição são os seguintes: formulário de solicitação, preenchido, datado e assinado; fotografia 3×4 recente; comprovante de pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 50,00, a ser efetuado no Banco do Brasil e fotocópia (frente e verso) do documento de identidade ou outro em que constem a fotografia e o nome com-pleto do candidato e do CPF.

SERVIÇO

Mais informações no site da Coordenadoria de Concursos da UFC e pelo fone 3366.9522.

Por uma aviação ligando o Nordeste a outros Continentes sem passar por São Paulo

Eis artigo do ex-secretário do Turismo do Ceará, Allan Aguiar, sobre oprtunidades de crescimento econômico do Nordeste. Ele bate na tecla: a aviação deo Nordeste para outros Continentes poderia ser feita sem que houvesse escalas por São Paulo. Confira:

Quantas décadas levaremos para alcançar as médias atuais dos indicadores sociais do restante da Nação, considerando que as demais regiões não estão estacionadas? Como turbinar o crescimento econômico e indexá-lo a inclusão social? Resposta tradicional: Aumento da renda dos consumidores, investimento público e privado, o mais desconcentrado possível, isto tudo associado a programas de transferência de renda para as camadas mais pobres.

Mesmo com as condições macroeconômicas favoráveis, o investimento público é limitado pelos limitados orçamentos das esferas de Governo, o qual não é capaz isoladamente de promover o aumento da renda das pessoas. Assim, cabe ao desempenho global da economia o papel central de empurrar o capital privado para o investimento, criando postos de trabalho.

Apostar na reversão do quadro de pobreza e violência pelo viés da capacidade do setor público em investir é apostar que Gana sairá campeã da Copa da África do Sul.

Precisamos reinaugurar o modelo mental que determina a dinâmica governante. Atualizar o sistema que roda na cabeça dos Planejadores e Orçamentadores dos Estados Nordestinos. Precisamos rever a hierarquia das prioridades das políticas, diretrizes e programas, incorporando no topo dessa hierarquia a indução da cadeia produtiva da aviação, infraestrutura fundamental para o desenvolvimento da região.

Assim, proponho que conectemos o Nordeste do Brasil ao Mundo, e não apenas ao Brasil, oferecendo ao mundo a oportunidade de deslocar-se ao Nordeste diretamente, sem escalas em São Paulo ou Rio de Janeiro.

Considerando que a solução para essa conexão física não virá pela via de mercado, mesmo com toda a indução que uma nova regulação do setor aéreo traga ao contexto atual, apresento a proposta, plagiada, de inaugurarmos a NORDESTE Sky Brasil. Isso mesmo: Uma Estatal pertencente aos Estados dispostos a investir no estratégico, não no operacional, no futuro, não no superado. Uma Aérea Estatal dominada pelo profissionalismo e por critérios de governança corporativa que a permita uma atuação arrojada diante de um mercado impiedoso com a ineficiência.

Inicialmente, uma Aérea com quatro aeronaves de grande porte para vôos internacionais para Europa, América do Norte e África e 15 aeronaves para vôos regionais ligando não apenas as capitais da região, mas as médias cidades situadas nesses 1,5 milhões de quilômetros quadrados que abraçam os nove Estados. Somos territorialmente maiores que, JUNTOS, Portugal (TAP), Espanha (Ibéria), Itália (Alitália), França (Air France), e Reino Unido (British Airways). Sem falar do Arquipélago de Cabo Verde (TACV – Cabo Verde Airlines).

Projeções do Plano de Negócios:

· Investimento: R$ 380 Milhões

· Exposição Máxima de Capital: 750 Milhões (Uma cidade da Copa de Recife ou dois e meio aquários de Fortaleza)

· Taxa Interna de Retorno: 14% a.a

· Retorno do Capital Investido: 7,1 anos

Falta apenas vontade e a decisão política integrada dos Governadores, alem do compromisso de construir uma Estatal alocando equity com viés de saída da gestão, não do controle societário e do comando do Conselho de Administração.                                               

*Allan Aguiar foi Presidente da Fundação de Turismo Integrado do Nordeste (CTI – Nordeste) e Secretário do Turismo do Ceará.

Deputado lança livro sobre Educação

O deputado estadual Artur Bruno (PT), que preside a Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Assembleia Legislativa, lançará, quinta-feira próxima, o livro “Educar Sempre”. Durante o lançamento, marcado para as 19 horas, no plenário da Casa, serão entregues placas de homenagem e agradecimento aos jornais O POVO e O Estado, nos quais os artigos foram publicados.

O livro é uma compilação de 100 artigos sobre educação publicados pelo parlamentar nos jornais cearenses, ao longo dos últimos oito anos. Na solenidade, o ministro Ubiratan Aguiar, presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), apresentará o autor e a obra.

O livro Educar Sempre traz artigos que tratam dos mais diversos aspectos da área da educação, desde a questão da qualidade até temas como: inclusão digital, educação inclusiva, educação e direitos humanos, importância do Fundeb, universalização do ensino superior, aperfeiçoamento dos profissionais da educação,  Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), transporte escolar e combate à homofobia na escola.

(Foto – Paulo Moska)

Concursos com inscrições abertas oferecem 10 mil vagas

“Os concursos públicos realizados atualmente, em todo o país, oferecem 10.642 vagas em diversos cargos destinados a candidatos de todos os níveis escolares. As remunerações iniciais podem chegar a R$ 21.766, dependendo da função desejada. Confira algumas das principais seleções:

Defensoria Pública de SP faz concurso com 67 vagas de defensor; paga R$ 7.354
Para concorrer ao cargo os candidatos devem ter formação superior em direito, dois anos de prática profissional na área jurídica. As inscrições estarão abertas entre 28 de maio e 8 de julho. Taxa de R$ 192,41.

TRT (RJ) abre concurso para 23 vagas de juiz do trabalho subistituto; paga R$ 21.766
Todas as etapas da seleção serão realizadas na cidade do Rio de Janeiro. Os aprovados farão um curso de formação inicial, a ser ministrado em Brasília. As inscrições podem ser feitas entre 28 de maio e 27 de junho. O valor da taxa é de R$ 150.

MPA inscreve para 100 vagas de níveis médio e superior; paga até R$ 3.156
São 30 vagas para agente administrativo (nível médio); 40 para analista técnico-administrativo e 30 para engenheiro (nível superior). As inscrições vão até o dia 1º de junho. O valor da taxa varia de R$ 60 a R$ 75.

Detran (DF) inscreve para dez vagas de assistente de trânsito; paga R$ 4.225
Para se candidatar à carreira é preciso ter nível superior completo em qualquer área. As inscrições serão aceitas até o dia 18 de junho. O valor da taxa é de R$ 50.

São Paulo Turismo recebe inscrição para 910 oportunidades; paga até R$ 4.711
Existem 10 vagas imediatas e 900 para formação de cadastro reserva em diversos cargos. As inscrições serão aceitas até o dia 25 de maio. O valor da taxa varia de R$ 24 a R$ 42, dependendo da função desejada.”

(Portal Uol)

Dilma Rousseff a la Carolina Herreraa

“Quando o cabeleireiro paulistano Celso Kamura recebeu na semana passada o telefonema de João Santana, marqueteiro de Dilma Rousseff, não hesitou em aceitar o “desafio” de assinar o novo visual da petista para a campanha. E foi logo estudar as imagens da pré-candidata nos últimos meses. O diagnóstico: erros de maquiagem, sobrancelha muito arqueada e o cabelo “gorducho”.

Kamura embarcou nervoso para Brasília. Temia uma cliente “brava e fria”. E levou uma foto da estilista Carolina Herrera, que inspirou o novo look de Dilma.”

(Com Agências)

Cadê a fiscalização no Interior?

Pelo menos 17 pessoas deram entrada na Santa Casa de Misericórdia de Sobral (Zona Norte), de domingo para segunda-feira vítimas de acidentes de motocicletas. As vítimas são oriundas de Sobral e municípios vizinhos.

(Blog Wilson Gomes – Sobral)

VAMOS NÓS – O fato mostra que a fiscalização no Interior continua precária ou deu aquela velha sumidinha neste ano, que é eleitoral. E são dados só da Zona Norte.

As derrotas de Lula

Com o título “Derrotas de Lula”, o jornalista Themístocles de Castro e Silva analisa as últimas derrotas sofridas pela esquerda em termos de Supremo Tribunal Federal. Confira:

Nada menos de três derrotas foram impostas à esquerda lulista nos últimos dias. A primeira foi a do Supremo Tribunal Federal (29/4) ao examinar a Lei de Anistia. Os comunistas reivindicavam punição para os que chamam de “torturadores“, sem nenhuma alusão aos assassinos de militares que estão aí recebendo polpudas indenizações. Entre os mortos está o cearense Walder Xavier de Lima, da Aeronáutica. Quem o matou hoje é juiz do Trabalho aposentado no Recife.

A segunda derrota foi o arquivamento da ação contra os coronéis Carlos Alberto Brilhante Ustra e Aldir Santos Marciel, ex-comandantes do DOI-Codi, de 70 a 80, a quem a Procuradoria da República atribuiu violação dos direitos humanos (tortura).

Vejam o que disse o Juiz Clécio Braschi, da 8ª Vara Federal Cível de São Paulo: “Não pode o Ministério Público ajuizar demanda cível para declarar que alguém cometeu um crime“. E ressaltou: “A apuração cabe à imprensa, ao Legislativo, aos historiadores, às vítimas da ditadura e aos seus familiares. O acesso à informação deve ser o mais amplo possível. Mas a sede adequada para essa investigação não é o processo judicial, que não pode ser transformado em uma espécie de inquérito civil interminável, em que não se visa a obter a declaração de relação jurídica, mas sim à apuração de fatos políticos e de responsabilidades histórica e social de agentes do Estado.“

Para o juiz, além da prescrição, a pretensão de condenação dos réus, a título de indenização, esbarra na anistia. E a terceira derrota, tão contundente quanto às outras, foi o recuo do presidente no programa dos tais direitos humanos, elaborado pelo comunista Paulo Vannuchi, seu ministro no assunto.

Ressalta a imprensa que o recuo se deve às pressões e aos protestos da Igreja Católica, das Forças Armadas, das Associações de Mídia e de Agronegócio. Talvez por isso Lula foi para o Irã, onde também não conseguiu nada, já que a Turquia se antecipou, assinando o acordo com o Irã, que não se mostra disposto a alterar sua política nuclear.

THEMÍSTOCLES DE CASTRO E SILVA
Jornalista e advogado.

Jornalismo da Unifor promove seminário sobre Plano Nacional de Direitos Humanos

Plínio Bortolotti entre convidados.

A Universidade de Fortaleza, por meio dos alunos da disciplina de Ética e Cidadania em Jornalismo, sob a orientação da professora Sandra Helena, promoverá sexta-feira, das 8 às 17 horas, no auditório da Biblioteca Central, o seminário “Direitos Humanos – E eu com isso?”, que discutirá o Programa Nacional de Direitos Humanos, que chega à sua terceira versão, tendo sido sancionado pelo presidente Lula no início de 2010.

O seminário, que se constituirá em duas rodadas de debates, gira em torno de alguns dos temas do programa que mais têm gerado polêmica entre ministros, militares, membros da sociedade civil e alcançado destaque na cobertura midiática: o problema do direito à Terra, o controle social da Comunicação, o lugar e o papel da Religião no Estado Laico e a Comissão da Verdade e Memória, que pretende investigar a violação dos Direitos Humanos durante a ditadura militar.

Dentre os nomes já confirmados para os debates estão João Alfredo (vereador do PSOL e ambientalista), José Ramos Torres de Melo Filho (Presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará), Mário Albuquerque (Presidente da Comissão de Anistia Wanda Sidou do Governo do Estado e membro da Comissão Nacional de Anistia do Ministério da Justiça), Walter Filho (Promotor de Justiça) e Plínio Bortolotti (Editor Institucional do O POVO e colega de Blog no POVO Online). O evento conta com o apoio da ADUNIFOR (Associação dos Docentes da Unifor)

PROGRAMAÇÃO

Direitos Humanos. E eu com isso? O PNDH-3 em Debate.

Dia 28 (sexta-feira) – Auditório da Biblioteca Central da Unifor

8 horas – Abertura

Erotilde Honório – Diretora do Centro de Ciências Humanas da UNIFOR

Eduardo Freire – Coordenador do Curso de Jornalismo da UNIFOR

Sandra Helena – Professora da disciplina Ética e Cidadania em Jornalismo

8h30min – I Mesa – Comunicação Social Democrática como Direito Humano

Debatedores:

Plínio Bortolotti – Jornalista, Editor Institucional do jornal O POVO

Solange Palhano – Diretora Institucional do jornal O ESTADO

10 horas – II Mesa – Acesso à Terra como Direito Humano

Debatedores:

João Alfredo – Advogado, Ambientalista, Vereador (PSoL)

José Ramos Torres de Melo Filho – Presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará- FAEC

14 horas – III Mesa – Verdade e Memória como Direito Humano

Debatedores:

Mário Albuquerque – Presidente da Comissão de Anistia Wanda Sidou da Secretaria de Justiça do Estado do Ceará e Membro Conselheiro da Comissão Nacional de Anistia do Ministério da Justiça

Walter Silva Pinto Filho – Promotor de Justiça do Ministério Público do Estado do Ceará

15h30min – IV MESA – Religião e Laicidade como Direito Humano

Pe. Edilberto Cavalcante Reis – Doutor em História Social, Professor da UECE, Sacerdote da Diocese de Quixadá

Rosendo Amorim – Doutor em Sociologia, Professor da Unifor, Técnico da Secretaria de Educação do Estado do Ceará.

Bancada cearense participa de almoço na sede da Embrapa

A Embrapa Agroindústria Tropical recebe hoje a visita de deputados e senadores da bancada cearense para almoço. Fazendo parte do cardápio, será apresentado o plano de aplicação dos recursos oriundos de emenda parlamentar destinada à Unidade. O diretor-executivo da Embrapa, Geraldo Eugênio França, representa o presidente da empresa, Pedro Arraes. A senadora Patrícia Saboya, bem como os deputados federais José Guimarães, José Pimentel e Padre Zé Linhares são algumas das presenças confirmadas.

(com informações da assessoria de comunicação)