Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

PF prende homem com 5,2 quilos de skank no aeroporto de Fortaleza

A Polícia Federal prendeu nesse fim de semana, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, um homem de 32 anos, natural de São Borja/RS, com 5,2 kg de skank (maconha), quando tentava embarcar em um voo com destino a Lisboa.

Em fiscalização de rotina, durante inspeção de bagagens por Raio X, policiais federais identificaram três volumes retangulares envoltos em fita adesiva, escondidos num fundo falso da bagagem do passageiro.

O preso foi conduzido à sede da Superintendência Regional da Polícia Federal no Ceará, onde ficará à disposição da Justiça e responderá pelo crime de tráfico internacional de drogas.

(Polícia Federal do Ceará)

Faturamento da indústria cresce, mas quadro ainda é de atividade fraca, diz CNI

Após amargar resultados negativos em praticamente todos os índices em setembro, o setor industrial registrou crescimento de 1,7% no faturamento real, em outubro. O faturamento de outubro é 11,9% maior que o registrado em outubro de 2016, segundo dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgados nesta segunda-feira (4).

O mês também registrou ampliação de 0,2 ponto percentual na utilização da capacidade instalada. A utilização ficou em 77,7%. Nos últimos quatro meses, a variação está em torno de 77,5%.

Já o rendimento médio real aumentou 0,9%, acompanhado pelo aumento de 0,1% no emprego e 0,3% da massa salarial real, na comparação com setembro, quando todos os indicadores tiveram recuo. Queda foi registrada apenas no quesito horas trabalhadas, que recuou 0,7% em outubro, após o ajuste sazonal.

“A indústria permanece em trajetória de recuperação moderada. De um lado, as variáveis faturamento real, massa salarial real e rendimento real, beneficiadas pela inflação em queda, mostram evolução positiva mais clara. De outro, horas trabalhadas, emprego e utilização da capacidade instalada registram oscilações pequenas nos últimos meses, sem garantir tendência definida. O balanço desses resultados sugere manutenção do baixo patamar das variáveis pesquisadas e reforça o quadro de fraca atividade industrial”, diz o relatório da CNI.

(Agência Brasil)

Seminário alerta para riscos do álcool com direção

Com o objetivo de sensibilizar os profissionais do transporte sobre os efeitos ao conduzir veículos sob a ação do álcool e outras substâncias psicoativas, bem como para divulgar ações preventivas e as estatísticas de acidentes, o Sest Senat Fortaleza promove na manhã desta terça-feira (5), a partir das 8 horas, o seminário “Prevenção ao uso de álcool e outras substâncias psicoativas”.

Na ocasião, o psicólogo do Sest Senat Fortaleza, Alexandre Santiago, falará sobre “Álcool e Drogas: comportamento de risco para o motorista”. Outro tema a ser abordado por agente da AMC no evento será “Alcoolemia: acidentes de trânsito e suas estatísticas”. O evento é aberto ao público e gratuito e acontece no auditório do Sest Senat Fortaleza, na rua Dona Leopoldina, 1050, no Centro.

Maia espera avançar nesta semana na formação de base para aprovar Previdência

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse hoje (4) que, até a próxima quinta-feira (7), espera avançar na organização da base de parlamentares para aprovar a reforma da Previdência. Maia encerrou, nesta segunda-feira, na Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), seminário sobre reformas estruturais e reconheceu que o governo ainda está longe da aprovação da reforma da Previdência.

Ele ressaltou, porém, que, nas duas últimas reuniões de que participou, os presidentes dos partidos assumiram que vão trabalhar para isso durante a semana. “A gente continua longe do ponto de vista do número de votos, mas desta vez com cada partido trabalhando de forma organizada, o que é importante. A gente estava longe dos votos e sem organização. Acho que agora, os principais partidos da base vão trabalhar, e o governo também vai mapear aqueles deputados que estão em partidos hoje que não estão na oposição mas também não estão na base mas que podem ajudar na votação da matéria.”

Maia não confirmou se a votação poderá começar na próxima semana e disse que prefere esperar até quinta-feira para ver que condições haverá nessa direção. Ele garantiu que o PSDB não vai atrapalhar a votação: “o PSDB vai votar, o PSDB vai ajudar”.

Segundo o presidente da Câmara, a participação do governo federal no processo é decisiva para a aprovação da reforma. “Não tem reforma da Previdência que se faça sem o compromisso claro do governo”. Para Rodrigo Maia, o governo está participativo e ativo e vai ajudar muito na votação.

De acordo com Maia, a base deverá ser composta por 330 deputados, o que não significa que a reforma terá todos os votos a favor. Ele deixou claro, contudo, que não trabalha com números. “Em uma reforma como a da Previdência, o número não é o mais importante. O mais importante é se o presidente do partido, os líderes estão empenhados – acredito que todos estejam – e se o governo efetivamente vai participar de forma clara nesse processo. E está participando”.

(Agência Brasil)

Quase 60% dos brasileiros são favoráveis ao aborto em caso de estupro

Uma pesquisa lançada nesta segunda-feira (4) aponta em quais casos o brasileiro é favorável ao aborto, ao ser confrontado com diferentes situações concretas vivenciadas pelas mulheres. Entre os entrevistados, 81% dos participantes da consulta afirmaram que concordavam com a interrupção em, ao menos, um dessas situações: em caso de uma gravidez não planejada; falta de condições para criar; no caso de meninas com até 14 anos; se o feto for diagnosticado com alguma doença grave ou incurável; se a mulher correr risco de vida ou caso ela tenha ficado grávida após ser vítima de um estupro.

Tendo em vista cada uma das situações, o maior índice de apoio à interrupção se dá quando a gravidez resulta de um estupro: 59% dos entrevistados se dizem “totalmente a favor”. Se a mulher correr risco de morte na gestação e/ou no parto, o índice passa para 48%. O número chega a 41% quando o feto for diagnosticado com alguma doença grave e incurável, como quando a mulher contrai zika durante a gestação, comprometendo o desenvolvimento neurológico do bebê.

Os percentuais de apoio diminuem nas situações em que se trata de meninas com até 14 anos grávidas (27%); se a família não tiver condições de criar (19%) e em caso de uma gravidez não planejada (11%). O maior índice de rejeição à interrupção é exatamente neste último caso: 66% se dizem “totalmente contra” o aborto quando a gravidez não é planejada.

Intitulada “Percepções sobre o aborto no Brasil”, a pesquisa foi realizada pelo Instituto Locomotiva e pela Agência Instituto Patrícia Galvão, em 12 regiões metropolitanas do Brasil, entre os dias 27 de outubro e 6 de novembro. Foram ouvidas 1.600 pessoas, entre homens e mulheres com 16 anos ou mais. O estudo indica que, quando as situações não são explicitadas, a maior parte das pessoas se diz contra o aborto. Questionados sobre “o quanto é a favor ou contra que as mulheres possam decidir por interromper a gravidez”, 62% dos participantes se disseram contrários; 26%, a favor; 10%, nem contra, nem a favor; e 2% não sabiam ou não responderam.

O estudo revela que, entre aqueles que se disseram contrários ao aborto de uma forma geral, 75% são favoráveis a que a mulher possa interromper a gravidez em ao menos uma das situações listadas. A aparente contradição é, na opinião da diretora-executiva da Agência Patrícia Galvão, Jacira Melo, uma consequência da forma como o tema é tratado no Brasil. “Quando você coloca o aborto em determinadas situações muito reais e concretas, você vê que as respostas caminham para o lado da racionalidade, da realidade. A população demonstra mais flexibilidade, um olhar mais atencioso para o problema, que é um problema de saúde pública”, afirma.

(Agência Brasil)

Afogamento de triatleta no Ironman foi causado por isquemia cardíaca

O triatleta Genilson Lima, que morreu durante a prova de natação do Ironman 70.3 de Fortaleza, no último dia 26 de novembro, se afogou após sofrer uma isquemia cardíaca. A conclusão é da Polícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), que apresentou para a imprensa, nesta segunda-feira, 4, os resultados dos exames feitos com amostras biológicas do corpo da vítima.

O laudo não conseguiu informar com precisão o momento em que Genílson sofreu a isquemia cardíaca. Também não foi possível saber se o triatleta já tinha algum problema cardíaco em seu histórico.

“Fizemos os estudos da maneira mais rápida e detalhada possível para dar uma satisfação a sociedade. Não houve nenhum tipo de traumatismo externo que pudesse ter ocasiona danos a ele, que afogou-se em função de um evento cardíaco”, anunciou o coordenador de medicina legal, Hugo Leandro.

Genílson Lima desapareceu no mar enquanto disputava a prova de natação do Ironman, que aconteceu no dia 26 de novembro, um domingo. Ao notar a falta do atleta, o Corpo de Bombeiros começou as buscas imediatamente, mas só encontrou o corpo no dia seguinte, no fim da tarde, próximo a Estação de Condicionamento da Cagece, no bairro Moura Brasil. Inicialmente foi cogitou-se que um acidente vascular cerebral poderia ter acontecido, mas a pefoce descartou. A conclusão do laudo só saiu nesta segunda, apontando afogamento como causa da morte, ocasionado por uma isquemia cardíaca.

(O POVO Online)

Pesquisa confirmará que jovens negros são mais vulneráveis à violência, diz SNJ

O secretário nacional de Juventude, Francisco de Assis Costa Filho, disse hoje (4) que a nova versão do Índice de Vulnerabilidade Juvenil (IVJ) – Violência e Desigualdade Racial vai trazer dados semelhantes à atual, que revelou que os jovens negros são as principais vítimas e estão em situação de maior vulnerabilidade à violência no Brasil.

A atualização do IVJ deve ser divulgada na próxima segunda-feira (11) e trará informações do indicador em 304 municípios com mais de 100 mil habitantes.

“O governo não quer esconder nenhum dado, por mais que esses dados sejam ora positivos, ora negativos. Precisamos conhecer de perto cada realidade, cada vulnerabilidade, para combatê-la. Não há como remediar o paciente se o médico não sabe o que ele tem”, disse o secretário.

Costa Filho reconheceu que a violência ainda é um dos maiores problemas do Brasil e que flagela, sobretudo, a parcela jovem da população. De acordo com o Mapa da Violência, os jovens representam 26% da população, mas somam 58% das vítimas por arma de fogo no período de 1980 a 2014.

Criado em 2014, o IVJ com viés da desigualdade racial é calculado por meio de metodologia criada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, com a cooperação da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) no Brasil.

(Agência Brasil)

Padre Reginaldo Manzotti – O verdadeiro sentido do Natal

O Padre Reginaldo Manzotti assina, no O O POVO desta segunda-feira, artigo intitulado “O Milagre do Natal”. Ele aborda o verdadeiro sentido dessa festa cristã e seus símbolos. Confira:

Amado povo de Deus, mais uma vez somos agraciados por meio da liturgia da Igreja com um tempo especial de vivência em preparação para o Natal. Natal é o grande momento da paz em que, em torno do recém-nascido, o divino (anjos) e o humano (Maria, José e os pastores), céu e terra, se unem num silêncio adorador.

Celebremos santamente o Natal, tenhamos no coração aquilo que é essencial, o amor, a amizade, o perdão e a reconciliação. Quando estivermos festejando com nossos familiares e amigos, não nos esqueçamos da oração. Silenciemos nosso interior e não nos esqueçamos do aniversariante, Ele é o centro de nossa vida. É a luz que ilumina toda a treva.

Lembremo-nos dos que sofrem ou estão na solidão. Se pudermos, troquemos presentes lembrando o que escreveu o papa Emérito Bento XVI: “Em todos os presentes de Natal deveria viver algo da dádiva primordial, Jesus Cristo, daquele gesto do amor de Deus que em última análise não poderia e não queria dar menos do que a si mesmo. Pouco interessa se um presente é caro ou barato; quem não é capaz de dar com ele uma parte de si mesmo, sempre deu de menos”.

Porque o maior presente que poderíamos receber o céu nos deu, na Noite Santa, Deus deu-se a si mesmo nascendo como uma frágil criança. Deus assumiu nossa humanidade para nos dar sua divindade.

Existem alguns símbolos natalinos que nos ajudam a celebrar e a festejar o Natal:

• A Coroa do Advento: Sua forma de círculo que simboliza a eternidade, a cor verde representa a esperança e a vida. No primeiro Domingo do Advento, acende-se uma vela; no segundo, acendem-se duas; no terceiro, três; e no quarto, quatro velas. Assim, com a aproximação do Natal, aumenta a luz na coroa.

• Árvore de Natal: O pinheirinho de Natal representa a vida. Diz a lenda que o pinheiro foi escolhido, devido à sua forma triangular onde se representa a Santíssima Trindade. O pinheiro é a única árvore que não perde as suas folhas, seja qual for a época do ano.

• Presépio: É a reprodução do cenário onde Cristo nasceu, com a manjedoura, Jesus, Maria e José, os animais, pastores e os três reis magos. Mesmo que você não tenha um presépio completo, é importante que prepare pelo menos uma manjedoura com a imagem do Menino Jesus. Ele é o aniversariante.

• Estrela: A estrela de Belém que, serviu de guia para os três reis magos até Belém, é também o símbolo de Cristo – Luz do Mundo.

• Anjo: Representa Gabriel, o anjo da Anunciação.

• Os sinos de Natal: Seu toque simboliza alegria e júbilo pelo nascimento do Deus Menino.

*Padre Reginaldo Manzotti.

aimprensa@evangelizarepreciso.com.br
Fundador e presidente da Associação Evangelizar é Preciso e pároco reitor do Santuário Nossa Senhora de Guadalupe, em Curitiba (PR).

Lojistas estimam incremento de 5% nas vendas deste fim de ano

O empresário Cid Alves, que preside o Sindilojas de Fortaleza, está otimista. Espera um incremento nas vendas, por conta do Natal e Ano Novo, na ordem de 5%.

Ele diz que o consumidor sempre compra alguma coisa nessa época de festas e a ordem, no segmento, é investir em promoções.

DETALHE – Cid Alves está entre homenageados, desta noite de segunda-feira, no Ilmar Buffet, durante a tradicional Festa do Boi, uma realização do Sindicato do Comércio Varejista de Carnes do Estado.

Ciro vai encerrar ciclo de palestras da Fiec

Ciro Gomes, ex-governador do Ceará e presidenciável do PDT, vai encerrar nesta segunda-feira, a partir das 18h30min, a programação do projeto Ideias em Debate, da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec).

No auditório dessa entidade empresarial, ele abordará o tema “Atual conjuntura econômica do Brasil – análise e perspectivas” e, claro, fará sua pregação de olho na disputa de 2018.

SindConfecções do Ceará sob nova direção

Tem novo presidente o Sindicato da Indústria de Confecções do Ceará (SindConfecções).

Vai assumir dia 5 próximo, às 18h30min, durante ato na sede da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), o empresário Elano Guilherme.

Ele chega com, um objetivo bem definido: dar maior visibilidade ao setor, que caiu de segundo para sexto lugar no bolo da economia do Estado.

(Foto – Paulo MOska)

Jesualdo Farias confirma que disputará cadeira de deputado federal pelo PPS

523 2

O secretário estadual das Cidades, Jesualdo Farias, vai mesmo disputar cadeira de deputado federal pelo PPS. Ele aceitou convite do presidente estadual do partido, Alexandre Pereira, que quer apostar em nomes fora do cenário da política tradicional.

Jesualdo diz que vai para o embate das urnas com aval do governador Camilo Santana (PT) e como representante também do segmento acadêmico, hoje sofrendo perdas orçamentárias em razão da falta de articulação política no Congresso.

Bom destacar que ele foi reitor da UFC por duas vezes.

(Foto – Jr. Panela)

Maconha – Por um debate sem preconceito

O professor universitário, advogado e ex-secretário especial adjunto de Políticas sobre Drogas do Ceará, Marcelo Uchôa, quer o Estado na vanguarda do debate sobre a maconha. Ele, inclusive, divulga evento que tratará do tema e seu lado medicinal. Confira:

No próximo dia 12/12, das 8 horas às 22 horas, a ONG Sativoteca promoverá, com o apoio de parceiros, no auditório da ADUFC (Avenida da Universidade, 2346), o I Fórum Cearense sobre Cannabis Medicinal. O evento é fundamental, sobretudo neste momento de grave crise econômica, em que as soluções apresentadas pelo governo alicerçam-se no estrangulamento da renda social e redução dos investimentos em saúde.

A discussão sobre o uso medicinal da maconha, tanto no que toca ao aproveitamento de seus derivados para base medicamentosa como à utilização, em si, da cannabis para a redução dos desconfortos clínicos, vem sendo postergada no País pelo forte preconceito que incide sobre o tema, de um lado por desconhecimento, de outro, pelo desinteresse de laboratórios farmacêuticos em enfrentar eventual concorrência de mercado. As propriedades medicinais da maconha, porém, são inequívocas, e, há muito, se sabe disso.

Séculos atrás, civilizações conheciam o fato por avaliação empírica dos resultados. Hoje, é a ciência que comprova, de maneira conclusiva, a eficácia do uso medicinal da cannabis em um sem número de situações clínicas. Tanto assim que o recurso à maconha para esta finalidade é absolutamente normal em inúmeros países da Europa, da América Latina, bem como no Canadá e em vários estados dos Estados Unidos. Apesar disso, há apenas um par de anos, após movidas inúmeras batalhas judiciais e administrativas, as autoridades de saúde brasileiras autorizaram a utilização de remédios à base de derivados da cannabis (canabidiol e THC), ainda assim com resistência de severos obstáculos de natureza burocrática e alto custo, que praticamente inviabilizam importação, produção, enfim, a livre sociabilização da conquista.

No País, em desfavor do desenvolvimento científico nacional, nem mesmo pesquisas universitárias estão imunes aos empecilhos sobre o manuseamento da maconha. Em Fortaleza, recentemente, um jovem obteve habeas corpus para autocultivar maconha terapeuticamente, sem imposição de cerceamentos de quaisquer naturezas. Esta relevante decisão, que foi uma das primeiras do gênero no país, impõe ao Ceará o desafio de encampar o avanço da discussão à frente dos demais estados, sendo esta a proposta do seminário do dia 12.

Vale a pena conferir.

*Marcelo Uchôa

marceloruchoa@gmail.com
Advogado, professor doutor de Direito, ex-secretário especial adjunto de Políticas sobre Drogas do Ceará.

57% de cidades sem procurador contratam bancas sem licitação, diz pesquisa

A maior parte das cidades brasileiras sem procuradores concursados, que representam 76% de todo o país, contrata escritórios sem licitação para representações costumeiras da administração pública municipal. A prática alcança 57% dos municípios sem profissionais próprios. Para demandas específicas, esse índice cai para 39%.

Os dados são do 1º Diagnóstico da Advocacia Pública Municipal no Brasil, elaborado pela Associação Nacional dos Procuradores Municipais (ANPM). Além dessas hipóteses, há também casos de impedimento para atuação do procurador, mas eles representam apenas 6% das situações.

Já nas contratações mediante licitação, 55% das cidades sem procurador usam os serviços de bancas para demanda específica. Nas representações costumeiras, as taxas são de 53%. Quando são motivadas por impedimento do procurador, o índice é de 3%.

*Do Consultor Jurídico, leia mais aqui.

SUS tem 904 mil cirurgias eletivas na lista de espera, aponta Conselho Federal de Medicina

Levantamento do Conselho Federal de Medicina (CFM) aponta que pelo menos 904 mil cirurgias eletivas estão pendentes no Sistema Único de Saúde (SUS) em diferentes estados e municípios do país. As cirurgias eletivas não são de urgência ou emergência. O estudo, feito pela primeira vez pelo conselho, divulgado nesta segunda-feira (4) mostra que do total pelo menos 746 procedimentos cirúrgicos estão na fila de espera há mais de dez anos e 83% dos pedidos entraram na fila a partir de 2016. O Ministério da Saúde informou que desde maio passou a adotar o sistema de fila única para organizar a demanda.

A pesquisa traz dados enviados pelas secretarias de saúde de 16 estados e dez capitais até junho deste ano. Outros sete estados e oito capitais não enviaram informações, alegando não tê-las disponíveis ou por negativa de acesso aos dados. Por ser o primeiro levantamento desse tipo, não há dados dos anos anteriores. A pesquisa contabiliza o número de procedimentos agendados, e não o número de pacientes na fila.

Catarata

Na lista de espera, a maioria dos pedidos de cirurgias é de catarata, hérnia, vesícula, amígdalas e adenoide, além de cirurgias ortopédicas. Os estados de Minas Gerais, São Paulo, Goiás e Ceará apresentaram o maior número de cirurgias pendentes. Entre as capitais e estados que disponibilizaram informações de perfil dos usuários, as mulheres representam 67% dos pacientes que aguardam algum tipo de procedimento especializado.

Angelita Máximo dos Santos, 53 anos, de Maceió, espera desde junho por um procedimento no olho. Depois de fazer pela rede pública uma cirurgia de catarata, ela teve piora no quadro de sua visão e foi encaminhada pelo médico para realizar um procedimento de lavagem da lente colocada na primeira cirurgia.

Com dificuldades para enxergar, Angelita teve que deixar o trabalho de doméstica e cuidadora de idosos, o que acabou reduzindo a renda mensal familiar. “Ele [o médico] disse que não podia passar os óculos, porque eu não estava vendo nada, então eu tinha que esperar a lavagem da lente e nunca ninguém ligou. Aí eu estou esperando”, relatou Angelita.

Médicos alertam que a demora na realização de determinado procedimento é decisiva no sucesso de um tratamento. O representante do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), Cristiano Caixeta, explica que a demanda por procedimentos nos olhos tem crescido devido ao envelhecimento da população, entre outros fatores. E a demora para atender todas as solicitações está relacionada à falta de profissionais especializados.

Já Mauro Ribeiro, presidente em exercício do CFM, defende políticas integradas entre os entes federados. “O número de pacientes que precisam dos procedimentos e não tem acesso ao Sistema Único de Saúde é imenso. Tanto os dados do Ministério [da Saúde], quanto os dados do Conselho Federal de Saúde são subestimados, muito aquém da realidade. [….] É necessário que o governo federal estabeleça políticas públicas com os estados e municípios para poder organizar o sistema e dar acesso a esses pacientes ao sistema de saúde”, disse.

Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde informou que, em julho deste ano, foi fechada a primeira lista para cirurgias eletivas no SUS. A lista identificou pouco mais de 667 mil pacientes aguardando por algum procedimento eletivo no país. O ministério ressalta que em maio deste ano adotou o sistema de lista única para organizar a rede de saúde e diminuir a fila de espera. O novo sistema tem o objetivo de centralizar as demandas em um único cadastro e ampliar as possibilidades de atendimento do paciente para outros hospitais de sua região.

(Agência Brasil/Foto – Portal Medicina)

Grupo de Luizianne Lins vai brigar por vaga de senador na chapa pró-reeleição de Camilo Santana

A deputada federal Luizianne Lins, o deputado estadual Elmano de Freitas e o senador José Pimentel vão reunir seu grupo político dentro do PT no próximo dia 9, em local ainda não definido.

O objetivo é definir estratégias eleitorais com objetivo de garantir espaços na coligação que o governador Camilo Santana (PT) articula de olho em 2018.

Essa ala reitera o que apontou resolução do PT estadual, no fim de semana: vai brigar pela vaga de senador. José Pimentel é o detentor atual, mas Luizianne não descarta oferecer seu nome para a peleja.

 

Biografia de Deusmar Queiroz será lançada nesta segunda-feira

A biografia do empresário cearense Deusmar Queirós, fundador da rede de farmácias Pague Menos, será lançada às 19 horas desta segunda-feira, durante ato no Ideal Clube.

Elaborada pelo poeta Juarez Leitão, ganhou o título de “Deusmar Queirós – O tecedor de ousadias” e mostra a trajetória do empresário ao longo de 472 páginas.

DETALHE – Todo o lucro obtido com a venda dos exemplares, cuja primeira edição totaliza 10 mil unidades, será doado para a Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza.

CPI da JBS pode convocar Meirelles

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da JBS deve analisar na próxima quarta-feira (6) uma possível convocação do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles,para depor. Ele presidiu o conselho de administração do grupo J&F, que controla a empresa.

Como cita a jornalista Mônica Bergamo na “Folha de S. Paulo”, o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) também são alvos de requerimentos que preveem a convocação de ambos.

Contudo, o relator da CPI, o deputado Carlos Marun considera que o número de pessoas ouvidas pela comissão “é suficiente” e não acredita serem necessárias novas convocações.