Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

O intelectual Lúcio Alcântara lamenta a perda do amigo José Mindlin

MINDLIN

José Mindlin.

Em seu Blog, o ex-governador e intelectual Lúcio Alcântara escreveu texto expondo sua tristeza com a partida, nesta semana, do grande José Mindlin, um apaixonado por livros. Confira:

Perdi um grande amigo. E os livros também. Hoje eles choram letras de saudade.

Os livros esquecidos, os livros mortos, aos quais devolveu a vida para alojá-los nas prateleiras de confortáveis bibliotecas.

Os recém natos, que acolheu em preciosas coleções, preservando-os para o futuro.

José Mindlin foi um leitor precoce, um jornalista em trânsito, um advogado competente, um industrial avançado, um político sem mandato, que formou no pelotão de frente de um pequeno grupo de grandes empresários que lutaram pela redemocratização do país.

Um administrador da cultura e da tecnologia que se demitiu quando a orientação do Governo colidiu com os princípios da liberdade de expressão que sempre defendeu.

Com atuação marcante em campos tão diversos, será sempre lembrado por seus muitos feitos. Mas, irá prevalecer a imagem afável e bem humorada do bibliófilo ímpar, convertido à  loucura mansa (gentle madness) de que costumava falar.

Foi ainda autor tardio, que revelou numa prosa agradável episódios deliciosos de sua prolongada e íntima convivência com os livros.

Suspeito que tenha partido levando na algibeira sua última aquisição, a ser ressuscitada pelas mãos habilidosas de Guita, sua companheira no longo e frutuoso percurso aqui na terra.

Cassação de Arruda pode sair nesta 5ª feira

“O presidente interino da Câmara Legislativa do Distrito Federal, Cabo Patrício (PT), anunciou que está mantida para esta quinta-feira, às 10 horas, a votação, em plenário, para dar sequência ao processo de impeachment do governador licenciado, José Roberto Arruda (ex-DEM), acusado de comandar um esquema de corrupção conhecido como “mensalão do DEM”.
 
Os advogados do governador haviam pedido, em ofício encaminhado a Patrício, que a votação fosse adiada, alegando que a decisão do Tribunal de Justiça do DF de que os suplentes devem votar no processo no lugar de sete deputados eleitos ainda está sob judice, no Supremo Tribunal Federal (STF). Caso a Suprema Corte decida que a posse dos suplentes é ilegal, a votação do impeachment pode ser anulada, alegam os advogados.

Os suplentes foram convocados a votar no processo de cassação do mandato do governador porque, segundo entendimento do juiz Vinícius Santos, do TJ-DF, os sete deputados, citados como beneficiários do esquema de corrupção local, não estariam isentos para julgar Arruda.

“A defesa de Arruda é legítima, como a de qualquer outro cidadão, mas a Câmara vai continuar agindo e amanhã vai ser votado em plenário o processo de impeachment e os suplentes vão participar da sessão”, disse Patrício.”

(Agênciaa Estado)

Centenário de Tancredo em clima de salada política

Belo Horizonte (MG) abrirá, a partir das 11 horas desta quinta-feira, a programação do centenário de nascimento de Tancredo Neves. O ato reunirá no mesmo palanque os presidenciáveis José Serra (PSDB) e Ciro Gomes (PSB), convidados do governador Aécio Neves.

O senador Tasso Jereissati também foi convidado, assim como lideranças peemedebistas.

O governador Cid Gomes (PSB) seguirá de Brasília para esse festão político, segundo informou nesta noite de quarta-feira, sua assessoria de imprensa.

O cantor Raimundo Fagner está também na lista dos artistas convocados para a festa.

DETALHE – Só mesmo a memória de Tancredo Neves para reunir tantos políticos de matizes tão diferentes. A mídia, claro, estará ali em peso.

Juca Kfouri não deve indenizar Ricardo Teixeira

juca

“A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal confirmou, nesta quarta-feira (3/2), a decisão do ministro Celso de Mello no caso envolvendo o jornalista Juca Kfouri e o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira. A conclusão é a de que o jornalista não incidiu em abuso da liberdade de manifestação do pensamento. E, por isso, está livre de indenizar Ricardo Texeira, por suposta ofensa publicado no jornal Lance.

De acordo com os autos, em 7 de dezembro de 1999, o jornalista publicou em sua coluna no jornal Lance uma nota comentando entrevista concedida pelo presidente da CBF ao jornalista Carlos Maranhão e publicada na revista Playboy.

“O jornalista Carlos Maranhão fez quase todas as perguntas que devia ao presidente da CBF na entrevista da Playboy deste mês. E, como sempre, o cartola respondeu sem nenhuma preocupação com a ética ou com a verdade. Merece ser lida, até porque os destaques na edição da entrevista são suficientemente maliciosos para bons entendedores. Aliás, você só acredita se quiser. E tem um furo: Ricardo Teixeira ganha, de salário, R$ 17 mil na CBF. É pouco.”, diz a nota.

Insatisfeito, Teixeira entrou com ação de indenização na Justiça por danos morais contra o autor da nota. Em primeira instância, a juíza da 8ª Vara Cível do Rio de Janeiro, Maria da Glória Oliveira Bandeira de Mello, negou o pedido. Teixeira recorreu.

Para a juíza, “o fato de declarar não estar o autor preocupado com a ética ou com a verdade não significa, necessariamente, imputar-lhe as qualidades acima mencionadas. Ademais, eventual falta de ética ou da verdade tem sido matéria amplamente divulgada em todos os anais, mormente diante da instauração da CPI do futebol, fato público e notório”. Ela afirmou que o fato de dizer que R$ 17 mil era pouco “não está atrelado à conclusão de que estaria o autor se locupletando ilicitamente”.

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro concedeu a indenização a Teixeira por entender que “quem, a pretexto de noticiar e criticar, assaca injúrias, é obrigado a indenizar”. Ainda de acordo com a decisão, “a liberdade de imprensa deve, sempre, vir junto com a responsabilidade da imprensa, de molde a que, em contrapartida ao poder-dever de informar, exista a obrigação de divulgar a verdade, mesmo que com críticas feitas pelo jornalista à conduta da pessoa abrangida pela notícia, mas sempre preservando a honra alheia, ainda que subjetiva”.  

Para o ministro Celso de Mello, do STF, a questão em julgamento é justamente o exercício do direito de informação e do direito de crítica pela imprensa. O ministro entendeu que, no caso da nota publicada por Juca Kfouri, “longe de evidenciar prática ilícita contra a honra subjetiva do suposto ofendido, traduz, na realidade, o exercício concreto, por esse profissional da imprensa, da liberdade de expressão, cujo fundamento reside no próprio texto da Constituição da República, que assegura, ao jornalista, o direito de expender crítica, ainda que desfavorável e mesmo que em tom contundente, contra quaisquer pessoas ou autoridades”.

Celso de Mello fez, em sua decisão, a defesa veemente do direito que tem a imprensa de criticar, principalmente as autoridades e homens públicos. “Ninguém ignora que, no contexto de uma sociedade fundada em bases democráticas, mostra-se intolerável a repressão estatal ao pensamento, ainda mais quando a crítica — por mais dura que seja — revele-se inspirada pelo interesse coletivo e decorra da prática legítima, como sucede na espécie, de uma liberdade pública de extração eminentemente constitucional”.

Celso de Melo sustenta que a liberdade de imprensa compreende as prerrogativas do direito de informar, buscar a informação, opinar e criticar. “A crítica jornalística, desse modo, traduz direito impregnado de qualificação constitucional, plenamente oponível aos que exercem qualquer atividade de interesse da coletividade em geral, pois o interesse social, que legitima o direito de criticar, sobrepõe-se a eventuais suscetibilidades que possam revelar as pessoas públicas”, diz. 

O direito de crítica atinge especialmente pessoas que ocupam posições públicas e prevalece sobre o seu direito à personalidade. “É por tal razão que a crítica que os meios de comunicação social dirigem às pessoas públicas, por mais acerba, dura e veemente que possa ser, deixa de sofrer, quanto ao seu concreto exercício, as limitações externas que ordinariamente resultam dos direitos da personalidade.”

Celso de Mello afirma, ainda, que o direito de crítica se fundamenta no pluralismo político e que não cabe ao Estado impor-lhe limites e que nem mesmo o Judiciário tem poderes para cercear a livre manifestação do pensamento pela imprensa.

O ministro afirma que é preciso advertir a repressão a crítica jornalística, “mediante condenação judicial ao pagamento de indenização civil, que o Estado — inclusive o Judiciário — não dispõe de poder algum sobre a palavra, sobre as ideias e sobre as convicções manifestadas pelos profissionais dos meios de comunicação social.”

“Nenhuma autoridade, mesmo a autoridade judiciária, pode prescrever o que será ortodoxo em política, ou em outras questões que envolvam temas de natureza filosófica, ideológica ou confessional, nem estabelecer padrões de conduta cuja observância implique restrição aos meios de divulgação do pensamento”, concluiu.

(Consultor Jurídico)

Bloqueiros de Nova York ganham credenciais de imprensa

Jornalistas online e blogueiros de Nova Iorque (EUA) agora poderão receber credenciais da imprensa, o que lhes permitirá entrar em áreas de acesso restrito. Até entao, era comum para profissionais que trabalham na web verem seus pedidos por credenciais serem negados – possivelmente, como afirma a notícia, “devido a definições antiquadas do que significa trabalhar na mídia”.

Para receber o passe-livre, o candidato deve ter feito a cobertura de pelo menos 6 notícias nos últimos 2 anos.

(Media Bistro do New York Times)

Mais um PM é assassinado

soldado da Polícia Militar, Gildo Silva de Sousa, de 39 anos, foi morto com dois tiros na cabeça, em Maranguape, Região Metropolitana de Fortaleza, na noite desta quarta-feira (3). O crime aconteceu na Rua 13 de Maio, no Brairro Guabiraba.

Segundo um policial que acompanhou a ocorrência, dois homens disfarçados de mendigo dispararam dois tiros contra ele. Gildo ainda foi socorrido ao Hospital do Município, mas morreu momentos logo depois. Os bandidos fugiram cada um em uma moto. Este é quarto caso de PMs assassinados no Estado neste ano.

(Jangadeiro Online)

Artur Bruno assume luta em defesa do Movimento LGBTT do Ceará

arturbrunio

O deputado estadual Artur Bruno (PT)  está reunido, nesta noite de quarta-feira, no Palácio Iracema, com o chefe de gabinete do Governo, Ivo Gomes, e com representantes do movimento LGBTT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e Transgêneros) para que esse segmento seja incluído nas coordenadorias que estão sendo criadas pelo Governo.

A mensagem que cria coordenadorias nas áreas sociais, como juventude, mulher e deficientes, foi lida na sessão de ontem, na Assembleia Legislativa, e deverá ser votada nesta quinta-feira. Mas o segmento LGBTT ficou de fora.

A reunião tem como objetivo negociar como será corrigida essa falha: se através de uma emenda à mensagem do Governo ou se por meio de outro projeto a ser encaminhado pelo governador Cid Gomes (PSB).

Copa 2014 – BNB vai liberar crédito para rede hoteleira

barretoo

“O ministro do Turismo, Luiz Barretto, participou nesta quarta-feira, na sede do Banco do Nordeste do Brasil, em Fortaleza, do lançamento de uma linha de financiamento específica para a rede hoteleira, com foco na Copa do Mundo de 2014. O Proatur Copa utiliza recursos dos Fundos Constitucionais de Financiamento (FCOs) do Norte, Nordeste e Centro-Oeste e é uma das ações do governo federal para incentivar a construção, ampliação e reforma dos hotéis brasileiros. O lançamento contou com a presença de representantes do governo do estado e da iniciativa privada.

Segundo Luiz Barretto, a linha vai permitir que as cidades do Nordeste que serão sede na Copa do Mundo se preparem para receber a grande demanda turística na época do evento.
“A intenção do governo federal é estimular a rede hoteleira, e as condições são vantajosas. A ideia é que Fortaleza e as demais cidades aproveitem esse incentivo para que o Nordeste esteja pronto em 2014 e se consolide ainda mais como uma das grandes portas de entrada do turismo brasileiro.”

Com a nova linha de financiamento, os prazos para pagamento dos empréstimos subiram de 15 para 20 anos. As taxas de juros variam de 6,75% a 10% ao ano, dependendo do porte da empresa. O valor total dos recursos disponibilizados a partir dos FCOs é de cerca de R$ 1 bilhão. No Nordeste, o onde o responsável por operar o crédito é o BNB, o montante para empréstimo é de cerca de R$ 312 milhões.

O ministro lembrou que o governo federal já lançou uma linha de financiamento semelhante, com recursos de R$ 1 bilhão do BNDES, também com o objetivo de preparar a hotelaria nacional para a Copa 2014.

“Apostamos na nossa iniciativa privada, e é claro que se lá na frente mais recursos forem necessários, o BNB e demais operadores estarão atentos para atender a demanda. É interesse de todos nós que o setor hoteleiro esteja pronto para receber bem os turistas na época da Copa 2014, tanto de outros estados como de outros países”, afirmou Barretto.” 

(Com Agências)

Arruda oficializa junto ao STF compromisso de não reassumir o Governo

“O governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido), formalizou nesta quarta-feira o compromisso de manter-se afastado do cargo até o fim das investigações do esquema de corrupção desarticulado pela Polícia Federal com a Operação Caixa de Pandora. Arruda está preso desde 11 de fevereiro por tentar subornar uma testemunha.
Os advogados de Arruda protocolaram no Supremo Tribunal Federal (STF) um documento reforçando os argumentos contrários à prisão e o compromisso do governador de não reassumir o governo caso o pedido de habeas corpus seja concedido no julgamento marcado para na quinta-feira no plenário da Corte. Um documento semelhante será encaminhado à Câmara Legislativa do Distrito Federal, que analisa os pedidos de impeachment contra Arruda.

Segundo o advogado Nélio Machado, a renúncia foi hipótese descartada. “A renúncia significa abandonar, sucumbir, não lutar”, disse. Ele acrescentou que o governador estava, na noite de terça-feira, bastante “ansioso” com o julgamento de seu pedido de habeas corpus. O advogado, contudo, disse que está otimista. “Faço uma avaliação alvissareira de que temos chances bastante razoáveis”, afirmou.

Antes da formalização do compromisso de Arruda, o ministro Marco Aurélio Mello criticou qualquer negociação que envolva o afastamento de Arruda em troca do relaxamento de sua prisão. Segundo ele, caberá ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidir se revoga a prisão.

“A questão da volta ou da ausência do retorno à cadeira do governo se resolve no campo político. Não há negociação. O STJ deverá decidir se, com a liberdade dele, terá ou não prejuízo às instruções criminais”, disse. O ministro afirmou que levará ao plenário do STF o voto pea manutenção da prisão. Em caráter provisório, Marco Aurélio Mello negou o pedido feito pelos advogados de Arruda. “Não percebi desacerto a ponto de ensejar o deferimento da liminar”, disse o ministro, sem, contudo, confirmar o voto que será levado amanhã ao plenário da Corte.”

(Portal Terra)

Maria Gadú é atração em Fortaleza

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Ph-pLZEVWGs[/youtube] 

A cantora Maria Gadú é a principal atração deste fim de semana, em Fortaleza. A 4D Produções traz a cantora que ficou conhecida pelo hit “Shimbalaiê”. Serão duas apresentações, sábado e domingo, no auditório principal do Centro de Convenções.

Gadú foi reconhecida como “Cantora Revelação de 2009” e é ganhadora do Prêmio de Cultura 2010 do Rio de Janeiro.

SERVIÇO

Horário – 21 horas (sábado) e 20 horas (domingo)

Valor dos Ingressos: R$35 Poltonas N a AB/ R$50 Poltronas A a M

Informações: (85) 7811.3528

Local de vendas: Lojas Skyler.

Censura – 14 anos.

UFC empossa novos professores

Em solenidade a partir das 17 horas desta quarta-feira, no auditório da Reitoria da UFC, serão empossados novos professores efetivos aprovados em concursos públicos realizados no segundo semestre do ano passado.

Segundo o Superintendente de Recursos Humanos da UFC, Fernando Henrique Carvalho, 84 concursados já haviam entregue à SRH a documentação exigida. No total, devem tomar posse 90 docentes, que atuarão nos campi da capital e do interior.

A contratação dos docentes é fruto de vagas abertas pelo Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), do Governo Federal, e das medidas de expansão para o interior implementadas pela própria Administração Superior da UFC. Na semana passada, a UFC havia empossado 23 novos professores. Ano passado, a Universidade ganhou cerca de 400 novos docentes efetivos.

(Sige da UFC)

DETALHE – Entre os docentes empossados, está o economista Alberto Teixeira, nome dos mais respeitados e queridos desrta cidade. Parabéns.

Um Hilux da Polícia a menos nas ruas

Mais um Hilux do Programa Ronda do Quarteirão acabou na oficina nesta quarta-feira. O veículo abalroou, nessa noite de terça-feira, durante perseguição policial com um outro carro na avenida Senador Fernands Távora, no bairro Henriqeu Jorge. Ninguém saiu ferido.

O setor de estatísticas da Polícia ainda não divulgou quantos carros Hilux já estão na oficina neste 2010.

Parlamentar cearense destaca a Campanha da Fraternidade

ewudes

Um parlamentar cearense ocupou a tribuna da Câmara dos Deputados para adestacar a Campanha da Fraternidade deste ano, cujo tema é  “Fraternidade e Economia” e o lema “Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro “. Não, não foi o peemedebista Mauro Benevides que, no passado, integrou o grupo dos “Moços Católicso”.

Quem ocupou o espaço foi o petista Eudes Xavier que, em sua fala, destacou os projetos que fortalecem esta campanha e que “dão oportunidade a milhões de brasileiros e brasileiras que constroem as suas vidas baseados na geração de trabalho e renda”.

Eudes Xavier citoudestacou  como exemplos as cidades de  Guarulhos (SP) e Fortaleza que, segundo disse, dão oportunidades aos empreendimentos de economia solidária. Também ressaltou projetos na área da  agricultura familiar, fundos solidários rotativos, os clubes de trocas solidárias, as redes de comercialização e de cadeias produtivas, as lojas de comércio justo e as agências de turismo solidário.

O petista finalizou falando da importância das ONGs que assessoram grupos produtivos, como também as universidades no Brasil, por via de incubadoras tecnológicas de cooperativas populares, à exemplo da Universidade Federal do Ceará,  que tem um trabalho importante na implantação de cooperativas populares.

MPT-CE alerta: Prefeituras terão que individualizar depósitos do FGTS dos servidores

“O Ministério Público do Trabalho (MPT) notificou 27 municípios da Região Metropolitana (inclusive Fortaleza), do maciço de Baturité e do Litoral Oeste para que compareçam, nesta quinta-feira, às 14 horas, à audiência, em sua sede. Segundo o procurador do Trabalho Antonio de Oliveira Lima, o objetivo é obter dos respectivos prefeitos a assinatura de Termo de Ajuste de Conduta (TAC) para que seja feita correta individualização nas contas vinculadas dos respectivos servidores ou ex-servidores titulares de valores a título do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), relativo a diferentes períodos.

Uma TAC semelhante foi assinado, em agosto de 2009, por dezenas de municípios do vale jaguaribano e do sertão central, perante a procuradora do Trabalho Geórgia Maria da Silveira Aragão, titular do MPT em Limoeiro do Norte. O documento estabelece que a individualização será feita por data e competência de recolhimento, através de arquivos magnéticos gerados por aplicativos disponibilizados pela Caixa Econômica Federal e transmitidos via Internet, através de canal de conectividade social, conforme as normas daquele banco. Os aplicativos serão fornecidos aos Municípios no ato da assinatura do TAC.

A Caixa se comprometeu com o MPT a prestar suporte técnico aos municípios na utilização dos programas (softwares). Após receber as informações e conferi-las, a Caixa informará mensalmente ao MPT os valores individualizados. Os prazos referentes aos depósitos de FGTS que deverão ser individualizados se diferenciam conforme o Município.

MUNICÍPIOS CONVOCADOS

Apuiarés

Aquiraz

Aratuba

Baturité 

Cascavel    

Caucaia     

Fortaleza

Guaramiranga   

Itapajé       

Itapipoca  

Itatira

Maracanaú    

Mulungu 

Pacajus

Pacatuba   

Palmácia        

Paracuru      

Paramoti  

Pentecoste 

Redenção

Tejuçuoca

Trairi

Umirim    

Uruburetama

São Luís do Curu   

General Sampaio     

São Gonçalo do Amarante

Senado abona oito de cada 10 faltas dos senadores

“O Senado abonou oito de cada dez faltas registradas pelos senadores no ano passado. Levantamento exclusivo do Congresso em Foco revela que a Casa ignorou 1.439 (82,7%) das 1.740 faltas acumuladas pelos 87 senadores que exerceram o mandato em 2009. Essas ausências foram computadas como licença por missão oficial, médica ou de interesse particular. Na prática, o abono livrou a maioria dos parlamentares faltosos de desconto no salário.
 
Outras 301 ausências não receberam qualquer justificativa até o momento. Os dados se referem somente às sessões deliberativas, ou seja, aquelas destinadas a votações. Os senadores atribuíram 1.117 faltas – 77,62% das justificativas – à participação em atividades políticas fora do Congresso, as chamadas missões oficiais, que vão desde inauguração de obras até trabalhos em comissões parlamentares de inquérito.
 
Foram registradas, ainda, 195 ausências (13,55%) por motivos de saúde e 127 (8,82%) licenças para tratar de interesse particular. Dessas, 31 foram dadas ao senador Lobão Filho (PMDB-MA), que faltou a uma de cada quatro sessões deliberativas realizadas no ano para cuidar de assuntos particulares. Vale lembrar que tais licenças não exigem do parlamentar a especificação sobre quais seriam os interesses correspondentes.
 
O Congresso em Foco tentou, sem sucesso, contato com Lobão por meio de mensagem eletrônica e telefonemas. Depois das tentativas, a assessoria de imprensa do senador informou à reportagem que ele havia dito “não ter muito a falar” a respeito do assunto.
 
De acordo com o regimento interno do Senado, que reproduz o artigo 56 (inciso 2) da Constituição, as licenças para cuidar de interesse particular e as faltas não justificadas são as únicas que podem implicar prejuízo financeiro aos senadores. As ausências injustificadas acarretam desconto nos vencimentos e as licenças de interesse particular não são remuneradas.

A secretária-geral do Senado, Cláudia Lyra, lembra que a Constituição assegura aos senadores até 120 dias de licença de interesse particular por “sessão legislativa” (ano legislativo). A partir disso, o parlamentar fica suscetível à perda de mandato.

Lobão não está sozinho neste quesito. Embora com menos da metade das licenças particulares solicitadas pelo peemedebista, os senadores Tasso Jereissati (PSDB-CE) e Renan Calheiros (PMDB-AL), ambos com dez destas licenças, encabeçam a lista dos que recorreram ao expediente.” 

(Congresso em Foco)

Canindé promoverá a I Feira da Agricultura Familiar

A Prefeitura de Canindé está realizando encontros com os diversos segmentos envolvidos no setor da agricultura do município. O objetivo é a realização, em julho próximo, da I Feira da Agricultura Familiar.

Nesta semana, o secretário municipal da Agricultura, Marcos Silva acompanhado do assessor de comunicação, o jornalista Chico Carlôto, tratou desse evento em Fortaleza com o coordenador de eventos do Sebrae, Paulo Jorge Mendes.

O Sebrae garantiu apoio à feira de Canindé que, pelo visto, quer mostrar não ser apenas a terra de São Francisco das Chagas.

Bolsa Familia – Lula elogia projeto de Tasso, mas cobra fonte dos recursos

lulapres

“O presidente Luiz Inácio Lula da Silva elogiou o projeto do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), aprovado nesta terça-feira, (3) na Comissão de Educação do Senado que prevê aumento do benefício do programa Bolsa Família para alunos com bom desempenho escolar. Contudo, ele disse que é preciso apontar a fonte de recursos que financiará a proposta. O projeto, de autoria de Jereissati, foi relatado pela senadora Marisa Serrano (PSDB-MS) na comissão.

A proposta prevê a criação de um benefício variável com base no desempenho escolar de estudantes de seis a 17 anos. Não será possível reduzir o valor fixo recebido pelas famílias se o desempenho for ruim. Caberá ao Executivo regulamentar como será este benefício. Como tem caráter terminativo, o projeto segue para a Câmara dos Deputados, salvo se houver recurso para votação em plenário no Senado. “Ora, se todo mal que meu governo puder causar é os meus adversários tentarem aprovar mais política social, ótimo. Porque se eles tivessem feito isso há mais tempo a gente podia estar melhor. Mas a ideia pode ser boa, de criar mecanismo de incentivo a mais para que as crianças estudem. Eu só espero, eu não vi a decisão deles ainda, espero que tenham colocado também de onde vai sair o dinheiro”, disse o presidente.

Ele reclamou ainda que a oposição poderia ter ajudado a saúde do país se tivesse aprovado a continuidade da cobrança da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira). “Eles poderiam ter contribuído para melhorar a saúde se não tivessem derrubado a CPMF. Mas, a mesquinharia tomou conta da política e eles acharam que iam prejudicar o governo derrubando a CPMF”, reclamou Lula lembrando a votação no Senado em 2007. Naquela ocasião, o governo não conseguiu assegurar dentro da sua base congressual votos suficientes para manter a CPMF e o governo apelou para senadores da oposição para conseguir manter o tributo, que seria destinado totalmente para financiamento de ações de saúde.

(Portal G1)

Serra evita falar de política em homenagem a Tancredo Neves

serraak

“Nas comemorações do centenário de Tancredo Neves, no Senado, nesta quarta-feira, o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), esquivou-se de tratar de qualquer assunto referente à sucessão presidencial de 2010. Perguntado por jornalistas sobre as eleições de outubro na chegada ao Senado, Serra disse apenas que continua trabalhando pelo seu Estado. 

“Estou aqui para tratar de Tancredo Neves e não de política nacional”, resumiu o governador de São Paulo que chegou atrasado à cerimônia de inauguração, no Salão Nobre, do busto do primeiro presidente civil após 20 anos de ditadura militar.

Serra é o nome do PSDB para a Presidência da República que trabalha, também, com a possibilidade de formar uma chapa pura que teria como vice o governador mineiro e neto de Tancredo, Aécio Neves.”

(Agência Estado)