Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Programa “Especial Anuário do Ceará” estréia na TV O POVO dia 27 de agosto

Jocélio Leal e a equipe.

O programa “Especial Anuário do Ceará” vai estrear no próximo dia 27, às 19 horas, na TV O POVO (Canal 48).

Serão 16 programas, com apresentação do editor-chefe de Negócios e Economia do O POVO, Jocélio Leal. A atração vai apresentar os dados do Anuário do Ceará de forma mais simplificada, numa linguagem leve, tendo ainda convidados.

Nessa lista, secretário Maia Júnior (Seplag), o poeta popular Geraldo Amâncio, a superintendente estadual da PF, delegada Vanessa Gonçalves, e a presidente do TRE, desembargadora Nailde Pinheiro Nogueira.

DETALHE – Todos os programas estarão disponíveis também no site do Anuário do Ceará (www.anuariodoceara.com.br).

(Foto – Mauri Melo)

Eleições 2018 – Aílton Lopes lança seu site de campanha

O candidato ao Governo do Ceará pelo PSOL, Aílton Lopes, lançará na internet, nesta terça-feira, o seu site (ailton50.com.br).

Segundo adianta o postulante, trazendo ainda um portal apresentando um perfil de todos os candidatos proporcionais do partido.

O objetivo é divulgar as propostas, agenda e veiculações sobre Aílton, mas, também, servir de instrumento para reforçar a imagem dos que disputam vagas na Câmara e na Assembleia Legislativa. O PSOL quer apostar num legislativo mais representativo.

(Foto – Paulo MOska)

Eleições 2018 – Patriotas do Ceará fecha com Ciro Gomes

No Ceará, o Patriotas está trabalhando a favor da candidatura de Ciro Gomes, postulante do PDT. A informação é do presidente estadual do partido, ex-vereador Samuel Braga. Literalmente, o Cabo Daciolo, postulante da sigla, foi mandado para orar em algum monte.

Samuel explica que a direção nacional liberou as bases em todo o País, porque prioriza a eleição para cargos proporcionais.

No Ceará, o Patriotas, quer fazer um deputado federal e até quatro deputados estaduais, tem entre suas lideranças o prefeito do Eusébio, Acilon Gonçalves, pai do deputado estadual Bruno Gonçalves.

DETALHE – O Patriota já apoia a reeleição do governador Camilo Santana e a candidatura de Cid Gomes ao Senado.

(Foto – Arquivo)

TSE implementa sistema que divulgará mais informações sobre o patrimônio dos candidatos

Os candidatos que se registraram para as eleições deste ano já podem fazer a descrição dos bens que declararam à Justiça Eleitoral. O Tribunal Superior Eleitoral implementou uma solução que possibilita a divulgação de informações mais abrangentes sobre o patrimônio já declarado.

Trata-se do Módulo de Complementação de Informações Patrimoniais, que passa a integrar o Sistema de Gerenciamento de Informações Partidárias (SGIP) – plataforma do TSE pela qual os partidos políticos realizam o gerenciamento de suas informações perante a Justiça Eleitoral. A partir do novo módulo, as siglas poderão fornecer descrições sobre os bens declarados quando do registro dos candidatos.

As informações patrimoniais incluídas serão automaticamente exibidas no DivulgaCandContas, sistema utilizado pelo TSE para a divulgação das candidaturas e das prestações de contas dos candidatos e dos partidos políticos em todo o Brasil.

DETALHE – Cada TRE deve agora providenciar a intimação, via Processo Judicial Eletrônico (PJe), para que as legendas forneçam a descrição dos dados patrimoniais via SGIP. O TSE entende que a complementação dessa informação, pelos partidos, amplia a transparência e o controle social sobre as informações prestadas.

Há ambiente hostil para o empreendedorismo no Ceará?

288 1

Como  título”A quem interessa?”, eis artigo de Ayrton Aguiar, conselheiro da Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico (ADIT). Ele aborda o ambiente cada vez mais hostil para o empreendedorismo no Ceará. Confira:

O Ceará é um estado pobre. Pobre, mas em ascensão. Com problemas e dificuldades, embora vencendo muitas das várias batalhas que se impõe aos seus cidadãos, aos seus filhos, aos contingentes que para cá migram na intenção de trabalho, paz e oportunidades.

E arrisco dizer que o setor produtivo, aquele que gera as vagas, que cria o ambiente necessário para atrair essas pessoas e investimentos, vem cumprindo seu papel. Como uma das vozes que representam a indústria imobiliária e do turismo, afirmo que se não fosse o emaranhado de leis que atrapalham a ambiência de negócios, a primeira frase desse artigo teria começado com “O Ceará é um estado rico”.

Há uma clara e lamentável insegurança jurídica no Ceará. No começo dos anos 2000 o então governador Tasso Jereissati criou a Secretaria de Turismo e, como consequência imediata, a ligação entre Ceará e continente europeu, voos regulares, protocolos de intenção, rodovias, incentivos, porém determinadas travas jamais foram retiradas, a exemplo da modernização do processo de licenciamento.

Esse processo, em suas várias instâncias e complexidades, demanda um ciclo grande de trabalho a fim de garantir a sustentabilidade das questões internas tais como: venda, comunicação, engenharia, investimentos, adequação com respeito ao meio ambiente, qualificação de pessoas, entre muitas outras esferas. Acontece que o tempo não para, como disse o poeta. E em meio a todas essas exigências, as licenças caducam, mudam-se os entendimentos, as leis, os técnicos envolvidos, o gestor de plantão. O resultado é bem mais que a dificuldade empresarial, é na verdade a inviabilidade do empreendedorismo no Ceará.

Multas pesadas, embargos, lentidões, multiplicidade de entendimento, falta de respostas, fazem parte do cotidiano de quem quer construir uma nova economia. Além disso inviabilizam empreendimentos, a exemplo de hotéis, em municípios que não teriam condição de atrair outro tipo de recurso. É ruim para aquele município, para o Estado, para o empreendedor, para a comunidade local. O empreendedor exaurido em suas tentativas, descobre que existem outros lugares mais convidativos e vai embora. A gente se pergunta, quem ganha com isso?

*Ayrton Aguiar,

Conselheiro da Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico (ADIT).

Ex-senador Inácio Arruda inaugura comitê de campanha nesta segunda-feira. A luta é por vaga na Câmara

O ex-secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Ceará, Inácio Arruda, vai inaugurar, nesta segunda-feira, a partir das 19h30min, seu comitê eleitoral.

Inácio, que já foi senador, é uma das apostas do PCdoB para a Câmara do Deputados.

SERVIÇO

Comitê Pró-Inácio – Avenida da Universidade, 2271 – Benfica.

(Foto – Agência Senado)

Secretário do Meio Ambiente ganha reconhecimento por apostar em energias renováveis

Por ter colocado o Ceará em terceiro do País no campo das energias renováveis, o secretário estadual do Meio Ambiente e Sustentabilidade, Artur Bruno, ganhará homenagem da Câmara Setorial de Energias Renováveis.

O ato ocorrerá nesta terça-feira, às 10 horas, na sede da Agência de Desenvolvimento Econômico do Estado (Adece).

“Fico muito feliz com esse reconhecimento. A meta, no entanto, é tentarmos ser o primeiro!”, diz o secretário para o Blog, que ampliará ações no sentido de desburocratizar licenciamentos.

O Rio Grande do Norte e a Bahia estão à frente do Ceará, com o detalhe de que o maior investidor do ramo em território baiano é o cearense Mário Araripe, justamente por ter encontrado menos burocracia no quesito licenciamentos ambientais.

(Foto – Paulo MOska)

Tesouro pagou em julho R$ 602,43 milhões em dívidas de Estados

O Tesouro Nacional pagou, em julho, R$ 602,43 milhões em dívidas atrasadas de estados, segundo o Relatório de Garantias Honradas pela União em Operações de Crédito, divulgado hoje (20). Do total, R$ 417,27 milhões são débitos não quitados por Minas Gerais. Além disso, a União pagou R$ 124,13 milhões referentes a dívidas do estado do Rio de Janeiro; R$ 55,49 milhões do Piauí e R$ 5,53 milhões de Roraima.

Este ano, o total já ultrapassou R$ 2,496 bilhões de dívidas em atraso de estados e municípios. Desse valor, R$ 1,985 bilhão cabem ao estado do Rio; R$ 417,27 milhões a Minas Gerais; R$ 55,49 milhões ao Piauí; R$ 27,62 milhões a Roraima e R$ 10,94 milhões à prefeitura de Natal, capital do Rio Grande do Norte.

Como garantidora de operações de crédito de estados e municípios, a União – representada pelo Tesouro Nacional – é comunicada pelos credores de que não houve a quitação de determinada parcela do contrato. Caso o ente não cumpra suas obrigações no prazo estipulado, a União paga os valores. Em 2016 e 2017, a União pagou, respectivamente, R$ 2,377 bilhões e R$ 4,059 bilhões em dívidas de estados e municípios.

Rio de Janeiro

As garantias honradas pelo Tesouro são descontadas dos repasses da União aos estados e aos municípios. Ao longo do ano passado, no entanto, decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) impediram a execução das contragarantias do estado do Rio de Janeiro, que tem atrasado salários dos servidores e pagamentos a fornecedores.

Com a adesão do estado do Rio de Janeiro ao pacote de recuperação fiscal, no fim do ano passado, o estado pode contratar novas operações de crédito com garantia da União (nas quais o governo federal cobre atrasos em parcelas), mesmo estando inadimplente. Já o estado de Minas Gerais está impedido de contrair financiamentos garantidos pelo Tesouro até 6 de julho 2019; Roraima até 4 de julho de 2019; Piauí até 23 de julho de 2016 e a prefeitura de Natal até 23 de maio de 2019.

(Agência Brasil)

Camilo dá pausa na campanha para inspecionar obras de uma escola

O governador Camilo Santana (PT) deu um tempo na campanha eleitoral, nesta manhã de segunda-feira, inspecionou obras na área da educação. Visitou a Escola Deputado Paulino Rocha, no bairro Castelão, que passa por reformas que devem ficar prontas ainda neste semestre.

Camilo aproveitou para conversar com professores e alunos e ouviu demandas.

Nesta noite de segunda, Camilo irá prestigiar evento político organizado pelo prefeito Roberto Cláudio, no Marina Park Hotel.

(Foto – Divulgação)

Sergio Moro faz a própria defesa ao CNJ sobre guerra de decisões para manter Lula na prisão

342 1

O juiz federal Sergio Moro, diferentemente dos juízes federais João Pedro Gebran Neto e Rogerio Favreto, do Tribunal Regional Fedreal-4, com sede em Porto Alegre (RS), não constituiu advogado para prestar informações ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que apura a guerra de decisões num domingo de plantão para soltar e manter Lula preso.

A informação é da Painel, da Folha de S.Paulo desta segunda-feira.

De acordo com a coluna, Moro entregou sua defesa ao CNJ há cerca de dez dias.

A corregedoria do conselho pediu explicações sobre a atuação dos três juízes que se enfrentaram na ocasião.

(Foto – Agência Brasil)

Lia Gomes nega estar inelegível e promete, se eleita, defender as minorias no legislativo estadual

Da Coluna Política do O POVO desta segunda-feira, assinada pelo jornalista Carlos Mazza:

Candidata a deputada estadual e irmã de Cid, Ciro e Ivo, a médica Lia Gomes (PDT) nega acusações de que estaria inelegível e promete atuação em defesa de minorias na Assembleia.

Segundo ela, garantia de direitos e o combate à violência contra mulheres e LGBTs serão foco de seu mandato estadual, caso eleita.

(Foto – Arquivo)

Caixa tem lucro de R$ 6,7 bi no primeiro semestre deste ano

A Caixa teve lucro líquido de R$ 6,7 bilhões no primeiro semestre do ano, um crescimento de 63,3% em relação ao primeiro semestre de 2017, o que representa o maior resultado já alcançado pelo banco em um semestre. A carteira de crédito finalizou o primeiro semestre com saldo de R$ 695,3 bilhões, um recuo de 2,9% em 12 meses. Os números foram apresentados na manhã de hoje (20) pela direção do banco na capital paulista.

O índice de inadimplência registou 2,5%, um recuo de 0,4% em comparação ao primeiro trimestre do ano, permanecendo estável em relação ao primeiro semestre de 2017. A média do mercado é de 3,6%.

A Caixa também mantém a liderança no mercado de crédito imobiliário, com 69,3% de participação no mercado. A carteira imobiliária registrou um saldo de R$ 436,5 bilhões, um aumento de 3,6% em 12 meses.

A poupança cresceu 8,4% em 12 meses, com saldo registrado de R$ 283,2 bilhões no primeiro semestre do ano, um avanço de 8,4% nos últimos 12 meses.

(Agencia Brasil)

O voto obrigatório virou uma moeda de troca?

Com o título “Diante da obrigação por que escolher?”, eis artigo do jornalista Wagner Mendes, do O POVO, que pode ser conferido no O POVO desta segunda-feira. “O voto, obrigatório, passa a ser uma moeda de troca por um punhado de promessas vãs…” eis o que diz trecho do texto do articulista. Confira:

Votar é um martírio para a grande maioria da população. Ser obrigado a escolher o menos ruim sempre é tarefa para a reta final de campanha. Na rotina pesada da extensa jornada de trabalho e transporte público ruim, a demanda é tradicionalmente postergada enquanto se pode. Em suma, os candidatos ao legislativo são apontados de última hora. Diante da obrigação, a consequência é o abandono do escolhido logo depois que o eleitor deixa a urna no dia da eleição.

Se houvesse uma pesquisa desses famosos institutos nacionais para medir se o eleitor ainda lembra o candidato que votou quatro anos antes, o percentual de desconhecimento, creio, deve ser assustador.

E não é apenas uma tarefa da memória, é de cidadania.

O legislador representa e defende, em tese, os interesses de quem o elegeu. Na nossa democracia representativa, os nossos líderes é quem falam por nós nas Câmaras e Assembleias. Mesmo nas votações que implicam diretamente a rotina dos brasileiros, e no bolso do eleitor, ainda assim não há mobilização pela cobrança do voto lançado na urna. O mandato se torna um desejo individual.

A rotina pesada impede os mais simples de acompanhar a performance dos vereadores, deputados e senadores. E é o abandono que causa a não representação. Independente dos interesses do trabalhador, o legislador vota, via de regra, de acordo com os interesses pessoais. Salvo poucas exceções.

O voto, obrigatório, passa a ser uma moeda de troca por um punhado de promessas vãs, como de um emprego que nunca se concretiza ou uma mão de asfalto em uma via com esgoto a céu aberto. É tudo muito barato, irresponsável, e alheio ao que exige a Constituição.

O empoderamento desse poder concedido pelo povo transforma o Congresso Nacional em uma Casa independente desse eleitor obrigado. Um levantamento feito por este repórter, com base nos dados do DivulgaCand, aponta que dos 342 candidatos ao Senado, 139 são milionários.

É de um esforço fora do comum acreditar que multimilionários legislem para a base da pirâmide brasileira.

*Wagner Mendes

wagnermendes@opovo.com.br

Jornalista do O POVO.

Lula lidera pesquisa CNT/MDA; Bolsonaro vem em segundo

1178 16

Saiu a primeira pesquisa nacional, desde o início oficial da campanha eleitoral de 2018 para presidente da República. Foi divulgada nesta segunda-feira (20) e traz o ex-presidente Lula (PT) em primeiro lugar, com 37,3% das intenções de voto. O levantamento foi feito pelo instituto MDA e encomendado pela CNT (Confederação Nacional de Transportes). Jair Bolsonaro (PSL) aparece em segundo, com 18,8%. A pesquisa ouviu 2.002 pessoas entre a última terça-feira (14) e este domingo (19), em 137 municípios de 25 unidades da federação. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

Confira o resultado:

Lula (PT) – 37,3%
Jair Bolsonaro (PSL) – 18,8%
Marina Silva (Rede) – 5,6%
Geraldo Alckmin (PSDB) – 4,9%
Ciro Gomes (PDT) – 4,1%
Alvaro Dias (Podemos) – 2,7%
Guilherme Boulos (PSOL) – 0,9%
João Amoêdo (Novo) – 0,8%
Henrique Meirelles (MDB) – 0,8%
Cabo Daciolo (Patriota) – 0,4%
Vera (PSTU) – 0,3%
João Goulart Filho (PPL) – 0,1%
José Maria Eymael (DC) – 0%
Branco/Nulo – 14,3%
Indeciso – 8,8%

Transferência de votos

Considerando apenas o universo de eleitores que inicialmente declararam voto no petista, Haddad ficou em primeiro lugar, com 17,3% das intenções de voto, seguido de Marina Silva e Ciro Gomes, com 11,9% e 9,6%, respectivamente. Somados, votos brancos e nulos e índice de indecisos representam 47,9% do total.

Fernando Haddad (PT) – 17,3%
Marina Silva (Rede) – 11,9%
Ciro Gomes (PDT) – 9,6%
Jair Bolsonaro (PSL) – 6,2%
Geraldo Alckmin (PSDB) – 3,7%
Guilherme Boulos (PSOL) – 0,8%
Alvaro Dias (Podemos) – 0,7%
Henrique Meirelles (MDB) – 0,7%
Vera (PSTU) – 0,5%
Cabo Daciolo (Patriota) – 0,3%
João Amoêdo (Novo) – 0,3%
João Goulart Filho (PPL) – 0,1%
José Maria Eymael (DC) – 0%
Branco/Nulo – 31,3%
Indecisos – 16,6%

(Também com Portal Uol/Foto – Agência Brasil))

Youtuber do Ceará alcança 1 milhão de inscritos com vídeos de curiosidades

O jovem David Damasceno, de 24 anos, morador da Barra do Ceará, chegou à marca de 1 milhão de inscritos no YouTube neste domingo, 19. As visualizações somadas de todos os vídeos já passam de 100 milhões.

O estudante de Computação alimenta seu canal, Universo Curioso, com vídeos de mistérios, ciência e astronomia. David conta que criou a conta em 2014, mas decidiu focar na produção de conteúdo em 2017. “Menos de 1 ano o canal fez 1 milhão de inscritos”, completa.

A ideia do canal veio através da sua página no Facebook – que leva o mesmo nome do perfil no YouTube -, e já atingiu mais de 3,4 milhões de curtidas. “Antes de ter a fanpage no Facebook, eu sempre quis ter o canal primeiro. Em 2017, a pagina ajudou muito”, explica.

A equipe é formada por mais três pessoas – um locutor, um roteirista e um editor – . A marca Universo Curioso ainda conta com um Instagram e site. O vídeo mais visto já passa de 8 milhões de views.

Para David, chegar em 1 milhão de seguidores na rede social de vídeos mais famosa do mundo é uma sensação indescritível. “É uma felicidade sem tamanho. Primeiro, por estar entre um grupo seleto e, segundo, por estar no nível de pessoas que te inspiraram no início, e saber que muitas pessoas se inspiram em você para fazer o que quer que seja”.

(O POVO Online- Colaborou Matheus Nunes/Foto – Facebook)

Marina Silva vai expor seu programa de governo na Federação das Indústrias do Ceará

A candidata à presidência da República pela Rede da Sustentabilidade, Marina Silva, desembarca em Fortaleza por volta da 16 horas, quando será recepcionada por militantes no Aeroporto Internacional Pinto Martins.

De lá, Marina seguirá para o Instituto Maria da Penha, onde falará sobre suas propostas com relação às mulheres.

Marina ainda terá encontro com empresários na sede da Federação das Indústrias do Ceardá (Fiec), onde apresentará seu plano de governo, priorizando a questão econômica e, encerrará a programação na Barra do Ceará, onde apregoará suas ações na área ambiental.

(Foto – Agência Brasil)

FPM – Segundo repasse de agosto entra na conta das Prefeituras

*

O segundo repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) está sendo depositado nos cofres das Prefeiteuras nesta segunda-feira, 20. Pelos cálculos da Confederação Nacional de Municípios (CNM), o montante de R$ 587 milhões será menor que o valor repassado no mesmo decêndio de 2017, considerando a retenção – direto na fonte – do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Ao somar o porcentual destinado a educação, a estimativa da CNM indica que o segundo FPM do mês chegará a R$ 734 milhões. O montante, com base nos dados da Secretária do Tesouro Nacional (STN), será 23,94% menor, considerando os efeitos da inflação. Mesmo sem considerar o crescimento da inflação, do ano passado para este, o fundo será consideravelmente menor – 27,07%. Em agosto passado foram repassados R$ 3,6 bilhões no primeiro repasse e R$ 965 milhões no segundo.

Mesmo com o resultado negativo, o levantamento da CNM reforça que no acumulado do ano, o Fundo apresentou crescimento, na soma final, em todos os meses até agora.

SERVIÇO*

Levantamento completo do segundo FPM de agosto aqui.

Prefeito Roberto Cláudio puxa ato pró-campanha de Ciro, Camilo e Cid Gomes

Julio Ventura, segundo suplente de Cid Gomes, Roberto Claudio, Camilo e Cid.

O prefeito Roberto Cláudio, mesmo com a agenda administrativa, vai puxar, a partir das 18 horas desta segunda-feira, no Marina Park Hotel, o movimento denominado de “Juntos com o 12”. O objetivo, segundo RC, que preside o PDT na Capital, é reforçar as campanhas de Ciro Gomes, Camilo Santana e do ex-governador Cid Gomes, postulante ao Senado.

Os partidos que integram a coligação pró-Camilo foram convocados, além de vereadores, lideranças populares e comunitárias e candidatos a deputado federal e deputado estadual com base eleitoral em Fortaleza.

O governador Camilo Santana, a vice-governadora Izolda Cela e Cid Gomes marcarão presença no ato.

VAMOS NÓS – Roberto Cláudio voltou a evitar, no fim de semana, perguntas sobre apoio ao senador Eunício Oliveira (MDB). O que terá acontecido para que ele nem quisesse comentar o tema?

(Foto – Balada In)

Mercado financeiro mantém previsões para inflação e o PIB neste ano

Instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) mantiveram a estimativa de crescimento da economia e da inflação neste ano. A informação consta da pesquisa Focus, publicação elaborada semanalmente pelo BC, com projeções de instituições financeiras para os principais indicadores econômicos. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) segue em 4,15%. Para 2019, também foi mantida a projeção de 4,10%. Para 2020, a estimativa é 4% e para 2021, foi ajustada de 3,93% para 3,90%.

Para 2018 e 2019, as estimativas estão abaixo do centro da meta que deve ser perseguida pelo BC. Neste ano, o centro da meta é 4,5%, com limite inferior de 3% e superior de 6%. Para 2019, a meta é 4,25%, com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%. Para 2020, a meta é 4% e 2021, 3,75%, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para os dois anos (2,5% a 5,5% e 2,25% a 5,25%, respectivamente).

Para alcançar a meta de inflação, o BC usa como instrumento a taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 6,5% ao ano.

De acordo com as instituições financeiras, a Selic deve permanecer em 6,5% ao ano até o final de 2018. Para 2019, a expectativa é de aumento da taxa básica, terminando o período em 8% ao ano. Quando o Comitê de Política Monetária (Copom) aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Quando o Copom diminui a Selic, a tendência é de que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação. A manutenção da taxa básica de juros, como prevê o mercado financeiro neste ano, indica que o Copom considera as alterações anteriores suficientes para chegar à meta de inflação.

Atividade econômica

A projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – foi mantida em 1,49% neste ano. Para 2019, 2020 e 2021, a estimativa para o crescimento do PIB segue em 2,5%.

A previsão do mercado financeiro para a cotação do dólar permanece em R$ 3,70 no final deste ano e no fim de 2019.

(Agência Brasil)

Eleições 2018 – Álvaro Dias vira candidato de uma nota só

O candidato a presidente da República pelo Podemos, senador Álvaro Dias, virou o postulante de um discurso só. Nesta manhã, entrevista pelo jornalista Luiz Viana, âncora do programa O POVO no Rádio, da Rádio O POVO/CBN, ele voltou a destacar que sua luta será e continuará sendo contra a corrupção.

Álvaro Dias, por conta disso, ganhou a alcunha de “candidato da Lava Jato”, por defender ações do juiz Sergio Moro, a quem já chegou a convidar, se eleito, para compor seu ministério.

Para todo mal, o senador do Podemos disse que o remédio é fim da corrupção. Ele deu entrevista direto de São Paulo, onde estava no Jardim São Luís, lançando o programa Papel da Casa, uma ação incluída em seu plano de governo, que objetiva a regularização fundiária de quem mora em áreas urbanas.

(Foto – Reprodução de TV)