Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

RENAN DEIXA O SENADO PARA REZAR

‘Vou para a igreja rezar”, disse Renan Calheiros (PMDB-AL) quando saiu do plenário do Senado, nesta quarta-feira, após ter sido absolvido no processo de quebra de decoro, depois de uma crise que se arrastou há 120 dias. Essa foi sua única frase para a imprensa. Renan escapou pelo placar de 40 a 35, com seis abstenções. O processo era sobre o caso do pagamento de contas pessoais através de lobista da Construtora Mendes Júnior.

O desmbolso era pró-Mônica Veloso que, com essa vitória do ex-amor, corre o risco de ter sua capa na Playboy encalhada. Por praga do alagoano.

TASSO: ABSOLVIÇÃO DE RENAN É FRUTO DA RELAÇÃO PROMÍSCUA GOVERNO–CONGRESSO

O presidente nacional do PSDB, senador Tasso Jereissati, lamentou “profundamente” o resultado da votação que absolveu, nesta quarta-feira, o presidente do Senado, Renan Calheiros (40 a 35). Identificado como um dos principais articuladores pró-cassação do alagoano, Tasso disse agora há pouco: “É uma pena, mas isso tudo é fruto de uma relação muito promíscua e indecente que há entre o governo e o Congresso. O grande desequilíbrio foi o PT e eu não tenho a menor dúvida disso. O processo de desgaste vai continuar e a descrença em nós senadores vai se aprofundar”.

Para Tasso, a continuidade dessa crise “é um crime contra a instituição Senado Federal”.

ABSOLVIDO, RENAN DEIXA A PRESIDÊNCIA DO SENADO?

Com a absolvição de Renan Calheiros (40 a 35 e 6 abstenções) surge agora a especulação de que ele poderá se licenciar ou renunciar do cargo de presidente do Senado, uma vez que ainda responde a outros dois processos de quebra de decoro parlamentar que tramitam no Conselho de Ética da Casa. Além delas, o PSOL protocolou em 31 de agosto uma quarta denúncia contra o senador, que trata do suposto desvio de dinheiro público junto a ministérios administrados pelo PMDB.

Renan ainda terá que se defender dessas representações, no que para o vice-presidente do Senado, Tião Viana (PT-AC), que presidiu a sessão de julgamento, virá mais um período de sofrimento para aquela Casa, o que exigirá dialogo entre os partidos. Indagado se esse resultado sinalizaria como positivo pró-Renan no que diz resptio a essas outras representações, admitiu: “É possível!”

(Este Blog com TV Senado)

RENAN CALHEIROS FOI ABSOLVIDO

O Senado acaba de absolver o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL). O placar: 40 votos pela absolvição e 35 contra. Foram anotadas seis abstenções. Ele era acusado de ter contas pessoais pagas por lobista da Construtora Mendes Júnior.

Para o senador Jefferson Peres (PDT-PA) “ele escapou da cassação e a gente lamenta”. Para ele, pesou a articulação governista.

(Rádio O POVO/CBN)

DEPUTADOS “VAZAM” INFORMAÇÕES E HÁ QUEM DEFINA QUADRO COMO FAVORÁVEL A RENAN

E os deputados federais que não estão dentro do grupo de 13 beneficiados pela decisão do STF de permitir acesso à sessão secreta que trata da cassação do presidente do Senado, Renan Calheiros, estão abrindo o bocão para a imprensa. Paulo Pereira da Silva, o Paulinho (PDT-SP), que saiu do plenário, informou que o clima é favorável a Renan. “A impressão, não só minha, mas de outros que estão lá [no plenário], é que ele [Renan] vai se salvar, vai se safar”, afirmou.
De acordo com Paulinho, Renan está sentado do lado esquerdo do plenário, na primeira fileira de cadeiras, destinada ao Estado de Alagoas. Ele disse que os senadores evitam passar perto do local onde está o peemedebista.

O deputado Ivan Valente (PSOL-SP), que conquistou o direito de acompanhar a sessão secreta, saiu da reunião e fez um longo relato sobre o que acontece lá dentro.
O deputado Barbosa Neto (PDT-PR) afirmou que Renan demonstra tranqüilidade e confiança. No início da sessão, o peemedebista circulou pelo plenário, conversou com os colegas e trocou sorrisos. A sessão, segundo os deputados, é marcada por um silêncio respeitoso. Não há conversas paralelas nem comentários em voz alta.

(Rádio O POVO/CBN)

GOVERNO CID PODERÁ AGORA SUSTAR PAGAMENTO DE PENSÃO DE EX-GOVRNADOR

O jurista Djalma Pinto, ex-procurador-geral do Estado do Ceará, comentou para este Blog a decisão tomada nesta quarta-feira pelo Supremo Tribunal Federal. O STF considerou “inconstitucional” o Bolsa Pijama, a pensão vitalícia que era paga ao ex-governador do Mato Grosso do Sul, Zeca do PT. Ele diz que o fato poderá justificar suspensão desse tipo de benefícios em outros estados, inclusive no Ceará onde o governo Cid Gomes questiona, por exemplo, a pensão do ex-governador Lúcio Alcântara. Confira:

“Essa decisao pode fundamentar posições dos governos estaduais que consagrem na sua ordem jurídicao benefício tido por inconsticuonal, no caso a pensão de ex-governador. Mas é bom esclarecer que essa decisão só vale para o Mato Grosso. Agora, a tese nela consagrada justifica o cancelamento do mesmo benefício nos estados como o Ceará por exemplo. O Ceará tem recurso para não pagar essa pensão e, por esse entendimeno, pode rejeitar o pagamento das pensões deferidas pelas leis locais.”

STF DEFINE COMO INCONSTITUCIONAL PENSÃO VITALÍCIA PARA EX-GOVERNADOR

“O Supremo Tribunal Federal decretou nesta quarta-feira o fim da chamado Bolsa Pijama (pensão vitalícia para ex-governador), ao acolher ação de inconstitucionalidade (Adin) proposta pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. Os ministros já haviam concedido liminar suspendendo o pagamento da pensão até que a decisão final fosse tomada. Agora, por maioria, resolveram acabar de vez com a mamata do ex-governador Zec a do PT. Isso, depois de dois adiamentos por pedidos de vista. O placar final ficou em 10 a 1. Somente Eros Grau julgou a ação improcedente, em sessão de agosto. Em dezembro do ano passado, dois dias antes de terminar o segundo mandato de Zeca do PT como governador do Mato Grosso do Sul, entrou em vigor no Estado uma emenda constitucional que permitiria a ele, na condição de ex-chefe do Estado, continuar recebendo o salário mensal de R$ 22.100 pelo resto da vida. A Assembléia Legislativa aprovou a emenda em sessão secreta.

Com a decisão, o entendimento da corte deverá valer para ações referentes a casos semelhantes no Ceará, Amapá, Maranhão e em Santa Catarina. Outros sete Estados também pagam pensão a ex-governadores – Acre, Amazonas, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Rondônia e Rio Grande do Sul.”

(Rádio O POVO/CBN)

JUSTIÇA RECONHECE DIREITO DE HOMOSSEXUAL SOBRE IMÓVEL DE PARCEIRA FALECIDA

“Quando for comprovada a formação de uma sociedade homoafetiva (união entre homossexuais) e ficar demonstrada a união de esforços para a formação de um patrimônio, deve acontecer a meação de bens, que indica a relação patrimonial dos companheiros durante sua vida.Foi com esse entendimento que a 17ª Câmara Cível do TJ-MG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais) reconheceu o direito de uma comerciante de Patos de Minas, Alto Paranaíba, à metade do imóvel adquirido em parceria com uma auxiliar de enfermagem, sua companheira, já falecida.

De acordo com informações do processo, a comerciante disse que ela e a auxiliar de enfermagem se conheceram há vários anos e namoraram durante algum tempo e, desde o final de 1999, estavam morando juntas, constituindo uma sociedade de fato para adquirirem o imóvel. Ainda segundo a comerciante, a família da falecida jamais reconheceu a união afetiva de ambas, muito menos a sociedade de fato existente entre as duas, cujo patrimônio era composto da referida casa residencial. Com base nesta alegação, ela recorreu à justiça para fazer valer seu direito à meação do referido imóvel, pedindo, em antecipação de tutela, a manutenção da posse do mesmo até o julgamento da ação.”

Do site Última Instância leia aqui

LÍDER DO GOVERNO NO SENADO ACREDITA EM RENAN

A líder do governo no Senado, Ideli Salvatti (PT-SC), pediu a absolvição do presidente do Senado, Renan Calheiros, durante sessão secreta que pede a cassação do alagoano. Ela justificou: não acredita no relatório da Polícia Federal que investigou a venda dos bois de Renan que comprovariam a renda declarada. O ex-coveiro Siba Machado, também petista, endossará a absolvição de Renan.

Os pombos-correios entre o Senado e a imprensa estão atuando, apesar de tanto zelo para com o caráter de sessão secreta.

(Este Blog com Blog do Jamildo, do Jornal do Commércio)

DEFENSOR-GERAL PÙBLÍCO DIZ QUE ADMINISTRA COM PULSO FORTE, APESAR DAS DIFICULDADES

E o defensor-geral público do Estado, Luciano Hortêncio, durante entrevista ao Jornal do Meio Dia (TV Verdes Mares) , nesta quarta-feira, afirmou estar administrando o órgão “com mão firme e pulso forte”, o que nos faz considerar absurdas então as várias reclamações que recebemos neste Blog sobre o quadro de pindaíba ali vivido. Pelo que somos informados, na Defensoria Pública faltam, por exemplo, cartuchos, papel, clips e tinta para copiadora e, principalmente, uma política salarial justa. Isso, porque um defensor público recebe por mês R$ 4.500,00, enquanto um promotor de justiça ganha R$ 12.500,00. Ambos exercem funções análogas no Judiciário. Em 2006, o governo estadual destinou para o órgão um orçamento de R$ 17 milhõe, enquanto o Ministério Público Estadual recebeu R$ 117 milhões de orçamento.

Bem, por esse quadro, fica a dúvida: dá para se gerir com mão de ferro, quando o governo trata a Defensoria Pública em clima de mão fechada?

CHINAGLIA – TROCA DE SOCOS MOSTRA DESPREPARO DE SEGURANÇAS

“O presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (PT-SP), criticou a troca de agressões ocorrida mais cedo entre seguranças do Senado e alguns deputados que tentavam entrar na sessão que julga o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL). Na opinião de Chinaglia, qualquer tipo de agressão física é inadmissível. O deputado Raul Jungmann (PPS-PE), ao tentar entrar no Plenário do Senado para o julgamento do pedido de cassação de Calheiros, foi impedido por um segurança da Casa. O deputado revidou e os dois trocaram fortes empurrões (veja imagem em post anterior neste Blog). O petista disse não saber detalhes do episódio, mas em sua opinião fica claro que os seguranças do Senado precisam de melhores treinamentos. “Não me convence o argumento de que os seguranças não tinham a informação (da permissão para os deputados entrarem na sessão), até porque em um órgão de segurança existe comando e hierarquia, se lá não há comando e hierarquia também tem que ser investigado”, afirmou Chinaglia.” (Portal Terra)

CAMINHÃO-TANQUE BATE EM TRANSPORTE ESCOLAR: QUATRO FERIDOS

Quatro pessoas feridas. Eis o resultado de um acidente registrado nesta quartaf-eira, na CE-060, no município de Guaiúba (Região Metropolitana de Fortaleza). Um caminhão-tanque bateu de frente em uma van de transporte escolar que, na ocasião, transportava apenas duas estudantes. O motorista do caminhão disse que o acidente foi provocada por causa de muita fumaça na pista, resultado de uma queimada às margens da rodovia. Perdeu a visibilidade e acabou indo para a contramão. A van seguia para o distrito de Mata Verde, de onde sairia com os alunos. Além de dois estudantes, saíram com ferimentos também os dois motoristas.

NO JULGAMENTO DE RENAN, EMOÇÕES, TRAIÇÕES E ATÉ SOCOS

O julgamento do processo de cassação do presidente do Senado, Renan Calheiros, que transcorre nesta quarta-feira, em Brasília, é digno de rotero de filme: cheio de emoções, traições e até briga com socos e pontapés. Deputados trocaram murros com colegas (Fernando Gabeira e Tião Viana) e seguranças não foram poupados dos ataques de outros (Raul Jugman). O Senado virou um pastelão. Literalmente.

Veja a confusão clicando aqui

PSDB JOVEM PROMOVE ENCONTRO EM FORTALEZA

E não são só os tucanos de bico grosso que participarão do seminário, de caráter nacional, que o PSDB promoverá em Fortaleza nesta sexta-feira, no Hotel Oasis Atlântico. A juventude da legenda realizará, nesta quinta-feira, nesse mesmo hotel, o encontro estadual “Responsabilidade Política: O Jovem como Agente Transformador”. O objetivo é incentivar a participação do jovem na política e atualizar a agenda de propostas da juventude tucana para o Brasil e Ceará, segundo organizadores.

A presidente nacional da Juventude do PSDB, a cearense Kamyla Castro, o presidente regional Francini Guedes, e a presidente do PSDB de Fortaleza, Tânia Gurgel, falarão no encontro, que ocorrerá das 15 às 20 horas.

Organizadores esperam incentivar o surgimento de novos militantes no ninho tucano. Ué, e o PSDB tem militante?

MEMBRO DO P-SOL DO CEARÁ DE OLHO NO PROCESSO DE RENAN

Embora não seja mais deputado federal, João Alfredo, da direção do P-Sol do Ceará, encontra-se em Brasília acompanhando o processo de cassação do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Sem acesso ao local da votação onde, no entanto, estará a sua líder maior, a presidente nacional do P-Sol, ex-senadora Heloísa Helena.

Heloísa defenderá a tese da representação da legenda contra Renan.

TASSO E PATRÍCIA REAFIRMAM VOTO PELA CASSAÇÃO DE RENAN CALHEIROS

“A maioria dos 81 integrantes do Senado declarou à Folha que votará na sessão fechada de hoje pela cassação do presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL). Se os 41 parlamentares mantiverem, no voto secreto, a posição manifestada publicamente, Renan será o primeiro ocupante do cargo a perder o mandato. Aliados e adversários dele dizem apenas que a votação será apertada, mas não arriscam prognóstico sobre o desfecho.DEM e PSDB orientam suas bancadas a votar pela cassação; PMDB e PT liberaram seus senadores. Reservadamente, Renan reconheceu que sua vantagem vem encolhendo -o processo dura 96 dias. Mas afirmou que “vai dar” para manter o mandato e que irá “trabalhar até a última hora”. Na Suécia, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou: “O momento do Senado termina amanhã [hoje].”

Vamos nós: Na lista dos 41 senadores, só aparecem a favor da cassação de Renan em termos de Ceará os senadores Tasso Jereissati (PSDB) e Patrícia Saboya (PSB). Inácio Arruda (PCdoB) não aparece.

POLÍCIA FEDERAL DEFLAGRA OPERAÇÃO COLMÉIA . CEARÁ É UM DOS ALVOS

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira no Ceará, Rio Grande do Sul e Santa Catarina a Operação Colmeia. O objetivo é desarticular uma organização criminosa especializada no tráfico internacional de drogas, a maior em atividade no Estado. Na operçaão, estão mobilizados cerca de 300 policiais, que irão cumprir 52 mandados de prisão e 42 mandados de busca e apreensão nesses Estados. A PF iniciou em março último as investigações, após a Operação Savana, com a prisão de vários traficantes. Durante esse período, várias cargas foram interceptadas, totalizando aproximadamente 100 quilos de cocaína apreendidas, com alto teor de pureza, além de produtos destinados à preparação e refino, e a prisão em flagrante de 14 pessoas. No Ceará, a PF ainda não divulgou detalhes.

MAU EXEMPLO – DEPUTADO VISTO NO CARRO SEM USAR CINTO DE SEGURANÇA

Um motorista e um passageiro, no Gol de placas NEJ-1010, circulavam na manhã desta quarta-feira, pela Avenida Domingos Olímpio. A cena seria das mais comuns se o passageiro não fosse o deputado estadual Augustinho Moreira (PMN). Ele e o motorista não usavam cinto de segurança, obrigação primordial e exigência do Código Brasileiro de Trânsito.
Mau exemplo, poios vindo de uma autoridade que, aliás, trabalha legislando.
Do Blog da Política do O POVO leia mais aqui

ECONOMIA BRASILEIRA DÁ UMA TURBINADA NO SEGUNDO TRIMESTRE

“A economia brasileira se acelerou no segundo trimestre de 2007 e cresceu 5,4% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo divulgou há pouco o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). No primeiro trimestre, o PIB havia crescido 4,3%. Os números reforçam as chances de fechar 2007 com um crescimento do Produto Interno Bruto superior a 4,5%, índice projetado pelo governo, no início do ano, ao lançar o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Na época, a previsão foi recebida com descrença e considerada ousada demais. De lá para cá, o panorama mudou, com queda de juros, expansão do crédito e elevação do poder de compra. Além disso, uma revisão da metodologia do PIB, anunciada em março, mostrou uma economia maior e mais dinâmica do que a até então conhecida.”

(Portal Terra)