Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Alencar deve fazer cateterismo

O vice-presidente da República, José Alencar, será submetido, às 10 horas desta segunda-feira, a um cateterismo, exame para verificar obstruções no sistema circulatório. Foi detectada uma insquemia (irrigação sanguínea insuficiente) cardíca.

Segundo o médico Kalil Filho, da equipe médica do Hospital Sírio-Libanês, se o motivo for a obstrução de uma artéria, e dependendo da gravidade do problema, pode ser necessária a colocação de um stent (dispositivo para dilatar vasos sanguíneos).

José Alencar já recebeu um stent em agosto de 2005. Se a isquemia não for causada por uma obstrução, o tratamento poderá ser feito apenas com remédios.

O vice-presidente disse estar otimista em relação aos exames.  “Sou naturalmente um otimista, e agora tenho todos os motivos para estar confiante em um resultado positivo, porque me sinto bem e o meu estado geral de saúde é bom”, disse.

(Com Folha Online)

Presidente do PSDB/CE participa de reunião Comitê Central Pró-Serra

112 4

O presidente regional do PSDB, Marco Penaforte, participará, nesta segunda-feira, em São Paulo, de reunião do Comitê Central Pró-campanha de José Serra para presidente da República.

O objetivo é avaliar o início da campanha do tucano e fechar algumas estratégias eleitorais. O PSDB quer reforçar a presença de Serra no Nordeste, onde a candidata petista Dilma Rousseff obtém melhores indices de preferência.

José Serra esteve sábado fazendo campanha no Interior cearense, ocasião em que fez caminhada em Cascavel e Uruoca e visitou os tradicionais chitões de Massapê e Marco.

49 congressistas não vão disputar ou são "rebaixados"

“O registro das candidaturas para as eleições mostra que um grupo de pelo menos 49 deputados federais e senadores não ocupará as mesmas cadeiras a partir de 2011.

Eles ou decidiram não se candidatar ou se lançaram a postos em degrau “inferior” ao que ocupam. A lista inclui congressistas que se lançaram a deputado estadual ou a suplente de senador.

Entre eles estão nomes de peso como o do presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), que disputará vaga na Câmara, o do secretário-geral do PT, deputado José Eduardo Cardozo (SP), que não disputará nada, e o da senadora Patrícia Saboya (PDT), candidata a deputada estadual no Ceará.

Guerra disse ser difícil conciliar a disputa com a presidência do PSDB e a coordenação da campanha de José Serra. Pesou ainda o cenário em PE, pois concorreria com o ex-vice-presidente Marco Maciel (DEM) e o ex-ministro Humberto Costa (PT).

Eduardo Azeredo (PSDB-MG) tentará mandato como deputado federal, já que a chapa ao Senado, em seu grupo político, foi ocupada pelo ex-governador Aécio Neves (PSDB) e o ex-presidente Itamar Franco (PPS).”

(Folha Online)

Eleições 2010 – Vem aí a boneca "Marininha"

“Se o PT quer vender bonecos do “Lulinha” durante a campanha, apoiadores da candidata Marina Silva (PV) se mobilizam para comprar 10 mil “Marininhas”.

Com cerca de 3 cm, a boneca tem sido usada por membros do Movimento Marina Silva como um broche. Por enquanto são 150 “Marininhas”. Após a boa recepção, o movimento estuda como encomendar o novo lote.

Produzida pela cooperativa Casa da Boneca Esperança, da Paraíba, a “Marininha” é uma adaptação das bonecas tradicionalmente vendidas pelas 40 mulheres que constituem o grupo.

O preço de custo de cada uma é R$ 1,5. O movimento não pretende vender “Marininhas” para arrecadar fundos, mas ainda não sabe como distribuirá as bonecas,”

(Folha)

Vereador de Aiuaba é acusado de homicídio

212 1

A Polícia de Aiuaba (Região dos Inhamuns) tenta prender o vereador conhecido por Nego do Feitosa, acusado de ter assassinado com um tiro na boca José  Adalberto de Alencar, rival político.

Segundo informações divulgadas pelo Comando de Policiamento do Interior (CPI), o vereador teria discutido com José Adalberto dentro do bar “Rei da Gula”, situado no Centrto de Aiuaba, quando disparou contra a vítima, que morreu na hora.

O Comando de Policiamento do Interior não deu mais detalhes.

Agronegócio vai ouvir os candidatos a governador

“A Federação da Agricultura do Ceará (Faec) é mais uma entidade, depois do Centro Industrial dol Ceará (CIC), que anuncia ciclo de debates com os candidatos ao Governo do Estado. Segundo o vice-presidente da entidade, José Flávio Saboya, a ordem é ouvir o que os postulantes têm para apresentar ao setor do agronegócio, hoje incluído como um dos segmentos importantes da pauta das exportações cearenses.

A Faec, inclusive, já elaborou sua pauta de reivindicações, a ser entregue aos candidatos, mas quer ter direito ao contraponto, no que acertará com os assessores de cada campanha datas para ouvi-los e questioná-los. Estigmatizada por alguns como conservadora, espera-se que não faça acepção de candidatos.”

(Coluna Vertical, do O POVO)

No Ceará, Serra até dançou forró

162 6

“O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, foi, na madrugada de ontem, o convidado especial de duas festas populares organizadas por tucanos no Ceará.

A presença dele foi exaustivamente anunciada ao microfone em forró promovido pela Prefeitura de Massapê, administrada pelo PSDB.
O prefeito da cidade, João Pontes, é primo do deputado Luiz Pontes, coordenador da campanha do PSDB no CE.

Apresentado ao microfone como ex-governador -numa tentativa de evitar problemas com a Justiça-, Serra assistiu a campeonato de quadrilhas e até ensaiou alguns passos. Ele seguiu ainda para um forró patrocinado pelo deputado estadual Rogério Aguiar (PSDB), em Marco.

Do camarote, ele ouviu elogios de Reginaldo Rossi. Durante show, o cantor disse que se resignaria caso surpreendesse sua mulher “na cama com Serra”, porque ele “será o melhor presidente”.

Pela manhã, ele tomou café com prefeitos na fazenda do deputado João Jayme. Segundo o anfitrião, Serra manifestou interesse pelo Bolsa-Bode, programa de complementação de renda com doação de rebanho.”

(Folha)

Um jantar sob o ritmo de todos por Dilma

O deputado federal Eunício Oliveira, que é candidato ao Senado pelo PMDB no Ceará, receberá para jantar, em sua casa em Brasília, nesta terça-feira, cerca de 200 parlamentares dos partidos da base aliada de Lula.

Em torno da candidata a presidente da República, Dilma Rousseff (PT), com um cardápio que  pedirá reforço às ações de campanha para ver Dilma ganhar logo no primeiro turno.

Eunício, bom lembrar, é também o tesoureiro do PMDB nacional.

TAM ampliará voos para Fortaleza

194 1

“A partir de agosto, a TAM deve abrir novos voos para Fortaleza. A empresa já fez os pedidos de autorização à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O órgão deve responder até 2 de agosto. Até o momento os itens analisados foram aprovados.

De acordo com os pedidos, um voo sai diariamente do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, com destino ao Aeroporto Governador André Franco Montoro, em Guarulhos, às 18h30min, com desembarque previsto às 23 horas.

Já o voo de Guarulhos para Fortaleza decolaria às 14h10min, com chegada em Fortaleza às 17h25min, também diariamente. Os novos voos devem ser operados por uma aeronave Airbus 320, com 174 assentos, segundo os pedidos à Anac.

Semanalmente a TAM faz 366 operações em Fortaleza, entre pousos e decolagens. A lista de rotas inclui destinos como São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro e Manaus. Dados de maio apontam que a TAM lidera o mercado do Brasil, com 40,88% de participação.

Diariamente a TAM tem quatro voos decolando de Guarulhos para Fortaleza. Há ainda um voo feito todo dia, exceto às sextas-feiras. De Fortaleza para Guarulhos são também quatro voos diários e um voo horário diário com a exceção dos sábados.

O titular da Secretaria do Turismo do Ceará (Setur), Bismarck Maia, aponta que o fato mostra a crescente demanda de passageiros para o Estado, impulsionada pelo desenvolvimento econômico e, também, pelo turismo local.

A própria companhia aérea explica que o número de voos em Fortaleza ainda deve ser ampliado. “Existem planos sim, mas somente poderão ser divulgados após a aprovação da Anac”, esclarece a empresa, em nota encaminhada ao O POVO.

EMAIS

O secretário do Turismo do Ceará (Setur), Bismarck Maia, explica que o Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, tem localização geográfica privilegiada. E este é um dos fatores para a crescente demanda de passageiros.

Bismarck Maia exemplifica que Fortaleza é usada por passageiros da região Norte que querem ir a Europa, por meio de conexões no Pinto Martins.

Além disso, ele completa, Fortaleza tem voos para várias capitais do Nordeste, enquanto capitais próximas têm um número inferior. Ele lembrou que, em Recife, não há voo direto para Teresina ou São Luiz, transferido a demanda em Fortaleza.

Bismarck lembra ainda que Fortaleza é um centro de distribuição de passageiros, em referência ao alto número de voos e conexões possíveis.”

(O POVO)

A agenda dos candidatos a governador

* Acompanhe a agenda dos candidatos a governador para esta segunda-feira:

LÚCIO ALCÂNTARA (PR)

Manhã : Visita à Feira do Conjunto Palmeiras (7h30); visita ao Mercado Central (9h30); reunião interna (11h30).
Tarde: Livre
Noite: Reunião com integrantes da coligação, em Fortaleza (18h)

MARCOS CALS (PSDB)
Manhã : Livre
Tarde: Visita a veículo de mídia (15h)
Caminhada pelo Castelo Encantado (17h)
Noite: Caminha pela avenida Bezerra de Menezes, nas proximidades do North Shopping (19h)

CID GOMES (PSB)
Via Twitter, o candidato informou que dedicará o dia ao governo, sem eventos de campanha

SORAYA TUPINAMBÁ (PSOL)
Manhã:
Livre
Tarde: Livre
Noite: Reunião com o coletivo de comunicação da campanha

MARCELO SILVA (PV)
Manhã: Programação interna ao partido
Tarde e noite: Programação interna ao partido

FRANCISCO GONZAGA (PSTU)
Manhã: Visita a canteiro de obras na Avenida Coronel Jucá (Aldeota) (6h30)
Tarde: Visita a canteiro de obras na Rua Oswaldo Cruz, Dionísio Torres) (12h)
Noite: Livre

MARIA DA NATIVIDADE (PCB)
Manhã: Visita ao TRE-CE (9h)
Tarde: Reunião interna do partido (16h)
Noite: Bandeiraço no cruzamento das avenidas Domingos Olímpio com Aguanambi.

Centrais sindicais chamam Serra de mentiroso

“O Partido dos Trabalhadores divulgou ontem um manifesto elaborado por cinco centrais sindicais que acusa o candidato tucano José Serra de “mentir” ao divulgar que foi um dos responsáveis pela criação do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador) e pela implementação do seguro-desemprego.

A carta – assinada pelos presidentes da CUT, Força Sindical, CGTB, CTB e Nova Central – é agressiva e afirma que o tucano praticou “impostura e golpe contra os trabalhadores”.

As centrais foram escaladas pela coligação da candidatura de Dilma Rousseff (PT) para dar uma “resposta” a José Serra, que tenta avançar em segmentos desse eleitorado.

Esse grupo de sindicalistas realizou uma conferência nacional no dia 1º de junho no qual firmaram um compromisso de apoio à “continuidade” nas eleições.

O deputado Paulo Pereira (PDT), o Paulinho da Força, é um dos mais contundentes críticos do tucano e afirma sempre que “Serra é inimigo dos trabalhadores”.

As centrais foram reconhecidas pelo governo em 2008 e passaram a receber parte da arrecadação do imposto sindical. O valor repassado neste ano supera R$ 80 milhões.

“O candidato José Serra tem se apresentado como benemérito dos trabalhadores, divulgando inclusive que é o responsável pela criação do FAT e por tirar do papel o seguro-desemprego”, diz o manifesto. “Tanto no Congresso Nacional quanto no governo (de São Paulo), sua marca registrada foi atuar contra os trabalhadores. A mentira tem perna curta e os fatos desmascaram o tucano.”

– A mentira é a marca registrada do PT. Não adianta eles tentarem transferir esse rótulo. Os sindicalistas se acham “donos” dos trabalhadores, mas são contra a livre associação aos sindicatos. Eles mamam do dinheiro público, são sustentados por uma contribuição compulsória. E foi Lula quem turbinou essa turma toda. Se quiserem fazer campanha, precisam ter legitimidade e defender o sindicalismo livre como, aliás, o Lula já defendeu no passado – rebateu o líder do PSDB na Câmara, deputado João Almeida (BA).”

(Globo)

Marcos Cals diz que Polícia Rodoviária Estadual age com "truculência"

143 7

O candidato do PSDB a governador do Ceará, deputado estadual Marcos Cals, criticou, neste domingo, durante visita à feira da Parangaba, a atuação do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE), no interior. Para ele, a Corporação age com “truculência” e a população tem “medo” da Polícia Rodoviária Estadual.

“Nós somos legalistas. Mas não posso aceitar a forma truculenta como a CPRV está abordando as pessoas mais pobres. Pelo que temos perc ebido, a polícia que fiscaliza, que persegue, essa funciona.A polícia que está a disposição da sociedade para garantir a segurança, essa não está funcionando”, disparou Marcos Cals.

Copa 2010 – Espanha é a Campeã

233 1

“A Copa do Mundo é da Espanha. O dia 11 de julho de 2010 eternizou um novo campeão. Um merecido campeão. Depois de 64 jogos, 145 gols e um mês de bola rolando na África do Sul, a Espanha deixou todos para trás e fez história. Pode finalmente se gabar: é a melhor do mundo.

  • APStekelenburg voa para defender cabeçada perigosa de S.Ramos
  • APVilla lamenta jogada perdida, cara a cara com o goleirão holandês
  • APCara a cara com o goleiro, Villa chuta em cima do pé de Heitinga.
  • (Portal UoL)

Cid em giro pela Feira de Messejana

210 1

Eis Cid Gomes (PSB), ao lado do candidato ao Senado pelo PMDB, Eunício Oliveira, quando visitou a Feira de Messejana. Distribuiu abraços e sorrisos e por pouco não prova do sarapatel dessa turma descontraída.

Dessa vez, a militância acompanhou o governador puxada pelo ex-vereador e ex-comandante do Corpo de Bombeiros do Estado, Leonel Alencar.

(Foto – Divulgação)

Comitê do senador Marconi Perillo é assaltado em Goiânia

131 1

“Candidato ao governo de Goiás, o senador Marconi Perillo (PSDB) teve material de campanha roubado na manhã deste domingo (11). Segundo assessoria de Perillo, às 10h, um rapaz armado abordou três integrantes da equipe de marketing da campanha que chegavam de carro no QG de comunicação, em Goiânia. Ao render os funcionários, o assaltante disse:

“Abaixem a cabeça. Não me olhem nos olhos. Levantem a blusa e entrem para dentro da produtora”.

Após os funcionários atenderem ao comando, o assaltante fugiu com o carro, levando três lap tops e dois discos rígidos de computador contendo a estratégia de campanha de Perillo. O carro roubado foi abandonado cinco quadras depois do QG de comunicação, sem os computadores e os HDs. O caso foi registrado na delegacia da polícia civil de Goiânia.”

(Blog do Noblat)

Presidente do TSE: "Ficha limpa" já vingou

179 1

“A Lei Ficha Limpa já vingou e está em plena vigência, de acordo com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Ricardo Lewandowski. Em entrevista concedida ao jornal Folha de S.Paulo, o ministro disse acreditar que a lei passará pelo crivo do Supremo Tribunal Federal, assim como aconteceu no TSE.

Adiar a aplicação da norma, diz, seria uma frustração para a sociedade, que apoiou a sua aprovação pelo Congresso Nacional. Lewandowski ressalta: candidatos que conseguirem liminares para disputar a eleição estão com as campanhas em risco. “Aqueles que não tenham a ficha limpa farão a campanha por sua própria conta e risco.”

O presidente do TSE defende mudanças na legislação para que a campanha eleitoral comece em janeiro e também para reduzir o número de recursos possíveis.

Leia a entrevista concedida à Folha de S.Paulo:

O TSE ordenou que a Lei da Ficha Limpa vale neste ano, mas candidatos estão recorrendo ao STF. O sr. teme que ela não vingue?
As liminares concedidas estão previstas na Lei da Ficha Limpa, que prevê o efeito suspensivo. O TSE afirmou por expressiva maioria que a lei é constitucional, que se aplica a estas eleições e a fatos pretéritos. Eventualmente, um ou outro aspecto pode ser questionado no STF.

Há risco de “fichas-sujas” serem eleitos. Qual a mensagem que pode ser passada?
No cotidiano é assim. Alguém, com uma liminar, concorre, é eleito, depois o caso é julgado definitivamente e ele tem o diploma cassado. A mesma coisa pode ocorrer com aqueles que não tenham a ficha limpa. Podem obter uma liminar, mas farão sua campanha por sua própria conta e risco.

Sua expectativa é que a lei vingue ou teme que não?
Totalmente. Primeiro, foi uma lei com amplo respaldo popular, nasceu de uma iniciativa legislativa popular. O Congresso aprovou por uma votação maciça. Essa matéria foi examinada pelo plenário do TSE. Tenho a convicção de que vingará mesmo passando pelo crivo do STF.

É possível dizer que, mesmo com o efeito suspensivo, a hora deles vai chegar?
Vai chegar, sem dúvida. O candidato corre o risco, se não tiver sucesso na decisão final, de perder o mandato.

O sr. avalia, então, que será uma frustração para o eleitor a lei não vingar?
É possível que haja uma frustração da sociedade. Mas acho que a lei já vingou, está em plena vigência.

Concorda que houve antecipação da campanha?
Sempre houve a antecipação da campanha. O que houve foi uma exposição maior dessa antecipação por parte da mídia.

Há um vácuo legal no período de pré-campanha. Nele, a Justiça não pode aplicar punição prevista em época de campanha. Como lidar com isso?
Sou plenamente favorável a disciplinar esse período. Defendo a ideia de que [seja] no começo do ano eleitoral. A partir de janeiro, a campanha poderia ser deflagrada. Mas é preciso regulamentar. Não se pode admitir é o uso da maquina administrativa.

Irregularidades punidas até aqui perdem efeito legal ou podem ainda ser consideradas em processo mais à frente, diante de novas infrações?
Teoricamente eles podem ser invocados. Mas é preciso provar que realmente esses fatos tiveram o condão de desequilibrar a campanha.

Houve desequilíbrio?
Não posso me manifestar.

Avalia que Lula, tendo atuado em atos multados como campanha antecipada, agiu de forma republicana?
Não posso responder pelo presidente. Mas posso dizer é que, entre abril e maio, houve uma inflexão na jurisprudência da corte. Até então, entendia-se que só se configurava campanha antecipada se houvesse menção ao pleito, fosse nominado um candidato e houvesse pedido explícito de voto. A partir de abril/maio (…), determinados comportamentos passaram a ser sancionados.

Que outra iniciativa deveria ser tomada para outras eleições como avanço institucional na busca da moralidade?
Precisamos de uma reforma política mais ampla. Não digo a reforma do processo eleitoral, que precisa ser feita para diminuir o número de recursos. Muitas vezes um político é cassado e, em razão dessa multiplicidade do número de recursos, só sai quase ao término do mandato.

Como acabar com isso?
Isso está sendo providenciado pelo Congresso. Mas há uma reforma mais ampla tem de ser feita, a política. Deve-se discutir o pluripartidarismo exacerbado. Temos 27 partidos, número inusitado comparado a democracias mais avançadas. Precisamos meditar sobre a cláusula de barreira. O STF considerou inconstitucional a que existia, mas é preciso repensá-la.

O que mais?
Temos a questão do financiamento das campanhas. Tendo em conta as distorções que advieram do financiamento maciço do setor privado, e entendo que isso pode representar até um elemento perturbador e de corrupção mesmo das eleições, eu pendi no sentido de que deveríamos favorecer o financiamento público de campanha. Mas com a eleição americanas ocorreu um fenômeno novo, o financiamento feito gota a gota pelo eleitor, por meio da internet, do telefone.

O sr. disse que as grandes doações de empresas podem ser um fator perturbador e de até corrupção. O que fazer?
Poderíamos caminhar no sentido de permitir só doações de pessoas físicas, com limites, como existe hoje.

Mas o caixa dois não continuaria mesmo assim?
Estamos com mecanismos cada vez mais sofisticados para detectar o caixa dois.

Os senhores estão enfrentando debate sobre uma verticalização diferente, a questão da aparição de candidatos a presidente nas propagandas nos estados. Ela é possível?
No que tange à verticalização na propaganda, houve uma primeira decisão tomada numa consulta do PPS, mas é possível que o TSE reveja a posição que tomou, em face a novos argumentos.

(Folha Online)

Maratona do voto – Serra visitou cinco cidades do Ceará

191 1

“Para tentar reverter o  quadro desfavorável nas pesquisas de intenção de voto na região Nordeste, o candidato tucano à Presiência, José Serra, suou a camisa neste sábado. No Ceará, Serra visitou cinco cidades em um único dia sob um calor de 35 graus. A campanha nas ruas, no entanto, contou com um grande aparato de segurança, mas poucos militantes.

Em Fortaleza, almoçou com o senador Tasso Jereissati (PSDB) para traçar os próximos passos da campanha no Nordeste. Uma coisa é certa: Serra voltará mais vezes. “Queria poder voltar mais vez aqui ao Nordeste. Aqui ganho energia”, disse. O tucano esteve também em Cascavel, onde através de uma caminhada de 700 metros abraçou eleitores e eleitoras, colocou crianças no colo, entrou em comércios e deu uma entrevista onde prometeu dobrou o Bolsa Família veiculando ao Programa Saúde da Família.

Em Uruoca, fez mais uma caminhada. Neste corpo a corpo teve que explicar a ausência de seu candidato a vice, o deputado Índio da Costa (DEM-RJ) e satisfazer a curiosidade de eleitores se o candidato a vice era realmente índio. Serra disse que não, “mas gosto e admiro os índios brasileiros”.A campanha de hoje foi encerrada com a participação em duas festas tradicionais cearenses. Serra esteve em Massapê e Marco, também na Zona Norte, caminhando nas festas de chitão. São festas pós juninas que reúnem as comunidades interioranas com grandes atrações de forró.

Durante todo o dia, Serra esteve acompanhado do candidato tucano a governador, Marcos Cals, do candidato a vice de Cals, Pedro Fiúza (PSDB) e dos candidatos a senador Tasso Jereissati e Alexandre Pereira (PPS).Serra volta para São Paulo neste domingo. Ele passou a noite em Acaraú, na região norte do Estado, na Fazenda Papagaio, do deputado estadual João Jaime (PSDB).”

(IG)