Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

AEROPORTO DE FORTALEZA REGISTRA UM FIM DE FÉRIAS TRANQÜILO

O Aeroporto Internacional Pinto Martins registrou, na madrugada desta segunda-feira, clima dos mais tranquilos em se tratando de vôos. Mesmo com grandes filas, resultado do fim das férias e do Fortal, a micareta fora de época da Capital cearense, segundo os funcionários das empresas aéreas, o quadro não lembrou nem de longe os últimos dias de vôos atrasados, cancelados e de protestos por parte da clientela.

Apenas o vôo 3366, da TAM, procedente de São Paulo, anotou atraso de uma hora e meia. Os demais vôos sairam no horário. A Gol apresentou filas enormes, conseqüência de problemas na emissão automática de bilhetes, no que o serviço acabou se processando manualmente. A supervisão da Infraero avaliou o período como dentro das regras normais de operacionalidade.

CORREGEDOR-GERAL DO CNJ LAMENTA ATRASO DA REFORMA POLÍTICA

O ex-corregedor-geral eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral, ministro César Asfor Rocha, avaliou, nesta segunda-feira, como “muito atrasada” a reforma política. Mesmo fazendo questão de ressaltar ser um tema político e que diz respeito ao Congresso Nacional, lamentou que a matéria ainda não tenha sido aprovada em toda sua plenitude, já que contribuiria para melhorar o processo eleitoral do País.

“Está atrasada, porque existem alguns pontos que deveria ter sido definidos melhor como a questão do voto distrital se teria que ser misto ou não, com lista aberta ou fechada; também esclarecer melhor a fidelidade partidária. Acho que havian necessidade de se fazer logo essa reforma”, observou Asfor Rocha, antes de seguir para Brasília onde atua também como ministro do STJ e corregedor-geral do Conselho Nacional de Justiça.

Para ele, faltou também uma deifnição sobre financiamento público de campanha. Ele acentuou não ser o tema da sua área, mas disse que há da parte da sociedade brasileira uma reclamação quanto a essa demora.

MINISTRO DA DEFESA TRATA COM LULA NESTA SEGUNDA SOBRE CRISE AÉREA

“O ministro da Defesa, Nelson Jobim, deve se encontrar nesta segunda-feira, 30, com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para discutir medidas para conter a crise aérea no País. De acordo com a assessoria do ministro, Jobim está em Brasília neste domingo, mas cumpre apenas agenda interna. Na segunda, está confirmada também a primeira reunião do Conselho Nacional de Aviação Civil (Conac) sob o comando de Jobim, que tomou posse na última quarta-feira.Ele substitui Waldir Pires, que desde o começo da crise aérea, há dez meses, sofreu desgaste. Segundo a assessoria do ministro, o Conac vai aprofundar as medidas para redução do tráfego aéreo em Congonhas e discutir a utilização do aeroporto de Jundiaí, no interior de São Paulo, para receber parte do tráfego, como vôos fretados e de táxi aéreo. A reunião do Conac está prevista para as 12 horas, no Ministério da Defesa.”

(Agência Estado)

NOME DE LULA FOI VAIADO NO ENCERRAMENTO DOS JOGOS DO PAN

“Vaiado na abertura do Pan-Americano, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não compareceu neste domingo à cerimônia de encerramento dos Jogos no Maracanã. Mesmo assim, ele acabou sendo alvo de novos protestos da torcida no Estádio do Maracanã. Quando o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, fez o seu discurso e agradeceu Lula pelo apoio na organização do Pan, grande parte do Maracanã começou a vaiá-lo. O mesmo aconteceu com o presidente da Odepa (organização responsável pela realização do Pan), Mario Vasquez Raña, que foi vaiado ao mencionar o nome de Lula e do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral. Tanto Nuzman quanto Raña foram aplaudidos ao final do discurso – vaia só durante a citação do nome do presidente.”

(Agência Estado)

PDT ADMITE NÃO DISPUTAR EM FORTALEZA EM NOME DA FRENTE COM PSB E PCdoB

“O PDT poderá abrir mão de ter candidato próprio à Prefeitura de Fortaleza, caso a aproximação entre o partido, o PSB e o PC do B evolua até o período eleitoral de 2008. A afirmação é do presidente estadual do PDT, André Figueiredo. Atualmente, as três agremiações encabeçam os preparativos para o lançamento da Frente de Esquerda no Ceará, previsto para ocorrer em agosto.Em reunião das executivas municipal e estadual do partido, realizada em 31 de maio passado, o PDT definiu que terá candidatura própria à Prefeitura de Fortaleza. Na ocasião, o partido avaliava convite formulado pela prefeita Luizianne Lins (PT) para retornar à base aliada.

O convite foi recusado, tendo em vista o posicionamento em relação à candidatura própria da agremiação.André Figueiredo declarou que a posição assumida pelo PDT foi um “indicativo”, mas que não está totalmente fechada ou impassível de reformulação. “Temos um indicativo de ter candidato em Fortaleza, mas nada que seja irrevogável. Dá para se trabalhar na perspectiva de uma vice, caso a frente evolua e surja um nome com maior potencial de vitória nos demais partidos”, disse.”

(Diário do Nordeste)

EMBORA ACOSSADO, PRESIDENTE DA ANAC PODE NÃO RENUNCIAR AO CARGO

“Apontado como um dos vilões do caos que atinge o setor aéreo há mais de dez meses, marcado por duas tragédias que mataram mais de 350 pessoas, o presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Milton Zuanazzi, afirma, em entrevista ao jornal O Globo deste domingo, que renunciar ao cargo seria um ato de covardia.

“Covardia com o povo brasileiro porque nós, mais do que ninguém, somos sabedores das soluções que podemos ter para o problema aéreo e também por estarmos entregando a alguém que não tenha essas soluções. É um ato de covardia com a gente mesmo. Eu não sou covarde comigo e não serei com o povo brasileiro. Não sou apegado a cargos, e o que me mantém na Anac não é esse apego, mas a responsabilidade. Seria irresponsabilidade eu simplesmente virar as costas e ir embora, na hora em que o país mais precisa de mim e do nosso trabalho”, disse o presidente da Anac.

Zuanazzi admite que a agência que preside não tem força de atuação, mas afirma que a culpa não é das pessoas que estão lá. Segundo ele, todas as agências reguladoras foram criadas dentro de um marco regulatório para o setor que deveriam supervisionar. A Anac, não”.

(O Globo)

TARIFA SOCIAL DA PREFEITURA DE FORTALEZA ESTÁ COMPLETANDO UM ANO

E a tarifa social criada pela prefeita Luizianne Lins (PT) completa neste domingo um ano de vigência. Nasceu com o objetivo de estiumular o lazer da população ampliando seu acesso aos meios de transporte de massa. Sempre aos domingos – o último de cada mês -, porque é justamente nesse período que o trabalhador tem condições de sair com a família e o salário está chegando ao fim.

Durante um ano, segundo a Etufor, já foram beneficiados pela tarifa social mais de cinco milhões de pessoas em Fortaleza. O projeto consiste na redução do valor da tarifa de ônibus e vans, de R$ 1,60 para R$ 1,00 e R$ 0,50 (estudantes).

Bom lembrar: como este domingo é o último dia de Halleluya, evento católico carismático, e Fortal, carnaval fora de época, o movimento promete. A Etufor coloca 20 ônibus extras que estarão distribuídos nos terminais do Papicu, Parangaba, Antônio Bezerra, Siqueira, e Messejana a partir das 8 horas.

UFA! ANATEL ANUNCIA NOVOS BENEFÍCIOS PARA CLIENTE DO CELULAR

“Em janeiro de 2008, entram em vigor novas regras da telefonia celular, que reforçam as obrigações das operadoras e ampliam os direitos dos usuários. Uma das novidades é que os créditos não utilizados de celulares pré-pagos, que representam 80% do total de aparelhos em funcionamento no País, serão revalidados a cada nova recarga. Além dos atuais cartões, que têm créditos com validade de 90 dias, as empresas serão obrigadas a oferecer cartões com prazo de validade de 180 dias.

O novo regulamento foi anunciado ontem pela Anatel, com o objetivo de melhorar a qualidade dos serviços e a relação entre operadoras e consumidores. A medida vai beneficiar 106 milhões de clientes da telefonia celular.”

(Estadão)

GOVERNADOR CID GOMES LEVA GABINETE ITINERANTE PARA O CARIRI E SERTÃO CENTRAL

O governador Cid Gomes (PSB) estará nesta segunda-feira na Região do Cariri. Mais uma vez sob o ritmo de governo itinerante, levará todo o seu secretariado, conversará com prefeitos e liberará alguns projetos. Na agenda de Cid, a pequena Aurora. Já na terça-feira o governador cumprirá agenda em Jucás, enquanto na quarta-feira levará seu estafe para o município de Quixadá (Sertão Central).

Quixadá é cidade administrada pelo prefeito Ilário Marques (PT), que vem cobrando maior autonomia do seu partido diante da gestão Cid Gomes. Ilário é contra o atrelamento da legenda em matéria de cargos. “Acho que a gente pode colaborar muito com o governo sem precisar ocupar cargos. Assim teremos mais autonomia para criticar e apresentar sugestões”, defende Ilário.

O PT conta com dois secretários no estafe cidista: Camilo Santana, na pasta do Desenvolvimento Agrário, e Joaquim Cartaxo, na pasta de Cidades. Detalhe: Cartaxo é o presidente regional do PT. Auto Filho é titular da Cultura e do PT, mas é visto como uma indicação pessoal de Luizianne Lins, aquela que teve que brigar com o partido para ser o que é hoje: prefeita da Capital.

TRAGÉDIA DO AIRBUS DA TAM – AERONÁUTICA DIVULGA NOTA CONTESTANDO REVISTA VEJA

E a Aeronáutica divulgou nota contestando a reportagem de capa da Revista Veja que está chegou às bancas neste sábado (28). Na matéria, também publicada no site da revista, a Veja afirma que a causa inicial do acidente foi uma falha do comandante da aeronave Kleyber Lima. A Aeronáutica diz que esta é apenas uma das hipóteses que estão sendo consideradas. Leia a íntegra da nota:

Com relação à matéria divulgada no site da Revista Veja, em sua edição de nº 2019, sobre o acidente com o vôo 3054, o Centro de Comunicação Social da Aeronáutica (CECOMSAER) esclarece que:

1- A comissão que investiga o referido acidente não repassou, em nenhum momento, dados ou informações para pessoas estranhas à investigação.

2 – As hipóteses apresentadas na matéria estão entre várias outras que a comissão está investigando com a mesma profundidade, conforme explicado pelo Brigadeiro-do-Ar Jorge Kersul Filho, chefe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), em entrevista coletiva concedida no dia 27/07/2007.

3- O Comando da Aeronáutica julga ser prematuro e inoportuno, neste momento, qualquer conclusão sobre o acidente, visto que as investigações estão em andamento.

Brigadeiro-do-Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica.

DUPLICAÇÃO DA BR-116 – UMA OBRA AINDA À BEIRA DO CAMINHO BUROCRÁTICO

“Ayrton Lopes, 9 anos, brinca em uma estrada de areia que deverá se tornar o novo trecho da BR-116, no município de Horizonte, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Antes de ele nascer, a reforma na rodovia já havia começado. Dez anos e seis ministros dos Transportes depois, a obra continua ainda sem uma data definitiva para ser concluída. O projeto inicial previa a duplicação da rodovia a partir de dois trechos: o primeiro, do quilômetro 12 ao 26 (Fortaleza/Itaitinga), e o segundo, do quilômetro 26 ao 54 (Itaitinga/Pacajus). Até agora, foram duplicados 37 dos 42 km previstos no projeto, ou seja, uma média de 3,7 km construídos por ano. A ordem de serviço para a realização da primeira etapa das obras foi assinada no dia 16 de junho de 1997, pelo então ministro dos Transportes, Eliseu Padilha. Com um orçamento de R$ 28 milhões, havia a previsão de que a duplicação do trecho ficasse pronta em junho de 1999. Quatro dias depois da assinatura, as obras começaram, mas foram interrompidas no dia 25 de outubro de 1997, por causa do atraso no pagamento de salário dos caçambeiros. Essa foi a primeira de uma série de paralisações que atrasaram a duplicação da via e fizeram com que seu valor fosse multiplicado. Segundo o superintendente regional do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit), Armando Fontenelle, quando ele assumiu o cargo, em meados de 2005, apenas quatro quilômetros da obra haviam sido concluídos, pouco mais de 10% do total. Em dois anos, Fontenelle afirma que mais de 80% da obras foram concluídas pela atual gestão.”

Leia mais aqui
(Jornal O POVO – Por Ricardo Moura)

LULA GARANTE MAIS UMA VEZ QUE VAI FAZER A TRANSPOSIÇÃO

“Apenas um dia após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) ter concedido liminar suspendendo uma licitação de obras de transposição do Rio São Francisco, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez uma promessa enfática de que irá tirar o projeto do papel. O presidente aproveitou o lançamento de investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em Natal (RN) para dizer que persistirá em levar água ao semi-árido nordestino.Lula lembrou que a transposição é estudada desde 1847, na época de d. Pedro II, mas nunca seguiu adiante. “Eu, que não sou imperador, não sou príncipe, sou apenas um retirante nordestino que virei presidente e que conheço a realidade do Nordeste, vou fazer. E vou fazer porque não tenho duas caras”, disse o presidente, que anunciou a liberação de recursos para saneamento e habitação no Rio Grande do Norte, no valor de R$ 649,2 milhões. A verba inclui R$ 225,8 milhões do Orçamento-Geral da União, além de financiamentos federais e contrapartidas dos Estados e municípios. “

Clique e leia mais.

STJ MANDA GOVERNO CORTAR PONTO DE GREVISTAS DO INCRA

“O presidente em exercício do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Francisco Peçanha Martins, deferiu o pedido do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para que ocorram descontos nos vencimentos dos servidores que aderiram à greve geral deflagrada no Instituto. O ministro considerou que, no caso, ocorre risco de grave lesão à economia pública e destacou que o entendimento do Tribunal orienta-se no sentido de que o direito de greve, constitucionalmente assegurado aos servidores públicos, não importa, necessariamente, na paralisação dos serviços sem o conseqüente desconto da remuneração relativa aos dias de falta ao serviço.

“Entendimento diverso implicaria, exatamente, o reconhecimento da legalidade da própria greve, com exame de mérito estranho ao âmbito do pedido de suspensão”, afirmou. Pedido de suspensão Em razão da greve geral deflagrada pelos servidores do Incra a partir de 21/5/2007, os Sindicatos dos Servidores Públicos Federais no Distrito Federal, Amazonas, Piauí, Roraima e Pernambuco impetraram mandados de segurança coletivos perante os juízos federais da 21ª Vara de Brasília, da 3ª Vara da Seção Judiciária do Amazonas, da 1ª Vara do Piauí, da 1ª Vara de Roraima e da 13ª Vara de Brasília respectivamente, objetivando impedir descontos nos vencimentos de seus filiados em virtude da adesão ao movimento grevista. “

Saiba mais aqui

TRAGÉDIA DA TAM PODE TER SIDO POR ERRO DO PILOTO

Um erro humano está na origem do pior acidente aéreo da história da aviação brasileira. As informações já obtidas por meio da análise das caixas-pretas do Airbus A320 da TAM – que no último dia 17 se chocou contra um prédio da companhia, causando a morte de 199 pessoas – indicam que o avião, ao pousar, não conseguiu desacelerar o suficiente por causa de um erro do comandante do vôo.Essas informações, ainda mantidas em sigilo pela comissão da Aeronáutica que investiga o acidente, mostram que uma das duas alavancas que regulam o funcionamento das turbinas, chamadas de manetes, estava fora de posição quando o avião tocou a pista principal do Aeroporto de Congonhas.

O erro fez com que as turbinas do Airbus funcionassem em sentidos opostos: enquanto a esquerda ajudava o avião a frear, como era desejado, a direita o fazia acelerar. Com isso, o avião, que pousou a cerca de 240 quilômetros por hora, não conseguiu parar. As investigações revelam ainda que, apesar da chuva, não houve aquaplanagem na pista nem falha no sistema de freios dos pneus. A reportagem de VEJA apurou também que quem pilotava o Airbus no momento do acidente era o comandante Kleyber Lima, e não, como suspeitava a Aeronáutica, o co-piloto Henrique Stephanini Di Sacco, que fora demitido da Gol depois de três meses de trabalho e estava na TAM havia pouco tempo.A investigação completa do acidente deverá durar ainda dez meses. No entanto, já se chegou à conclusão de que o erro do piloto foi mesmo a causa inicial do acidente – que, não fosse pelas características da pista do Aeroporto de Congonhas, poderia ter tido conseqüências muito menores.”

Leia mais.

PREFEITO EMPOSSADO QUER TCM E POLÍCIA CAÇANDO DOCUMENTOS CONTÁBEIS EM BEBERIBE

Odivar Facó, prefeito recém-empossado de Beberibe (Litoral Leste do Ceará), anunciou, neste sábado para este Blog, que se não obtiver todas as informações contábil e financeira da administração anterior, vai solicitar ao Tribunal de Contas dos Municípios e à Polícia Civil que promovam ações de busca e apreensão da documentação.

Odivar Facó confirmou ter encontrado um quadro de descalabro na gestão e que encontra dificuldades para tocar a administração.

Leia mais sobre descalabro aqui

WALDIR PIRES JÁ FAZ CRÍTICAS A NELSON JOBIM

“Um dia depois de deixar o governo, o baiano Waldir Pires, de 80 anos, disse em entrevista ao Estado que “faltou um pouquinho de orixá” durante a gestão dele no Ministério da Defesa, período marcado pelos dois maiores acidentes da aviação brasileira. Num apartamento funcional com mobília incompleta, ele avaliou que o problema no setor aéreo não vai ser resolvido “instantaneamente” ou com declarações, pois se trata de uma questão de estrutura. “O perigo são as frases de efeito”, afirmou, referindo-se à postura do novo ministro Nelson Jobim, que recebeu o cargo destacando a falta de comando e de ação na área. “O importante é o compromisso com a vida do nosso povo.” Pires classificou como “equívocos e problemas do improviso” as primeiras declarações de Jobim.

“Todo mundo sabe que recebi do presidente Lula um ministério sem poderes”, diz. Ele explica porque não rebateu de imediato as declarações do sucessor. “A vida me ensinou que não era para levar em conta as coisas postas equivocadamente.” Ele acredita que enfrentou o preconceito dos que consideram incapazes pessoas na faixa dos 80 anos. O ex-ministro deixa claro que não entregou o cargo – e nem entregaria, mesmo diante da “pressão gigantesca”. “É claro que se pudesse, eu continuaria. Faria tudo outra vez.” Em tom enigmático, Pires disse que os acidentes com os aviões da Gol, em setembro, e da TAM, no dia 17, devem servir como uma “advertência divina”. “Quem sabe não faça acentuar no mundo político e da comunicação uma reflexão com mais responsabilidade sobre o que acontece no nosso País.” Ele nega que a gestão na Defesa tenha sido o período mais difícil na vida política. “Foi o mais triste”, ressalta o ex-ministro, exilado nos anos da repressão e que, em 2005, perdeu a mulher Yolanda Pires.”

(Estadão)

E AÍ, É ÉTICO DIRIGENTE PARTIDÁRIO OCUPAR CARGO DE CONFIANÇA NA MÁQUINA PÚBLICA?

Leia essa nota da coluna Painel, da revista Veja desta semana:

Vai pegar?

“O Conselho de Ética do governo aprovou uma resolução que considera as funções de funcionários públicos incompatíveis com as de dirigentes partidários. Por essa decisão, deveriam deixar a Esplanada Tarso Genro, Luiz Dulci e Marco Aurélio “Top, Top, Top” Garcia, entre outros.”

Se essa resolução fosse mesmo cumprida, por aqui alguns líderes partidários entrariam num clima de saia bem justa. Exemplo: Joaquim Cartaxo, presidente do PT do Ceará e ocupante da secretaria de Cidades do governo Cid Gomes.

GERALDO ALCKMIN LIDERA DISPUTA PELA PREFEITURA DE SÃO PAULO

“O Vox Populi concluiu uma pesquisa sobre a corrida municipal em São Paulo. Por encomenda de Paulinho da Força, do PDT, foram analisados dez cenários. O tucano Geraldo Alckmin lidera em todos nos quais aparece. Confrontado com a petista Marta Suplicy, ganharia por 31% a 28%. Sem ele, quem leva é Marta, que chega até 33%. O prefeito Gilberto Kassab, do DEM, varia entre 7% e 18%, de acordo com os oponentes, índices semelhantes aos de Paulinho. Arlindo Chinaglia, regra-três do PT para o caso de Marta não se candidatar, varia entre zero e 1%. Paulo Maluf está no topo do ranking da rejeição, com 39%. Marta tem 18%; Kassab, 15%; Luiza Erundina, 8%; Alckmin, 4% e Paulinho, 1%. “

(Revista Veja – Coluna Radar)

Bom lembrar que Tasso Jereissati foi um dos primeiros tucanos, logo após a derrota de Alckmin, a lançar o nome dele para a disputa em São Paulo. O que teria deixado o governador José Serra bem irritado.

NOMEAÇÃO DE NELSON JOBIM PARA A PASTA DA JUSTIÇA CAUSA CIUMEIRA EM TEMER

Essa é do Correio Braziliense deste sábado. Expõe que Nelson Jobim, por não ter comunicado à cúpula nacional do seu PMDB que iria para o cargo, virou carta fora do baralho 2010 para os caciques. Confira:

Alma tucana

Os peemedebistas marcaram no caderninho: o novo ministro da Defesa, Nelson Jobim, não procurou o presidente do partido, Michel Temer, para avisar que seria ministro, mas não se esqueceu, como registrou esta coluna, de avisar ao amigo tucano José Serra, governador de São Paulo. Para o PMDB ficou claro por quem bate o coração do ex-presidente do Supremo Tribunal Federal.


Vamos nós: Aliás, por que Jobim comunicaria a Michel Temer com quemt ravou peleja pelo controle da legenda. É notório que ambos não se engolem. Temer já teve seu quinhão na gestão lulista.O qude quer mais?

DIRETORIA DA ANAC ESTÁ POR UM FIO

“Fonte do setor aéreo que participa dos esforços em busca de uma solução para a crise no setor garante que a diretoria da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) está preparando renúncia coletiva para ser apresentada na próxima terça-feira, durante reunião da agência em Brasília. Dos cinco membros da Anac, apenas Denise Abreu estaria reticente sobre a decisão. Segundo a Reuters, um dos diretores da agência, Leur Lomanto, quis apresentar sua demissão ao cargo nesta sexta-feira, mas foi convencido por um ministro a não fazê-lo agora. O colegiado de diretores da Anac ensaia uma renúncia coletiva, relataram três fontes, duas delas da própria agência.

Os outros integrantes (Milton Zuanazzi, Leur Lomanto, Jorge Velozo e Josef Barat) já teriam batido o martelo pela saída. Já estão, inclusive, sendo cogitados substitutos. Um dos mais cotados para dirigir a Anac seria o brigadeiro Jorge Godinho, ex-diretor geral do Departamente de Aviação Civil (DAC). Nesta sexta-feira, no Rio, parte da diretoria da Anac estaria analisando as mudanças na malha aérea determinadas pelo Conac. Estão ocorrendo duas reuniões simultâneas: uma na sede da Anac e outra na do Decea, ambas no Rio.

Sem poder legal para afastar a diretoria da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez avisar aos cinco diretores da agência, donos de mandatos fixos, que gostaria de que eles pedissem demissão.”