Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Prefeitura de Maracanaú tem empréstimo do BID aprovado pelo Ministério da Fazenda

O prefeito Firmo Camurça (PSDB) comemora o empréstimo. 

O Ministério da Fazenda publicou, nesta quinta-feira, 8, a autorização para que seja celebrado o empréstimo entre Maracanaú (Região Metropolitana de Fortaleza) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) no valor de US$ 31.784.500,00 (trinta e um milhões, setecentos e oitenta e quatro mil e quinhentos dólares), aproximadamente 118 milhões de reais. A informação é da assessoria de comunicação da pasta, adiantando que caberá à Prefeitura aguardará a convocação do BID para assinatura do contrato de empréstimo e a liberação da verba para iniciar o programa.

O empréstimo será destinado à execução do Programa do Transporte e Logística Urbana de Maracanaú (Translog), que objetiva ampliar e qualificar a infraestrutura e mobilidade urbana dese município. No Ceará, apenas Fortaleza e o Governo do Estado contam com financiamento do Exterior.

Para o secretário municipal de Infraestrutura, Felipe Mota, o Translog “agora é realidade” e Maracanaú, de acordo com ele, será o município que mais crescerá em números reais e econômicos pelos próximos 10 anos.

(Foto -Reprodução do Youtube)

Obras do VLT Parangaba-Mucuripe vão interditar continuação da Avenida Dom Luís

Há trechos do projeto com operação assistida.Para executar mais uma etapa das obras de implantação do VLT Parangaba-Mucuripe, a Rua Professor Silas Ribeiro (continuação da Aveida Dom Luís), entre a Avenida dos Jangadeiros e a Rua Castro Monte, no bairro Papicu, será interditada. O bloqueio total deve ocorrer das 22 horas de sexta-feira (09/11) até às 22 horas de domingo (11/11). A interdição é necessária para garantir a segurança durante operação de içamento de 8 vigas dos dois novos viadutos ferroviários que estão sendo construídos no trecho.

A informação é da Secretaria de Infraestrutura do Estado, adiantando que no local, haverá movimentação de guindastes e das vigas, que têm 17 metros de comprimento e pesam cerca de 40 toneladas.

Desvios 

A orientação para os condutores que trafegam pela Avenida Almirante Henrique Saboia (Via Expressa) e querem acessar a Avenida Engenheiro Santana Júnior é entrar à direita na Rua Alfredo Ladislau (continuação da Rua Maria Tomásia), à esquerda na Rua Frederico Borges, à esquerda na Av. Santos Dumont, à direita na Rua Desembargador Valdetário Mota e à direita na Rua Bento Albuquerque.

Para os veículos que trafegam pela Eng. Santana Júnior (sentido Papicu/Iguatemi) em direção à Av. Dom Luís o recomendado é que os motoristas dobrem à direita na Avenida Santos Dumont, utilizando a alça do viaduto, cruzem a passagem de nível provisória da Avenida dos Jangadeiros, entrem à direita na Avenida Almirante Henrique Saboia (Via Expressa), à esquerda na Rua Castro Monte e à esquerda na Avenida Dom Luís.

Quem vem na Av. Santos Dumont em direção à Avenida Dom Luís deve cruzar a passagem provisória da Avenida Jangadeiros, dobrar à direita na Av. Almirante Henrique Saboia (Via Expressa), à esquerda na Rua Castro Monte e à esquerda na Avenida Dom Luís.

A AMC alerta que a Avenida Jangadeiros, no trecho compreendido entre a Aveida Santos Dumont e a Rua Prof. Silas Ribeiro, ficará liberada apenas para acesso ao Terminal do Papicu e ainda servirá como rota de retorno para a Avenida Eng. Santana Júnior.

(Foto – Arquivo)

IFCE quer orçamento de R$ 600 milhões em 2019

175 1

O reitor do Instituto Federal do Ceará (IFCE), Virgílio Araripe,  articula, junto à bancada federal cearense, para manter em 2019 o mesmo orçamento deste ano: R$ 600 milhões.

Com esse dinheiro, que inclui despesas com pessoal, segundo o reitor, vai dar até para convocar, em janeiro próximo, mais 300 concursados entre servidores técnico-administrativos e docentes.

Virgílio Araripe circulou por Brasília nesta semana e visitou gabinetes de parlamentares nessa sua peregrinação financeira.

(Foto – Arquivo)

Boletos vencidos de todos os tipos poderão ser pagos, a partir de sábado, em qualquer banco

880 1

A partir do próximo sábado (10), boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco ou correspondente e não apenas na instituição financeira em que foram emitidos. Isso será possível com a conclusão da implementação da Nova Plataforma de Cobrança (NPC), sistema desenvolvido pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) em parceria com os bancos.

Na última fase do processo, passa a ser obrigatório o cadastramento de títulos referentes a faturas de cartão de crédito e doações no novo sistema. Segundo a Febraban, além da praticidade, a implementação da NPC torna o processo de pagamento via boleto mais seguro, sem risco de fraudes.

Outra mudança diz respeito ao comprovante de pagamento, que será mais completo, apresentando todos os detalhes do boleto, (juros, multa, desconto, etc) e as informações do beneficiário e pagador. O projeto da Nova Plataforma de Cobrança começou há quatro anos.

Desde 2016 ele vem incorporando na sua base de dados os boletos de pagamentos já dentro das normas exigidas pelo Banco Central, ou seja, com informações do CPF (Cadastro de Pessoa Física) ou CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) do emissor, data de vencimento e valor, além do nome e número do CPF ou CNPJ do pagador.

A Febraban diz que essas informações são importantes para checar a veracidade dos documentos na hora de se fazer o pagamento.

Caso os dados do boleto a ser pago não coincidam com aqueles registrados na base da Nova Plataforma, ele é recusado, pois o boleto pode ser falso.

Para fazer a migração do modelo antigo de processamento para o atual, os bancos optaram por incluir os boletos no novo sistema por etapas, de acordo com o valor a ser pago.

Esse processo começou em meados do ano passado para boletos acima de R$ 50 mil (os de menor volume) e termina no dia 10 de novembro, com a incorporação dos boletos de cartão de crédito e doações.

A previsão inicial era que o processo fosse concluído em 22 de setembro. Entretanto, em junho deste ano, após dificuldades de clientes para pagar boletos, a Febraban alterou o cronograma.

(Agência Brasil)

Enel vai sortear 75 geladeiras em Quixadá

José Nunes, diretor institucional da Enel, é um entusiasta do programa.

O Programa Enel Compartilha Eficiência vai sortear, durante esta semana, 75 geladeiras novas na cidade de Quixadá (Sertão Central). As inscrições para os moradores do município começaram nesta quinta-feira (8) e seguem até sexta-feira (9), das 8 às 17 horas. Segundo a assessoria de comunicação da empesa, os clientes da companhia devem se dirigir à Praça José de Barros, na rua Pascoal Crispim, s/n.

Para realizar o cadastro no programa, os clientes deverão atender a alguns requisitos básicos, como ter a última conta de energia paga, ser beneficiado pela Tarifa de Energia Residencial Monofásico Baixa Renda, Residencial Rural Monofásico, Residencial Monofásico (consumo mínimo exigido) e possuir em casa uma geladeira velha em uso para realizar a troca.

SERVIÇO

O sorteio será realizado no mesmo local do cadastro, neste dia 9 (sexta-feira), a partir das 18 horas. A entrega das geladeiras ocorrerá no sábado (10), das 7 às 10 horas.

(Foto – Divulgação)

Reajuste dos ministros do STF – Eunício ganha parabéns de procuradores

A diretoria da Associação dos Procuradores do Estado do Ceará (Apece), representada pelos procuradores do Estado Vicente Braga e Ludiana Rocha, esteve com o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB), em Brasília. A categoria parabenizou o emedebista pela aprovação dos projetos de Lei da Câmara (PLC) 27 e 28/2016, que reajustam os subsídios dos ministros do Supremo Tribunal Federal e do Procurador-Geral da República.

“Nós parabenizamos a atuação do senador Eunício pela condução dos trabalhos quanto ao reajuste do Judiciário bem como da Reforma da Previdência. A aprovação do aumento do teto de gastos do Supremo Tribunal Federal é uma medida que repercute em todo o funcionalismo público, recuperando a perda inflacionária ocorrida nos últimos anos”, destacou o presidente da Apece, Vicente Braga.

Lobby

O encontro ocorreu no gabinete da Presidência do Senado e contou também com as presenças dos presidentes da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), Guilherme Feliciano; da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), José Robalinho Cavalcanti; da Associação Cearense de Magistrados, Ricardo Alexandre da Silva Costa; da Associação Cearense do Ministério Público, Lucas Felipe Azevedo de Brito; e representantes de outras associações de magistrados e procuradores do País.

(Foto – Divulgação)

Que tal um ‘plano real’ contra a corrupção?

102 1

Com o título “Um plano real contra a corrupção”, eis artigo de Pedro Henrique Chaves Antero, cientista político e professor universitário. Ele aborda o tema corrupção, exalta o papel de Sergio Moro, futuro ministro da Justiça, e defende Bolsonaro. Confira:

A ideia de um plano real contra a corrupção tem inspiração em matéria do jornal eletrônico “Crusoé”, de Diogo Mainardi. Ele propõe a criação de uma marca histórica do governo Bolsonaro contra a corrupção, semelhante ao que fez Itamar Franco em relação à moeda brasileira.

Muitos são os defensores da corrupção no Brasil, assim como diversos são os tons da esquerda brasileira. Segundo certo político cearense, “a esquerda não é uma coisa só. E recuperar o conceito de progressista passa necessariamente por se diferenciar do PT. O PT contaminou o conceito de esquerda no Brasil pelo protagonismo na corrupção”.

Sérgio Moro tem as credenciais para reduzir a corrupção a nível aceitável, como em outros países do mundo. Em longa entrevista concedida, anteontem, à imprensa do Brasil, Moro desenhou em linhas gerais as ações a serem desenvolvidas no Ministério da Justiça e Segurança Pública, revelando, porém, que a prioridade será voltada para a corrupção e o crime organizado.

Em oposição a Bolsonaro, o PT estará preparado para obstruir as votações do Congresso Nacional, se contrapondo às medidas saneadoras da vida política no Brasil. Eles não irão lutar pelo Brasil, mas unicamente pela libertação de Lula, em parceria com alguns membros do STF que já perderam a credibilidade junto à população brasileira.

Aliado ao PT, encontra-se FHC. Sem maiores explicações, já cavou trincheira anti-Bolsonaro e declarou que “o novo presidente vai prejudicar a imagem do Brasil”. Esqueceu-se o ex-presidente, entretanto, que a imagem do Brasil não só já está prejudicada, mas inteiramente destruída pelos incalculáveis furtos realizados pelos governos de Lula e Dilma, em parceria com o MDB. Além disso, o PSDB está ferido de morte pela postura aética de alguns dos seus membros.

A corrupção já está sendo enfrentada, com sucesso, pela Lava Jato e poderá receber um golpe mortal ao cabo de quatro anos. O Brasil vai mudar e, com certeza, o Brasil inaugurará um novo plano real, desta feita, contra a corrupção.

*Pedro Henrique Chaves Antero

Professor de Ciências Políticas

phantero@gmail.com

Inadimplência do consumidor cai 1,9% no acumulado em 12 meses

A inadimplência do consumidor caiu 1,9% no acumulado em 12 meses (novembro de 2017 até outubro de 2018 frente aos 12 meses antecedentes), de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC. Na avaliação mensal com ajuste sazonal, outubro apresentou variação positiva de 1,0% frente a setembro. Quando comparado o resultado contra o mesmo mês de 2017, o indicador cresceu 1,1%.

Regionalmente, na análise acumulada em 12 meses, ocorreu queda nas regiões Centro-Oeste (-3,3%), Norte (-3,4%), Nordeste (-1,0%), Sudeste (-1,9%) e Sul (-1,8%).

As adversidades ocorridas na economia ao longo dos últimos anos geraram grande cautela nas famílias, inibindo o consumo e a tomada de crédito, contribuindo para a diminuição do fluxo de inadimplência. Passado o período mais intenso da crise econômica, o indicador demonstra sinais de que caminha para estabilização, após longo período de queda nos registros. Ainda assim, a manutenção de um ritmo estável do estoque de inadimplência está condicionada por uma recuperação mais consistente do mercado de trabalho, diminuição dos juros e evolução da renda.

Metodologia

O indicador de registro de inadimplência é elaborado a partir da quantidade de novos registros de dívidas vencidas e não pagas informados à Boa Vista SCPC pelas empresas credoras. As séries têm como ano base a média de 2011 = 100 e passam por ajuste sazonal para avaliação da variação mensal. A partir de janeiro de 2014, houve atualização dos fatores sazonais e reelaboração das séries dessazonalizadas, utilizando o filtro sazonal X-12 ARIMA, disponibilizado pelo US Census Bureau.

(Com SCPC Boa Vista)

Dégagé comemora 18 anos de mercado

194 2

Completando 18 anos de mercado, nesta quarta-feira, a Dégagé, uma agência de comunicação integrada, das mais respeitadas e que atua em parceria com empresas e instituições.

Nasceu pelas mãos das jornalistas Eugênia Nogueira e Sônia Lage, profissionais de qualidade e, acima de tudo, que privam pela boa convivência num mercado dos mais competitivos.

Hoje com uma carteira com dezenas de clientes e realização de eventos, principalmente culturais e da área do varejo, a Dégagé se consolida e, sem sombra de dúvidas, com amplas perspectiva de expansão.

Do Blog, parabéns!

*Conheça a Dégagé aqui.

(Foto – Divulgação)

Bolsonaro promete abrir a “caixa preta” do BNDES

O presidente eleito Jair Bolsonaro reiterou hoje (8) a determinação de abrir os sigilos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) tão logo assuma o governo em janeiro. Nas redes sociais, ele usou a expressão “abrir a caixa-preta”, que, segundo o presidente eleito, é um “anseio” dos brasileiros.

“Firmo o compromisso de iniciar o meu mandato determinado a abrir a caixa-preta do BNDES e revelar ao povo brasileiro o que foi feito com seu dinheiro nos últimos anos. Acredito que esse é um anseio de todos”, escreveu Bolsonaro, no Twitter.

Ontem (7), o presidente eleito afirmou que essa é uma prioridade para ele. “Vamos abrir todos os sigilos do BNDES, sem exceção. É o dinheiro do povo e nós temos que saber onde está sendo usado.”

O BNDES foi alvo de investigações da Polícia Federal, que indiciou os ex-ministros Guido Mantega e Antônio Palocci, o ex-presidente da instituição Luciano Coutinho, além do empresário Joesley Batista, da JBS, por suspeitas de operações ilícitas.

(Agência Brasil)

Cearense apresenta proposta de projeto para redução do desperdício de frutas, legumes e verduras

281 2

Poucos cidadãos sabem mas o site do Senado Federal possui uma página onde qualquer contribuinte pode apresentar propostas que possam virar projeto. Na página, a pessoa expõe sua ideia que, se obtiver 20 mil apoiadores – tem que clicar e se identificar por meio do login do Facebook ou do g-mail, será encaminhada para a mesa diretora do Senado.

O cearense Flávio Souza (52), servidor concursado da Assembleia Legislativa, lançou ideia nessa página. Ele propõe a redução do desperdício de frutas, legumes e verduras em estabelecimentos comerciais por meio da autorização da doação desses insumos a instituições filantrópicas autorizadas para recebê-los, sendo que, a partir daí, a responsabilidade pelo uso passa a ser de quem recebeu e não de quem doou.

*Para apoiar o projeto de Flávio é só acessar o link https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=109544

(Foto – Paulo MOska)

Aumento dos ministros do STF – Pimentel vota contra e Tasso vota a favor

José Pimentel e Tasso – votos distintos.Como os senadores cearenses votaram na sessão que garantiu, nessa noite de quarta-feira, 7, aumento para os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e para o procurador-geral da República?

O senador Tasso Jereissati (PSDB) votou a favor da matéria, enquanto o petista José Pimentel se posicionou contra o projeto que altera o subsídio dos 11 integrantes do STF e da atual chefe do Ministério Público Federal, Raquel Dodge, de R$ 33,7 mil para R$ 39 mil e provoca um efeito cascata sobre os funcionários do Judiciário. Isso abrirá caminho também para um possível aumento dos vencimentos dos parlamentares e do presidente da República.

A proposta relativa aos membros do STF teve 41 votos favoráveis, 16 contra, e uma abstenção, após os senadores aprovarem, na terça-feira, a inclusão do texto na Ordem do Dia de hoje. Já o projeto do salário do procurador-geral da República foi aprovado de forma simbólica pelo plenário.

DETALHE – O senador Eunício Oliveira, presidente do Senado, só votaria em caso de empate.

(Com Agências)

MPT teme pela fiscalização do trabalho escravo

O procurador-geral Ronaldo Fleury, chefe do Ministério Público do Trabalho, teme que a extinção do ministério da área por Jair Bolsonaro prejudique ações de combate ao trabalho escravo, informa a Coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta quinta-feira.

Isso, porque tal extinção criará riscos para exportadores brasileiros, que podem sofrer questionamentos de parceiros comerciais no Exterior.

Bolsonaro afirmou, nessa quarta (7), que o Ministério do Trabalho será incorporado a outra pasta.

(Foto – Wesley Almeida, da Canção Nova)

Poeta Bráulio Bessa é o convidado do projeto Grandes Nomes 2018

No projeto “Grandes Nome 2018”, do Grupo de Comunicação O POVO, o convidado desta quarta-feira, para uma boa sabatina na Rádio O OVO/CBN, é o poeta Bráulio Bessa. Ele vai passar uma hora conversando com jornalistas convidados, sob a mediação de Luiz Viana.

Braúlio Bessa, que tem quadro fixo o programa Encontro com Fátima Bernardes, na Globo, não fala de temas políticos.

Mas, para o Blog, ele deixou algumas rimas interessantes sobre o atual cenário do País.

DETALHE – A sabatina com Bráulio foi gravada.

Jair Bolsonaro e uma relação de mal a pior com a imprensa

Com o título “O presidente e a imprensa”, eis tópico da Coluna Política assinada pelo jornalista Érico Firmo, no O POVO desta quinta-feira. Confira:

A relação do presidente eleito com a imprensa vai de mal a pior. Já disse que usará verbas públicas para beneficiar quem lhe é simpático e retaliar os críticos, tentou impedir acesso de jornalistas a sessão solene no Congresso. Na terça-feira, ficou irritado com pergunta absolutamente pertinente de jornalista sobre problema diplomático que ele causou.

O presidente eleito pediu que fosse feita outra pergunta, que não responderia sobre isso – era só o que faltava. Jornalistas insistiram no questionamento. Então, o presidente deu as costas e foi embora.

Ora, será que, como presidente, Bolsonaro irá se recusar a responder perguntas das quais não goste? O dever do jornalista é mesmo o de incomodar. De questionar sobre aquilo que é desconfortável. Para aplaudir, não precisa de imprensa. Tem puxa-saco que sobra.

O problema surgiu depois que Bolsonaro falou de transferir a embaixada brasileira em Israel para Jerusalém. A decisão atende a pleito legítimo dos israelenses, mas a forma como o Brasil fez isso, isoladamente, foi imatura. Não se entra de forma atabalhoada em questão tão descuidada quanto o conflito entre árabes e judeus.

O presidente agiu movido pelo que mais diz abominar, mas pratica o tempo todo: ideologia.

(Foto – Band News)

Juazeiro do Norte agora integra o Mapa do Turismo Brasileiro

Juazeiro do Norte, terra do “Padim Ciço”,  acaba de receber, do Ministério do Turismo, certificado incluindo esta cidade da Região do Cariri no Mapa do Turismo Brasileiro, para o período 2017 a 2019. Quem comemora é o prefeito José Arnon (PTB).

O certificado foi expedido conforme portaria nº 197, de 14 de dezembro de 2017, e faz parte do Programa de Regionalização do Turismo. De acordo com o MTour, é uma maneira de comprovar que Juazeiro do Norte faz parte dos 3.285 destinos brasileiros que trabalham o turismo como política de desenvolvimento econômico e geração de empregos e renda.

Com isso, a cidade passa a fazer parte dos municípios que estão na lista de prioridades de investimento por parte do Ministério do Turismo.

O certificado foi concedido ao mesmo tempo em que a gestão de Juazeiro do Norte trabalha para transformar o local em smart city (cidade inteligente). A ideia é que, por meio de Parceria Público-Privada, o município transforme sua infraestrutura e serviços por meio da inovação.

(Foto – Agência Câmara)

Brasil cai para último lugar em ranking sobre prestígio de professor

831 11

Percepção de falta de respeito dos alunos, salários insuficientes e uma carreira pouco segura para os jovens. É assim que a maioria da população brasileira enxerga a profissão docente e coloca o País como o que dá menos prestígio aos professores. Esse cenário foi revelado pelo Índice Global de Status de Professores de 2018, divulgado na noite dessa quarta-feira, 7, pela Varkey Foundation, organização voltada para a educação. O levantamento avalia como a população de 35 países enxerga a profissão, informa o Estadão.

Enquanto há uma tendência global de crescimento no prestígio dado aos professores, o Brasil regrediu nos últimos cinco anos. Em 2013, quando o estudo foi feita pela primeira vez e avaliou 21 nações, o País aparecia na penúltima colocação. Na edição deste ano, com a piora na percepção sobre o respeito dos alunos e com menos pais dispostos a incentivar seus filhos a seguir a profissão, o índice nacional piorou e colocou o País como lanterna do ranking.

Para chegar ao indicador, foram entrevistadas mil pessoas, de 16 a 64 anos, em cada país e mais de 5,5 mil docentes. No Brasil, apenas 9% acreditam que os alunos respeitam seus professores – na China, o líder, 81% veem esse respeito. O dado aparece em consonância com o fato de que só 20% dos pais brasileiros afirmam que encorajariam seus filhos a seguir a carreira – ante 55% dos pais chineses.

O estudo também indica que o brasileiro subestima a jornada de trabalho da profissão. A sociedade estima uma carga horária semanal média de 39 horas, ante o relato dos professores de uma média de 48 horas. Segundo a pesquisa, essa percepção é forte nos países latino-americanos e se diferencia de países como Finlândia, Canadá e Japão, onde os docentes trabalham menos horas do que a percepção de suas comunidades.

A mesma tendência é observada em relação aos salários. Enquanto brasileiros consideram que um salário justo para os professores seria de U$ 25 mil (cerca de R$ 93 mil) ao ano, a remuneração real média relatada pelos profissionais é de U$ 15 mil (cerca de R$ 56 mil).

Desempenho

O estudo também identificou que a valorização docente está ligada ao desempenho dos alunos. Países com melhores notas no Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), maior avaliação de estudantes do mundo.

“Mais respeito aos professores significa que estudantes com melhor desempenho serão atraídos para a profissão, que melhores docentes irão permanecer na carreira. São fatores muito importantes para melhorar os resultados educacionais dos países”, explicou ao Estado Vikas Pota, presidente da Varkey Foundation.

Para ele, o poder público precisa investir em ações para apoiar os professores, tanto financeiramente como na melhora de condições de trabalho, para que os índices educacionais do país progridam. Na última edição do Pisa, em 2016, o Brasil apareceu entre os dez últimos do ranking. De 70 nações avaliadas, o País ficou na posição 63.ª em Ciências, 65.ª em Matemática e 59.ª em Leitura.

Ciro Gomes promete dar trégua a Jair Bolsonaro

1357 9

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT), terceiro colocado na disputa presidencial, resolveu dar uma trégua ao futuro governo de Jair Bolsonaro (PSL). Ao colunista Eliomar de Lima, do O POVO, ele disse que fará uma “oposição vigilante” e bem diferente daquela que adora “ver o circo pegar fogo”, numa alusão ao PT, com quem reitera não querer conversa sobre arco oposicionista a partir de 2019.

“Desejo muito que ele (Bolsonaro) acerte a mão, que ele possa fazer o melhor possível, porque o povo brasileiro está muito sofrido e, de nossa parte, vamos dar um tempo e cobrar na sequência”. Ciro fez questão de afirmar que quer uma oposição baseada em ideias e não no “caudilhismo corrupto e corruptor”.

Sobre fusão de ministérios, tem restrições. Considera “uma lenda” que, inclusive, foi buscada no governo de Temer. “É preciso diminuir as estruturas por onde se esvai o dinheiro público”, observou.

Ele considera a criação de um superministério da Economia um risco, pois entrega o poder de planejar e controlar o orçamento na mão de uma pessoa só, no caso o economista Paulo Guedes, que não tem nenhuma vivência no setor público. “Tomara que dê certo. Mas a probabilidade é pequena.”

Ciro vai gravar hoje, em São Paulo, entrevista para o programa do jornalista Roberto D’Ávila, da GloboNews.

PF deflagra operação sobre suposta propina da Odebrecht para Romero Jucá

A Polícia Federal deflagrou, nesta manhã de quinta-feira,  uma operação para investigar suposta propina paga pela Odebrecht para o senador Romero Jucá (MDB-RR). A propina seria em troca da aprovação, em 2012, de uma resolução no Senado para o setor de portos.

A informação é do Portal G1, ressalvando que Romero Jucá, no entanto, não é alvo direto da ação desta quinta, chamada de Armistício. A operação faz parte de um inquérito, já aberto no Supremo, no qual o senador é investigado.

Os alvos desta operação, mantidos sob sigilo, são pessoas que teriam se beneficiado da resolução aprovada no Senado. De acordo com a PF, o senador teria recebdio ilegalmente R$ 4 milhões da Odebrecht. A resolução de 2012 restringia a chamada guerra fiscal nos portos.

Todos os mandados da Armistício são de busca e apreensão e são cumpridos nas seguintes cidades: 7 em São Paulo; 1 em Santos; 1 em Campo Limpo Paulista.