Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Setor de serviços cresce 6,6% em junho

O volume do setor de serviços fechou o mês de junho com crescimento de 6.6% em relação a abril (livre de influências sazonais), registrando a maior expansão da série histórica iniciada em 2011. O resultado foi divulgado hoje (14), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e reverte a queda de 5% registrada em maio – quando ocorreu a greve dos caminhoneiros.

Mesmo com o crescimento de junho frente a maio, o setor de serviços fecha os primeiros seis meses do ano negativo em 0,9%, inferior à queda acumulada até maio, que era de -1,3%. Em relação a junho de 2017 (sem ajuste sazonal), o volume de serviços avançou 0,9%, registrando a segunda taxa positiva do ano nessa comparação.

O acumulado nos últimos 12 meses passou de -1,6% em maio para -1,2% em junho, mantendo a trajetória ascendente iniciada em abril de 2017, quando a taxa era negativa em 5,1%.

Atividade de transportes puxa crescimento

A expansão de 6,6% no setor de serviços de maio para junho reflete o avanço em quatro das cinco atividades pesquisadas pelo IBGE, no âmbito da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), e foi puxado, principalmente, pelo setor de transportes, serviços auxiliares aos transportes e correios, que cresceu 15,7% em junho, eliminando a perda de 10,6% de maio, “representando a expansão mais intensa da série histórica”, disse o IBGE.

O segmento de transporte terrestre também alcançou a maior taxa da série ao crescer 23,4% em junho, impulsionado pelo aumento na receita das empresas de transporte rodoviário de carga, que representam 59,7% dos transportes terrestres.

Os demais resultados positivos vieram dos ramos de serviços de informação e comunicação (expansão de 2,5%), de outros serviços (3,9%) e de serviços profissionais, administrativos e complementares (0,4%).

A única exceção entre as cinco atividades foi a de serviços prestados às famílias que recuaram 2,5% e assinalaram a segunda taxa negativa seguida, acumulando perda de 3,8%.

Ainda na série com ajuste sazonal, a média móvel trimestral subiu 0,8% frente ao mês anterior, recuperando parte da perda verificada no trimestre encerrado em maio (-1,4%).

Primeiro semestre

A queda de 0,9% no resultado acumulado no primeiro semestre do ano, frente a igual período de 2017, reflete taxas negativas em três das cinco atividades e em 58,4% dos 166 tipos de serviços analisados.

Entre as atividades, os serviços de informação e comunicação e os profissionais, administrativos e complementares tiveram os principais impactos negativos sobre o índice global. No primeiro caso, a queda foi de 2,0% e, no segundo, de 2,1%.

Resultados regionais

Regionalmente, o crescimento de 6,6% no setor de serviços de maio para junho deste ano reflete expansão em 22 dos 27 estados.

Dentre os resultados positivos, o destaque é para São Paulo, o principal parque fabril do país, com crescimento de 4,6% na série dessazonalizada – a alta mais intensa desde o início da série histórica iniciada em janeiro de 2011.

Outros resultados positivos vieram de Minas Gerais, com crescimento significativo (9,8%); Paraná (10,1%); Rio de Janeiro (3,6%); Mato Grosso (22,6%); e Bahia (9,7%), todos revertendo as quedas de maio em função da paralisação dos caminhoneiros.

Já em relação a junho de 2017, o aumento do volume de serviços no Brasil (0,9%) foi acompanhado por apenas 8 das 27 unidades da federação, com São Paulo (1,7%), Rio de Janeiro (3,8%), Minas Gerais (3,5%) e Distrito Federal (5,9%) exercendo os principais impactos positivos.

Já os impactos negativos mais importantes ficaram com o Ceará (-8,5%), Rio Grande do Sul (-2,8%), Paraná (-2,3%) e Espírito Santo (-8,0%).

Atividades turísticas

O índice de atividades turísticas avançou 1,0% na passagem de maio para junho de 2018, recuperando parte da perda de 1,6% registrada no mês anterior.

Regionalmente, sete das doze unidades da federação acompanharam o movimento de crescimento, com destaque para São Paulo que, ao avançar 2,7% no mês, acumulou ganho de 15,4% entre março e junho.

Outros impactos positivos vieram do Rio de Janeiro (1,0%) e Distrito Federal (4,7%). As atividades turísticas de Paraná (-3,1%) e Santa Catarina (-2,7%) mostraram os recuos mais importantes, com ambos acumulando perda de 5,9% nos dois últimos meses.

(Agência Brasil)

Fortaleza deve receber Zona Econômica de Alta Tecnologia

Da Coluna O POVO Economia, da jornalista Neila Fontenele, no O POVO desta terça-feira:

Fortaleza deve receber a Zona Econômica de Alta Tecnologia (Zeat). Há entendimentos avançados entre a Coworking Serviços Compartilhados Ltda, empresa responsável pelo projeto no Brasil, e a Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação da Prefeitura (Citinova).

A Zeat trabalha em parceria com empresas e universidades americanas e brasileiras, oferecendo mentoria em negócios e tecnologia. Já há conversas com investidores para a criação de um fundo privado (o FA-ZEAT), com o apoio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico.

(Foto – Roniere Almeida)

Plano de governo de Bolsonaro apregoa reforma da previdência, reforma tributária e privatizações

O candidato a presidente da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, decidiu apresentar um plano de governo enxuto à Justiça Eleitoral. Segundo a Coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta terça-feira, o documento vai elencar as diretrizes do programa elaborado pelo economista Paulo Guedes, guru do capitão da reserva.

O texto vai defender, por exemplo, um pacto federativo, reforma da Previdência, reforma tributária e privatizações. Metas detalhadas, traçadas com base em projeções de Guedes, não foram colocadas no papel.

(Foto – Reprodução de TV)

A volta do cipó no lombo de Jorginho

314 1

Com o título “A volta do cipó no lombo de Jorginho”, eis comentário feito, nesta terça-feira, na Rádio O POVO/CBN, pelo jornalista Juca Kfouri, acerca da demissão do técnico Jorginho, aquele que alegou problemas particulares para abandonar o Ceará. Confira:

O técnico Jorginho foi demitido ontem do Vasco depois de apenas dez jogos com quatro vitórias, um empate, cinco derrotas e eliminação na Copa Sul-Americana. Com isso o auxiliar de Dunga na Copa do Mundo de 2010 vai acumulando fracassos e sente na pele a dor da infidelidade.

Contratado pelo Ceará no dia 21 de maio passado, ele ficou durante apenas 15 dias e três derrotas no clube nordestino quando alegou problemas pessoais e pediu demissão no dia 4 de junho. Eis que no dia seguinte assinou com o Vasco e agora recebe do clube cruzmaltino o mesmo tratamento que dispensou ao cearense.

O tempo a mais que durou em São Januário se deve ao período de um mês desfrutado com a interrupção do Campeonato Brasileiro na Copa do Mundo. Melhor retrato da mediocridade do futebol brasileiro é impossível.

Treinadores tratam os clubes com o mesmo desrespeito com que são tratados. E quem sofre com isso são os torcedores.
Aguardemos para saber quem será o próximo clube a desrespeitar Jorginho ou a ser desrespeitado por ele.

*Juca kfouri

Jornalista.

(Foto – Matheus Dantas, O POVO)

CAACE leva benefícios a subsecções de cinco municípios

O presidente Erinaldo Dantas abriu, nessa segunda-feira, a programação de encontros na Subsecção de Itapipoca, onde fez um balanço da gestão detalhando todas as iniciativas e projetos implantados, bem como aqueles que estão previstos para os próximos meses. Na oportunidade, foram colocados à disposição dos advogados e advogadas serviços gratuitos como vacinação, massoterapia, dentre outros. A mesma agenda será cumprida nas subsecções de Crateús, nesta quarta-feira, 15, às 9 horas, e de Canindé, na quinta-feira, 16, às 14 horas.

Nesta terça-feira, o presidente da CAACE estará em mais dois municípios inaugurando Salas de Apoio que receberam móveis e equipamentos como computadores, impressoras e scaners. As salas funcionarão nos fóruns das cidades de Uruoca e Reriutaba, onde as inaugurações acontecerão às 9 e 15 horas, respectivamente.

Para o presidente Erinaldo Dantas, a iniciativa “é muito importante por ser mais uma oportunidade para mostrar o que a gestão tem feito e, ao mesmo tempo, ouvir a categoria, sempre com foco na principal missão da CAACE de proporcionar melhores condições de trabalho.”

VAMOS NÓS – Erinaldo Dantas é um dos pré-candidatos a presidente da OAB do Ceará.

TCE alerta prefeitos e presidentes de Câmaras Municipais sobre envio de relatórios

Alô, senhores prefeitos e presidentes de Câmaras Municipais, Os senhores têm até esta terça-feira para enviar ao Tribunal de Contas do Ceará dois relatórios exigidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Os prefeitos precisam remeter o Relatório Resumido da Execução Orçamentária (RREO) do terceiro bimestre deste ano, enquanto so dirigentes dos Poderes Municipais com menos de 50 mil habitantes devem entregar o Relatório de Gestão Fiscal (RGF) do primeiro semestre do atual exercício.

Os documentos, segundo a assessoria de imprensa do TCE,  necessitam conter informações que possibilitem a análise sobre determinados aspectos da gestão municipal, como o atendimento a percentuais constitucionais de gastos com educação e saúde bem como os limites de gastos com pessoal.

No RGF os gestores devem apresentar demonstrativos de despesa com pessoal, da dívida consolidada líquida, das garantias e contragarantias de valores, das operações de crédito, da disponibilidade de caixa e dos restos a pagar e, também, um demonstrativo simplificado do referido relatório.

Já o RREO contempla vários demonstrativos, dentre eles o balanço orçamentário e os seguintes demonstrativos: da execução da despesa por função/subfunção; da receita corrente líquida; das receitas e despesas previdenciárias do regime próprio de previdência dos servidores públicos; do resultado nacional; dos restos a pagar por Poder e órgão; de receitas e despesas com manutenção e desenvolvimento do ensino; de receitas de operações de créditos e despesas de capital; da projeção atuarial do regime próprio de previdência dos servidores; da receita de alienação de bens e outros ativos e respectiva aplicação; de parcerias público-privadas e da receita de impostos líquidos e das despesas próprias com saúde.

DETALHE – O não cumprimento do prazo pode ensejar a aplicação de multas bem como acarretar a suspensão do recebimento de transferências voluntárias do Estado ou da União.

Partido Novo vai pedir a impugnação da candidatura de Lula

O Partido Novo já prepara um pedido de impugnação da candidatura do ex-presidente Lula. A sigla vai apresentá-lo assim que o Tribunal Superior Eleitoral publicar o registro do PT. Segundo informa a Folha de S.Paulo, por meio da Coluna Painel, desta terça-feira, a peça dirá que a presença do petista na disputa é inconstitucional.

O Novo sustenta sua tese no artigo 77 da Constituição e diz que este trecho deveria vedar a participação de Lula no pleito, mesmo sub judice. Não cabe comparação com outros casos, diz a sigla, porque o cargo de presidente tem tratamento diferenciado no texto constitucional.

O pedido do Novo pode levar o debate sobre o caso de Lula para o STF.

Mesmo com Lula preso, o PT avisa que oficializará a candidatura

(Foto – Lula Marques, da Agência PT)

Ciro, Camilo e as obras paradass

Acquario Ceará, que deve ser concluído pelo Grupo M. dias Branco.

Da Coluna Política, do O POVO, assinadas pelo jornalista Érico Firmo, eis o tópico “Ciro, Camilo e as obras paradas”. Confira:

Além da proposta de limpar o nome de devedores no SPC, Ciro Gomes (PDT) também falou, no debate da TV Bandeirantes, sobre obras paradas. Oportuno que trate disso no âmbito nacional, porque há muito a discutir no Ceará. Coisa do tempo em que o irmão de Ciro e candidato a senador, Cid Gomes (PDT), era governador. Obra que parou porque começou sem garantias, sem viabilidade.

Em um dos casos, mal dá para dizer que é obra parada. Porque a Linha Leste do metrô nem começou de fato. Certo, houve gasto de centenas de milhões nos enferrujados “tatuzões”. Mas não se fez nada além de degradar algumas áreas públicas isoladas para a obra, que passaram anos fechadas e sem receber um tijolo.

Outro caso foi o Hospital Regional do Sertão Central, em Quixeramobim. Cid inaugurou, mas o equipamento levou inacreditáveis três anos até começar a funcionar parcialmente.

E há o caso do aquário da Praia de Iracema. Sobre esse, finalmente há promessa de pelo menos encaminhar solução. O grupo M. Dias Branco assumirá a obra. Não há detalhes ainda sobre os termos da parceria.

Há mais de ano, Camilo queria que a iniciativa privada assumisse o investimento. Aliás, nunca ficou claro por que cargas d’água coube ao poder público o empreendimento. O fato é que empresários duvidavam da viabilidade.

Do que se sabe, o grupo resolveu assumir porque receberá, também, possibilidades de explorar do ponto de vista imobiliário aquela fatia da Praia de Iracema. Claro, o grupo não entraria nessa a troco de nada. Porém, para desempacar um investimento público que se revelou equivocado, é entregue à iniciativa privada a possibilidade de manejo de área tão valiosa para Fortaleza.

(Foto – Fábio Lima)

Aposentados começam a receber neste mês a primeira parcela do 13º

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começam a receber, ainda este mês, a antecipação da primeira parcela do abono anual, o décimo-terceiro salário. O depósito do benefício será feito na folha do INSS, entre os dias 27 de agosto e 10 de setembro, conforme a Tabela de Pagamentos de 2018.

Terão direito à primeira parcela do abono anual 30 milhões de beneficiários. O governo federal estima que a antecipação vai injetar na economia aproximadamente R$ 20,6 bilhões, nos meses de agosto e setembro. A primeira parcela corresponde a 50% do valor do décimo terceiro.

Não haverá desconto de Imposto de Renda (IR) na primeira metade do abono. De acordo com a legislação, o IR sobre o décimo terceiro somente será cobrado em novembro e dezembro, quando for paga a segunda parcela.

Aposentados e pensionistas receberão 50% do valor do benefício. A exceção é para quem passou a receber o benefício depois de janeiro de 2018. Nesse caso, o valor será calculado proporcionalmente.

Quem recebe

Por lei, tem direito ao décimo terceiro quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade. No caso de auxílio-doença e salário-maternidade, o valor do abono anual será proporcional ao período recebido.

Aqueles que recebem benefícios assistenciais, como Benefício de Prestação Continuada (BPC), da Lei Orgânica da Assistência Social (BPC/LOAS e Renda Mensal Vitalícia – RMV) não têm direito ao abono anual.

(Agência Brasil)

Ex-craque Jardel vira empresário da área esportiva

747 2

O ex-jogador Jardel vai lançar, durante entrevista ao Programa do Benja, na Fox Sports, sua empresa MJJ Sportes, voltada para a realização de eventos esportivos e representação e agenciamento de atletas. Ele seguiu para o Rio de Janeiro, tendo ao lado o seu assessor, Paulo Jucá.

A empresa, de acordo com Jardel, está de vento em popa trabalhando. Negociou, inclusive, nesta semana, jogadores como Itaitinga, que atuará no futebol da Suiça, e Dudu, que foi para o Grêmio. São jovens atletas promissores, garante o agora empresário.

Jardel quer implantar em Fortaleza uma escolinha do Grêmio.

*Conheça mais sobre Jardel aqui.

(Foto – Paulo MOska)

Banco Central – Foragido é preso 13 anos depois

708 2

Um integrante do grupo que assaltou o Banco Central em Fortaleza em 2005 foi preso, nesta terça-feira, pela Polícia Militar do Distrito Federal. Adelino Angelim de Sousa Neto, conhecido como “Amarelo”, de 36 anos, foi localizado após denúncia anônima. Ele tinha um mandado de prisão em aberto e era considerado foragido. A informação é do Portal G1.

Na casa dele, no Paranoá, a polícia encontrou uma pistola calibre .380, com 12 munições. Ele estava em casa com a mulher e a filha no momento da prisão. Ele não reagiu.

Adelino será levado para a carceragem do Departamento de Polícia Especializada (DPE) ainda nesta terça-feira, onde aguardará a audiência de custódia antes de ser levado ao Complexo Penitenciário da Papuda.

(Foto – Divulgação)

Ponte desmorana na Itália de deixa dezenas de mortos

Uma parte da ponte Morandi desmoronou em Gênova, no norte da Itália, na manhã desta terça-feira (14), e deixou “dezenas de mortos” e feridos de acordo com o serviço de emergência, citado pela agência italiana Adnkronos e o jornal “Le Reppublica”. A informação é do Portal G1.

O diretor da central de emergência 118 Gênova, Francesco Bermano, afirmou que várias pessoas estão sob os escombros da ponte e que feridos já foram levados para um hospital da região. O jornal “La Stampa” afirma que 20 morreram.

A estrutura, que atravessa a cidade portuária de Gênova, estava a cerca 100 metros de altura. Ela passa por uma área densamente habitada. A maior parte do viaduto caiu no leito do córrego Polcevera, mas trechos enormes caíram nas casas, nos galpões e nas ruas abaixo. O incidente ocorreu após uma forte chuva atingir a região.

(Foto: Luca Zennaro/ANSA via AP)

Ceará tem o segundo maior volume contratado do BNB no primeiro semestre

O Ceará é o estado com o segundo maior volume financiado pelo Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), gerido pelo Banco do Nordeste (BNB), conforme balanço do primeiro semestre de 2018 divulgado pela instituição.

Até 30 de junho deste ano, foram contratados R$ 1,9 bilhão, sendo R$ 1,2 bilhão em infraestrutura e R$ 764,8 milhões para demais setores. O total é superado pela Bahia, com R$ 4,3 bilhões.

Dados após o balanço 8 de agosto apontam que o volume contratado já subiu para R$ 2,22 bilhões, dos quais R$ 1,03 são para infraestrutura. Os outros setores mais beneficiados com os recursos liberados foram comércio e serviços, indústria, rural e agroindustrial. Empréstimo à administradora do Aeroporto Internacional Pinto Martins, Fraport, ainda não entrou no cálculo. Segundo o banco, a operação de cerca de R$ 800 milhões ainda se encontra em fase final de análise.

Nas regiões de abrangência do BNB Nordeste, norte de Minas Gerais e norte do Espírito Santo , conforme o balanço, foram contratados R$ 17,4 bilhões em um total de 2,4 milhões de operações de crédito. São R$ 12,33 bilhões do recursos do FNE, sendo R$ 6,37 bilhões para o setor rural (agricultura, pecuária), agroindustrial, industrial, Comércio e Serviços e Turismo. Para infraestrutura, foram R$ 5,95 bilhões.

O aumento do volume de recursos contratados pelo Fundo, no período, ante igual de 2017, é de 93%. No ano passado, foram financiados R$ 6,39 bilhões. Se considerados apenas projetos de infraestrutura, o crescimento nas operações de crédito foi de 436%, na mesma base de comparação. Destacam-se apoio aos segmentos de portos e aeroportos (8,7% do total contratado no setor), energia (76,8%), saneamento básico e água (14,2%). Demais setores contabilizam 20,8%.

No levantamento do dia 8 de agosto, esse volume de contratações subiu para R$ 19,7 bilhões, dos quais R$ 14 bilhões com recursos do FNE e R$ 5,7 bilhões com recursos de curto prazo, sendo R$ 5,06 bilhões no âmbito do programa de microcrédito urbano (Crediamigo). Até o primeiro semestre, o volume de recursos aplicado no FNE representa um salto de 86% em relação ao desempenho de igual período em 2017.

O banco ainda obteve crescimento de 51,1% no lucro operacional no primeiro semestre, alcançando R$ 436,7 milhões. Além de alta no volume de contratações e desembolsos, Romildo Rolim, presidente do BNB, afirma que contribuíram para os resultados a redução do aprovisionamento para risco de crédito. O lucro líquido do exercício foi de R$ 231,8 milhões.

O BNB atribui às novas taxas de juros do FNE, marcadas pela inclusão do Coeficiente de Desequilíbrio Regional (CDR) na fórmula de cálculo, o impacto nos números. O CDR funciona como um redutor. Representa a diferença entre a renda domiciliar per capita das famílias da Região Nordeste em relação a renda domiciliar per capita no Brasil. Desde julho de 2018, o CDR Nordeste é 0,64, segundo o IBGE. Assim, no cálculo da parte pré-fixada das taxas do FNE, há a aplicação de um desconto de 36%, tornando as taxas mais atrativas ante outros bancos.

(Com Blog do Jocélio Leal)

Camilo cumpre agenda em Brasília nesta terça-feira

O governador Camilo Santana (PT) vai cumprir agenda, nesta terça-feira, em Brasília.

A assessoria de imprensa do Palácio da Abolição nada adiantou sobre as audiências, mas adiantou que são compromissos em ministérios e que dizem respeito a liberação de recursos para projetos em andamento.

O objetivo prioritário de Camilo é destravar a verba da Linha Leste do Metrofor.

DETALHE – Camilo iria nesta manhã de terça-feira inspecionar obras do IJF-2, mas apareceu essa viagem para Brasília. Já o prefeito trocou o IJF-2 pelas obras do Teatro São José.

Geraldo Alckmin agenda visita ao Ceará de Ciro Gomes

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta terça-feira:

O candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, agenda visita ao Ceará para o dia 10 de setembro. Entre alguns compromissos, estão atos na Região Metropolitana e, também, uma exposição do seu plano de governo no auditório da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec). Alckmin, por sinal, nesse plano, dedicará um capítulo à Região Nordeste.

Quem responde por essa parte é o economista Marcos Holanda, ex-presidente do Banco do Nordeste, engajado ao grupo do ex-presidente do BC, Pérsio Arruda, o coordenador da área econômica do tucano. Marcos, agora no PSDB, presidiu o BNB na Era Dilma, tendo como padrinho político da indicação o senador Eunício Oliveira (MDB).

Eunício atualmente se diz simpatizante de Lula, mas ainda mantendo seu poder de mando na instituição. Temer não ousa brigar com quem preside o Congresso Nacional. Vá entender essa política.

(Foto – Tiago Queiroz, do Estadão)

Ciro testa popularidade no aeroporto de Fortaleza

921 1

O candidato a presidente da República pelo PDT, Ciro Gomes, deixou Fortaleza nesta madrugada de terça-feira. Seguiu na rota de Brasília e São Paulo, onde participará de reuniões do partido e de compromissos da pré-campanha. Ciro, na Capital cearense, visitou as obras do Residencial Alto da Paz, no Vicente Pinzón, tendo ao seu lado o prefeito Roberto Cláudio, dirigente municipal pedetista.

Ciro não deu entrevista. Chegou em cima da hora do voo e com tempo apenas de posar ao lado de alguns eleitores que, com ele embarcavam. Foi muito cumprimentado e até ouviu elogios como “cabra bom!” e “Ciro competente!”.

Bastante sorridente, fez várias selfies, posou para alguns fotos e se disse confiante no trabalho eleitoral. Estava num clima paz e amor, ao lado de sua namorada, Gisele, e de assessores.

(Foto – Paulo MOska)

Rosa Weber toma posse na presidência do TSE

A ministra Rosa Weber toma posse hoje (14), às 20 horas, no cargo de presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em sessão solene no plenário da Corte. A solenidade será transmitida ao vivo pela TV Justiça e pelo canal do TSE no YouTube.

Rosa Weber será a segunda mulher a presidir o TSE em mais de 70 anos de criação do tribunal. A primeira foi Cármen Lúcia, em 2012. O primeiro desafio da ministra será a organização das eleições de outubro, que serão realizadas no dia 7.

Rosa Weber, que é ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), já ocupa a vice-presidência do tribunal e vai suceder a Luiz Fux, que concluiu período máximo de dois anos no cargo. O mandato irá até agosto de 2020.

Na mesma sessão, serão empossados os ministros Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), e Jorge Mussi, do Superior Tribunal de Justiça. Barroso assume como vice-presidente do TSE e Mussi será corregedor-geral da Justiça Eleitoral.

O TSE é formado por sete ministros, dos quais três são do STF, sendo um o presidente da Corte. Dois ministros são do STJ, um dos quais é o corregedor-geral da Justiça Eleitoral, e dois juristas que representam os advogados e são nomeados pelo presidente da República.

Nas eleições de outubro, caberá ao tribunal, além de organizar o pleito, deferir os registros de candidatura de candidatos à Presidência da República e todos os recursos que os envolvem.

(Agência Brasil)

Candidato de Bolsonaro promete governo priorizando diminuição da máquina pública e de impostos

O candidato a governador pelo PSL, advogado Hélio Gois, terá reunião, nesta terça-feira, em Brasília, com Jair Bolsonaro, postulante da legenda à Presidência da República. Hora de acertar a estratégia da campanha que, oficialmente, terá início nesta quinta-feira.

Hélio Gois seguiu com o presidente estadual do PSL, empresário Heitor Freire, que disputa cadeira de deputado federal. Os dois vão tratar sobre recursos para a campanha principalmente.

Hélio Gois, em conversa com a reportagem do Blog, aproveitou para anunciar quais são as linhas fundamentais de sua proposta para o Governo do Ceará.

DETALHE – Hélio Gois, no tempo da propaganda eleitoral gratuita, deve contar com pouco menos de 10 segundos. Mas ele diz acreditar no apoio da militância e do cidadão de bem.

Praia de Iracema: aposta acertada

279 1

Com o título “Praia de Iracema: aposta acertada”, eis o Editorial do O POVO desta terça-feira:

A requalificação da Praia de Iracema volta à ordem do dia, depois de vários ensaios, ao longo dos últimos anos. As estratégias para isso foram sendo desenhadas nesse intervalo e agora ganham densidade, envolvendo habitação, cultura, turismo, mobilidade, economia criativa, ordenamento urbano, reestruturação de vias e preservação do patrimônio histórico. A expectativa avoluma-se pari passu com a possibilidade de se ver atendida uma demanda dos amantes da cidade, tantas vezes frustrada.

Evidentemente, a cada tentativa de atendê-la, atualiza-se e amplia-se o espectro de aspirações em consonância com o desenvolvimento da realidade urbana e o surgimento de novas demandas. Pois não se trata simplesmente de recompor as antigas feições do bairro e resgatar totalmente um rosto perdido na esquina do tempo (a área, inevitavelmente, incorporou novas vocações), mas de fazer luzir cada aspecto de uma identidade sempre renovada, mas não despersonalizada. Isso requer, antes de qualquer coisa, a compreensão de que se está lidando com gente, com vida.

A partir dessa premissa, entender que é necessário tornar o bairro vivo, dotado dos serviços necessários ao cotidiano de seus moradores. Em primeiro lugar, os do âmbito direto do poder público: segurança policial, postos de saúde, delegacias de polícia, escola pública, orientação turística, internet pública, praças e espaços de lazer e recreação. Os demais – supermercados, comércio e investimentos privados, em geral -, induzidos por essas providências. Isso significa não reduzir a vida do bairro apenas à dimensão noturna. Para isso, os próprios equipamentos culturais devem funcionar como agregadores da vida comunitária, abertos a esta e adaptados ao seu ritmo cotidiano.

As pessoas precisam estar seguras de que poderão transitar livremente por suas ruas com segurança. Assim, seria possível gerar um ciclo virtuoso: investimentos atraindo consumidores e vice-versa.

Seria a forma de corrigir a distorção surgida, a partir da década de 80, quando a própria Lei de Uso e Ocupação do Solo (Luos) estimulou a transformação da área em polo exclusivo de vida noturna. Como resultado, durante o dia quase nada funcionava, gerando um clima de abandono, acompanhado do desestímulo dos investidores.

O poder municipal, finalmente, parece ter percebido essa realidade e, desde janeiro, vem apostando na revitalização do bairro, priorizando intervenções de reordenamento de espaços, redução do tráfego veicular e oferta constante de atividades culturais diurnas e noturnas. E pretende incentivar novas ocupações por meio da redução da cobrança do Imposto Predial Territorial e Urbano (IPTU). É uma aposta que vale a pena acompanhar.

Reco