Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Acidente com avião da Vasp em Pacatuba completa 27 anos

Está completando 27 anos nesta segunda-feira o acidente registrado com um boeing 727 da Vasp, por volta das 2h45min, na região de Pacatuba (Região Metropolitana de Fortaleza. A aeronave, de prefixo PP-SRK, aproximava-se para efetuar seu pouso sob uma fina chuva na cidade de Fortaleza, quando se chocou contra a serra da Aratanha provocando 137 mortes. Foi o mais grave acidente da aviação comercial brasileira na época. O avião, que havia decolado do aeroporto de Congonhas em São Paulo e feito escala no Rio de Janeiro, realizava o vôo 168 sem maiores problemas até bater e explodir em uma serra durante sua aproximação. Na aeronave, estava, por exemplo, o empresário Edson Queiroz, controlador do Grupo Edson Queiroz.

Quais os motivos que teriam levado um avião comercial equipado com modernos sistemas de navegação a chocar-se contra uma montanha conhecida de sua experiente tripulação, que incluía até mesmo um cearense? Algumas perguntas continuam sem resposta.

Pleno do TRE julgará novo processo que pede afastamento do prefeito de Limoeiro do Norte

Na pauta do Pleno do Tribunal Regional Eleitoral, a partir das 18h30min desta segunda-feira, mais um processo contra o prefeito de Limoeiro do Norte, João Dilmar (PRB). Também por abuso do poder econômico durante sua campanha de reeleição. O candidato derrotado, deputado estadual Paulo Duarte (PSDB), promete acompanhar o julgamento e levará, inclusive, uma caravana de eleitores. Duarte se diz confiante na Justiça Eleitoral.

É possível também que, ainda nesta noite, entre na pauta de votação o recurso do prefeito afastado de Granja, Esmerino Aruda (PSDB). O relator do agravo regimental é o juiz federal Jorge Luís Girão Barreto, que já se manifestou contra o retorno de Esmerino na última sessão do Pleno. Nessa ocasiaão, no entanto, o desembargador Luís Gerardo Brígido pediu vistas. A matéria só entrará na pauta desta segunda-feria dependendo da conclsuão de análise feita pelo desembargador.

Esmerino foi afastado sob acusação de abuso do poder econômico e uso irregular dos meios de comuicação de massa durante a campanha contra Romeu Aldigueri (PPS), que assumiu a prefeitura.

PT/Ceará – Reeleição de Ilário Marques é questionável

ilariook

O caso do atual presidente do PT de Fortaleza, Raimundo Ângelo, que está impedido legalmente de postular mais um mandato por força do estatuto do partido, deve se estender a outro flanco. Consultas foram feitas ao Diretório Nacional sobre a situação do atual dirigente estadual, Ilário Marques, e, tudo indica, ele também estaria inelegível, assim como todos os dirigentes que têm ocupado cargos na Comissão Executiva há três mandatos.

A corrente Democracia Socialista já se prepara para substituir e apresentar o nome do Antônio Carlos (hoje Secretário-Geral do PT Estatual) para o comando em Fortaleza, indicando Raimundo Ângelo para vaga na executiva estadual.
 
E o caso de Ilário Marques? Segundo fontes petistas, se Raimundinho não pode, o Ilário também não. Ilário era membro da executiva na gestão do hoje deputado federal José Airton (substituído por Sônia, que hoje ocupa cargo no Governo do Estado), depois participou da executiva em que Cartaxo (Secretário de Cidades) foi presidente e, por fim, a atual gestão em que foi eleito presidente.

É por essa situação que se vê o silêncio na cúpula sobre o caso de Raimundinho. Ninguém quer comentar isso porque avalia-se que Ilário seria o único nome capaz de impedir que o grupo político DR volte à presidência e comande o Partido nas negociações visando a reeleição de Cid Gomes, a indicação do vice-governador e de um nome forte para o Senado objetivando derrotar Tasso Jerissati.
 
A tese a ser defendida junto ao Diretório Nacional é que o cargo de presidente não faz parte da Comissão Executiva. Isto porque o presidente é eleito em cédula separada da chapa para o Diretório. Confiam que esta situação não está ocorrendo somente aqui no Ceará. Outros estados estão apresentando o mesmo problema. Dirigentes “valorosos”, chamados “históricos” ficariam de fora das Comissões Executivas. A solução seria o Diretório Nacional dar uma interpretação para este artigo do estatuto que garanta a este dirigentes continuarem comandando o partido, comentaram lideranças petistas para o Blog.

Carro terceirizado em passeio não oficial. Pode?

cazrrokombi

De um leitor recebemos a seguinte nota:

Caro Eliomar,

Neste domingo, por volta de 11 horas, na avenida Godofredo Maciel próximo à lagoa da Maraponga, a Kombi – de placas HXF 2137, circulava, tudo indica, não a serviço do Governo do Estado (Cagece, para ser mais exato), mas a passeio.
Desconfiei porque, vindo logo atrás, fui surpreendido por uma criança, que jogava lixo pela janela do veículo.
Logo, se estivesse a serviço, não deveria ter criança no seu interior. Apesar de não pertencer ao Estado, o carro deve estar locado à Cagece. No parachoque consta como a gente pode ver, a expressão: Uso restrito em serviço.

Estou equivocadso ou, nesse caso, pode?
Abraços

F. Júnior.

OUTRO LADO

A assessoria de imprensa da Cagece esclarece que, de fato, carro terceirizado da empresa não pode execer outras atividades fora as que estão previstas em contrato. Mas admite que a presença de crança nessa kombi pode ter relação com atividade social que a empresa realiza aos domingos por meio de uma escola infantil de futebol.

MST ocupa sede do Incra em Fortaleza

Trabalhadores ligados ao MST ocuparam, nesta manhã de segunda-feira, a sede do Incra, que fica na avenida José Bastos, em Fortaleza. São cerca de 500 trabalhadores que reivindicam mais recursos do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera).

Lideranças do MST dizem que só saem do local com resposta concreta. A iniciativa ocorre também em outros Estados.

Caseiro que denunciou Palocci vive de “bicos”

palocci1

O caseiro Francenildo Costa, 27, cujo depoimento à CPI dos Bingos derrubou o ministro Antonio Palocci (PT), em 2006, hoje trabalha de bicos. Diz esperar que a Justiça decida sobre a ação por danos morais que move contra a Caixa Econômica e a Editora Globo pela quebra e divulgação de seu sigilo bancário -segundo ele, uma operação que visava desacreditá-lo. Em entrevista à Folha de São Paulo, Francenildo disse esperar que a Justiça adote no seu caso a rapidez que usa no inquérito do STF.

Como o sr. define a sua situação hoje, passados três anos do depoimento?

Dá para levar. Estou trabalhando, fazendo uns bicos por aí para poder comer o arroz no final da tarde.

A Justiça ainda nada definiu a respeito da ação de indenização que o sr. moveu. Como o sr. vê o assunto?

 Já me dei conta de que a rapidez da Justiça demora. Eu tô praticamente ansioso. Tô trabalhando. Tentando trabalhar, estudar e deixar isso um pouco de lado. Não ficar em cima, em cima, porque já sei que a Justiça demora um pouco. Mas tô por aí, tô correndo atrás.

O processo está lento?

É. Com certeza.

O que aquele vazamento da sua conta bancária provocou na sua vida?

Esse vazamento foi o que me chocou bastante.Porque se eu soubesse que ia chegar a esse ponto o jogo sujo deles, eu não tinha falado. Eu não me arrependeria de não falar o que eu sabia. Mas na hora eu pensei, “Vou sair na mídia, nos canais, nos jornais, mas vou encarar”. Mas se eu pensasse que eles jogassem tão sujo igual eles jogaram, invadiram minha vida. Porque ficar de olho assim, na rapidez que foi divulgada minha convivência com o meu pai. Eu não queria que isso acontecesse.Até a família, parentes ficaram duvidando do dinheiro. Porque ninguém sabia [do pai biológico], eu não tinha contado para ninguém. O que me prejudicou bastante foi isso aí, a questão da quebra do sigilo.

E até hoje?

Com certeza. Ocorre de eu andar na rua de boné. A gente bota um boné na cabeça e algumas pessoas ainda conhecem. Esses dias fui trabalhar e esqueci de levar o boné e, dentro do ônibus, uma mulher ficou mencionando:  “Olha lá, o caseiro do Palocci”. Aí tive que ir lá pro fundo do ônibus e descer para poder pegar outro ônibus. Eu não gosto dessas coisas, fico meio angustiado. Fico calado, fico na minha.

O sr. se arrependeu de ter falado aquilo que presenciou?

Se eu soubesse que eles iriam fazer o que fizeram comigo, eu me arrependeria de ter falado. Porque eu pensava que “vou falar o que sei, e pra mim não vai dar em nada, por causa que eu tô falando a verdade”. […] Agora, a questão da quebra foi uma sacanagem mesmo que fizeram.

Por outro lado, as coisas que o sr. falou ajudaram a revelar questões de interesse público. O sr. leva isso em conta também e vê algum lado positivo em seu depoimento à CPI?

Com certeza. [Antes] Estava aquela confusão. Era só mentira pra cá, mentira pra lá. Tinha que chegar e falar a verdade.

O sr. esperava que eles agiriam contra o sr.?

Eu sabia, eu esperava que isso iria acontecer. É muita puxação de saco.

Como o sr. vê, até agora, o andamento do seu processo, o juiz já conversou contigo?

Eu tô meio assim querendo acreditar ou não. Porque eu vou esperar que Deus, que a Justiça, vai condenar ou não. Vou apostar minhas fichas nela [na Justiça].Algumas pessoas precisam da Justiça para fazer assim e assim. Agora chegou a minha vez. Se ela vai me igualar a ele [Palocci] ou vai chegar ao ponto de “não, ele é o ministro, ele [Francenildo] é só um caseiro. Vamos dar preferência a ele [ministro], vamos deixar ele [caseiro] assim num canto”.Só espero que ele não possa ter essa regalia igual teve com ele na época do extrato. Botou extrato na imprensa, a regalia dos próprios funcionários da Caixa também. A rapidez de “olha, o negócio dele [caseiro] é isso aqui, ele tem assim e assim”. Eu espero que a Justiça não veja por esse lado também.

O que o sr. espera do julgamento sobre o papel do ministro Palocci no caso?

Espero que seja feita, né? Seja feita a Justiça, venha uma condenação. Eu vou ter confiança nela. Vamos ver o que que vai dar aí.Mas estou bastante confiante que vai rolar alguma coisa. Eu vou ficar meio chateado se a Justiça não me comparar com ele, tudo no mesmo nível, mesmo balaio, dez quilos pra lá, dez quilos pra cá. Agora, se bota dez quilos, e pro outro bota dois quilos…

O sr. acha que, se ele escapar do processo, isso influenciará na ação que o sr. move?

Com certeza. Porque aí, se absolve ele, quem foi que quebrou [o sigilo]? Foi só o funcionário da Caixa, é do interesse dele? Não tem como.”Ah não, ele não é o culpado”. Então quem foi? Quem foi que passou o extrato para a imprensa? Quem foi essa pessoa? Um dia essa pessoa vai ser descoberta. O extrato não tem condições de sair de um caixa, passar em um restaurante, do restaurante fazer uma ponte aérea e cair lá na casa do ministro. Não tem como.

O sr. teme que a Justiça acabe não apontando nenhum culpado e que isso fique no ar.

Isso. É o que eu menos espero. Esse mundo está feito para tudo, né?

Se houver a notícia da exclusão dele do processo, como está sendo comentado, como o sr. receberá a notícia?

Rapaz, eu vou ficar assim meio derrotado. Por causa que a única coisa que se deve confiar é nela [Justiça].Faz três anos já e o negócio não dá em nada. Então a quebra do sigilo vai ser natural para qualquer pessoa. [O sigilo] não tem valor mais.

E no caso da condenação?

Aí eu vou acreditar na Justiça, que ela existe. Vou acreditar nela. “Não, hoje não é só pobre que é condenado, rico também é condenado”. Mas eu quero ter a certeza.

Está se falando que, se ele escapar da condenação no Supremo, ele se lançaria candidato ao governo de São Paulo. Como o sr. recebe essa notícia?

Isso aí eu já vi passando na própria imprensa também, que [ele] está querendo se candidatar. Meu voto mesmo ele não vai ganhar. Então, para mim, não tem diferença, não.

O sr. acha que ele teria o direito de se candidatar?

Nós estamos no Brasil, e no Brasil hoje em dia acontece de tudo em termos de política. O cara apronta, apronta, e ainda sai livre da acusação, é candidato, faz o que quer. Isso é a política do Brasil.

Em 2002, o sr. votou em Lula. Repetiu o voto em 2006?

Não.

O que sr. achou da posição do governo no episódio?

Praticamente negativa. Eu pensava que ia ter um apoio do próprio governo.
Mas já na base da matéria em que ele [Lula] falou, no começo, sobre a minha pessoa:  “Ah, é um simples caseiro”. Isso também me deixou muito chateado. Se tinha um pessoa que eu admirava tanto era ele, votei nele duas vezes, no primeiro e no segundo turno. Uma pessoa trabalhadora. Hoje, para mim, é como qualquer pessoa comum.  Se depender de mim, do meu voto, não tem mais, não.

O sr. contou as coisas ruins, mas recebeu algum apoio pelo que fez?

É, tem alguns que me encontram na rua, chegam, dão parabéns. Mas tem uns que ficam enchendo o saco.”Ah, o caseiro do Palocci”. Estão me chamando até de “Palocci” pelos lugares que eu ando.

(Folha Online)

CPI da Petrobras quer apurar suspeita de favorecimento na área da mamona

tassojerat

“A suspeita de favorecimento político em convênios da Petrobras com cooperativas agrícolas no Nordeste entrou na mira da CPI que investigará as denúncias contra a estatal no Senado. A oposição vai cobrar explicações sobre o repasse de verbas do programa de biodiesel a entidades ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e à Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag). Os senadores já estudam pedir a convocação do presidente da Petrobras Biocombustível, Mig
uel Rossetto.

A relação entre as entidades que recebem dinheiro da estatal e os movimentos políticos foi revelada ontem pelo GLOBO. Os contratos foram assinados a título de incentivo à produção de mamona, que até hoje não deu origem a um único litro de combustível. Só entre março e setembro de 2008, os repasses a três cooperativas subordinadas ao Movimento de Luta pela Terra (MLT) e à Contag somaram R$ 3,5 milhões.

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) questionou a assinatura de novos convênios de R$ 10 milhões para a produção de mamona, apesar de a Agência Nacional do Petróleo (ANP) já ter descartado o óleo sem mistura como matéria-prima do biodiesel. Rossetto firmou os contratos menos de duas semanas após assumir o cargo.”

(Globo Online)

Cid entrega equipamentos e viaturas para rede hospitalar do Interior

O governador Cid Gomes vai entregar, às 9h30min, durante solenidade na Escola de Saúde Pública (Bairro Meirelles), em Fortaleza), viaturas e equipamentos para a rede hospitalar do Interior do Estado. 

Isso ainda é resultado de convênios fechados pela gestão passada na área quando estava na ativa o Programa Saúde Mais Perto de Você.

Juazeiro do Norte, por exemplo, vai ganhar duas kombis que serão utilizadas na ação da Vigilância Sanitária do município e um aparelho de ultrassonografia. O secretário municipal da Saúde, Giovani Sampaio, participa do ato.

PDT fará festa dos 30 anos aguardando filiação de deputado tucano

O PDT do Ceará fechou o programa comemorativo dos seus 30 anos de atividades. Segundo informa para o Blog o presidente regional da legenda, a festa ocorrerá em dois encontros regionais: dia 9 de julho em Juazeiro do Norte e dia 10 de julho em Fortaleza.

O ministro Carlos Lupi (Trabalho e Emprego), presidente nacional licenciado, virá para esses encontros.

Em Fortaleza, conforme Figueiredo, Lupi deve abonar a ficha de filiação do deputado estadual tucano Delegado Cavalcante. “Nós estamos conversando sobre isso com o parlamentar”, adiantou o dirigente pedetista.

Copa 2014 – Prefeita participa de seminário da Fifa e da CBF no Rio

luizanni

A prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), viajou na madrugada desta segunda-feira para o Rio de Janeiro. Ali, participará de seminário que a Fifa e a CBF promoverão, até quarta-feira com representantes das 12 subsedes da Cpa 2014, no qual estará em discussão o calendário das obras necessárias para a infraestrutura do certame. Luizianne viajou levando debaixo do braço um relatório completo das ações.

Ela disse que participará do encontro até terça-feira e que de lá seguirá para cumprir agenda de contatos ministeriais em Brasília. Nesse seminário, serão apresentadas, por exemplo, as obras de reforma por que passarão os estádios do  Castelão e Presidente Vargas, conforme a prefeita. O ex-secretário dos Esportes, Roberto Gomes, que acompanhou o processo, já se encontra no Rio para o evento.

Sobre o novo secretariado, que foi anunciado no último sábado durante entrevista coletiva no Paço Muicipal, Luizainne disse que terá condições de fazer a gestão deslanchar. Ela rebateu a tese de que optou por uma equipe conservadora. Disse que optou por técnicos como Fernando Bezerra, que ocupa a presidência da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC). A prefeita chegou em cima da hora do vôo.

DETALHE – O  secretário dos Esportes do Estado, Ferrúcio Feitosa, já se encontra no Rio para participar do seminário da FIfa/CBF sobre Copa 2014.

Por causa de Dilma, PT poderá apoiar Ciro para o governo de São Paulo em 2010

cirogloo2

Disposto a consolidar ampla coligação em apoio à ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), o comando do PT fixou como estratégica a costura de alianças nos seis principais Estados do país, ainda que à custa do sacrifício dos próprios petistas. Para viabilizar a campanha de Dilma à Presidência, o PT nem sequer descarta a hipótese de renunciar à candidatura em São Paulo -berço da sigla- em favor do lançamento do nome de Ciro Gomes (PSB-CE) ao governo do Estado.

Para Minas, prega o apoio ao peemedebista Hélio Costa, em detrimento de dois petistas: o ministro Patrus Ananias (Desenvolvimento Social) e o ex-prefeito Fernando Pimentel.
Hoje ministro das Comunicações, Hélio Costa, poderia ser convidado para a vice de Dilma, caso o atual governador Aécio Neves (PSDB) ocupe a vice de José Serra (PSDB) na corrida presidencial. Do contrário, a intenção da cúpula petista é lançar Hélio Costa para o governo, numa composição em que o PT concorreria ao Senado.

“Em São Paulo, o PT pode abrir mão do candidato se isso criar uma situação de expansão da aliança. Se o Ciro quiser ser candidato ao governo, se o [presidente do PMDB, Orestes] Quércia quiser, o PT pode discutir. Em Minas, seria bem mais fácil”, admitiu o líder do PT na Câmara, Cândido Vaccarezza, em consonância com Antonio Palocci e José Genoino.

“Temos que trabalhar com partidos potencialmente aliados para avaliar qual será o cenário necessário para viabilizar uma coligação grande de apoio a Dilma”, justificou o presidente nacional do PT, Ricardo Berzoini, para quem seria “contraditório” o rompimento do PT com o PMDB do Rio de Janeiro. Além de São Paulo, Minas e Rio, o PT elegeu como fundamentais acordos no Paraná, no Rio Grande do Sul e na Bahia.

No Paraná, o cenário apontado como ideal é de lançamento do senador Osmar Dias (PDT) ao governo, oferecendo ao governador Roberto Requião (PMDB) vaga para o Senado. Na Bahia, o PT investe na reaproximação do governador Jacques Wagner (PT) com o ministro Geddel Vieira Lima (Integração Nacional). Para o Rio Grande do Sul, idealiza dois palanques para Dilma, do PMDB e do PT, mesmo que o preço seja o isolamento dos petistas no Estado.

Na sexta-feira, ao discursar no encontro da corrente CNB (Construindo o Novo Brasil), a maior do partido, o ex-ministro José Dirceu usou, segundo participantes, a expressão “enfiar a faca” para eliminação de resistência à construção de ampla aliança em torno de Dilma. Escolhido candidato da corrente à presidência do PT, o presidente da BR, José Eduardo Dutra, foi mais brando: “O foco é a eleição de Dilma”.

O assédio a Ciro foi enfaticamente defendido durante a reunião. Nascido em Pindamonhangaba (SP) e com domicílio eleitoral no Ceará, Ciro teria de transferir o título para São Paulo. Seu nome é hoje cotado para a Presidência, mas não conta com apoio integral do PSB. Para atrair o PSB, Berzoini defende a reedição de alianças em Pernambuco, no Ceará e no Rio Grande do Norte.”

(Folha de São Paulo)

Justiça notifica nesta 2ª feira professores estaduais sobre ilegalidade da greve

O Sindicato Apeoc deverá ser notificado, nesta segunda-feira, de decisão tomada pelo juiz da 2ª vara da Fazenda Pública, Francisco Chagas Barreto Alves, decretando a greve dos professores estaduais como  ilegal. O juiz determinou ainda que a categoria deve voltar ao trabalho assim que forem comunicados oficialmente sob pena de aplicação de uma multa no valor de R$ 100,00 por profissional e mais R$ 10 mil para o Sindicato Apeoc, caso a decisão não seja cumprida.

A presidente do Sindicato Apeoc, Maria da Penha Alencar, informou que a entidade vai recorrer. O prazo para essa medida é de cinco dias. A greve dos docentes começou no dia 15 de maio e, conforme Penha, haverá assembleia geral da categoria na quarta-feira, no ginásio Aécio de Bobra. Os professores reivindicam melhorias salariais e, principalmente, o pagamento da progressão horizontal transformada pelo Estado em abono.

Estrangeiro preso no aeroporto quando tentava embarcar com droga

Um espanhol foi preso na madrugada desta segunda-feira no Aeroporto Internacional Pino Martins. Segundo a Polícai Federal, que efetuou a prisão, ele tentou embarcar com droga para o Cabo Verde.

A PF não deu mais detalhes e conduziu o estrangeiro para a sede da Superintendência Estadual da Corporação, onde prestará depoimento e permanecerá preso para investigações.

Escolas começam a escolher livros didáticos 2010-2012 a partir desta semana

“O período para que professores e diretores de escolas públicas escolham as obras que serão usadas pelos alunos no período de 2010 a 2012 começa nesta segunda-feira. O Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) vai oferecer publicações para estudantes do 1° ao 5° ano do ensino fundamental da rede pública. A escolha deve ser feita via internet, no site do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) até 28 de junho.
 
Segundo o fundo, os livros já estão adaptados ao novo acordo ortográfico. Para o 1° e o 2° ano do ensino fundamental, as obras a serem escolhidas são de letramento e alfebtização linguística e alfabetização matemática. Do 2° ao 5° ano, deverão ser selecionados livros de geografia, história e ciência. Língua Portuguesa e Matemática são as disciplinas disponíveis para os alunos do 3° ao 5° ano, além de obras de história e geografia regional para estudantes do 4° ou 5° ano.
 
Para orientar a escolha, o fundo elaborou o Guia do PNLD 2010 que traz um resumo de todos os livro didáticos disponíveis. O material foi enviado às escolas e também está disponível na internet.
 
A cada novo processo de escolha dos livros didáticos é comum a maioria dos gestores deixar para registrar suas escolhas no último dia do prazo, o que causa congestionamentos no sistema do FNDE. Para evitar o problema, este ano o fundo promove o concurso Escolha Premiada, que vai distribuir prêmios para as três escolas de cada município que mais rapidamente registrarem sua opção. Serão distribuídos 52 acervos com 559 obras do Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE).”

 

(Agência Brasil)

Futuro presidente da CNI circulou por Fortaleza

“Quem passou o fim de semana em Fortaleza foi o futuro presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade. Ele é o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) e está como candidato único ao comando da CNI. Robson conta com apoio do atual presidente da entidade, o deputado federal Armando Monteiro (PTB-PE) e vem costurando a formação de uma chapa representativa de todas as regiões para evitar surpresas até a data do pleito, previsto para maio de 2010. Robson Andrade, entre alguns compromissos, conferiu, na última quinta-feira, no La Maison Dunas, a festa da Fiec que comemorou o Dia da Indústria.”

(Coluna Vertical)

Susto – Pai e filho somem enquanto praticavam windsurfe

“Os praticantes de windsurfe Eliseu Barroso, 47, e Elias Saraiva, 19, pai e filho, levaram um susto na tarde do último sábado, na praia do Cumbuco, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. Eliseu passou três horas no mar. Seu filho conseguiu retornar somente oito horas depois.

De acordo com Eliseu, ele e seu filho estavam há aproximadamente três quilômetros da praia quando o vento subitamente parou, por volta das 17 horas.

Os dois ficaram sem ter como retornar à praia utilizando o vento. “Foi logo depois de uma chuva, quando deu o que chamamos de vento de chuva e, logo depois, uma parada”, explica.

A única alternativa para os dois foi voltar para a praia nadando e rebocando o equipamento, que consiste em uma grande prancha com uma vela.

Mas a correnteza arrastou os dois para a praia do Pecém. Eliseu conseguiu chegar à praia às 20 horas. Elias passou bem mais tempo. Foi localizado depois de uma hora da madrugada.

Assustada com a demora, a família em terra acionou o Corpo de Bombeiros Militar, que realizou um trabalho de buscas na área. Felizmente, os dois voltaram com segurança à praia. “Foi desagradável ficar no mar à noite. Mas o mar daqui é quente e a experiência contou muito. Pratico há mais de dez anos. E estávamos com colete salva-vidas”, destaca Eliseu.

Ontem, ele e o filho já estavam de volta ao mar do Cumbuco praticando o esporte. “Só aconteceu de ficarmos muito tempo no mar porque faltou vento. O windsurfe é um esporte seguro quando se segue regras. Uma delas é nunca velejar só. Assim um ajuda o outro”, garante Eliseu.”

(Jornal O POVO)

Lei que permite comércio aberto aos domingos em debate na Assembleia nesta 2ª feira

nelson

Por iniciativa do deputado estadual Nelson Martins (PT), será realizada nesta segunda-feira, às 10 horas, na Sala de Comissões Técnicas da Assembleia Legislativa, uma audiência que discutirá a polêmica em torno da Lei Municipal de Abertura do Comércio de Fortaleza aos domingos e nos feriados. 

A lei é questionada na Justiça pelos empresários, que a veem como inconstitucional por exigir acordo prévio entre a categoria e os comerciários. Já esse segmento, por sua vez, denuncia exploração e não pagamento de obrigações. A lei foi sancionada festivamente pela prefeita Luizianne Lins, mas o comércio vem abrindo nesse período por força de liminar.

Para a audiência pública, foram convidados representantes do Sindicato dos Comerciários, do Sindicato dos Lojistas, da Federação do Comércio do Estado e da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza, segundo informou para o Blog, nesta tarde de domingo, o líder do governo, Nelson Martins.