Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Ceará embarca levando Mota e um reforço especial

adamastmota

Humorista Adamastor Pitaco e Mota.

O time do Ceará embarcou nesta tarde para Natal (RN). Ali, enfrentará o América em jogo válido pela Série B e lutando para se manter no grupo de acesso à Série A (está em quato lugar). Com esse objetivo, levou no elenco um reforço para o setor de maior dor de cabeça dos últimos embates: o atacante Mota. O atleta foi por demais festejado pelos demais companheiros até na hora do embarque.

Geraldo, por exemplo, disse que era uma “honra” atuar ao lado de um atleta dos mais respeitados e, acima de tudo, grande profissional. O meia Jorge Henrique e o laterial Arlindo Maracanã também encheram a bola de Mota que, no entanto, não deu entrevistas.

“Eu não posso dar entrevista. Foi determinação da diretoria!’, disse o jogador. Momentos depois, o presidente do clube, Evandro Leitão, indagado sobre o caso, disse desconhecer tal determinação. “Será que foi coisa do Paulo Veras?” , indagou rindo. Veras é diretor de Marketing do clube.

Com o grupo, viajou um torcedor que prometeu deixar o time descontraído para o jogo: o humorista Adamastor Pitaco. Ele foi vestindo uniforme da delegação e avisou: “Vou como um reforço, que é pra deixar a turma em alto astral”.

O alvinegro não levou Michel, que está contundido nem Heleno, que foi suspenso em razão do terceiro cartão amarelo.

(Foto – Paulo Moska)

Pra FHC, candidatura de Marina seria um “avanço”

“O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse nesta sexta-feira, 21, que a eventual candidatura da senadora Marina Silva (sem partido-AC) à Presidência da República representa “um avanço” ao permitir que haja um debate sobre questões ambientais. “Não acho que seja fácil para ela ter resultados eleitorais, mas ela vai permitir que todos os candidatos discutam com mais seriedade o aquecimento global, o desenvolvimento sustentável”, afirmou. Indagado se essa candidatura ajudaria o PSDB, ele respondeu: “Não sei. Tomara.”

Fernando Henrique participa da 1ª Reunião da Comissão Brasileira sobre Drogas e Democracia, realizada na Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro. Ele não quis comentar a crise aberta no PT com a decisão do governo de trabalhar pelo arquivamento das ações no Conselho de Ética do Senado contra o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP). O ex-presidente disse que só responderia a perguntas de política sobre Marina Silva. “Ela é uma mulher séria. Acho Marina uma pessoa de valor.”

(Agência Estado)

Mercadante permanece como líder do PT no Senado, mas enfrenta desgaste

mercadante

“O recuo do senador Aloizio Mercadante (PT-SP) de renunciar à liderança do PT no Senado, com a decisão de permanecer no cargo, pode enfraquecer a sua atuação política dentro da Casa Legislativa.

A avaliação é de um grupo de senadores que acredita na redução de força política do líder depois que ele criticou publicamente a permanência do senador José Sarney (PMDB-AP) na presidência do Senado –mas acabou por atender um pedido do presidente Luiz Inácio Lula Silva e do deputado Ricardo Berzoini (PT-SP), que orientaram o PT a votar pró-Sarney no Conselho de Ética.

O próprio senador admitiu, no discurso em que anunciou sua decisão, que perdeu parte de sua interlocução dentro do Senado depois do episódio que resultou no arquivamento dos processos contra Sarney.

“Eu disse à bancada [do PT] e pensei comigo: eu perdi uma certa condição de interlocução política nesta Casa, por exemplo com o presidente Sarney. É evidente. É muito mais difícil ser líder nessas condições, depois de uma crise como essa”, afirmou.

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) disse que Mercadante errou ao não ter se mantido firme na decisão de se afastar da liderança.

“Ele fica insignificante para o Senado. Foi o maior erro que ele cometeu. Ele poderia ser o reformador do PT, mas trocou essa oportunidade para continuar como líder de uma aliança do PT com Sarney, Renan [Calheiros] e [Fernando] Collor. Agora, ele fica sem a menor chance de contestação e terá como papel de líder ser o fiador dessa aliança”, afirmou.

O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) disse que foi “péssimo” para Mercadante recuar de sua decisão. Na opinião do peemedebista, o senador voltou atrás ao ser pressionado explicitamente pelo Palácio do Planalto.

“Eu não discuto a sinceridade dele, mas ele foi desautorizado pelo Planalto. Em uma situação de descrédito generalizado que existe hoje no país, as idas e vindas do Mercadante não contribuem”, disse Jarbas.

O peemedebista afirmou que a imagem de Mercadante ficará arranhada dentro do Senado. “Mostra que o presidente Lula continua acima das instituições. Não vejo o episódio de forma positiva.”

Para o senador Pedro Simon (PMDB-RS), Mercadante deve manter o discurso de que o PT errou ao absolver Sarney. Do contrário, o peemedebista disse que a imagem do petista ficará comprometida na instituição. “Ele só tem legitimidade se não se enquadrar. Ele pode até ficar sem poder, mas deve ficar com o discurso. Se ele se enquadrar, acabou o Mercadante”, afirmou.

Simon classificou de “carta encomendada” a correspondência enviada esta manhã pelo presidente Lula para o líder petista. Mercadante leu a carta em plenário com o apelo do presidente para que ficasse no cargo. Simon disse que a carta foi uma espécie de “armação” já que o presidente não encaminharia algo que não fosse acatado pelo senador.”

(Folha Online)

Caminhão capota e mata três pessoas

Na madrugada desta sexta-feira, ocorreu um acidente grave na CE-060, a conhecida Estrada do Algodão, no quilômetro 224, altura de Quixeramobim. Um caminhão, que transportava frangos, capotou numa curva e, em consequência, morreram trtês pessoas: o motorista e dois ajudantes.

O caminhão seguia de Quixerambim para o município de Mombaça, segundo informação da CPRV.

Aécio diz que uma aliança com Ciro seria “histórica” para o Brasil

aecionevo

O governador Aécio Neves (PSDB), que é um dos presidenciáveis tucanos, afirmou, nesta sexta-feira, em Fortaleza, que  uma possível aliança sua com o deputado federal e também presidenciável Ciro Gomes (PSB) seria “histórica” para o Brasil e “uma aliança para a governabilidade do País”.

Segundo Aécio, entrevistado no programa Paulo Oliveira, da Rádio Verdes Mares AM, porque ambos querem e buscam criar uma nova congerência política que congregue homens de bem e que aproveite a estabilidade econômica “contsruída nos governos de Itamar Franco e Fernando Henrique e preservada no Governo Lula”. Par ele, seria importante a união da estabilidade da economia com os avanços sociais registrados na administração Lula.

Aécio  criticou a recriação da CMPF e avisou que o PSDB votará contra a matéria, que tem previsão de entrar em pauta em setembro próximo, “pois esse assunto está fora de tempo, já está superado.” Foi mais uro: “Em fim de Governo, não se consegue criar convergência política em torno desse tipo de assunto”.

Para o governador mineiro, o Brasil precisa é de uma reforma tributária ampla e que acabe com a guerra fiscal entre os Estados. Aécio embarca nesta manhã para Aracaju (SE), onde cumprirá agenda política ao lado do ex-senador  e ex-governador sergipano Albano Franco.

Aécio Neves é contra recriação da CPMF e apregoa Reforfma Tributária já

O governador Aécio Neves, um dos presidenciáveis do PSDB, afirmou, nesta sexta-feira, ser contra a recriação da CPMF como forma de garantir recursos para a saúde. O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, prevê que a matéria possa ser aprovada em setembro próximo pelo Congresso. Ele garantiu que se depender do PSDB esse projeto não passa.

“Isso já pasou da hora. Não se faz isso em fim de governo. O que nós temos que  fazer é uma profunda reforma tributária, que acabe com guerra fiscal de um Estado brigando com outro”, expôss Aécio, durante entrevista ao programa Paulo Oliveira, da Rádio Verdes Mares AM, de Fortaleza.

Aécio Neves, adotando discurso de presidenciável, conclamou aos homens de bem do Brasil para que se somem a uma “nova convergência política”  que possa levar o País a continuar o bom ritmo da economia. Ele lembrou que essa convegência precisa aproveitar pessoas como Ciro Gomes, a quem define como um grande companheiro, as lições deixadas pelos governo de Itamar e FHC, que garantiram a estabilidade da economia, e somar aos avanços sociais do Governo Lula “que só foram possíveis graças a essa estabilidade criada”.

De Fortalza, o governador mineiro seguirá para Aracaju (SE), onde cumprirá agenda de presidenciável ao lado do ex-governador Albano Franco.

CGU aponta desvios em patrocínios da Petrobras

“Relatório da Controladoria Geral da União (CGU) aponta irregularidades e indícios de desvio de verba em oito contratos de patrocínios celebrados pela Petrobras entre 2003 e 2008, no valor total de R$ 5,6 milhões.

No documento, enviado à CPI da Petrobras, o órgão responsável por fiscalizar os gastos do governo chama de precário o sistema de controle interno da empresa.

A CGU encontrou problemas como a ausência de documentos que comprovem despesas custeadas pela Petrobras e a liberação de pagamentos sem ligação comprovada com o objetivo do patrocínio. Ao analisar um dos projetos, os auditores descobriram que o dinheiro da estatal foi parar em empresas que pertencem aos dirigentes da ONG patrocinada.

Em ofício enviado ao Senado, o ministro do Controle e da Transparência, Jorge Hage, informou que a CGU já investiga os patrocínios da Petrobras desde o fim de 2007. A CPI recebeu documentos sobre patrocínios oferecidos a oito ONGs.

Os relatórios de fiscalização apontam problemas em todos os contratos, de falhas formais até a existência de pagamentos a empresas fantasmas.”

Jusitça barra projeto que protege dunas do Cocó

“Atendendo a mandado de segurança interposto pelo vereador Carlos Mesquita (PMDB), a juíza da 5ª Vara da Fazenda Pública, Maria Vilauba Fausto Lopes, decidiu pela ilegalidade do projeto de lei que criou a Área de Relevante Interesse Ecológico (Arie) Dunas do Cocó. A proposta, de autoria do vereador João Alfredo (Psol), foi aprovada pela Câmara Municipal no último dia 24 de junho, com o aval de 27 vereadores. Cinco se abstiveram e outros quatro votam contra a proposta – todos pertencentes ao PMDB.

Depois de ressaltar que o presidente da Câmara, Salmito Filho (PT), foi “omisso” ao permitir a tramitação do projeto, Maria Vilauba argumenta, em sua decisão, que a lei aprovada há quase dois meses vai de encontro ao novo Plano Diretor em vigor desde fevereiro. Ela avalia que uma lei complementar, caso do Plano “jamais poderia ser modificada por uma lei ordinária”, caso da Arie. Por isso, a juíza determina a suspensão do trâmite para a transformação do projeto em lei, até que o mandado de segurança tenha julgamento final.

Procurado pelo O POVO, o vereador João Alfredo demonstrou surpresa e indignação com a notícia de que seu projeto de lei – já aprovado em redação final – tenha sido barrado pela Justiça. “É um absurdo isso. O vereador Carlos Mesquita está funcionando como um lobista em favor dos empresários que têm interesse por aquela área”, reclamou João Alfredo, que se encontra em São Paulo.

O parlamentar também rechaçou o que ele considera como uma interferência do poder judiciário no Legislativo. “Do ponto de vista formal, o conteúdo da lei poderia ser questionado, mas questionar a tramitação de uma lei é a desmoralização completa do processo legislativo”.

Segundo João Alfredo, caberá à própria Câmara Municipal recorrer da decisão judicial. Por isso, adiantou que iria entrar em contato com o presidente da Casa, Salmito Filho, ainda ontem, para que ele tome providências imediatas.

Carlos Mesquita, por sua vez, alega que a atitude de questionar judicialmente o projeto de João Alfredo foi apenas uma tentativa de corrigir um erro cometido pela Câmara Municipal e, assim, restabelecer a lei. “O que aconteceu ali foi um estupro à legislação municipal, ao Plano Diretor. Acho que tem como preservar a natureza dentro de lei”, defende.

Até o fechamento desta edição, o presidente da Câmara, Salmito Filho, não atendeu às ligações feitas para o seu celular. A assessoria de comunicação também não conseguiu localizá-lo.”

(Jornal O POVO)

Emenda que dá mais verba para a saúde será aprovada até setembro

“O Ministério da Saúde informou nesta quinta-feira, por meio de nota, que a regulamentação da emenda constitucional 29 –que prevê novos recursos para a saúde– deve chegar a plenário até o início do próximo mês.

O projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados, para regulamentar a emenda constitucional 29, prevê a criação da CSS (Contribuição Social para a Saúde), tributo que é visto como uma nova versão da extinta CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira).

A contribuição vai incidir sobre as movimentações financeiras e proporcionar a arrecadação de aproximadamente R$ 12 bilhões anuais para a saúde. Todo o recurso arrecadado pela CSS será destinado, exclusivamente, a ações e serviços públicos da área.

O apoio do PMDB, maior bancada do Congresso, permitirá que a emenda constitucional 29 seja votada. O partido fechou questão favorável à votação ontem, após reunião com o ministro da Saúde, José Gomes Temporão.

O discurso oficial do PMDB é que a saúde precisa de mais recursos devido à gripe suína. O compromisso, que também conta com o apoio também do PT, é votar a proposta no máximo até setembro na Câmara.

“A bancada, a maior da casa, se comprometeu a acelerar a regulamentação da lei e a votá-la em plenário até o começo de setembro, derrubando o último destaque pendente para que seja encaminhada ao Senado”, afirmou em nota o ministério da Saúde. ”

(Folha Online)

Morre jornalista Luciano Barreira

Morreu ontem à noite o jornalista e escritor Luciano Barreira que, por vários anos, dirigiu o jornal mensal da Casa do Ceará, em Brasília. A família ainda não informou detalhes do sepultamento. 

Barreira era por demais querido dos que fazem a imprensa na Capital federal. Ele foi vereador de Fortaleza na década de 60 e perseguido pela ditadura militar. Acabou deixando o Brasil para morar em Praga, na antiga Tchecoslováquia.

Berzoini quer permanência de Mercadante como líder

“Depois do racha da bancada do PT no Senado, o presidente da legenda, Ricardo Berzoini, afirmou nesta quinta-feira em entrevista ao UOL Notícias que o líder Aloizio Mercadante (SP) não deveria deixar o cargo por conta da decisão da sigla de ajudar no arquivamento de 11 representações contra José Sarney (PMDB-AP) no Conselho de Ética da Casa. Para ele, a divergência entre Mercadante e a orientação da cúpula do partido é um “fato isolado”.
Mercadante anunciou pelo Twitter que deixaria o posto de líder do PT no Senado em caráter “irrevogável” depois de o Palácio do Planalto pressionar os parlamentares petistas no Conselho de Ética para salvar o presidente da Casa. Recusou-se a ler um texto assinado por Berzoini porque já tinha defendido a reabertura de pelo menos uma das representações contra Sarney.

Qual é o partido mais sério do Brasil?
Dê sua opinião
“Houve outra decisão e Mercadante se sentiria desconfortável de continuar na liderança. Mas não é o caso. Esse fato isolado [o arquivamento das representações contra Sarney] não é razão para ninguém deixar uma missão. Todos nós que ocupamos função pública temos contrariedade”, afirmou o presidente do PT.

“Houve uma momentânea incompreensão entre bancada e partido. Esse é um momento natural da política. Momentos de grande tensão sempre levam a um aquecimento do ambiente”, completou.”

(Folha Online)

Dnocs conclui sua primeira obra do PAC

“O Departamento Nacional de Obras Contra as Secas-DNOCS concluiu a primeira
obra inserida no Programa de Aceleração do Crescimento-PAC: a barragem de
Piaus no município de São Julião, no Piauí. Iniciada em 16 de novembro
de 2006, foi concluída em 31 de julho deste ano.

Segundo a diretora de Infraestrutura Hídrica do DNOCS, Cristina Peleteiro,
foram investidos na construção da barragem de Piaus recursos da ordem de R$
32,5 milhões e ela tem como finalidade principal o abastecimento humano e
animal, além da irrigação e piscicultura, beneficiando uma população de 70 mil
pessoas que vivem em uma das áreas mais carentes de água no Piauí.

O diretor geral do DNOCS, Elias Fernandes, disse que a barragem já acumula 40
por cento de sua capacidade que é de 104 milhões de m³ de água, provenientes
da última estação invernosa. Lembrou o diretor que essa obra deverá ser
inaugurada brevemente pelo Presidente Lula dentro das comemorações alusivas
aos 100 anos do DNOCS.”

(Site do Dnocs)

PV do Ceará programa encontros, mas não cita Marina Silva

O Partido Verde Ceará fará encontros, neste fim de semana, para  discutir o cenário político. Segundo o presidente regional da legenda, Marcelo Silva, o objetivo é “ampliar a discussão sobre as eleições 2010, formar quadros e definir os rumos que o partido vai seguir nos próximos tempos”.

Na programação, encontros em em Fortaleza e Maracanaú, organizados pelas executivas municipais, além de encontro regional no Cariri promovido pela Executiva Estadual na cidade do Crato.

O PV cearense não cita, em nenhum momento, no comunicado que enviou para o Blog, o caso de Marina da Silva que, no plano nacional, já é tida como a futura candidata da legenda à presidência da República.  Mas, com certeza, o tema estará em pauta, até porque a cúpula nacional já avisou: quer os diretórios estaduais se enquadrando nessa tese.

José Dirceu classifica de “patético” o comportamento de Flávio Arns

O senador Flávio Arns (PT-PR) diz que em decorrência do voto de seus colegas de bancada pelo arquivamento das representações contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), no Conselho de Ética, envergonha-se de estar no partido e anunciou sua desfiliação.

Mas, não se envergonha do arquivamento das denúncias contra o líder da bancada do PSDB, senador Artur Virgilio (AM)! Pelo contrário, em suas declarações elevou o senador tucano a modelo de ética e de homem público!

Arns foi filiado ao PSDB, conviveu em seu Estado – o Paraná,  e no Brasil com a aliança tucana, com o PMDB e com o PFL. Ele foi eleito senador pelo PT em 2002, depois de se desfiliar do PSDB. E elegeu-se com apoio do presidente Lula – e por causa desse apoio. 

Arns se elegeu graças ao apoio de Lula

Ele conhece o PT do Paraná e seus colegas de partido, prefeitos, deputados e senadores. Conviveu com eles nesses últimos oito anos. Sabe da honestidade e correção desses parlamentares, dos prefeitos e dirigentes do PT,

Sabe que posição do PT – da sua bancada e do partido – no Conselho de Ética apoia-se no príncipio da presunção da inocência e do devido processo legal. Sabe, à exaustão, que nenhum petista teve participação nas irregularidades e ilegalidades do Senado.

Da mesma forma, deve lembrar-se que sempre defendemos as investigações e a punição para os responsáveise por elas e que todos os petistas sempre defenderam e apoiaram desde o inicio da crise as mudanças implantadas na Casa.

Daí ser patético que nos condene com tal violência verbal e eleve Artur Virgilio a modelo de homem público…

* Leia no Blog de José Dirceu

Oficiais de justiça adotarão “Operação Tartaruga”

O Sindicato dos Oficiais de Justiça decidiu, nesta quinta-feira, que a categoria vai acatar a decisão da Justiça e suspender a greve, o que foi determinado pela 5ª Vara da Fazenda Pública do Estado, com multa diária de R$ 1.000,00 em caso de descumprimento da medida.

Mas, segundo o presidente da entidade, Mauro Xavier, a ordem agora é cumprir apenas 60 mandados por vez.

Ficou decidido também que, no próximo dia 10, haverá nova paralisação. Os oficiais de justiça lutam pelo novo Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS).

Aécio diz que sua gestão se espelhou em Tasso e Ciro

Durante ato de inauguração de um parque eólico em Parajuru, na cidade de Beberibe Litoral Leste do Ceará), o governador mineiro Aécio Neves PSDB) deixou Ciro Gomes e Tasso Jereissati bem inflados de felicidade.

Em sua fala, Aécio disse que seu governo deu certo em Minas porque seguiu exemplo das gestão dos então governadores Tasso Jereissati e Cid Gomes, que primavam pela austeridade com o dinheiro público.

Na mesma solenidade, Cid Gomes destacou que a política de energia eólica do Ceará começou com Tasso Jereissati, que fez uma boa avaliação da importância desse tipo de empreendimento.

Essa inauguração faz parte de programação que o governador mineiro cumpre no Estado. Nela, consta ainda seminário Ceará em Debate, em Horizonte (Região Metropolitana de Fortaleza), jantar na casa de Tasso e, nesta manhã de sexta-feira, entrevista em emissora de rádio. Depois, é seguir para Aracaju (SE).

Mauro Benevides ganha medalha na Câmara Municipal

maurbenevi

O deputado federal Mauro Benevides (PMDB) receberá nesta quinta-feira, às 19h30min, durante sessão especial na Câmara Municipal, a Medalha José Barros de Alencar.

“Para mim, uma honra ser homenageado com medalha que leva nome de um grande homem com o qual convivi quando vereador”, acentua Benevides para o Blog.

Ex-presidente do Senado, Mauro desembarcou nesta tarde de quinta-feira lamentando o quadro político nacional mergulhado em escândalo na mídia em detrimento do debate sobre os problemas do País. Mas se disse confiante de que a Casa poss voltar à normalidade.

(Foto – Paulo Moska)

Associação Cearense do Ministério Público sugere punição a deputado que ofendeu promotor

A Associação Cearense do Ministério Público realiza na sexta-feira, às 9 horas, uma Sessão Pública de Desagravo, na sede da entidade, onde serão anunciadas as medidas adotadas pela instituição contra o deputado estadual Perboyre Diógenes.

Isso, porque durante sessão da Assembleia do dia 12 último, o parlamentar teria  teria violado o Código de Ética e Decoro Parlamentar ao insultar e ofender o promotor de justiça Daniel Isídio. A pretexto de criticar a atuação do promotor na apuração de ilícito eleitoral, Perboyre não poupou ofensas e injúrias contra o agente público. A ACMP publicou uma Nota de Repúdio

NOTA DE REPÚDIO

A ASSOCIAÇÃO CEARENSE DO MINISTÉRIO PÚBLICO (ACMP) vem a público manifestar o seu veemente repúdio contra as graves e injustas ofensas irrogadas pelo Deputado Estadual PERBOYRE DIÓGENES contra o Promotor de Justiça DANIEL ISÍDIO DE ALMEIDA JÚNIOR, durante a sessão plenária da Assembléia Legislativa do Estado do Ceará, realizada no dia 12/08/2009.

Em todas as comarcas em que atuou, o Promotor de Justiça DANIEL ISÍDIO DE ALMEIDA JÚNIOR sempre exerceu as suas funções com dedicação, honestidade e competência, destacando-se, particularmente, pela atuação firme e independente no combate à improbidade administrativa.

Por essa razão, causou indignação à Diretoria da ACMP, bem como a todos quantos fazem parte do Ministério Público do Estado do Ceará, a atitude do Deputado Estadual PERBOYRE DIÓGENES, que, a pretexto de criticar a atuação do agente ministerial na apuração de um ilícito eleitoral, imputou-lhe fato inverídico e ofensivo a sua honra.

As grosseiras e injustas ofensas praticadas pelo parlamentar estadual macularam não apenas a honra de um Promotor de Justiça digno e sério como também a imagem do Ministério Público perante a opinião pública, haja vista que foram amplamente divulgadas através da TV Assembléia.

A lamentável atitude do Deputado PERBOYRE DIÓGENES importou em grave violação dos deveres impostos pelo Código de Ética e Decoro Parlamentar, a merecer censura da própria Assembléia Legislativa e de todos os cidadãos responsáveis e de boa-fé.

REPUDIAMOS, veementemente, o tratamento indevido, inadequado e desrespeitoso do Deputado PERBOYRE DIÓGENES sobre a atuação do Promotor de Justiça DANIEL ISÍDIO DE ALMEIDA JÚNIOR, que pela maneira correta com que sempre desempenhou as funções do cargo que ocupa, demonstra ser dedicado, responsável e consciente de sua difícil, mas dignificante missão, atendendo, assim, os anseios da população do nosso Estado em especial das cidades de Acopiara e Saboeiro.

Diante do exposto, a ACMP convoca os seus associados e convida os órgãos de comunicação social para uma sessão pública de desagravo, a ser realizada em sua sede administrativa, no próximo dia 21 de agosto, às 9 horas, quando serão anunciadas as providências adotadas pela entidade. 

Fortaleza/CE, 14 de agosto de 2009.

A DIRETORIA