Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Icapuí terá "Bloco do Boi"

Adolfo Maia (Icapuí) – Na comunidade da Praia de Redonda, em Icaúí (Litoral Leste), o destaque á para o desfile do tradicional “Bloco do Boi”, que atrai muita gente e é uma tradição de mais de 40 anos, sob embalo de músicas entoadas pela Banda Municipal, que resolveu acompanhar essa folia há cerca de 10 anos.

O desfile do Bloco do Boi” faz um carnaval indenpendente das festividades promovidas pela Prefeitura. Saiu no domingo e repetirá a dose nesta terça-feira, a partir das 16 horas.

Evidência contra Arruda é "contundente", diz ministro do STF

ministro

“O ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello, 63, ratificou uma decisão histórica na sexta-feira, ao negar habeas corpus ao governador afastado do DF, José Roberto Arruda (s/partido), preso preventivamente desde quinta-feira por determinação do Superior Tribunal de Justiça. É o primeiro caso no país de um governador detido por corrupção durante o mandato.

O mérito da ação, cujo relator é Marco Aurélio, deverá ser julgado pela 1ª Turma (cinco magistrados, incluindo o próprio ministro) ou pelo plenário do Supremo nos próximos dias. Se o habeas corpus for negado, caberá ao STJ a manutenção ou não da prisão de Arruda, investigado pelo mensalão do DEM.

Em entrevista à Folha, Marco Aurélio antecipou seu voto: vai se manifestar novamente contra a concessão imediata do habeas corpus. Por ele, Arruda passará mais tempo na cadeia. Não há prazo para a prisão preventiva. A medida só é suspensa quando a Justiça entende não haver mais riscos de o alvo do inquérito atrapalhar as investigações.

Para Marco Aurélio Mello, os elementos contra Arruda são “contundentes”, não há como surgir fatos novos e é uma “extravagância” dos advogados do governador falar em cerceamento do direito de defesa. O ministro falou de sua casa, no sábado à noite, por telefone.

FOLHA – Por que o sr. negou o habeas corpus ao governador Arruda?

MARCO AURÉLIO MELLO – A base da decisão do STJ foi única. Ele [Arruda] tentou e os demais envolvidos que tiveram a prisão preventiva decretada também tentaram interferir na instrução criminal. Teria, portanto, praticado o crime de corrupção de testemunha e o crime de falsidade ideológica, que são crimes contra a administração da Justiça. Isso é base para a [prisão] preventiva, teor da legislação processual.

FOLHA – Foi uma decisão muito clara para o sr.?

MARCO AURÉLIO – Muito, muito clara. Se pegarmos meus precedentes na turma [do STF], o que não admito é que se parta para o campo da presunção do excepcional, que a pessoa tendo prestígio influenciará a instrução do processo ou obstaculizará a investigação. Tenho votado não admitindo isso. Agora, toda vez que há ato concreto do envolvido que repercute na instrução criminal, eu tenho me pronunciado no sentido da validade da prisão. Foi o que ocorreu nesse caso. A fita do flagrante é bem explícita e também os depoimentos colhidos quanto a essa tentativa.

FOLHA – Foi o caso mais grave dessa natureza com o qual o sr. já teve de lidar?

MARCO AURÉLIO – Olha, há muitos anos eu lido com processos no Supremo, são 20 anos agora em junho [no STF], 31 anos no Judiciário. Evidentemente, nada me surpreende mais. Agora, nesse caso o que verificamos foi o envolvimento direto, o que é lamentável, de um governador praticando um ato que estaria totalmente à margem da ordem jurídica. Sabemos que o exemplo vem de cima. Evidentemente essa não é uma postura que se aguarde de quem está na chefia do Executivo estadual.

FOLHA – Esse caso terá um efeito pedagógico para governantes?

MARCO AURÉLIO – A impunidade leva à irresponsabilidade, ao menosprezo pelo que está estabelecido, às regras tão caras à vida em sociedade. Toda vez que alguém é surpreendido num desvio de conduta, esse fato serve de exemplo e serve de alerta aos demais cidadãos, para que busquem a postura que se aguarda do homem médio, para que mantenham os freios inibitórios rígidos. Nós estamos, como disse na decisão, numa quadra alvissareira. De um lado, temos o abandono de princípios, a perda de parâmetros, a inversão de valores, o dito passa pelo não dito, o certo pelo errado e vice-versa. De outro, as mazelas não são mais passíveis de serem escamoteadas. Elas afloram e aí as instituições pátrias funcionam, a polícia, o Ministério Público e o Judiciário. Isso sinaliza dias melhores para o Brasil em termos de apego às regras.

FOLHA – A decisão final do habeas corpus será dada pela 1ª Turma ou pelo plenário do STF?

MARCO AURÉLIO – O relator, é claro, pode afetar qualquer processo de competência da turma ao plenário, que é o órgão maior. De início, quando falamos em Supremo, imaginamos um órgão único atuando. Mas o Supremo está dividido em turmas. Portanto, com a racionalização dos trabalhos, há maior produção em termos de julgamento. De início, eu levo à turma. Agora, qualquer um dos integrantes pode propor o deslocamento. Quando um colega propõe o deslocamento para o plenário, adiro imediatamente.

(Folha Online)

Infraero registra 30% de voos cancelados no País

“A Infraero registrou cancelamento em 30,2% dos voos que estavam programados até as 11h desta segunda-feira. Das 819 decolagens previstas, 17 (2,1%) partiram com atraso superior a 30 minutos e 247 (30,2%) foram canceladas.

No aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, dos 78 voos programados, 41 (52,6%) foram cancelados. Nenhum atraso foi registrado.

Já em Cumbica, em Guarulhos (SP), dos 68 voos agendados, dois (2,9%) atrasaram e 10 (14,7%) não decolaram.

No Rio de Janeiro, dos 43 voos previstos no aeroporto do Galeão, um (2,3%) saiu com atraso e nenhum foi cancelado.

No Santos Dumont, também no Rio, dos 51 que estavam previstos, 33 (64,7%) foram cancelados e nenhum partiu com atraso.

Infraero (estatal que administra os aeroportos do país) registrou cancelamento em 30,2% dos voos que estavam programados até as 11h desta segunda-feira. Das 819 decolagens previstas, 17 (2,1%) partiram com atraso superior a 30 minutos e 247 (30,2%) foram canceladas.

No aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, dos 78 voos programados, 41 (52,6%) foram cancelados. Nenhum atraso foi registrado.

Já em Cumbica, em Guarulhos (SP), dos 68 voos agendados, dois (2,9%) atrasaram e 10 (14,7%) não decolaram.

No Rio de Janeiro, dos 43 voos previstos no aeroporto do Galeão, um (2,3%) saiu com atraso e nenhum foi cancelado.

No Santos Dumont, também no Rio, dos 51 que estavam previstos, 33 (64,7%) foram cancelados e nenhum partiu com atraso.”

FORTALEZA – No Aeroporto Internacional pinto Martins, segundo a Infraero, os voos não registram atrasos. Está tudo dentro da normalidade. 

Em Coreaú, hora do bloco "As Quengas do Beco"

(Coreaú e Moraújo – João Teles de Aguiar)- O período carnavesco de Coreaú perdeu muito com a pujança adquirida pelo carnaval do vizinho município de Moraújo, ironicamente realizado às margens do rio Coreaú.

Sem apoio oficial, o folião de Coreaú é obrigado a partir para a criatividade e o bom humor. É o que faz o bloco As Quengas do Beco, que sairá às ruas da cidade nesta segunda-feira de carnaval. O grupo é formado por homens vestidos de mulher. Descontraído, põe um sorriso no rosto das pessoas por onde passa.

Outro evento importante do carnaval coreauense são as fanfarras, levadas a efeito por um grupo de jovens integrantes da banda municipal Lira Palmense. O grupo chamado Fanfarra Lira, sai às ruas, levando muita animação. De resto, são os banhos nos açudes Boqueirão, Novo, Velho e Angicos e nos rios Juazeiro e Coreaú, que fazem a diversão dos brincantes. O Coreaú Social Club também tem suas atrações.

O município de Moraújo, um grande parceiro nessas horas, abre espaço no açude Várzea da Volta, para quem pretender tomar um bom banho, tomar uma cervejinha e “matar” a ressaca.

Sargento é suspeito de espancar universitários por causa de panfletagem política

A Polícia de Iguatu investiga um crime de lesão corporal grave contra universitários, que teria sido cometido por um sargento PM, além de dois outros homens já identificados. Segundo a denúncia, os rapazes, com idades entre 18 a 27 anos, foram surpreendidos quando participavam de uma panfletagem política. Eles foram encontrados no distrito de Barro Alto, distante 10 quilômetros da sede, por um cabo e um soldado da PM. De acordo com a ocorrência registrada na delegacia do município, os universitários estavam despidos e com hematomas nas costas, mãos e joelhos. A Polícia informou que o sargento não estaria em serviço quando da suposta agressão aos universitários. Os depoimentos das vítimas e dos acusados devem ocorrer na próxima quinta-feira.

Aracoiaba tem Carnaval tranquilo

Rufino Silva (Aracoiaba) – Em Aracoaiaba, apesar da economia feita pela Prefeitura na contratação de bandas,  o Carnaval tem sido acima das expectativas. O Polo de Lazer vem registrando boa frequencia de foliões da própria cidade e de outros municípios vizinhos.

Em relação a segurnça públic, tudo tranquilo. Nos hospitais da região, o clima é de poucos problemas.

Orós – Carnaval com banho de açude

orsso

Orós (Fabrício Moreira) – O Carnaval de Orós tem sua animação durante todo o dia às margens do açude homônimo. Bandas se revezam com axé e outros ritmos, fazendo principalmente a alegria da juventude.

Muita gente de outras cidades próximvem aprvoveitar a folia tranbquila e o prazer de comer um peixe assado na hora. O clima é de Carnaval da Paz.

No Carnaval, Dilma dança com gari no Rio

didl

Logo após o Carnaval, a ministra Dilma Rouissef vai engatar apoio à redução da jornada de trabalkho de 44 para 40 horas semanais, segundo informãções divulgadas quando de sua passagem pelo Carnavl do Recife. Dilma vai querer se aproximar dos sindicatos, mas, sem dúvida, poderá se afastar do empresariado.

E Dilma, que esteve no Carnaval do Recife e de Salvador, distribuiu simpatias na folia carioca do sambódromo nesta noite de domingo. Ela até dançou com um gari, como registrou o blog do carnaval do .

IJF registra até agora quase 600 atendimentos. Acidentes de moto lideram

A direção do Instituto Doutor José GFrota, por meio de seu setor de emergência, divulgou, nesta manhã, o primeiro boletim parcial relativo aos atendimentos neste Carnaval. As ocorrências, da útima sexta-feira à noite até o início desta segunda-feira, de acordo com o chefe do plantão, Fernando Delgado, foram 597.

Eis os registros até agora:

Agressões físicas – 39 (espancamento)

Lesão por arma branca – 15

Lesão por arma de fogo – 25

Colisões – 16

Atropelamentos – 26

Acidentes com motos – 66

DETALHE – A emergência está lotada.

Tudo pronto para o "Gala Gay"

gai

Segura lampião!!

Nesta segunda-feira de Carnaval, uma festa que promete: o “Gala Gay”. A partir das 22 horas, na boate Oásis, onde gente alegre, com muitas plumas e paetês, cairá numa folia que promete ser um arraso.

Na ocasião, haverá a coroação da Rainha Gay do Carnaval.

Blog Serviço

* Envie notícias do Carnaval de Fortaleza, do seu bloco ou festa, com fotos ou não, para eliomarmar@uol.com.br ou fone 99848263.

Bloco "Doido é tu" desfila no Carnaval de Fortaleza

“O Carnaval de rua de Fortaleza em 2010 será, pelo quarto ano consecutivo, também o momento para expressar de uma forma divertida o protesto contra a estrutura manicomial na atenção à saúde mental. O bloco “Doido é Tu”, que reúne usuários e profissionais dos Centros de Atenção Psicossocial (Caps) de Fortaleza, vai desfilar novamente este ano,  nesta segunda-feira, na Avenida Domingos Olímpio. A concentração será às 16 horas, no cruzamento com a Rua Barão de Aratanha.

O tema do bloco para 2010 é “doido é seu preconceito”. A agremiação é uma das ações do projeto Arte Saúde, desenvolvido nos Caps desde 2006 para promover a inserção social de usuários dos serviços de saúde mental em ações de criação e expressão artístico-cultural.

Para botar o bloco na rua, foram realizadas oficinas de percussão, fabricação de instrumentos e produção de adereços, envolvendo usuários com potencial artístico já comprovado e reconhecido em premiações. A música do bloco foi composta por artistas do projeto Arte Saúde e profissionais e usuários dos Caps e tem sido executada por alunos das oficinas de percussão com a participação da Charanga do Almeidão. O repertório inclui também as marchinhas tradicionais dos antigos carnavais.

A iniciativa tem entre os objetivos a valorização das pessoas independente de condição econômica, cultural ou psíquica, a mensagem pelo fim do preconceito da sociedade aos estigmatizados como “doidos” e a contribuição para o carnaval de rua de Fortaleza com uma proposta irreverente e divertida.”

(Site da Prefeitura de Fortaleza)

Arruda está tanquilo e recuperando forças, diz advogado

“O governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM), recebeu a visita de Thiago Bouza, um dos seus advogados de defesa, neste domingo, na sede da Polícia Federal (PF) em Brasília, onde está preso desde quinta-feira. Bouza disse que ele está sereno e consciente da sua situação: “ele sabe que pode passar muito tempo preso, mas está tranquilo e recuperando as forças”, disse. Segundo o advogado, Arruda está evitando notícias e visitas de amigos.

Bouza se reuniu com Arruda para levar notícias de Rodrigo Arantes, sobrinho e ex-secretário particular do governador afastado, e que também está preso.

O advogado, que trabalha com Nélio Machado (outro advogado de defesa de Arruda) disse, ainda, que somente a partir da quarta-feira de Cinzas é que será decidido se haverá pedido de habeas-corpus para o ex-secretário de Comunicação do DF, Welington Moraes, Rodrigo Arantes, o ex-diretor da Companhia Energética de Brasília, Haroaldo Carvalho e o ex-deputado distrital Geraldo Naves, presos na última sexta-feira por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Mais cedo, Bouza tentou visitar Arruda, mas sem sucesso. O governador afastado estava descansando quando o advogado chegou. Antes da primeira visita, Bouza esteve no presídio da Papuda para conversar com Rodrigo Arantes.

Além do advogado Thiago Bouza, Arruda também recebeu a visita de Paulo Wilson, aposentado do governo do DF, que afirmou ser amigo do governador afastado há mais de 10 anos. Wilson levou três livros para Arruda, entre eles “1876”, de Gore Vidal.

Arruda não recebeu outras visitas neste domingo de Carnaval na sede da PF, em Brasília, onde está preso desde a tarde da última quinta-feira. O presidente do Democratas no DF, Osório Adriano, tentou, sem sucesso, visitá-lo. Ele foi barrado por não estar na lista de pessoas autorizadas. Pelo mesmo motivo, uma senhora que se identificou na portaria da PF como avó de Arruda também não conseguiu entrar.

Apenas os advogados podem visitar Arruda sem a necessidade de marcar horário. Os familiares e demais visitantes devem agendar e passam pelo crivo do coordenador de segurança, Marcos Ferreira.”

(Portal Terra)

Madona assiste ao desfile do Rio ao lado de Dilma

“A cantora Madonna chegou ao sambódromo às 10h15 da noite deste domingo para assistir ao desfile das escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro. Entre seus acompanhantes estava o modelo brasileiro Jesus Luz, namorado da cantora, que chegou com uma cartola na cabeça e vestido de preto. Madonna assiste no momento o desfile da Imperatriz Leopoldinense ao lado da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. As duas estão no camarote do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral.

Dilma pegou no colo e brincou com a filha de Madonna, Mercy James, que está vestindo uma fantasia de abelhinha. O governador Sérgio Cabral também brincou com a menina. A ministra, que chegou ao sambódromo pouco antes das 10 horas, chegou a acompanhar o fim do desfile da União da Ilha na pista. A ministra vestia um colete que dava acesso ao local.”

(Agência Estado)

Sem tv, Arruda não vai assistir ao desfile da Beija Flor

“O governador afastado José Roberto Arruda (sem partido-ex DEM) não poderá assistir ao desfile da Beija Flor, a escola em que o governo dele injetou R$ 3 milhões de patrocínio para encenar, na avenida, o enredo alusivo aos 50 anos de Brasília. Por precaução, a Polícia Federal retirou o aparelho de TV da sala onde ele está recolhido, o gabinete da Diretoria Técnico-Científica (Ditec). Pela programação da Sapucaí, a Beija-Flor deverá encerrar o desfile do primeiro dia na madrugada desta segunda-feira.

Preso há três dias por ordem do Superior Tribunal de Justiça (STJ), por tentativa de corrupção de testemunha no inquérito que investiga o mensalão do DEM, Arruda está deprimido, segundo relato das poucas pessoas que tiveram contato com ele, e evitou receber visitas.”

(Agência Estado)