Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Grupo Chocalho lança revista comemorando 25 anos de atividades

badalo

Auriberto, a filha Carol e amigo Alaércio Flor.

O Grupo Chocalho está lançando edição especial da revista “Badalo” em comemoração aos seus 25 anos de atividades na área cultural. Tendo à frente os professores Auriberto Cavalcante e Aláercio Flor, procura descobrir talentos da poesia, abrindo espaços nessa publicação que circula em vários segmentos e, em especial, no âmbito das escolas públicas.

A edição especial traz, inclusive, poemas de Carol Cavalcante, filha de Auriberto que, com seus nove aninhos, entra no mundo da literatura com jeito de gente grande. “Fazer poesia é bom. Dá liberdade!”, diz ela.

(Foto – Paulo Moska)

Dom Hélder será homenageado pela Câmara dos Deputados nesta 2ª feira

“A Câmara dos Deputados vai realizar, na próxima segunda-feira (30.11) às 12h30, sessão solene em homenagem do centenário de nascimento de Dom Hélder Câmara. O autor do requerimento para realização da homenagem, deputado Maurício Rands (PT-PE), disse que  “Dom Hélder foi um marco na história católica brasileira. Serviu de referência para todos os que não aceitavam o regime militar no Brasil. Durante o seu período, na arquidiocese de Olinda e Recife, Dom Hélder ajudou a população mais humilde na luta por terras”, disse Rands. D. Helder faleceu em agosto de 1999.

O arcebispo nasceu em Fortaleza (CE) e sua atuação em favor das classes menos favorecidas tornou-o uma das mais controvertidas figuras da chamada igreja progressista. Foi inúmeras vezes citado como provável candidato ao Prêmio Nobel da Paz. Maurício Rands lembrou a oportunidade que teve de ser estagiário do arcebispo no início de sua formação acadêmica, em Pernambuco. Rands era estudante do curso de Direito e teve uma importante experiência profissional na Comissão de Justiça e Paz, coordenada pelo arcebispo.

Dom Hélder Câmara foi bispo em 1952 e arcebispo auxiliar do Rio de Janeiro pela bula Pro Hac Vice em 1955. No ano seguinte, organizou a Cruzada São Sebastião, sociedade civil de caráter filantrópico, fundada com a finalidade de urbanizar, humanizar e cristianizar as favelas do Rio de Janeiro. Criou em 1959 o Banco da Providência, instituição de fins humanitários, e a Feira da Providência, realizada todos os anos para angariar fundos para a assistência social da arquidiocese. Foi ainda o idealizador e primeiro secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, CNBB.

Designado arcebispo de Olinda e Recife, participou com brilho do Concílio Vaticano II. Assumiu a arquidiocese em 12 de abril de 1964, foi perseguido, assim como vários de seus auxiliares, pelos seguidores do movimento militar, e passou então a intensificar sua pregação no exterior, sendo convidado para freqüentes palestras nos mais diversos países. Recebeu títulos e prêmios internacionais como defensor e pregador da paz e dos ensinamentos de Cristo. Arcebispo emérito de Olinda e Recife, ao se aposentar em 1984, reafirmou sua opção de pastor pelos pobres e perseguidos.

(Agência Câmara)

Titular da SRT-Ce apela contra greve

papaitooliveira

Os servidores do Ministério do Trabalho e Emprego no Ceará continuam em greve. A categoria paralisa atividades da Superintendência Regional do Trabalho (SRT) com objetivo de pressionar o Ministério do Planejamento a liberar o novo Plano de Cargos, Carreiras e Salário (PCCS) que fora acordado com o ministro Carlos Lupi.

O titular da SRT no Estado, Papito Oliveira, fez, neste domingo, um apelo para que os servidores retornam ao trabalho nesta segunda-feira, lembrando que tudo o que o MTE poderia ter feito em termos de negociações já fez e que a greve prejudica principalmente a classe trabalhadora.

“O Ministério do Trabalho pede a compreensão. Nós estamos fazendo gestões, mas isso não depende mais da nossa pasta. Gostaríamos que o pessoal entendesse e voltasse às atividades para abrir uma retomada do diálogo”, acentuou Papito de Oliveira.

(Foto – Paulo Moska)

Patrícia Saboya quer “guerra” contra o crack

pattricia

A senadora Patrícia Saboya (PDT) conclamou, neste domingo, em Fortaleza, a todas as autoridades e população a deflagrarem uma “verdadeira guerra” contra o crakc, que vem se expandindo no País e levando à dependência até crianças de oito e nove anos de idade.

“Nós temos que abrir uma guerra contra o crack, uma droga barata, que custa de R$ 4,00 a R4 5,00 e que vem prejudicando a população principalmente pobre”, apelou a parlamentar, durante entrevista ao programa Domingo Legal, da rádio Verdes Mares AM, que tem na apresentação Evandro Nogueira.

Patrícia disse que já ocupou a tribuna do Senado e tratou do assunto, no que cobrou uma campanha nacional por parte dos governos federal, estadual e municipal.

A senadora também aproveitou para informar que agora é ex-fumante. Deixou o vício do cigarro e que se tratou das cordas vocais, o que a levou a ficar por quatro meses de licença médica do Senado recentemente.

Sobre sua relação com o governador Cid Gomes (PSB), que apoiou a reeleição da prefeita Luizianne Lins (PTY) quando ela, sau ex-cunhada, estava na disputa, disse que o admira como gestor, mas avisou: “Não tenho mais é a admiração pessoal”.

Advogado é morto em assalto na Taíba

O advogado Erick Mariano Facó, 22 anos, morreu na madrugada deste domindo, na Taíba, no município de São Gonçalo do Amarante, durante um assalto a uma casa de veraneio. Segundo informações do Comando do Policiamento do Interior (CPI), dois homens encapuzados invadiram a residência e renderam oito pessoas. Erick Facó, que havia saído para fazer umas compras, ao retornar percebeu a ação criminosa e tentou recuar com o veículo que dirigia. Um dos assaltantes efetuou um disparo contra o carro, que atingiu a cabeça do advogado. Os dois homens fugiram.

Padre Haroldo comemora neste domingo 45 anos de sacerdócio

padreharoldo

O padre Haroldo Coelho, nome dos mais conhecidos dos meios religiosos e políticos do Ceará, está comemorando 45 anos de sacerdócio. Por conta da data, ele ganhará missa a ser concelebrada, a partir das 10 horas deste domingo, na Igreja do Carmo, no Centro de Fortaleza.

O ato promete ser dos mais concorridos. Padre Haroldo, em termos de militância política, já foi candidato a governador pelo PT, em 1986, quando enfrentou Tasso Jereissati e Adauto Bezerra, e, atualment, é filiado ao PSOL.

TCU barra licitação do Banco do Brasil

“O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou, por meio de medida cautelar, a suspensão temporária de pregão eletrônico realizado pelo Banco do Brasil (BB) para a contratação de serviços de suporte de infraestrutura de tecnologia da informação e comunicação (TIC). O BB deverá interromper o processo até que o tribunal decida sobre indícios de graves irregularidades encontrados no pregão. 

Entre os indícios apontados está o fato de o edital prever a contratação de mão de obra com base em horas trabalhadas e não de acordo com a apresentação de resultados, conforme exigido em processos dessa natureza.

Além disso, houve a inclusão no edital de exigência irrelevante para a prestação do serviço em questão e de itens que não definem com clareza onde os trabalhos contratados serão realizados.

O Banco do Brasil tem 15 dias para se manifestar sobre as ocorrências.  O ministro Valmir Campelo é o relator do processo.”

(Com Agências)

Fortaleza está pronta para o Fórum Nacional dos Prefeitos

Fortaleza será sede da 56ª Reunião da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), que será realizada no Gran Marquise Hotel, a partir de segunda-feira. O programa, que tem como cicerone a prefeita Luizianne Lins (PT), inclui uma programação paralela a ser cumprida pelos convidados logo neste domingo, véspera do evento.

Os prefeitos visitarão o Cuca Che Guevara (Barra do Ceará) e o Paço Municipal, em fase final de restauração. A ida ao Cuca já ocorrerá neste domingo pela manhã. A visita ao Paço está agendada para a segunda-feira, às 19 horas.

Luizianne quer mostrar obras que, segundo sua assessoria, podem até ter demorado, mas são de qualidade e em condições de oferecer serviços e atendimento de primeira linha. O Forum deve contar tambám com o vice-presidente José Alencar e o presidente da Petrobras, Sérgio Gabnrielli, de acordo com a assessoria do encontro.

Aécio e Serra – estrelas tucanas na TV

senee

“O que se verá no programa de TV do PSDB, que vai ao ar na quinta-feira, é uma bem-acabada divisão de espaço ao modo tucano. José Serra e Aécio Neves dividirão o tempo de jogo como bons companheiros (fora isso, haverá também uma pequena aparição de Sérgio Guerra, presidente do partido).

Cada um listará suas realizações – Aécio enfatizando mais sua biografia, com o objetivo de tornar-se mais conhecido, e Serra relembrando seus pontos altos no Ministério da Saúde, na prefeitura paulistana e no governo de São Paulo. E, como uma espécie de cereja do bolo, Aécio falará um pouco de Serra, e vice-versa, para demonstrar união.”

(Coluna Radar – Veja)

Ciro Gomes admite apoio de Cid a dois palanques no Ceará

cirogomes

“Na disputa presidencial de 2010, caso Ciro Gomes (PSB) e Dilma Rousseff (PT) venham a ser candidatos, ambos encontrarão apoio no palanque do governador Cid Gomes (PSB). Pelo menos é o que afirmou ontem o próprio Ciro, em Fortaleza. “Tudo que você imaginar vai acontecer. Tudo. Aqui, por exemplo, o governador Cid Gomes abrirá o palanque dele, se eu for candidato, para mim e para a Dilma. Vai ser assim no Brasil inteiro“, disse o deputado.

Com o processo de definição de candidaturas em todo o País ainda repleto de pendências e com a possibilidade da divisão da base aliada nos estados, o próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) já havia admitido a possibilidade de a pré-candidata petista ter de subir em palanques de mais de um candidato em alguns estados.

Ontem, Ciro reafirmou a vontade de candidatar-se à Presidência e avaliou que “a campanha está em marcha dentro do ritmo que ela pede ou até mais acelerado do que eu jamais vi“. Ele evitou o tom agressivo contra o pré-candidato tucano e seu principal desafeto político, José Serra – que também estava em Fortaleza ontem -, mas não poupou indiretas ao governador paulista. “Alguns são francos, sinceros, de afirmar que estão sim no esforço de viabilizar sua candidatura, que é o meu caso. Outros preferem insultar a inteligencia alheia dizendo que não são candidatos, que estão só, quem sabe, passeando“, ironizou.

O deputado comentou sua declaração sobre Serra, dada na última quarta-feira, em que teria chamado o tucano de “coiso“ e “ectoplasma“. “Eu fiz uma brincadeira. Porque não é o Serra. O coiso é uma entidade que eu criei que está por detrás de um monte de coisa estranha que acontece“, disse.

Como exemplo, Ciro falou do recente caso em que deputados apresentaram notas frias para receberem verba indenizatória, o que, segundo ele, foi vinculado por jornais de São Paulo ao governador mineiro, Aécio Neves (PSDB). Aécio, político próximo de Ciro, disputa com Serra a vaga de candidato tucano à Presidência. O mineiro foi presidente da Câmara entre 2001 e 2002, quando foi criada a verba indenizatória.

“Como é que isso funciona? É o coiso. Não é o Serra. O Serra não é o coiso. É o coiso“, afirmou. “Aí perguntam pra mim: o que é o coiso? O coiso é um ectoplasma. O Serra é uma figura de carne e osso, respeitabilíssima, é o governador, portanto ele não é o coiso. Agora, o coiso está atuando e eu vou denunciar. Toda vida que aparecer a obra do coiso, eu vou dizer: isso é coisa do coiso“, brincou.

Sobre a última pesquisa – CNT/Sensus, Ciro assumiu uma posição “reticente“, em relação ao tempo que falta até a eleição. Apesar disso, não perdeu a oportunidade de alfinetar Serra: “O que acho possível visualizar é que há uma tendência franca de queda das preferências do atual governador de São Paulo, porque aqueles números anteriores, um ano e meio, dois anos e meio atrás, eram falsos, como eu sempre disse“.

(O POVO)

Um artigo sobre Jornalões e Serra

Clique no nome do colunista para ver outros artigos

 

 

 

 

Eis artigo da professora Márcia Denser. Ela aborda tema importante e que merece reflexões: os jornalões e Serra. Confira:

A recente pesquisa CNT/Sensus, que aponta Serra com 31,8% das intenções de voto, contra 46,5% em dezembro de 2008, caindo 14,7%; Dilma subindo para 21,7% contra 10,4%, quer dizer, dobrando no período, sem contar que 76% dos brasileiros acham o governo Lula melhor que o do PSDB, 49,3% não votariam em candidato apoiado por FHC e 51,7% apoiariam um nome indicado pelo presidente Lula para sucedê-lo em 2010, aliada à vertiginosa queda (para prosseguir com o mote) na venda diária dos chamados jornalões, começam a evidenciar o desabamento, não menos vertiginoso, das vigas de sustentação da candidatura Serra, uma vez que o discurso dominante pode não ser mais “o discurso das classes dominantes”.

E tudo isso enquanto o “Brasil decola” na capa de The Economist.

Segundo a agência Carta Maior, parece que os 21 mil exemplares diários vendidos em bancas pela Folha de S. Paulo são menos que insuficientes para influenciar a opinião pública, se compararmos com os dados de 1996, quando a venda avulsa da Folha de domingo chegava a 489 mil exemplares. Pelos dados do Instituto Verificador de Circulação (IVC), é possível constatar a abissal queda de circulação na chamada grande imprensa brasileira. Somados, os três mais influentes jornais brasileiros – O Globo, Estadão e Folha – têm uma venda avulsa de cerca de 96 mil exemplares diários, o que corresponde a míseros 4,45% dos 2.153.891 jornais vendidos diariamente em banca nos primeiros nove meses de 2009.

Dependendo cada vez mais de assinaturas, os três jornais ficaram literalmente atrelados às classes A e B. Contudo, essas também são as classes onde a penetração informativa da internet é mais intensa, e é aí que boa parte começa a “mudar de idéia”. Não é à toa que um anúncio institucional da revista Veja apresenta a frase “Seja coerente”, ou seja, não vire casaca, não mude de lado, prossiga conivente, conveniente. Conivente com quem, cara pálida? Conosco, Vitor Civita & Asseclas, os latifundiários, claro, os grandes proprietários de terras, os banqueiros mauricinhos, os empresários da Fiesp, os “políticos-gestores” de quatro costados – prossiga defendendo os interesses desses sujeitos, idiota! E todos de frente para o mar.

A Folha de S. Paulo publicou editorial semana passada criticando “práticas desleais na internet” que estariam “colocando em risco as bases que permitem o exercício do jornalismo no país”. A Folha, no caso, se apresenta como porta-voz deste jornalismo independente. Em resposta, Luis Nassif, em seu blog, dispara: qual o direito de conhecer a verdade que a Folha propõe? A ficha falsa de Dilma? Os arreglos com Daniel Dantas? A série sistemática e diária de matérias falsas, manipuladas? A deslealdade reiterada contra seus próprios jornalistas que não seguiram a cartilha? Chega-se, finalmente, ao objetivo final do processo que explica o comportamento da mídia a partir de 2005, a politização descabida, as tentativas sucessivas de golpes políticos, os assassinatos de reputação de políticos, juízes, jornalistas. Esse acanalhamento do exercício do jornalismo faz com que a credibilidade da mídia atinja o ponto mais baixo da história, viabilizando alternativas no mercado de opinião, no caso, a internet.

Mas o mote da semana fica por conta do Luiz Carlos Azenha, o mesmo blogueiro que denunciou a existência de 20 (vinte) novos pedágios a serem inaugurados no interior de São Paulo, é só Serra sair do governo, desincompatibilizar-se com o cargo, deixando outro em quem botar a culpa, claro. Ele diz que José Serra é, seguramente, o candidato de Washington. Sua gestão com certeza será muito benéfica, para eles, e desastrosa, para nós. Já que os conservadores de lá não podem destituir Obama, eles vão tentar, ao menos, impor alguém amigo no país mais poderoso ao sul do Rio Grande.

Fica creditado o mote a Luiz Carlos Azenha “Será José Serra o candidato de Washington?”, blog Vi o Mundo, 25/11.

*A escritora paulistana Márcia Denser publicou, entre outros, Tango Fantasma (1977), O Animal dos Motéis (1981), Exercícios para o pecado (1984), Diana caçadora (1986), A Ponte das Estrelas (1990), Toda Prosa (2002 – Esgotado), Diana Caçadora/Tango Fantasma (2003,Ateliê Editorial, reedição), Caim (Record, 2006), Toda Prosa II – Obra Escolhida (Record, 2008). É traduzida na Holanda, Bulgária, Hungria, Estados Unidos, Alemanha, Suiça, Argentina e Espanha (catalão e galaico-português). Dois de seus contos – O Vampiro da Alameda Casabranca e Hell’s Angel – foram incluídos nos 100 Melhores Contos Brasileiros do Século, sendo que Hell’s Angel está também entre os 100 Melhores Contos Eróticos Universais. Mestre em Comunicação e Semiótica pela PUCSP, é pesquisadora de literatura, jornalista e curadora de Literatura da Biblioteca Sérgio Milliet em São Paulo.

DETALHE José Serra estev nesta sexta-fira visitando o Ceará.

(Congresso em Foco)

O POVO ganha Prêmio CDL de Reportagem

cdl

“Pela terceira vez em quatro edições, O POVO venceu o Prêmio CDL de Comunicação na categoria Jornalismo Impresso. O anúncio foi feito ontem, na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL).

Com a série de reportagens “Varejo e Educação“, a editoria de Economia do O POVO ganhou a premiação, que nesse ano tinha como tema “Educação profissional como instrumento para o desenvolvimento do comércio“. Na categoria fotojornalismo, ganhou Alex Costa, do jornal Diário do Nordeste. Já na categoria Radiojornalismo, ganhou a jornalista Márcia Maria Vieira Machado, da Rádio Universitária, e na categoria Telejornalismo, com a série “Educação para o Comércio“, ganhou Leda Maria Passos Borges, da TV Jangadeiro. ”

VAMOS NÓS – Parabéns, colegas! E vamos em frente com novas investidas.

Adísia Sá reencontra filhos do seu casamento com o Jornalismo

adisia3

A jornalista e professora Adisia Sá comemorou, nessa noite de sexta-feira, tendo por cicerone a querida Wânia Dummar, um reencontro de emoções: abraçar ex-alunos de várias turmas do curso de Comunicação Social da UFC por ela fundado. Adísia, que vive a sabedoria dos seus 80 anos,  estava uma verdadeira mãezona acolhedora, protetora e, entre uma homilia e outra, afetuosa. 

adisia1

E foi bom termos estado nessa “santa ceia” jornalística. Aqui posamos  com a professora, ao lado do jornalista e companheiro de turma Paulo Mamde, o  “Anjo rebelde”.

adisia4

Adísia circulou entre ex-alunos como quem estivesse numa sala de aula. Saudades? Claro. Mas saudade mesmo, com jeito de dever cumprido, todos sentimos.

Em sua fala, aquela mulher baixinha tornou-se grande, pois rica no conteúdo e na força da sua palavra. As palavras, com diz Adísia, têm força. Adísia avisou logo: quer chegar à idade de Moisés (120 anos). Deu até a fórmula: ganha um ano cada vez que um dos seus ex-alunos alcança mais um degrau de crescimento na vida profissional.

A “mãezona” – e como foi bom esse momento, confessou: ali estava como a mulher mais feliz do mundo porque, mesmo não tendo casado, podia curtir os muitos filhos de um pacto de amor e fidelidade firmado com o Jornalismo.

Serra avisa: PSDB não terá adversário em São Paulo no pleito 2010

se1

Prefeito Cláudio Pesao, Serra e Tasso.

O governador de São Paulo, José Serra, um dos presidenciáveis do PSDB, afirmou, em Canindé (108 km de Fortaleza), que em 2010 o seu partido não terá adversário que derrote o projeto tucano em território paulista. Ele disse que o trabalho realizado pelo partido em seu Estado garante a consolidação e continuidade do projeto iniciado pelo governador falecido Mário Covas.

Essa afirmação de Serra foi interpretrada por cerca de três mil pessoas – cálculso da Guarda Municipal, na quadra paroquial, como um recado à oposiç]ão liderada em São Paulo pelo PSB e PT que quer lançar o deputado federal Cuiro Gomes (PSB) para gvoernador. Ciro, inclsuive, transferiu seu domicilio eleitoral.

Já Tasso Jereissati foi mais duro em suas críticas ao governo federal. Chamou a gestão petista de “império da mentira”, lamentando a falta de respeito da gestão atual que divulga uma série de obras, dentro do chaado Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), consideradas por ele como “inexistentes”.

Encerrando sua fala, dentro do último semnário Ceará em Debate, promoção do Instituto Teotônio Vilela, Tasso, ao dirigir-se à militância gfez o seguinte apelo: “Temos que enfrentar o mar da mentira e da desfaçatez”.

DETALHE – Ao final do evento, Tasso e Serra ganharam imagens de São Francisco.

(Foto – Rastreadores de Impurezas)

Presidente do BC diz que moratória de Dubai não preocupa Brasil

heriqu

“O presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, afirmou hoje (27) que a moratória anunciada pelo governo de Dubai para pagamento de dívidas do fundo de investimentos Dubai World não deve preocupar o governo e os bancos brasileiros. Para Meirelles, o evento é um alerta contra o “excesso de euforia”.

“O problema do excesso de euforia é quando se acha que não tem mais problema nenhum no mundo inteiro e o primeiro problema mais importante gera o efeito contrário”, disse Meirelles.

Para ele, problemas como esse de Dubai ainda podem ocorrer em todo o mundo, mas não são tão preocupantes, nem devem gerar colapso no sistema financeiro global porque os bancos internacionais estão tomando providências para enfrentar situações como essas.

“O ambiente hoje é de cuidado, preocupação. Alguns bancos devem perder recursos nessa instituição [Dubai World], mas não é algo que possa lembrar episódios passados”, disse.

No Brasil, entretanto, afirmou Meirelles, os efeitos deverão ser pequenos porque o país não está “exposto a esse fundo ou a esse tipo de problema”. Ele acrescentou que o país está, além disso, “preparado para enfrentar oscilações de humor” do mercado internacional. “O Brasil está com todo o arsenal de medidas de combate à crise em ordem, pronto, preparado”, completou.

De acordo com Meirelles, o Banco Central acertou em sua política de continuar acumulando reservas. “Esse episódio do fundo de Dubai mostra o acerto de políticas do BC de continuar acumulando reservas, mostrando que há incertezas à frente no mercado internacional. E o fato de termos reservas é sinal de maior força e confiança na economia brasileira”, concluiu.”

(Agência Brasil)

Vice-prefeito comanda Pré-Fortal Sm Dengue

Apresentações culturais, prestação de serviços e participação dos alunos da rede municipal de ensino foram alguns dos caminhos encontrados pela Secretaria Executiva Regional (SER) VI para a conscientização sobre a importância do combate ao Aedes Aegypti.

Neste sábado, a partir das 9 horas, o vice-prefeito e secretário-executivo da Regional VI, Tin Gomes, estará na praça da Igreja Matriz de Messejana. Ali, acompanhara as ações de conscientização de combate à dengue desenvolvidas pela pasta. Anttes, haverá o evento Pré-Fortal Sem Dengue, que sairá às 8 horas do estacionamento da Regional VI e se deslocará até a praça da Igreja Matriz.

A ordem é mobilizar a população a combater e prevenir o mosquito vetor da dengue. O ato também marcará o encerramento da Gincana Escolar 2009, projeto que desenvolve ações nas escolas da Regional VI com foco no combate à dengue.

O público presente no Pré-Fortal Sem Dengue poderá conferir apresentações culturais, como capoeira, mostra de dança com o grupo Bumba Meu Boi, Circo Escola, além de atividades preparadas pelos estudantes da área da SER VI. Uma equipe de agentes de endemia ainda dará orientações sobre como prevenir a dengue dentro de sua residência. Além disso, a população contará com prestação de serviços, cabeleireiros e massoterapeutas no evento.

Uh, terror! O Serra é Vovô??

srrce

Olha aí o José Serra, um dos presidenciáveis do PSDB, recebendo uma camisa do time do Ceará  Sporting Clube das mãos do presidente do Centro Industrial do Ceará (CIC), Robinson Castro e Silva. Como postamos, o mimo foi dado pela manhã, no auditório da Federação das Indústrias (Fiec), local onde Serra deu palestra sobre o tema “Conjuntura Política e Econômica Nacionl e Internacional”.

Serra agradeceu e mandou elogios para todos do alvinegro, um time agora da Primeira Divisão do Brasileirão. Ele lamentou a queda do Fortaleza para a Segunda Divisão do certame e até pediu para que o Ceará não fizesse seu Palmeiras sofrer como fazia o Fortaleza no passado.

O tucano está visitando o Estado nesta sexta-feira e, em sua programação, tem partcipação num seminário, neste noite, que ocorre na cidade de Canindé (108 km de Fortaleza).

Bom lembrar: Serra não acredita muito na tese de que vem caindo nas pesquisas. Para ele, a pesquisa é o registro de um momento. Serra é ciceronado no Estado pelo senador Tasso Jereissati e deve retornar para a Capital paulista ainda nesta noite.

(Foto – Jarbas Oliveira)

Serra faz promessas em Canindé

O governador de São Paulo, José Serra, e um dos presidenciaveis do PSDB, ao lado do senador Tasso Jereissati, visitou a Basílica de São Francisco das Chagas em Canindé (108 km de Fortaleza). Ali, visitou o Centro de Ex-Votos e recebeu a fitinha de São Francisco com direito a três pedidos.

Serra colocou a fitinha no braço e depois fez uma prece. Ele foi abraçado por populares ao longo do trajeto. Ao chegar a Canindé, o tucano se disse muito “emocionado por conhecer uma terra que é a segunda maior de devotos de São Francisco no mundo”.

DÚVIDA CUEL – Alguém sabe dizer que promessa, por exemplo, Serra teria feito para São Francisco?

Cartórios do Ceará treinam equipes de olho no registro civil unificado

A Associação dos Notários e Registradores do Estado do Ceará promove neste sábado, a partir das 9 horas, no Praia Hotel, trenamento sobre Novo Modelo do Registro Civil. O treinamento será dado por técnicos do Conselho Nacional de Justiça, tendo à frente o juiz auxiliar da Corregedoria do CNJ, Ricardo Chimenti.

O novo registro entrará em vigor a partri de 1’º de janeiro e traz a unificação dos dados nacionalmente do cidadão. Ou seja, cada certidão de nascimento, certidão de casamento e certidão de óbito terá um número e com esse número será mais fácil puxar a ficha das pessoas em todo o País.